ESTRATÉGIA EMPRESARIAL         Prof. Ms. Wilian Gatti Junior
ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO
Ambiente Externo                   Ambiente Geral                   Tecnológicas              Ambiente do Setor           ...
Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
Demográfico    • Crescimento da      população    • Composição etária    • Mercados étnicos    • Níveis de instrução    • ...
Consumo feminino em 2009.  Principais setores em bilhões de reais.Fonte: Revista Exame. Ed. 968 de 12/05/2010.Disponível e...
Fonte: Revista Exame. Ed. 968 de 12/05/2010.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0968/econ...
Soma dos salários no BrasilFonte: Revista Exame. Ed. 968 de 12/05/2010.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revi...
• População com mais de                                                        60 anos na cidade de                       ...
• População menor de    15anos na cidade de    São Paulo.  • Dados de 2004Fonte: Fundação SEADE. Disponível em: http://www...
Fonte: Revista Exame. Ed. 940 de 11/04/2009.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0940/econ...
Classe E                                                                     • Estágio zero do consumo                    ...
Classe D      • Muitas demandas básicas        ainda devem ser atendidas                                                  ...
Classe C  • Participação intensa no    mercado consumidor                                                                 ...
Classe B                                                                     • Começa a investir em hábitos  Geladeira sid...
Classe A• Alta renda (a partir de R$  8.800)• Compra produtos e serviços de  1ª linha• Investe em exclusividade e         ...
Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
Econômico• Distribuição de renda• Poupança, endividamento e disponibilidade de  crédito
Slide2-3        Padrão Básico de um Ciclo de Negócios        Nível de    Prosperidade                 Prosperidade        ...
Prazo para crédito a pessoas físicas                                (em dias corridos)           600                      ...
Empréstimo PessoalEm bilhões de reais                          Crescimento em 2010      183               Empréstimo Pesso...
Fonte: Revista Exame. Ed. 955 de 04/11/2009
Case Danone - Nordeste • Com quase 40% de participação nacional, a   empresa sempre teve uma presença tímida na   região. ...
Case Danone - Nordeste• Em 2008, enquanto a concorrência nadava de  braçada na região, a Danone decidiu se mexer.• Em deze...
Case Danone - Nordeste• O primeiro pilar da estratégia foi diversificar a oferta de  produtos voltados para os consumidore...
Case Danone - Nordeste• Antes, as mercadorias vinham da unidade de Poços de  Caldas, em Minas Gerais, o que encarecia os p...
Case Danone - Nordeste• No ano passado, a Danone colocou seus produtos  em 40 000 pontos de venda, três vezes mais do  que...
Exemplo                TAM, Gol e Azul: de olho nos turistas emergentes      Mais de 8 milhões de brasileiros viajarão de ...
Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
Natural•   Escassez de matérias-primas•   Custo mais elevado de energia•   Níveis mais altos de poluição•   Mudança no pap...
Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
Tecnológico• Aceleração no ritmo das  mudanças tecnológicas• Oportunidades ilimitadas para  a inovação• Variações dos orça...
Fonte: Denise Eler
Fonte: Denise Eler
Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
Político-Legal• A legislação regularizando os negócios• O crescimento de grupos de interesses
Apple x Ministério da Justiça  Como acontece lá fora    Nos EUA e em outros países, jogos são vendidos na App Store com   ...
Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
Sociocultural       • Persistência dos valores         culturais centrais       • Existência de         subculturas       ...
Mudança de imagem           As principais iniciativas politicamente corretas adotadas pela Pepsico nos últimos tempos     ...
Aula Estratégia_ambiente externo
Aula Estratégia_ambiente externo
Aula Estratégia_ambiente externo
Aula Estratégia_ambiente externo
Aula Estratégia_ambiente externo
Aula Estratégia_ambiente externo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula Estratégia_ambiente externo

1.056 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.056
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula Estratégia_ambiente externo

  1. 1. ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Prof. Ms. Wilian Gatti Junior
  2. 2. ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO
  3. 3. Ambiente Externo Ambiente Geral Tecnológicas Ambiente do Setor Ameaça de produtos Ameaças de substitutos Poder de entradas barganha dos compradores Intensidade de Organização Poder derivalidade entre barganha dos concorrentes fornecedores existentes Ambiente do Concorrente Econômico
  4. 4. Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
  5. 5. Demográfico • Crescimento da população • Composição etária • Mercados étnicos • Níveis de instrução • Padrões de moradia • Movimentações geográficas
  6. 6. Consumo feminino em 2009. Principais setores em bilhões de reais.Fonte: Revista Exame. Ed. 968 de 12/05/2010.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0968/economia/maior-mercados-emergentes-558756.html
  7. 7. Fonte: Revista Exame. Ed. 968 de 12/05/2010.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0968/economia/maior-mercados-emergentes-558756.html
  8. 8. Soma dos salários no BrasilFonte: Revista Exame. Ed. 968 de 12/05/2010.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0968/economia/maior-mercados-emergentes-558756.html
  9. 9. • População com mais de 60 anos na cidade de São Paulo. • Dados de 2004Fonte: Fundação SEADE. Disponível em: http://www.seade.gov.br/produtos/msp/dem/dem9_m002.pdf
  10. 10. • População menor de 15anos na cidade de São Paulo. • Dados de 2004Fonte: Fundação SEADE. Disponível em: http://www.seade.gov.br/produtos/msp/dem/dem9_m001.pdf
  11. 11. Fonte: Revista Exame. Ed. 940 de 11/04/2009.Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0940/economia/nunca-estudamos-tanto-432219.html
  12. 12. Classe E • Estágio zero do consumo • Renda baixa (R$ 440) Ensino escola pública • Depende de políticas Móveis usados governamentais ou programas sociais • Mora de aluguel da periferia Celular pré-pago ou em áreas rurais TV tubo • Projeção de consumo em 2009 = R$ 7 bilhões Geladeira 1 portaFontes: Revista Exame. Ed. 940 11/04/2009 e Ed. 972 de 28/07/2010.
  13. 13. Classe D • Muitas demandas básicas ainda devem ser atendidas Apto 2 quartos na • Renda razoavelmente baixa periferia Ensino fundamental particular (R$ 620) • Primeiras experiências com crédito Acesso discado a internet • Projeção de consumo em ou fora de casa Forno micro-ondas 2009 = R$ 105 bilhões Móveis de lojas populares Carro usado e/ou moto TV tela planaFontes: Revista Exame. Ed. 940 11/04/2009 e Ed. 972 de 28/07/2010.
  14. 14. Classe C • Participação intensa no mercado consumidor Móveis planejados • Procura novidades em TV tela fina eletroeletrônicos Viagem nacional de • Depende do preço baixo avião • Renda razoável (R$ 950 a R$ Geladeira 2 portas 1.400) • Projeção de consumo em Carro novo popular 2009 = R$ 229 bi a R$ 339 bi Acesso a internet em casa Máquina de lavar roupa Imóvel na periferia Faculdade particularFontes: Revista Exame. Ed. 940 11/04/2009 e Ed. 972 de 28/07/2010.
  15. 15. Classe B • Começa a investir em hábitos Geladeira side by side mais sofisticados Imóvel em bairro nobre • Crédito permite antecipar compra de produtos da classe A • Não consegue comprar tudo o Laptop Carro novo equipado que gostaria e tem de ser seletivo • Boa faixa de renda (R$ 2.300 a R$ 4.600) Viagem internacional Smartphone pós-pago • Projeção de consumo em 2009 = R$ 366 bi a R$ 414 bi Estudos no exterior Home theater com TV tela finaFontes: Revista Exame. Ed. 940 11/04/2009 e Ed. 972 de 28/07/2010.
  16. 16. Classe A• Alta renda (a partir de R$ 8.800)• Compra produtos e serviços de 1ª linha• Investe em exclusividade e Faculdade no exterior Carro importado marcas de luxo• Adota rapidamente novidades tecnológicas• Financia apenas bens de alto Móveis de design valor (imóveis, lanchas, carros) Marcas de luxo• Projeção de consumo em 2009 = R$ 75 bi a R$ 317 bi Imóvel em condomínio de luxo
  17. 17. Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
  18. 18. Econômico• Distribuição de renda• Poupança, endividamento e disponibilidade de crédito
  19. 19. Slide2-3 Padrão Básico de um Ciclo de Negócios Nível de Prosperidade Prosperidade atividade comercial Recuperação Recessão Recessão Tempo
  20. 20. Prazo para crédito a pessoas físicas (em dias corridos) 600 522 530 488 500 439 400 368 300 312 307 296 295 319 300 200 100 0 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 20 20 20 20 20 20 20 20 20 20 20Fonte: Revista Exame. Ed. 972 de 28/07/2010
  21. 21. Empréstimo PessoalEm bilhões de reais Crescimento em 2010 183 Empréstimo Pessoal 11,4% Financiamento de 15% 108 veículos 17,3% 107 Financiamento de imóveis 28 Cartão de crédito 10,3% Fonte: Revista Exame. Ed. 972 de 28/07/2010
  22. 22. Fonte: Revista Exame. Ed. 955 de 04/11/2009
  23. 23. Case Danone - Nordeste • Com quase 40% de participação nacional, a empresa sempre teve uma presença tímida na região. • Chegou até a fechar uma fábrica no Ceará em 2000, pouco antes de as concorrentes Nestlé e Kraft começarem a concentrar investimentos ali. • Os executivos da Danone acreditavam que não valia a pena colocar muito dinheiro numa região que, embora crescesse mais que a média nacional, rendia margens de lucro apertadasFonte: Revista Exame
  24. 24. Case Danone - Nordeste• Em 2008, enquanto a concorrência nadava de braçada na região, a Danone decidiu se mexer.• Em dezembro de 2011, pela primeira vez, a Danone passou a Nestlé e se tornou a empresa que mais vendeu iogurtes no Nordeste, com 32,3% do mercado, bem mais que os 19,6% de 2007, ainda que a diferença seja apertada.Fonte: Revista Exame
  25. 25. Case Danone - Nordeste• O primeiro pilar da estratégia foi diversificar a oferta de produtos voltados para os consumidores de baixa renda — segundo a consultoria Nielsen, as classes C e D respondem por 64% das vendas no Nordeste, enquanto a média nacional é de 36%.• Nos últimos três anos, foram colocados no mercado sete itens com preço de até 99 centavos, como embalagens unitárias de Danoninho e sachês do iogurte líquido Danito.• Para baixar o preço de um de seus principais produtos, o iogurte Activia, para esse valor, a empresa trocou a embalagem por uma mais simples e usou o velho truque de reduzir o peso de 180 para 150 gramas.Fonte: Revista Exame
  26. 26. Case Danone - Nordeste• Antes, as mercadorias vinham da unidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais, o que encarecia os produtos em até 10% e diminuía o perío-do de exposição nas gôndolas em até uma semana – solução foi reabrir a fábrica no Ceará.• Foi tirada a marca Paulista de circulação — concluiu-se que os consumidores não se identificavam com o nome.• Para levar seus produtos às pequenas lojas de bairro, que respondem por 60% das vendas no Nordeste, a empresa contratou mais 120 vendedores (hoje, são 250), criou programas de fidelidade e trocou um terço dos distribuidores regionais.Fonte: Revista Exame
  27. 27. Case Danone - Nordeste• No ano passado, a Danone colocou seus produtos em 40 000 pontos de venda, três vezes mais do que em 2007.• Pela primeira vez, criou uma campanha de marketing específica para uma região do país, diferente da nacional. Foram contratados artistas populares ali, e completos desconhecidos no resto do país, como o apresentador Nilson Fagata, personalidade popular no Ceará, e o humorista Jeison Wallace, um dos líderes de audiência na afiliada do SBT em Recife.Fonte: Revista Exame
  28. 28. Exemplo TAM, Gol e Azul: de olho nos turistas emergentes Mais de 8 milhões de brasileiros viajarão de avião pela primeira vez até 2011, segundo dados do Data Popular. Os 8,7 milhões de brasileiros que viajarão de avião pela primeira vez nos próximos meses, segundo o Data Popular, estão na mira das empresas de turismo. Enquanto companhias aéreas como Gol e Azul reafirmam seu posicionamento e investem em produtos para democratizar as viagens de avião, a TAM reformula sua estratégia para se aproximar dos consumidores emergentes e aproveitar o aquecimento do mercado. De acordo com a Anac, somente no primeiro semestre, o número de passageiros transportados cresceu 16%.Fonte: http://portalexame.abril.com.br/marketing/noticias/tam-gol-azul-olho-turistas-emergentes-591218.html
  29. 29. Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
  30. 30. Natural• Escassez de matérias-primas• Custo mais elevado de energia• Níveis mais altos de poluição• Mudança no papel dos governos
  31. 31. Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
  32. 32. Tecnológico• Aceleração no ritmo das mudanças tecnológicas• Oportunidades ilimitadas para a inovação• Variações dos orçamentos de P&D• Regulamentação mais rigorosa
  33. 33. Fonte: Denise Eler
  34. 34. Fonte: Denise Eler
  35. 35. Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
  36. 36. Político-Legal• A legislação regularizando os negócios• O crescimento de grupos de interesses
  37. 37. Apple x Ministério da Justiça Como acontece lá fora Nos EUA e em outros países, jogos são vendidos na App Store com classificação etária sugerida pela própria Apple Aqui não pode No Brasil, a avaliação da Apple não é aceita. Jogos eletrônicos devem obrigatoriamente serem avaliados pela Classificação Indicativa Resposta da Apple Apple Brasil não abre seção de jogos na App Store brasileira e diz respeitar a legislação brasileira Acontece também em... China e Coréia do Sul, países que, a exemplo do Brasil, não aceitam a classificação da Apple e também não possuem seção de jogos na App StoreFonte: http://jogos.uol.com.br/ultnot/multi/2010/08/31/ult530u8134.jhtm
  38. 38. Análise do MacroambienteAmbientes:• Demográfico• Econômico• Global• Tecnológico• Político-legal• Sociocultural
  39. 39. Sociocultural • Persistência dos valores culturais centrais • Existência de subculturas • Mudanças dos valores secundários ao longo do tempo
  40. 40. Mudança de imagem As principais iniciativas politicamente corretas adotadas pela Pepsico nos últimos tempos SAL DE DESIGNER • A empresa desenvolveu um sal com cristais absorvidos mais facilmente pela boca, garantindo o mesmo gosto com menos sal na fórmula BATATINHAS MAGRAS • A Pepsico começou a usar óleo de girassol na fritura das batatas Lays, o que diminuiu em 50% a quantidade de gordura saturada SACOLAS ECOLÓGICAS • Em parceria com a Envirosax, empresa especializada em sacolas reutilizáveis, a Pepsico passou a fabricar o produto com garrafas PET usadas ECOGARRAFA • Em 2009, a Pepsico lançou a linha de garrafas Ecofina, que usa 50% menos plástico que os vasilhames normaisFonte: Revista Exame. Ed. 966 de 21/04/2010

×