SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Avaliação
Níveis e Concepções Avaliativas no Ensino
Superior
Susy Ane Ribeiro Viana
Psicóloga
Avaliação no Ensino Superior
• A avaliação tem como objetivo testar o resultado de um
experimento, medir ou mensurar o grau de conhecimento ou
avaliar se o aluno corresponde aos critérios exigidos. Na
universidade vemos que as avaliações apesar das diversas
mudanças sociais têm passado resistente na forma de avaliar
seus discentes. Pontos que devemos ressaltar na avaliação do
Ensino superior é que ela deve mensurar a qualidade do curso
oferecido e se os discentes realmente saem aptos a entrar no
mercado de trabalho.
Características da avaliação
• A avaliação possui um aspecto plural e complexo, para que possa
avaliar indivíduos de forma holística. Desse modo gera sentido no
que se é dado como importante socialmente. Serve como um
instrumento de mensuração e busca de pistas para novas soluções
e formas de ensinar. Perdendo assim seu caráter punitivo e de
exclusão.
História da Avaliação
• A história das avaliações no Brasil tem seu início com os jesuítas,
os quais acreditavam que a aprendizagem se baseava em decorar
lições, textos e fórmulas. Essa forma de memorização seria medida
através de avaliações escritas e orais, oq eu mensuraria a
aprendizagem de cada aluno.
• Na atualidade Lukesi (2002) apresenta que o objetivo da avaliação
é o de utilizar diversos instrumentos para medir a capacidade do
aluno de assimilar o conteúdo e o reconhecer quais etapas de
dificuldades que o aluno se encontra. E vemos que hoje a avaliação
do aluno leva em consideração as oportunidades e seu contexto
sociocultural, assim como propõe o avaliar progressivamente no
seu dia-a-dia.
Avaliação no Ensino à Distância
• Há estudos que apresentam que a avaliação em EAD pode
ser mais eficaz que uma avaliação em sala de aula pelo
aluno poder executar as atividades propostas de forma
autônoma, participativa e com maior recurso metodológico.
Através dos fóruns e chats há a possibilidade de discursos
de temáticas distintas, como a relação com o docente de
forma mais estreita. Assim também como a
responsabilidade em realizar as atividades propostas e as
avaliações e trabalhos exigidos. (MENDEZ, 2002)
Aspectos Positivos
• A avaliação forma e nivela os diversos tipos de conhecimento
• Possui um caráter de feedback tanto para o docente quanto para o
discente das dificuldades de assimilação encontradas no conteúdo
• Possui um caráter formativo em sua realização e preparação.
Aspectos Negativos
• A avaliação voltada para aquisição de nota gera angustia e pode
não avaliar de forma eficaz a aquisição do conhecimento;
• Todavia há falhas sobre o que se quer medir (conhecimento, foco,
esforço), levando em conta as diferentes formas de aprendizagem;
• A avaliação todavia não é universal e, dessa forma pode ser visto
como injusto o seu método.
Conclusão
• A avaliação ideal deve ser processual e formativa, onde o foco deve
ser sempre a inclusão e respeito da diversidade e ainda sim
estimulando a autonomia do aluno. Como também o seu objetivo
deve ser o de buscar as fraquezas do aluno como um problema a
ser solucionado e não para reprovação. E ela deve servir para
avaliar o aluno como indivíduo completo e holístico, dessa forma
não devera servir para avaliar somente a cognição, mas também
valores e esforços.
Referências
• LUKESI, C.C. Avaliação da Aprendizagem Escolar. 14 ed. São
Paulo: Cortez, 2002.
• MÉNDEZ, J. M. A. Avaliar para conhecer, examinar para excluir.
Tradução Magda Schwarzhaupt Chaves. Porto Alegre: Cortez,
2002.
• http://moodle.pucrs.br/pluginfile.php/1569193/mod_resource/content
/0/AVALIA%C3%87%C3%83O%20NO%20ENSINO
%20SUPERIOR.pdf

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide avaliação
Slide avaliaçãoSlide avaliação
Slide avaliaçãoLeilakassab
 
O que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliarO que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliarclaudia murta
 
Avaliação Níveis e concepções - ativ
Avaliação Níveis e concepções - ativAvaliação Níveis e concepções - ativ
Avaliação Níveis e concepções - ativVania Souza
 
O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorInstituto Consciência GO
 
1 artigo simone helen drumond fund. sócio, político e filosófico da educação...
1 artigo simone helen drumond  fund. sócio, político e filosófico da educação...1 artigo simone helen drumond  fund. sócio, político e filosófico da educação...
1 artigo simone helen drumond fund. sócio, político e filosófico da educação...SimoneHelenDrumond
 
A avaliação da aprendizagem como processo
A avaliação da aprendizagem como processoA avaliação da aprendizagem como processo
A avaliação da aprendizagem como processoUESPI - PI
 
Avaliação da aprendizagem na escola
Avaliação da aprendizagem na escolaAvaliação da aprendizagem na escola
Avaliação da aprendizagem na escolaElis Zampieri
 
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãOTéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãOMessias Matusse
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAna Claudia Dalcin
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemAna Rita S de Souza
 
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazerA avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazerDaniel Santos
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoGisele Lopes
 
Avaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideAvaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideSoares Junior
 

Mais procurados (20)

Slide avaliação
Slide avaliaçãoSlide avaliação
Slide avaliação
 
O que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliarO que é mesmo o ato de avaliar
O que é mesmo o ato de avaliar
 
Avaliação Níveis e concepções - ativ
Avaliação Níveis e concepções - ativAvaliação Níveis e concepções - ativ
Avaliação Níveis e concepções - ativ
 
Avaliação na aprendizagem
Avaliação na aprendizagemAvaliação na aprendizagem
Avaliação na aprendizagem
 
O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino Superior
 
1 artigo simone helen drumond fund. sócio, político e filosófico da educação...
1 artigo simone helen drumond  fund. sócio, político e filosófico da educação...1 artigo simone helen drumond  fund. sócio, político e filosófico da educação...
1 artigo simone helen drumond fund. sócio, político e filosófico da educação...
 
O que é avaliar?
O que é avaliar?O que é avaliar?
O que é avaliar?
 
A avaliação da aprendizagem como processo
A avaliação da aprendizagem como processoA avaliação da aprendizagem como processo
A avaliação da aprendizagem como processo
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
 
Avaliação da aprendizagem na escola
Avaliação da aprendizagem na escolaAvaliação da aprendizagem na escola
Avaliação da aprendizagem na escola
 
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãOTéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
TéCnicas E Instrumentos De AvaliaçãO
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Avaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superiorAvaliação no ensino superior
Avaliação no ensino superior
 
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagemEstudos sobre avaliação da aprendizagem
Estudos sobre avaliação da aprendizagem
 
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazerA avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
 
O que é avaliação
O que é avaliaçãoO que é avaliação
O que é avaliação
 
Avaliação educacional
Avaliação educacionalAvaliação educacional
Avaliação educacional
 
Avaliação formativa
Avaliação formativaAvaliação formativa
Avaliação formativa
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliação
 
Avaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideAvaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slide
 

Destaque (17)

AAVA Alves
AAVA AlvesAAVA Alves
AAVA Alves
 
Curriculo e avaliação
Curriculo e avaliaçãoCurriculo e avaliação
Curriculo e avaliação
 
Livro
LivroLivro
Livro
 
Taize salete maria andreia claudia
Taize salete maria andreia claudiaTaize salete maria andreia claudia
Taize salete maria andreia claudia
 
Verificacao ou-avaliacao-o-que-pratica-a-escola-cipriano-luckesi
Verificacao ou-avaliacao-o-que-pratica-a-escola-cipriano-luckesiVerificacao ou-avaliacao-o-que-pratica-a-escola-cipriano-luckesi
Verificacao ou-avaliacao-o-que-pratica-a-escola-cipriano-luckesi
 
Avaliação kátia
Avaliação kátiaAvaliação kátia
Avaliação kátia
 
ApresentaçãO
ApresentaçãOApresentaçãO
ApresentaçãO
 
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
Breve histórico dos usos de terminologias integração, inclusão, pessoas com d...
 
Os quarto tipos de currículo Escolar
Os quarto tipos de currículo EscolarOs quarto tipos de currículo Escolar
Os quarto tipos de currículo Escolar
 
Apresentacao sobre curriculo
Apresentacao sobre curriculoApresentacao sobre curriculo
Apresentacao sobre curriculo
 
O que é currículo
O que é currículoO que é currículo
O que é currículo
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Currículo escolar
Currículo escolarCurrículo escolar
Currículo escolar
 
Teorias do curriculo
Teorias do curriculoTeorias do curriculo
Teorias do curriculo
 
Avaliação Escolar
Avaliação EscolarAvaliação Escolar
Avaliação Escolar
 
Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2
 
Formas De Avaliação
Formas De AvaliaçãoFormas De Avaliação
Formas De Avaliação
 

Semelhante a Trabalho avaliação no ensino superior

Repensando a avaliação
Repensando a avaliaçãoRepensando a avaliação
Repensando a avaliaçãoEdson Mamprin
 
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaA avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaElizeu Gomes de Faria
 
Slides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptx
Slides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptxSlides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptx
Slides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptxJoelmaSilva207710
 
Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
Avaliação escolar e democratização: o direito de errarAvaliação escolar e democratização: o direito de errar
Avaliação escolar e democratização: o direito de errarGilson Trajano
 
Seminário discussao coordenada (1)
Seminário   discussao coordenada (1)Seminário   discussao coordenada (1)
Seminário discussao coordenada (1)jamilemile
 
1 -Aula didática.pptx
1 -Aula didática.pptx1 -Aula didática.pptx
1 -Aula didática.pptxGiovan Santana
 
Atividades relativas ao livro 06 1ª etapa
Atividades relativas ao livro 06 1ª etapaAtividades relativas ao livro 06 1ª etapa
Atividades relativas ao livro 06 1ª etapaheder oliveira silva
 
Apresentação para slideshare
Apresentação para slideshareApresentação para slideshare
Apresentação para slideshareneiva valadares
 
4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf
4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf
4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdfFlavio de Souza
 
Planejamento e avaliação na educação
Planejamento e avaliação na educaçãoPlanejamento e avaliação na educação
Planejamento e avaliação na educaçãoSimoneHelenDrumond
 
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanAvaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanValquiria1003
 
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3lislieribeiro
 
AVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docx
AVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docxAVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docx
AVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docxMirianCes
 
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1Franciele Taveira
 
A avaliação no contexto da formação inicial do professor
A avaliação no contexto da formação inicial do professorA avaliação no contexto da formação inicial do professor
A avaliação no contexto da formação inicial do professorUEA
 

Semelhante a Trabalho avaliação no ensino superior (20)

Repensando a avaliação
Repensando a avaliaçãoRepensando a avaliação
Repensando a avaliação
 
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaA avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
 
Slides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptx
Slides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptxSlides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptx
Slides_Avaliação METODOLOGIAS E ESTRATTÉGIAS DE ENSINO.pptx
 
Discussao 2
Discussao 2Discussao 2
Discussao 2
 
Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
Avaliação escolar e democratização: o direito de errarAvaliação escolar e democratização: o direito de errar
Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
 
Seminário discussao coordenada (1)
Seminário   discussao coordenada (1)Seminário   discussao coordenada (1)
Seminário discussao coordenada (1)
 
1 -Aula didática.pptx
1 -Aula didática.pptx1 -Aula didática.pptx
1 -Aula didática.pptx
 
Atividades relativas ao livro 06 1ª etapa
Atividades relativas ao livro 06 1ª etapaAtividades relativas ao livro 06 1ª etapa
Atividades relativas ao livro 06 1ª etapa
 
Apresentação para slideshare
Apresentação para slideshareApresentação para slideshare
Apresentação para slideshare
 
Avaliação em cursos remotos.pdf
Avaliação em cursos remotos.pdfAvaliação em cursos remotos.pdf
Avaliação em cursos remotos.pdf
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf
4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf
4.2 EM_Volume 4_ Gestão do Ensino e da Aprendizagem.pdf
 
Avaliacao formativa
Avaliacao formativaAvaliacao formativa
Avaliacao formativa
 
Planejamento e avaliação na educação
Planejamento e avaliação na educaçãoPlanejamento e avaliação na educação
Planejamento e avaliação na educação
 
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffmanAvaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
Avaliar para promover as setas do caminho jussara hoffman
 
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
 
AVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docx
AVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docxAVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docx
AVALIAÇÃO FORMATIVA artigo.docx
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
 
A avaliação no contexto da formação inicial do professor
A avaliação no contexto da formação inicial do professorA avaliação no contexto da formação inicial do professor
A avaliação no contexto da formação inicial do professor
 

Último

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 

Último (20)

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 

Trabalho avaliação no ensino superior

  • 1. Avaliação Níveis e Concepções Avaliativas no Ensino Superior Susy Ane Ribeiro Viana Psicóloga
  • 2. Avaliação no Ensino Superior • A avaliação tem como objetivo testar o resultado de um experimento, medir ou mensurar o grau de conhecimento ou avaliar se o aluno corresponde aos critérios exigidos. Na universidade vemos que as avaliações apesar das diversas mudanças sociais têm passado resistente na forma de avaliar seus discentes. Pontos que devemos ressaltar na avaliação do Ensino superior é que ela deve mensurar a qualidade do curso oferecido e se os discentes realmente saem aptos a entrar no mercado de trabalho.
  • 3. Características da avaliação • A avaliação possui um aspecto plural e complexo, para que possa avaliar indivíduos de forma holística. Desse modo gera sentido no que se é dado como importante socialmente. Serve como um instrumento de mensuração e busca de pistas para novas soluções e formas de ensinar. Perdendo assim seu caráter punitivo e de exclusão.
  • 4. História da Avaliação • A história das avaliações no Brasil tem seu início com os jesuítas, os quais acreditavam que a aprendizagem se baseava em decorar lições, textos e fórmulas. Essa forma de memorização seria medida através de avaliações escritas e orais, oq eu mensuraria a aprendizagem de cada aluno.
  • 5. • Na atualidade Lukesi (2002) apresenta que o objetivo da avaliação é o de utilizar diversos instrumentos para medir a capacidade do aluno de assimilar o conteúdo e o reconhecer quais etapas de dificuldades que o aluno se encontra. E vemos que hoje a avaliação do aluno leva em consideração as oportunidades e seu contexto sociocultural, assim como propõe o avaliar progressivamente no seu dia-a-dia.
  • 6. Avaliação no Ensino à Distância • Há estudos que apresentam que a avaliação em EAD pode ser mais eficaz que uma avaliação em sala de aula pelo aluno poder executar as atividades propostas de forma autônoma, participativa e com maior recurso metodológico. Através dos fóruns e chats há a possibilidade de discursos de temáticas distintas, como a relação com o docente de forma mais estreita. Assim também como a responsabilidade em realizar as atividades propostas e as avaliações e trabalhos exigidos. (MENDEZ, 2002)
  • 7. Aspectos Positivos • A avaliação forma e nivela os diversos tipos de conhecimento • Possui um caráter de feedback tanto para o docente quanto para o discente das dificuldades de assimilação encontradas no conteúdo • Possui um caráter formativo em sua realização e preparação.
  • 8. Aspectos Negativos • A avaliação voltada para aquisição de nota gera angustia e pode não avaliar de forma eficaz a aquisição do conhecimento; • Todavia há falhas sobre o que se quer medir (conhecimento, foco, esforço), levando em conta as diferentes formas de aprendizagem; • A avaliação todavia não é universal e, dessa forma pode ser visto como injusto o seu método.
  • 9. Conclusão • A avaliação ideal deve ser processual e formativa, onde o foco deve ser sempre a inclusão e respeito da diversidade e ainda sim estimulando a autonomia do aluno. Como também o seu objetivo deve ser o de buscar as fraquezas do aluno como um problema a ser solucionado e não para reprovação. E ela deve servir para avaliar o aluno como indivíduo completo e holístico, dessa forma não devera servir para avaliar somente a cognição, mas também valores e esforços.
  • 10.
  • 11. Referências • LUKESI, C.C. Avaliação da Aprendizagem Escolar. 14 ed. São Paulo: Cortez, 2002. • MÉNDEZ, J. M. A. Avaliar para conhecer, examinar para excluir. Tradução Magda Schwarzhaupt Chaves. Porto Alegre: Cortez, 2002. • http://moodle.pucrs.br/pluginfile.php/1569193/mod_resource/content /0/AVALIA%C3%87%C3%83O%20NO%20ENSINO %20SUPERIOR.pdf