SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 87
SECRETARIA MUNICIPAL
DE EDUCAÇÃO
DIREITO
DE APRENDER
OBJETIVO
Todas as crianças e adolescentes acessando,
permanecendo e concluindo a educação básica de
qualidade na idade certa, com sucesso na
aprendizagem.
Impacto Social
• Permite conhecer
mudanças na vida
das crianças e
adolescentes, pelo
monitoramento.
Indicadores
• São comprovações
de que o município
realizou cada uma
das ações a que se
propôs.
PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO
DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO
• Atingir o Ensino Básico Universal.
• A igualdade entre os sexos e a autonomia das
mulheres.
• Garantir a sustentabilidade ambiental.
INDICADORES DE
IMPACTO SOCIAL DO SELO
Taxa de abandono no Ensino Fundamental – MEC/INEP
Avanço
Taxa de abandono Anos Iniciais
2013 = 1,5%
2014 = 0, 9%
Taxa de abandono Anos Finais
2013 = 4,7%
2014 = 2,5%
Avanço
Distorção idade - ano (5° a 9° ano) do Ensino
Fundamental rede municipal – MEC/INEP
Avanço
Distorção idade - ano - 5° a 9° ano do Ensino
Fundamental rede municipal.
2013 – 22%
2014 – 21%
Percentual de escolas da rede pública municipal que atingiram
ou ultrapassaram a meta do IDEB, anos iniciais – MEC/INEP.
Ressalva: Das 7 Escolas avaliadas, 03 ficaram abaixo
da meta projetada (escola).
Avanço
Meta do Ideb projetada para 2013 - 3,8
Meta Municipal alcançada 2013 - 4,0
Adriana novo slide
O % de crianças beneficiados pelo Benefício de Prestação
Continuada (BPC) que estão na escola – MDS/MEC
Conforme o relatório BPC , ano 2014, eram trinta 30 beneficiários não inseridos na Escola.
A busca ativa e mobilização das Secretarias de Assistência Social e Educação com objetivo de
identificar os beneficiários da BPC.
ORD NOME DO BENEFICIÁRIO ( A ) IDADE SEXO RAÇA/COR NOME DA MÃE OBSEVAÇÃO
01 Eslen Amanda Nery dos Santos 16 anos F Josenice Nery pinto dos Santos Esc. Mun. Manoel Jacinto
02 Iandra Rayssa Nascimento Rocha 05 anos F Dilza Edileusa de J. Nascimento Escola Privada - EPOL
03 Maria Verônica N. da Silva 19 anos F Maria do Carmo Nunes da silva Alunos 18 a 21 anos
04 Caio Torres Oliveira 18 anos M Cícera Gonçalves Torres de Oliveira Alunos 18 a 21 anos
05 Ailton Alenilton dos Santos 19 anos M Joselita Vitalina dos Santos. Alunos 18 a 21 anos
06 Isaías Gabriel P. da Silva 18 anos M Maria Clécia Pires de Carvalho. Alunos 18 a 21 anos
07 Juciane de Souza Silva 21 anos F Martinha Creuza de C. Silva. Alunos 18 a 21 anos
08 Edimaria de Jesus Silva 17 anos F Edvane Creuza de Jesus Aluna não Localizada
09 Ronalte Gabriel da Silva Gomes 11 anos M Edileuza Maria da Silva Escola do Campo
10 José Henrique da Silva Santos 10 anos M Ana Maria Nunes da S. Santos. Escola do Campo
11 Lizandro da Silva 21 anos M Luciene Maria da Silva. Alunos 18 a 21 anos
Avanço
• Ano 2015 - 11 alunos beneficiados (BPC) fora da
escola.
Fonte: Secretaria Municipal de Assistência Social
Ressalva: Apenas 01 aluno, segundo buscas feitas pela
Secretaria Mun. de Educação, em idade escolar na rede
municipal, está fora da escola, por não ter sido localizado.
Ações Estratégicas Educacionais
Selo UNICEF 2013/2016
Políticas Públicas
e
Participação Social
Infraestrutura das Escolas Municipais e as implicações no
processor escolar
Em 2013/2014, sob impacto da infraestrutura
inadequada das escolas do campo para atender aos alunos,
dentro do padrão básico necessário ao processo escolar, 20
escolas foram desativadas. Uma vez que, funcionavam em
residências de alvenaria (“taipa”). Estas, que por serem locadas,
não permitia reforma emergencial, implicando na autoestima do
professor, dos alunos, assim como no detrimento dos direitos da
cidadania.
Esse processo resultou na redução do número de
escolas. Contudo, a nucleação favoreceu significativamente a
dinâmica da oferta da Educação do Campo.
Escolas Zona Urbana e Rural
2013/2014
Escolas Municipais 2015/2016
Escolas Zona Urbana e Rural/2016
Avanço
• Benefício ao acesso e permanência de 381 alunos no
ensino fundamental - ciclo/ano - com avanço
significativo no processo de ensino-aprendizagem;
• Garantia do direito do aluno do campo a um espaço de
infraestrutura de Nível Elementar;
• Universalização da Educação Infantil 4 e 5 anos na
Escola e maior qualificação do Ensino Fundamental no
Campo - I Ciclo 1º ao 3º ano e II Ciclo 4º e 5º ano;
• Construção de salas de aula nas escolas: Tia Zita,
Geraldo Gonçalves e Celestino Nunes;
• Construção da Escola Dr. José de Sá Roriz;
• Construção de uma Creche tipo C, Padrão /MEC;
• Ampliação da Creche Mundo da Criança;
• Reforma da Creche Mun. Patinho Azul /Tia Euza;
• Oferta de melhores condições às crianças para acesso
e vivência dos seus direitos civis, humanos e sociais;
• Ampliação da oferta do transporte escolar , sendo
307 alunos atendidos;
• Ensino com maiores condições de superar os
desafios do processo de ensino e aprendizagem, na
perspectiva do planejamento semanal, da efetivação
de projetos pedagógicos, do monitoramento
sistemático das turmas e do maior acesso aos
recursos tecnológicos.
Avanço
Oferta do transporte escolar de acessibilidade:
Zona Urbana –Acesso de 100% para os alunos do Ensino
Regular e Sala de AEE, no contra turno.
Zona Rural – Acesso do professor itinerante.
Plano quinzenal de atendimento.
O Sistema Municipal dispõe de 04 salas de Recursos
Multifuncionais, sendo:
02 Escolas - Zona Urbana
02 Escolas - Zona Rural/Distritos.
Políticas Públicas Educacionais
Avanço
O Município tem viabilizado condições de
implementação da oferta da educação básica, priorizando a
criança e o adolescente nos aspectos: físico, psicológico,
intelectual e social.
Nesse empreendimento, as políticas públicas
educacionais tem contemplado as modalidades de ensino,
segundo as especificidades da faixa etária a que se destina,
sendo dimensionadas no acompanhamento e apoio às
escolas no desenvolvimento de programas e projetos
pedagógicos que promovem o direito de aprender,
solidificado nos princípios de igualdade.
Avanço
• Plano de Formação Continuada de Professores;
• Realização de formações específicas nas diversas áreas do
conhecimento para os profissionais da Educação infantil e
Fundamental;
• Promoção de eventos envolvendo temáticas diversificadas,
buscando alternativas para a inclusão e integração sem
preconceitos.
• Suporte psicopedagogo com realização de análise e
intervenções pedagógicas nos casos de déficit de
aprendizagem do nosso aluno(a).
Aplicação da Provinha Brasil em 100% das Escolas
Municipais.
Avanço
Provinha Brasil
Avanço
•A implementação e utilização do Projeto Político Pedagógico,
enquanto ferramenta substancial no propósito de promover o
conhecimento, o respeito, e a valorização das influências dos
negros africanos e indígenas.
•Promoção de atividades socioculturais e ambientais com
incentivos à criatividade e à socialização da criança, através da
produção de lendas, provérbios, músicas, adivinhações,
destacando as comidas típicas, danças, num processo de
preservação/valorização do folclore e da nossa cultura.
Vivenciando Cultura no currículo escolar.
Efetivação de Projetos de Incentivo a Leitura.
Participação dos alunos no Projeto Ler Bem
Avanço
•Ampliação de ações educacionais que envolvam
situações de pesquisa-ação-participação, a partir do
contexto da inserção do homem no meio ambiente;
•Fomento aos debates em torno da produção do lixo e,
consequentemente, da importância dos 3Rs: reduzir,
reutilizar e reciclar no processo de preservação e
conservação do meio ambiente.
Eventos de mobilização do coletivo escolar,
família e comunidade
Ações Educativas na Escola e no seu entorno
Avanço
• Adoção de atitudes conscientes frente a gravidade
dos problemas causados pelo mosquito da dengue,
intervindo de forma significativa na saúde na
comunidade local.
• Efetivação do Projeto Em Família, visando à
participação efetiva da comunidade escolar através
da parceria com pais e outros segmentos da
sociedade;
• Busca de condicionantes que elevem as perspectivas
de uma educação afetiva, construtiva e justa através
do trabalho coletivo.
DO DIREITO DE PROTEGER-SE
E SER PROTEGIDO DO HIV/AIDS
OBJETIVO
Reduzir a transmissão vertical (da mãe para o bebê) e
os casos de HIV/aids entre adolescentes,
especialmente meninas.
Avanço
•Promoção de palestras e campanhas envolvendo
profissionais da saúde, junto a comunidade e a equipe
escolar, na perspectiva da prevenção e o bem estar
familiar;
•Otimização do Projeto em Família e do Programa
Mais Educação, ambos viabilizados pelas escolas da
rede municipal.
PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO
DO MILÊNIO
• Combater o HIV/aids, a malária e outras doenças.
DO DIREITO DE CRESCER
SEM VIOLÊNCIA
OBJETIVO
Diminuir a violência, a exploração e os abusos contra
crianças e adolescentes; e fortalecer o Sistema de
Garantia de Direitos nos municípios, garantindo a
realização equitativa dos direitos e levando em
consideração as dimensões de gênero, raça/etnia e
deficiências.
Avanço
•Atenção à frequência do aluno através do monitoramento
efetivo do Programa Alfabetizar com Sucesso.
•Retenção do aluno na escola por mais tempo, através do
Programa Mais Educação, que desenvolve atividades
diversificadas dentro do contexto de fortalecimento do
Sistema de Garantia de Direitos.
•Solicitação constante da atuação do Conselho Tutelar, junto
às escolas.
Avanço
• Realização do projeto de intervenção Escola Segura e
PROERD (Programa Educacional de Resistência as
Drogas e à Violência), sobre violência contra a
crianças, em parceira com Polícia Militar e outros
órgãos competentes: COMDICA, Conselho Tutelar e
Ministério Público.
• Estímulo à prática docente afetiva, otimizando
valores dimensionados no respeito ao aluno na sua
integridade.
Projeto Escola Segura PROERD
PRINCÍPIOS OBJETIVOS DE
DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO
Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia
das mulheres.
DO DIREITO DE SER
ADOLESCENTE
OBJETIVO
Adolescentes acessando políticas públicas
multissetoriais e sendo reconhecidos pela sociedade
por sua capacidade de contribuir para transformar a
sua realidade.
Avanço
•Apropriação de conhecimentos mediante a promoção de
projetos didáticos, envolvendo temáticas de interesse do
adolescente.
•Acesso do aluno aos instrumentos tecnológicos através do
Laboratório de Informática da escola.
•A implantação do Projeto Craque na Escola Craque na Bola,
em parceria com a Diretoria de Esporte, evitando a ociosidade
e o acesso a situação de risco.
•Promoção de oficinas de informática, música, teatro e
artesanato através do Programa Mais Educação.
PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DE
DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO
Estabelecer uma parceria mundial para o
desenvolvimento.
DO DIREITO DE SER PRIORIDADE
NAS POLÍTICAS PÚBLICAS
OBJETIVO
Todas as comunidades do município com acesso à
informação e conhecimentos sobre a situação das
crianças e adolescentes e promovendo iniciativas
pela redução das desigualdades.
Avanço
•Atuação do Conselho Municipal de Educação como órgão de
fiscalização e deliberação junto às atividades viabilizadas pelo
Município.
•Realização da I Conferência Municipal de Educação.
•Fórum e Audiência Pública, debates e aprovação do PME;
•Promoção à contribuição para redução das desigualdades
educacionais, protegendo a criança, o adolescente e o jovem
em situação de risco.
•Atuação do Fórum Municipal de Educação nas atividades de
acompanhamento, avaliação e implementação dos impactos
da Política Municipal de Educação.
PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO
DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO
Estabelecer uma parceria mundial para o
desenvolvimento.
DO DIREITO DE BRINCAR, PRATICAR
ESPORTES E DIVERTIR -SE
OBJETIVO
Todas as crianças e adolescentes com
oportunidade de acesso a esporte seguro e inclusivo,
brincando e divertindo-se em centros de educação
infantil, escolas e comunidades.
Avanço
• Implementação das atividades esportivas na escola através dos
jogos interclasses, abrangendo diversas modalidades.
• Realização anualmente dos jogos municipais.
• Participação da criança e do adolescentes na Caravana do
Esporte e das Artes;
• Realização de oficinas Esporte educacional, nas quadras
poliesportivas através do Programa Mais Educação e Mine
Caravana realizada na Escola.
• Participação nos jogos regionais;
• Implantação do Projeto Craque na Escola Craque na Bola em
parceria com a Diretoria de Esportes;
• Construção de 02 Academias da Cidade;
• Construção de 01 quadra esportiva no Bairro do Inocoop;
•Construção de 01 quadra esportiva Projeto Manga de Baixo;
• Construção de 02 quadras esportivas cobertas Z. Urbana;
PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO
DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO
Estabelecer uma parceria mundial para o
desenvolvimento.
“Meu coração chora diariamente diante da
realidade deste Universo! Mas, ao mesmo tempo,
meu coração transborda de amor para lutar pelas
causas sociais.”
Arina Domingues
Equipe Secretaria Municipal de Educação
07 Junho 2016

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Macedo, lino, como construir uma escola para todos
Macedo, lino, como construir uma escola para todosMacedo, lino, como construir uma escola para todos
Macedo, lino, como construir uma escola para todos
marcaocampos
 
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da SilvaPlano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Lucio Lira
 
Oficina educação física os jogos e as brincadeiras
Oficina  educação física os jogos e as brincadeirasOficina  educação física os jogos e as brincadeiras
Oficina educação física os jogos e as brincadeiras
pipatcleopoldina
 
Ficha de acompanhamento
Ficha de acompanhamentoFicha de acompanhamento
Ficha de acompanhamento
heliane
 
Planejamento educação infantil
Planejamento educação infantilPlanejamento educação infantil
Planejamento educação infantil
Claudia Ramos
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
Aline_Lune
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolar
cezarjeri
 

Mais procurados (20)

Plano de aula educacao fisica
Plano de aula    educacao fisicaPlano de aula    educacao fisica
Plano de aula educacao fisica
 
Handebol na escola
Handebol na escolaHandebol na escola
Handebol na escola
 
Plano de Ação.docx
Plano de Ação.docxPlano de Ação.docx
Plano de Ação.docx
 
Macedo, lino, como construir uma escola para todos
Macedo, lino, como construir uma escola para todosMacedo, lino, como construir uma escola para todos
Macedo, lino, como construir uma escola para todos
 
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da SilvaPlano de ação da Escola João Ferreira da Silva
Plano de ação da Escola João Ferreira da Silva
 
Oficina educação física os jogos e as brincadeiras
Oficina  educação física os jogos e as brincadeirasOficina  educação física os jogos e as brincadeiras
Oficina educação física os jogos e as brincadeiras
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Slide handebol
Slide handebolSlide handebol
Slide handebol
 
Jogos populares
Jogos popularesJogos populares
Jogos populares
 
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
 
Ficha de acompanhamento
Ficha de acompanhamentoFicha de acompanhamento
Ficha de acompanhamento
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Ficha de conselho de classe
Ficha de conselho de classeFicha de conselho de classe
Ficha de conselho de classe
 
Avalição em educação física
Avalição em educação físicaAvalição em educação física
Avalição em educação física
 
Planejamento educação infantil
Planejamento educação infantilPlanejamento educação infantil
Planejamento educação infantil
 
Mini-Curso sobre Ensino das lutas na escola
Mini-Curso sobre Ensino das lutas na escolaMini-Curso sobre Ensino das lutas na escola
Mini-Curso sobre Ensino das lutas na escola
 
Regras do Jogo de damas
Regras do Jogo de damasRegras do Jogo de damas
Regras do Jogo de damas
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Slides conselho escolar
Slides conselho escolarSlides conselho escolar
Slides conselho escolar
 

Destaque

14 piaget vygotsky e wallon ...
14 piaget vygotsky e wallon ...14 piaget vygotsky e wallon ...
14 piaget vygotsky e wallon ...
Karina Reimberg
 

Destaque (12)

Piaget e vygotsky
Piaget e vygotskyPiaget e vygotsky
Piaget e vygotsky
 
Piaget x Vygotsky
Piaget x VygotskyPiaget x Vygotsky
Piaget x Vygotsky
 
Burrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinnerBurrhus frederick skinner
Burrhus frederick skinner
 
14 piaget vygotsky e wallon ...
14 piaget vygotsky e wallon ...14 piaget vygotsky e wallon ...
14 piaget vygotsky e wallon ...
 
Skinner slides
Skinner   slidesSkinner   slides
Skinner slides
 
Emancipação e construção do conhecimento
Emancipação e construção do conhecimentoEmancipação e construção do conhecimento
Emancipação e construção do conhecimento
 
Teoria Behaviorista
Teoria BehavioristaTeoria Behaviorista
Teoria Behaviorista
 
Desenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallon
Desenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallonDesenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallon
Desenvolvimento infantil piaget-vygtsky-maturama-wallon
 
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
Quadro comparativo das concepções de aprendizagem entre os teóricos piaget, v...
 
Psicologia da educação
Psicologia da educaçãoPsicologia da educação
Psicologia da educação
 
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovComportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 

Semelhante a AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS - SELO UNICEF 2013 - 2016

Formação pela escola
Formação pela escolaFormação pela escola
Formação pela escola
Vilma souza
 
Objectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizadosObjectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizados
ANA GRALHEIRO
 
PPP 2013 Escola Classe 29 de Taguatinga
PPP 2013 Escola Classe 29 de TaguatingaPPP 2013 Escola Classe 29 de Taguatinga
PPP 2013 Escola Classe 29 de Taguatinga
Ana Silva
 
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidadeModelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
em_raimundofernandes
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - IntroduçãoSaberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
asustecnologia
 
Apresentação pesquisa qualitativa secad
Apresentação pesquisa qualitativa secadApresentação pesquisa qualitativa secad
Apresentação pesquisa qualitativa secad
Maicon Alentejo
 

Semelhante a AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS - SELO UNICEF 2013 - 2016 (20)

Selo unicef 2014 - Belém do São Francisco-PE
Selo unicef 2014 - Belém do São Francisco-PESelo unicef 2014 - Belém do São Francisco-PE
Selo unicef 2014 - Belém do São Francisco-PE
 
Projeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogicoProjeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogico
 
Formação pela escola
Formação pela escolaFormação pela escola
Formação pela escola
 
Proposta governo da Luiza Perdigão para Pentecoste
Proposta governo da Luiza Perdigão para PentecosteProposta governo da Luiza Perdigão para Pentecoste
Proposta governo da Luiza Perdigão para Pentecoste
 
Boletim educa n4
Boletim educa n4Boletim educa n4
Boletim educa n4
 
Atps projeto de extensão a comunidade
Atps projeto de extensão a comunidadeAtps projeto de extensão a comunidade
Atps projeto de extensão a comunidade
 
Moc (1)
Moc (1)Moc (1)
Moc (1)
 
Objectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizadosObjectivos do proj educ actualizados
Objectivos do proj educ actualizados
 
Reflexoes sobre a evasao escolar da eja
Reflexoes sobre a evasao escolar da ejaReflexoes sobre a evasao escolar da eja
Reflexoes sobre a evasao escolar da eja
 
Folheto informativo suesp - 2019
Folheto informativo   suesp - 2019Folheto informativo   suesp - 2019
Folheto informativo suesp - 2019
 
20. metodologia selo unicef
20. metodologia selo unicef20. metodologia selo unicef
20. metodologia selo unicef
 
Palavra do pedagogico gestores
Palavra do pedagogico   gestoresPalavra do pedagogico   gestores
Palavra do pedagogico gestores
 
PPP 2013 Escola Classe 29 de Taguatinga
PPP 2013 Escola Classe 29 de TaguatingaPPP 2013 Escola Classe 29 de Taguatinga
PPP 2013 Escola Classe 29 de Taguatinga
 
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidadeModelo do dossiê  2014 - prêmio escola de qualidade
Modelo do dossiê 2014 - prêmio escola de qualidade
 
Ca fica cartilha
Ca fica cartilhaCa fica cartilha
Ca fica cartilha
 
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA - UMA APRESENTAÇÃO
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA - UMA APRESENTAÇÃOA FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA - UMA APRESENTAÇÃO
A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA - UMA APRESENTAÇÃO
 
Ativ3.3projetomarialuiza
Ativ3.3projetomarialuizaAtiv3.3projetomarialuiza
Ativ3.3projetomarialuiza
 
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - IntroduçãoSaberes e Praticas da Inclusão - Introdução
Saberes e Praticas da Inclusão - Introdução
 
Apresentação pesquisa qualitativa secad
Apresentação pesquisa qualitativa secadApresentação pesquisa qualitativa secad
Apresentação pesquisa qualitativa secad
 
Projeto integrador
Projeto integradorProjeto integrador
Projeto integrador
 

Último

Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
azulassessoria9
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
azulassessoria9
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
Autonoma
 

Último (20)

Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptxOrações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
Orações subordinadas substantivas- 9ano.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 

AÇOES ESTRATÉGICAS EDUCACIONAIS - SELO UNICEF 2013 - 2016

  • 1.
  • 4. OBJETIVO Todas as crianças e adolescentes acessando, permanecendo e concluindo a educação básica de qualidade na idade certa, com sucesso na aprendizagem.
  • 5. Impacto Social • Permite conhecer mudanças na vida das crianças e adolescentes, pelo monitoramento. Indicadores • São comprovações de que o município realizou cada uma das ações a que se propôs.
  • 6. PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO • Atingir o Ensino Básico Universal. • A igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres. • Garantir a sustentabilidade ambiental.
  • 8. Taxa de abandono no Ensino Fundamental – MEC/INEP
  • 9. Avanço Taxa de abandono Anos Iniciais 2013 = 1,5% 2014 = 0, 9% Taxa de abandono Anos Finais 2013 = 4,7% 2014 = 2,5% Avanço
  • 10. Distorção idade - ano (5° a 9° ano) do Ensino Fundamental rede municipal – MEC/INEP
  • 11. Avanço Distorção idade - ano - 5° a 9° ano do Ensino Fundamental rede municipal. 2013 – 22% 2014 – 21%
  • 12. Percentual de escolas da rede pública municipal que atingiram ou ultrapassaram a meta do IDEB, anos iniciais – MEC/INEP.
  • 13. Ressalva: Das 7 Escolas avaliadas, 03 ficaram abaixo da meta projetada (escola). Avanço Meta do Ideb projetada para 2013 - 3,8 Meta Municipal alcançada 2013 - 4,0
  • 14. Adriana novo slide O % de crianças beneficiados pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC) que estão na escola – MDS/MEC
  • 15. Conforme o relatório BPC , ano 2014, eram trinta 30 beneficiários não inseridos na Escola. A busca ativa e mobilização das Secretarias de Assistência Social e Educação com objetivo de identificar os beneficiários da BPC. ORD NOME DO BENEFICIÁRIO ( A ) IDADE SEXO RAÇA/COR NOME DA MÃE OBSEVAÇÃO 01 Eslen Amanda Nery dos Santos 16 anos F Josenice Nery pinto dos Santos Esc. Mun. Manoel Jacinto 02 Iandra Rayssa Nascimento Rocha 05 anos F Dilza Edileusa de J. Nascimento Escola Privada - EPOL 03 Maria Verônica N. da Silva 19 anos F Maria do Carmo Nunes da silva Alunos 18 a 21 anos 04 Caio Torres Oliveira 18 anos M Cícera Gonçalves Torres de Oliveira Alunos 18 a 21 anos 05 Ailton Alenilton dos Santos 19 anos M Joselita Vitalina dos Santos. Alunos 18 a 21 anos 06 Isaías Gabriel P. da Silva 18 anos M Maria Clécia Pires de Carvalho. Alunos 18 a 21 anos 07 Juciane de Souza Silva 21 anos F Martinha Creuza de C. Silva. Alunos 18 a 21 anos 08 Edimaria de Jesus Silva 17 anos F Edvane Creuza de Jesus Aluna não Localizada 09 Ronalte Gabriel da Silva Gomes 11 anos M Edileuza Maria da Silva Escola do Campo 10 José Henrique da Silva Santos 10 anos M Ana Maria Nunes da S. Santos. Escola do Campo 11 Lizandro da Silva 21 anos M Luciene Maria da Silva. Alunos 18 a 21 anos
  • 16. Avanço • Ano 2015 - 11 alunos beneficiados (BPC) fora da escola. Fonte: Secretaria Municipal de Assistência Social Ressalva: Apenas 01 aluno, segundo buscas feitas pela Secretaria Mun. de Educação, em idade escolar na rede municipal, está fora da escola, por não ter sido localizado.
  • 17. Ações Estratégicas Educacionais Selo UNICEF 2013/2016 Políticas Públicas e Participação Social
  • 18. Infraestrutura das Escolas Municipais e as implicações no processor escolar Em 2013/2014, sob impacto da infraestrutura inadequada das escolas do campo para atender aos alunos, dentro do padrão básico necessário ao processo escolar, 20 escolas foram desativadas. Uma vez que, funcionavam em residências de alvenaria (“taipa”). Estas, que por serem locadas, não permitia reforma emergencial, implicando na autoestima do professor, dos alunos, assim como no detrimento dos direitos da cidadania. Esse processo resultou na redução do número de escolas. Contudo, a nucleação favoreceu significativamente a dinâmica da oferta da Educação do Campo.
  • 19. Escolas Zona Urbana e Rural 2013/2014
  • 21.
  • 22. Escolas Zona Urbana e Rural/2016
  • 23. Avanço • Benefício ao acesso e permanência de 381 alunos no ensino fundamental - ciclo/ano - com avanço significativo no processo de ensino-aprendizagem; • Garantia do direito do aluno do campo a um espaço de infraestrutura de Nível Elementar; • Universalização da Educação Infantil 4 e 5 anos na Escola e maior qualificação do Ensino Fundamental no Campo - I Ciclo 1º ao 3º ano e II Ciclo 4º e 5º ano;
  • 24. • Construção de salas de aula nas escolas: Tia Zita, Geraldo Gonçalves e Celestino Nunes; • Construção da Escola Dr. José de Sá Roriz; • Construção de uma Creche tipo C, Padrão /MEC; • Ampliação da Creche Mundo da Criança; • Reforma da Creche Mun. Patinho Azul /Tia Euza; • Oferta de melhores condições às crianças para acesso e vivência dos seus direitos civis, humanos e sociais;
  • 25. • Ampliação da oferta do transporte escolar , sendo 307 alunos atendidos; • Ensino com maiores condições de superar os desafios do processo de ensino e aprendizagem, na perspectiva do planejamento semanal, da efetivação de projetos pedagógicos, do monitoramento sistemático das turmas e do maior acesso aos recursos tecnológicos.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34. Avanço Oferta do transporte escolar de acessibilidade: Zona Urbana –Acesso de 100% para os alunos do Ensino Regular e Sala de AEE, no contra turno. Zona Rural – Acesso do professor itinerante. Plano quinzenal de atendimento. O Sistema Municipal dispõe de 04 salas de Recursos Multifuncionais, sendo: 02 Escolas - Zona Urbana 02 Escolas - Zona Rural/Distritos.
  • 36. Avanço O Município tem viabilizado condições de implementação da oferta da educação básica, priorizando a criança e o adolescente nos aspectos: físico, psicológico, intelectual e social. Nesse empreendimento, as políticas públicas educacionais tem contemplado as modalidades de ensino, segundo as especificidades da faixa etária a que se destina, sendo dimensionadas no acompanhamento e apoio às escolas no desenvolvimento de programas e projetos pedagógicos que promovem o direito de aprender, solidificado nos princípios de igualdade.
  • 37. Avanço • Plano de Formação Continuada de Professores; • Realização de formações específicas nas diversas áreas do conhecimento para os profissionais da Educação infantil e Fundamental; • Promoção de eventos envolvendo temáticas diversificadas, buscando alternativas para a inclusão e integração sem preconceitos. • Suporte psicopedagogo com realização de análise e intervenções pedagógicas nos casos de déficit de aprendizagem do nosso aluno(a).
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43. Aplicação da Provinha Brasil em 100% das Escolas Municipais. Avanço
  • 45. Avanço •A implementação e utilização do Projeto Político Pedagógico, enquanto ferramenta substancial no propósito de promover o conhecimento, o respeito, e a valorização das influências dos negros africanos e indígenas. •Promoção de atividades socioculturais e ambientais com incentivos à criatividade e à socialização da criança, através da produção de lendas, provérbios, músicas, adivinhações, destacando as comidas típicas, danças, num processo de preservação/valorização do folclore e da nossa cultura.
  • 46.
  • 47. Vivenciando Cultura no currículo escolar.
  • 48. Efetivação de Projetos de Incentivo a Leitura.
  • 49. Participação dos alunos no Projeto Ler Bem
  • 50. Avanço •Ampliação de ações educacionais que envolvam situações de pesquisa-ação-participação, a partir do contexto da inserção do homem no meio ambiente; •Fomento aos debates em torno da produção do lixo e, consequentemente, da importância dos 3Rs: reduzir, reutilizar e reciclar no processo de preservação e conservação do meio ambiente.
  • 51. Eventos de mobilização do coletivo escolar, família e comunidade
  • 52. Ações Educativas na Escola e no seu entorno
  • 53.
  • 54. Avanço • Adoção de atitudes conscientes frente a gravidade dos problemas causados pelo mosquito da dengue, intervindo de forma significativa na saúde na comunidade local. • Efetivação do Projeto Em Família, visando à participação efetiva da comunidade escolar através da parceria com pais e outros segmentos da sociedade; • Busca de condicionantes que elevem as perspectivas de uma educação afetiva, construtiva e justa através do trabalho coletivo.
  • 55.
  • 56. DO DIREITO DE PROTEGER-SE E SER PROTEGIDO DO HIV/AIDS
  • 57. OBJETIVO Reduzir a transmissão vertical (da mãe para o bebê) e os casos de HIV/aids entre adolescentes, especialmente meninas.
  • 58. Avanço •Promoção de palestras e campanhas envolvendo profissionais da saúde, junto a comunidade e a equipe escolar, na perspectiva da prevenção e o bem estar familiar; •Otimização do Projeto em Família e do Programa Mais Educação, ambos viabilizados pelas escolas da rede municipal.
  • 59.
  • 60. PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO • Combater o HIV/aids, a malária e outras doenças.
  • 61. DO DIREITO DE CRESCER SEM VIOLÊNCIA
  • 62. OBJETIVO Diminuir a violência, a exploração e os abusos contra crianças e adolescentes; e fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos nos municípios, garantindo a realização equitativa dos direitos e levando em consideração as dimensões de gênero, raça/etnia e deficiências.
  • 63. Avanço •Atenção à frequência do aluno através do monitoramento efetivo do Programa Alfabetizar com Sucesso. •Retenção do aluno na escola por mais tempo, através do Programa Mais Educação, que desenvolve atividades diversificadas dentro do contexto de fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos. •Solicitação constante da atuação do Conselho Tutelar, junto às escolas.
  • 64. Avanço • Realização do projeto de intervenção Escola Segura e PROERD (Programa Educacional de Resistência as Drogas e à Violência), sobre violência contra a crianças, em parceira com Polícia Militar e outros órgãos competentes: COMDICA, Conselho Tutelar e Ministério Público. • Estímulo à prática docente afetiva, otimizando valores dimensionados no respeito ao aluno na sua integridade.
  • 66. PRINCÍPIOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres.
  • 67. DO DIREITO DE SER ADOLESCENTE
  • 68. OBJETIVO Adolescentes acessando políticas públicas multissetoriais e sendo reconhecidos pela sociedade por sua capacidade de contribuir para transformar a sua realidade.
  • 69. Avanço •Apropriação de conhecimentos mediante a promoção de projetos didáticos, envolvendo temáticas de interesse do adolescente. •Acesso do aluno aos instrumentos tecnológicos através do Laboratório de Informática da escola. •A implantação do Projeto Craque na Escola Craque na Bola, em parceria com a Diretoria de Esporte, evitando a ociosidade e o acesso a situação de risco. •Promoção de oficinas de informática, música, teatro e artesanato através do Programa Mais Educação.
  • 70.
  • 71.
  • 72.
  • 73. PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
  • 74. DO DIREITO DE SER PRIORIDADE NAS POLÍTICAS PÚBLICAS
  • 75. OBJETIVO Todas as comunidades do município com acesso à informação e conhecimentos sobre a situação das crianças e adolescentes e promovendo iniciativas pela redução das desigualdades.
  • 76. Avanço •Atuação do Conselho Municipal de Educação como órgão de fiscalização e deliberação junto às atividades viabilizadas pelo Município. •Realização da I Conferência Municipal de Educação. •Fórum e Audiência Pública, debates e aprovação do PME; •Promoção à contribuição para redução das desigualdades educacionais, protegendo a criança, o adolescente e o jovem em situação de risco. •Atuação do Fórum Municipal de Educação nas atividades de acompanhamento, avaliação e implementação dos impactos da Política Municipal de Educação.
  • 77.
  • 78. PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
  • 79. DO DIREITO DE BRINCAR, PRATICAR ESPORTES E DIVERTIR -SE
  • 80. OBJETIVO Todas as crianças e adolescentes com oportunidade de acesso a esporte seguro e inclusivo, brincando e divertindo-se em centros de educação infantil, escolas e comunidades.
  • 81. Avanço • Implementação das atividades esportivas na escola através dos jogos interclasses, abrangendo diversas modalidades. • Realização anualmente dos jogos municipais. • Participação da criança e do adolescentes na Caravana do Esporte e das Artes; • Realização de oficinas Esporte educacional, nas quadras poliesportivas através do Programa Mais Educação e Mine Caravana realizada na Escola. • Participação nos jogos regionais;
  • 82. • Implantação do Projeto Craque na Escola Craque na Bola em parceria com a Diretoria de Esportes; • Construção de 02 Academias da Cidade; • Construção de 01 quadra esportiva no Bairro do Inocoop; •Construção de 01 quadra esportiva Projeto Manga de Baixo; • Construção de 02 quadras esportivas cobertas Z. Urbana;
  • 83.
  • 84.
  • 85.
  • 86. PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento.
  • 87. “Meu coração chora diariamente diante da realidade deste Universo! Mas, ao mesmo tempo, meu coração transborda de amor para lutar pelas causas sociais.” Arina Domingues Equipe Secretaria Municipal de Educação 07 Junho 2016