SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
• Definição: movimento filosófico, intelectual e científico que
contrariou as bases do Antigo Regime;
• Quando: século XVIII;
• Onde? ING (início), FRA (auge);
• Quem? O iluminismo representou basicamente a forma da
burguesia interpretar o mundo;
• Características básicas:
–
–
–
–
–

Racionalismo;
Cientificismo;
Antiabsolutismo;
Anticlericalismo;
Defesa das liberdades individuais.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
• Principais representantes do Iluminismo:
A) JHON LOCKE (ING):
– Precursor do Iluminismo (considerado o
“Pai” do Iluminismo).
– Direitos naturais e inalienáveis dos homens:
vida, liberdade e propriedade.
– Os governos existem para preservar esses
direitos.

– LIBERALISMO POLÍTICO.
– Defesa da Monarquia Parlamentar
(Constitucional);.
– Conhecimento = experiência e razão.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
B) ADAM SMITH (ING):
– “Pai” da economia.
– Não intervenção do Estado na Economia.
– Livre concorrência, lei da oferta e da procura,
divisão do trabalho.
– Riqueza = trabalho.
– LIBERALISMO ECONÔMICO.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
C) FISIOCRACIA (FRA):
– Versão francesa do liberalismo econômico.
– Não intervenção do Estado na economia.
– Riqueza = agricultura.
– Teóricos destacados: QUESNAY, GOURNAY, MIRABEU,
DUPONT E TURGOT.
– Lema: “Laissez faire, laissez passer, le monde va de luimême” (Deixai fazer, deixai passar, que o mundo anda por si
mesmo).

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
D) C. S. MONTESQUIEU (FRA):
– Divisão de poderes: executivo, legislativo
e judiciário.
– Harmonia e autonomia entre os poderes.
– Submissão de TODOS perante a lei.
E) J. M. VOLTAIRE (FRA):
– Crítica ao clero e a intolerância.
– Igualdade jurídica.
– Liberdade de expressão.
– Monarquia ilustrada.
iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
F) J. J. ROUSSEAU (FRA):
– O mais importante e influente.
– Soberania popular.
– Poder = povo (democracia).
– Teoria do bom selvagem.
G) DIDEROT e D’ALEMBERT
(FRA):
– Enciclopedistas.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
• O Despotismo Esclarecido:
– Reis absolutistas que influenciados pelas idéias iluministas
promovem reformas em seus países, porém sem abdicar de seu
imenso poder.
– Tentativa de evitar rebeliões internas.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
PAÍS

REI

MEDIDAS

ÁUSTRIA

JOSÉ II

Fim da servidão e relativa liberdade de imprensa

RÚSSIA

CATARINA II

Criação do ensino leigo e de uma Universidade
em Moscou

PRÚSSIA

FREDERICO II

Chamado “o rei filósofo”, eliminou as torturas
em seu país e criou o ensino obrigatório

PORTUGAL JOSÉ I (orientado

pelo ministro

Pombal)
ESPANHA

Combate a influência inglesa na economia de seu
país, incrementa a produção industrial e combate
a influência política da Igreja no seu país
atacando e expulsando os jesuítas do reino

CARLOS III
Reduziu a tortura e a influência da Inquisição no
(orientado pelo
país e expulsou os jeusítas
ministro Aranda)

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
• Importância do movimento:
– Influenciou uma série de movimentos na Europa e fora dela
que abalam definitivamente o Antigo Regime ao longo dos
séculos XVIII e XIX, como por exemplo a Independência dos
EUA e a Revolução Francesa;
– Base do pensamento contemporâneo em muitas sociedades
ocidentais, no que diz respeito a organização política,
econômica e social.

iair@pop.com.br

Prof. Iair
A CRISE DO ANTIGO REGIME
O ILUMINISMO
• Importância do movimento:
– Influenciou uma série de movimentos na Europa e fora dela
que abalam definitivamente o Antigo Regime ao longo dos
séculos XVIII e XIX, como por exemplo a Independência dos
EUA e a Revolução Francesa;
– Base do pensamento contemporâneo em muitas sociedades
ocidentais, no que diz respeito a organização política,
econômica e social.

iair@pop.com.br

Prof. Iair

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)Edenilson Morais
 
Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)Edenilson Morais
 
Brasil império II reinado (1840-1889)
Brasil império II reinado (1840-1889)Brasil império II reinado (1840-1889)
Brasil império II reinado (1840-1889)Privada
 
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Edenilson Morais
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joaninodmflores21
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América EspanholaEdenilson Morais
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasilFabiana Tonsis
 
Descolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaDescolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaIsaquel Silva
 
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)Isaquel Silva
 

Mais procurados (20)

Brasil colonia
Brasil coloniaBrasil colonia
Brasil colonia
 
A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)
 
A crise mundial de 1929
A crise mundial de 1929A crise mundial de 1929
A crise mundial de 1929
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)Ditadura Militar (1964-1985)
Ditadura Militar (1964-1985)
 
América no século XX
América no século XXAmérica no século XX
América no século XX
 
Brasil império II reinado (1840-1889)
Brasil império II reinado (1840-1889)Brasil império II reinado (1840-1889)
Brasil império II reinado (1840-1889)
 
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
A Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joanino
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Colonizacao inglesa
Colonizacao inglesaColonizacao inglesa
Colonizacao inglesa
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
 
Descolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásiaDescolonização da áfrica e ásia
Descolonização da áfrica e ásia
 
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 

Destaque

cap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismo
cap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismocap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismo
cap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismowhybells
 
Portugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo RegimePortugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo RegimeCarlos Pinheiro
 
Revolução inglesa
Revolução inglesaRevolução inglesa
Revolução inglesamartinha10
 
Sociedade do Antigo Regime
Sociedade do Antigo RegimeSociedade do Antigo Regime
Sociedade do Antigo RegimeSusana Simões
 
Sociedade Antigo Regime
Sociedade Antigo RegimeSociedade Antigo Regime
Sociedade Antigo RegimeIsabel Ribeiro
 
1 O Antigo Regime
1   O Antigo Regime1   O Antigo Regime
1 O Antigo RegimeHist8
 
Resumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º AnoResumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º AnoDenis Best
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regimecattonia
 
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeuUnidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeuVítor Santos
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Dênis Ribas
 

Destaque (17)

Módulo 07 revoluções inglesas
Módulo 07   revoluções inglesasMódulo 07   revoluções inglesas
Módulo 07 revoluções inglesas
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
 
Antigo Regime
Antigo RegimeAntigo Regime
Antigo Regime
 
cap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismo
cap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismocap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismo
cap14 - reformas religiosas, antigo regime e absolutismo
 
Portugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo RegimePortugal na Europa do Antigo Regime
Portugal na Europa do Antigo Regime
 
RevoluçãO Industrial
RevoluçãO IndustrialRevoluçãO Industrial
RevoluçãO Industrial
 
O antigo regime
O antigo regimeO antigo regime
O antigo regime
 
Revolução inglesa
Revolução inglesaRevolução inglesa
Revolução inglesa
 
Sociedade do Antigo Regime
Sociedade do Antigo RegimeSociedade do Antigo Regime
Sociedade do Antigo Regime
 
Sociedade Antigo Regime
Sociedade Antigo RegimeSociedade Antigo Regime
Sociedade Antigo Regime
 
1 O Antigo Regime
1   O Antigo Regime1   O Antigo Regime
1 O Antigo Regime
 
Resumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º AnoResumo De História do 8º Ano
Resumo De História do 8º Ano
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeuUnidade 3 o_antigo_regime_europeu
Unidade 3 o_antigo_regime_europeu
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.Aula sobre o iluminismo.
Aula sobre o iluminismo.
 

Semelhante a Iluminismo

Semelhante a Iluminismo (20)

10. iluminismo
10. iluminismo10. iluminismo
10. iluminismo
 
13. aula de história geral - iluminismo
13. aula de história geral - iluminismo13. aula de história geral - iluminismo
13. aula de história geral - iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
PRINCIPAIS PENSADORES ILUMINISTAS - 8º ANO.ppt
PRINCIPAIS PENSADORES ILUMINISTAS - 8º ANO.pptPRINCIPAIS PENSADORES ILUMINISTAS - 8º ANO.ppt
PRINCIPAIS PENSADORES ILUMINISTAS - 8º ANO.ppt
 
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIIIILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo 1
Iluminismo 1Iluminismo 1
Iluminismo 1
 
_ILUMINISMO 2.ppt
_ILUMINISMO 2.ppt_ILUMINISMO 2.ppt
_ILUMINISMO 2.ppt
 
_ILUMINISMO 2.ppt
_ILUMINISMO 2.ppt_ILUMINISMO 2.ppt
_ILUMINISMO 2.ppt
 
FILOSOFIA 3 - ILUMINISMO.ppt
FILOSOFIA 3 - ILUMINISMO.pptFILOSOFIA 3 - ILUMINISMO.ppt
FILOSOFIA 3 - ILUMINISMO.ppt
 
Iluminismo - Ensino Médio - História - Educação -
Iluminismo - Ensino Médio - História - Educação -Iluminismo - Ensino Médio - História - Educação -
Iluminismo - Ensino Médio - História - Educação -
 
ILUMINISMO
ILUMINISMOILUMINISMO
ILUMINISMO
 
Iluminismo.filé
Iluminismo.filéIluminismo.filé
Iluminismo.filé
 
A crise do antigo regime o iluminismo
A crise do antigo regime   o iluminismoA crise do antigo regime   o iluminismo
A crise do antigo regime o iluminismo
 
10
1010
10
 
+Ilumismo
+Ilumismo+Ilumismo
+Ilumismo
 
Ideologias era industrial
Ideologias era industrialIdeologias era industrial
Ideologias era industrial
 
Iluminismo01
Iluminismo01Iluminismo01
Iluminismo01
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecidoIluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
 

Mais de luizmourao23

Mais de luizmourao23 (20)

Jovem de futuro tutor edital 2015
Jovem de futuro tutor    edital 2015 Jovem de futuro tutor    edital 2015
Jovem de futuro tutor edital 2015
 
Jovem de futuro carta de recomendação
Jovem de futuro   carta de recomendaçãoJovem de futuro   carta de recomendação
Jovem de futuro carta de recomendação
 
Edital cultura2014.2
Edital cultura2014.2Edital cultura2014.2
Edital cultura2014.2
 
Edital especialização-ufal-unilab
Edital especialização-ufal-unilabEdital especialização-ufal-unilab
Edital especialização-ufal-unilab
 
Jovem de futuro resultado seleção
Jovem de futuro   resultado seleçãoJovem de futuro   resultado seleção
Jovem de futuro resultado seleção
 
Enem2009 gabaritos
Enem2009 gabaritosEnem2009 gabaritos
Enem2009 gabaritos
 
Enem2009 prova2
Enem2009 prova2Enem2009 prova2
Enem2009 prova2
 
Enem2009 prova1
Enem2009 prova1Enem2009 prova1
Enem2009 prova1
 
Gabarito 2004
Gabarito   2004Gabarito   2004
Gabarito 2004
 
Gabarito 2005
Gabarito   2005Gabarito   2005
Gabarito 2005
 
Gabarito 2003
Gabarito 2003Gabarito 2003
Gabarito 2003
 
Gabarito.2007
Gabarito.2007Gabarito.2007
Gabarito.2007
 
Enem gabarito 2008
Enem gabarito 2008Enem gabarito 2008
Enem gabarito 2008
 
EGP
EGPEGP
EGP
 
EditalisencaoUECE
EditalisencaoUECEEditalisencaoUECE
EditalisencaoUECE
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Rev liberais
Rev liberaisRev liberais
Rev liberais
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Reforma
ReformaReforma
Reforma
 
Pre historia
Pre historiaPre historia
Pre historia
 

Último

Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreLeandroLima265595
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Centro Jacques Delors
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioWyngDaFelyzitahLamba
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................mariagrave
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 

Último (20)

Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 

Iluminismo

  • 1. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO • Definição: movimento filosófico, intelectual e científico que contrariou as bases do Antigo Regime; • Quando: século XVIII; • Onde? ING (início), FRA (auge); • Quem? O iluminismo representou basicamente a forma da burguesia interpretar o mundo; • Características básicas: – – – – – Racionalismo; Cientificismo; Antiabsolutismo; Anticlericalismo; Defesa das liberdades individuais. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 2. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO • Principais representantes do Iluminismo: A) JHON LOCKE (ING): – Precursor do Iluminismo (considerado o “Pai” do Iluminismo). – Direitos naturais e inalienáveis dos homens: vida, liberdade e propriedade. – Os governos existem para preservar esses direitos. – LIBERALISMO POLÍTICO. – Defesa da Monarquia Parlamentar (Constitucional);. – Conhecimento = experiência e razão. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 3. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO B) ADAM SMITH (ING): – “Pai” da economia. – Não intervenção do Estado na Economia. – Livre concorrência, lei da oferta e da procura, divisão do trabalho. – Riqueza = trabalho. – LIBERALISMO ECONÔMICO. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 4. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO C) FISIOCRACIA (FRA): – Versão francesa do liberalismo econômico. – Não intervenção do Estado na economia. – Riqueza = agricultura. – Teóricos destacados: QUESNAY, GOURNAY, MIRABEU, DUPONT E TURGOT. – Lema: “Laissez faire, laissez passer, le monde va de luimême” (Deixai fazer, deixai passar, que o mundo anda por si mesmo). iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 5. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO D) C. S. MONTESQUIEU (FRA): – Divisão de poderes: executivo, legislativo e judiciário. – Harmonia e autonomia entre os poderes. – Submissão de TODOS perante a lei. E) J. M. VOLTAIRE (FRA): – Crítica ao clero e a intolerância. – Igualdade jurídica. – Liberdade de expressão. – Monarquia ilustrada. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 6. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO F) J. J. ROUSSEAU (FRA): – O mais importante e influente. – Soberania popular. – Poder = povo (democracia). – Teoria do bom selvagem. G) DIDEROT e D’ALEMBERT (FRA): – Enciclopedistas. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 7. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO • O Despotismo Esclarecido: – Reis absolutistas que influenciados pelas idéias iluministas promovem reformas em seus países, porém sem abdicar de seu imenso poder. – Tentativa de evitar rebeliões internas. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 8. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO PAÍS REI MEDIDAS ÁUSTRIA JOSÉ II Fim da servidão e relativa liberdade de imprensa RÚSSIA CATARINA II Criação do ensino leigo e de uma Universidade em Moscou PRÚSSIA FREDERICO II Chamado “o rei filósofo”, eliminou as torturas em seu país e criou o ensino obrigatório PORTUGAL JOSÉ I (orientado pelo ministro Pombal) ESPANHA Combate a influência inglesa na economia de seu país, incrementa a produção industrial e combate a influência política da Igreja no seu país atacando e expulsando os jesuítas do reino CARLOS III Reduziu a tortura e a influência da Inquisição no (orientado pelo país e expulsou os jeusítas ministro Aranda) iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 9. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO • Importância do movimento: – Influenciou uma série de movimentos na Europa e fora dela que abalam definitivamente o Antigo Regime ao longo dos séculos XVIII e XIX, como por exemplo a Independência dos EUA e a Revolução Francesa; – Base do pensamento contemporâneo em muitas sociedades ocidentais, no que diz respeito a organização política, econômica e social. iair@pop.com.br Prof. Iair
  • 10. A CRISE DO ANTIGO REGIME O ILUMINISMO • Importância do movimento: – Influenciou uma série de movimentos na Europa e fora dela que abalam definitivamente o Antigo Regime ao longo dos séculos XVIII e XIX, como por exemplo a Independência dos EUA e a Revolução Francesa; – Base do pensamento contemporâneo em muitas sociedades ocidentais, no que diz respeito a organização política, econômica e social. iair@pop.com.br Prof. Iair