SlideShare uma empresa Scribd logo
Algumas
considerações
sobre a infância e
as políticas de
educação infantil
Professor Ulisses VakirtzisMaria Letícia Nascimento
Pensar a infância no Brasil significa considerar
diferentes grupos de crianças, cujas vidas e
oportunidades, na maior parte das vezes, são
determinadas por diferentes condições econômicas e
sociais.
ECA 90 CF 88
CONVENÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS 1989
GRAU DE POBREZA
GÊNERO
ETNIA
POUCA IDADE
A infância deve ser compreendida como uma
forma estrutural de qualquer sociedade, e como
tal,
“é conceitualmente comparável com o
conceito de classe, no sentido da definição
das características pelas quais os membros,
por assim dizer, da infância estão
organizados, e pela posição da infância
assinalada por grupos sociais, mais
dominantes (adultos).”
Qvortrup
A organização social utiliza o
aspecto biológico para definir
socialmente o lugar da infância e,
dessa forma, os relacionamentos
entre os adultos e as crianças
envolvem tanto o exercício de poder
quanto a expressão do amor.
Gunilla Dahlberg
(...) as crianças passam de um reconhecimento
como seres universais, frágeis imaturos, para
tornarem-se pessoas concretas e
contextualizadas, submetidas aos mesmos
problemas que atingem o grupo social que
fazem parte.
Sociologia da infância
Creches Reggio Emilia
Década de 90
SOCIOLOGIA DA INFÂNCIA
REGGIO EMILIA
CF/88: direito da criança, dever
do Estado e da Família
LDB 9394/96: primeira etapa da
educação básica
Atenção com relação as
crianças de 0 a 3 anos
Dever do Estado em atender à
demanda por creches;
Ampliar convênios com
instituições não governamentais,
filantrópicas ou assistenciais.
CRECHES CONVENIADAS
(...)devem ser uma alternativa
provisória, com sistema regular de
acompanhamento, controle e
supervisão na forma de apoio técnico-
pedagógico para garantir que
correspondam ao padrão mínimo de
qualidade indicado na legislação.
PEDAGOGIA DA INFÂNCIA
(...) a organização dos espaços e
dos tempos que privilegia a
brincadeira e a voz das crianças,
coconstrutoras de seus
processos de desenvolvimento, de
aprendizagem e de socialização.
2. algumas considerações sobre a infância e as políticas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A crianca em desenvolvimento helen bee
A crianca em desenvolvimento   helen beeA crianca em desenvolvimento   helen bee
A crianca em desenvolvimento helen bee
Karina Regy
 
Literatura infantil eli 2013 1
Literatura infantil eli 2013 1Literatura infantil eli 2013 1
Literatura infantil eli 2013 1
rosanafpontes
 
A criança e a infância
A criança e a infância A criança e a infância
A criança e a infância
Vanessa Nogueira
 
RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014
Jacqueline Campos
 
Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2
Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2
Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2
adelitalf
 
9.resolução cne ceb nº 5 2009
9.resolução cne ceb nº 5 20099.resolução cne ceb nº 5 2009
9.resolução cne ceb nº 5 2009
Ulisses Vakirtzis
 
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertasLivro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Edilson A. Souza
 
O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão
O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão
O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão
Gabrielle Silva
 
As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...
Marilia Pires
 
A historia da criança e da familia aries
A historia da  criança e da familia   ariesA historia da  criança e da familia   aries
A historia da criança e da familia aries
Daniele Rubim
 
Primeira Infância - Olhares e Desafios
Primeira Infância - Olhares e DesafiosPrimeira Infância - Olhares e Desafios
Primeira Infância - Olhares e Desafios
ACTEBA
 
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Clarisse Bueno
 
leitura-e-literatura-na-infancia.ppt
leitura-e-literatura-na-infancia.pptleitura-e-literatura-na-infancia.ppt
leitura-e-literatura-na-infancia.ppt
SoniaMaia18
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
Fatinha Bretas
 
Aula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedade
Aula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedadeAula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedade
Aula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedade
Ana Filadelfi
 
A infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempoA infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempo
Mary Santos
 
Comentario Sobre Eca
Comentario Sobre  EcaComentario Sobre  Eca
Comentario Sobre Eca
guest9fe2149
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
marlene_herter
 
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Educação Infantil
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Anaí Peña
 

Mais procurados (20)

A crianca em desenvolvimento helen bee
A crianca em desenvolvimento   helen beeA crianca em desenvolvimento   helen bee
A crianca em desenvolvimento helen bee
 
Literatura infantil eli 2013 1
Literatura infantil eli 2013 1Literatura infantil eli 2013 1
Literatura infantil eli 2013 1
 
A criança e a infância
A criança e a infância A criança e a infância
A criança e a infância
 
RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014
 
Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2
Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2
Parâmetros de qualidade para a educação i nfantil vol.2
 
9.resolução cne ceb nº 5 2009
9.resolução cne ceb nº 5 20099.resolução cne ceb nº 5 2009
9.resolução cne ceb nº 5 2009
 
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertasLivro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
Livro - literatura infantil construção, recepção e descobertas
 
O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão
O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão
O Papel do Brinquedo no Desenvolvimento - Pontos de Reflexão
 
As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...
 
A historia da criança e da familia aries
A historia da  criança e da familia   ariesA historia da  criança e da familia   aries
A historia da criança e da familia aries
 
Primeira Infância - Olhares e Desafios
Primeira Infância - Olhares e DesafiosPrimeira Infância - Olhares e Desafios
Primeira Infância - Olhares e Desafios
 
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil Vol 3
 
leitura-e-literatura-na-infancia.ppt
leitura-e-literatura-na-infancia.pptleitura-e-literatura-na-infancia.ppt
leitura-e-literatura-na-infancia.ppt
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
 
Aula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedade
Aula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedadeAula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedade
Aula 10 O adolescente na escola, na família e na sociedade
 
A infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempoA infância ao longo do tempo
A infância ao longo do tempo
 
Comentario Sobre Eca
Comentario Sobre  EcaComentario Sobre  Eca
Comentario Sobre Eca
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
 
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
 

Destaque

Política Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. InfantilPolítica Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. Infantil
Lílian Reis
 
Reggio Emilia powerpoint
Reggio Emilia powerpointReggio Emilia powerpoint
Reggio Emilia powerpoint
Laura McGuire
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
Jose Wilson Melo
 
Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22
Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22
Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22
Marcia Gomes
 
Melhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu Caputo
Melhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu CaputoMelhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu Caputo
Melhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu Caputo
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
As meninas
As meninasAs meninas
As meninas
jianuvem
 
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
Fernando Giorgetti
 
Trabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego Velazquez
Trabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego VelazquezTrabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego Velazquez
Trabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego Velazquez
Fábio Zündler
 
Um pátio para sonhar...
Um pátio para sonhar...Um pátio para sonhar...
Um pátio para sonhar...
jessica
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
Escola Jovem
 
Slide seminário
Slide seminárioSlide seminário
Slide seminário
Silvana Menezes
 
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Valeria Faria
 
Financiamento e Gestão da Educação Publíca
Financiamento e Gestão da Educação PublícaFinanciamento e Gestão da Educação Publíca
Financiamento e Gestão da Educação Publíca
Iasmin Marinho
 
Mídia e infância aula 1
Mídia e infância aula 1Mídia e infância aula 1
Mídia e infância aula 1
UFCG
 
Uso de imagem em sala de aula
Uso de imagem em sala de aulaUso de imagem em sala de aula
Uso de imagem em sala de aula
Jeca Tatu
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
Edneide Lima
 
Histórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infânciasHistórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infâncias
Taís Ferreira
 
Modelo Reggio-Emilia
Modelo Reggio-EmiliaModelo Reggio-Emilia
Modelo Reggio-Emilia
Carolina Barragan
 
As principais politicas públicas
As principais politicas públicasAs principais politicas públicas
As principais politicas públicas
Sonia Memoria
 
Planejando a alfabetização unidade 6
Planejando  a alfabetização   unidade 6Planejando  a alfabetização   unidade 6
Planejando a alfabetização unidade 6
Rosemary Batista
 

Destaque (20)

Política Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. InfantilPolítica Nacional da Ed. Infantil
Política Nacional da Ed. Infantil
 
Reggio Emilia powerpoint
Reggio Emilia powerpointReggio Emilia powerpoint
Reggio Emilia powerpoint
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
 
Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22
Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22
Educacao infantil -_construindo_o_presente_(livro_do_mieib).2010-07-01_17-16-22
 
Melhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu Caputo
Melhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu CaputoMelhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu Caputo
Melhorando a qualidade e expandindo a oferta de creches - Romeu Caputo
 
As meninas
As meninasAs meninas
As meninas
 
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
A Sociologia da Infância: A socialização da criança em diferentes perspectiva...
 
Trabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego Velazquez
Trabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego VelazquezTrabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego Velazquez
Trabalho de iconografia sobre "As meninas" de Diego Velazquez
 
Um pátio para sonhar...
Um pátio para sonhar...Um pátio para sonhar...
Um pátio para sonhar...
 
Educação Infantil
Educação InfantilEducação Infantil
Educação Infantil
 
Slide seminário
Slide seminárioSlide seminário
Slide seminário
 
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...Aula 02   A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
Aula 02 A pesquisa com crianças em infâncias e a sociologia da infância - a...
 
Financiamento e Gestão da Educação Publíca
Financiamento e Gestão da Educação PublícaFinanciamento e Gestão da Educação Publíca
Financiamento e Gestão da Educação Publíca
 
Mídia e infância aula 1
Mídia e infância aula 1Mídia e infância aula 1
Mídia e infância aula 1
 
Uso de imagem em sala de aula
Uso de imagem em sala de aulaUso de imagem em sala de aula
Uso de imagem em sala de aula
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
 
Histórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infânciasHistórias de crianças e infâncias
Histórias de crianças e infâncias
 
Modelo Reggio-Emilia
Modelo Reggio-EmiliaModelo Reggio-Emilia
Modelo Reggio-Emilia
 
As principais politicas públicas
As principais politicas públicasAs principais politicas públicas
As principais politicas públicas
 
Planejando a alfabetização unidade 6
Planejando  a alfabetização   unidade 6Planejando  a alfabetização   unidade 6
Planejando a alfabetização unidade 6
 

Semelhante a 2. algumas considerações sobre a infância e as políticas

Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
Elisandra Manfroi
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
Elisandra Manfroi
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
Elisandra Manfroi
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
Elisandra Manfroi
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
Elisandra Manfroi
 
Laura simone
Laura simoneLaura simone
Laura simone
Fernando Pissuto
 
596. o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes
596.  o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes596.  o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes
596. o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes
gracitajpb
 
2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos
2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos
2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos
PoLiciana Alves de Paula
 
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de AprendizagemO Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
Jomari
 
aula 02 psico adolescencia vida adulta.pptx
aula 02 psico adolescencia vida adulta.pptxaula 02 psico adolescencia vida adulta.pptx
aula 02 psico adolescencia vida adulta.pptx
GabrielaCordeiro34
 
Adolescencia e comunidade
Adolescencia e comunidadeAdolescencia e comunidade
Adolescencia e comunidade
Roselle Matos
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
Priscila Campos
 
Juventude: Socialização e Sociabilidade
Juventude: Socialização e SociabilidadeJuventude: Socialização e Sociabilidade
Juventude: Socialização e Sociabilidade
christianceapcursos
 
4º encontro pnaic vânia 2015
4º encontro pnaic  vânia 20154º encontro pnaic  vânia 2015
4º encontro pnaic vânia 2015
Wanya Castro
 
4
44
Estela alessandra muzzi
Estela alessandra muzziEstela alessandra muzzi
Estela alessandra muzzi
Fernando Pissuto
 
21.4 Power Sacristan
21.4   Power Sacristan21.4   Power Sacristan
21.4 Power Sacristan
Julia Poletto
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação história
Magda Marques
 
Vygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De Aula
Vygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De AulaVygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De Aula
Vygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De Aula
Eliane Almeida
 
A escola faz juventudes?
A escola faz juventudes?A escola faz juventudes?
A escola faz juventudes?
ivideira
 

Semelhante a 2. algumas considerações sobre a infância e as políticas (20)

Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Cidade Educadora
Cidade EducadoraCidade Educadora
Cidade Educadora
 
Laura simone
Laura simoneLaura simone
Laura simone
 
596. o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes
596.  o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes596.  o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes
596. o espaço escolar e o diálogo entre professores e adolescentes
 
2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos
2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos
2° parte a educação infantil sofreu grandes transformações nos últimos tempos
 
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de AprendizagemO Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
 
aula 02 psico adolescencia vida adulta.pptx
aula 02 psico adolescencia vida adulta.pptxaula 02 psico adolescencia vida adulta.pptx
aula 02 psico adolescencia vida adulta.pptx
 
Adolescencia e comunidade
Adolescencia e comunidadeAdolescencia e comunidade
Adolescencia e comunidade
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
 
Juventude: Socialização e Sociabilidade
Juventude: Socialização e SociabilidadeJuventude: Socialização e Sociabilidade
Juventude: Socialização e Sociabilidade
 
4º encontro pnaic vânia 2015
4º encontro pnaic  vânia 20154º encontro pnaic  vânia 2015
4º encontro pnaic vânia 2015
 
4
44
4
 
Estela alessandra muzzi
Estela alessandra muzziEstela alessandra muzzi
Estela alessandra muzzi
 
21.4 Power Sacristan
21.4   Power Sacristan21.4   Power Sacristan
21.4 Power Sacristan
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação história
 
Vygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De Aula
Vygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De AulaVygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De Aula
Vygotsky E O Papel Das InteraçõEs Sociais Em Sala De Aula
 
A escola faz juventudes?
A escola faz juventudes?A escola faz juventudes?
A escola faz juventudes?
 

Mais de Ulisses Vakirtzis

Orientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdf
Orientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdfOrientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdf
Orientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdf
Ulisses Vakirtzis
 
Guia de Publicação Editora Albatroz (1).pdf
Guia de Publicação Editora Albatroz (1).pdfGuia de Publicação Editora Albatroz (1).pdf
Guia de Publicação Editora Albatroz (1).pdf
Ulisses Vakirtzis
 
Como gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escolaComo gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escola
Ulisses Vakirtzis
 
Como gerenciar os recursos financeiros da escola
Como gerenciar os recursos financeiros da escolaComo gerenciar os recursos financeiros da escola
Como gerenciar os recursos financeiros da escola
Ulisses Vakirtzis
 
Como promover a construção ppp
Como promover a construção pppComo promover a construção ppp
Como promover a construção ppp
Ulisses Vakirtzis
 
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianosGestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Ulisses Vakirtzis
 
Organização e gestão da escola
Organização e gestão da escolaOrganização e gestão da escola
Organização e gestão da escola
Ulisses Vakirtzis
 
6.proposta curricular
6.proposta curricular6.proposta curricular
6.proposta curricular
Ulisses Vakirtzis
 
5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola
Ulisses Vakirtzis
 
4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem
Ulisses Vakirtzis
 
3.teorias do desenvolvimento adolescência
3.teorias do desenvolvimento adolescência3.teorias do desenvolvimento adolescência
3.teorias do desenvolvimento adolescência
Ulisses Vakirtzis
 
2.comunidades de aprendizagem e educação escolar
2.comunidades de aprendizagem e educação escolar2.comunidades de aprendizagem e educação escolar
2.comunidades de aprendizagem e educação escolar
Ulisses Vakirtzis
 
1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo
Ulisses Vakirtzis
 
8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas
Ulisses Vakirtzis
 
4.politicas docentes no brasil
4.politicas docentes no brasil4.politicas docentes no brasil
4.politicas docentes no brasil
Ulisses Vakirtzis
 
3.freitas eliminação adiada
3.freitas eliminação adiada3.freitas eliminação adiada
3.freitas eliminação adiada
Ulisses Vakirtzis
 
2. escola e conhecimento
2. escola e conhecimento2. escola e conhecimento
2. escola e conhecimento
Ulisses Vakirtzis
 
1. teixeira escola pública
1. teixeira escola pública1. teixeira escola pública
1. teixeira escola pública
Ulisses Vakirtzis
 
4. decretos 54.454 portaria 5941
4. decretos 54.454 portaria 59414. decretos 54.454 portaria 5941
4. decretos 54.454 portaria 5941
Ulisses Vakirtzis
 
3. decreto 54.542 portaria 5930
3. decreto 54.542 portaria 59303. decreto 54.542 portaria 5930
3. decreto 54.542 portaria 5930
Ulisses Vakirtzis
 

Mais de Ulisses Vakirtzis (20)

Orientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdf
Orientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdfOrientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdf
Orientacoes-para-atendimento-de-estudantes-transtorno-do-espectro-do-autismo.pdf
 
Guia de Publicação Editora Albatroz (1).pdf
Guia de Publicação Editora Albatroz (1).pdfGuia de Publicação Editora Albatroz (1).pdf
Guia de Publicação Editora Albatroz (1).pdf
 
Como gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escolaComo gerenciar o espaço físico da escola
Como gerenciar o espaço físico da escola
 
Como gerenciar os recursos financeiros da escola
Como gerenciar os recursos financeiros da escolaComo gerenciar os recursos financeiros da escola
Como gerenciar os recursos financeiros da escola
 
Como promover a construção ppp
Como promover a construção pppComo promover a construção ppp
Como promover a construção ppp
 
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianosGestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
Gestão Escolar: enfrentando os desafios cotidianos
 
Organização e gestão da escola
Organização e gestão da escolaOrganização e gestão da escola
Organização e gestão da escola
 
6.proposta curricular
6.proposta curricular6.proposta curricular
6.proposta curricular
 
5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola5.projeto político pedagógico da escola
5.projeto político pedagógico da escola
 
4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem4.avaliação da aprendizagem
4.avaliação da aprendizagem
 
3.teorias do desenvolvimento adolescência
3.teorias do desenvolvimento adolescência3.teorias do desenvolvimento adolescência
3.teorias do desenvolvimento adolescência
 
2.comunidades de aprendizagem e educação escolar
2.comunidades de aprendizagem e educação escolar2.comunidades de aprendizagem e educação escolar
2.comunidades de aprendizagem e educação escolar
 
1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo1.ensino as abordagens do processo
1.ensino as abordagens do processo
 
8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas8.teorias psicogeneticas
8.teorias psicogeneticas
 
4.politicas docentes no brasil
4.politicas docentes no brasil4.politicas docentes no brasil
4.politicas docentes no brasil
 
3.freitas eliminação adiada
3.freitas eliminação adiada3.freitas eliminação adiada
3.freitas eliminação adiada
 
2. escola e conhecimento
2. escola e conhecimento2. escola e conhecimento
2. escola e conhecimento
 
1. teixeira escola pública
1. teixeira escola pública1. teixeira escola pública
1. teixeira escola pública
 
4. decretos 54.454 portaria 5941
4. decretos 54.454 portaria 59414. decretos 54.454 portaria 5941
4. decretos 54.454 portaria 5941
 
3. decreto 54.542 portaria 5930
3. decreto 54.542 portaria 59303. decreto 54.542 portaria 5930
3. decreto 54.542 portaria 5930
 

Último

Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 

Último (20)

Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 

2. algumas considerações sobre a infância e as políticas

  • 1. Algumas considerações sobre a infância e as políticas de educação infantil Professor Ulisses VakirtzisMaria Letícia Nascimento
  • 2. Pensar a infância no Brasil significa considerar diferentes grupos de crianças, cujas vidas e oportunidades, na maior parte das vezes, são determinadas por diferentes condições econômicas e sociais. ECA 90 CF 88 CONVENÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS 1989 GRAU DE POBREZA GÊNERO ETNIA POUCA IDADE
  • 3. A infância deve ser compreendida como uma forma estrutural de qualquer sociedade, e como tal, “é conceitualmente comparável com o conceito de classe, no sentido da definição das características pelas quais os membros, por assim dizer, da infância estão organizados, e pela posição da infância assinalada por grupos sociais, mais dominantes (adultos).” Qvortrup
  • 4. A organização social utiliza o aspecto biológico para definir socialmente o lugar da infância e, dessa forma, os relacionamentos entre os adultos e as crianças envolvem tanto o exercício de poder quanto a expressão do amor. Gunilla Dahlberg
  • 5. (...) as crianças passam de um reconhecimento como seres universais, frágeis imaturos, para tornarem-se pessoas concretas e contextualizadas, submetidas aos mesmos problemas que atingem o grupo social que fazem parte.
  • 6. Sociologia da infância Creches Reggio Emilia Década de 90
  • 9. CF/88: direito da criança, dever do Estado e da Família LDB 9394/96: primeira etapa da educação básica
  • 10. Atenção com relação as crianças de 0 a 3 anos Dever do Estado em atender à demanda por creches; Ampliar convênios com instituições não governamentais, filantrópicas ou assistenciais.
  • 11. CRECHES CONVENIADAS (...)devem ser uma alternativa provisória, com sistema regular de acompanhamento, controle e supervisão na forma de apoio técnico- pedagógico para garantir que correspondam ao padrão mínimo de qualidade indicado na legislação.
  • 12. PEDAGOGIA DA INFÂNCIA (...) a organização dos espaços e dos tempos que privilegia a brincadeira e a voz das crianças, coconstrutoras de seus processos de desenvolvimento, de aprendizagem e de socialização.