SlideShare uma empresa Scribd logo
II CBEP
CIRCUITO BATISTANO DE
ESTUDOS PEDAGÓGICOS
2010
DEFINIÇÃO:
GRAPHOS = grafia, escrita
LOGOS ou LOGIA = estudo
É um instrumento de apoio técnico que projeta
através da letra escrita a personalidade humana.
PARA QUE SERVE ?
Para analisar o comportamento e revelar a forma
de ser, agir e pensar de quem escreve.
ONDE É APLICADA ?
• Recursos Humanos;
• Medicina, Psiquiatria, Psicologia;
• Criminologia;
• Orientação Educacional e Vocacional;
• Etc.
1. ELEMENTOS DE
ANÁLISE
GRAFOLÓGICA
1.1. ZONAS GRÁFICAS
• SUPERIOR (SUPEREGO): poder de autocontrole
dos instintos, superioridade moral e intelectual,
aspirações altruístas, idealismo, religiosidade,
crescimento interior.
• MÉDIA (EGO): relacionamento social, tendência
para introversão ou extroversão, expressividade,
equilibração.
• INFERIOR (ID): impulsos, instintos, sexualidade,
interesses materiais, agressividade pessoal,
atividade físicas.
EXEMPLO:
1.2. LIGAÇÃO DA ESCRITA
• LIGADA (CURSIVA): função racional.
• DESLIGADA (IMPRENSA): função irracional
• AGRUPADA (MISTA): funções racional e
irracional operando simultaneamente.
1.3. INCLINAÇÃO
• À ESQUERDA: introversão, subjetividade.
• À DIREITA: extroversão, objetividade.
• PERPENDICULAR: equilíbrio, bom senso,
educação.
1.4. PRESSÃO
• FORTE: stress emocional, insegurança,
passionalidade.
• LEVE: dificuldade de organização decorrente das
múltiplas atividades que realiza, fuga à
compromissos e responsabilidades.
• MÉDIA: equilíbrio entre atividade e
passionalidade, ação e emoção.
2. PRINCIPAIS FORMAS
GRAFOLÓGICAS
CALIGRÁFICA
• Reproduz o modelo escolar. Desejo de ordem,
clareza, precisão e organização. Adaptação
formal e passiva. Personalidade mais formal e
convencional.
ANGULOSA
• Predomínio da vontade sobre o sentimento.
Firmeza de decisão, objetividade, coragem,
constância. Liderança nata, rigidez, alto nível de
exigência. Adaptação combativa.
ARCADA
• Atitudes elaboradas, reflexivas, calculadas.
Atitude fechada à interação espontânea.
Introversão e reserva. Prudência e reflexão.
Forte auto controle e tendência ao
distanciamento.
CURVILÍNEA
• Circular e redonda. Adaptação fácil, amabilidade,
generosidade. Dotado de qualidades
expressivas.
SIMPLIFICADA
• É só o esqueleto da letra. Ponderação e calma.
Predomínio da razão sobre as emoções.
Simplifica, sintetiza, abrevia. Modéstia e
naturalidade.
TIPOGRÁFICA
• Reproduz o modelo imprensa, maiúsculo ou
minúsculo. Preocupação com a forma. Memória
visual. Valoriza o belo, a organização e a
beleza. Original, não mostra seu lado mais
íntimo de ser, ocupando-se das aparências.
GUIRLANDA
• Maleabilidade, sociabilidade elevada,
flexibilidade, receptividade, sensibilidade.
FILIFORME
• Reproduz M em fios. Excitabilidade,
versatilidade, diplomacia. Habilidade na
concordância com gostos, critérios e desejos
dos demais.
3. TRAÇOS ESPECIAIS
• A com dupla volta: tendência a dissimular,
mentir.
• A ou O com abertura para baixo ou ângulo:
tendência à hipocrisia, mentira.
• A no estilo feijão: tendência a apropriação
indevida.
• A com gancho para a direita: comum aos
indivíduos violentos, intempestivos.
• A ou O em estilo oval, com abertura para cima:
pessoas que falam demais, inclusive do que não
sabem.
• A, O, L, B... com buclês e rolos: dissimulação.
A GRAFOLOGIA E AS DROGAS
• ALCOOLISMO: tremor na vertical, difícil
traçado nas ovais.
• PSICOFÁRMACOS: deformação na letra,
mantém-se na linha, mas as letras finais tendem
a cair.
• ANFETAMINAS OU ESTIMULANTES:
palavras ascendentes e descendentes; traçado
sem orientação espacial.
INFERIORIDADE x
SUPERIORIDADE
REFERÊNCIAS
BIBLIOGRÁFICAS
• BALDI, Camilo. Trattado Come Da Una Lettera Missiva
Si Conoscono La Natura e Qualitá Dello Scrittore. In:
LOEVY, Odette Serpa & HIULL, Barbara.
Grafologia : análise da escrita. Rio de Janeiro: Ediouro,
1981
• BOSCO, José. Grafologia: A Ciência da Escrita. São
Paulo: Madras, 2004.
• BOSCO, José. Grafoterapia e Grafopatologia: A Auto-
Ajuda Pela Escrita. São Paulo: Madras, 2004.
• www.grafologia.com.br
Organização e Edição:
Claudia F. Souza
-Orientadora Educacional;
-Psicopedagoga;
-Grafóloga;
-Esp. em Linguagem
Corporal e Interpretação
do Desenho Infantil.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Personalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e TestesPersonalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e Testes
Marcela Montalvão Teti
 
Liderança: o conceito em múltiplas abordagens
Liderança: o conceito em múltiplas abordagensLiderança: o conceito em múltiplas abordagens
Liderança: o conceito em múltiplas abordagens
Marcus Vinícius
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
Alexandre Rivero
 
Administração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evoluçãoAdministração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evolução
Lemos1960
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?
João Lima
 
Guia de referência para copywriting em B2B
Guia de referência para copywriting em B2BGuia de referência para copywriting em B2B
Guia de referência para copywriting em B2B
Nicholas Gimenes
 
Desenvolvimento Humano - Personalidade
Desenvolvimento Humano - PersonalidadeDesenvolvimento Humano - Personalidade
Desenvolvimento Humano - Personalidade
100ideias
 
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Col Diógenes Lima Neto (MSc, MPA, MBA)
 
Código de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das Proibições
Código de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das ProibiçõesCódigo de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das Proibições
Código de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das Proibições
Marynara Barros
 
Breve Histórico da Psicologia Organizacional e do Trabalho
Breve Histórico da Psicologia Organizacional e do TrabalhoBreve Histórico da Psicologia Organizacional e do Trabalho
Breve Histórico da Psicologia Organizacional e do Trabalho
Michelli Godoi
 
Existencial - Humanista
Existencial - HumanistaExistencial - Humanista
Existencial - Humanista
Clínica Evolução vida
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Freud Ppt
Freud PptFreud Ppt
Freud Ppt
José A. Moreno
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Josi Borges
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
Aline Corso
 
Treinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - EmbaliTreinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - Embali
Milton Henrique do Couto Neto
 
Autoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoalAutoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoal
Bruno Carrasco
 
Aula 01 O que é estratégia
Aula 01   O que é estratégiaAula 01   O que é estratégia
Aula 01 O que é estratégia
alemartins10
 

Mais procurados (20)

Personalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e TestesPersonalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e Testes
 
Liderança: o conceito em múltiplas abordagens
Liderança: o conceito em múltiplas abordagensLiderança: o conceito em múltiplas abordagens
Liderança: o conceito em múltiplas abordagens
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
Administração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evoluçãoAdministração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evolução
 
Liderança e motivação
Liderança e motivaçãoLiderança e motivação
Liderança e motivação
 
Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?Criatividade. O que é?
Criatividade. O que é?
 
Guia de referência para copywriting em B2B
Guia de referência para copywriting em B2BGuia de referência para copywriting em B2B
Guia de referência para copywriting em B2B
 
Desenvolvimento Humano - Personalidade
Desenvolvimento Humano - PersonalidadeDesenvolvimento Humano - Personalidade
Desenvolvimento Humano - Personalidade
 
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
Governança corporativa na Administração Pública - Diógenes L. Neto - MSc, MPA...
 
Código de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das Proibições
Código de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das ProibiçõesCódigo de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das Proibições
Código de Ética Profissional do Administrador (CEPA) - Capítulo 2 Das Proibições
 
Breve Histórico da Psicologia Organizacional e do Trabalho
Breve Histórico da Psicologia Organizacional e do TrabalhoBreve Histórico da Psicologia Organizacional e do Trabalho
Breve Histórico da Psicologia Organizacional e do Trabalho
 
Existencial - Humanista
Existencial - HumanistaExistencial - Humanista
Existencial - Humanista
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
Freud Ppt
Freud PptFreud Ppt
Freud Ppt
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptx
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
 
Treinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - EmbaliTreinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - Embali
 
Autoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoalAutoconhecimento e realização pessoal
Autoconhecimento e realização pessoal
 
Aula 01 O que é estratégia
Aula 01   O que é estratégiaAula 01   O que é estratégia
Aula 01 O que é estratégia
 

Destaque

Grafología
GrafologíaGrafología
Grafología
Susana Gallardo
 
Grafología
GrafologíaGrafología
Grafología
ARIADNASA
 
Test grafologico
Test grafologicoTest grafologico
Test grafologico
Maria Elena Suca Abad
 
Grafología y firma
Grafología y firmaGrafología y firma
Grafología y firma
Susana Martin Palomo
 
Grafología
GrafologíaGrafología
Grafología
Mar_croossh
 
grafologia.
grafologia. grafologia.
grafologia.
smarinh
 
Grafología de las letras.
Grafología de las letras.Grafología de las letras.
Grafología de las letras.
Escuela Holistica Internacional
 
La grafologia
La grafologiaLa grafologia
La grafologia
johannachisaguano2010
 
La grafologia -_espejo_de_la_personalidad
La grafologia -_espejo_de_la_personalidadLa grafologia -_espejo_de_la_personalidad
La grafologia -_espejo_de_la_personalidad
Jennifer
 
Neurofisiología de la escritura : Grafologia Infantil
Neurofisiología de la escritura : Grafologia InfantilNeurofisiología de la escritura : Grafologia Infantil
Neurofisiología de la escritura : Grafologia Infantil
REDEM
 
O que é Grafologia
O que é GrafologiaO que é Grafologia
Instruções para realizar o teste de grafologia da assinatura
Instruções para realizar o teste de grafologia da assinaturaInstruções para realizar o teste de grafologia da assinatura
Instruções para realizar o teste de grafologia da assinatura
Prefeitura Municipal de Nova Iguaçu
 
La pareja según la grafología. paola fagil
La pareja según la grafología. paola fagilLa pareja según la grafología. paola fagil
La pareja según la grafología. paola fagil
RoxanaLombardo
 
Grafologia Infantil
Grafologia InfantilGrafologia Infantil
Grafologia Infantil
Martin
 
Neurofisiologia de los procesos de lectura y escritura
Neurofisiologia de los procesos de lectura y escrituraNeurofisiologia de los procesos de lectura y escritura
Neurofisiologia de los procesos de lectura y escritura
AURA MARTINEZ
 
Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de ...
Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de  ...Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de  ...
Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de ...
Fundação Dom Cabral - FDC
 
Grafomotricidade
GrafomotricidadeGrafomotricidade
Grafomotricidade
meninheira .
 
Dalle Un Colinho Ficha Letra A
Dalle Un Colinho   Ficha Letra ADalle Un Colinho   Ficha Letra A
Dalle Un Colinho Ficha Letra A
meninheira .
 
Ações Gerenciais
Ações GerenciaisAções Gerenciais
Ações Gerenciais
jwall26
 
Analise criminal completo
Analise criminal completoAnalise criminal completo
Analise criminal completo
Geartur
 

Destaque (20)

Grafología
GrafologíaGrafología
Grafología
 
Grafología
GrafologíaGrafología
Grafología
 
Test grafologico
Test grafologicoTest grafologico
Test grafologico
 
Grafología y firma
Grafología y firmaGrafología y firma
Grafología y firma
 
Grafología
GrafologíaGrafología
Grafología
 
grafologia.
grafologia. grafologia.
grafologia.
 
Grafología de las letras.
Grafología de las letras.Grafología de las letras.
Grafología de las letras.
 
La grafologia
La grafologiaLa grafologia
La grafologia
 
La grafologia -_espejo_de_la_personalidad
La grafologia -_espejo_de_la_personalidadLa grafologia -_espejo_de_la_personalidad
La grafologia -_espejo_de_la_personalidad
 
Neurofisiología de la escritura : Grafologia Infantil
Neurofisiología de la escritura : Grafologia InfantilNeurofisiología de la escritura : Grafologia Infantil
Neurofisiología de la escritura : Grafologia Infantil
 
O que é Grafologia
O que é GrafologiaO que é Grafologia
O que é Grafologia
 
Instruções para realizar o teste de grafologia da assinatura
Instruções para realizar o teste de grafologia da assinaturaInstruções para realizar o teste de grafologia da assinatura
Instruções para realizar o teste de grafologia da assinatura
 
La pareja según la grafología. paola fagil
La pareja según la grafología. paola fagilLa pareja según la grafología. paola fagil
La pareja según la grafología. paola fagil
 
Grafologia Infantil
Grafologia InfantilGrafologia Infantil
Grafologia Infantil
 
Neurofisiologia de los procesos de lectura y escritura
Neurofisiologia de los procesos de lectura y escrituraNeurofisiologia de los procesos de lectura y escritura
Neurofisiologia de los procesos de lectura y escritura
 
Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de ...
Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de  ...Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de  ...
Relatorio de pesquisa - O status das competências de liderança emocional de ...
 
Grafomotricidade
GrafomotricidadeGrafomotricidade
Grafomotricidade
 
Dalle Un Colinho Ficha Letra A
Dalle Un Colinho   Ficha Letra ADalle Un Colinho   Ficha Letra A
Dalle Un Colinho Ficha Letra A
 
Ações Gerenciais
Ações GerenciaisAções Gerenciais
Ações Gerenciais
 
Analise criminal completo
Analise criminal completoAnalise criminal completo
Analise criminal completo
 

Semelhante a Grafologia interpretando personalidades através da escrita (slides em pdf)

Psicologia desenho;senso comum e a ciencia
Psicologia  desenho;senso comum e a cienciaPsicologia  desenho;senso comum e a ciencia
Psicologia desenho;senso comum e a ciencia
Rosana Melo
 
A arte de falar e de escutar em publico
A arte de falar e de escutar em publico A arte de falar e de escutar em publico
A arte de falar e de escutar em publico
Kamila Mendonça
 
Psicologia: Relacionamento Interpessoal.pptx
Psicologia: Relacionamento Interpessoal.pptxPsicologia: Relacionamento Interpessoal.pptx
Psicologia: Relacionamento Interpessoal.pptx
SuelenBrito13
 
Big Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdf
Big Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdfBig Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdf
Big Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdf
HelberthGonalves2
 
O SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIALO SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIAL
Victor Nóbrega
 
A arte de falar e de escutar em público
A arte de falar e de escutar em público A arte de falar e de escutar em público
A arte de falar e de escutar em público
Rodrigo Catini Flaibam
 
DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...
DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...
DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...
Sérgio Henrique da Silva Pereira
 
Preconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocial
Preconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocialPreconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocial
Preconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocial
marciasilva719371
 
Sieeesp Curso Sobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertela
Sieeesp Curso SobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertelaSieeesp Curso Sobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertela
Sieeesp Curso Sobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertela
Luiz
 
Inteligências Múltiplas
Inteligências MúltiplasInteligências Múltiplas
Inteligências Múltiplas
Regina Fazioli
 
Aula 01 diferenças individuais
Aula 01   diferenças individuaisAula 01   diferenças individuais
Aula 01 diferenças individuais
Niloar Bissani
 
Personalidade na organização
Personalidade na organizaçãoPersonalidade na organização
Personalidade na organização
Liliane Ennes
 
competencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsx
competencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsxcompetencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsx
competencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsx
PatriciaRegina25
 
Competencias
CompetenciasCompetencias
Competencias
Joana Sousa Fernandes
 
Trabalho inteligenciasmultiplas
Trabalho inteligenciasmultiplasTrabalho inteligenciasmultiplas
Trabalho inteligenciasmultiplas
Edna Varollo
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Aroldo Gavioli
 
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdfsadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
Karlaejobson
 
Desenvindividual
DesenvindividualDesenvindividual
Desenvindividual
Jean Bartoli
 
Altas habilidades/Superdotação
Altas habilidades/SuperdotaçãoAltas habilidades/Superdotação
Altas habilidades/Superdotação
Patricia Bampi
 
Aula 3 - Comportamento Microorganizacional
Aula 3 - Comportamento MicroorganizacionalAula 3 - Comportamento Microorganizacional
Aula 3 - Comportamento Microorganizacional
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 

Semelhante a Grafologia interpretando personalidades através da escrita (slides em pdf) (20)

Psicologia desenho;senso comum e a ciencia
Psicologia  desenho;senso comum e a cienciaPsicologia  desenho;senso comum e a ciencia
Psicologia desenho;senso comum e a ciencia
 
A arte de falar e de escutar em publico
A arte de falar e de escutar em publico A arte de falar e de escutar em publico
A arte de falar e de escutar em publico
 
Psicologia: Relacionamento Interpessoal.pptx
Psicologia: Relacionamento Interpessoal.pptxPsicologia: Relacionamento Interpessoal.pptx
Psicologia: Relacionamento Interpessoal.pptx
 
Big Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdf
Big Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdfBig Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdf
Big Five - Os 5 Grandes Fatores da Personalidade.pdf
 
O SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIALO SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIAL
 
A arte de falar e de escutar em público
A arte de falar e de escutar em público A arte de falar e de escutar em público
A arte de falar e de escutar em público
 
DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...
DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...
DIPLOMA, ETNIA, MORFOLOGIA, SEXUALIDADE. A “ARQUITETURA DA DISCRIMINAÇÃO” E O...
 
Preconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocial
Preconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocialPreconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocial
Preconceito e estereótipos - trabalho de atuação psicossocial
 
Sieeesp Curso Sobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertela
Sieeesp Curso SobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertelaSieeesp Curso Sobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertela
Sieeesp Curso Sobreaindisciplinacomoentendelaecomorevertela
 
Inteligências Múltiplas
Inteligências MúltiplasInteligências Múltiplas
Inteligências Múltiplas
 
Aula 01 diferenças individuais
Aula 01   diferenças individuaisAula 01   diferenças individuais
Aula 01 diferenças individuais
 
Personalidade na organização
Personalidade na organizaçãoPersonalidade na organização
Personalidade na organização
 
competencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsx
competencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsxcompetencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsx
competencias_socioemocionais_teoria_big_five.ppsx
 
Competencias
CompetenciasCompetencias
Competencias
 
Trabalho inteligenciasmultiplas
Trabalho inteligenciasmultiplasTrabalho inteligenciasmultiplas
Trabalho inteligenciasmultiplas
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
 
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdfsadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
 
Desenvindividual
DesenvindividualDesenvindividual
Desenvindividual
 
Altas habilidades/Superdotação
Altas habilidades/SuperdotaçãoAltas habilidades/Superdotação
Altas habilidades/Superdotação
 
Aula 3 - Comportamento Microorganizacional
Aula 3 - Comportamento MicroorganizacionalAula 3 - Comportamento Microorganizacional
Aula 3 - Comportamento Microorganizacional
 

Último

Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 

Último (20)

Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 

Grafologia interpretando personalidades através da escrita (slides em pdf)

  • 1. II CBEP CIRCUITO BATISTANO DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS 2010
  • 2.
  • 3. DEFINIÇÃO: GRAPHOS = grafia, escrita LOGOS ou LOGIA = estudo É um instrumento de apoio técnico que projeta através da letra escrita a personalidade humana.
  • 4. PARA QUE SERVE ? Para analisar o comportamento e revelar a forma de ser, agir e pensar de quem escreve.
  • 5. ONDE É APLICADA ? • Recursos Humanos; • Medicina, Psiquiatria, Psicologia; • Criminologia; • Orientação Educacional e Vocacional; • Etc.
  • 7. 1.1. ZONAS GRÁFICAS • SUPERIOR (SUPEREGO): poder de autocontrole dos instintos, superioridade moral e intelectual, aspirações altruístas, idealismo, religiosidade, crescimento interior. • MÉDIA (EGO): relacionamento social, tendência para introversão ou extroversão, expressividade, equilibração. • INFERIOR (ID): impulsos, instintos, sexualidade, interesses materiais, agressividade pessoal, atividade físicas.
  • 9. 1.2. LIGAÇÃO DA ESCRITA • LIGADA (CURSIVA): função racional.
  • 10. • DESLIGADA (IMPRENSA): função irracional
  • 11. • AGRUPADA (MISTA): funções racional e irracional operando simultaneamente.
  • 12. 1.3. INCLINAÇÃO • À ESQUERDA: introversão, subjetividade. • À DIREITA: extroversão, objetividade. • PERPENDICULAR: equilíbrio, bom senso, educação.
  • 13. 1.4. PRESSÃO • FORTE: stress emocional, insegurança, passionalidade. • LEVE: dificuldade de organização decorrente das múltiplas atividades que realiza, fuga à compromissos e responsabilidades. • MÉDIA: equilíbrio entre atividade e passionalidade, ação e emoção.
  • 15. CALIGRÁFICA • Reproduz o modelo escolar. Desejo de ordem, clareza, precisão e organização. Adaptação formal e passiva. Personalidade mais formal e convencional.
  • 16. ANGULOSA • Predomínio da vontade sobre o sentimento. Firmeza de decisão, objetividade, coragem, constância. Liderança nata, rigidez, alto nível de exigência. Adaptação combativa.
  • 17. ARCADA • Atitudes elaboradas, reflexivas, calculadas. Atitude fechada à interação espontânea. Introversão e reserva. Prudência e reflexão. Forte auto controle e tendência ao distanciamento.
  • 18. CURVILÍNEA • Circular e redonda. Adaptação fácil, amabilidade, generosidade. Dotado de qualidades expressivas.
  • 19. SIMPLIFICADA • É só o esqueleto da letra. Ponderação e calma. Predomínio da razão sobre as emoções. Simplifica, sintetiza, abrevia. Modéstia e naturalidade.
  • 20. TIPOGRÁFICA • Reproduz o modelo imprensa, maiúsculo ou minúsculo. Preocupação com a forma. Memória visual. Valoriza o belo, a organização e a beleza. Original, não mostra seu lado mais íntimo de ser, ocupando-se das aparências.
  • 21. GUIRLANDA • Maleabilidade, sociabilidade elevada, flexibilidade, receptividade, sensibilidade.
  • 22. FILIFORME • Reproduz M em fios. Excitabilidade, versatilidade, diplomacia. Habilidade na concordância com gostos, critérios e desejos dos demais.
  • 24. • A com dupla volta: tendência a dissimular, mentir. • A ou O com abertura para baixo ou ângulo: tendência à hipocrisia, mentira.
  • 25. • A no estilo feijão: tendência a apropriação indevida. • A com gancho para a direita: comum aos indivíduos violentos, intempestivos.
  • 26. • A ou O em estilo oval, com abertura para cima: pessoas que falam demais, inclusive do que não sabem. • A, O, L, B... com buclês e rolos: dissimulação.
  • 27. A GRAFOLOGIA E AS DROGAS • ALCOOLISMO: tremor na vertical, difícil traçado nas ovais. • PSICOFÁRMACOS: deformação na letra, mantém-se na linha, mas as letras finais tendem a cair. • ANFETAMINAS OU ESTIMULANTES: palavras ascendentes e descendentes; traçado sem orientação espacial.
  • 29. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • BALDI, Camilo. Trattado Come Da Una Lettera Missiva Si Conoscono La Natura e Qualitá Dello Scrittore. In: LOEVY, Odette Serpa & HIULL, Barbara. Grafologia : análise da escrita. Rio de Janeiro: Ediouro, 1981 • BOSCO, José. Grafologia: A Ciência da Escrita. São Paulo: Madras, 2004. • BOSCO, José. Grafoterapia e Grafopatologia: A Auto- Ajuda Pela Escrita. São Paulo: Madras, 2004. • www.grafologia.com.br
  • 30. Organização e Edição: Claudia F. Souza -Orientadora Educacional; -Psicopedagoga; -Grafóloga; -Esp. em Linguagem Corporal e Interpretação do Desenho Infantil.