SlideShare uma empresa Scribd logo
OS MÚSCULOS E OS 
RECEPTORES MUSCULARES 
Fundamentos da neurociência e do 
comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 
Capítulo 27 
R2 Neurologia – HBDF 
11/03/2010
Força muscular X comprimento muscular 
Três fatores 
◦ Comprimento inicial 
◦ Velocidade com que ocorre a alteração do 
comprimento 
◦ Cargas externas atuando em oposição ao 
movimento
Informação proprioceptiva 
Origina-se: 
◦ Fusos musculares 
◦ Órgãos tendinosos de Golgi 
Todos os níveis do sistema nervoso
Neurônio motor e todas as fibras que ele 
inerva – menor unidade funcional do 
sistema motor; 
Proporção de inervação: 
◦ Musculatura ocular extrínseca – 1:10 
◦ Musculatura da mão – 1:100 
◦ Gastrocnêmio– 1:2000 
Os músculos e os receptores 
musculares 
Unidade motora
Graduação da força muscular 
Modulação de freqüência 
◦ Quanto maior a freqüência, maior a força 
gerada; 
◦ Contrações voluntárias: 8-25 Hz; 
◦ Altas freqüências – relaxamento 
incompleto. 
Os músculos e os receptores 
musculares
Graduação da força muscular 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Os músculoseosreceptoresmusculares 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
Graduação da força muscular 
 Recrutamento em seqüência fixa 
◦ Quanto maior o número de unidades ativadas, maior a força 
exercida. 
◦ Três tipos de unidades motoras: 
 Rápida e fatigável (corpos celulares maiores); 
 Rápida e resistente à fadiga (corpos celulares 
intermediários); 
 Lenta e resistente à fadiga (corpos celulares 
pequenos). 
◦ Encontradas em todos os músculos, em diferentes 
proporções. 
Os músculos e os receptores 
musculares
Graduação da força muscular 
 Recrutamento em ordem fixa de acordo com o princípio 
de tamanho: 
Lenta e resistente à fadiga (corpos celulares pequenos) 
 
Rápida e resistente à fadiga (corpos celulares 
intermediários) 
 
Rápida e fatigável (corpos celulares maiores) 
Os músculos e os receptores 
musculares
Receptores musculares 
 Fusos musculares e órgão tendinosos de Golgi. 
◦ Fornecem informações sobre o estado mecânico do músculo, 
seu comprimento e grau de tensão. 
Os músculos e os receptores 
musculares 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
Receptores musculares 
 Fusos musculares 
◦ Localizados no corpo dos músculos, em paralelo com as 
fibras musculares; 
◦ Inervados: fibras Ia e II; 
◦ Entre 4 e 11mm; 
◦ Dois tipos: cadeia nuclear e aglomerado nuclear; 
◦ Informa sobre o comprimento do músculo, que varia em 
função do ângulo da articulação. 
Os músculos e os receptores 
musculares
Fuso muscular 
Os músculos e os receptores 
musculares 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
 Órgãostendinosos de Golgi: 
◦ Localizados na junção entre as fibras musculares e as 
tendinosas; 
◦ Inervados por fibras Ib; 
◦ Comprimento de 1mm e diâmetro de 0,1mm; 
◦ Informam sobre a tensão do músculo – destinam-se a 
proteger o músculo contra alongamento ou contração 
excessivas: as fibras Ib chegam à medula e estabelecem 
ligações inibitórias com o motoneurônio alfa. 
Os músculos e os receptores 
musculares 
Receptores musculares
Os músculos e os receptores 
musculares 
Órgãos tendinosos de Golgi 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
 Alongamento muscular 
◦ Músculo estirado: 
 Os aferentes do fuso muscular aumentam rapidamente a 
freqüencia de descarga; 
 Os aferentes do órgão tendinoso de Golgi pouco 
respondem. 
 Contração muscular 
◦ Músculo contraído: 
 Os aferentes de fuso muscular diminuem ou cessam a 
descarga; 
 Os aferentes do órgão tendinoso de Golgi aumentam 
rapidamente a freqüência de descarga. 
Os músculos e os receptores 
musculares 
Receptores musculares
Os músculos e os receptores 
musculares 
Receptores musculares 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
Terminações primárias x secundárias 
 Terminação sensitiva (ou aferente) primária: ligada ao 
fuso muscular de aglomerado nuclear – fibra Ia. 
◦ Mais sensíveis à velocidade de estiramento; 
◦ Acarretam descargas em alta freqüência, provocando 
contração brusca – resposta dinâmica ou reflexo de 
estiramento fásico. 
 Terminação sensitiva (ou aferente) secundária: ligada ao 
fuso de cadeia nuclear – fibra II. 
◦ Mais sensíveis à variação do estiramento (à mudança do 
comprimento do músculo – reflexo de estiramento tônico); 
◦ Fornecem informações sobre o comprimento estático do 
músculo. 
Os músculos e os receptores 
musculares
Os músculos e os receptores 
musculares 
Terminações primárias x secundárias 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
Os músculos e os receptores 
musculares 
Terminações primárias x secundárias 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
Co-ativação alfa e gama 
Os músculos e os receptores 
musculares 
Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. 
Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
Receptores musculares

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biomecânica
BiomecânicaBiomecânica
Biomecânica
Marco Antonio Araujo
 
S Nervoso Arco Reflexo
S Nervoso Arco ReflexoS Nervoso Arco Reflexo
S Nervoso Arco Reflexo
Cristina Vitória
 
Aula 9 Biomec Ossos e Articulação
Aula 9   Biomec Ossos e ArticulaçãoAula 9   Biomec Ossos e Articulação
Aula 9 Biomec Ossos e Articulação
Felipe P Carpes - Universidade Federal do Pampa
 
Introdução à anatomia do sistema locomotor
Introdução à anatomia do sistema locomotorIntrodução à anatomia do sistema locomotor
Introdução à anatomia do sistema locomotor
Caio Maximino
 
Sistema motor ii
Sistema motor iiSistema motor ii
Sistema motor ii
Natha Fisioterapia
 
Miologia2
Miologia2Miologia2
Receptores musculares
Receptores muscularesReceptores musculares
Receptores musculares
Marcus César Petindá Fonseca
 
Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia
Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologiaAula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia
Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia
Secretaria Municipal da Cidade do Rio de Janeiro
 
04 Sistema Muscular
04   Sistema Muscular04   Sistema Muscular
04 Sistema Muscular
Maxsuell Lopes
 
Siatema muscular
Siatema muscularSiatema muscular
Siatema muscular
Evandro Ceranto
 
Marcha
MarchaMarcha
Marcha
Diana Soares
 
Manuseios
ManuseiosManuseios
Anatomia Funcional.ppt
Anatomia Funcional.pptAnatomia Funcional.ppt
Anatomia Funcional.ppt
jlmasousa
 
Complexo articular do ombro
Complexo articular do ombroComplexo articular do ombro
Complexo articular do ombro
Natha Fisioterapia
 
Exame neurológico
Exame neurológicoExame neurológico
Exame neurológico
pauloalambert
 
Modulo 14
Modulo 14Modulo 14
Modulo 14
SemioOrto
 
Biomecânica do Joelho
Biomecânica do JoelhoBiomecânica do Joelho
Biomecânica do Joelho
Welisson Porto
 
Artrologia
ArtrologiaArtrologia
1.introducão a fisiologia
1.introducão a fisiologia1.introducão a fisiologia
1.introducão a fisiologia
Raimundo Bany
 
Manual-fita-kinesio-pdf
 Manual-fita-kinesio-pdf Manual-fita-kinesio-pdf
Manual-fita-kinesio-pdf
Claudia Pinto
 

Mais procurados (20)

Biomecânica
BiomecânicaBiomecânica
Biomecânica
 
S Nervoso Arco Reflexo
S Nervoso Arco ReflexoS Nervoso Arco Reflexo
S Nervoso Arco Reflexo
 
Aula 9 Biomec Ossos e Articulação
Aula 9   Biomec Ossos e ArticulaçãoAula 9   Biomec Ossos e Articulação
Aula 9 Biomec Ossos e Articulação
 
Introdução à anatomia do sistema locomotor
Introdução à anatomia do sistema locomotorIntrodução à anatomia do sistema locomotor
Introdução à anatomia do sistema locomotor
 
Sistema motor ii
Sistema motor iiSistema motor ii
Sistema motor ii
 
Miologia2
Miologia2Miologia2
Miologia2
 
Receptores musculares
Receptores muscularesReceptores musculares
Receptores musculares
 
Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia
Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologiaAula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia
Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia
 
04 Sistema Muscular
04   Sistema Muscular04   Sistema Muscular
04 Sistema Muscular
 
Siatema muscular
Siatema muscularSiatema muscular
Siatema muscular
 
Marcha
MarchaMarcha
Marcha
 
Manuseios
ManuseiosManuseios
Manuseios
 
Anatomia Funcional.ppt
Anatomia Funcional.pptAnatomia Funcional.ppt
Anatomia Funcional.ppt
 
Complexo articular do ombro
Complexo articular do ombroComplexo articular do ombro
Complexo articular do ombro
 
Exame neurológico
Exame neurológicoExame neurológico
Exame neurológico
 
Modulo 14
Modulo 14Modulo 14
Modulo 14
 
Biomecânica do Joelho
Biomecânica do JoelhoBiomecânica do Joelho
Biomecânica do Joelho
 
Artrologia
ArtrologiaArtrologia
Artrologia
 
1.introducão a fisiologia
1.introducão a fisiologia1.introducão a fisiologia
1.introducão a fisiologia
 
Manual-fita-kinesio-pdf
 Manual-fita-kinesio-pdf Manual-fita-kinesio-pdf
Manual-fita-kinesio-pdf
 

Destaque

Fisiologia: Contração e Controle Motor
Fisiologia: Contração e Controle MotorFisiologia: Contração e Controle Motor
Fisiologia: Contração e Controle Motor
Everton Henrique
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
Brendel Luis
 
Controle motor
Controle motorControle motor
Controle motor
Fabio Mazzola
 
Fisiología Muscular
Fisiología MuscularFisiología Muscular
Fisiología Muscular
Jorchiri
 
Cinesioterapia
CinesioterapiaCinesioterapia
Apostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basicaApostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basica
Natha Fisioterapia
 
Mapa motor
Mapa motorMapa motor
Mapa motor
Herta Janine
 
O. tendinoso de_golgi
O. tendinoso de_golgiO. tendinoso de_golgi
O. tendinoso de_golgi
Katty Dz
 
Parceria Aeroclube da Madeira/Fisiomadeira
Parceria Aeroclube da Madeira/FisiomadeiraParceria Aeroclube da Madeira/Fisiomadeira
Parceria Aeroclube da Madeira/Fisiomadeira
Aeroclube Madeira
 
Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...
Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...
Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...
Fernando Farias
 
Treinar até a falha concêntrica: sim ou não?
Treinar até a falha concêntrica:  sim ou não?Treinar até a falha concêntrica:  sim ou não?
Treinar até a falha concêntrica: sim ou não?
Fernando Farias
 
Injury Prevention for Football
Injury Prevention for FootballInjury Prevention for Football
Injury Prevention for Football
Dr. Josh Funk
 
Hamstring strain prevention in elite soccer players
Hamstring strain prevention in elite soccer playersHamstring strain prevention in elite soccer players
Hamstring strain prevention in elite soccer players
Fernando Farias
 
Nordic hamstring and hip extension training
Nordic hamstring and hip extension trainingNordic hamstring and hip extension training
Nordic hamstring and hip extension training
Fernando Farias
 
Recovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of Recovery
Recovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of RecoveryRecovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of Recovery
Recovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of Recovery
Fernando Farias
 
Eccentric overload training in team sports
Eccentric overload training in team sportsEccentric overload training in team sports
Eccentric overload training in team sports
Fernando Farias
 
Maximal sprinting speed of elite soccer players
Maximal sprinting speed of elite soccer playersMaximal sprinting speed of elite soccer players
Maximal sprinting speed of elite soccer players
Fernando Farias
 
ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...
ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...
ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...
Painezee Specialist
 
Prevención de lesiones en el fútbol
Prevención de lesiones en el fútbolPrevención de lesiones en el fútbol
Prevención de lesiones en el fútbol
Fernando Farias
 
Fisioterapia
FisioterapiaFisioterapia
Fisioterapia
Maurício Dias
 

Destaque (20)

Fisiologia: Contração e Controle Motor
Fisiologia: Contração e Controle MotorFisiologia: Contração e Controle Motor
Fisiologia: Contração e Controle Motor
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
 
Controle motor
Controle motorControle motor
Controle motor
 
Fisiología Muscular
Fisiología MuscularFisiología Muscular
Fisiología Muscular
 
Cinesioterapia
CinesioterapiaCinesioterapia
Cinesioterapia
 
Apostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basicaApostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basica
 
Mapa motor
Mapa motorMapa motor
Mapa motor
 
O. tendinoso de_golgi
O. tendinoso de_golgiO. tendinoso de_golgi
O. tendinoso de_golgi
 
Parceria Aeroclube da Madeira/Fisiomadeira
Parceria Aeroclube da Madeira/FisiomadeiraParceria Aeroclube da Madeira/Fisiomadeira
Parceria Aeroclube da Madeira/Fisiomadeira
 
Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...
Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...
Treinamento de força máxima x treinamento de potência: alterações no desempen...
 
Treinar até a falha concêntrica: sim ou não?
Treinar até a falha concêntrica:  sim ou não?Treinar até a falha concêntrica:  sim ou não?
Treinar até a falha concêntrica: sim ou não?
 
Injury Prevention for Football
Injury Prevention for FootballInjury Prevention for Football
Injury Prevention for Football
 
Hamstring strain prevention in elite soccer players
Hamstring strain prevention in elite soccer playersHamstring strain prevention in elite soccer players
Hamstring strain prevention in elite soccer players
 
Nordic hamstring and hip extension training
Nordic hamstring and hip extension trainingNordic hamstring and hip extension training
Nordic hamstring and hip extension training
 
Recovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of Recovery
Recovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of RecoveryRecovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of Recovery
Recovery in Soccer Part I – Post-Match Fatigue and Time Course of Recovery
 
Eccentric overload training in team sports
Eccentric overload training in team sportsEccentric overload training in team sports
Eccentric overload training in team sports
 
Maximal sprinting speed of elite soccer players
Maximal sprinting speed of elite soccer playersMaximal sprinting speed of elite soccer players
Maximal sprinting speed of elite soccer players
 
ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...
ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...
ZMPCAR051000.06.02 Recovery after high-intensity intermittent exercise in Eli...
 
Prevención de lesiones en el fútbol
Prevención de lesiones en el fútbolPrevención de lesiones en el fútbol
Prevención de lesiones en el fútbol
 
Fisioterapia
FisioterapiaFisioterapia
Fisioterapia
 

Semelhante a Receptores musculares

Aula6 neurologia
Aula6 neurologiaAula6 neurologia
Aula#12_Sistema_Nervoso_II.pdf
Aula#12_Sistema_Nervoso_II.pdfAula#12_Sistema_Nervoso_II.pdf
Aula#12_Sistema_Nervoso_II.pdf
GustavoArouche1
 
Aula 2 - Ergonomia
Aula 2 - ErgonomiaAula 2 - Ergonomia
Aula 2 fisiologia humana (2)
Aula 2   fisiologia humana (2)Aula 2   fisiologia humana (2)
Aula 2 fisiologia humana (2)
Daniel Moura
 
Fisiologia – neuromuscular 2
Fisiologia – neuromuscular 2Fisiologia – neuromuscular 2
Fisiologia – neuromuscular 2
Andréa Gonçalves Brandão
 
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptAula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
SuzyOliveira20
 
Cinesioterapia alunos
Cinesioterapia alunosCinesioterapia alunos
Cinesioterapia alunos
Isabela Luana
 
Fisiologia muscular
Fisiologia muscularFisiologia muscular
Fisiologia muscular
Margarete de Sousa
 
O sistema muscular
O sistema muscularO sistema muscular
O sistema muscular
Daniel Pereira
 
Palestra tenso atividade uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasil
Palestra tenso atividade  uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasilPalestra tenso atividade  uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasil
Palestra tenso atividade uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasil
www.dolordeespalda.cl www.icup.cl
 
A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...
A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...
A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...
Fisioterapeuta
 
O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)
Alexsandro Ribeiro
 
O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111
O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111
O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111
LryaGhan
 
Fisiologia neuromuscular 01
Fisiologia neuromuscular 01Fisiologia neuromuscular 01
Fisiologia neuromuscular 01
washington carlos vieira
 
Aula 9 Biomec Musculos E Ossos Parte 2
Aula 9  Biomec Musculos E Ossos Parte 2Aula 9  Biomec Musculos E Ossos Parte 2
Aula 9 Biomec Musculos E Ossos Parte 2
Felipe P Carpes - Universidade Federal do Pampa
 
4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx
4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx
4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx
Washington Luiz Lima
 
Osteopatia estrutural - CBO
Osteopatia estrutural - CBOOsteopatia estrutural - CBO
Osteopatia estrutural - CBO
Colégio Brasileiro de Osteopatia
 
Coluna cervical
Coluna cervicalColuna cervical
Coluna cervical
Natha Fisioterapia
 
Fisiologia muscular
Fisiologia muscularFisiologia muscular
Fisiologia muscular
Paulo José Dias Costa
 
Coluna lombar
Coluna lombarColuna lombar
Coluna lombar
Natha Fisioterapia
 

Semelhante a Receptores musculares (20)

Aula6 neurologia
Aula6 neurologiaAula6 neurologia
Aula6 neurologia
 
Aula#12_Sistema_Nervoso_II.pdf
Aula#12_Sistema_Nervoso_II.pdfAula#12_Sistema_Nervoso_II.pdf
Aula#12_Sistema_Nervoso_II.pdf
 
Aula 2 - Ergonomia
Aula 2 - ErgonomiaAula 2 - Ergonomia
Aula 2 - Ergonomia
 
Aula 2 fisiologia humana (2)
Aula 2   fisiologia humana (2)Aula 2   fisiologia humana (2)
Aula 2 fisiologia humana (2)
 
Fisiologia – neuromuscular 2
Fisiologia – neuromuscular 2Fisiologia – neuromuscular 2
Fisiologia – neuromuscular 2
 
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptAula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
 
Cinesioterapia alunos
Cinesioterapia alunosCinesioterapia alunos
Cinesioterapia alunos
 
Fisiologia muscular
Fisiologia muscularFisiologia muscular
Fisiologia muscular
 
O sistema muscular
O sistema muscularO sistema muscular
O sistema muscular
 
Palestra tenso atividade uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasil
Palestra tenso atividade  uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasilPalestra tenso atividade  uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasil
Palestra tenso atividade uma perspectiva cognitiva da dor lombar brasil
 
A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...
A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...
A interferência da alteração de tônus sobre a reabilitação fisioterapêutica a...
 
O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)O sistema muscular (1)
O sistema muscular (1)
 
O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111
O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111
O SISTEMA MUSCULAR.000000000011111111111
 
Fisiologia neuromuscular 01
Fisiologia neuromuscular 01Fisiologia neuromuscular 01
Fisiologia neuromuscular 01
 
Aula 9 Biomec Musculos E Ossos Parte 2
Aula 9  Biomec Musculos E Ossos Parte 2Aula 9  Biomec Musculos E Ossos Parte 2
Aula 9 Biomec Musculos E Ossos Parte 2
 
4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx
4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx
4SISTEMA MUSCULAR PDF OBJETIVO.pptx
 
Osteopatia estrutural - CBO
Osteopatia estrutural - CBOOsteopatia estrutural - CBO
Osteopatia estrutural - CBO
 
Coluna cervical
Coluna cervicalColuna cervical
Coluna cervical
 
Fisiologia muscular
Fisiologia muscularFisiologia muscular
Fisiologia muscular
 
Coluna lombar
Coluna lombarColuna lombar
Coluna lombar
 

Mais de Marcus César Petindá Fonseca

Nervos cranianos paralisias associadas
Nervos cranianos  paralisias associadasNervos cranianos  paralisias associadas
Nervos cranianos paralisias associadas
Marcus César Petindá Fonseca
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Retardo mental
Retardo mentalRetardo mental
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centraisSemiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndrome de dandy walker
Síndrome de dandy walkerSíndrome de dandy walker
Síndrome de dandy walker
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndrome de doose
Síndrome de dooseSíndrome de doose
Síndrome de doose
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndrome de dravet
Síndrome de dravetSíndrome de dravet
Síndrome de dravet
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndrome de lennox gastaut
Síndrome de lennox gastautSíndrome de lennox gastaut
Síndrome de lennox gastaut
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndrome de west
Síndrome de westSíndrome de west
Síndromes medulares
Síndromes medularesSíndromes medulares
Síndromes medulares
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndromes neurocutâneas fabio
Síndromes neurocutâneas fabioSíndromes neurocutâneas fabio
Síndromes neurocutâneas fabio
Marcus César Petindá Fonseca
 
Síndromes neurovegetativas
Síndromes neurovegetativasSíndromes neurovegetativas
Síndromes neurovegetativas
Marcus César Petindá Fonseca
 
Tronco encefálico
Tronco encefálicoTronco encefálico
Tronco encefálico
Marcus César Petindá Fonseca
 
Tumores espinhais
Tumores espinhaisTumores espinhais
Tumores intracranianos
Tumores intracranianosTumores intracranianos
Tumores intracranianos
Marcus César Petindá Fonseca
 
Veia galeno
Veia galenoVeia galeno
Meninges
MeningesMeninges
Líquor
LíquorLíquor
Incoordenação, desequilíbrio e tontura
Incoordenação, desequilíbrio e tonturaIncoordenação, desequilíbrio e tontura
Incoordenação, desequilíbrio e tontura
Marcus César Petindá Fonseca
 
Hidrocefalia congênita
Hidrocefalia congênitaHidrocefalia congênita
Hidrocefalia congênita
Marcus César Petindá Fonseca
 

Mais de Marcus César Petindá Fonseca (20)

Nervos cranianos paralisias associadas
Nervos cranianos  paralisias associadasNervos cranianos  paralisias associadas
Nervos cranianos paralisias associadas
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Nervos cranianos
 
Retardo mental
Retardo mentalRetardo mental
Retardo mental
 
Semiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centraisSemiologia das lesões periféricas e centrais
Semiologia das lesões periféricas e centrais
 
Síndrome de dandy walker
Síndrome de dandy walkerSíndrome de dandy walker
Síndrome de dandy walker
 
Síndrome de doose
Síndrome de dooseSíndrome de doose
Síndrome de doose
 
Síndrome de dravet
Síndrome de dravetSíndrome de dravet
Síndrome de dravet
 
Síndrome de lennox gastaut
Síndrome de lennox gastautSíndrome de lennox gastaut
Síndrome de lennox gastaut
 
Síndrome de west
Síndrome de westSíndrome de west
Síndrome de west
 
Síndromes medulares
Síndromes medularesSíndromes medulares
Síndromes medulares
 
Síndromes neurocutâneas fabio
Síndromes neurocutâneas fabioSíndromes neurocutâneas fabio
Síndromes neurocutâneas fabio
 
Síndromes neurovegetativas
Síndromes neurovegetativasSíndromes neurovegetativas
Síndromes neurovegetativas
 
Tronco encefálico
Tronco encefálicoTronco encefálico
Tronco encefálico
 
Tumores espinhais
Tumores espinhaisTumores espinhais
Tumores espinhais
 
Tumores intracranianos
Tumores intracranianosTumores intracranianos
Tumores intracranianos
 
Veia galeno
Veia galenoVeia galeno
Veia galeno
 
Meninges
MeningesMeninges
Meninges
 
Líquor
LíquorLíquor
Líquor
 
Incoordenação, desequilíbrio e tontura
Incoordenação, desequilíbrio e tonturaIncoordenação, desequilíbrio e tontura
Incoordenação, desequilíbrio e tontura
 
Hidrocefalia congênita
Hidrocefalia congênitaHidrocefalia congênita
Hidrocefalia congênita
 

Último

5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
AmaroAlmeidaChimbala
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
CatieleAlmeida1
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
marjoguedes1
 
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de suturaTipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
DelcioVumbuca
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
sula31
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
Luiz Henrique Pimentel Novais Silva
 
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdfVacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
rickriordan
 

Último (8)

5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
 
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de suturaTipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
 
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdfVacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
 

Receptores musculares

  • 1. OS MÚSCULOS E OS RECEPTORES MUSCULARES Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. Capítulo 27 R2 Neurologia – HBDF 11/03/2010
  • 2. Força muscular X comprimento muscular Três fatores ◦ Comprimento inicial ◦ Velocidade com que ocorre a alteração do comprimento ◦ Cargas externas atuando em oposição ao movimento
  • 3. Informação proprioceptiva Origina-se: ◦ Fusos musculares ◦ Órgãos tendinosos de Golgi Todos os níveis do sistema nervoso
  • 4. Neurônio motor e todas as fibras que ele inerva – menor unidade funcional do sistema motor; Proporção de inervação: ◦ Musculatura ocular extrínseca – 1:10 ◦ Musculatura da mão – 1:100 ◦ Gastrocnêmio– 1:2000 Os músculos e os receptores musculares Unidade motora
  • 5. Graduação da força muscular Modulação de freqüência ◦ Quanto maior a freqüência, maior a força gerada; ◦ Contrações voluntárias: 8-25 Hz; ◦ Altas freqüências – relaxamento incompleto. Os músculos e os receptores musculares
  • 6. Graduação da força muscular Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Os músculoseosreceptoresmusculares Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 7. Graduação da força muscular  Recrutamento em seqüência fixa ◦ Quanto maior o número de unidades ativadas, maior a força exercida. ◦ Três tipos de unidades motoras:  Rápida e fatigável (corpos celulares maiores);  Rápida e resistente à fadiga (corpos celulares intermediários);  Lenta e resistente à fadiga (corpos celulares pequenos). ◦ Encontradas em todos os músculos, em diferentes proporções. Os músculos e os receptores musculares
  • 8. Graduação da força muscular  Recrutamento em ordem fixa de acordo com o princípio de tamanho: Lenta e resistente à fadiga (corpos celulares pequenos)  Rápida e resistente à fadiga (corpos celulares intermediários)  Rápida e fatigável (corpos celulares maiores) Os músculos e os receptores musculares
  • 9. Receptores musculares  Fusos musculares e órgão tendinosos de Golgi. ◦ Fornecem informações sobre o estado mecânico do músculo, seu comprimento e grau de tensão. Os músculos e os receptores musculares Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 10. Receptores musculares  Fusos musculares ◦ Localizados no corpo dos músculos, em paralelo com as fibras musculares; ◦ Inervados: fibras Ia e II; ◦ Entre 4 e 11mm; ◦ Dois tipos: cadeia nuclear e aglomerado nuclear; ◦ Informa sobre o comprimento do músculo, que varia em função do ângulo da articulação. Os músculos e os receptores musculares
  • 11. Fuso muscular Os músculos e os receptores musculares Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 12.  Órgãostendinosos de Golgi: ◦ Localizados na junção entre as fibras musculares e as tendinosas; ◦ Inervados por fibras Ib; ◦ Comprimento de 1mm e diâmetro de 0,1mm; ◦ Informam sobre a tensão do músculo – destinam-se a proteger o músculo contra alongamento ou contração excessivas: as fibras Ib chegam à medula e estabelecem ligações inibitórias com o motoneurônio alfa. Os músculos e os receptores musculares Receptores musculares
  • 13. Os músculos e os receptores musculares Órgãos tendinosos de Golgi Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 14.  Alongamento muscular ◦ Músculo estirado:  Os aferentes do fuso muscular aumentam rapidamente a freqüencia de descarga;  Os aferentes do órgão tendinoso de Golgi pouco respondem.  Contração muscular ◦ Músculo contraído:  Os aferentes de fuso muscular diminuem ou cessam a descarga;  Os aferentes do órgão tendinoso de Golgi aumentam rapidamente a freqüência de descarga. Os músculos e os receptores musculares Receptores musculares
  • 15. Os músculos e os receptores musculares Receptores musculares Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 16. Terminações primárias x secundárias  Terminação sensitiva (ou aferente) primária: ligada ao fuso muscular de aglomerado nuclear – fibra Ia. ◦ Mais sensíveis à velocidade de estiramento; ◦ Acarretam descargas em alta freqüência, provocando contração brusca – resposta dinâmica ou reflexo de estiramento fásico.  Terminação sensitiva (ou aferente) secundária: ligada ao fuso de cadeia nuclear – fibra II. ◦ Mais sensíveis à variação do estiramento (à mudança do comprimento do músculo – reflexo de estiramento tônico); ◦ Fornecem informações sobre o comprimento estático do músculo. Os músculos e os receptores musculares
  • 17. Os músculos e os receptores musculares Terminações primárias x secundárias Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 18. Os músculos e os receptores musculares Terminações primárias x secundárias Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.
  • 19. Co-ativação alfa e gama Os músculos e os receptores musculares Os músculos e os receptores musculares. Fundamentos da neurociência e do comportamento. Kandel, Schwartz, Jessell. 2000. Cap 27.