SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
“Embora
ninguém possa
voltar atrás e
fazer um novo
começo,
qualquer um
pode começar
agora e fazer um
novo fim.”
Chico Xavier
 Ser melhor hoje do que ontem, e buscar
amanhã ser melhor do que hoje
 Procurar errar menos e acertar mais
 Esforçar-se pelo domínio das más
inclinações
 Transformar-se moralmente
 Perdoar, praticar a caridade e amar ao
próximo como a si mesmo
1ª etapa – nós chegamos à casa espírita.
2ª etapa – o conhecimento doutrinário
penetra os meandros da inteligência.
3ª etapa – o Espiritismo brota de dentro de
nós para espraiar-se no meio onde atua, gerando
crescimento e progresso. (é a mais significativa)
Essas três etapas são naturais e obedecem ao
espírito de sequência. Não se pode definir
critérios de tempo e expectativa para alguém, a
não ser para nós próprios.
“Reformar é formar
novamente, dar nova
forma. Reforma íntima
nada mais é que dar
nova direção aos
valores que já
possuímos e corrigir
deficiências cujas
raízes ignoramos ou
não temos motivação
para mudar.”.
“Não é exterminar o mal
em nós, e sim fortalecer o
bem que está adormecido
na consciência. Não é
reprimir, mas educar os
nossos sentimentos.”
Porque é um mandamento cristão...
“Portanto, sede perfeitos, assim como
vosso Pai celeste é perfeito.” (Mateus 5, 48)
“Por que olhas a palha que está no olho do
teu irmão e não vês a trave que está no
teu?” (Mateus 7, 3)
“Aquele, pois, que ouve estas minhas
palavras e as põe em prática é semelhante
a um homem prudente, que edificou sua
casa sobre a rocha.” (Mateus 7, 24)
Porque é a finalidade da encarnação...
L.E. Q. 132.
Qual o objetivo da encarnação dos
Espíritos?
“ – Deus lhes impõe a encarnação com o
fim de fazê-lo chegar a perfeição.(...) Mas
para alcançarem essa perfeição, têm de
sofrer as vicissitudes da existência
corpórea: nisto é que consiste a
expiação...”
Porque temos a responsabilidade de
viver em sociedade e, principalmente,
recebemos a missão de ser pais ...
Para evitar o arrependimento
tardio...
“Se não existisse trabalho redentor
na vida espiritual, as almas teriam
que reencarnar com brevidade
porque não suportariam o nível
mental das recordações e
perturbações do arrependimento.”
(Reforma Intima Sem Martírio)
Para nos conhecermos...
“A natureza nos leva ao esquecimento do
passado exatamente para aprendermos a
descobrir em nosso mundo interior as
razões profundas de nossos
procedimentos, através da análise dos
pendores e impulsos, interesses e
atrações que formam o conjunto de
nossas reações denominadas
tendências.”. (Reforma Intima Sem Martírio)
Para alcançar o progresso moral...
L.E. Q. 785.
Qual o maior obstáculo ao progresso?
“ - São o orgulho e o egoísmo. (...)
modificar-se-á à medida que o homem
compreender melhor que, além do gozo
dos bens terrenos, existe uma felicidade
infinitamente maior e infinitamente mais
durável.” (Reforma Intima Sem Martírio)
Para alcançar a felicidade...
“Quem está na reforma interior tem um
Referencial fundamental para se
autoanalisar ao longo da caminhada
educativa, um termômetro das almas
que se aprimoram; inevitavelmente,
quem se renova alcança a maior
conquista das pessoas livres e felizes:
O prazer de viver.”
(Reforma Intima Sem Martírio)
A maior dificuldade
para se fazer a tão
falada Reforma
Íntima é justamente
saber o que devemos
reformar. Aí, vai a
pergunta:
“o que está de
errado em nós?”.
L. E. – Questão 919:
"Qual o meio prático mais eficaz
para se melhorar nesta vida e
resistir ao arrebatamento do mal?”
“CONHECE-TE A TI MESMO”
Kardec insiste na pergunta
“Fazei o que eu fazia, quando vivi
na Terra: ao fim do dia, interrogava
a minha consciência, passava
revista ao que fizera e perguntava a
mim mesmo se não faltara a algum
dever, se ninguém tivera motivo
para de mim se queixar ...
SANTO AGOSTINHO
“O amor aos bens
terrenos constitui um
dos mais fortes óbices
ao vosso adiantamento
moral e espiritual.
Pelo apego à posse de
tais bens, destruís as
vossas faculdades de
amar...”
Lacordaire – (Constantina, 1863)
O Evangelho Segundo Espiritismo Capítulo XVI – item
14
Então? Precisamos mudar?
Pense assim: a
Reforma Íntima é o
primeiro passo para
que o ódio, a raiva, o
remorso, a vingança
etc. se transformem
em amor, o amor
incondicional que o
Mestre Jesus nos
ensina sempre.
Então? Sabemos o que precisamos mudar?
“Expulsai da Terra o
egoísmo para que ela
possa subir na escala dos
mundos, porquanto já é
tempo de a Humanidade
envergar sua veste viril,
para o que cumpre que
primeiramente o expilais
(expurgais) dos vossos
corações.”
(Emmanuel - Paris, 1861, no livro: “O Evangelho Segundo o
Espiritismo” – Capítulo XI – Item 11)
Em sua autobiografia escreveu um
método para adquirir os princípios
básicos de viver com êxito:
1. Temperança
Não coma até o embotamento;
Não beba até a exaltação.
2. Silêncio
Não fale sem proveito para os outros ou
para si mesmo; evite a conversação fútil.
3. Ordem
Tenha um lugar para cada coisa;
que cada parte do trabalho tenha seu
tempo certo.
4. Resolução
Resolva executar aquilo que deve;
Execute sem falta o que resolve.
5. Frugalidade
Não faça despesa sem proveito para os
outros ou para si mesmo; ou seja nada
desperdice.
6. Diligência
Não perca tempo;
Esteja sempre ocupado em algo útil;
Dispense toda atividade desnecessária.
7. Sinceridade
Não use de artifícios enganosos;
Pense de maneira reta e justa, e, quando
falar, fale de acordo.
8. Justiça
A ninguém prejudique por mau juízo, ou
pela omissão de benefícios que são dever.
9. Moderação
Evite extremos;
Não nutra ressentimentos por injúrias
recebidas tanto quanto julga que o
merecem.
10. Asseio
Não tolere falta de asseio no corpo, no vestuário,
ou na habitação.
11. Tranquilidade
Não se perturbe por coisas triviais, acidentes
comuns ou inevitáveis.
12. Castidade
Evite a prática sexual sem ser para a saúde ou
procriação; nunca chegue ao abuso que o
enfraqueça, nem prejudique a sua própria saúde,
ou a paz de espírito ou reputação de outrem.
13. Humildade
Imite Sócrates e Jesus.
“Não faço o
bem que quero,
mas o mal que
não quero,
esse eu faço”.
Paulo de Tarso, I Romanos 7, 19
Reforma íntima
deve ser
considerada como
melhoria de nós
mesmos e não a
anulação de uma
parte de nós
considerada ruim.
Uma proposta de
aperfeiçoamento
gradativo cujo
objetivo maior é a
nossa felicidade.
Educação significa
“trazer à luz”, vem do
latim “Educare”, que
significa levar para fora,
fazer sair, extrair, tirar.
É extrair da alma os
valores divinos que
recebemos quando
fomos criados.
Educação é disciplina do
sentimento íntimo, fruto
de um acordo celebrado
conosco mesmo.Reforma íntima sem martírio,
ermance dufaux
Educação dos
sentimentos
Para se educar é
preciso
vigilância, tendo
em vista os
hábitos que
arregimentamos
nas vidas
sucessivas.
Mudança dos hábitos mentais e
comportamentais.
Muitos definem
seu crescimento
espiritual pela
quantidade de
realizações a que
se devotam por
fora, quando o
crescimento
pessoal só
encontra medidas
reais nos recessos
do sentimento.
Autor: Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Franco. Da obra Vigilância
Ninguém foge aos
desafios da vida, que
são técnicas de
avaliação moral para
os candidatos à
felicidade.
O homem revela
sabedoria e prudência,
no momento do exame,
quando está convidado
à demonstração das
conquistas realizadas.
A mudança para melhor não implica
em destruir o que fomos, mas dar
nova direção ao que já
conquistamos.
Não queira destruir a sombra, ela
desaparece com a luz!
Palestra   reforma íntima
Palestra   reforma íntima

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOSergio Menezes
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráLisete B.
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Unesp
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Fernando Pinto
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoJean Dias
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrerHelio Cruz
 
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptxProvas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptxfrancisco celio
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar sepaikachambi
 
Propósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de BemPropósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de BemRicardo Azevedo
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Leonardo Pereira
 

Mais procurados (20)

Retribuir O Mal Com O Bem
Retribuir O Mal Com O BemRetribuir O Mal Com O Bem
Retribuir O Mal Com O Bem
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
Lei de causa e efeito
Lei de causa e efeitoLei de causa e efeito
Lei de causa e efeito
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
 
Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado Aquele que se eleva será rebaixado
Aquele que se eleva será rebaixado
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
 
Bem e mal sofrer
Bem e mal sofrerBem e mal sofrer
Bem e mal sofrer
 
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptxProvas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
Provas Voluntárias e Verdadeiro Cilício.pptx
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Propósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de BemPropósito - Pessoa de Bem
Propósito - Pessoa de Bem
 
Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
Dia De Finados
Dia De FinadosDia De Finados
Dia De Finados
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
 

Semelhante a Palestra reforma íntima

Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita netFórum Espírita
 
Santo agostinho autoconhecimento e reforma íntima
Santo agostinho autoconhecimento e reforma íntimaSanto agostinho autoconhecimento e reforma íntima
Santo agostinho autoconhecimento e reforma íntimaMarcos Elesbão
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioLeonardo Pereira
 
Em Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorandoEm Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorandoIdéias Luz
 
Responsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciênciaResponsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciênciaDalila Melo
 
Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Candice Gunther
 
Porque adoecemos para nos curar
Porque adoecemos para nos curarPorque adoecemos para nos curar
Porque adoecemos para nos curarM.R.L
 
Educação da nova era
Educação da nova eraEducação da nova era
Educação da nova eraDalila Melo
 
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAlexandre Rudalov
 
A cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntimaA cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntimaHelio Cruz
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaLisete B.
 
Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7Candice Gunther
 
Reforma íntima: uma abordagem espírita
Reforma íntima:   uma abordagem espíritaReforma íntima:   uma abordagem espírita
Reforma íntima: uma abordagem espíritaEmmanuelSales4
 
Livro pensamentos introdução
Livro pensamentos    introduçãoLivro pensamentos    introdução
Livro pensamentos introduçãojmeirelles
 
Livro dos espiritos 769 ESE cap10
Livro dos espiritos 769 ESE cap10Livro dos espiritos 769 ESE cap10
Livro dos espiritos 769 ESE cap10Patricia Farias
 

Semelhante a Palestra reforma íntima (20)

Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho  reforma íntima www forumespirita netEstudo junho  reforma íntima www forumespirita net
Estudo junho reforma íntima www forumespirita net
 
Santo agostinho autoconhecimento e reforma íntima
Santo agostinho autoconhecimento e reforma íntimaSanto agostinho autoconhecimento e reforma íntima
Santo agostinho autoconhecimento e reforma íntima
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Em Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorandoEm Que Estou melhorando
Em Que Estou melhorando
 
Reforma Íntima
Reforma ÍntimaReforma Íntima
Reforma Íntima
 
Responsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciênciaResponsabilidade de consciência
Responsabilidade de consciência
 
UMA JORNADA PARA DENTRO
UMA JORNADA PARA DENTROUMA JORNADA PARA DENTRO
UMA JORNADA PARA DENTRO
 
Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40Estudo do livro Roteiro lição 40
Estudo do livro Roteiro lição 40
 
Porque adoecemos para nos curar
Porque adoecemos para nos curarPorque adoecemos para nos curar
Porque adoecemos para nos curar
 
Educação da nova era
Educação da nova eraEducação da nova era
Educação da nova era
 
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do SerAltruismo Ferramenta de Progresso do Ser
Altruismo Ferramenta de Progresso do Ser
 
A cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntimaA cura pela reforma íntima
A cura pela reforma íntima
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpa
 
Reforma interior
Reforma interiorReforma interior
Reforma interior
 
Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7
 
Resumo CURSO REFORMA INTIMA
Resumo CURSO REFORMA INTIMAResumo CURSO REFORMA INTIMA
Resumo CURSO REFORMA INTIMA
 
Reforma íntima: uma abordagem espírita
Reforma íntima:   uma abordagem espíritaReforma íntima:   uma abordagem espírita
Reforma íntima: uma abordagem espírita
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
 
Livro pensamentos introdução
Livro pensamentos    introduçãoLivro pensamentos    introdução
Livro pensamentos introdução
 
Livro dos espiritos 769 ESE cap10
Livro dos espiritos 769 ESE cap10Livro dos espiritos 769 ESE cap10
Livro dos espiritos 769 ESE cap10
 

Mais de KATIA MARIA FARAH V DA SILVA

Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaKATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraA criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraKATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 

Mais de KATIA MARIA FARAH V DA SILVA (20)

Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
O cristo consolador
O cristo consoladorO cristo consolador
O cristo consolador
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espiritaCasamento e divórcio e os filho - visão espirita
Casamento e divórcio e os filho - visão espirita
 
A parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritanoA parábola do bom samaritano
A parábola do bom samaritano
 
Livro meu avô desencarnou
Livro   meu avô desencarnouLivro   meu avô desencarnou
Livro meu avô desencarnou
 
A lição dos chuchus
A lição dos chuchusA lição dos chuchus
A lição dos chuchus
 
Livro casinhas de morar
Livro casinhas de morarLivro casinhas de morar
Livro casinhas de morar
 
Livro os dois franciscos
Livro   os dois franciscosLivro   os dois franciscos
Livro os dois franciscos
 
Livro o espírito
Livro   o espíritoLivro   o espírito
Livro o espírito
 
Livro a vida
Livro   a vidaLivro   a vida
Livro a vida
 
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
 
Palestra evangelização 19.09.2012
Palestra evangelização   19.09.2012Palestra evangelização   19.09.2012
Palestra evangelização 19.09.2012
 
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terraA criação do universo e origem da vida no planeta terra
A criação do universo e origem da vida no planeta terra
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
Vida no plano espíritual
Vida no plano espíritualVida no plano espíritual
Vida no plano espíritual
 
Tatuagens e afins
Tatuagens e afinsTatuagens e afins
Tatuagens e afins
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 
Desencarnação
DesencarnaçãoDesencarnação
Desencarnação
 

Último

Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfDaddizinhaRodrigues
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfFrancisco Baptista
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 

Último (7)

Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 

Palestra reforma íntima

  • 1.
  • 2. “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” Chico Xavier
  • 3.  Ser melhor hoje do que ontem, e buscar amanhã ser melhor do que hoje  Procurar errar menos e acertar mais  Esforçar-se pelo domínio das más inclinações  Transformar-se moralmente  Perdoar, praticar a caridade e amar ao próximo como a si mesmo
  • 4. 1ª etapa – nós chegamos à casa espírita. 2ª etapa – o conhecimento doutrinário penetra os meandros da inteligência. 3ª etapa – o Espiritismo brota de dentro de nós para espraiar-se no meio onde atua, gerando crescimento e progresso. (é a mais significativa) Essas três etapas são naturais e obedecem ao espírito de sequência. Não se pode definir critérios de tempo e expectativa para alguém, a não ser para nós próprios.
  • 5. “Reformar é formar novamente, dar nova forma. Reforma íntima nada mais é que dar nova direção aos valores que já possuímos e corrigir deficiências cujas raízes ignoramos ou não temos motivação para mudar.”. “Não é exterminar o mal em nós, e sim fortalecer o bem que está adormecido na consciência. Não é reprimir, mas educar os nossos sentimentos.”
  • 6. Porque é um mandamento cristão... “Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito.” (Mateus 5, 48) “Por que olhas a palha que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu?” (Mateus 7, 3) “Aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática é semelhante a um homem prudente, que edificou sua casa sobre a rocha.” (Mateus 7, 24)
  • 7. Porque é a finalidade da encarnação... L.E. Q. 132. Qual o objetivo da encarnação dos Espíritos? “ – Deus lhes impõe a encarnação com o fim de fazê-lo chegar a perfeição.(...) Mas para alcançarem essa perfeição, têm de sofrer as vicissitudes da existência corpórea: nisto é que consiste a expiação...”
  • 8. Porque temos a responsabilidade de viver em sociedade e, principalmente, recebemos a missão de ser pais ...
  • 9. Para evitar o arrependimento tardio... “Se não existisse trabalho redentor na vida espiritual, as almas teriam que reencarnar com brevidade porque não suportariam o nível mental das recordações e perturbações do arrependimento.” (Reforma Intima Sem Martírio)
  • 10. Para nos conhecermos... “A natureza nos leva ao esquecimento do passado exatamente para aprendermos a descobrir em nosso mundo interior as razões profundas de nossos procedimentos, através da análise dos pendores e impulsos, interesses e atrações que formam o conjunto de nossas reações denominadas tendências.”. (Reforma Intima Sem Martírio)
  • 11. Para alcançar o progresso moral... L.E. Q. 785. Qual o maior obstáculo ao progresso? “ - São o orgulho e o egoísmo. (...) modificar-se-á à medida que o homem compreender melhor que, além do gozo dos bens terrenos, existe uma felicidade infinitamente maior e infinitamente mais durável.” (Reforma Intima Sem Martírio)
  • 12. Para alcançar a felicidade... “Quem está na reforma interior tem um Referencial fundamental para se autoanalisar ao longo da caminhada educativa, um termômetro das almas que se aprimoram; inevitavelmente, quem se renova alcança a maior conquista das pessoas livres e felizes: O prazer de viver.” (Reforma Intima Sem Martírio)
  • 13. A maior dificuldade para se fazer a tão falada Reforma Íntima é justamente saber o que devemos reformar. Aí, vai a pergunta: “o que está de errado em nós?”.
  • 14. L. E. – Questão 919: "Qual o meio prático mais eficaz para se melhorar nesta vida e resistir ao arrebatamento do mal?” “CONHECE-TE A TI MESMO”
  • 15. Kardec insiste na pergunta “Fazei o que eu fazia, quando vivi na Terra: ao fim do dia, interrogava a minha consciência, passava revista ao que fizera e perguntava a mim mesmo se não faltara a algum dever, se ninguém tivera motivo para de mim se queixar ... SANTO AGOSTINHO
  • 16. “O amor aos bens terrenos constitui um dos mais fortes óbices ao vosso adiantamento moral e espiritual. Pelo apego à posse de tais bens, destruís as vossas faculdades de amar...” Lacordaire – (Constantina, 1863) O Evangelho Segundo Espiritismo Capítulo XVI – item 14
  • 17. Então? Precisamos mudar? Pense assim: a Reforma Íntima é o primeiro passo para que o ódio, a raiva, o remorso, a vingança etc. se transformem em amor, o amor incondicional que o Mestre Jesus nos ensina sempre.
  • 18. Então? Sabemos o que precisamos mudar? “Expulsai da Terra o egoísmo para que ela possa subir na escala dos mundos, porquanto já é tempo de a Humanidade envergar sua veste viril, para o que cumpre que primeiramente o expilais (expurgais) dos vossos corações.” (Emmanuel - Paris, 1861, no livro: “O Evangelho Segundo o Espiritismo” – Capítulo XI – Item 11)
  • 19. Em sua autobiografia escreveu um método para adquirir os princípios básicos de viver com êxito:
  • 20. 1. Temperança Não coma até o embotamento; Não beba até a exaltação. 2. Silêncio Não fale sem proveito para os outros ou para si mesmo; evite a conversação fútil. 3. Ordem Tenha um lugar para cada coisa; que cada parte do trabalho tenha seu tempo certo.
  • 21. 4. Resolução Resolva executar aquilo que deve; Execute sem falta o que resolve. 5. Frugalidade Não faça despesa sem proveito para os outros ou para si mesmo; ou seja nada desperdice. 6. Diligência Não perca tempo; Esteja sempre ocupado em algo útil; Dispense toda atividade desnecessária.
  • 22. 7. Sinceridade Não use de artifícios enganosos; Pense de maneira reta e justa, e, quando falar, fale de acordo. 8. Justiça A ninguém prejudique por mau juízo, ou pela omissão de benefícios que são dever. 9. Moderação Evite extremos; Não nutra ressentimentos por injúrias recebidas tanto quanto julga que o merecem.
  • 23. 10. Asseio Não tolere falta de asseio no corpo, no vestuário, ou na habitação. 11. Tranquilidade Não se perturbe por coisas triviais, acidentes comuns ou inevitáveis. 12. Castidade Evite a prática sexual sem ser para a saúde ou procriação; nunca chegue ao abuso que o enfraqueça, nem prejudique a sua própria saúde, ou a paz de espírito ou reputação de outrem.
  • 25. “Não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse eu faço”. Paulo de Tarso, I Romanos 7, 19
  • 26. Reforma íntima deve ser considerada como melhoria de nós mesmos e não a anulação de uma parte de nós considerada ruim. Uma proposta de aperfeiçoamento gradativo cujo objetivo maior é a nossa felicidade.
  • 27. Educação significa “trazer à luz”, vem do latim “Educare”, que significa levar para fora, fazer sair, extrair, tirar. É extrair da alma os valores divinos que recebemos quando fomos criados. Educação é disciplina do sentimento íntimo, fruto de um acordo celebrado conosco mesmo.Reforma íntima sem martírio, ermance dufaux Educação dos sentimentos
  • 28. Para se educar é preciso vigilância, tendo em vista os hábitos que arregimentamos nas vidas sucessivas. Mudança dos hábitos mentais e comportamentais.
  • 29. Muitos definem seu crescimento espiritual pela quantidade de realizações a que se devotam por fora, quando o crescimento pessoal só encontra medidas reais nos recessos do sentimento.
  • 30. Autor: Joanna de Ângelis Psicografia de Divaldo Franco. Da obra Vigilância Ninguém foge aos desafios da vida, que são técnicas de avaliação moral para os candidatos à felicidade. O homem revela sabedoria e prudência, no momento do exame, quando está convidado à demonstração das conquistas realizadas.
  • 31. A mudança para melhor não implica em destruir o que fomos, mas dar nova direção ao que já conquistamos. Não queira destruir a sombra, ela desaparece com a luz!