SlideShare uma empresa Scribd logo
SOCIOLOGIA
INTRODUÇÃO, FUNDAMENTOS, BASES
www.slideshare.net/firminosociologiafilosofia
“O fascínio da Sociologia está no fato de que
sua perspectiva nos leva a ver sob a nova luz o
próprio mundo em que vivemos. Isto também
constitui uma transformação da consciência.”
Peter Berger
1. Estudo da Sociedade: Senso Crítico X Senso Comum
Senso Crítico (Científico):
o O conhecimento científico é produto do uso da
razão na compreensão da natureza e fenômenos.
o Questionava – se a religião como explicadora da
verdade e a Igreja como dona do conhecimento.
o Métodos de investigação levaram a explicações
racionais e universais para os fenômenos
analisados.
Senso Comum:
o Experiências e conhecimentos pessoais oriundos
de crenças, do cotidiano, sem críticas e análises,
formando visões de mundo fantasiosas como
verdades absolutas.
o A primeira forma de compreensão do mundo,
superficial e acrítica: família, tradição, televisão,
ditados, crenças religiosas, etc.
“Todo aquele que trabalha tem.”
“O Sol nasceu pra todos.”
“Todos são iguais perante a lei.”
“Dinheiro não traz felicidade.”
“Aqui se faz, aqui se paga.”
Menina grávida virgem em
Andradina faz pai acreditar
em milagre divino:
Emocionado, o pai, Francisco
Alberto Fernandes Fagundes,
52 anos, acredita em milagre
divino. "É um sinal vindo do
céu, minha filha é abençoada
e o bebê que vai nascer vem
para fazer algo especial pela
humanidade", disse Seu
Chico com lágrimas nos olhos.
Para agradecer pelo milagre,
Francisco rezou ajoelhado
durante 24 horas seguidas
para agradecer.
Depois que os comentários da
grávida virgem se espalhou pela
vizinhança, alguns vizinhos foram
até o local e acenderam uma vela
para agradecer pelo milagre divino.
Quem foi que disse que amar é sofrer? Quem foi que disse que Deus é brasileiro?
Que existe ordem e progresso, enquanto a zona corre solta no congresso?
Quem foi que disse que a justiça tarda mas não falha?
Que se eu não for um bom menino, Deus vai castigar!
Os dias passam lentos, aos meses seguem os aumentos
Cada dia eu levo um tiro que sai pela culatra
Eu não sou ministro, eu não sou magnata, eu sou do povo,
Eu sou um Zé Ninguém, aqui embaixo,
as leis são diferentes,
Quem foi que disse que os homens nascem iguais?
Quem foi que disse que dinheiro não traz felicidade?
Se tudo aqui acaba em samba?
(no país da corda bamba, querem me derrubar!!)
Quem foi que disse que os homens não podem chorar?
Quem foi que disse que a vida começa aos quarenta?
A minha acabou faz tempo, agora entendo por que ....
Zé Ninguém – Biquíni Cavadão
Função das Ciências Sociais (Humanas):
o Buscar a visão científica da realidade social.
o Usar senso crítico (razão) na análise/compreensão
do mundo ao nosso redor.
o Alterar nosso comportamento diante da realidade,
numa perspectiva mais crítica e desmistificadora.
o Transformar senso comum em senso crítico.
Objetivos da Sociologia
o Estudar e buscar entender como o homem
produz o conhecimento e a vida em sociedade.
o Estabelecer relações de causa e efeito entre os
fenômenos sociais.
o Estudar o homem em seus múltiplos aspectos:
social, político, econômico e cultural.
o Fugir do senso comum usando o senso crítico.
2. Era das Revoluções burguesas – Séc. XVIII/XIX
Grécia – Filosofia em busca da razão/compreensão
Platão (à esquerda) aponta sua mão para
cima, indicando o mundo inteligível (das
ideias) como fonte do conhecimento.
Aristóteles (à direita) com a palma da
mão para baixo, afirma a possibilidade de
se obter o conhecimento a partir do
mundo material.
Idade Média – Igreja Católica dona da verdade
Teocentrismo:
o A Ética Cristã (10 mandamentos) levaria a Deus.
o Somente a crença (fé) era o caminho da verdade.
o Quem discordasse (herege) era punido/morto.
o Com os pregadores e suas doutrinas ocorreu a
oposição entre razão e fé e Platão e Aristóteles
adaptados ao Cristianismo católico.
A razão e a Ciência na Renascença (Séc. XIV/XVI):
o O Renascimento Comercial e Urbano favoreceu o
surgimento da burguesia e do Capitalismo.
o A Expansão Marítima e Comercial levou ao
conhecimento de novas regiões e culturas.
o Ampliou – se a visão de mundo e a razão, levando
à Renascença, revolucionando as artes e a ciência.
o Menos teocentrismo mais racionalismo.
"Eu, Galileu, filho do falecido florentino Vicenzo Galilei, setenta
anos de idade, juro que sempre acreditei e continuarei a
acreditar em tudo o que crê, prega e ensina a Santa igreja
Católica e Apostólica”.
Com o Renascimento o Racionalismo se fortaleceu.
Copérnico, Kepler, Galileu, Newton, com a razão e as
pesquisas em alta surgiram grandes descobertas:
telescópio, órbita dos planetas, máquina de calcular,
funcionamento do coração, geometria analítica,
células, microscópio, lei da gravidade.
Revolução Científica no séc. XIX
Sociedades para o Progresso da Ciência:
o Debates e pesquisas científicas.
o Busca da melhoria da qualidade de vida.
o Questionava – se para qual classe os avanços
científicos deveriam acontecer.
o A Revolução Científica trouxe ganhos imensos para
a humanidade.
Biologia – Evolucionismo X Criacionismo:
o O Evolucionismo de Darwin colocava a ciência
explicando a origem do homem, contrariando o
criacionismo da religião.
o Gregor Mendel divulgou estudos sobre a
hereditariedade e abriu caminhos para a genética.
o Louis Pasteur impulsionou a medicina com suas
pesquisas em torno microbiologia (vacinas).
Era das Revoluções Burguesas – Séc. XVIII/XIX
Iluminismo:
o Movimento intelectual, abalou a França e o resto
da Europa, defendendo os ideais de liberdade,
igualdade e fraternidade, em oposição ao Antigo
Regime (Absolutismo Monárquico).
o O Iluminismo exaltou a Razão Natural como
instrumento de análise e compreensão do mundo.
A liberdade guiando o povo/De Lacroix
Revolução Francesa:
o Inspirada pelo Iluminismo derrubou o Antigo
Regime e as estruturas medievais: Absolutismo,
Feudalismo e a Sociedade Estamental.
Revolução Industrial:
o A aplicação da razão e do conhecimento viabilizou
as máquinas na produção, consolidou a burguesia,
o Capitalismo, excluindo o proletariado.
Uma rua de um bairro pobre de Londres
(Dudley Street). Gustavo Doré, 1872.
Importante:
o Criou – se um contexto baseado nos ideais iluministas,
no fim do Absolutismo, na consolidação da burguesia e
numa sociedade contraditória que excluía o povo
política e socialmente.
o O Liberalismo defendia os interesses da burguesia,
legitimando a riqueza e o Socialismo sonhava com
uma sociedade igualitária.
o Havia um contexto a ser explicado e compreendido,
surgindo as Ciências Sociais/Humanas.
Sociologia: objetivos, desvios e possibilidades
o Estuda a vida em sociedade.
o Reflete sobre as relações sociais, suscetível a
ideologias, conflitos, divergências, poder.
o Toma como objetos de estudo temas polêmicos:
racismo, homofobia, violência, xenofobia.
o Contribui para a fuga do “achismo” e desenvolver
o senso crítico.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Iluminismo imagens
Iluminismo imagensIluminismo imagens
Iluminismo imagens
Isaquel Silva
 
11 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 211 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 2
Carla Freitas
 
Ficha de trabalho cultura do salão
Ficha de trabalho  cultura do salãoFicha de trabalho  cultura do salão
Ficha de trabalho cultura do salão
Carla Teixeira
 
Absolutismo imagens
Absolutismo imagensAbsolutismo imagens
Absolutismo imagens
andrecarlosocosta
 
Iluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesaIluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesa
Dismael Sagás
 
Iluminismo - Exercícios
Iluminismo - ExercíciosIluminismo - Exercícios
Iluminismo - Exercícios
Luiz Valentim
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
dmflores21
 
A crise do antigo regime o iluminismo
A crise do antigo regime   o iluminismoA crise do antigo regime   o iluminismo
A crise do antigo regime o iluminismo
martinha10
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Janaína Tavares
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
deividyalves
 
Iluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução FrancesaIluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução Francesa
Paulo Alexandre
 
Iluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.comIluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.com
Carlos Zaranza
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
luizmourao23
 
2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao
2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao
2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao
Kerol Brombal
 
Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2
Carla Teixeira
 
Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.
HizqeelMajoka
 
Exercicios iluminismo
Exercicios iluminismoExercicios iluminismo
Exercicios iluminismo
Renato Almeida
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
eduardodemiranda
 
Iluminismo 1
Iluminismo 1Iluminismo 1
Iluminismo 1
Max22Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Iluminismo imagens
Iluminismo imagensIluminismo imagens
Iluminismo imagens
 
11 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 211 ha m4 u4 2
11 ha m4 u4 2
 
Ficha de trabalho cultura do salão
Ficha de trabalho  cultura do salãoFicha de trabalho  cultura do salão
Ficha de trabalho cultura do salão
 
Absolutismo imagens
Absolutismo imagensAbsolutismo imagens
Absolutismo imagens
 
Iluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesaIluminismo.revolucao.francesa
Iluminismo.revolucao.francesa
 
Iluminismo - Exercícios
Iluminismo - ExercíciosIluminismo - Exercícios
Iluminismo - Exercícios
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
A crise do antigo regime o iluminismo
A crise do antigo regime   o iluminismoA crise do antigo regime   o iluminismo
A crise do antigo regime o iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
 
Iluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução FrancesaIluminismo e Revolução Francesa
Iluminismo e Revolução Francesa
 
Iluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.comIluminismo - www.carloszaranza.com
Iluminismo - www.carloszaranza.com
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao
2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao
2 lista iluminismo_rev industrial e napoleao
 
Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2Da rev cient ao iluminismo parte 2
Da rev cient ao iluminismo parte 2
 
Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.
Resumo sobre a a matéria (O iluminismo e as reformas pombalinas) de 8ºano.
 
Exercicios iluminismo
Exercicios iluminismoExercicios iluminismo
Exercicios iluminismo
 
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIIIIdeias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
Ideias revolucionárias dos séculos XVII e XVIII
 
Iluminismo 1
Iluminismo 1Iluminismo 1
Iluminismo 1
 

Semelhante a Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020

Sociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e basesSociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e bases
Celso Firmino Sociologia/Filosofia
 
019 Correntes do pensamento positivista.pptx
019 Correntes do pensamento positivista.pptx019 Correntes do pensamento positivista.pptx
019 Correntes do pensamento positivista.pptx
Milena Leite
 
Racionalismo lelícia 25 tp
Racionalismo lelícia 25 tpRacionalismo lelícia 25 tp
Racionalismo lelícia 25 tp
alemisturini
 
Apostila etica profissional e organizacional
Apostila etica profissional e organizacionalApostila etica profissional e organizacional
Apostila etica profissional e organizacional
Alexandre Moura
 
Filosofia clássica 2
Filosofia clássica 2Filosofia clássica 2
Filosofia clássica 2
Douglas Gregorio
 
Cap 04 sociologia
Cap 04   sociologiaCap 04   sociologia
Cap 04 sociologia
Jesanias Rodrigues
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Carla Teixeira
 
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.pptO-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
AlexandreNeto64
 
Biblioteconomia Documentacao Informacao
Biblioteconomia Documentacao InformacaoBiblioteconomia Documentacao Informacao
Biblioteconomia Documentacao Informacao
Bruno Nathansohn
 
Ecocentrismo na ciência jurídica
Ecocentrismo na ciência jurídicaEcocentrismo na ciência jurídica
Ecocentrismo na ciência jurídica
danielacaramalacc
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
Diogo Castro
 
Fundamentos de Sociologia Unidade I
Fundamentos de Sociologia Unidade IFundamentos de Sociologia Unidade I
Fundamentos de Sociologia Unidade I
Harutchy
 
666 nova ordem_mundial
666 nova ordem_mundial666 nova ordem_mundial
666 nova ordem_mundial
José Silva
 
Nascimento da Sociologia contexto histórico.ppt
Nascimento da Sociologia contexto histórico.pptNascimento da Sociologia contexto histórico.ppt
Nascimento da Sociologia contexto histórico.ppt
claudia25650
 
Materialismo: O Maior de Todos os Males
Materialismo: O Maior de Todos os MalesMaterialismo: O Maior de Todos os Males
Materialismo: O Maior de Todos os Males
Ricardo Azevedo
 
Introdução a filosofia
Introdução a filosofiaIntrodução a filosofia
Introdução a filosofia
Atividades Diversas Cláudia
 
Educação discursos e saberes
Educação discursos e saberesEducação discursos e saberes
Educação discursos e saberes
academicoseconcursos
 
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E DemoniosCodigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
Flor Martha S. Ferreira
 
023 - O Mestre Dos Mestres - Analise - Augusto Cury.pdf
023 - O Mestre Dos Mestres - Analise  - Augusto Cury.pdf023 - O Mestre Dos Mestres - Analise  - Augusto Cury.pdf
023 - O Mestre Dos Mestres - Analise - Augusto Cury.pdf
Rafael Monteiro Moyses
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Ane Caroline*
 

Semelhante a Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020 (20)

Sociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e basesSociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e bases
 
019 Correntes do pensamento positivista.pptx
019 Correntes do pensamento positivista.pptx019 Correntes do pensamento positivista.pptx
019 Correntes do pensamento positivista.pptx
 
Racionalismo lelícia 25 tp
Racionalismo lelícia 25 tpRacionalismo lelícia 25 tp
Racionalismo lelícia 25 tp
 
Apostila etica profissional e organizacional
Apostila etica profissional e organizacionalApostila etica profissional e organizacional
Apostila etica profissional e organizacional
 
Filosofia clássica 2
Filosofia clássica 2Filosofia clássica 2
Filosofia clássica 2
 
Cap 04 sociologia
Cap 04   sociologiaCap 04   sociologia
Cap 04 sociologia
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.pptO-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
 
Biblioteconomia Documentacao Informacao
Biblioteconomia Documentacao InformacaoBiblioteconomia Documentacao Informacao
Biblioteconomia Documentacao Informacao
 
Ecocentrismo na ciência jurídica
Ecocentrismo na ciência jurídicaEcocentrismo na ciência jurídica
Ecocentrismo na ciência jurídica
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 
Fundamentos de Sociologia Unidade I
Fundamentos de Sociologia Unidade IFundamentos de Sociologia Unidade I
Fundamentos de Sociologia Unidade I
 
666 nova ordem_mundial
666 nova ordem_mundial666 nova ordem_mundial
666 nova ordem_mundial
 
Nascimento da Sociologia contexto histórico.ppt
Nascimento da Sociologia contexto histórico.pptNascimento da Sociologia contexto histórico.ppt
Nascimento da Sociologia contexto histórico.ppt
 
Materialismo: O Maior de Todos os Males
Materialismo: O Maior de Todos os MalesMaterialismo: O Maior de Todos os Males
Materialismo: O Maior de Todos os Males
 
Introdução a filosofia
Introdução a filosofiaIntrodução a filosofia
Introdução a filosofia
 
Educação discursos e saberes
Educação discursos e saberesEducação discursos e saberes
Educação discursos e saberes
 
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E DemoniosCodigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
 
023 - O Mestre Dos Mestres - Analise - Augusto Cury.pdf
023 - O Mestre Dos Mestres - Analise  - Augusto Cury.pdf023 - O Mestre Dos Mestres - Analise  - Augusto Cury.pdf
023 - O Mestre Dos Mestres - Analise - Augusto Cury.pdf
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 

Mais de firminomaissociologiafilosofia2019

Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
firminomaissociologiafilosofia2019
 
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃOINSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Neoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociaisNeoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociais
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Instituições sociais família
Instituições sociais famíliaInstituições sociais família
Instituições sociais família
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Cultura 2021
Cultura 2021Cultura 2021
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 

Mais de firminomaissociologiafilosofia2019 (20)

Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Ética e Moral
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃOINSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
 
Neoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociaisNeoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociais
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
 
Instituições sociais família
Instituições sociais famíliaInstituições sociais família
Instituições sociais família
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
 
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
 
Cultura 2021
Cultura 2021Cultura 2021
Cultura 2021
 
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
 
Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021
 
Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021
 
Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Ética e moral 2020
 
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
 
Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020
 
Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020
 
Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020
 

Último

Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020

  • 2. “O fascínio da Sociologia está no fato de que sua perspectiva nos leva a ver sob a nova luz o próprio mundo em que vivemos. Isto também constitui uma transformação da consciência.” Peter Berger
  • 3. 1. Estudo da Sociedade: Senso Crítico X Senso Comum Senso Crítico (Científico): o O conhecimento científico é produto do uso da razão na compreensão da natureza e fenômenos. o Questionava – se a religião como explicadora da verdade e a Igreja como dona do conhecimento. o Métodos de investigação levaram a explicações racionais e universais para os fenômenos analisados.
  • 4. Senso Comum: o Experiências e conhecimentos pessoais oriundos de crenças, do cotidiano, sem críticas e análises, formando visões de mundo fantasiosas como verdades absolutas. o A primeira forma de compreensão do mundo, superficial e acrítica: família, tradição, televisão, ditados, crenças religiosas, etc.
  • 5. “Todo aquele que trabalha tem.” “O Sol nasceu pra todos.” “Todos são iguais perante a lei.” “Dinheiro não traz felicidade.” “Aqui se faz, aqui se paga.”
  • 6. Menina grávida virgem em Andradina faz pai acreditar em milagre divino: Emocionado, o pai, Francisco Alberto Fernandes Fagundes, 52 anos, acredita em milagre divino. "É um sinal vindo do céu, minha filha é abençoada e o bebê que vai nascer vem para fazer algo especial pela humanidade", disse Seu Chico com lágrimas nos olhos. Para agradecer pelo milagre, Francisco rezou ajoelhado durante 24 horas seguidas para agradecer. Depois que os comentários da grávida virgem se espalhou pela vizinhança, alguns vizinhos foram até o local e acenderam uma vela para agradecer pelo milagre divino.
  • 7. Quem foi que disse que amar é sofrer? Quem foi que disse que Deus é brasileiro? Que existe ordem e progresso, enquanto a zona corre solta no congresso? Quem foi que disse que a justiça tarda mas não falha? Que se eu não for um bom menino, Deus vai castigar! Os dias passam lentos, aos meses seguem os aumentos Cada dia eu levo um tiro que sai pela culatra Eu não sou ministro, eu não sou magnata, eu sou do povo, Eu sou um Zé Ninguém, aqui embaixo, as leis são diferentes, Quem foi que disse que os homens nascem iguais? Quem foi que disse que dinheiro não traz felicidade? Se tudo aqui acaba em samba? (no país da corda bamba, querem me derrubar!!) Quem foi que disse que os homens não podem chorar? Quem foi que disse que a vida começa aos quarenta? A minha acabou faz tempo, agora entendo por que .... Zé Ninguém – Biquíni Cavadão
  • 8. Função das Ciências Sociais (Humanas): o Buscar a visão científica da realidade social. o Usar senso crítico (razão) na análise/compreensão do mundo ao nosso redor. o Alterar nosso comportamento diante da realidade, numa perspectiva mais crítica e desmistificadora. o Transformar senso comum em senso crítico.
  • 9. Objetivos da Sociologia o Estudar e buscar entender como o homem produz o conhecimento e a vida em sociedade. o Estabelecer relações de causa e efeito entre os fenômenos sociais. o Estudar o homem em seus múltiplos aspectos: social, político, econômico e cultural. o Fugir do senso comum usando o senso crítico.
  • 10. 2. Era das Revoluções burguesas – Séc. XVIII/XIX Grécia – Filosofia em busca da razão/compreensão Platão (à esquerda) aponta sua mão para cima, indicando o mundo inteligível (das ideias) como fonte do conhecimento. Aristóteles (à direita) com a palma da mão para baixo, afirma a possibilidade de se obter o conhecimento a partir do mundo material.
  • 11. Idade Média – Igreja Católica dona da verdade Teocentrismo: o A Ética Cristã (10 mandamentos) levaria a Deus. o Somente a crença (fé) era o caminho da verdade. o Quem discordasse (herege) era punido/morto. o Com os pregadores e suas doutrinas ocorreu a oposição entre razão e fé e Platão e Aristóteles adaptados ao Cristianismo católico.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. A razão e a Ciência na Renascença (Séc. XIV/XVI): o O Renascimento Comercial e Urbano favoreceu o surgimento da burguesia e do Capitalismo. o A Expansão Marítima e Comercial levou ao conhecimento de novas regiões e culturas. o Ampliou – se a visão de mundo e a razão, levando à Renascença, revolucionando as artes e a ciência. o Menos teocentrismo mais racionalismo.
  • 16. "Eu, Galileu, filho do falecido florentino Vicenzo Galilei, setenta anos de idade, juro que sempre acreditei e continuarei a acreditar em tudo o que crê, prega e ensina a Santa igreja Católica e Apostólica”.
  • 17. Com o Renascimento o Racionalismo se fortaleceu. Copérnico, Kepler, Galileu, Newton, com a razão e as pesquisas em alta surgiram grandes descobertas: telescópio, órbita dos planetas, máquina de calcular, funcionamento do coração, geometria analítica, células, microscópio, lei da gravidade.
  • 18. Revolução Científica no séc. XIX Sociedades para o Progresso da Ciência: o Debates e pesquisas científicas. o Busca da melhoria da qualidade de vida. o Questionava – se para qual classe os avanços científicos deveriam acontecer. o A Revolução Científica trouxe ganhos imensos para a humanidade.
  • 19. Biologia – Evolucionismo X Criacionismo: o O Evolucionismo de Darwin colocava a ciência explicando a origem do homem, contrariando o criacionismo da religião. o Gregor Mendel divulgou estudos sobre a hereditariedade e abriu caminhos para a genética. o Louis Pasteur impulsionou a medicina com suas pesquisas em torno microbiologia (vacinas).
  • 20. Era das Revoluções Burguesas – Séc. XVIII/XIX Iluminismo: o Movimento intelectual, abalou a França e o resto da Europa, defendendo os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, em oposição ao Antigo Regime (Absolutismo Monárquico). o O Iluminismo exaltou a Razão Natural como instrumento de análise e compreensão do mundo.
  • 21. A liberdade guiando o povo/De Lacroix
  • 22. Revolução Francesa: o Inspirada pelo Iluminismo derrubou o Antigo Regime e as estruturas medievais: Absolutismo, Feudalismo e a Sociedade Estamental. Revolução Industrial: o A aplicação da razão e do conhecimento viabilizou as máquinas na produção, consolidou a burguesia, o Capitalismo, excluindo o proletariado.
  • 23.
  • 24.
  • 25. Uma rua de um bairro pobre de Londres (Dudley Street). Gustavo Doré, 1872.
  • 26. Importante: o Criou – se um contexto baseado nos ideais iluministas, no fim do Absolutismo, na consolidação da burguesia e numa sociedade contraditória que excluía o povo política e socialmente. o O Liberalismo defendia os interesses da burguesia, legitimando a riqueza e o Socialismo sonhava com uma sociedade igualitária. o Havia um contexto a ser explicado e compreendido, surgindo as Ciências Sociais/Humanas.
  • 27. Sociologia: objetivos, desvios e possibilidades o Estuda a vida em sociedade. o Reflete sobre as relações sociais, suscetível a ideologias, conflitos, divergências, poder. o Toma como objetos de estudo temas polêmicos: racismo, homofobia, violência, xenofobia. o Contribui para a fuga do “achismo” e desenvolver o senso crítico.