Aula Gestão da Produção e Logística: Arranjo Físico

24.301 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
592
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula Gestão da Produção e Logística: Arranjo Físico

  1. 1. Gestão da Produção e LogísticaGestão da Produção e LogísticaGestão da Produção e LogísticaGestão da Produção e Logística Prof. Ms. Wilian Gatti Junior
  2. 2. Arranjo Físico Definição • É a maneira segundo a qual se encontram dispostos fisicamente os recursos que ocupam espaço dentro da instalação de uma operação. • Recursos podem ser: uma mesa, um centro de trabalho, um escritório, uma pessoa, uma máquina, um departamento ou outros.
  3. 3. Quando se preocupar com o Arranjo Físico • Um recurso “consumidor de espaço” é acrescentado ou retirado ou se decide pela modificação de sua localização; • Há uma expansão ou redução de área da instalação; • Ocorre mudança relevante de procedimentos ou de fluxos físicos. • Ocorre mudança substancial dos mix relativos de produtos que afetem substancialmente os fluxos; • Ocorre mudança substancial na estratégia competitiva da operação.
  4. 4. Problemas • Demora excessiva • Perda de tempo no deslocamento • Fluxo confuso de trabalho • Decisões errôneas e consultas desnecessárias, por proximidade • Excesso de fluxos secundários • Excessiva acumulação de pessoas e documentos • As unidades “incham” e aumentar o espaço físico é difícil • Projeto deficiente de locais de trabalho • Devido a vontades do grupo ou preferências pessoais
  5. 5. Processo por tarefa Processos em fluxo contínuo Processos intermediários Volumes baixos, baixa padronização, alta variedade Volumes altos, alta padronização, baixa variedade Arranjo Físico Posicional Arranjo Físico Por Processo Arranjo Físico Celular Arranjo Físico Por Produto
  6. 6. Tipos Básicos de Arranjo Físico • Arranjo por Processo (ou funcional) • Arranjo por Produto • Arranjo Posicional • Arranjo Celular • Arranjo Flexível
  7. 7. Arranjo Físico por Processo • Trata-se de um processo intermitente, em que os recursos (funcionários e equipamentos) são organizados em torno do processo; • Agrupa postos de trabalho ou departamentos de acordo com a função; • Isto significa que, quando clientes, informações e produtos fluírem através da operação, eles percorrerão um roteiro de processo a processo, de acordo com as suas necessidades.
  8. 8. Arranjo Físico por Processo • Características: • grande movimentação de materiais; • controle mais complexo; • altos estoques intermediários. • Exemplos: • Bancos • Hospitais • Supermercados • Biblioteca
  9. 9. Arranjo Físico por Processo
  10. 10. Arranjo Físico por Produto • Os recursos produtivos transformadores são localizados linearmente, de acordo com a melhor conveniência do recurso que está sendo transformado; • O fluxo de produtos, informações e clientes é muito claro e previsível, sendo assim fácil de controlar; • Em função do espaço ou do projeto este arranjo pode tomar a forma de um L, O, S ou U.
  11. 11. Arranjo Físico por Produto • Características: • layout mais suscetível a paradas; • menos flexível quanto a mudanças de produto; • os operários e as máquinas são fixos; • as tarefas são especializadas; • há redução de movimentações e estoque em processo. • Exemplos: • montagem de automóveis, • programa de vacinação em massa, • restaurante self-service.
  12. 12. Arranjo Físico por Produto
  13. 13. Arranjo Físico Posicional • Razões: produto ou sujeito do serviço muito grandes; estarem em estado delicado para serem removidos. • Recursos e pessoas se movimentam. • Utiliza grandes áreas. • Grande atividade de transporte. • Exemplos: • Construção de uma rodovia • Cirurgia de coração aberto • Restaurante • Estaleiro • Manutenção de computador de grande porte
  14. 14. Arranjo Físico Posicional
  15. 15. Arranjo Físico Celular • Os recursos transformados, entrando na operação, são pré-selecionados (ou pré- selecionam-se a si próprios) para movimentarem-se para uma parte específica da operação (ou célula), na qual todos os recursos transformadores necessários a atender a suas necessidades imediatas de processamento se encontram. • Célula: dois ou mais postos de trabalho distintos localizados proximamente, nos quais um número limitado de peças ou modelos é processado utilizando fluxos lineares. • Pode ser arranjada como um arranjo físico por processo ou por produto.
  16. 16. Arranjo Físico Celular • Características: • utiliza o conceito de famílias de produtos; • baixos estoques intermediários; • menor movimentação de materiais; • utiliza o conceito de grupo operacional; • dificuldade de balanceamento da capacidade das máquinas.
  17. 17. O conceito de famílias de produtos
  18. 18. Arranjo Físico Celular X Recebimento Tratamento térmico Retífica Fresas Furadeiras Tornos Expedição To To To To To To To To To To Fr FrFrFr Fr Fr FrFr FrFr Tt Tt Tt Tt Fu Fu Fu Fu Fu Fu Re Re Re Re Y Ferramentaria (a) Recebimento Tratamento térmico Retífica Fresas Furadeiras Tornos Expedição To To To To To To To To To To Fr FrFrFr FrFr FrFr FrFr Tt Tt Tt Tt Fu Fu Fu Fu Fu Fu Re Re Re Re X Y Ferramentaria (a) Célula Y Exemplo de célula de manufatura (b) Exemplo de célula em escritório (b)
  19. 19. Arranjo Físico Celular
  20. 20. Arranjo Físico Flexível • Neste caso, a linha de produção é rearranjada rapidamente, de acordo com os produtos e as quantidades produzidas; • Os equipamentos possuem recursos de movimentação ou adaptação para serem rearranjados; • A área física possui facilidades para o rearranjo.
  21. 21. Arranjo Físico Flexível

×