SlideShare uma empresa Scribd logo
Reforma Íntima sem 
Martírio 
Leonardo Pereira - Gelp – Vitória - ES
O que é a Reforma Íntima? 
• Reformar é formar novamente, dar nova forma. Reforma 
íntima nada mais é que dar nova direção aos valores 
que já possuímos e corrigir deficiências cujas raízes 
ignoramos ou não temos motivação para mudar. 
• Não é exterminar o mal em nós, e sim fortalecer o bem 
que está adormecido na consciência. Não é reprimir, 
mas educar os nossos sentimentos. 
• Reforma íntima sem martírio, Ermace Defaux
A maior 
dificuldade para se 
fazer a tão falada 
Reforma Íntima é 
justamente saber 
o que devemos 
reformar. Aí, vai a 
pergunta: 
“o que está de 
errado em nós?”.
• “O amor aos bens 
terrenos constitui um 
dos mais fortes 
óbices ao vosso 
adiantamento moral 
e espiritual. 
Pelo apego à posse de 
tais bens, destruís as 
vossas faculdades de 
amar...” 
• Lacordaire – (Constantina, 1863) 
• O Evangelho Segundo Espiritismo Capítulo XVI – 
item 14
As principais reações e características do tipo 
predominantemente orgulhoso são: 
a) Amor-próprio muito acentuado; contraria-se por 
pequenos motivos; 
b) Reage explosivamente a quaisquer observações 
ou criticas de outrem em relação ao seu 
comportamento; 
c) Necessita ser o centro de atenções e fazer 
prevalecer sempre as suas próprias ideias; 
d) Não aceita a possibilidade de seus erros, 
mantendo-se num estado de consciência fechado 
ao dialogo construtivo; 
e) Menospreza as ideias do próximo;
f) Ao ser elogiado por quaisquer motivos, enche-se de 
uma satisfação presunçosa, como que se reafirmando na 
sua importância pessoal; 
g) Preocupa-se muito com a sua aparência exterior, seus 
gestos são estudados, dá demasia importância à sua 
posição social e ao prestigio pessoal; 
h) Acha que todos os seus circundantes (familiares e 
amigos) devem girar em torno de si; 
i)Não admite se humilhar diante de ninguém, achando 
essa atitude um traço de fraqueza e falta de 
personalidade; 
j) Usa da ironia e do deboche para com o próximo nas 
ocasiões de contendas.
Então? Precisamos mudar? 
Pense assim: a Reforma Íntima é o 
primeiro passo para que o ódio, a raiva, 
o remorso, a vingança etc. se 
transformem em amor, o amor 
incondicional que o Mestre Jesus nos 
ensina sempre. 
“Expulsai da Terra o egoísmo para que 
ela possa subir na escala dos mundos, 
porquanto já é tempo de a Humanidade 
envergar sua veste viril, para o que 
cumpre que primeiramente o expilais 
(expurgais) dos vossos corações.” 
(Emmanuel - Paris, 1861, no livro: “O Evangelho Segundo o 
Espiritismo” – Capítulo XI – Item 11)
Como fazer ? 
CONHECIMENTO DE SI MESMO 
Qual o meio prático mais eficaz 
que tem o homem de se 
melhorar nesta vida e de 
resistir à atração do mal? 
“Um sábio da antiguidade 
Já disse: Conhece-te a ti 
mesmo.” 
a) — Conhecemos toda a 
sabedoria desta máxima, 
porém a dificuldade está 
precisamente em cada um 
conhecer-se a si mesmo. Qual o 
meio de consegui-lo? 
Sócrates 
Grécia Antiga- 470 // -399Filósofo 
"Conhece-te a ti 
mesmo e conhecerás 
o universo e os 
deuses." 
O Livro dos Espíritos – Q. 919
Como fazer ? 
• Em uma vídeo 
palestra de Raul 
Teixeira pela 
Federação Espírita 
do Paraná, 
conseguiu-se um 
roteiro que nos 
auxilia a promover 
nossa reforma 
íntima:
• 1) Falar 
sempre de 
forma a 
NUNCA 
atacar quem 
quer que 
seja;
•2) Não 
tomar 
nada 
como 
pessoal
• 3) Não fazer 
suposições, 
e
• 4) Fazer 
sempre o 
melhor que 
pudermos, 
com 
sinceridade e 
de boa 
vontade.
É fácil fazer a reforma Íntima? 
“Não faço o 
bem que 
quero, mas o 
mal que não 
quero, esse eu 
faço”. 
Paulo de Tarso, I Romanos 7, 19
• Reforma íntima 
deve ser 
considerada como 
melhoria de nós 
mesmos e não a 
anulação de uma 
parte de nós 
considerada ruim. 
• Uma proposta de 
aperfeiçoamento 
gradativo cujo 
objetivo maior é a 
nossa felicidade.
• Educação dos sentimentos 
• Educação significa “trazer à 
luz”, vem do latim educare, que 
significa levar para fora, fazer 
sair, extrair, tirar. 
• É extrair da alma os valores 
divinos que recebemos quando 
fomos criados. 
•Educação é disciplina do 
sentimento íntimo, fruto de um 
acordo celebrado conosco 
mesmo. 
Reforma íntima sem martírio, ermance defaux
• Mudança dos hábitos mentais e 
comportamentais. 
• Para se educar é 
preciso vigilância, 
tendo em vista os 
hábitos que 
arregimentamos nas 
vidas sucessivas.
• Muitos definem seu 
crescimento espiritual 
pela quantidade de 
realizações a que se 
devotam por fora, 
quando o crescimento 
pessoal só encontra 
medidas reais nos 
recessos do 
sentimento.
• Ninguém foge aos 
desafios da vida, que 
são técnicas de 
avaliação moral para 
os candidatos à 
felicidade. 
O homem revela 
sabedoria e prudência, 
no momento do 
exame, quando está 
convidado à 
demonstração das 
conquistas realizadas. 
Autor: Joanna de Ângelis 
Psicografia de Divaldo Franco. Da obra Vigilância
• A mudança para melhor não implica em 
destruir o que fomos, mas dar nova 
direção ao que já conquistamos. 
• Não queira destruir a sombra, ela 
desaparece com a luz! 
• Reforma 
íntima sem martírio, Ermace Defaux
• “Vós sois a luz do mundo. Não se pode 
esconder uma cidade situada sobre um 
monte; nem se acende a candeia para a 
colocar debaixo do alqueire, mas sim em 
cima do candelabro, e assim alumia a 
todos os que estão em casa. Assim brilhe 
a vossa luz diante dos homens, de modo 
que, vendo as vossas boas obras, 
glorifiquem o vosso Pai, que está no 
Céu.” (Mt 5, 14-16).
Bibliografia. 
• -O Evangelho Segundo o Espiritismo. 
• -O Livro dos Espíritos – Q. 919 
• - Reforma Íntima, de Abel Glaser, pelo espírito 
Cairbar Schutel, Editora O Clarim. 
• - Reforma Íntima sem Martírio, Wanderley S.de 
Oliveira, pelo espírito Ermance Dufaux. 
• -Escutando Sentimentos ( Wanderley S. de 
Oliveira – Ermance Dufaux). 
• -Mensagem de Joanna de Angelis – Divaldo 
Franco do Livro Vigilância.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
Lar Irmã Zarabatana
 
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do EspíritoConflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
igmateus
 
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoIntroducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
CEVP - Divulgação
 
Provas e expiações
Provas e expiações  Provas e expiações
Provas e expiações
Mima Badan
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Denise Aguiar
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
Ricardo Azevedo
 
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpoRoteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Bruno Cechinel Filho
 
O argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap xO argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap x
Mario Emilio do Amaral Coelho
 
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DORO CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
Jorge Luiz dos Santos
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
Jerri Almeida
 
Superfluo e necessário
Superfluo e necessárioSuperfluo e necessário
Superfluo e necessário
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Silvânio Barcelos
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
Dalila Melo
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
CEENA_SS
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
marjoriestavismeyer
 
A terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesA terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiações
Graça Maciel
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
Graça Maciel
 
Os verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familiaOs verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familia
Graça Maciel
 
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direitaQue sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 

Mais procurados (20)

25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
25/10/1013 OBSESSÃO E DESOBSESSÃO
 
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do EspíritoConflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
Conflitos Existenciais e Maturidade do Espírito
 
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o EspiritismoIntroducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
Introducao ao Estudo do Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Provas e expiações
Provas e expiações  Provas e expiações
Provas e expiações
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
 
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpoRoteiro 4    retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
Roteiro 4 retorno à vida corporal - união da alama ao corpo
 
O argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap xO argueiro e a trave no olho cap x
O argueiro e a trave no olho cap x
 
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DORO CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
 
Superfluo e necessário
Superfluo e necessárioSuperfluo e necessário
Superfluo e necessário
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Cuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do EspíritoCuidar do Corpo e do Espírito
Cuidar do Corpo e do Espírito
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
A terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiaçõesA terra planeta de provas e expiações
A terra planeta de provas e expiações
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Os verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familiaOs verdadeiros laços de familia
Os verdadeiros laços de familia
 
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direitaQue sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
Que sua mão esquerda não saiba o que faz a direita
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 

Destaque

Reforma íntima
Reforma íntimaReforma íntima
Reforma íntima
Tatiana Cruz
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
Leonardo Pereira
 
Apresentação o espírita e a reforma íntima
Apresentação o espírita e a reforma íntimaApresentação o espírita e a reforma íntima
Apresentação o espírita e a reforma íntima
Idéias Luz
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
grupodepaisceb
 
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhorConhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Adão Salles
 
Educação da alma - Reforma Íntima - Espiritsimo
Educação da alma - Reforma Íntima - EspiritsimoEducação da alma - Reforma Íntima - Espiritsimo
Educação da alma - Reforma Íntima - Espiritsimo
Marcio Augusto Guariente
 
Reforma intima aula 1
Reforma intima aula 1Reforma intima aula 1
Reforma intima aula 1
Moacyr Costa Júnior
 
O conhecimento de si mesmo e do outro
O conhecimento de si mesmo e do outroO conhecimento de si mesmo e do outro
O conhecimento de si mesmo e do outro
Ezeglair de Souza
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Sergio Lima Dias Junior
 
Celibato (pe.fabio de_mello)
Celibato (pe.fabio de_mello)Celibato (pe.fabio de_mello)
Celibato (pe.fabio de_mello)
cepmaio
 
3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos 3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
Socialismo e espiritismo
Socialismo e espiritismoSocialismo e espiritismo
Socialismo e espiritismo
Milton De Souza Oliveira
 
Palestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e EspiritismoPalestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e Espiritismo
Victor Passos
 
Passos para a reforma intima
Passos para a reforma intima Passos para a reforma intima
Passos para a reforma intima
Ailton Guimaraes
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
Fábio Paiva
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Idéias Luz
 
2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa
2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa
2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Reforma intima
Reforma intimaReforma intima
Reforma intima
Alfredo Lopes
 
Curso Passe - Editora Auta de Souza
Curso Passe - Editora Auta de SouzaCurso Passe - Editora Auta de Souza
Curso Passe - Editora Auta de Souza
hamletcrs
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
Anelise Mastella
 

Destaque (20)

Reforma íntima
Reforma íntimaReforma íntima
Reforma íntima
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
 
Apresentação o espírita e a reforma íntima
Apresentação o espírita e a reforma íntimaApresentação o espírita e a reforma íntima
Apresentação o espírita e a reforma íntima
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhorConhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
Conhece-te a Ti mesmo e relacione-se melhor
 
Educação da alma - Reforma Íntima - Espiritsimo
Educação da alma - Reforma Íntima - EspiritsimoEducação da alma - Reforma Íntima - Espiritsimo
Educação da alma - Reforma Íntima - Espiritsimo
 
Reforma intima aula 1
Reforma intima aula 1Reforma intima aula 1
Reforma intima aula 1
 
O conhecimento de si mesmo e do outro
O conhecimento de si mesmo e do outroO conhecimento de si mesmo e do outro
O conhecimento de si mesmo e do outro
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
 
Celibato (pe.fabio de_mello)
Celibato (pe.fabio de_mello)Celibato (pe.fabio de_mello)
Celibato (pe.fabio de_mello)
 
3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos 3ª Oficina dos sentimentos
3ª Oficina dos sentimentos
 
Socialismo e espiritismo
Socialismo e espiritismoSocialismo e espiritismo
Socialismo e espiritismo
 
Palestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e EspiritismoPalestra Natal e Espiritismo
Palestra Natal e Espiritismo
 
Passos para a reforma intima
Passos para a reforma intima Passos para a reforma intima
Passos para a reforma intima
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
 
2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa
2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa
2013-05-05-O que é Reforma íntima?-Rosana De Rosa
 
Reforma intima
Reforma intimaReforma intima
Reforma intima
 
Curso Passe - Editora Auta de Souza
Curso Passe - Editora Auta de SouzaCurso Passe - Editora Auta de Souza
Curso Passe - Editora Auta de Souza
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
 

Semelhante a Reforma íntima sem martírio

Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Fórum Espírita
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
2ª oficina dos sentimentos
2ª oficina dos sentimentos 2ª oficina dos sentimentos
2ª oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos 5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos 7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
4ª Oficina dos sentimentos
4ª  Oficina dos sentimentos 4ª  Oficina dos sentimentos
4ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos 6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
grupodepaisceb
 
ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.
ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.
ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Em Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorandoEm Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorando
Idéias Luz
 
Educação da nova era
Educação da nova eraEducação da nova era
Educação da nova era
Dalila Melo
 
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - AmorAula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Mocidade Espírita União Fraternal
 
Perdão
PerdãoPerdão
A verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusA verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deus
Dalila Melo
 
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
JPS Junior
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
paikachambi
 
Oficina NEP 2012
Oficina NEP 2012Oficina NEP 2012
Oficina NEP 2012
igmateus
 
1ª Oficina dos sentimentos
1ª  Oficina dos sentimentos 1ª  Oficina dos sentimentos
1ª Oficina dos sentimentos
Leonardo Pereira
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
umecamaqua
 
Reforma íntima para o progresso moral
Reforma íntima para o progresso moralReforma íntima para o progresso moral
Reforma íntima para o progresso moral
Ponte de Luz ASEC
 

Semelhante a Reforma íntima sem martírio (20)

Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
 
Palestra reforma íntima
Palestra   reforma íntimaPalestra   reforma íntima
Palestra reforma íntima
 
2ª oficina dos sentimentos
2ª oficina dos sentimentos 2ª oficina dos sentimentos
2ª oficina dos sentimentos
 
5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos 5ª oficina dos sentimentos
5ª oficina dos sentimentos
 
7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos 7ª Oficina dos sentimentos
7ª Oficina dos sentimentos
 
4ª Oficina dos sentimentos
4ª  Oficina dos sentimentos 4ª  Oficina dos sentimentos
4ª Oficina dos sentimentos
 
6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos 6 ª Oficina dos sentimentos
6 ª Oficina dos sentimentos
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
 
ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.
ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.
ESDE - Módulo XVII - Roteiro 2: conhecimento de si mesmo.
 
Em Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorandoEm Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorando
 
Educação da nova era
Educação da nova eraEducação da nova era
Educação da nova era
 
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - AmorAula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
Aula M1 (14 e 15 anos) (26/07/12) - Amor
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
A verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusA verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deus
 
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
D 10 Conheça a Si Mesmo 22-10
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Oficina NEP 2012
Oficina NEP 2012Oficina NEP 2012
Oficina NEP 2012
 
1ª Oficina dos sentimentos
1ª  Oficina dos sentimentos 1ª  Oficina dos sentimentos
1ª Oficina dos sentimentos
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Reforma íntima para o progresso moral
Reforma íntima para o progresso moralReforma íntima para o progresso moral
Reforma íntima para o progresso moral
 

Mais de Leonardo Pereira

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
Leonardo Pereira
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Leonardo Pereira
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
Leonardo Pereira
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
Leonardo Pereira
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
Leonardo Pereira
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
Leonardo Pereira
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
Leonardo Pereira
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
Leonardo Pereira
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 

Mais de Leonardo Pereira (20)

Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência" Jesus " psicólogo por excelência"
Jesus " psicólogo por excelência"
 
Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"Jesus "o Cristo de nossos dias"
Jesus "o Cristo de nossos dias"
 
E a morte o fim da vida
E a morte o fim da vidaE a morte o fim da vida
E a morte o fim da vida
 
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
Doentes da alma ' Raiva ' melindre e magoa
 
Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12Escutando sentimentos cap 10 a 12
Escutando sentimentos cap 10 a 12
 
Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10Escutando sentimentos cap 09e 10
Escutando sentimentos cap 09e 10
 
Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08Escutando sentimentos cap 07e 08
Escutando sentimentos cap 07e 08
 
Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06Escutando sentimentos cap 06
Escutando sentimentos cap 06
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03Escutando sentimentos cap 03
Escutando sentimentos cap 03
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
 
Escutando sentimentos cap 1
Escutando sentimentos  cap 1Escutando sentimentos  cap 1
Escutando sentimentos cap 1
 
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortalO apego e suas consequencias para o espirito imortal
O apego e suas consequencias para o espirito imortal
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
 
Seminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediadosSeminário Médiuns obsediados
Seminário Médiuns obsediados
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 

Último

CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (16)

CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 

Reforma íntima sem martírio

  • 1. Reforma Íntima sem Martírio Leonardo Pereira - Gelp – Vitória - ES
  • 2. O que é a Reforma Íntima? • Reformar é formar novamente, dar nova forma. Reforma íntima nada mais é que dar nova direção aos valores que já possuímos e corrigir deficiências cujas raízes ignoramos ou não temos motivação para mudar. • Não é exterminar o mal em nós, e sim fortalecer o bem que está adormecido na consciência. Não é reprimir, mas educar os nossos sentimentos. • Reforma íntima sem martírio, Ermace Defaux
  • 3. A maior dificuldade para se fazer a tão falada Reforma Íntima é justamente saber o que devemos reformar. Aí, vai a pergunta: “o que está de errado em nós?”.
  • 4. • “O amor aos bens terrenos constitui um dos mais fortes óbices ao vosso adiantamento moral e espiritual. Pelo apego à posse de tais bens, destruís as vossas faculdades de amar...” • Lacordaire – (Constantina, 1863) • O Evangelho Segundo Espiritismo Capítulo XVI – item 14
  • 5. As principais reações e características do tipo predominantemente orgulhoso são: a) Amor-próprio muito acentuado; contraria-se por pequenos motivos; b) Reage explosivamente a quaisquer observações ou criticas de outrem em relação ao seu comportamento; c) Necessita ser o centro de atenções e fazer prevalecer sempre as suas próprias ideias; d) Não aceita a possibilidade de seus erros, mantendo-se num estado de consciência fechado ao dialogo construtivo; e) Menospreza as ideias do próximo;
  • 6. f) Ao ser elogiado por quaisquer motivos, enche-se de uma satisfação presunçosa, como que se reafirmando na sua importância pessoal; g) Preocupa-se muito com a sua aparência exterior, seus gestos são estudados, dá demasia importância à sua posição social e ao prestigio pessoal; h) Acha que todos os seus circundantes (familiares e amigos) devem girar em torno de si; i)Não admite se humilhar diante de ninguém, achando essa atitude um traço de fraqueza e falta de personalidade; j) Usa da ironia e do deboche para com o próximo nas ocasiões de contendas.
  • 7. Então? Precisamos mudar? Pense assim: a Reforma Íntima é o primeiro passo para que o ódio, a raiva, o remorso, a vingança etc. se transformem em amor, o amor incondicional que o Mestre Jesus nos ensina sempre. “Expulsai da Terra o egoísmo para que ela possa subir na escala dos mundos, porquanto já é tempo de a Humanidade envergar sua veste viril, para o que cumpre que primeiramente o expilais (expurgais) dos vossos corações.” (Emmanuel - Paris, 1861, no livro: “O Evangelho Segundo o Espiritismo” – Capítulo XI – Item 11)
  • 8. Como fazer ? CONHECIMENTO DE SI MESMO Qual o meio prático mais eficaz que tem o homem de se melhorar nesta vida e de resistir à atração do mal? “Um sábio da antiguidade Já disse: Conhece-te a ti mesmo.” a) — Conhecemos toda a sabedoria desta máxima, porém a dificuldade está precisamente em cada um conhecer-se a si mesmo. Qual o meio de consegui-lo? Sócrates Grécia Antiga- 470 // -399Filósofo "Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses." O Livro dos Espíritos – Q. 919
  • 9. Como fazer ? • Em uma vídeo palestra de Raul Teixeira pela Federação Espírita do Paraná, conseguiu-se um roteiro que nos auxilia a promover nossa reforma íntima:
  • 10. • 1) Falar sempre de forma a NUNCA atacar quem quer que seja;
  • 11. •2) Não tomar nada como pessoal
  • 12. • 3) Não fazer suposições, e
  • 13. • 4) Fazer sempre o melhor que pudermos, com sinceridade e de boa vontade.
  • 14. É fácil fazer a reforma Íntima? “Não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse eu faço”. Paulo de Tarso, I Romanos 7, 19
  • 15. • Reforma íntima deve ser considerada como melhoria de nós mesmos e não a anulação de uma parte de nós considerada ruim. • Uma proposta de aperfeiçoamento gradativo cujo objetivo maior é a nossa felicidade.
  • 16. • Educação dos sentimentos • Educação significa “trazer à luz”, vem do latim educare, que significa levar para fora, fazer sair, extrair, tirar. • É extrair da alma os valores divinos que recebemos quando fomos criados. •Educação é disciplina do sentimento íntimo, fruto de um acordo celebrado conosco mesmo. Reforma íntima sem martírio, ermance defaux
  • 17. • Mudança dos hábitos mentais e comportamentais. • Para se educar é preciso vigilância, tendo em vista os hábitos que arregimentamos nas vidas sucessivas.
  • 18. • Muitos definem seu crescimento espiritual pela quantidade de realizações a que se devotam por fora, quando o crescimento pessoal só encontra medidas reais nos recessos do sentimento.
  • 19. • Ninguém foge aos desafios da vida, que são técnicas de avaliação moral para os candidatos à felicidade. O homem revela sabedoria e prudência, no momento do exame, quando está convidado à demonstração das conquistas realizadas. Autor: Joanna de Ângelis Psicografia de Divaldo Franco. Da obra Vigilância
  • 20. • A mudança para melhor não implica em destruir o que fomos, mas dar nova direção ao que já conquistamos. • Não queira destruir a sombra, ela desaparece com a luz! • Reforma íntima sem martírio, Ermace Defaux
  • 21. • “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; nem se acende a candeia para a colocar debaixo do alqueire, mas sim em cima do candelabro, e assim alumia a todos os que estão em casa. Assim brilhe a vossa luz diante dos homens, de modo que, vendo as vossas boas obras, glorifiquem o vosso Pai, que está no Céu.” (Mt 5, 14-16).
  • 22. Bibliografia. • -O Evangelho Segundo o Espiritismo. • -O Livro dos Espíritos – Q. 919 • - Reforma Íntima, de Abel Glaser, pelo espírito Cairbar Schutel, Editora O Clarim. • - Reforma Íntima sem Martírio, Wanderley S.de Oliveira, pelo espírito Ermance Dufaux. • -Escutando Sentimentos ( Wanderley S. de Oliveira – Ermance Dufaux). • -Mensagem de Joanna de Angelis – Divaldo Franco do Livro Vigilância.