SlideShare uma empresa Scribd logo
Mauro Martins 9º 8 nrº15
 Classificação de algumas decisões a tomar na gestão de stocks, por 
categorias e subcategorias: 
 Periodicidade: 
-Encomenda única; 
-Mais de uma encomenda. 
 Origem: 
-Exterior ao fornecedor; 
-Do fornecedor. 
 Procura: 
-Procura constante; 
-Procura variável; 
-Procura independente; 
-Procura dependente.
 Lead time ou tempo de aprovisionamento: 
-Lead time constante; 
-Lead time variável. 
 Sistemas de gestão de stocks: 
-Revisão contínua; 
-Revisão periódica; 
-MRP; 
-DRP; 
-Quantidade ótima de encomenda.
1.Os stocks necessários à fabricação, matérias-primas, protótipos, 
peças especiais subcontratadas, peças normalizadas, peças 
intermédias fabricadas pela empresa; 
2. As peças de substituição para o parque de máquinas, ferramentas 
especiais, ferramentas e materiais consumíveis, produtos para a 
manutenção de edifícios; 
3. Os stocks dos produtos em curso de fabricação, isto é, os stocks 
entre as diferentes fases do processo produtivo (entre postos de 
trabalho); 
4. Os stocks de produtos acabados; 
 Os stocks constituem simultaneamente uma necessidade e um 
pesado constrangimento financeiro. 
 Em média, o custo anual dos stocks representa 25% a 35% do 
capital imobilizado.
 Para além de uma gestão de artigos e suas variações (cores, 
tamanhos, etc.), são ainda disponibilizados vários mecanismos 
para uma gestão adequada de artigos em armazém, 
nomeadamente: 
-Criação de códigos de artigos automática e ficha completa com 4 
linhas de preço; 
-Gestão de stock de artigos com cores e tamanhos, e emissão de 
relatórios descriminando quantidades por cor e tamanho; 
-Controlo de artigos com envio de avisos automáticos de artigos em 
rutura de stock (stock mínimo e real);
-Gestão de contas correntes de fornecedores; 
-Registo de entradas e saídas em stock com emissão de ticket com 
valores de trocos e pagamentos a fornecedores; 
-Atualização do Preço de Custo Último; 
- Gestão de lotes/rastreabilidade.
 O stock de segurança é determinado diretamente através de 
previsões. Não conseguindo serem estas previsões absolutamente 
exatas, o stock de segurança irá funcionar como uma proteção 
quando a procura atinge valores superiores ao esperado. Como foi 
referido anteriormente as principais variáveis a ter em conta são a 
procura e o tempo de aprovisionamento designado também por 
prazo de entrega. É nestas variáveis que o stock de segurança irá 
desempenhar um papel fundamental na medida em que a 
satisfação da procura terá que ser garantida nas situações em que 
o prazo de aprovisionamento é superior ao valor médio previsto, a 
procura é superior ao valor médio previsto e no caso de as duas 
situações acontecerem simultaneamente ). É ainda importante 
referir a relação direta existente entre o aumento dos stocks de 
segurança .
-Aumento dos custos de rutura e dos níveis de serviço; 
-Descida dos custos de posse; 
-Maiores variações na procura; 
-Maiores variações no prazo de entrega (tempo de aprovisionamento).
 Gestão de stocks ou Administração de estoques é uma área 
da administração das empresas, pois o desempenho nesta área 
tem reflexos imediatos nos resultados comerciais e financeiros da 
empresa. 
 O indicador económico stock out, mede quantas vezes ou quantos 
dias um dado produto em stock, atinge o saldo zero.
 O objetivo da gestão de stocks envolve a determinação de três 
decisões principais: 
-Quanto encomendar, 
-Quando encomendar; 
-Quantidade de stock de segurança que se deve manter para que 
cada artigo assegure um nível de serviço satisfatório para o cliente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aprovisionamento jp
Aprovisionamento  jpAprovisionamento  jp
Aprovisionamento jp
Joao Silva
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
cv143b
 
Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.
Soraia Cardozo
 
Stocks com imagens
Stocks com imagens Stocks com imagens
Stocks com imagens
sandrabacky
 
O que é o aprovisionamento
O que é o aprovisionamentoO que é o aprovisionamento
O que é o aprovisionamento
cv143b
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
qemadonaaa
 
3ºTrabalho - aprovisionamento
3ºTrabalho - aprovisionamento3ºTrabalho - aprovisionamento
3ºTrabalho - aprovisionamento
cmalanho
 
Power point armazenamento (sm)
Power point   armazenamento (sm)Power point   armazenamento (sm)
Power point armazenamento (sm)
jorgecs6
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
warier96
 
Gestão de stocks
Gestão de stocksGestão de stocks
Gestão de stocks
MigazzLuis
 
Custo de stocks
Custo de stocksCusto de stocks
Custo de stocks
Sabertoth613
 
Gestão de stocks fláá
Gestão de stocks   flááGestão de stocks   fláá
Gestão de stocks fláá
flaaviosoares
 
Gestão de stocks
Gestão de stocksGestão de stocks
Gestão de stocks
Soraia Cardozo
 
Gestão de Stocks
 Gestão de Stocks  Gestão de Stocks
Gestão de Stocks
Tatianadizz99
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
Eliana Valente
 
Gestao de stocks
Gestao de stocksGestao de stocks
Gestao de stocks
warier96
 
Aprovisionamento
Aprovisionamento Aprovisionamento
Aprovisionamento
MarisaNobrega
 
Gestão de Stocks
Gestão de StocksGestão de Stocks
Gestão de Stocks
diogovelez
 
O aprovisionamento gestão de stocks final
O aprovisionamento gestão de stocks finalO aprovisionamento gestão de stocks final
O aprovisionamento gestão de stocks final
joaoprates
 

Mais procurados (19)

Aprovisionamento jp
Aprovisionamento  jpAprovisionamento  jp
Aprovisionamento jp
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.
 
Stocks com imagens
Stocks com imagens Stocks com imagens
Stocks com imagens
 
O que é o aprovisionamento
O que é o aprovisionamentoO que é o aprovisionamento
O que é o aprovisionamento
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
3ºTrabalho - aprovisionamento
3ºTrabalho - aprovisionamento3ºTrabalho - aprovisionamento
3ºTrabalho - aprovisionamento
 
Power point armazenamento (sm)
Power point   armazenamento (sm)Power point   armazenamento (sm)
Power point armazenamento (sm)
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Gestão de stocks
Gestão de stocksGestão de stocks
Gestão de stocks
 
Custo de stocks
Custo de stocksCusto de stocks
Custo de stocks
 
Gestão de stocks fláá
Gestão de stocks   flááGestão de stocks   fláá
Gestão de stocks fláá
 
Gestão de stocks
Gestão de stocksGestão de stocks
Gestão de stocks
 
Gestão de Stocks
 Gestão de Stocks  Gestão de Stocks
Gestão de Stocks
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Gestao de stocks
Gestao de stocksGestao de stocks
Gestao de stocks
 
Aprovisionamento
Aprovisionamento Aprovisionamento
Aprovisionamento
 
Gestão de Stocks
Gestão de StocksGestão de Stocks
Gestão de Stocks
 
O aprovisionamento gestão de stocks final
O aprovisionamento gestão de stocks finalO aprovisionamento gestão de stocks final
O aprovisionamento gestão de stocks final
 

Destaque

Eduarda Mendes Módulo 2
Eduarda Mendes Módulo 2Eduarda Mendes Módulo 2
Eduarda Mendes Módulo 2
cv143b
 
O que é aprovisionamento
O que é aprovisionamento O que é aprovisionamento
O que é aprovisionamento
jammescabral96
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
Claudiasofiamaciel
 
Talita andrade voc.143 b
Talita andrade voc.143 bTalita andrade voc.143 b
Talita andrade voc.143 b
cv143b
 
Modulo 2 maria morais
Modulo 2 maria moraisModulo 2 maria morais
Modulo 2 maria morais
cv143b
 
O aprovisionamento
O aprovisionamentoO aprovisionamento
O aprovisionamento
DiogoHFrancisco
 
Modulo 2
Modulo 2Modulo 2
Modulo 2
cv143b
 
Power point armazenamento (sm)
Power point   armazenamento (sm)Power point   armazenamento (sm)
Power point armazenamento (sm)
flaaviosoares
 
Talita Andrade voc.143 B
Talita Andrade voc.143 BTalita Andrade voc.143 B
Talita Andrade voc.143 B
cv143b
 
Aprovisionamento
Aprovisionamento Aprovisionamento
Aprovisionamento
tsmesh
 
Gengester
GengesterGengester
Gengester
cv143b
 
Aprovisionamento 120120100444-phpapp02
Aprovisionamento 120120100444-phpapp02Aprovisionamento 120120100444-phpapp02
Aprovisionamento 120120100444-phpapp02
DanielTiagoR
 
Novo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power pointNovo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power point
cv143b
 
Bk
BkBk
Bk
cv143b
 
Aprovisionamento 26
Aprovisionamento 26Aprovisionamento 26
Aprovisionamento 26
Afonso Barrisco
 
Aprovisionamento new
Aprovisionamento newAprovisionamento new
Aprovisionamento new
Bruno Rosa
 
Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.
Soraia Cardozo
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
Beatriz123Letras
 
Aprovesionamento imagens
Aprovesionamento imagensAprovesionamento imagens
Aprovesionamento imagens
Bruno Rosa
 
O Aprovisionamento: Gestão de Stocks
O Aprovisionamento: Gestão de Stocks O Aprovisionamento: Gestão de Stocks
O Aprovisionamento: Gestão de Stocks
MigazzLuis
 

Destaque (20)

Eduarda Mendes Módulo 2
Eduarda Mendes Módulo 2Eduarda Mendes Módulo 2
Eduarda Mendes Módulo 2
 
O que é aprovisionamento
O que é aprovisionamento O que é aprovisionamento
O que é aprovisionamento
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Talita andrade voc.143 b
Talita andrade voc.143 bTalita andrade voc.143 b
Talita andrade voc.143 b
 
Modulo 2 maria morais
Modulo 2 maria moraisModulo 2 maria morais
Modulo 2 maria morais
 
O aprovisionamento
O aprovisionamentoO aprovisionamento
O aprovisionamento
 
Modulo 2
Modulo 2Modulo 2
Modulo 2
 
Power point armazenamento (sm)
Power point   armazenamento (sm)Power point   armazenamento (sm)
Power point armazenamento (sm)
 
Talita Andrade voc.143 B
Talita Andrade voc.143 BTalita Andrade voc.143 B
Talita Andrade voc.143 B
 
Aprovisionamento
Aprovisionamento Aprovisionamento
Aprovisionamento
 
Gengester
GengesterGengester
Gengester
 
Aprovisionamento 120120100444-phpapp02
Aprovisionamento 120120100444-phpapp02Aprovisionamento 120120100444-phpapp02
Aprovisionamento 120120100444-phpapp02
 
Novo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power pointNovo apresentação do microsoft power point
Novo apresentação do microsoft power point
 
Bk
BkBk
Bk
 
Aprovisionamento 26
Aprovisionamento 26Aprovisionamento 26
Aprovisionamento 26
 
Aprovisionamento new
Aprovisionamento newAprovisionamento new
Aprovisionamento new
 
Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.Aprovisionamento power point.
Aprovisionamento power point.
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Aprovesionamento imagens
Aprovesionamento imagensAprovesionamento imagens
Aprovesionamento imagens
 
O Aprovisionamento: Gestão de Stocks
O Aprovisionamento: Gestão de Stocks O Aprovisionamento: Gestão de Stocks
O Aprovisionamento: Gestão de Stocks
 

Semelhante a Aprovisionamento mauro 9º cv

o aprovisionamento
o aprovisionamentoo aprovisionamento
o aprovisionamento
Nicole Bettencourt
 
Erick venancio 9º8
Erick venancio 9º8Erick venancio 9º8
Erick venancio 9º8
erickv99
 
Gestão de stocks
Gestão de stocks Gestão de stocks
Gestão de stocks
Bruno Andrade
 
Gestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalhoGestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalho
jorgecs6
 
Beatriz 9º6
Beatriz 9º6Beatriz 9º6
Beatriz 9º6
Beatriz123Letras
 
Gabriela 9º6
Gabriela 9º6Gabriela 9º6
Gabriela 9º6
Gabi1994Dinis
 
2º trabalho jorge madeira
2º trabalho  jorge  madeira2º trabalho  jorge  madeira
2º trabalho jorge madeira
warier96
 
Estoque
Estoque Estoque
Estoque
Laercio27
 
Controlar estoques, uma necessidade
Controlar estoques, uma necessidadeControlar estoques, uma necessidade
Controlar estoques, uma necessidade
Pedro Palma
 
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.pptAbraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
AndersonBarbosa629031
 
Gestão de stocks4º
Gestão de stocks4ºGestão de stocks4º
Gestão de stocks4º
João Barata
 
Gestão de stocks4º
Gestão de stocks4ºGestão de stocks4º
Gestão de stocks4º
João Barata
 
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
carlosdenilson3
 
Gest estoques1
Gest estoques1Gest estoques1
Gest estoques1
Carlos Melo
 
Gestão de Materiais e de Stocks
Gestão de Materiais e de StocksGestão de Materiais e de Stocks
Gestão de Materiais e de Stocks
CLT Valuebased Services
 
Slideshare
SlideshareSlideshare
Gestão da Produção
Gestão da ProduçãoGestão da Produção
Gestão da Produção
zbam
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
joaocgoulart
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
tiaguinho1
 

Semelhante a Aprovisionamento mauro 9º cv (20)

o aprovisionamento
o aprovisionamentoo aprovisionamento
o aprovisionamento
 
Erick venancio 9º8
Erick venancio 9º8Erick venancio 9º8
Erick venancio 9º8
 
Gestão de stocks
Gestão de stocks Gestão de stocks
Gestão de stocks
 
Gestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalhoGestao stock4º trabalho
Gestao stock4º trabalho
 
Beatriz 9º6
Beatriz 9º6Beatriz 9º6
Beatriz 9º6
 
Gabriela 9º6
Gabriela 9º6Gabriela 9º6
Gabriela 9º6
 
2º trabalho jorge madeira
2º trabalho  jorge  madeira2º trabalho  jorge  madeira
2º trabalho jorge madeira
 
Estoque
Estoque Estoque
Estoque
 
Controlar estoques, uma necessidade
Controlar estoques, uma necessidadeControlar estoques, uma necessidade
Controlar estoques, uma necessidade
 
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.pptAbraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
Abraao Conceitos de gestao de estoques.ppt
 
Gestão de stocks4º
Gestão de stocks4ºGestão de stocks4º
Gestão de stocks4º
 
Gestão de stocks4º
Gestão de stocks4ºGestão de stocks4º
Gestão de stocks4º
 
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria01-estoques1. produtivo que traz melhoria
01-estoques1. produtivo que traz melhoria
 
Gest estoques1
Gest estoques1Gest estoques1
Gest estoques1
 
Gestão de Materiais e de Stocks
Gestão de Materiais e de StocksGestão de Materiais e de Stocks
Gestão de Materiais e de Stocks
 
Slideshare
SlideshareSlideshare
Slideshare
 
Gestão da Produção
Gestão da ProduçãoGestão da Produção
Gestão da Produção
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 

Mais de mauromartins1999

Mauro comercioooo
Mauro comerciooooMauro comercioooo
Mauro comercioooo
mauromartins1999
 
Atendimento telefonico
Atendimento telefonicoAtendimento telefonico
Atendimento telefonico
mauromartins1999
 
Tecnicas de atendimento
Tecnicas de atendimentoTecnicas de atendimento
Tecnicas de atendimento
mauromartins1999
 
Perfil e funçoes mauro
Perfil e funçoes mauroPerfil e funçoes mauro
Perfil e funçoes mauro
mauromartins1999
 
ASSERTIVIDADE
ASSERTIVIDADEASSERTIVIDADE
ASSERTIVIDADE
mauromartins1999
 
Documentação Comercial
Documentação ComercialDocumentação Comercial
Documentação Comercial
mauromartins1999
 
Atendimento em serviço pós venda
Atendimento em serviço pós venda Atendimento em serviço pós venda
Atendimento em serviço pós venda
mauromartins1999
 
Atendimento telefónico
Atendimento telefónico Atendimento telefónico
Atendimento telefónico
mauromartins1999
 
O atendimento presencial
O atendimento presencialO atendimento presencial
O atendimento presencial
mauromartins1999
 
Perfil e funções do atendedor profissional
Perfil e funções do atendedor profissionalPerfil e funções do atendedor profissional
Perfil e funções do atendedor profissional
mauromartins1999
 
Assertividade mauro
Assertividade mauroAssertividade mauro
Assertividade mauro
mauromartins1999
 
Mauroooo
MaurooooMauroooo
Yui (1)
Yui (1)Yui (1)
tecnicas de mershandising
tecnicas de mershandising tecnicas de mershandising
tecnicas de mershandising
mauromartins1999
 
Aprovisionamento mauro 9º cv
Aprovisionamento mauro 9º cvAprovisionamento mauro 9º cv
Aprovisionamento mauro 9º cv
mauromartins1999
 

Mais de mauromartins1999 (15)

Mauro comercioooo
Mauro comerciooooMauro comercioooo
Mauro comercioooo
 
Atendimento telefonico
Atendimento telefonicoAtendimento telefonico
Atendimento telefonico
 
Tecnicas de atendimento
Tecnicas de atendimentoTecnicas de atendimento
Tecnicas de atendimento
 
Perfil e funçoes mauro
Perfil e funçoes mauroPerfil e funçoes mauro
Perfil e funçoes mauro
 
ASSERTIVIDADE
ASSERTIVIDADEASSERTIVIDADE
ASSERTIVIDADE
 
Documentação Comercial
Documentação ComercialDocumentação Comercial
Documentação Comercial
 
Atendimento em serviço pós venda
Atendimento em serviço pós venda Atendimento em serviço pós venda
Atendimento em serviço pós venda
 
Atendimento telefónico
Atendimento telefónico Atendimento telefónico
Atendimento telefónico
 
O atendimento presencial
O atendimento presencialO atendimento presencial
O atendimento presencial
 
Perfil e funções do atendedor profissional
Perfil e funções do atendedor profissionalPerfil e funções do atendedor profissional
Perfil e funções do atendedor profissional
 
Assertividade mauro
Assertividade mauroAssertividade mauro
Assertividade mauro
 
Mauroooo
MaurooooMauroooo
Mauroooo
 
Yui (1)
Yui (1)Yui (1)
Yui (1)
 
tecnicas de mershandising
tecnicas de mershandising tecnicas de mershandising
tecnicas de mershandising
 
Aprovisionamento mauro 9º cv
Aprovisionamento mauro 9º cvAprovisionamento mauro 9º cv
Aprovisionamento mauro 9º cv
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 

Aprovisionamento mauro 9º cv

  • 1. Mauro Martins 9º 8 nrº15
  • 2.  Classificação de algumas decisões a tomar na gestão de stocks, por categorias e subcategorias:  Periodicidade: -Encomenda única; -Mais de uma encomenda.  Origem: -Exterior ao fornecedor; -Do fornecedor.  Procura: -Procura constante; -Procura variável; -Procura independente; -Procura dependente.
  • 3.  Lead time ou tempo de aprovisionamento: -Lead time constante; -Lead time variável.  Sistemas de gestão de stocks: -Revisão contínua; -Revisão periódica; -MRP; -DRP; -Quantidade ótima de encomenda.
  • 4. 1.Os stocks necessários à fabricação, matérias-primas, protótipos, peças especiais subcontratadas, peças normalizadas, peças intermédias fabricadas pela empresa; 2. As peças de substituição para o parque de máquinas, ferramentas especiais, ferramentas e materiais consumíveis, produtos para a manutenção de edifícios; 3. Os stocks dos produtos em curso de fabricação, isto é, os stocks entre as diferentes fases do processo produtivo (entre postos de trabalho); 4. Os stocks de produtos acabados;  Os stocks constituem simultaneamente uma necessidade e um pesado constrangimento financeiro.  Em média, o custo anual dos stocks representa 25% a 35% do capital imobilizado.
  • 5.  Para além de uma gestão de artigos e suas variações (cores, tamanhos, etc.), são ainda disponibilizados vários mecanismos para uma gestão adequada de artigos em armazém, nomeadamente: -Criação de códigos de artigos automática e ficha completa com 4 linhas de preço; -Gestão de stock de artigos com cores e tamanhos, e emissão de relatórios descriminando quantidades por cor e tamanho; -Controlo de artigos com envio de avisos automáticos de artigos em rutura de stock (stock mínimo e real);
  • 6. -Gestão de contas correntes de fornecedores; -Registo de entradas e saídas em stock com emissão de ticket com valores de trocos e pagamentos a fornecedores; -Atualização do Preço de Custo Último; - Gestão de lotes/rastreabilidade.
  • 7.  O stock de segurança é determinado diretamente através de previsões. Não conseguindo serem estas previsões absolutamente exatas, o stock de segurança irá funcionar como uma proteção quando a procura atinge valores superiores ao esperado. Como foi referido anteriormente as principais variáveis a ter em conta são a procura e o tempo de aprovisionamento designado também por prazo de entrega. É nestas variáveis que o stock de segurança irá desempenhar um papel fundamental na medida em que a satisfação da procura terá que ser garantida nas situações em que o prazo de aprovisionamento é superior ao valor médio previsto, a procura é superior ao valor médio previsto e no caso de as duas situações acontecerem simultaneamente ). É ainda importante referir a relação direta existente entre o aumento dos stocks de segurança .
  • 8. -Aumento dos custos de rutura e dos níveis de serviço; -Descida dos custos de posse; -Maiores variações na procura; -Maiores variações no prazo de entrega (tempo de aprovisionamento).
  • 9.  Gestão de stocks ou Administração de estoques é uma área da administração das empresas, pois o desempenho nesta área tem reflexos imediatos nos resultados comerciais e financeiros da empresa.  O indicador económico stock out, mede quantas vezes ou quantos dias um dado produto em stock, atinge o saldo zero.
  • 10.  O objetivo da gestão de stocks envolve a determinação de três decisões principais: -Quanto encomendar, -Quando encomendar; -Quantidade de stock de segurança que se deve manter para que cada artigo assegure um nível de serviço satisfatório para o cliente.