Analise Ambiental 01

26.524 visualizações

Publicada em

Analise Ambiental - metodos e tecnicas.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.524
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
113
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
485
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Analise Ambiental 01

  1. 1. Prof.M.Sc. Assis Araújo ANÁLISE AMBIENTAL MÉTODOS E TÉCNICAS
  2. 2. <ul><li>CONCEITO: </li></ul><ul><li>Estudo integrado e analítico das transformações, distribuição, dinâmica e conexões dos elementos componentes de um território. </li></ul>ANÁLISE AMBIENTAL
  3. 3. ANÁLISE AMBIENTAL DIAGNÓSTICOS ZONEAMENTO AIA MANEJO PLANEJAMENTO RAD
  4. 4. ANÁLISE AMBIENTAL <ul><li>PARÂMETROS FUNDAMENTAIS : </li></ul><ul><li>Transferência de matéria e energia dentro do sistema; </li></ul><ul><li>Estudo dos processos da dinâmica natural e dos impacto ambientais; </li></ul><ul><li>Relações entre sistemas adjacentes; etc. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>A análise geográfica do meio ambiente perpassa pela análise de um território, de um espaço,de uma paisagem. </li></ul>ANÁLISE AMBIENTAL <ul><li>Existem 3 modos de análise: </li></ul><ul><li>VIA NATURALISTA : características físico-químicos e biológicas; </li></ul><ul><li>VIA DOS HOMENS : gestão do ambiente-econômico ou socioeconômico; </li></ul><ul><li>VIA CULTURAL (paisagem) como se apresentam pelos homens. </li></ul>
  6. 6. ANÁLISE AMBIENTAL A análise integrada (visão sistêmica) do meio ambiente envolve, entre outras ciências: Ecologia Biogeografia Geografia Física LUGAR AMBIENTE PAISAGEM TERRITÓRIO
  7. 7. <ul><li>ABORDAGEM SISTÊMICA – definições básicas: </li></ul><ul><li>SISTEMA: </li></ul><ul><li>conjunto estruturado de objetos e/ou atributos (CHORLEY & KENNEDY, 1971, pg.1) ; </li></ul><ul><li>conjuntos de elementos que se relacionam entre si, com certo grau de organização, procurando atingir um objetivo ou uma finalidade (BERTALANFY, 1950). </li></ul><ul><li>AMBIENTE : sistema com expressão espacial, com limites identificáveis, estruturado por funções internas, que dão consistência a suas partes componentes (subsistemas), e por funções externas que o relacionam com eventos e sistemas que lhe são exteriores. (SILVA, 2001, pg.20) </li></ul>ANÁLISE AMBIENTAL
  8. 8. <ul><li>ABORDAGEM SISTÊMICA – gênese: </li></ul><ul><li>DOKOUTCHAEV (séc. XIX) – complexo natural territorial (interação componentes bióticos e abióticos); </li></ul><ul><li>BERTALANFFY(1932-7) – Teoria Geral dos Sistemas (TGS) – forneceu base para os estudos ambientais, como as propriedades, tipos, estruturas, conteúdo, meio ambiente dos sistemas, hierarquia, equilíbrio dinâmico, retroalimentação e conexões; </li></ul><ul><li>SOTCHAVA (1963) – GEOSSISTEMA : É a ‘expressão dos fenômenos naturais resultantes da interação, na superfície da Terra,da litomassa com biomassa, aeromassa e hidromassa’. </li></ul><ul><li>‘ ... uma classe peculiar de sistemas dinâmicos, abertos, hierarquicamente organizados. </li></ul><ul><li>Possui várias categorias dimensionais. </li></ul>ANÁLISE AMBIENTAL
  9. 9. <ul><li>ABORDAGEM SISTÊMICA – gênese : </li></ul><ul><li>G. BERTRAND (1978) : </li></ul><ul><li>Combinação dinâmica de elementos; </li></ul><ul><li>Sistema natural homogêneo ligado a um território; </li></ul><ul><li>Morfologia, funcionamento e comportamento; </li></ul><ul><li>Escalas espaciais : zona, domínio, região, geossistema, geofácies e geotopo. </li></ul>ANÁLISE AMBIENTAL
  10. 10. METODOLOGIA DE PESQUISA DE ANDRÉ LIBAULT MÉTODOS DE ANÁLISE AMBIENTAL
  11. 11. Roteiro de investigação para geração de Mapa Morfodinâmico - Ensaio Metodológico de aplicação de SIG; adaptado de Simielli. METODOLOGIA DE PESQUISA DE ANDRÉ LIBAULT
  12. 12. TÉCNICAS EMPREGADAS NOS ESTUDOS AMBIENTAIS <ul><li>QUANTIFICAÇÃO; </li></ul><ul><li>Utilização de técnicas matemáticas e estatísticas (ex: medir); </li></ul><ul><li>Analisar tabelas e gráficos. </li></ul><ul><li>Estabelecer correlações, etc </li></ul>
  13. 13. TÉCNICAS EMPREGADAS NOS ESTUDOS AMBIENTAIS <ul><li>MODELAGEM DE SISTEMAS AMBIENTAIS; </li></ul><ul><li>Vinculada à T.G. dos Sistemas; </li></ul><ul><li>Modelos: representam sistemas ambientais; </li></ul><ul><li>Enunciam hipóteses </li></ul>
  14. 14. TÉCNICAS EMPREGADAS NOS ESTUDOS AMBIENTAIS <ul><li>SENSORIAMENTO REMOTO </li></ul>
  15. 15. TÉCNICAS EMPREGADAS NOS ESTUDOS AMBIENTAIS <ul><li>GEOPROCESSAMENTO </li></ul>
  16. 16. Para refletir: <ul><li>&quot;O que me interessa não é uma síntese, mas um pensamento transdisciplinar, um pensamento que não se quebre nas fronteiras entre as disciplinas. O que me interessa é o fenômeno multidimensional, e não a disciplina que recorta uma dimensão nesse fenômeno. Tudo o que é humano é ao mesmo tempo psíquico, sociológico, econômico, histórico, demográfico. É importante que estes aspectos não sejam separados, mas sim que concorram para uma visão poliocular. O que me estimula é a preocupação de ocultar o menos possível a complexidade do real.&quot; </li></ul><ul><li>Edgar Morin </li></ul>

×