SlideShare uma empresa Scribd logo
Ministrante: Lucilé de Santana Ribeiro
Avaliação da
Aprendizagem



 A avaliação é parte integrante do processo
ensino/aprendiagem que ganhou na atualidade
espaço muito amplo nos processos de ensino.
 Requer preparo teórico e grande capacidade de
observação dos profissionais envolvidos.
 Segundo Perrenoud (1999), a avaliação da
aprendiagem no novo paradigma, é um processo
mediador na construção do currículo e se encontra
intimamente relacionado à gestão da aprendiagem
dos alunos.
Introdução

 A avaliação, tal como concebida e vivenciada na
maioria das escolas brasileiras, tem se constituído no
principal macanismo de sustentação da lógica de
organização do trabalho escolar e, portanto
legitimador do fracasso, ocupando mesmo o papel
central das relações que estabelecem entre si os
profissionais da educaç~ao, alunos e pais.
Evolução da Avaliação

 A partir do início do século XX, a avliação vem
atravessando pelo menos quatro gerações:
 Mensuração
 Descritiva
 Julgamento
 Negociação
Mensuração

 Não distinguia a avaliação e medida.
 Nessa fase, era preocupação dos estudiosos a
elaboração de instrumentos ou testes para verificação
do rendimento escolar.
 O papel do avaliador era técnico e, nesse sentido,
testes e exames eram indispensáveis na classificação
de alunos para se determinar seu progresso.
Descritiva

 Essa geração surgiu em busca de melhor
entendimento do objetivo da avaliação.
 Conforme os estudiosos, a geração anterior só
oferecia informações sobre o aluno.
 Precisavam ser obtidos dados em função dos
objetivos por parte dos alunos envolvidos nos
programas escolares, sendo necessário descrever o
que seria sucesso ou dificuldade com relação aos
objetivos estabelecidos.
Julgamento

 A terceira geração questionava os testes
padronizados e o reducionismo da noção simplista
de avaliação como sinônimo de medida;
 Tinha como preocupação maior o julgamento.
 O avaliador assumiria o papel de juiz, incorporando,
contudo, o que se havia preservado de fundamental
das gerações anteriores, em termos de mensuração e
descrição.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceitos de curriculo
Conceitos  de curriculoConceitos  de curriculo
Conceitos de curriculo
Jaqueline de Paulo
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
Lilian Moreira
 
Meu pré projeto joiara nara
Meu pré projeto joiara naraMeu pré projeto joiara nara
Meu pré projeto joiara nara
joiramara
 
Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2
SimoneHelenDrumond
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
Magda Marques
 
O fracasso escolar
O fracasso escolar O fracasso escolar
O fracasso escolar
Andreza Lira
 
Apresentação gestão educacional
Apresentação gestão  educacionalApresentação gestão  educacional
Apresentação gestão educacional
Cidinha Professora FALC
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
luannagorges
 
Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)
Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)
Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)
Mario Amorim
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
Vyeyra Santos
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Jocéia Nunes Mata
 
Planejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoPlanejamento de Ensino
Planejamento de Ensino
Lene Reis
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
Linda-maria12
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolar
cezarjeri
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERARELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
UFMA e UEMA
 
Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?
Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?
Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?
Thiago de Almeida
 
4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem
Ulisses Vakirtzis
 
Fracasso escolar
Fracasso escolarFracasso escolar
Fracasso escolar
0110janini
 
Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
Lucas Silva
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Miriéli Bernardes
 

Mais procurados (20)

Conceitos de curriculo
Conceitos  de curriculoConceitos  de curriculo
Conceitos de curriculo
 
4. avaliação
4. avaliação4. avaliação
4. avaliação
 
Meu pré projeto joiara nara
Meu pré projeto joiara naraMeu pré projeto joiara nara
Meu pré projeto joiara nara
 
Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2Avaliação tipos e funções 2
Avaliação tipos e funções 2
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
O fracasso escolar
O fracasso escolar O fracasso escolar
O fracasso escolar
 
Apresentação gestão educacional
Apresentação gestão  educacionalApresentação gestão  educacional
Apresentação gestão educacional
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
 
Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)
Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)
Avaliação Escolar - Texto de Libâneo (1994)
 
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIASAVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
AVALIAÇÃO EDUCACIONAL: PESPECTIVIAS
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Planejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoPlanejamento de Ensino
Planejamento de Ensino
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolar
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERARELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
RELATÓRIO DE ESTÁGIO NA EJA-CARUTAPERA
 
Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?
Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?
Fracasso escolar: o que é e como combatê-lo?
 
4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem
 
Fracasso escolar
Fracasso escolarFracasso escolar
Fracasso escolar
 
Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 

Destaque

Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
lucavao2010
 
Formas De Avaliação
Formas De AvaliaçãoFormas De Avaliação
Formas De Avaliação
Julio Siqueira
 
Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013
Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013
Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013
Sara Cristina
 
Apresentação mod3
Apresentação mod3Apresentação mod3
Apresentação mod3
barbarabrites85
 
Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI
Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI  Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI
Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI
appairj
 
Avaliação Educacional Escolar: Para Além do Autoritarismo
Avaliação Educacional Escolar: Para Além do AutoritarismoAvaliação Educacional Escolar: Para Além do Autoritarismo
Avaliação Educacional Escolar: Para Além do Autoritarismo
Otaciso Silva
 
Papel Da AvaliaçãO
Papel Da AvaliaçãOPapel Da AvaliaçãO
Papel Da AvaliaçãO
guest1c37d0
 
Espelho reflexão
Espelho reflexãoEspelho reflexão
Espelho reflexão
rodriguesilva
 
Como avaliar os alunos
Como avaliar os alunosComo avaliar os alunos
Como avaliar os alunos
Rodrigo Machado Rodrigues
 
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Justiniano Fonseca
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliação
Gisele Lopes
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - Avaliação
ElieneDias
 
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/ROPedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO VILHENA
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Edlauva Santos
 

Destaque (14)

Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Formas De Avaliação
Formas De AvaliaçãoFormas De Avaliação
Formas De Avaliação
 
Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013
Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013
Ernandes Cervantes Diversidades Educacionais- 05.12.2013
 
Apresentação mod3
Apresentação mod3Apresentação mod3
Apresentação mod3
 
Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI
Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI  Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI
Avanços da Avaliação Escolar no Sec. XXI
 
Avaliação Educacional Escolar: Para Além do Autoritarismo
Avaliação Educacional Escolar: Para Além do AutoritarismoAvaliação Educacional Escolar: Para Além do Autoritarismo
Avaliação Educacional Escolar: Para Além do Autoritarismo
 
Papel Da AvaliaçãO
Papel Da AvaliaçãOPapel Da AvaliaçãO
Papel Da AvaliaçãO
 
Espelho reflexão
Espelho reflexãoEspelho reflexão
Espelho reflexão
 
Como avaliar os alunos
Como avaliar os alunosComo avaliar os alunos
Como avaliar os alunos
 
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliação
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - Avaliação
 
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/ROPedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
Pedagógico - Proposta de Intervenção Pedagógica - SEDUC/VHA/RO
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 

Semelhante a Avaliação educacional

Avaliacao como-processo-de-construcao
Avaliacao como-processo-de-construcaoAvaliacao como-processo-de-construcao
Avaliacao como-processo-de-construcao
Santilho Antonio Guimarães Neto
 
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazerA avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
Daniel Santos
 
Artigo clenilson
Artigo clenilsonArtigo clenilson
Artigo clenilson
Ribeiro DE Sousa
 
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
lislieribeiro
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Ricardo Jorge Araújo Sousa Peres
 
Ivanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especializaçãoIvanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especialização
ivanildopontinha
 
Act3(2)
Act3(2)Act3(2)
Act3(2)
Maria Leal
 
5
55
Concepções e Práticas de Avaliação de Professores de Ciências Físico-Química...
Concepções e Práticas de Avaliação de  Professores de Ciências Físico-Química...Concepções e Práticas de Avaliação de  Professores de Ciências Físico-Química...
Concepções e Práticas de Avaliação de Professores de Ciências Físico-Química...
Marisa Correia
 
Avaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagemAvaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagem
Maria Casanova
 
Oe aula 04
Oe aula 04Oe aula 04
Oe aula 04
Kualo Kala
 
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
pereyras
 
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
pereyras
 
Supervisão
SupervisãoSupervisão
Supervisão
Helena Zanotto
 
Apresentacao telefonica tania
Apresentacao telefonica taniaApresentacao telefonica tania
Apresentacao telefonica tania
EncuentroEducacion
 
Reflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagem
Reflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagemReflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagem
Reflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagem
slucarz
 
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
Franciele Taveira
 
Tecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samy
Tecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samyTecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samy
Tecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samy
PROIDDBahiana
 
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaA avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
Elizeu Gomes de Faria
 
PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO BÁSICO SOB...
PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO  BÁSICO SOB...PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO  BÁSICO SOB...
PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO BÁSICO SOB...
Marisa Correia
 

Semelhante a Avaliação educacional (20)

Avaliacao como-processo-de-construcao
Avaliacao como-processo-de-construcaoAvaliacao como-processo-de-construcao
Avaliacao como-processo-de-construcao
 
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazerA avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
A avaliação da aprendizagem como processo construtivo de um novo fazer
 
Artigo clenilson
Artigo clenilsonArtigo clenilson
Artigo clenilson
 
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3M.s.   mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
M.s. mod. e prática de form. de profs. - avaliação - aula 3
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Ivanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especializaçãoIvanildo tcc especialização
Ivanildo tcc especialização
 
Act3(2)
Act3(2)Act3(2)
Act3(2)
 
5
55
5
 
Concepções e Práticas de Avaliação de Professores de Ciências Físico-Química...
Concepções e Práticas de Avaliação de  Professores de Ciências Físico-Química...Concepções e Práticas de Avaliação de  Professores de Ciências Físico-Química...
Concepções e Práticas de Avaliação de Professores de Ciências Físico-Química...
 
Avaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagemAvaliação como promoção da aprendizagem
Avaliação como promoção da aprendizagem
 
Oe aula 04
Oe aula 04Oe aula 04
Oe aula 04
 
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
 
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
Folha # participação dos alunos nos processos de avaliação (1)
 
Supervisão
SupervisãoSupervisão
Supervisão
 
Apresentacao telefonica tania
Apresentacao telefonica taniaApresentacao telefonica tania
Apresentacao telefonica tania
 
Reflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagem
Reflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagemReflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagem
Reflexões sobre a avaliação no processo de ensino e aprendizagem
 
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria.1
 
Tecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samy
Tecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samyTecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samy
Tecnicas de-avaliacao-adequadas-ao-ensino-superior-guilherme-samy
 
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - reaA avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
A avaliação no processo de ensino aprendizagem - rea
 
PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO BÁSICO SOB...
PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO  BÁSICO SOB...PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO  BÁSICO SOB...
PERSPECTIVAS DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ENSINO BÁSICO SOB...
 

Último

Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 

Último (20)

Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 

Avaliação educacional

  • 1. Ministrante: Lucilé de Santana Ribeiro
  • 2. Avaliação da Aprendizagem   A avaliação é parte integrante do processo ensino/aprendiagem que ganhou na atualidade espaço muito amplo nos processos de ensino.  Requer preparo teórico e grande capacidade de observação dos profissionais envolvidos.  Segundo Perrenoud (1999), a avaliação da aprendiagem no novo paradigma, é um processo mediador na construção do currículo e se encontra intimamente relacionado à gestão da aprendiagem dos alunos.
  • 3. Introdução   A avaliação, tal como concebida e vivenciada na maioria das escolas brasileiras, tem se constituído no principal macanismo de sustentação da lógica de organização do trabalho escolar e, portanto legitimador do fracasso, ocupando mesmo o papel central das relações que estabelecem entre si os profissionais da educaç~ao, alunos e pais.
  • 4. Evolução da Avaliação   A partir do início do século XX, a avliação vem atravessando pelo menos quatro gerações:  Mensuração  Descritiva  Julgamento  Negociação
  • 5. Mensuração   Não distinguia a avaliação e medida.  Nessa fase, era preocupação dos estudiosos a elaboração de instrumentos ou testes para verificação do rendimento escolar.  O papel do avaliador era técnico e, nesse sentido, testes e exames eram indispensáveis na classificação de alunos para se determinar seu progresso.
  • 6. Descritiva   Essa geração surgiu em busca de melhor entendimento do objetivo da avaliação.  Conforme os estudiosos, a geração anterior só oferecia informações sobre o aluno.  Precisavam ser obtidos dados em função dos objetivos por parte dos alunos envolvidos nos programas escolares, sendo necessário descrever o que seria sucesso ou dificuldade com relação aos objetivos estabelecidos.
  • 7. Julgamento   A terceira geração questionava os testes padronizados e o reducionismo da noção simplista de avaliação como sinônimo de medida;  Tinha como preocupação maior o julgamento.  O avaliador assumiria o papel de juiz, incorporando, contudo, o que se havia preservado de fundamental das gerações anteriores, em termos de mensuração e descrição.