SlideShare uma empresa Scribd logo

Cost and Profitability - Francisco Aires

Time Driven ABC - Model

1 de 19
Time-Driven Activity-Based Costing
            (TDABC)

 Nova metodologia para a gestão de
custos e rentabilidade das empresas
                                      © Copyright Cost and Profitability I All Rights Reserved
Agenda:




 1 – Apresentação da Cost and Profitability

 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas?

 3 - Introdução ao TDABC
Agenda:




 1 – Apresentação da Cost and Profitability

 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas?

 3 - Introdução ao TDABC
Apresentação da Cost and Profitability




A Cost and Profitability (CPa) tem como objectivo ajudar os seus clientes na criação e gestão
de informação que permitam uma constante melhoria e aumento rentabilidade das suas
empresas.
Através da aplicação da metodologia inovadora – Time-Driven Activity-Based Costing -
conseguimos quantificar , trazer transparência e visibilidade ás empresas do seu verdadeiro
custo e rentabilidade por produto, por serviço e por cliente.
A CPa é pioneira em Portugal e está inserida numa network internacional de especialistas e
parceiros na área de performance management com mais de 200 implementações de TDABC
onde existe uma constante partilha de conhecimento e experiencias que nos possibilita estar
sempre um passo à frente em termos de inovação e novas tecnologias para dar o apoio às
empresas através de projectos de consultoria.
Agenda:




 1 – Apresentação da Cost and Profitability

 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas?

 3 - Introdução ao TDABC
Quais são as vossas prioridades estratégicas?
Maximizar Rentabilidade?                           Aumentar Eficiência                                    Reduzir Custos?
                                                     Operacional?




                                           - Melhoria de processos;
 - Rentabilidade por cliente, produto,     - Análise da capacidade utilizada;
 serviço, canal de venda, local, etc.;
                                           - Planeamento de recursos;                        -Calculo do cost-to-serve por produto,
 - Redefinição da estratégia de pricing;                                                     serviço, processo e actividade;
                                           - Contratação vs. Outsourcing;
 - Rentabilidade da cadeia de                                                                -Renegociação com parceiros e fornecedores;
 abastecimento e distribuição;             - Benchmarking;
                                                                                             - Redefinição da estratégia de compras;
 - Gestão de famílias de produto           - Identificação e repetição de “boas práticas”;
                                                                                             - Controlo de custos de centros de serviços
 - Optimização do product-mix              - Aplicação de prémios de eficiência;             partilhados (IT, etc.)
 - Racionalização dos SKUs;                - Complementaridade com as ferramentas Lean
Anúncio

Recomendados

Apresentação da Cost and Profitability 200810
Apresentação da Cost and Profitability 200810Apresentação da Cost and Profitability 200810
Apresentação da Cost and Profitability 200810Miguel Guimaraes
 
Indicadores de desempenho abordagem do nível de serviço e ruptura no varejo
Indicadores de desempenho abordagem do nível de serviço e ruptura no varejoIndicadores de desempenho abordagem do nível de serviço e ruptura no varejo
Indicadores de desempenho abordagem do nível de serviço e ruptura no varejoWagner Borges
 
Portfólio Deverhum - Supply Chain
Portfólio Deverhum - Supply ChainPortfólio Deverhum - Supply Chain
Portfólio Deverhum - Supply ChainEduardo Hope
 
INDICADORES - SUPPLY CHAIN
INDICADORES - SUPPLY CHAIN INDICADORES - SUPPLY CHAIN
INDICADORES - SUPPLY CHAIN Reginaldo Couto
 
Indicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentosIndicadores performancecadeiadesuprimentos
Indicadores performancecadeiadesuprimentosDora Machado Consultoria
 
Keys Performance Indicators Aplicado ao Departamento de Compras em Unidade Ho...
Keys Performance Indicators Aplicado ao Departamento de Compras em Unidade Ho...Keys Performance Indicators Aplicado ao Departamento de Compras em Unidade Ho...
Keys Performance Indicators Aplicado ao Departamento de Compras em Unidade Ho...Aloizio Ziareski
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Supply Chain Management
Supply Chain ManagementSupply Chain Management
Supply Chain Managementvictor2888
 
102 slids planejamento e projeto do processo logístico (canvas) globo gira...
102 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico (canvas) globo gira...102 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico (canvas) globo gira...
102 slids planejamento e projeto do processo logístico (canvas) globo gira...delano chaves gurgel do amaral
 
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
81 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 201381 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 2013
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013delano chaves gurgel do amaral
 
CSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço Compartilhado
CSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço CompartilhadoCSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço Compartilhado
CSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço CompartilhadoCompanyWeb
 
Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...
Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...
Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...Roberty Pires Teixeira
 
Apresentação JMC LOGÍSTICA.som
Apresentação JMC LOGÍSTICA.somApresentação JMC LOGÍSTICA.som
Apresentação JMC LOGÍSTICA.somJMC LOGÍSTICA
 
1. introdução csc conceitos básicos e cenários
1. introdução csc    conceitos básicos e cenários1. introdução csc    conceitos básicos e cenários
1. introdução csc conceitos básicos e cenáriosAllana Silveira
 
Portfólio de Treinamentos Vorätte 2020
Portfólio de Treinamentos Vorätte   2020Portfólio de Treinamentos Vorätte   2020
Portfólio de Treinamentos Vorätte 2020Renato Honorato
 
ApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíStica
ApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíSticaApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíStica
ApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíSticaCaio Marin
 
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentosDora Machado Consultoria
 
11 slides artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...
11 slides  artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...11 slides  artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...
11 slides artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...delano chaves gurgel do amaral
 
Supply Chain Mackenzie
Supply Chain MackenzieSupply Chain Mackenzie
Supply Chain MackenzieMauro Pontilho
 
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced ScorecardAvaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced ScorecardAndré Camarão Ramos
 
CSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluções visão tecnológica
CSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluçõesvisão tecnológicaCSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluçõesvisão tecnológica
CSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluções visão tecnológicaCompanyWeb
 
Centro de Serviço Compartilhado
Centro de Serviço CompartilhadoCentro de Serviço Compartilhado
Centro de Serviço Compartilhadoguest00ee60c
 

Mais procurados (18)

Supply Chain Management
Supply Chain ManagementSupply Chain Management
Supply Chain Management
 
102 slids planejamento e projeto do processo logístico (canvas) globo gira...
102 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico (canvas) globo gira...102 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico (canvas) globo gira...
102 slids planejamento e projeto do processo logístico (canvas) globo gira...
 
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
81 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 201381 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 2013
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
 
CSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço Compartilhado
CSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço CompartilhadoCSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço Compartilhado
CSC - Do Business Case ao Planejamento do Centro de Serviço Compartilhado
 
Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...
Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...
Software de supply chain management: Definições, aplicações e implementação p...
 
Apresentação JMC LOGÍSTICA.som
Apresentação JMC LOGÍSTICA.somApresentação JMC LOGÍSTICA.som
Apresentação JMC LOGÍSTICA.som
 
1. introdução csc conceitos básicos e cenários
1. introdução csc    conceitos básicos e cenários1. introdução csc    conceitos básicos e cenários
1. introdução csc conceitos básicos e cenários
 
Portfólio de Treinamentos Vorätte 2020
Portfólio de Treinamentos Vorätte   2020Portfólio de Treinamentos Vorätte   2020
Portfólio de Treinamentos Vorätte 2020
 
ApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíStica
ApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíSticaApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíStica
ApresentaçãO Do Departamento De Suprimentos E LogíStica
 
Apresentação SupriQual
Apresentação SupriQualApresentação SupriQual
Apresentação SupriQual
 
Aula 6 modelos de scm ok
Aula 6 modelos de scm okAula 6 modelos de scm ok
Aula 6 modelos de scm ok
 
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
201305 indicadores performancecadeiasuprimentos
 
11 slides artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...
11 slides  artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...11 slides  artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...
11 slides artigo slideshare desenho processo logístico transporte pelo model...
 
Supply Chain Mackenzie
Supply Chain MackenzieSupply Chain Mackenzie
Supply Chain Mackenzie
 
Indicadores kpi frb
Indicadores kpi frbIndicadores kpi frb
Indicadores kpi frb
 
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced ScorecardAvaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
Avaliação de Desempenho Logístico e Balanced Scorecard
 
CSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluções visão tecnológica
CSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluçõesvisão tecnológicaCSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluçõesvisão tecnológica
CSC - Centro de Serviço Compartilhado - Desafios & Soluções visão tecnológica
 
Centro de Serviço Compartilhado
Centro de Serviço CompartilhadoCentro de Serviço Compartilhado
Centro de Serviço Compartilhado
 

Destaque

EmprendeAhora - Preseleccionados Ucayali
EmprendeAhora - Preseleccionados UcayaliEmprendeAhora - Preseleccionados Ucayali
EmprendeAhora - Preseleccionados UcayaliEmprende Ahora
 
Economía y política en el Perú
Economía y política en el PerúEconomía y política en el Perú
Economía y política en el PerúEmprende Ahora
 
EmprendeAhora - Preseleccionados Tumbes
EmprendeAhora - Preseleccionados TumbesEmprendeAhora - Preseleccionados Tumbes
EmprendeAhora - Preseleccionados TumbesEmprende Ahora
 
EmprendeAhora - Preseleccionados Tacna
EmprendeAhora - Preseleccionados TacnaEmprendeAhora - Preseleccionados Tacna
EmprendeAhora - Preseleccionados TacnaEmprende Ahora
 
Planeamiento estrategico
Planeamiento estrategicoPlaneamiento estrategico
Planeamiento estrategicoEmprende Ahora
 
Investigación de mercados
Investigación de mercadosInvestigación de mercados
Investigación de mercadosEmprende Ahora
 

Destaque (9)

EmprendeAhora - Preseleccionados Ucayali
EmprendeAhora - Preseleccionados UcayaliEmprendeAhora - Preseleccionados Ucayali
EmprendeAhora - Preseleccionados Ucayali
 
Economía y política en el Perú
Economía y política en el PerúEconomía y política en el Perú
Economía y política en el Perú
 
Emprende ahora 2012
Emprende ahora 2012Emprende ahora 2012
Emprende ahora 2012
 
EmprendeAhora - Preseleccionados Tumbes
EmprendeAhora - Preseleccionados TumbesEmprendeAhora - Preseleccionados Tumbes
EmprendeAhora - Preseleccionados Tumbes
 
Emprende ahora 2012
Emprende ahora 2012Emprende ahora 2012
Emprende ahora 2012
 
EmprendeAhora - Preseleccionados Tacna
EmprendeAhora - Preseleccionados TacnaEmprendeAhora - Preseleccionados Tacna
EmprendeAhora - Preseleccionados Tacna
 
Planeamiento estrategico
Planeamiento estrategicoPlaneamiento estrategico
Planeamiento estrategico
 
Plan de marketing
Plan de marketingPlan de marketing
Plan de marketing
 
Investigación de mercados
Investigación de mercadosInvestigación de mercados
Investigación de mercados
 

Semelhante a Cost and Profitability - Francisco Aires

Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010
Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010
Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010Miguel Guimaraes
 
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2Jorge Ramalho
 
Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)
Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)
Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)Jorge Ramalho
 
Logística Aula 2
Logística Aula 2Logística Aula 2
Logística Aula 2robsonnasc
 
Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011
Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011
Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011Miguel Montenegro Araujo
 
Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013
Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013
Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013Dora Machado Consultoria
 
Balanced Scorecard - Gestão do Conhecimento
Balanced Scorecard - Gestão do ConhecimentoBalanced Scorecard - Gestão do Conhecimento
Balanced Scorecard - Gestão do ConhecimentoCristiane Conti
 
gerenciar os processos para agregar valor a organização
 gerenciar os processos para agregar valor a organização gerenciar os processos para agregar valor a organização
gerenciar os processos para agregar valor a organizaçãodrifrutal
 
Aula 8 gcl
Aula 8 gclAula 8 gcl
Aula 8 gclmifarias
 
Maratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Maratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoMaratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Maratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoEloGroup
 
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoCap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoEloGroup
 
Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)
Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)
Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)Miguel Guimaraes
 
Programa Integrado De FidelizaçãO De Clientes
Programa Integrado De FidelizaçãO De ClientesPrograma Integrado De FidelizaçãO De Clientes
Programa Integrado De FidelizaçãO De Clientesambrosio_ricardo
 
SAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de Estoques
SAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de EstoquesSAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de Estoques
SAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de EstoquesSami Kuperchmit
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...Helder Lopes
 

Semelhante a Cost and Profitability - Francisco Aires (20)

Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010
Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010
Apresentacao da Cost and Profitability Consulting Novembro 2010
 
Grp1 a
Grp1 aGrp1 a
Grp1 a
 
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
Encontros CBOK 2017 - BA capítulo 2
 
Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)
Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)
Gerenciamento de Processos de Negócios - Cap 2 CBoK-V3(pt)
 
Logística Aula 2
Logística Aula 2Logística Aula 2
Logística Aula 2
 
Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011
Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011
Workshop tdabc porto e lisboa setembro 2011
 
Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013
Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013
Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos - FAAP - jul/2013
 
Apresentação SupriQual junho 2014
Apresentação SupriQual junho 2014Apresentação SupriQual junho 2014
Apresentação SupriQual junho 2014
 
Balanced Scorecard - Gestão do Conhecimento
Balanced Scorecard - Gestão do ConhecimentoBalanced Scorecard - Gestão do Conhecimento
Balanced Scorecard - Gestão do Conhecimento
 
gerenciar os processos para agregar valor a organização
 gerenciar os processos para agregar valor a organização gerenciar os processos para agregar valor a organização
gerenciar os processos para agregar valor a organização
 
Aula 8 gcl
Aula 8 gclAula 8 gcl
Aula 8 gcl
 
Maratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Maratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoMaratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Maratona CBOK - Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
 
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoCap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
 
Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)
Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)
Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC)
 
Custos 02
Custos 02Custos 02
Custos 02
 
Programa Integrado De FidelizaçãO De Clientes
Programa Integrado De FidelizaçãO De ClientesPrograma Integrado De FidelizaçãO De Clientes
Programa Integrado De FidelizaçãO De Clientes
 
Apresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta ConsultoriaApresentação Oportunitta Consultoria
Apresentação Oportunitta Consultoria
 
SAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de Estoques
SAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de EstoquesSAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de Estoques
SAMI KUPERCHMIT fala sobre Auditoria e Controle de Estoques
 
Avaliando Desempenho.pptx
Avaliando Desempenho.pptxAvaliando Desempenho.pptx
Avaliando Desempenho.pptx
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
Gerenciamento de Infra-Estrutura - Aula 2 - Definições Utilizadas em Gerencia...
 

Cost and Profitability - Francisco Aires

  • 1. Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC) Nova metodologia para a gestão de custos e rentabilidade das empresas © Copyright Cost and Profitability I All Rights Reserved
  • 2. Agenda: 1 – Apresentação da Cost and Profitability 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas? 3 - Introdução ao TDABC
  • 3. Agenda: 1 – Apresentação da Cost and Profitability 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas? 3 - Introdução ao TDABC
  • 4. Apresentação da Cost and Profitability A Cost and Profitability (CPa) tem como objectivo ajudar os seus clientes na criação e gestão de informação que permitam uma constante melhoria e aumento rentabilidade das suas empresas. Através da aplicação da metodologia inovadora – Time-Driven Activity-Based Costing - conseguimos quantificar , trazer transparência e visibilidade ás empresas do seu verdadeiro custo e rentabilidade por produto, por serviço e por cliente. A CPa é pioneira em Portugal e está inserida numa network internacional de especialistas e parceiros na área de performance management com mais de 200 implementações de TDABC onde existe uma constante partilha de conhecimento e experiencias que nos possibilita estar sempre um passo à frente em termos de inovação e novas tecnologias para dar o apoio às empresas através de projectos de consultoria.
  • 5. Agenda: 1 – Apresentação da Cost and Profitability 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas? 3 - Introdução ao TDABC
  • 6. Quais são as vossas prioridades estratégicas? Maximizar Rentabilidade? Aumentar Eficiência Reduzir Custos? Operacional? - Melhoria de processos; - Rentabilidade por cliente, produto, - Análise da capacidade utilizada; serviço, canal de venda, local, etc.; - Planeamento de recursos; -Calculo do cost-to-serve por produto, - Redefinição da estratégia de pricing; serviço, processo e actividade; - Contratação vs. Outsourcing; - Rentabilidade da cadeia de -Renegociação com parceiros e fornecedores; abastecimento e distribuição; - Benchmarking; - Redefinição da estratégia de compras; - Gestão de famílias de produto - Identificação e repetição de “boas práticas”; - Controlo de custos de centros de serviços - Optimização do product-mix - Aplicação de prémios de eficiência; partilhados (IT, etc.) - Racionalização dos SKUs; - Complementaridade com as ferramentas Lean
  • 7. Agenda: 1 – Apresentação da Cost and Profitability 2 – Quais são as vossas prioridades estratégicas? 3 - Introdução ao TDABC
  • 8. Porque é que as empresas necessitam de metodologias de gestão de custos e rentabilidade? Nos métodos de custeio convencionais os Com os novos métodos de custeio os custos custos são distribuidos considerando são distribuidos considerando a regras pré-definidas (volume, % das complexidade dos clientes, produtos e vendas, número de pessoas, m2, etc.) serviços.
  • 9. Porque é que as empresas necessitam de metodologias de gestão de custos e rentabilidade?
  • 10. Time-Driven Activity-Based Costing (TDABC) O TDABC é uma metodologia de gestão de custos que fornece informação detalhada ao nível de custos de produtos, serviços e clientes, essenciais para a gestão de uma empresa. A metodologia TDABC pode ser desenvolvida a partir de 2 questões fundamentais: · Quanto custa fornecer capacidade de recursos para cada processo da empresa? · Quanta capacidade de recursos (tempo) é necessário para desempenhar o trabalho de cada ordem, produto e serviço dos clientes?
  • 11. O TDABC em Prática 1. Calcular o custo unitário de fornecimento de capacidade para os processos Exemplo: 28 funcionarios desempenham trabalho na área administrativa de uma empresa e têm um custo de $567,000. Cada Funcionário trabalha 240 dias por ano e 7.5 horas por dia. Os funcionários usam ém media 75 minutos por dia me intervalos, ytreino, educação deixando 375 minutos por dia ou 90,000 minutos por ano, por funcionário para trabalho produtivo. O cálculo do custo unitário para o fornecimento de capacidade pode ser então calculado:
  • 12. O TDABC em Prática 2. Efectuar o estudo dos processos de cada departamento
  • 13. O TDABC em Prática 3. Estimar o tempo necessário para cada actividade do processo e identificar “Cost Drivers”
  • 14. O TDABC em Prática 4. Agregar as actividades e os seus tempos para constituir a “Time Equation” no processo. Time equation = 2 + 2 * LI + 1 + 5 {if NEW} + 1 {if CONF} + 1 {if QUOTE}*(1 + 5 {NS})*6{if QCONF}*LI) LI — # de linhas de encomenda NEW — indica se é um cliente novo CONF — indica se é uma reserva confirmada QUOTE — indica se é uma reserva já com cotação NS — indica se é um produto sem stock QCONF — indica se é uma cotação confirmada
  • 15. O TDABC em Prática 5. Validar a informação e criar relatórios de gestão de apoio à decisão.
  • 16. Benefícios do TDABC • Criação de informação de rentabilidade por cliente, por produto, por serviço, por processo, por ordem, por localização, por canal de vendas, etc. • Calculo integrado dos custos da actividade ao nível das transacções • Permite captar a complexidade e diversidade das actividades e processos e perceber quais os principais “cost drivers”; • Permite calcular taxas de utilização de capacidade dos recursos; • Metodologia dinâmica e de rápida manutenção i.e. qualquer actualização ou optimização das actividades, processos ou custos podem ser rapidamente reintegrados num sistema TDABC; • Integração sustentada com recurso a informação de sistemas ERP e de CRM; • Aplicação em qualquer indústria e empresa.
  • 17. O TDABC como ferramenta essencial de gestão na complexidade da empresa
  • 18. Em que prioridades estratégicas podemos ajudar? Maximizar Rentabilidade? Aumentar Eficiência Reduzir Custos? Operacional? - Melhoria de processos; - Rentabilidade por cliente, produto, - Análise da capacidade utilizada; serviço, canal de venda, local, etc.; -Calculo do cost-to-serve por produto, - Planeamento de recursos; serviço, processo e actividade; - Redefinição da estratégia de pricing; - Contratação vs. Outsourcing; -Renegociação com parceiros e fornecedores; - Rentabilidade da cadeia de abastecimento e distribuição; - Benchmarking; - Redefinição da estratégia de compras; - Gestão de famílias de produto - Identificação e repetição de “boas práticas”; - Controlo de custos de centros de serviços partilhados (IT, etc.) - Optimização do product-mix - Aplicação de prémios de eficiência; - Racionalização dos SKUs; - Complementaridade com as ferramentas Lean
  • 19. Francisco Aires Consultant Email: francisco.aires@costandprofitability.com Mob: +351 93 457 48 88 http://costandprofitability.com