SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 130
Baixar para ler offline
AVALIAÇÃO COGNITIVA E FUNCIONAL NO AUTISMO 
COMPREENDER O AUTISMO 
Viana do Castelo, 16 de Maio de 2009 
CENTRO DE DESENVOLVIMENTO LUÍS BORGES/DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE COIMBRA 
UNIDADE DE NEURODESENVOLVIMENTO E AUTISMO 
Joana Almeida e CátiaCafé
AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA 
oAvaliação 
Desenvolvimento/Cognitiva/Intelectual 
Griffiths, WPPSI-R e WISC III 
Psicoeducacional/Funcional 
PEP-R e Vineland 
oAnálise de Perfis 
oDiscussão de Casos Clínicos
AVALIAÇÃO:QUEOBJECTIVOS? 
oAvaliarpotencialdeaprendizagem 
oPlanearprogramasdeintervençãoadaptadosàsreaiscompetênciasdacriança 
> EFICÁCIA
INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO 
Características e Objectivos
AVALIAÇÃO COGNITIVA/INTELECTUAL
ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MENTAL DE RUTH GRIFFITHS 
(Griffiths, 1984)
GRIFFITHS 
oAvaliaoníveldedesenvolvimentopsicomotor 
oIdadedeAplicação:0aos8A 
oTempodeaplicação:±60a90minutos
GRIFFITHS 
oDivide-se em 6 sub-escalas: 
Motora 
Pessoal e Social 
Audição e Fala 
Coordenação Olho-Mão 
Realização Cognitiva 
Raciocínio Prático (crianças IC > 3A)
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA MOTORA 
oAvalia o desenvolvimento motor 
motricidade globalDescoordenado? 
Desajeitado? 
Desequilibrado?
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA MOTORA 
Andar 
Aguentar-se num só pé 
Subir e descerescadas 
Saltar ao pé-cochinho 
Apanhare atirar uma bola 
Correr e chutar uma bola 
Saltarà corda
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA PESSOAL E SOCIAL 
oAvalia o nível de autonomia pessoal e social 
HigieneAlimentação 
Vestuário 
Interacção Social
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA PESSOAL E SOCIAL 
Utilizar os talheres 
Abotoar/desabotoarbotões 
Calçar sapatos 
Vestir-se 
Ajudar em tarefas domésticas (ex. pôr a mesa) 
Lavarmãos/cara e tomar banho 
Relacionamento com pares 
Saberdados de identificação pessoal (nome, morada)
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA AUDIÇÃO E FALA 
oAvalia o nível de linguagem receptiva e expressiva
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA AUDIÇÃO E FALA 
Identificar objectos 
Nomear a função dos objectos 
Nomear imagens 
Repetir frases 
Nomear cores 
Elaboraçãodo discurso expressivo 
(frases simples, completas? recurso a adjectivos, advérbios,pronomes pessoais?) 
Questõesdecompreensão 
(oquefazesquandotesentescansado?quandotensfrio?)
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA COORDENAÇÃO OLHO -MÃO 
oAvalia: 
motricidadefina 
manipulaçãodosobjectos 
lateralidade 
competências grafo-motoras 
competências visuais
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA COORDENAÇÃO OLHO-MÃO 
Fazer enfiamentos 
Construir torre de cubos 
Manejo datesoura 
Grafismo 
linha 
círculo 
cruz 
quadrado 
figura humana 
letras 
números …
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA REALIZAÇÃO COGNITIVA 
oAvalia: 
velocidadedeprocessamentoedeexecução 
manipulaçãodosobjectos 
percepçãovisual 
orientaçãoespacial 
persistência
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA REALIZAÇÃO COGNITIVA 
Associar cores 
Realizar encaixesde figuras geométricas (4, 6, 11) 
Teste de padrões: construir padrões com cubos
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA RACÍOCINIO PRÁTICO 
oAvaliapré-requisitosnecessáriosàaquisiçãode: 
compreensãoaritmética 
resoluçãodeproblemaspráticos
GRIFFITHS 
SUB-ESCALA RACIOCÍNIO PRÁTICO 
Repetirsequênciasdedígitos 
Identificarenomearconceitos:grande/pequeno,maior/menor, alto/baixo,comprido/curto,pesado/leve 
Contar(ordemdirectaeinversa) 
Conhecerasmoedas 
Distinguirmanhã/tarde 
Distinguirdireita/esquerda 
Saberashoraseosdiasdasemana
GRIFFITHS 
oPermiteobterresultadosemtermosde: idademental quocientededesenvolvimento QD Médio = 100 com DP 16 (84 –116) 
GLOBAL 
POR SUB-ESCALA
ESCALASDEINTELIGÊNCIADEWECHSLER 
oAvaliamumlequediversificadodeaptidõesmentais, quereflectemofuncionamentointelectualglobal 
 
INTELIGÊNCIA 
oCompostasporduassub-escalas:verbalerealização 
permitemumacompreensãodetalhadadoperfilcognitivodacriança/jovem(áreasfortesefracas)
ESCALASDEINTELIGÊNCIADEWECHSLER 
oPermitemobterresultadosemtermosde: 
QUOCIENTESDEINTELIGÊNCIA 
 
QI Global 
QI Verbal 
Competênciascognitivasqueenvolvemautilizaçãodalinguagem 
QI Realização 
Competênciascognitivasquenãoenvolvemautilizaçãodalinguagem
ESCALASDEINTELIGÊNCIADEWECHSLER 
oClassificação dos níveis de inteligência: 
Q.I. 
CLASSIFICAÇÃO 
130 ou mais 
Muito Superior 
120-129 
Superior 
110-119 
Médio Superior 
90-109 
Médio 
80-89 
Médio Inferior 
70-79 
Inferior 
69 ou menos 
Muito Inferior
ESCALAS DE INTELIGÊNCIA DE WECHSLER PARA A IDADE PRÉ-ESCOLAR E PRIMÁRIA -EDIÇÃO REVISTA 
(Wechsler, 1989)
WPPSI-R 
oIdadedeAplicação:3Aeos6A6M 
oTempodeaplicação:±60a90minutos
WPPSI-R 
ESCALA VERBAL 
ESCALA DE REALIZAÇÃO 
Informação 
Composição de Objectos 
Compreensão 
Figuras Geométricas 
Aritmética 
Quadrados 
Vocabulário 
Labirintos 
Semelhanças 
Completamento de Gravuras 
(Frases Memorizadas) 
(Tabuleiro dos Animais)
ESCALA DE INTELIGÊNCIA DE WECHSLER PARA CRIANÇAS –TERCEIRA EDIÇÃO 
(Wechler, 1991)
WISC-III 
oIdadedeAplicação:6Aeos16A11M 
oTempodeaplicação:±60a90minutos
WISC-III 
INDÍCESFACTORIAIS 
COMPREENSÃO VERBAL 
INFORMAÇÃO 
SEMELHANÇAS 
VOCABULÁRIO 
COMPREENSÃO 
ORGANIZAÇÃOPERCEPTIVA 
DISPOSIÇÃODEGRAVURAS 
CUBOS 
COMPOSIÇÃODEOBJECTOS 
COMPLETAMENTODEGRAVURAS 
VELOCIDADE DE PROCESSAMENTO 
PESQUISADESÍMBOLOS 
CÓDIGO
WISCIII–ESCALAVERBAL 
INFORMAÇÃO 
SEMELHANÇAS 
ARITMÉTICA 
VOCABULÁRIO 
COMPREENSÃO 
(Memória de Dígitos)
WISCIII–ESCALAVERBAL 
INFORMAÇÃO 
oAvalia: 
aquisição de conhecimentos factuais 
contexto escolar e familiar 
conhecimento cultural 
memória a longo prazo 
O que é isto? (Apontar para o nariz) 
Quem foi Charles Darwin?
WISCIII–ESCALAVERBAL 
SEMELHANÇAS 
oAvalia: 
capacidade de compreensão das relação entre conceitos 
pensamento conceptual 
raciocínio lógico-abstracto 
Concreto Abstracto 
Vela/Lâmpada 
Liberdade/Justiça
WISCIII–ESCALAVERBAL 
VOCABULÁRIO 
oAvalia: 
conhecimento lexical 
capacidade para se expressar oralmente 
Concreto Abstracto 
Relógio 
Compelir
WISCIII–ESCALAVERBAL 
COMPREENSÃO 
oAvalia: 
conhecimento de padrões de comportamento convencional (senso comum) 
capacidade de julgamento social 
capacidade para se expressar oralmente 
O que devemos fazer quando nos cortarmos num dedo? 
O que é que este provérbio significa: ‘Mais vale uma palavra antes do que duas depois’?
WISCIII–ESCALAVERBAL 
ARITMÉTICA 
oAvalia: 
atenção/concentração 
raciocínio e cálculo mental 
memória de trabalho 
compreensão verbal
WISCIII–ARITMÉTICA 
ITENS IMAGENS 
Conta estes passarinhos com o dedo. Conta-os em voz alta para eu poder ouvir.
WISCIII–ARITMÉTICA 
ITENS LIDOS À CRIANÇA 
O José tinha 5 bolos. Deu 1 ao Simão e outro à Alice. Quantos bolos tem o José agora?
WISCIII–ARITMÉTICA 
ITENS LIDOS PELA CRIANÇA(Cartões Estímulo) 
(imagem Problema Cartas)
WISCIII–ESCALAVERBAL 
MEMÓRIA DE DÍGITOS(sentido directo e inverso) 
oAvalia: 
retenção auditiva imediata 
memorizar informação apresentada oralmente 
atenção/concentração
WISCIII–ESCALADEREALIZAÇÃO 
COMPLETAMENTO DE GRAVURAS 
CÓDIGO 
DISPOSIÇÃO DE GRAVURAS 
CUBOS 
COMPOSIÇÃO DE OBJECTOS 
(Pesquisa de Símbolos) 
(Labirintos)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
COMPLETAMENTO DE GRAVURAS 
oAvalia: 
discriminação perceptiva 
atenção/concentração 
atenção a detalhes 
capacidade para diferenciar detalhes essenciais de detalhes não essenciais
WISC III –COMPLETAMENTO DE GRAVURAS 
(Imagem 1)
WISC III –COMPLETAMENTO DE GRAVURAS 
(Imagem 2)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
CÓDIGO 
oAvalia: 
coordenação visuo-motora 
coordenação grafo-motorae grafo-perceptiva 
atenção/concentração 
memória de trabalho 
velocidade de processamento
WISCIII–CÓDIGO 
(Imagem)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
DISPOSIÇÃO DE GRAVURAS 
oAvalia: 
sequenciação e planeamento 
noções temporais 
análise e integração perceptiva 
atenção aos detalhes 
percepção e compreensão de situações sociais
WISC III –DISPOSIÇÃO DE GRAVURAS 
(imagem 1)
WISC III –DISPOSIÇÃO DE GRAVURAS 
(imagem 2)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
CUBOS 
oAvalia: 
competências visuo-perceptivas 
(processamento de símbolos abstractos) 
coordenação visuo-motora 
representação mental 
persistência
WISC III –CUBOS 
(imagem 1)
WISC III –CUBOS 
(imagem 2)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
COMPOSIÇÃO DE OBJECTOS 
oAvalia: 
competências visuo-motorase visuo-espaciais 
conceptualização do todo a partir das partes (antecipar relação entre as partes) 
persistência
WISC III –COMPOSIÇÃO DE OBJECTOS 
(imagem 1)
WISC III –COMPOSIÇÃO DE OBJECTOS 
(imagem 2)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
PESQUISA DE SÍMBOLOS 
oAvalia: 
discriminação e organização perceptiva 
rapidez de pesquisa visual 
coordenação grafo-motorae grafo-perceptiva 
memória de trabalho 
velocidade de processamento
WISCIII–PESQUISADESÍMBOLOS 
(imagem)
WISCIII–ESCALAREALIZAÇÃO 
LABIRINTOS 
oAvalia: 
coordenação grafo-motora 
competências visuo-espaciais
AVALIAÇÃO PSICOEDUCACIONAL/FUNCIONAL
PERFIL PSICOEDUCACIONAL REVISTO (PEP-R) Schopler, Reichler, Bashfod, Lansing & Marcus, 1990
PEP-R 
oAvalia: 
competências pré-escolares e escolares 
comportamento 
crianças com autismo 
oIdadedeaplicação:1aos7A(ouatéaos12secriançascombaixonívelfuncional) 
oTempodeAdministração:±60minutos
PEP-R 
DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL 
COMPORTAMENTO 
•Imitação 
•RelaçãoeAfecto(cooperaçãoeinteresse) 
•Percepção 
•JogoeInteressepelosMateriais 
•MotricidadeGlobal 
•RespostasSensoriais 
•MotricidadeFina 
•Linguagem 
•CoordenaçãoÓculo-Manual 
•RealizaçãoCognitiva 
•DesempenhoVerbal
PEP-R 
Bolas de Sabão 
1. Desenrosca o frasco 
Motricidade Fina 
2. Faz bolas de sabão 
Motricidade Fina 
3. Segue a bola com os olhos 
Percepção 
4.Atravessacomoolharalinhamédia 
Percepção
PEP-R 
Fantoches e Objectos 
13.Manipula o fantoche 
Imitação 
14. Imitao som do animal 
Imitação 
15. Imita as acções com os objectos 
Imitação 
16.Apontaaspartesdocorpodoboneco 
Realização 
17.Apontapartesdoseuprópriocorpo 
Realização 
18.Jogointeractivocomplexo 
Realização
PEP-R 
Puzzle Formas Geométricas 
19.Indica o local correcto 
Percepção 
20. Encaixaas peças 
Óculo-Manual 
21. Nomeiaas formas 
DesempenhoVerbal 
22.Identificaasformas 
Realização
PEP-R 
DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL 
COMPORTAMENTO 
Sucesso 
Adequado 
Emergente 
Médio 
Insucesso 
Severo 
CompetênciasEmergentestarefasqueacriançasóconseguerealizarseauxiliadaouseestalhefordemonstrada
PEP-R 
Possibilita: 
oidentificaçãodecompetênciasemergentes 
facilitaaidentificaçãodeaptidõesaseremtrabalhadas 
oavaliaçãonãocondicionadapeloníveldelinguagem 
itensdelinguagemsãoindependentesdasoutrasáreas 
odeterminaçãodasáreasforteseasáreasfracasdacriança
PEP-R 
oPermite obter resultados em termos de: 
idades de desenvolvimento 
 
PERFIL FUNCIONAL 
GLOBALPOR SUB-ÁREA
(imagem perfil pep-r) 
PERFILPEP-R
ESCALA DE COMPORTAMENTO ADAPTATIVO VINELANDSparrow, Balla & Cicchetti, 1984
VINELAND 
oAvaliaocomportamentoadaptativo 
Conjuntodecompetênciascognitivas,sociaisepráticasadquiridaspelapessoaparacorresponderàsexigênciasdavidaquotidiana.
VINELAND 
oEntrevistasemi-estruturadaaospais/cuidadores 
oIdadedeAplicação:0-18anos(adultosdéficecognitivo) 
oTempodeAdministração:20a60minutos
VINELAND 
oComposta por 5 subáreas: 
COMPORTAMENTO ADAPTATIVO COMPOSTO 
COMUNICAÇÃO 
Receptiva,ExpressivaeEscrita 
AUTONOMIA 
Pessoal,DomésticaeComunidade 
SOCIALIZAÇÃO 
RelaçõesInterpessoais,Jogos/LazereRegrasSociais 
MOTRICIDADE 
GlobaleFina(atéaos5A11M) 
COMPORTAMENTOMALADAPTATIVO 
ProblemasdeComportamento
VINELAND-COTAÇÃO 
COMPORTAMENTOADAPTATIVOCOMPOSTO 
2realizaaactividadedemodoconsistenteeautónomo 
1realizaaactividadeporvezesounecessitadeajuda 
0nãorealizaaactividade 
DDesconhecido 
NNãoteveoportunidade
VINELAND-COTAÇÃO 
COMPORTAMENTOMALADAPTATIVO 
2apresentaocomportamentodeformafrequente 
1apresentaocomportamentoocasionalmente 
0nãoapresentaocomportamento
VINELAND-COMUNICAÇÃO 
RECEPTIVA 
Níveldelinguagemcompreensiva 
EXPRESSIVA 
Níveldelinguagemexpressiva 
ESCRITA 
Níveldeleituraedeproduçãoescrita
VINELAND-COMUNICAÇÃO 
RECEPTIVA 
Ouveumahistóriadurante,pelomenos,5minutos. 
Aponta,apedido,paratodasaspartesdocorpo. 
Estáatentanaescolamaisde15minutos. 
EXPRESSIVA 
Gesticulaapropriadamenteparaindicarsim,nãoeeuquero. 
Nomeia20objectos. 
Falacomfrasescompletas. 
Articulaclaramentesemsubstituirsons. 
ESCRITA 
Escreveonome(primeiroeúltimo). 
Lêumahistóriasimples. 
Escreveasprimeirascartas.
VINELAND-AUTONOMIA 
PESSOAL 
Capacidadeparacomer,vestir-seecuidardasuahigienepessoaldeformaautónoma 
DOMÉSTICA 
Envolvimentoemtarefasdomésticas 
COMUNIDADE 
Capacidadepara: 
seguirregrasdesegurança 
utilizarotelefone 
gerirodinheiro 
gerirotempo
VINELAND-AUTONOMIA 
PESSOAL 
Pedeparairàcasadebanho. 
Veste-sesozinha,exceptofazerlaços. 
Tomabanhosemajuda. 
DOMÉSTICA 
Põeamesasemajuda. 
Utilizafuncionalmenteinstrumentosdomésticos. 
Utilizaofogãoparacozinhar. 
COMUNIDADE 
Demonstracompreenderafunçãododinheiro. Olhaparaosdoisladosantesdeatravessararua. 
Pedeasuarefeiçãonorestaurante.
VINELAND-SOCIALIZAÇÃO 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS 
Competênciasderelacionamentointerpessoal: 
comunicaçãosocial 
amizades,pertençaagrupos 
expressãoereconhecimentodeemoções 
JOGOS/LAZER 
Seguirregrasecooperaremjogosdegrupo 
Utilizaçãodotempolivre(passatempos) 
REGRAS SOCIAIS 
Capacidadeparacompreenderasregrassociaisedesecomportardeacordocomelas
VINELAND-SOCIALIZAÇÃO 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS 
Sorriouriapropriadamenteemrespostaainteracçõespositivas. 
Mostrapreferênciaporalgunscolegas. 
Respondeverbalepositivamenteaosucessodosoutros. 
JOGOS/LAZER 
Ocupa-seemactividadesdefazdeconta. 
Partilhaobjectos/brinquedos. 
Segueregrasemjogossimples. 
REGRAS SOCIAIS 
Nãofalacomabocacheiaduranteasrefeições. 
Respondeapropriadamentequandoselheapresentaalguém. 
Pededesculpapeloserros(actosejuízos).
VINELAND-MOTRICIDADE 
GLOBAL 
Desenvolvimentomotor 
FINA 
Manipulaçãodeobjectosegrafismo
VINELAND-MOTRICIDADE 
GLOBAL 
Saltaporcimadepequenosobjectos. 
Saltanumsópésemcair,agarradaaumapessoaouobjecto. 
Andadebicicletasemrodasdeapoio. 
FINA 
Enroscaedesenroscatampasdefrascos. Cortacomatesoura. 
Desenhamaisdoqueumaformareconhecível.
VINELAND 
oPermite obter resultados em termos de: 
idade mental 
desvio padrão em relação à média 
percentis (para a população com autismo) 
GLOBAL 
POR SUB-ÁREA
ANÁLISE DE PERFIS
Caracterização da Amostra 
5% 
17% 
19% 
24% 
35% 
Profundo 
Severo 
Moderado 
Ligeiro 
Sem Défice 
N=688 
ADI-R + 
ADOS + 
DSM-IV + 
CARS + 
65% c/DM 
35% s/DM 
Classificação DM (CID-9)
AVALIAÇÃO DESENVOLVIMENTO/COGNITIVA/INTELECTUAL
ESCALA DE DESENVOLVIMENTO MENTAL DE RUTH GRIFFITHS
Perfil Escala de Desenvolvimento Mental de Ruth Griffiths 
Tabela–IdadeMentalMédia(sub-escalaseglobal) 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
48 
39 
33 
39 
43 
25 
39 
N=504 
IC média = 63M 
DP = 21M 
IC min = 17M 
IC max = 107M
Perfil Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
Grupo sem Défice Cognitivo (QDg>80) 
Grupo com Défice Cognitivo (QDg<80) 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
60 
51 
52 
54 
58 
45 
54 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
43 
34 
25 
32 
36 
17 
33 
N=150 
IC média = 57M 
DP = 17M 
N=354 
IC média = 65M 
DP = 23M
Perfil Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
39 
26 
18 
28 
32 
21 
28 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
62 
51 
42 
51 
55 
44 
51 
IC média = 54M 
DP = 19M 
IC média = 82M 
DP = 18M 
Pré-Escolar 
Escolar
Perfil Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
70 
63 
61 
64 
67 
60 
64 
IC média = 70M 
DP = 15M 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
53 
38 
22 
37 
43 
28 
37 
IC média = 93M 
DP = 14M 
Não Verbal / Não Verbal (Momento 2; N=17) 
Não Verbal / Verbal (Momento 2; N=17) Escolar
Perfil Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
35 
23 
16 
24 
25 
18 
24 
IC média = 63M 
DP = 21M 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
53 
38 
22 
37 
43 
28 
37 
IC média = 93M 
DP = 14M 
Pré-Escolar 
Escolar
Perfil Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
Não Verbal / Verbal (Momento 1; N=17) 
Não Verbal / Verbal (Momento 2; N=17) 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
43 
30 
20 
32 
39 
24 
32 
IC média = 44M 
DP = 11M 
Sub-escalas 
M 
PS 
AF 
OM 
R 
RP 
G 
IMmédia (meses) 
70 
63 
61 
64 
67 
60 
64 
IC média = 71M 
DP = 15M 
Pré-Escolar 
Escolar
WPPSI-R
Perfil WPPSI-R 
N=13 
IC média = 69M 
DP = 4M 
WPPSI-R: Perfil Área Verbal 
WPPSI-R: Perfil Área Realização
WISC-III
Perfil WISC-III 
N=131 
IC média = 126M 
DP = 28M
Perfil WISC-III 
N=131
Perfil WISC-III 
N=131
Perfil WISC-III 
N=131
Perfil WISC-III e Teorias Psicológicas 
N=131 
IC média = 126M 
DP=28M 
FE 
TM 
TM 
TCC 
TCC 
FE
Perfil WISC-III 
N=62 
IC média = 129M 
DP = 29M 
N=69 
IC média = 122M 
DP = 27M 
Amostra com Défice Intelectual: QI<80 
Amostra sem Défice Intelectual: QI>80
Perfil WISC-III 
Amostra com Défice Intelectual: QI<80 
Amostra sem Défice Intelectual: QI>80 
N=62 
N=69
Perfil WISC-III 
Amostra com Défice Intelectual: QI<80 
Amostra sem Défice Intelectual: QI>80 
N=62 
N=69
Perfil WISC-III 
Amostra com Défice Intelectual: QI<80 
Amostra sem Défice Intelectual: QI>80 
N=62 
N=69
Perfil WISC-III: autismo e ADPM(com Défice Intelectual) 
Sujeitos com Défice Intelectual: QI<80 
IC desen = 137M 
IC aut. = 148M
Perfil WISC-III: autismo e ADPM(com Défice Intelectual) 
Sujeitos com Défice Intelectual: QI<80
Perfil WISC-III: autismo e dificuldades específicas de aprendizagem (sem Défice Intelectual) 
Sujeitos sem Défice Intelectual: QI>80 
IC desen = 106M 
IC aut. = 161M
Perfil WISC-III: autismo e dificuldades específicas de aprendizagem (sem Défice Intelectual) 
Sujeitos sem Défice Intelectual: QI>80
AVALIAÇÃO PSICOEDUCACIONAL/FUNCIONAL
VINELAND
Perfil Vineland 
N=466 
N motricidade = 155 
IC média = 64M 
DP = 25M 
QD/QI médio = 104 
DP = 52
Perfil Vineland: com e sem Défice Cognitivo/Intelectual 
Amostra com Défice Cognitivo/Intelectual: QD/QI<80 
Amostra sem Défice Cognitivo/Intelectual: QD/QI>80 
N=329 
N motricidade = 85 
IC média = 116MQD/QI médio = 52 
DP = 55M DP = 17 
N=137 
N motricidade = 70 
IC média = 74MQD/QI médio = 94 
DP = 24M DP = 11
PEP-R
(imagem perfil pep-r) 
PERFIL PEP-R
DISCUSSÃO DE CASOS PRÁTICOS
PEDRO – REAVALIAÇÃO (2004) 
Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
61 
44 
13 
49 47 
22 
43 
0 
20 
40 
60 
80 
100 
120 
140 
160 
180 
Motor Pessoal- 
Social 
Audição e 
Fala 
Olho-Mão Realização Raciocínio 
Prático 
Global 
I.C.: 8 A 2 M (98M)
PEDRO –REAVALIAÇÃO (2004) 
SUBESCALAS 
IDADE MENTAL 
Motora 
60 M 
Pessoal-Social 
45 M 
Audição e Fala 
13 M 
Olho-Mão 
48 M 
Realização 
46 M 
Global 
42 M 
I.C.: 8 A 2 M (98M)
PEDRO –REAVALIAÇÃO (2004) 
Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths402512222220,52460451348462242020406080100120140160180MotoraPessoal- SocialAudição eFalaOlho-MãoRealizaçãoRaciocínioPráticoGlobal42M98M
PEDRO –REAVALIAÇÃO (2004) 
Escala de Comportamento Adaptativo Vineland 
DESVIO PADRÃO 
PERCENTIS 
COMUNICAÇÃO 
-3 
-4 
45 
55 
AUTONOMIA 
-2 
-4 
50 
80 
SOCIALIZAÇÃO 
-3 
-3 
45 
65 
MOTRICIDADE 
-2 
- 
50 
- 
GLOBAL 
-3 
-4 
50 
65
PEDRO –EVOLUÇÃO 
Março 2008 (11 A 6 M) 
oMatriculadono4ºanodo1ºC.E.B.(2horasnasaladoregular) 
oApoioUEEA 
oT.F. 
Evolução (3 A 6 M -11 A 6 M) 
oProgressos a nível global 
oLinguagem oral limitada (palavras isoladas e frases muito simples) 
oSistema Aumentativo de Comunicação
RUI – REAVALIAÇÃO (2006) 
Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths 
108 102 95 
119 
95 
81 
100 
0 
20 
40 
60 
80 
100 
120 
140 
160 
180 
Motor Pessoal- 
Social 
Audição e 
Fala 
Olho-Mão Realização Raciocínio 
Prático 
Global 
I.C.: 4 A 11 M (59M)
RUI –REAVALIAÇÃO (2006) 
I.C.: 4 A 11 M (59M) 
SUBESCALAS 
IDADE MENTAL 
Motora 
64 M 
Pessoal-Social 
60 M 
Audição e Fala 
56 M 
Olho-Mão 
70 M 
Realização 
56 M 
Raciocínio Prático 
48 M 
Global 
59 M
RUI –REAVALIAÇÃO (2006) 
Escala de Desenvolvimento de Ruth Griffiths3623,512,525,5322664605670564859020406080100120140160180MotoraPessoal- SocialAudição eFalaOlho-MãoRealizaçãoRaciocínioPráticoGlobal33M59M
RUI –REAVALIAÇÃO (2006) 
Escala de Comportamento Adaptativo Vineland 
DESVIO PADRÃO 
PERCENTIS 
COMUNICAÇÃO 
-2 
-2 
55 
85 
AUTONOMIA 
Média 
-1 
70 
90 
SOCIALIZAÇÃO 
-1 
-1 
70 
95 
MOTRICIDADE 
Média 
-1 
90 
98 
GLOBAL 
-2 
-1 
70 
98
RUI –EVOLUÇÃO 
Maio 2008 (6 A 5 M) 
oMatriculadono1ºanodo1ºC.E.B.(atempointeironasalaregular) 
oApoioUEEA 
oT.F. 
Evolução (2 A 9 M -6 A 5 M) 
oProgressos muito significativos 
oNão verbal Frases completas
CONCLUSÃO 
PONTO DE PARTIDA 
GERALPERFIL 
CADA CASO É UM CASO 
Obrigada pela vossa atenção…
BIBLIOGRAFIA 
Sparrow,S.S.,Balla,D.A.,Cicchetti,D.V.(1984)VinelandAdaptativeBehaviourScales: InterviewEditionSurveyManual.AmericanGuidanceService 
Wechsler,D.(1992)WIS-III,EscaladeInteligênciadeWechslerparaCrianças–IIIManual.Cegoc,Lisboa. 
Wechsler,D.(2003)WPPSI-R,EscaladeInteligênciadeWechslerparaaidadepré- escolareprimária–Manual.Cegoc,Lisboa. 
Luiz,D.,Faragher,B.,Barnard,A.,Knoessen,N.,Kotras,N.,Burns,L.E.,Challis,D. (2007)ManualTécnicoGriffiths–EscaladeDesenvolvimentoMentaldeGriffithsExtençãoRevista(Revisãode2006)Dos2aos8anos.Cegoc,Lisboa. 
Luiz,D.,Faragher,B.,Barnard,A.,Knoessen,N.,Kotras,N.,Burns,L.E.,Challis,D. (2007)ManualGriffiths–EscaladeDesenvolvimentoMentaldeGriffithsExtensãoRevista(Revisãode2006)Dos2aos8anos.Cegoc,Lisboa. 
ArtigoVineland
BIBLIOGRAFIA(cont.) 
Luiz,D.,Faragher,B.,Barnard,A.,Knoessen,N.,Kotras,N.,Burns,L.E.,Challis,D. (2007)ManualTécnicoGriffiths–EscaladeDesenvolvimentoMentaldeGriffithsExtençãoRevista(Revisãode2006)Dos2aos8anos.Cegoc,Lisboa. 
Luiz,D.,Faragher,B.,Barnard,A.,Knoessen,N.,Kotras,N.,Burns,L.E.,Challis,D. (2007)ManualGriffiths–EscaladeDesenvolvimentoMentaldeGriffithsExtensãoRevista(Revisãode2006)Dos2aos8anos.Cegoc,Lisboa. 
Griffiths,R.(1986)TheAbilitiesofBabies:AstudyinMentalMeasurement.AssociationforResearchinInfantandChildDevelopment. 
Griffiths,R.(1984)TheAbilitiesofYoungChildren:AComprehensiveSystemofMentalMeasurementfortheFirstEightYearsofLife.AssociationforResearchinInfantandChildDevelopment. 
Schopler,E.,Reichler,R.J.,Bashford,A.,Lansing,M.D.,Marcus,L.M.PerfilPsicoeducacionalRevisto(PEP-R).ManualdeAplicação.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Erik erikson - Desenvolvimento Psicossocial
Erik erikson - Desenvolvimento PsicossocialErik erikson - Desenvolvimento Psicossocial
Erik erikson - Desenvolvimento Psicossocial
marta12l
 
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoDsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Viviane Pasqualeto
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
jacibraga
 
Aula 5 2ª infância
Aula 5   2ª infânciaAula 5   2ª infância
Aula 5 2ª infância
Eslon Junior
 
ATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdf
ATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdfATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdf
ATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdf
ssuseref2cdb
 

Mais procurados (20)

Escala Portage-1
Escala Portage-1Escala Portage-1
Escala Portage-1
 
Erik erikson - Desenvolvimento Psicossocial
Erik erikson - Desenvolvimento PsicossocialErik erikson - Desenvolvimento Psicossocial
Erik erikson - Desenvolvimento Psicossocial
 
Teorias do desenvolvimento
Teorias do desenvolvimentoTeorias do desenvolvimento
Teorias do desenvolvimento
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
 
Adolescência 213
Adolescência 213Adolescência 213
Adolescência 213
 
Fases do desenvolvimento de acordo com a Teoria de Freud
Fases do desenvolvimento  de acordo com a Teoria de FreudFases do desenvolvimento  de acordo com a Teoria de Freud
Fases do desenvolvimento de acordo com a Teoria de Freud
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide Autismo
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Fase do desenvolvimento
Fase do desenvolvimentoFase do desenvolvimento
Fase do desenvolvimento
 
Psicologia do desenolvimento
Psicologia do desenolvimentoPsicologia do desenolvimento
Psicologia do desenolvimento
 
1. teorias do desenvolvimento
1. teorias do desenvolvimento1. teorias do desenvolvimento
1. teorias do desenvolvimento
 
O relatório psicológico deve conter, modelo de laudo
O relatório psicológico deve conter, modelo de laudoO relatório psicológico deve conter, modelo de laudo
O relatório psicológico deve conter, modelo de laudo
 
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certoDsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
Dsenvolvimento psicossocial do adulto jovem certo
 
Manual ABA
Manual ABAManual ABA
Manual ABA
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
 
Transtorno do Espectro do Autismo - Documento Científico da SBP
Transtorno do Espectro do Autismo - Documento Científico da SBPTranstorno do Espectro do Autismo - Documento Científico da SBP
Transtorno do Espectro do Autismo - Documento Científico da SBP
 
Aula 5 2ª infância
Aula 5   2ª infânciaAula 5   2ª infância
Aula 5 2ª infância
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Desenvolvimento infantil (1)
Desenvolvimento infantil (1)Desenvolvimento infantil (1)
Desenvolvimento infantil (1)
 
ATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdf
ATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdfATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdf
ATIVIDADES - CASTELO DAS EMOÇÕES.pdf
 

Destaque

Escala de comportamento adaptativo
Escala de comportamento adaptativoEscala de comportamento adaptativo
Escala de comportamento adaptativo
teresafly
 
Cars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infancia
Cars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infanciaCars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infancia
Cars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infancia
Rita Rosa
 
Avaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamentalAvaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamental
Elizabeth Barbosa
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Raline Guimaraes
 
Avaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marcha
Avaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marchaAvaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marcha
Avaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marcha
Natha Fisioterapia
 
20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao
20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao
20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao
adrianapolonio
 
68 trends in neuropediatric physical therapy - publicado
68   trends in neuropediatric physical therapy - publicado68   trends in neuropediatric physical therapy - publicado
68 trends in neuropediatric physical therapy - publicado
Nathanael Amparo
 

Destaque (20)

Cars autismo
Cars autismoCars autismo
Cars autismo
 
Escala de comportamento adaptativo
Escala de comportamento adaptativoEscala de comportamento adaptativo
Escala de comportamento adaptativo
 
Cars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infancia
Cars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infanciaCars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infancia
Cars escala-de-classificacao-de-autismo-na-infancia
 
Cartilha autismo
Cartilha autismoCartilha autismo
Cartilha autismo
 
Cars test autismo
Cars test autismoCars test autismo
Cars test autismo
 
Avaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamentalAvaliação cognitivo comportamental
Avaliação cognitivo comportamental
 
Test infantil del síndrome de asperger
Test infantil del síndrome de aspergerTest infantil del síndrome de asperger
Test infantil del síndrome de asperger
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
 
Avaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marcha
Avaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marchaAvaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marcha
Avaliacao sensorial, funcao motora, coordenacao e marcha
 
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismoDAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
DAR Resposta - Guia para famílias após o diagnóstico de autismo
 
93 metodos para pessoas autistas
93 metodos para pessoas autistas93 metodos para pessoas autistas
93 metodos para pessoas autistas
 
20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao
20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao
20136090 anamnese-modelos-de-fichas-para-avaliacao
 
35 metodo teacch
35 metodo teacch35 metodo teacch
35 metodo teacch
 
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
 
Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)Identificando o autismo (Partes I e II)
Identificando o autismo (Partes I e II)
 
Tecnologia Asssitida
Tecnologia AsssitidaTecnologia Asssitida
Tecnologia Asssitida
 
68 trends in neuropediatric physical therapy - publicado
68   trends in neuropediatric physical therapy - publicado68   trends in neuropediatric physical therapy - publicado
68 trends in neuropediatric physical therapy - publicado
 
ADOS- ESCALA autismo
ADOS- ESCALA autismo ADOS- ESCALA autismo
ADOS- ESCALA autismo
 
Autismo Unip Fórum Odontodologia
Autismo Unip Fórum OdontodologiaAutismo Unip Fórum Odontodologia
Autismo Unip Fórum Odontodologia
 
Medidas para avaliação do desenvolvimento infantil - Eduardo Marino
Medidas para avaliação do desenvolvimento infantil - Eduardo MarinoMedidas para avaliação do desenvolvimento infantil - Eduardo Marino
Medidas para avaliação do desenvolvimento infantil - Eduardo Marino
 

Semelhante a Avaliação cognitiva e funcional no autismo

Semelhante a Avaliação cognitiva e funcional no autismo (8)

Como_organizar_avaliacao_neuropsicologica2.ppt
Como_organizar_avaliacao_neuropsicologica2.pptComo_organizar_avaliacao_neuropsicologica2.ppt
Como_organizar_avaliacao_neuropsicologica2.ppt
 
Saresp - HUMANAS - História
Saresp - HUMANAS - HistóriaSaresp - HUMANAS - História
Saresp - HUMANAS - História
 
Pacto Nacional - Matemática
Pacto Nacional - MatemáticaPacto Nacional - Matemática
Pacto Nacional - Matemática
 
Palestra em 7 e 8 de julho no Pacto Nacional da Alfabetização
Palestra em 7 e 8 de julho no Pacto Nacional da AlfabetizaçãoPalestra em 7 e 8 de julho no Pacto Nacional da Alfabetização
Palestra em 7 e 8 de julho no Pacto Nacional da Alfabetização
 
Psicomotricidade; educação física e dança
Psicomotricidade; educação física e dançaPsicomotricidade; educação física e dança
Psicomotricidade; educação física e dança
 
Demonstração e Instrução 2017
Demonstração e Instrução 2017Demonstração e Instrução 2017
Demonstração e Instrução 2017
 
Dissertacao marcos antoniospinasse_2009
Dissertacao marcos antoniospinasse_2009Dissertacao marcos antoniospinasse_2009
Dissertacao marcos antoniospinasse_2009
 
Visual Analytics 101 - Princípios, práticas e ferramentas
Visual Analytics 101 - Princípios, práticas e ferramentasVisual Analytics 101 - Princípios, práticas e ferramentas
Visual Analytics 101 - Princípios, práticas e ferramentas
 

Mais de Marcus César Petindá Fonseca

Mais de Marcus César Petindá Fonseca (20)

Nervos cranianos paralisias associadas
Nervos cranianos  paralisias associadasNervos cranianos  paralisias associadas
Nervos cranianos paralisias associadas
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Nervos cranianos
 
Receptores musculares
Receptores muscularesReceptores musculares
Receptores musculares
 
Receptores musculares
Receptores muscularesReceptores musculares
Receptores musculares
 
Retardo mental
Retardo mentalRetardo mental
Retardo mental
 
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centraisSemiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centrais
 
Síndrome de dandy walker
Síndrome de dandy walkerSíndrome de dandy walker
Síndrome de dandy walker
 
Síndrome de doose
Síndrome de dooseSíndrome de doose
Síndrome de doose
 
Síndrome de dravet
Síndrome de dravetSíndrome de dravet
Síndrome de dravet
 
Síndrome de lennox gastaut
Síndrome de lennox gastautSíndrome de lennox gastaut
Síndrome de lennox gastaut
 
Síndrome de west
Síndrome de westSíndrome de west
Síndrome de west
 
Síndromes medulares
Síndromes medularesSíndromes medulares
Síndromes medulares
 
Síndromes neurocutâneas fabio
Síndromes neurocutâneas fabioSíndromes neurocutâneas fabio
Síndromes neurocutâneas fabio
 
Síndromes neurovegetativas
Síndromes neurovegetativasSíndromes neurovegetativas
Síndromes neurovegetativas
 
Tronco encefálico
Tronco encefálicoTronco encefálico
Tronco encefálico
 
Tumores espinhais
Tumores espinhaisTumores espinhais
Tumores espinhais
 
Tumores intracranianos
Tumores intracranianosTumores intracranianos
Tumores intracranianos
 
Veia galeno
Veia galenoVeia galeno
Veia galeno
 
Meninges
MeningesMeninges
Meninges
 
Líquor
LíquorLíquor
Líquor
 

Último

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
MayaraStefanydaSilva1
 

Último (6)

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
 

Avaliação cognitiva e funcional no autismo