Lote economico - Fabio Boiani

1.510 visualizações

Publicada em

Aula 1

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.510
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
104
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lote economico - Fabio Boiani

  1. 1. Lote Econômico Conceito de custo total em logística
  2. 2. Conceito de Logística “Logística é o processo de planejamento, implementação e controle do fluxo eficiente e economicamente eficaz de matérias-primas, estoque em processo, produtos acabados e informações relativas desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender às exigências dos clientes.” Conselho de Administração Logística. (CLM - Council of Logistics Management),
  3. 3. Atividades-chave Transportes  Seleção do modal e do serviço de transportes; Consolidação de fretes; Roteiro do transporte Administração de estoques  Políticas de estocagem de matérias-primas e produtos acabados; Previsão de vendas a curto prazo; Combinação de produtos em pontos de estocagem; Número, tamanho e local dos pontos de estocagem Fluxo de informações e processamento de pedidos  Procedimentos de interface dos estoques com pedidos de venda; Métodos de transmissão de informações de pedido; Regras de pedidos
  4. 4. Gestão de estoque e armazenagem Segundo Moreira (1998), entende-se por estoque: “Qualquer quantidade de bens físicos que sejam conservados de forma improdutiva, por algum intervalo de tempo aguardando seu uso, ou seja, todo material parado em algum local, desde que não esteja sendo processado ou utilizado naquele momento”. O principal desafio da gestão adequada de estoque: está na identificação de seus benefícios e na verificação e gerenciamento de seus níveis, de forma adequada à sua real necessidade.
  5. 5. Administração de estoques “Gerenciamento/administração de estoque é um ramo da administração de empresas que está relacionado com o planejamento e o controle de estoque de materiais ou produtos que serão utilizados na produção ou na comercialização de bens ou serviços”
  6. 6. Armazenagem x Estocagem Armazenagem • Inclui todas as atividades de um ponto destinado à guarda temporária e à distribuição de materiais; Estocagem: • Uma das atividades do fluxo de materiais dentro do armazém e o ponto destinado à locação estática dos materiais; • Estocagem é uma parte da armazenagem;
  7. 7. Gestão de estoques A maneira como uma organização administra os seus estoques influencia a sua lucratividade e a forma como compete no mercado. Os estoques incorrem em custos, oneram o capital, ocupam espaço e necessitam de gerenciamento tanto na entrada quanto na saída. Podem se tornar obsoletos e ultrapassados.
  8. 8. Quais as razões para se ter estoque?  Realizar um bom atendimento ao cliente;  Equacionar demanda com a capacidade de atendimento;  Redução de custos de aquisição e transporte;  Abastecer canais de distribuição. Quais as razões para não se ter estoque?  Aumento de custos;  Ineficiência na resolução de problemas
  9. 9. Custos de estoque A identificação dos custos é fundamental para a análise dos estoques. Internamente, se trava uma luta entre diferentes áreas: • O departamento financeiro prefere manter estoque mínimos • O departamento de vendas prefere manter estoques mais altos para evitar surpresas de desabastecimento. Para resolver essa questão é preciso um gerenciamento baseado no bom-senso e métodos analíticos. Os custos de estoque podem ser divididos em de aquisição e de manutenção
  10. 10. Lotes de reposição 3.000 Quantidade Tempo 1 ano Quantidade Tempo 1 ano 1.50 0 Pense em um item que possui consumo anual de 3.000 peças
  11. 11. Lotes de Reposição Quantidade Tempo 1 ano 1.000 Pense em um item que possui consumo anual de 3.000 peças Quantidade Tempo 1 ano 300
  12. 12. Custos de manutenção do estoque  Associados à existência do estoque desde o momento de sua obtenção até seu consumo.  Esses são custos que se acumulam quando se armazenam itens físicos. Os principais custos incluídos na manutenção de estoque são: 1. Custos de espaço para armazenagem 2. Custos de capital 3. Custo de Serviço 4. Custo de riscos 5. Custo por falta de estoque
  13. 13. Custos de manutenção do estoque Custo de espaço para armazenagem: corresponde ao custo do espaço físico necessário para armazenar o material, que pode ser alugado ou próprio. Seus componentes estão associados ao valor operacional do armazém ou aluguel, recursos utilizados na movimentação e armazenagem, pessoas necessárias, energia elétrica, ar- condicionado, água, apólices de seguros etc.
  14. 14. Custos de manutenção do estoque  Custo de capital: está relacionado ao custo do dinheiro empatado no estoque.  Dada a sua complexidade, esse custo é bastante subjetivo ainda que represente um percentual extremamente alto na composição dos custos totais de estoque.  Custo de serviço: Diretamente associado ao volume de estoque, o custo de serviço é uma parte importante do custo de manutenção de estoques, e se relaciona à proteção de estoques contra roubos, incêndios e outras características que possam danificar o produto ou de alguma forma inutilizá-lo em quantidade e qualidade.
  15. 15. Custos de manutenção do estoque Custo de risco: Relaciona-se basicamente à obsolescência do material. Custo por falta de estoque: traz consequências sérias para a empresa e provoca um impacto externo e interno. • Impactos externos incluem atrasos de pedidos e perdas de lucros provenientes das perdas de vendas. Essas perdas podem interferir na reputação da empresa, o que trará impactos futuros nas vendas. • Impactos internos incluem perdas de produção, reprogramações e atrasos no atendimento das datas.
  16. 16. Custos de manutenção do estoque Custo Quantidade +- - +
  17. 17. Custos de manutenção do estoque  Q/2 = Estoque médio da mercadoria.  P = Preço da mercadoria por unidade.  I = Custo de manutenção de estoque. Custo médio da manutenção de estoque anual (Cm) = Q/2 x P x I
  18. 18. Custos de aquisição de estoque Custo de aquisição: Estão relacionados aos “custos de pedir e obter” o material e se dividem em custos fixos e variáveis. Os custos fixos estão associados aos salários dos funcionários responsáveis pela emissão das requisições. Todo custo que aumenta na medida em se aumenta o número de pedidos é chamado de custo variável.
  19. 19. Custos de aquisição de estoque Os principais custos de aquisição, fixos e variáveis, são os seguintes: Administrativos, relacionados à colocação do pedido (requisições, fax, telefone, serviços de computador, correios e salários dos funcionários). Movimentações diversas (por exemplo, deslocamentos dos funcionários para efetuar compras urgentes); Gastos com frete, seguro do frete, imposto de importação, taxas alfandegárias etc.
  20. 20. Custo de aquisição do pedido Custo Quantidade +- - +
  21. 21. Custo de pedir • S = custo médio por pedido – o quanto é gasto em média para realizar um pedido; • D = média anual de demanda (em unidades) – é dada pela divisão da quantidade comprada no ano pelos meses do ano (12). • Q= quantidade por pedido (lote de compra) – representa a quantidade comprada a cada pedido. Custos de pedir (CP) = (S x D) / Q
  22. 22. Custo total do estoque O custo total de estoque é representado pela soma dos custos de aquisição e os custos de manutenção de estoque.
  23. 23. Custo total de estoque Custo Quantidade 3.000300 LEC Custo Total Custo de Manutenção Custo do Pedido
  24. 24. Lote econômico de compras (LEC)  LEC - É a quantidade ideal de material a ser adquirida em cada operação de estoque, em que o custo total de aquisição, bem como os respectivos custos de estocagem, são mínimos para o período considerado.  Ponto de equilíbrio, nível para o qual o conjunto dos custos apresenta o ponto mínimo;  Para produtos comprados, o ponto de equilíbrio pode ser entendido como sendo função do custo de manutenção de estoques – custo de armazenagem (I) e do Custo de pedir (S).
  25. 25. Método do Lote Econômico  EOQ – Economic Order Quantity  Objetiva determinar o tamanho de um lote a ser comprado ou produzido.  A intenção é minimizar os custos de aquisição e os custos anuais de ter estoque, buscando-se o equilíbrio.  0 modelo EOQ dá a quantidade ótima de pedido quando o nível do item em estoque cai para a quantidade predeterminada.  O modelo, que é um equilíbrio entre os custos de pedir e os custos de manter estoque, dá uma quantidade ótima de pedido e tem a seguinte formulação:
  26. 26. Método do Lote Econômico  EOQ – Economic Order Quantity  Objetiva determinar o tamanho de um lote a ser comprado ou produzido.  A intenção é minimizar os custos de aquisição e os custos anuais de ter estoque, buscando-se o equilíbrio.  0 modelo EOQ dá a quantidade ótima de pedido quando o nível do item em estoque cai para a quantidade predeterminada.  O modelo, que é um equilíbrio entre os custos de pedir e os custos de manter estoque, dá uma quantidade ótima de pedido e tem a seguinte formulação: É um modelo clássico, que foi apresentado como resultado do seu trabalho na Westinghouse Corporation, por Ford Harris, em 1913. Este modelo ficou também conhecido, graças ao consultor que o implementou em diversas empresas, como lote de Wilson
  27. 27. Método do lote econômico Q = 2DS IC Q = Quantidade ótima do pedido (em unidades) - LEC D = Demanda anual (em unidades) S = Custo de obtenção do item ($/pedido) I = Custo anual de manutenção do estoque (% anual do valor unitário) C = valor do item em estoque ($/unidade)
  28. 28. Aplicação do Lote Econômico de Compra  Digamos que o consumo anual de um item de estoque de uma empresa seja 3.000 peças. A empresa possui um Custo de Obtenção do Item de R$ 130,00. E um custo de produto estocado de 25% de seu preço unitário, que é R$ 25,00. Nesse caso, qual o LEC?  D = 3.000; S = R$ 130,00; C = R$ 25,00; I = 25% LEC = 353,27 unidades 2x3000x130,00 = 780000 = 124800 0,25x25.00 6,25 2xDXS = IxC
  29. 29. Aplicação do Lote Econômico de Compra (LEC). Exercício Digamos que o consumo anual de um item de estoque de uma empresa seja 7.200 peças. A empresa possui um Custo de Pedido de R$ 70,00. E um custo de produto estocado de 25% de seu preço unitário, que é R$ 100,00. Nesse caso, qual o o LEC? D = 7.200 S = R$ 70,00 C = R$ 100,00 I = 25% Resultado = 200,79
  30. 30. Questão de Concurso Público (2012) Uma empresa compra brindes a um custo unitário de R$ 30,00. Dada uma demanda anual de 4.000 unidades , um custo do pedido de R$ 40,00 e um custo de manutenção em estoque de R$ 2,00 ao ano, qual é o lote econômico? A) 200 B) 300 C) 400 D) 500 E) 600 D = 4.000 S = R$ 40,00 I*C = R$ 2,00 2x40,00x4.000 = 160000 2,00
  31. 31. Exercícios 1. Uma empresa decide estabelecer o LEC para um item. A demanda anual é de 100.000 unidades, cada uma custando $ 8. O custo do pedido é de $ 32 por pedido e o custo de manutenção de estoques é de 20% aa. Calcule o LEC 2. O consumo previsto de um produto é de 12.000 unidades ao ano. A negociação do departamento de compras resultou na escolha de um fornecedor que se compromete a entregar o produto mantendo o preço unitário constante ao longo do ano em $ 3,50. Estima-se que a taxa de manutenção de estoques anual seja de 20% para o período e que o custo de cada pedido seja $ 100,00 . Calcular o lote econômico de compra . 3. Uma empresa tem um consumo anual de 2.000 unidades de um produto que custa $ 4,50 a unidade. A taxa de manutenção de estoques estimada é de 16% ao ano e o custo de fazer um pedido é de $45,00. Determinar o LEC  Resp. 1) 2.000 unid.; 2) 1851,64; 3) 500 unid.
  32. 32. Análise de sensibilidade O cálculo do lote econômico permite a realização de diferentes tipos de análise: • Se a demanda aumentar o que ocorre com o nível do estoque? • Se os custos de aquisição diminuirem, o que ocorre com o tamanho dos lotes? • O que acontece se as taxas de juros sofrerem alterações?
  33. 33. O Lote econômico apresenta algumas restrições  Ele pressupõe que não haverá variação na demanda, e, na maioria das situações, a demanda não é uniforme.  Os descontos sofrem variações e afetam os custos totais de estoque.  Há ainda que se considerar que dados de aquisição e manutenção não são fáceis de se obter.  Contudo, a utilização do método é razoável para se obter uma primeira aproximação do tamanho do lote.  Além do mais, pequenas distorções não afetarão profundamente os resultados.

×