PACTO NACIONAL
PELA
ALFABETIZAÇÃO NA
IDADE CERTA
“Todas as crianças têm
direito à educação de
qualidade”
PAUTA
Datas e informações administrativas
Curso PNAIC/Moodle
Contexto de Criação do PNAIC
O PNAIC 2013 e 2014
Os Cadernos ...
Datas e informações administrativas
Quais são as melhores datas para realização das
formações?
Sugestões da coordenação:
•...
• Carga horária total: 60 horas;
• Início previsto: 15 de maio de 2015;
• Equipe: 12 formadores e 6 estagiários - um forma...
• 5 módulos: 12 horas por módulo – duração de mais ou
menos um mês cada módulo;
• Frequência mínima: 75%;
• Nota mínima: 5...
1. Retomada PNAIC 2013/2014 - Matemática e Língua
Portuguesa;
2. Interdisciplinaridade;
3. Artes;
4. Ciências;
5. História...
• Diário reflexivo;
• Leituras;
• Fóruns de discussão;
• Questionários;
• Tarefas: resenhas, artigos, projetos, sequências...
Contexto de Criação do PNAIC
“O baixo desempenho escolar, reflexões sobre a identidade
profissional dos professores alfabe...
Contexto de Criação do PNAIC
2003: Programa Toda Criança Aprendendo (TCA);
Sofreu críticas e trouxe para o debate uma form...
Contexto de Criação do PNAIC
O Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa
(PNAIC),
vem problematizando a necessidade...
O PNAIC 2013 e 2014
Taxa de crianças não alfabetizadas aos 8 anos em 2010.
Em comparação com 2000
Outro fator para a criação do PNAIC:
Resultados
SAEB/PROVA BRASIL 2011
Níveis de proficiência (em pontos):
Nível 1: 125-15...
Outro fator para a criação do PNAIC:
Resultados
SAEB/PROVA BRASIL 2011
Escala de proficiência (em pontos):
Nível 1: 125-15...
Surgimento do PNAIC ancorado em 4 fatores: Formação,
Materiais, Avaliação e Gestão, Controle e Mobilidade Social
Comparativo dos dois anos do PNAIC
• Mais de 98% dos professores concluem a formação.
Aspectos positivos apontados pelos participantes no
SisPACTO
Estrutura de Operacionalização
• Coordenadores;
• Supervisores;
• Formadores: selecionados pela Universidade;
• Orientador...
Os Cadernos de 2015
FOCO DE 2015
INTERDISCIPLINARIDADE e INCLUSÃO
“Tendo em vista a ampliação do número de cadernos, o
cur...
Estrutura dos Cadernos
Cinco princípios centrais orientam a
concepção dos cadernos de formação:
• Perspectiva de um currículo inclusivo, que
defe...
Caderno de Gestão e Princípios do
Ciclo de Alfabetização
Este caderno é dirigido aos
professores alfabetizadores, diretore...
O início dos trabalhos de
formação sempre deve ser
marcado pelo planejamento,
discussão de objetivos e
princípios. Assim, ...
Este caderno apresenta discussões em
torno do tema “A criança no Ciclo de
Alfabetização”, provocando, a partir de
reflexõe...
Abordam-se questões conceituais bem como a
reflexão sobre a difícil tarefa de articular as
diversas áreas do conhecimento ...
A organização do trabalho escolar e os
recursos didáticos na alfabetização
Este caderno tem como objetivo focar os
recurso...
Organização da ação docente: a
oralidade, a leitura e a escrita no ciclo
de alfabetização
Retomada e aprofundamento dos
co...
Organização da ação docente: a arte
no ciclo de alfabetização
Reflexões com vistas a apontar
algumas direções, destacando
...
Organização da ação docente:
alfabetização matemática na perspectiva
do letramento
Ênfase do PNAIC em 2013, a
alfabetizaçã...
Organização da ação docente: Ciências
da Natureza no Ciclo de Alfabetização
Apresenta discussões teóricas,
sugestões de pr...
Organização da ação docente: Ciências
Humanas no Ciclo de Alfabetização
Este caderno tem como tema “as
Ciências Humanas no...
Pacto Nacional pela Alfabetização na
Idade Certa: Integrando Saberes
Esse último caderno tem como
objetivo apresentar uma ...
“Todas as crianças têm
direito à educação de
qualidade”
PACTO NACIONAL
PELA
ALFABETIZAÇÃO NA
IDADE CERTA
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação

22.849 visualizações

Publicada em

PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação

  1. 1. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA
  2. 2. “Todas as crianças têm direito à educação de qualidade”
  3. 3. PAUTA Datas e informações administrativas Curso PNAIC/Moodle Contexto de Criação do PNAIC O PNAIC 2013 e 2014 Os Cadernos de 2015
  4. 4. Datas e informações administrativas Quais são as melhores datas para realização das formações? Sugestões da coordenação: • 03 a 07 de agosto – EEMAI • 30 de setembro, 01 e 02 de outubro • 26 e 27 de outubro • 23 a 25 de novembro • Seminário em fevereiro
  5. 5. • Carga horária total: 60 horas; • Início previsto: 15 de maio de 2015; • Equipe: 12 formadores e 6 estagiários - um formador e um estagiário para cada turma de OEs; • Cadastramento com Fernando: fer.frasca@gmail.com; Curso PNAIC no Moodle – informações gerais
  6. 6. • 5 módulos: 12 horas por módulo – duração de mais ou menos um mês cada módulo; • Frequência mínima: 75%; • Nota mínima: 5,0 (cumprir os critérios mínimos de cada módulo); • Módulo 6 (Extra): recuperação – todo o conteúdo trabalhado no curso; Estrutura do Curso PNAIC no Moodle
  7. 7. 1. Retomada PNAIC 2013/2014 - Matemática e Língua Portuguesa; 2. Interdisciplinaridade; 3. Artes; 4. Ciências; 5. História e Geografia. Temas que serão trabalhados – PNAIC/Moodle
  8. 8. • Diário reflexivo; • Leituras; • Fóruns de discussão; • Questionários; • Tarefas: resenhas, artigos, projetos, sequências didáticas, dentre outras. Atividades– PNAIC/Moodle
  9. 9. Contexto de Criação do PNAIC “O baixo desempenho escolar, reflexões sobre a identidade profissional dos professores alfabetizadores, dentre outros aspectos, desencadearam, nas atuais políticas públicas de educação, a necessidade de atender às exigências de melhoria do aprendizado dos alunos. Significava definir o que é essencial à alfabetização das crianças das escolas públicas. Para tal, era fundamental criar uma proposta para o professor alfabetizador a partir de um processo de formação continuada, marcado com a articulação de todas as políticas do MEC, o que deflagrou uma política de Estado ainda em construção” (Caderno de apresentação, p.12).
  10. 10. Contexto de Criação do PNAIC 2003: Programa Toda Criança Aprendendo (TCA); Sofreu críticas e trouxe para o debate uma formação que valorizasse o trabalho do professor e a construção coletiva de um proposta de formação continuada. 2003: Implementou˗se assim a Rede Nacional de Formação Continuada; Participação das IES por meio de centros de pesquisas e desenvolvimento da educação, para o desenvolvimento de programas de formação continuada. 2005: Programa Pró˗Letramento; Formação Continuada a Distância e em serviço. Tinha como Objetivo favorecer a melhoria do desempenho escolar de alunos em leitura, escrita e matemática. O MEC avaliou como positivo os resultados do programa e constatou melhoria nos resultados dos estudantes. 2013: Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC);
  11. 11. Contexto de Criação do PNAIC O Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), vem problematizando a necessidade de construção de um currículo comum, mas que não está necessariamente em oposição ao reconhecimento e à valorização das diferenças culturais. Busca intervir na formação dos professores, com o debate sobre as distintas concepções a respeito do que se compreende como “comum”, por meio da mobilização dos professores na sua participação para esta construção coletiva sobre o currículo. Para isso, conta com a participação de diferentes representantes de instâncias educacionais, dos movimentos internos destes indivíduos sobre o estudo da proposta de formação continuada, como também com a políticas públicas. Nesse sentido, a função da escola amplia-se à medida que o “direito à educação” se alarga e torna o conhecimento um direito do estudante. Significa não somente o acesso, mas o avanço nas trajetórias escolares, por isso denotou-se “direitos de aprendizagem”.
  12. 12. O PNAIC 2013 e 2014 Taxa de crianças não alfabetizadas aos 8 anos em 2010.
  13. 13. Em comparação com 2000
  14. 14. Outro fator para a criação do PNAIC: Resultados SAEB/PROVA BRASIL 2011 Níveis de proficiência (em pontos): Nível 1: 125-150 / Nível 2: 150-175 / Nível 3: 175-200 / Nível 4: 200-225 (Meta 2022)
  15. 15. Outro fator para a criação do PNAIC: Resultados SAEB/PROVA BRASIL 2011 Escala de proficiência (em pontos): Nível 1: 125-150 / Nível 2: 150-175 / Nível 3: 175-200 / Nível 4: 200-225 (Meta 2022)
  16. 16. Surgimento do PNAIC ancorado em 4 fatores: Formação, Materiais, Avaliação e Gestão, Controle e Mobilidade Social
  17. 17. Comparativo dos dois anos do PNAIC • Mais de 98% dos professores concluem a formação.
  18. 18. Aspectos positivos apontados pelos participantes no SisPACTO
  19. 19. Estrutura de Operacionalização • Coordenadores; • Supervisores; • Formadores: selecionados pela Universidade; • Orientadores de Estudos: selecionados pelos municípios; • Professores Alfabetizadores.
  20. 20. Os Cadernos de 2015 FOCO DE 2015 INTERDISCIPLINARIDADE e INCLUSÃO “Tendo em vista a ampliação do número de cadernos, o curso Organização do Trabalho Pedagógico na Perspectiva da Inclusão e da Interdisciplinaridade relativo a esse conjunto de Cadernos está organizado em 10 unidades, totalizando 80 horas, além do seminário de encerramento de 8 horas” (Caderno apresentação, p. 27).
  21. 21. Estrutura dos Cadernos
  22. 22. Cinco princípios centrais orientam a concepção dos cadernos de formação: • Perspectiva de um currículo inclusivo, que defende os direitos de aprendizagem de todas as crianças, fortalecendo as identidades sociais e individuais; • Integração entre os componentes curriculares; • Foco central na organização do trabalho pedagógico; • Seleção e discussão de temáticas fundantes em cada área de conhecimento; • Ênfase na alfabetização e letramento das crianças.
  23. 23. Caderno de Gestão e Princípios do Ciclo de Alfabetização Este caderno é dirigido aos professores alfabetizadores, diretores de escolas, coordenadores pedagógicos, equipes técnicas das secretarias de educação e gestores municipais. A reflexão sobre a gestão e a importância da mobilização de gestores para o sucesso de processos formativos, bem como a discussão sobre processos avaliativos, são os temas centrais deste caderno.
  24. 24. O início dos trabalhos de formação sempre deve ser marcado pelo planejamento, discussão de objetivos e princípios. Assim, inicia-se o processo formativo do PNAIC com o tema Organização do Trabalho Pedagógico, aprofundando assuntos como: currículo, ciclo, avaliação, educação do campo, educação inclusiva e diversidade linguística. Organização do Trabalho Pedagógico
  25. 25. Este caderno apresenta discussões em torno do tema “A criança no Ciclo de Alfabetização”, provocando, a partir de reflexões teóricas e do estudo de relatos de experiência, debates sobre a necessidade de desenvolver no ambiente escolar, ações pedagógicas que possibilitem a garantia de seus direitos, preservando sua identidade enquanto criança pertencente a um ambiente cultural específico, defendendo-se a não incompatibilidade entre ser criança e ingressar no mundo da cultura escrita. A Criança no ciclo de alfabetização
  26. 26. Abordam-se questões conceituais bem como a reflexão sobre a difícil tarefa de articular as diversas áreas do conhecimento no processo de alfabetizar letrando. Objetivos do caderno: - compreender o conceito de interdisciplinaridade e sua importância no Ciclo de Alfabetização; - compreender o currículo em uma perspectiva interdisciplinar; - refletir sobre como crianças e professores avaliam experiências de aulas desenvolvidas em uma perspectiva interdisciplinar; - conhecer possibilidades de uso da leitura no trabalho interdisciplinar; - conhecer, analisar e planejar formas de organização do trabalho pedagógico como possibilidades de realização de um trabalho interdisciplinar, mais especificamente por meio de sequências didáticas e projetos no Ciclo de Alfabetização. Interdisciplinaridade no Ciclo de Alfabetização
  27. 27. A organização do trabalho escolar e os recursos didáticos na alfabetização Este caderno tem como objetivo focar os recursos didáticos como auxiliares no processo de alfabetizar letrando. Tônica do PNAIC e um de seus eixos, os recursos didáticos podem ser utilizados de forma a serem grandes facilitadores da aprendizagem, sobretudo no ciclo de alfabetização. Reflexões sobre os livros didáticos e seus usos, que outros recursos didáticos podem ser utilizados e a intencionalidade pedagógica presente na seleção de cada um deles são questões que permeiam a organização do trabalho escolar e são abordadas no caderno
  28. 28. Organização da ação docente: a oralidade, a leitura e a escrita no ciclo de alfabetização Retomada e aprofundamento dos conceitos abordados nos dois anos de formação do PNAIC, enfatizando que a alfabetização é o processo em que as crianças aprendem não somente a ler e a escrever, mas também a falar e a escutar em diferentes contextos sociais, e que a leitura, a escrita, a fala e a escuta representam meios de apropriação de conhecimentos relevantes para a vida.
  29. 29. Organização da ação docente: a arte no ciclo de alfabetização Reflexões com vistas a apontar algumas direções, destacando aspectos conceituais, históricos e metodológicos, para o trabalho escolar com Artes Visuais, Dança, Música e Teatro de uma maneira contextualizada e interdisciplinar, sem perder de vista as especificidades que cada linguagem artística possui.
  30. 30. Organização da ação docente: alfabetização matemática na perspectiva do letramento Ênfase do PNAIC em 2013, a alfabetização matemática na perspectiva do letramento é retomada nesse caderno. Desta maneira, o objetivo é a retomada e aprofundamento de aspectos fundamentais do trabalho com a matemática no ciclo de alfabetização ressaltando-se o aspecto interdisciplinar, perspectiva sempre presente no programa.
  31. 31. Organização da ação docente: Ciências da Natureza no Ciclo de Alfabetização Apresenta discussões teóricas, sugestões de práticas e relatos de experiências que, no conjunto, têm como objetivo oferecer aos professores possibilidades de trabalhar conteúdos ligados às Ciências da Natureza, considerando diferentes contextos da Alfabetização Científica.
  32. 32. Organização da ação docente: Ciências Humanas no Ciclo de Alfabetização Este caderno tem como tema “as Ciências Humanas no ciclo de alfabetização”. Dentre os objetivos principais deste caderno está reflexão de como as disciplinas de Geografia e História, que compõem a área de Ciências Humanas, ao dialogarem com conceitos de outras áreas, podem auxiliar as crianças a ampliar a compreensão sobre o mundo social.
  33. 33. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Integrando Saberes Esse último caderno tem como objetivo apresentar uma coletânea de relatos de experiências que permitem ampliar a discussão sobre todos os temas tratados ao longo do ano. Trata-se, portanto, de uma oportunidade de retomada dos conceitos trabalhados, ao mesmo tempo em que contempla outras experiências, outras realidades, o que auxilia a salutar reflexão sobre a própria prática.
  34. 34. “Todas as crianças têm direito à educação de qualidade”
  35. 35. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

×