SlideShare uma empresa Scribd logo
GERENCIAMENTO DA ROTINAMODULO III Thiago Lavor thlareis@yahoo.com.br http://twitter.com/thlareis
ARRUMANDO A CASA
COMO ARRUMAR A CASA Resolver Problemas  Gerenciar  = 1° – Defina os problemas (resultado indesejável)
COMO ARRUMAR A CASA Problemas podem ser: Localizados:  quebra de equipamentos, elevado número de erros de faturamento, excesso de erros de compras Interfuncionais: reclamação de clientes, devolução de mercadorias, excesso de estoques, queda de vendas
COMO ARRUMAR A CASA Definir Item de controle ,[object Object]
Meta
Prazo,[object Object]
GESTÃO PARA RESULTADOS - Gerenciamento pelas Diretrizes (GDP) 	Gerenciamento pelas Diretrizes (GDP), ou Desdobramento das Diretrizes, tem suas origens no StatisticalQualityControl, sendo um dos fundamentos do Total Quality Management - TQM.  Definição (Dr. YojiAkao): 	“proporciona um processo passo a passo para o planejamento, a execução e a revisão das mudanças". (CAMPOS, 2004)
GESTÃO PARA RESULTADOS - Gerenciamento pelas Diretrizes (GDP) A filosofia possui os seguintes aspectos: Os resultados são conseguidos pela atuação criativa e dedicada das pessoas; Baseia-se na inovação; e Conduzir mudanças rigorosas na organização.
GESTÃO PARA RESULTADOS –  Gerenciamento da Rotina São as ações e verificações diárias conduzidas para o cumprimento das obrigações conferidas a cada indivíduo e a cada organização.
GESTÃO PARA RESULTADOS -Gerenciamento de Projetos PROJETO: “É a de um esforço temporário empreendido para alcançar um objetivo específico.” PMBOK® GERENCIAR PROJETO “Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas nas atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos.” PMBOK®
GESTÃO PARA RESULTADOS -Gerenciamento de Projetos
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA META
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA =  META       OBJETIVO
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA OBJETIVO Objetivo é uma visão, é um desejo de realização de uma ação, idéia ou sentimento, que se quer alcançar num determinado período de tempo, a curto, médio ou longo prazos.
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA Meta Meta é um marco, um limite, um desafio, algo que se pode realizar, uma etapa a ser atingida dentro de um objetivo, no seu todo ou em parte. Uma ou mais metas podem ser necessárias para se alcançar, por completo, um objetivo.
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA OBJETIVO META  PADRÃO PADRONIZAÇÃO É O CERNE DO GERENCIAMENTO NOVO PADRÃO MOMENTO  ATUAL PADRÃO EXISTENTE
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA Tudo que você fizer deve ser focado na meta. Só faça aquelas coisas que o ajudem a atingir a sua meta. O resto é..... Desperdício de tempo e de recursos!!!
CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA ARRUMAR  A CASA
ARRUMAR A CASA Tomar providencias para que as pessoas, ao exercerem as funções operacionais, sejam as melhores do mundo naquilo que fazem OU SEJA: Melhorar o seu gerenciamento da rotina do trabalho do Dia-a-dia
ARRUMAR A CASAO Gerenciamento da Rotina é centrado: Na Definição de autoridade e de responsabilidade Na Padronização dos PROCESSOS e do Trabalho Na monitoração dos RESULTADOS destes processos e sua comparação com as METAS; Na AÇÃO CORRETIVA no PROCESSO, a partir dos DESVIOS encontrados nos RESULTADOS, quando comparados com as METAS Num bom ambiente de trabalho (5S) Na busca continua da PERFEIÇÃO
LIDER DE MUDANÇAS CONCORRENTE CLIENTE VOCÊ
LIDER DE MUDANÇAS Uma empresa para sobreviver a guerra comercial numa economia global, tem que atingir METAS RIGORAS
LIDER DE MUDANÇAS Para atingir metas rigorosas são necessárias MUDANÇAS RIGORASAS Fatores Decisivos: Liderança Educação e Treinamento
LIDER DE MUDANÇAS Ele é o cara?
TRABALHO EM GRUPO Até 5 pessoas Fases: 1° FASE - “ENTENDA O SEU TRABAHO” 2° FASE “ARRUMANDO A CASA” 3° FASE “AJUSTANDO A MAQUINA” 4° FASE “CAMINHANDO PARA O FUTURO”
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB UNIDADE ORGANIZACIONAL- Autoridade- Responsabilidade MISSÃO DEFINIDA “Uma unidade organizacional, com definição de autoridade sobre processos afins e responsabilidade sobre resultados operacionais, que contribui para a realização da missão da empresa.”
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES MISSÃO: compromisso e dever da unidade para com a empresa. É a própria razão de existência da unidade. Formulação básica ... “FAZER + O QUE e/ou A QUEM + DE QUE MODO”
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB FORNECEDORES: aqueles que abastecem, propiciam os insumos necessários. Podem ser internos e/ou externos. INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INSUMOS: aquilo que é transformado, modificado ou tratado na execução de um processo. Exs.: energia, matérias-primas, informações, etc. INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB PROCESSO: um conjunto de causas (meios) com o objetivo de produzir um efeito (um produto) específico. “Uma sistemática de ações voltadas para a consecução de um objetivo.” INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB Macrofluxo: uma representação esquemática da seqüência de processos, que levam a um resultado esperado (efeito desejado). (MACRO) PROCESSO INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB PRODUTOS: bens ou serviços, com determinadas características (Q, C, E, S), que satisfazem as necessidades e desejos dos clientes. “Produtos são criados para atender as necessidades e desejos dos clientes.” INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB CLIENTES: todo aquele que recebe um produto (resultado de um processo) e é afetado, direta ou indiretamente, por sua qualidade. Podem ser internos e/ou externos. INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES GERENCIAIS: são índices numéricos estabelecidos sobre os efeitos de cada processo para medir a sua Qualidade. INDICADORES
UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES
LIDER DE MUDANÇAS Conhecimento Mental = aula, curso, livro Prático = Quando uma pessoa faz alguma cisa com este conhecimento QUEM SABE FAZ!! Somente a prática do conhecimento agrega valor (traz benefícios para as pessoas)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...Wladimir Farias Tenorio Filho
 
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4Thiago Reis
 
Gestão por Processos - BPM - foco em resultados
Gestão por Processos - BPM - foco em resultadosGestão por Processos - BPM - foco em resultados
Gestão por Processos - BPM - foco em resultadosCompanyWeb
 
Gerenciamento da Rotina - Manual de Implementação
Gerenciamento da Rotina - Manual de ImplementaçãoGerenciamento da Rotina - Manual de Implementação
Gerenciamento da Rotina - Manual de ImplementaçãoSidney Santana
 
Aula 7 gestão organizacional
Aula 7 gestão organizacionalAula 7 gestão organizacional
Aula 7 gestão organizacionalCarlos Alves
 
Noções básicas de seis sigma
Noções básicas de seis sigmaNoções básicas de seis sigma
Noções básicas de seis sigmaGerisval Pessoa
 
Aula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão OrganizacionalAula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão OrganizacionalMichel Moreira
 
Gestão por Competência
Gestão por CompetênciaGestão por Competência
Gestão por Competênciaguest65dc90
 
Balanceamento de linhas
Balanceamento de linhasBalanceamento de linhas
Balanceamento de linhasmarcioemorais
 
Organização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoOrganização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoGrupo E. Fabris
 
Princípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene Seibel
Princípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene SeibelPrincípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene Seibel
Princípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene SeibelSustentare Escola de Negócios
 

Mais procurados (20)

Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
Capitulo 1: Entenda seu trabalho. livro Gerenciamento da rotina do trabalho d...
 
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
Gerenciamento da Rotina_MODULO_4
 
Aula 1
Aula   1Aula   1
Aula 1
 
Gestão por Processos - BPM - foco em resultados
Gestão por Processos - BPM - foco em resultadosGestão por Processos - BPM - foco em resultados
Gestão por Processos - BPM - foco em resultados
 
Cap 1 e 2 cumbuca
Cap 1 e 2 cumbucaCap 1 e 2 cumbuca
Cap 1 e 2 cumbuca
 
Gerenciamento da Rotina - Manual de Implementação
Gerenciamento da Rotina - Manual de ImplementaçãoGerenciamento da Rotina - Manual de Implementação
Gerenciamento da Rotina - Manual de Implementação
 
Aula 7 gestão organizacional
Aula 7 gestão organizacionalAula 7 gestão organizacional
Aula 7 gestão organizacional
 
Noções básicas de seis sigma
Noções básicas de seis sigmaNoções básicas de seis sigma
Noções básicas de seis sigma
 
Aula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão OrganizacionalAula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão Organizacional
 
Gestão por Processos
Gestão por ProcessosGestão por Processos
Gestão por Processos
 
Técnica SMART
Técnica SMARTTécnica SMART
Técnica SMART
 
Gestão por Competência
Gestão por CompetênciaGestão por Competência
Gestão por Competência
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
 
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
Estruturas e processos organizacionais  v 5.1Estruturas e processos organizacionais  v 5.1
Estruturas e processos organizacionais v 5.1
 
Balanceamento de linhas
Balanceamento de linhasBalanceamento de linhas
Balanceamento de linhas
 
Organização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoOrganização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de Trabalho
 
Ferramentas da qualidade
Ferramentas da qualidadeFerramentas da qualidade
Ferramentas da qualidade
 
Princípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene Seibel
Princípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene SeibelPrincípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene Seibel
Princípios da Filosofia Lean - Slides - Profª Silene Seibel
 
Adm Producao
Adm ProducaoAdm Producao
Adm Producao
 
A importância do rh na empresa
A importância do rh na empresaA importância do rh na empresa
A importância do rh na empresa
 

Destaque

Gerenciamento da rotina modulo 2
Gerenciamento da rotina modulo 2Gerenciamento da rotina modulo 2
Gerenciamento da rotina modulo 2Thiago Reis
 
Gerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 moduloGerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 moduloThiago Reis
 
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotinaFases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotinaglaucelang
 
O verdadeiro poder - Vicente Falconi
O verdadeiro poder - Vicente FalconiO verdadeiro poder - Vicente Falconi
O verdadeiro poder - Vicente FalconiÉrlei Araújo
 
O VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONI
O VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONIO VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONI
O VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONITelmo Ferreira
 
4 Atitudes para ser bem sucedido
4 Atitudes para ser bem sucedido4 Atitudes para ser bem sucedido
4 Atitudes para ser bem sucedidoThiago Reis
 
Verdadeiro poder-falconi
Verdadeiro poder-falconiVerdadeiro poder-falconi
Verdadeiro poder-falconiAna
 
Excel Para Gestores do Agronegócio
Excel Para Gestores do AgronegócioExcel Para Gestores do Agronegócio
Excel Para Gestores do AgronegócioLauro Jorge Prado
 
Jogos de criatividade
Jogos de criatividadeJogos de criatividade
Jogos de criatividadeThiago Reis
 
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalAula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalProf. Leonardo Rocha
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisRafael Evans
 
O emprego e a exclusão social
O emprego e a exclusão socialO emprego e a exclusão social
O emprego e a exclusão socialPoferro
 
97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi
97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi
97802804 gerenciamento-da-rotina-falconiOdé Lonim
 
Alavancar me gestão financeira aula1
Alavancar me gestão financeira aula1Alavancar me gestão financeira aula1
Alavancar me gestão financeira aula1Thiago Reis
 
Project Builder PMO
Project Builder PMOProject Builder PMO
Project Builder PMOThiago Reis
 

Destaque (17)

Gerenciamento da rotina modulo 2
Gerenciamento da rotina modulo 2Gerenciamento da rotina modulo 2
Gerenciamento da rotina modulo 2
 
Gerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 moduloGerenciamento da rotina 1 modulo
Gerenciamento da rotina 1 modulo
 
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotinaFases de implementação - gerenciamento da rotina
Fases de implementação - gerenciamento da rotina
 
O verdadeiro poder - Vicente Falconi
O verdadeiro poder - Vicente FalconiO verdadeiro poder - Vicente Falconi
O verdadeiro poder - Vicente Falconi
 
O VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONI
O VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONIO VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONI
O VERDADEIRO PODER - VICENTE FALCONI
 
4 Atitudes para ser bem sucedido
4 Atitudes para ser bem sucedido4 Atitudes para ser bem sucedido
4 Atitudes para ser bem sucedido
 
Verdadeiro poder-falconi
Verdadeiro poder-falconiVerdadeiro poder-falconi
Verdadeiro poder-falconi
 
Excel Para Gestores do Agronegócio
Excel Para Gestores do AgronegócioExcel Para Gestores do Agronegócio
Excel Para Gestores do Agronegócio
 
Jogos de criatividade
Jogos de criatividadeJogos de criatividade
Jogos de criatividade
 
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura OrganizacionalAula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
Aula 4 - Dimensão 1 - Elementos da Estrutura Organizacional
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
O emprego e a exclusão social
O emprego e a exclusão socialO emprego e a exclusão social
O emprego e a exclusão social
 
97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi
97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi
97802804 gerenciamento-da-rotina-falconi
 
O Verdadeiro Poder
O Verdadeiro PoderO Verdadeiro Poder
O Verdadeiro Poder
 
Gestão Clínica
Gestão ClínicaGestão Clínica
Gestão Clínica
 
Alavancar me gestão financeira aula1
Alavancar me gestão financeira aula1Alavancar me gestão financeira aula1
Alavancar me gestão financeira aula1
 
Project Builder PMO
Project Builder PMOProject Builder PMO
Project Builder PMO
 

Semelhante a Gerenciamento da rotina modulo-3

Gestão de resultados Pague Menos Farmácias
Gestão de resultados   Pague Menos FarmáciasGestão de resultados   Pague Menos Farmácias
Gestão de resultados Pague Menos FarmáciasAntonio Moreira
 
Gestão de resultados ga telecom
Gestão de resultados   ga telecomGestão de resultados   ga telecom
Gestão de resultados ga telecomAntonio Moreira
 
Mudança organizacional.
Mudança organizacional.Mudança organizacional.
Mudança organizacional.Beth Chaves
 
Sisflorestal - Gestão da Qualidade
Sisflorestal - Gestão da QualidadeSisflorestal - Gestão da Qualidade
Sisflorestal - Gestão da QualidadeLuis Henrique
 
Atps de planejamento e controle da produção adm 6ª fase
Atps de planejamento e controle da produção adm 6ª faseAtps de planejamento e controle da produção adm 6ª fase
Atps de planejamento e controle da produção adm 6ª faseRenato Ogassawara
 
Material Administração da Produção e Operações I
Material Administração da Produção e Operações I Material Administração da Produção e Operações I
Material Administração da Produção e Operações I Cristiano Ferreira Cesarino
 
Qualidade instrumentos de gestão
Qualidade   instrumentos de gestãoQualidade   instrumentos de gestão
Qualidade instrumentos de gestãobelamalice
 

Semelhante a Gerenciamento da rotina modulo-3 (12)

Aula aux. administrativo 2.
Aula aux. administrativo 2.Aula aux. administrativo 2.
Aula aux. administrativo 2.
 
T-LINE SGT
T-LINE SGTT-LINE SGT
T-LINE SGT
 
Gestão de resultados Pague Menos Farmácias
Gestão de resultados   Pague Menos FarmáciasGestão de resultados   Pague Menos Farmácias
Gestão de resultados Pague Menos Farmácias
 
Gestão de resultados ga telecom
Gestão de resultados   ga telecomGestão de resultados   ga telecom
Gestão de resultados ga telecom
 
Mudança organizacional.
Mudança organizacional.Mudança organizacional.
Mudança organizacional.
 
Qualidade e processos
Qualidade e processosQualidade e processos
Qualidade e processos
 
Sisflorestal - Gestão da Qualidade
Sisflorestal - Gestão da QualidadeSisflorestal - Gestão da Qualidade
Sisflorestal - Gestão da Qualidade
 
Atps de planejamento e controle da produção adm 6ª fase
Atps de planejamento e controle da produção adm 6ª faseAtps de planejamento e controle da produção adm 6ª fase
Atps de planejamento e controle da produção adm 6ª fase
 
Dicionário de RH
Dicionário de RHDicionário de RH
Dicionário de RH
 
Material Administração da Produção e Operações I
Material Administração da Produção e Operações I Material Administração da Produção e Operações I
Material Administração da Produção e Operações I
 
Dicionário de rh
Dicionário  de rhDicionário  de rh
Dicionário de rh
 
Qualidade instrumentos de gestão
Qualidade   instrumentos de gestãoQualidade   instrumentos de gestão
Qualidade instrumentos de gestão
 

Mais de Thiago Reis

Culture code growth machine
Culture code   growth machineCulture code   growth machine
Culture code growth machineThiago Reis
 
Execução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultadosExecução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultadosThiago Reis
 
Project builder puc minas
Project builder puc minasProject builder puc minas
Project builder puc minasThiago Reis
 
Alavancar.me comercial
Alavancar.me comercialAlavancar.me comercial
Alavancar.me comercialThiago Reis
 
Project Model Canvas - Palestra Infnet
Project Model Canvas - Palestra InfnetProject Model Canvas - Palestra Infnet
Project Model Canvas - Palestra InfnetThiago Reis
 
Modelo de negocio
Modelo de negocioModelo de negocio
Modelo de negocioThiago Reis
 
Estratégia e indicadores
Estratégia e indicadoresEstratégia e indicadores
Estratégia e indicadoresThiago Reis
 
Paradigma = modelo, padrão, exemplo
Paradigma = modelo, padrão, exemploParadigma = modelo, padrão, exemplo
Paradigma = modelo, padrão, exemploThiago Reis
 
Projeto Co2 Neutro
Projeto Co2 NeutroProjeto Co2 Neutro
Projeto Co2 NeutroThiago Reis
 

Mais de Thiago Reis (11)

Culture code growth machine
Culture code   growth machineCulture code   growth machine
Culture code growth machine
 
Dinamica
DinamicaDinamica
Dinamica
 
Execução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultadosExecução: A disciplina para atingir resultados
Execução: A disciplina para atingir resultados
 
Project builder puc minas
Project builder puc minasProject builder puc minas
Project builder puc minas
 
Alavancar.me comercial
Alavancar.me comercialAlavancar.me comercial
Alavancar.me comercial
 
Project Model Canvas - Palestra Infnet
Project Model Canvas - Palestra InfnetProject Model Canvas - Palestra Infnet
Project Model Canvas - Palestra Infnet
 
Modelo de negocio
Modelo de negocioModelo de negocio
Modelo de negocio
 
Estratégia e indicadores
Estratégia e indicadoresEstratégia e indicadores
Estratégia e indicadores
 
Paradigma = modelo, padrão, exemplo
Paradigma = modelo, padrão, exemploParadigma = modelo, padrão, exemplo
Paradigma = modelo, padrão, exemplo
 
Pb PMTOOLS
Pb PMTOOLSPb PMTOOLS
Pb PMTOOLS
 
Projeto Co2 Neutro
Projeto Co2 NeutroProjeto Co2 Neutro
Projeto Co2 Neutro
 

Gerenciamento da rotina modulo-3

  • 1. GERENCIAMENTO DA ROTINAMODULO III Thiago Lavor thlareis@yahoo.com.br http://twitter.com/thlareis
  • 3. COMO ARRUMAR A CASA Resolver Problemas Gerenciar = 1° – Defina os problemas (resultado indesejável)
  • 4. COMO ARRUMAR A CASA Problemas podem ser: Localizados: quebra de equipamentos, elevado número de erros de faturamento, excesso de erros de compras Interfuncionais: reclamação de clientes, devolução de mercadorias, excesso de estoques, queda de vendas
  • 5.
  • 7.
  • 8. GESTÃO PARA RESULTADOS - Gerenciamento pelas Diretrizes (GDP) Gerenciamento pelas Diretrizes (GDP), ou Desdobramento das Diretrizes, tem suas origens no StatisticalQualityControl, sendo um dos fundamentos do Total Quality Management - TQM. Definição (Dr. YojiAkao): “proporciona um processo passo a passo para o planejamento, a execução e a revisão das mudanças". (CAMPOS, 2004)
  • 9. GESTÃO PARA RESULTADOS - Gerenciamento pelas Diretrizes (GDP) A filosofia possui os seguintes aspectos: Os resultados são conseguidos pela atuação criativa e dedicada das pessoas; Baseia-se na inovação; e Conduzir mudanças rigorosas na organização.
  • 10. GESTÃO PARA RESULTADOS – Gerenciamento da Rotina São as ações e verificações diárias conduzidas para o cumprimento das obrigações conferidas a cada indivíduo e a cada organização.
  • 11. GESTÃO PARA RESULTADOS -Gerenciamento de Projetos PROJETO: “É a de um esforço temporário empreendido para alcançar um objetivo específico.” PMBOK® GERENCIAR PROJETO “Gerenciamento de Projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas nas atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos.” PMBOK®
  • 12. GESTÃO PARA RESULTADOS -Gerenciamento de Projetos
  • 14. CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA = META OBJETIVO
  • 15. CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA OBJETIVO Objetivo é uma visão, é um desejo de realização de uma ação, idéia ou sentimento, que se quer alcançar num determinado período de tempo, a curto, médio ou longo prazos.
  • 16. CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA Meta Meta é um marco, um limite, um desafio, algo que se pode realizar, uma etapa a ser atingida dentro de um objetivo, no seu todo ou em parte. Uma ou mais metas podem ser necessárias para se alcançar, por completo, um objetivo.
  • 17. CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA OBJETIVO META PADRÃO PADRONIZAÇÃO É O CERNE DO GERENCIAMENTO NOVO PADRÃO MOMENTO ATUAL PADRÃO EXISTENTE
  • 18. CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA Tudo que você fizer deve ser focado na meta. Só faça aquelas coisas que o ajudem a atingir a sua meta. O resto é..... Desperdício de tempo e de recursos!!!
  • 19. CAMINHADA PARA EXCELÊNCIA ARRUMAR A CASA
  • 20. ARRUMAR A CASA Tomar providencias para que as pessoas, ao exercerem as funções operacionais, sejam as melhores do mundo naquilo que fazem OU SEJA: Melhorar o seu gerenciamento da rotina do trabalho do Dia-a-dia
  • 21. ARRUMAR A CASAO Gerenciamento da Rotina é centrado: Na Definição de autoridade e de responsabilidade Na Padronização dos PROCESSOS e do Trabalho Na monitoração dos RESULTADOS destes processos e sua comparação com as METAS; Na AÇÃO CORRETIVA no PROCESSO, a partir dos DESVIOS encontrados nos RESULTADOS, quando comparados com as METAS Num bom ambiente de trabalho (5S) Na busca continua da PERFEIÇÃO
  • 22. LIDER DE MUDANÇAS CONCORRENTE CLIENTE VOCÊ
  • 23. LIDER DE MUDANÇAS Uma empresa para sobreviver a guerra comercial numa economia global, tem que atingir METAS RIGORAS
  • 24. LIDER DE MUDANÇAS Para atingir metas rigorosas são necessárias MUDANÇAS RIGORASAS Fatores Decisivos: Liderança Educação e Treinamento
  • 25. LIDER DE MUDANÇAS Ele é o cara?
  • 26.
  • 27. TRABALHO EM GRUPO Até 5 pessoas Fases: 1° FASE - “ENTENDA O SEU TRABAHO” 2° FASE “ARRUMANDO A CASA” 3° FASE “AJUSTANDO A MAQUINA” 4° FASE “CAMINHANDO PARA O FUTURO”
  • 28. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB UNIDADE ORGANIZACIONAL- Autoridade- Responsabilidade MISSÃO DEFINIDA “Uma unidade organizacional, com definição de autoridade sobre processos afins e responsabilidade sobre resultados operacionais, que contribui para a realização da missão da empresa.”
  • 29. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES
  • 30. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES MISSÃO: compromisso e dever da unidade para com a empresa. É a própria razão de existência da unidade. Formulação básica ... “FAZER + O QUE e/ou A QUEM + DE QUE MODO”
  • 31. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB FORNECEDORES: aqueles que abastecem, propiciam os insumos necessários. Podem ser internos e/ou externos. INDICADORES
  • 32. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INSUMOS: aquilo que é transformado, modificado ou tratado na execução de um processo. Exs.: energia, matérias-primas, informações, etc. INDICADORES
  • 33. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB PROCESSO: um conjunto de causas (meios) com o objetivo de produzir um efeito (um produto) específico. “Uma sistemática de ações voltadas para a consecução de um objetivo.” INDICADORES
  • 34. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB Macrofluxo: uma representação esquemática da seqüência de processos, que levam a um resultado esperado (efeito desejado). (MACRO) PROCESSO INDICADORES
  • 35. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB PRODUTOS: bens ou serviços, com determinadas características (Q, C, E, S), que satisfazem as necessidades e desejos dos clientes. “Produtos são criados para atender as necessidades e desejos dos clientes.” INDICADORES
  • 36. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB CLIENTES: todo aquele que recebe um produto (resultado de um processo) e é afetado, direta ou indiretamente, por sua qualidade. Podem ser internos e/ou externos. INDICADORES
  • 37. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES GERENCIAIS: são índices numéricos estabelecidos sobre os efeitos de cada processo para medir a sua Qualidade. INDICADORES
  • 38. UNIDADE GERENCIAL BÁSICA - UGB INDICADORES
  • 39. LIDER DE MUDANÇAS Conhecimento Mental = aula, curso, livro Prático = Quando uma pessoa faz alguma cisa com este conhecimento QUEM SABE FAZ!! Somente a prática do conhecimento agrega valor (traz benefícios para as pessoas)
  • 40. TRABALHO - UGB – NOME DA EMPRESA INDICADORES