Trabalho: Cadeia de suprimentos, Dário marcelos 14 abril de 2015

712 visualizações

Publicada em

Trabalho simples de Gestão da cadeia de suprimentos!

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
712
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho: Cadeia de suprimentos, Dário marcelos 14 abril de 2015

  1. 1. Alcides do Nascimento Lins GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E ALGUNS PROCESSOS Alunos: Elisson Queiroz Edmilson Joaquim Glaucia Maria Marco Túlio Renata Rafaela Silvana Dias Camaragibe, 14 de Abril de 2015 Prof° Dário Marcelos
  2. 2. INTRODUÇÃO O gerenciamento da cadeia de suprimentos é um conjunto de métodos que são usados para proporcionar uma melhor integração e uma melhor gestão de todos os parâmetros da rede como transportes, estoques, custos, etc. Esses parâmetros estão presentes nos fornecedores, na sua própria empresa e finalmente nos clientes. A gestão adequada da rede permite uma produção otimizada para oferecer ao cliente final o produto certo, na quantidade certa.
  3. 3. 1.2 O objetivo é, obviamente, reduzir os custos ao longo da cadeia, tendo em conta as exigências do cliente. Afinal, isso é qualidade: entregar o que o cliente quer, no preço e nas condições que ele espera. Em termos simples, a gestão da cadeia de suprimentos envolve a coordenação de todas as atividades ligadas ao processamento dos pedidos dos clientes, desde a pré-produção até a entrega.
  4. 4. GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Gestão da Cadeia de Suprimentos de negócios (em inglês) Supply chain management (SCM) é o gerenciamento de uma rede interligada de negócios envolvidos na provisão final de pacotes produtos e serviços requeridos por clientes finais (Harland, 1996). Ela abrange todo o movimento e armazenamento de matéria prima, trabalho em processo de inventário, e produtos acabados do ponto de origem até o ponto de consumo final.
  5. 5. GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Outra definição é fornecida pelo Dicionário APICS quando define SCM como design, planejamento, execução, controle, e monitoramento das atividades da cadeia de suprimentos com o objetivo de criar valor líquido, construção de uma infraestrutura competitiva, alavancagem logística mundial, sincronizar a oferta e a procura e avaliação do desempenho global.
  6. 6. Todo modelo de gestão de cadeia de suprimentos deve incluir maneiras de melhorar a eficiência – o ganho de rendimento – das atividades seguintes: →Previsão e planejamento do equilíbrio entre oferta e demanda; → Localização de fornecedores de matérias-primas; → Fabricação do produto;
  7. 7. →Armazenagem do produto; → Entrega do produto; → Devolução do produto pelo cliente, caso necessário; → Feedback através do serviço de atendimento ao cliente e melhoria do processo, onde necessário.
  8. 8. EXEMPLO DE UM PROCESSO DE CADEIA DE SUPRIMENTOS
  9. 9. O ciclo descrito na figura acima pode ser apenas um dos níveis da cadeia de abastecimento (Supply Chain). Por exemplo: um fabricante de componentes compra matéria-prima e a usina para vender para uma indústria de autopeças que, por sua vez, a venderá para uma montadora de veículos, devendo-se ainda considerar a coleta e a reciclagem de sucata gerada nas diversas operações.
  10. 10. A Natura tem uma enorme capacidade de produção e ótimas perspectivas de crescimento estimando alcançar uma marca de 450 milhões de unidades de produtos produzidos. Desta forma, investe aproximadamente R$ 205 milhões, sendo um dos centros de operações da empresa é um dos mais modernos deste tipo na América Latina.
  11. 11. Sua estrutura compreende: doze edifícios, quatro fábricas, um armazém vertical de última geração, laboratórios e centros de pesquisa, áreas administrativas e operacionais, centro de treinamento, centro de serviços, biblioteca, estação de tratamento de efluentes e clube poliesportivo. A Natura comercializa seus produtos dentro e fora do território nacional, através de seus representantes. A distribuição no exterior é feita entre os países: Argentina, Peru, Chile e com uma pequena abertura, no mercado Europeu.
  12. 12. CONCLUSÃO O gerenciamento da cadeia de suprimentos é um conjunto de métodos que são usados para proporcionar uma melhor integração e gestão de todos os parâmetros da rede: transporte, estoques, custos, etc. E esses parâmetros estão presentes nos fornecedores, na sua própria empresa e finalmente nos clientes.
  13. 13. CONCLUSÃO II A gestão adequada da rede permite uma produção otimizada para oferecer ao cliente final, produto certo, quantidade certa e na hora certa. O objetivo é obviamente reduzir os custos ao longo da cadeia e ter em conta as exigências do cliente. Afinal, isso é qualidade: entregar o que o cliente quer, no preço e nas condições que ele espera.
  14. 14. REFERÊNCIAS... → http://www.logisticadescomplicada.com/gestao-da- cadeia-de-suprimentos-%E2%80%93-conceitos-tendencias-e- ideias-para-melhoria/ BOWERSOX, D.; CLOSS, D. J. Logística empresarial: o processo reintegração da cadeia de suprimento. São Paulo: Atlas, 2001 → http://na3ccfw.blogspot.com.br/2010/05/scm-supply- chain-management.html → http://www.guiadotrc.com.br/logistica/logistica.asp → http://www.novomilenio.br/cursos/Artigos/Gest%C3%A3 o%20da%20Cadeia%20de%20Suprimentos%20na%20Industri a%20da%20Constru%C3%A7%C3%A3o%20Civil.pdF
  15. 15. OBRIGADO, AMÉM!!!

×