SlideShare uma empresa Scribd logo
A felicidade na visão Espírita
Para muitos a conquista da felicidade esta
associada à aquisição de bens materiais

Quando eu tiver uma casa na praia ou um carro
importado, ou ganhar na loteria eu serei feliz

Conseguem e percebem que aquilo não lhes trouxe
felicidade
Muitas pessoas acreditam que a
felicidade está na satisfação do prazer.

Por isso, a roupa de grife, a cirurgia plástica e o
carro do ano são tão valorizados
Para outros a felicidade está na busca
da fama, do sucesso, do poder

Certa feita ouviu-se um cantor famoso dizer que seu
maior desejo era poder ir a praia como uma pessoa
comum
Temos momentos alegres e tentamos ser felizes
por meio de realizações ambiciosas ou da
conquista de bens materiais.
Muitos, até, aceitam imensos sacrifícios e correm
riscos para chegar ao topo.

Mas, quem conseguiu atingir suas metas, em geral,
constataram que a felicidade não se encontra lá.
Para outros ainda a felicidade esta
condicionada a inexistência de problemas

Mas existirá alguém na face da terra que não tenha
problemas?
Mas, afinal, o que é a felicidade?
A felicidade varia de pessoa para pessoa, e em cada
momento da nossa vida, ela pode assumir aspectos
diferentes
A felicidade tem tantas faces quanto os anseios de cada
criatura, variando de acordo com as circunstâncias.
Quando estamos enfermos, a recuperação da saúde
seria a nossa felicidade. E envidamos todos os esforços
para conquistá-la.
Se estamos desempregados, um
emprego se constituiria em felicidade,
por algum tempo.
Se somos solteiros e desejamos unir-nos a alguém,
nossa felicidade seria encontrar a pessoa certa,
para compartilhar do nosso afeto.
Para o torcedor, a explosão de felicidade se
dá quando a bola atinge o fundo da rede do
time adversário
Os que padecem fome e frio, encontrariam a
felicidade num agasalho e na alimentação que refaz
Construiu grandes celeiros, guardou
neles toda a sua produção e proclamou
para si mesmo :
– Tens em depósito muitos
bens para muitos anos;
descansa, come, bebe, regalate…
Mas Deus lhe disse:
– Insensato, esta noite pedirão a
tua alma; e o que tens

preparado, para quem será?
(Lucas, 12:18-20)
A felicidade na visão espírita
A felicidade é um estado durável de
plenitude, satisfação e equilíbrio físico e
psíquico, em que o sofrimento e a inquietude
são transformados em emoções ou
sentimentos que vai desde o contentamento
até a alegria intensa ou júbilo.
A felicidade tem, ainda, o significado de
bem-estar espiritual ou paz interior - Wikipédia
Kardec indaga aos Espíritos se "Pode o homem gozar de
completa felicidade na Terra.”

Os Benfeitores respondem: “Não, por isso que a vida lhe
foi dada como prova ou expiação. Dele, porém, depende
a suavização de seus males e o ser tão feliz quanto
possível na Terra."
Sendo a Terra um planeta de expiações, é natural que não
encontremos aqui a felicidade suprema, mas alguns momentos de
alegria que se alternarão com outros de tristezas e decepções.
Ocorre que muitas pessoas
insistem em se ver como ser
material, ignorando ou fingindo
ignorar que o objetivo final das
experiências encarnatórias é a
evolução espiritual, razão de nossa
passagem por este planeta. (site batuiranet –
autor Roberto de Carvalho)
Dentro da nossa capacidade de auto-projeção, erguem-se
os nossos limites. Ninguém pode viver em situação que
ainda não concebe.
O índio desencarnado dificilmente ultrapassa o âmbito
da floresta que lhe acariciou a existência.
Demoramo-nos onde supomos o centro de nossos
interesses.

A escravidão ou a liberdade residem no imo de nosso
próprio ser.
EMMANUEL
(Do livro “Roteiro”, Francisco Cândido Xavier
Nossas imperfeições são resquícios da nossa
natureza primitiva
São condicionamentos que desenvolvemos ao
longo das encarnações e, para Corrigi-las, teremos
de passar por um recondicionamento.

E isto só se consegue com ação,

uma ação programada e permanente.
A existência terrestre não é mais que uma
página do grande livro da vida, uma breve
passagem que liga duas imensidades - a
do passado e a do futuro..
Confiai-vos à Suprema sabedoria;
desempenhai a tarefa que ela vos
distribui e que, livremente,
antes de nascerdes, haveis aceitado...
Léon Denis
Segundo Joanna de Angelis, depois da Segunda
Guerra Mundial o existencialismo reconduziu o
homem à caverna, fazendo-o mergulhar nos
subterrâneos das grandes metrópoles e ali
entregando-se à fuga da consciência e da razão
pelo prazer, numa atitude de desconsideração pela
vida, alucinado pelo gozo imediato..
Nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida
juventude são condições essenciais à felicidade.

Digo mais: nem mesmo reunidas essas três condições
tão desejadas, porquanto incessantemente se ouvem,
no seio das classes mais privilegiadas, pessoas de todas
as idades se queixarem amargamente da situação em
que se encontram (ESSE cap. V - François-Nicolas-Madeleine, cardeal Morlot. Paris,
1863.)
Perdão e auto-perdão
Aquele que perdoa, alcança a paz na
consciência, a luz no Espírito, o consolo no coração.
Podemos enganar o mundo, ludibriar o
nosso semelhante, esconder-nos por traz das
aparências, mais jamais conseguiremos enganar,
ludibriar ou nos esconder da nossa consciência....

perdoar é amar a vida, amar a si mesmo, amar o
próximo, pois nossa origem é simplesmente o amor. (Mauro
Falaster – novaera.org)
O seu otimismo vai atrair mais otimismo

Deixe que o poder do Espírito brilhe em você e
através de você, criando na sua volta um mundo de
beleza, paz e harmonia. Você pode sim criar um
mundo exatamente assim a você mesmo e a todos
que se aproximarem de sua pessoa!
Dê seu exemplo de esperança, fé e crença na vida.
"Durante muitos anos esperei encontrar
alguém que me compreenda, alguém que
me aceite como sou, capaz de me oferecer
felicidade apesar das duras provas...

Apenas ontem descobri que esse mágico
alguém é o rosto que vi no espelho“

(Mensagem de

Luis Carlos Mazzini)
A felicidade depende, exclusivamente, de cada criatura.
Brota da sua intimidade, depende de seu interior, como
ensinou o doce Mestre Galileu: “o reino dos céus está
dentro de vós.”
Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça,
e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Mateus 6:33

O reino de Deus é o conjunto de energias e
faculdades que jazem latentes em nossa alma. É o
reino da vida, da imortalidade e do poder, do qual
só nos apercebemos depois que começamos a
sentir em nós as vibrações da vida espiritual, cuja
atividade se exerce através do amor e da justiça,
empolgando nosso ser. Que é, de fato, o reino da
força que tudo vence..
Pedro de Camargo, livro Em Torno do Mestre
Lembremo-nos de que o homem interior se
renova sempre. A luta enriquece-o de
experiência, a dor aprimora-lhe as emoções e o
sacrifício tempera-lhe o caráter.
O Espírito encarnado sofre constantes
transformações por fora, a fim de acrisolar-se e
engrandecer-se por dentro.
A felicidade na visão espírita
A alegria espontânea, que decorre de uma conduta
digna, é geradora de saúde e bem-estar.
O homem que executa com prazer os seus deveres e
sabe transformar as situações difíceis, dando-lhes
cor e beleza, supera os impedimentos e facilita a
realização de qualquer empresa.
A alegria, desse modo, resulta de uma visão positiva
da vida, que se enriquece de inestimáveis tesouros de
paz interior.
Qualquer ação, inspirada pela alegria torna-se mais
fácil de executada e aureola-se da mirífica luz do bem.
Nem sempre é o fato, em si, o grande problema, mas
o estado de ânimo e a forma de o encarar por aquele
que o deve enfrentar.
Coloca o toque de alegria nas tuas realizações, e elas
brilharão, atraindo outras pessoas, que se sentirão
comprazidas em poder ajudar-te, estar contigo,
participar das tuas tarefas.
Viver, deve ser um hino de júbilo para todos quantos se
movimentam na Terra. Joanna de Ângelis
Não é feliz o homem em possuir ou deixar de possuir, mas
pela forma como possui ou como encara a falta de posse.
O ter ou deixar de ter é consequência natural
de como usou ontem a posse e de como
usará hoje os patrimônios da vida
A felicidade reside na paz da consciência tranquila, do
dever cumprido e, amando indistintamente o próximo,
sem qualquer expectativa de recompensa pelo bem
praticado..
A felicidade não é pessoal. Se só a encontrasse em si
mesmo, se não pudesse fazer que outros a partilhassem,
seria egoísta e triste; ela está na comunhão de
pensamentos que unem Espíritos simpáticos.
Mahatma Gandhi

Os Espíritos felizes, atraídos uns para os outros pela
similitude de idéias, gostos, sentimentos, formam vastos
grupos ou famílias homogêneas.
A felicidade dos Espíritos bem-aventurados não é a
ociosidade contemplativa, que seria, como muitas vezes
já foi dito, uma eterna e fastidiosa inutilidade.
Em todos os graus, a vida espiritual é, ao contrário, uma
atividade constante, mas isenta de fadigas.
A suprema felicidade consiste no gozo de todos os
esplendores da criação, que nenhuma linguagem
poderia pintar, que a mais fecunda imaginação poderia
conceber;
...no conhecimento e na penetração de todas as coisas;
na ausência de todo cansaço físico e moral;
numa satisfação íntima, numa serenidade de alma, que
nada altera; no amor que une todos os seres, devido à
ausência de todo atrito pelo contato dos maus e acima de
tudo pela visão de Deus e a compreensão de seus
mistérios, revelados aos mais dignos.
O espiritismo nos convida a uma
atitude passiva- dinâmica

aceitando as vicissitudes, mas
trabalhando por superá-las
O Espiritismo não prega uma
resignação/Estagnação tipo,
porque esta é a vontade de Deus...

...e sim que a vontade de Deus é a nossa
FELICIDADE.
A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua
mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter
um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer
um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou
menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no
futuro.

A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais
ou menos...
TUDO BEM!

O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito
nenhum...
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos,
ser amigo mais ou menos, namorar mais ou
menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais
ou menos.
Senão a gente corre o risco de se tornar uma
pessoa mais ou menos.
o lar é o sagrado vértice onde o homem e a
mulher se encontram para o entendimento
indispensável. Entendemos, então, que,
quando a família consegue se entender,
chega-se à felicidade
- aprender com os outros;
- tolerância;
- respeito;
- harmonia entre os familiares;
- compreensão;
- ajuda mútua
Estude a si mesmo, observando que o autoconhecimento traz humildade e sem humildade é
impossível ser feliz.
Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao
amor é a usina geradora da felicidade.
A felicidade está nas coisas mais simples da
vida, coisas que ninguém precisa comprar.
Por estarmos nesse mundo juntos, já
temos que ser felizes
Vamos começar procurar a verdadeira
felicidade em nos mesmos, no nosso lar, na
natureza, assim a cada dia que passa você
vai encontrar um “pedacinho” dela.

Obrigado…

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
Clair Bianchini
 
Natureza das penas e gozos futuros ref
Natureza das penas e gozos futuros refNatureza das penas e gozos futuros ref
Natureza das penas e gozos futuros ref
Izabel Cristina Fonseca
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Luciane Belchior
 
SEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOSSEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOS
Isnande Mota Barros
 
Felicidade Richard Simonetti 2
Felicidade Richard Simonetti 2Felicidade Richard Simonetti 2
Felicidade Richard Simonetti 2
Izabel Cristina Fonseca
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Almir Silva
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
RobertoAilton
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
Divulgador do Espiritismo
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
Marcos Antônio Alves
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
Luciane Belchior
 
Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos - Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos -
Danilo Galvão
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
Depressão na visão Espírita
Depressão na visão EspíritaDepressão na visão Espírita
Depressão na visão Espírita
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
O bem e mal sofrer
O bem e  mal sofrerO bem e  mal sofrer
O bem e mal sofrer
Henrique Vieira
 
Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
Izabel Cristina Fonseca
 
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadeCapítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
alice martins
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiososPalestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Divulgador do Espiritismo
 
A missão de ser mãe na visão espírita.pdf
A missão de ser mãe na visão espírita.pdfA missão de ser mãe na visão espírita.pdf
A missão de ser mãe na visão espírita.pdf
Maria Ana de Paula
 

Mais procurados (20)

Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
Natureza das penas e gozos futuros ref
Natureza das penas e gozos futuros refNatureza das penas e gozos futuros ref
Natureza das penas e gozos futuros ref
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
 
SEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOSSEDE PERFEITOS
SEDE PERFEITOS
 
Felicidade Richard Simonetti 2
Felicidade Richard Simonetti 2Felicidade Richard Simonetti 2
Felicidade Richard Simonetti 2
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
 
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os EscolhidosMuitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
Muitos os Chamados, Poucos os Escolhidos
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)A Porta Estreita (Palestra Espírita)
A Porta Estreita (Palestra Espírita)
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
 
Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos - Abandonar pais, mãe e filhos -
Abandonar pais, mãe e filhos -
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Depressão na visão Espírita
Depressão na visão EspíritaDepressão na visão Espírita
Depressão na visão Espírita
 
O bem e mal sofrer
O bem e  mal sofrerO bem e  mal sofrer
O bem e mal sofrer
 
Cuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espíritoCuidar do corpo e do espírito
Cuidar do corpo e do espírito
 
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadeCapítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiososPalestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
Palestra Espírita - Bem aventurados os misericordiosos
 
A missão de ser mãe na visão espírita.pdf
A missão de ser mãe na visão espírita.pdfA missão de ser mãe na visão espírita.pdf
A missão de ser mãe na visão espírita.pdf
 

Destaque

Felicidade!! slide
Felicidade!! slideFelicidade!! slide
Felicidade!! slide
Lolly
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
O Mapa da Felicidade
O Mapa da FelicidadeO Mapa da Felicidade
O Mapa da Felicidade
Eid Marques
 
A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!
Leonardo Pereira
 
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Em busca da felicidade - Capítulo 7 - Filosofando
Em busca da felicidade - Capítulo 7 -  FilosofandoEm busca da felicidade - Capítulo 7 -  Filosofando
Em busca da felicidade - Capítulo 7 - Filosofando
Abraão Carvalho
 
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira). Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
Palestra penas e gozos terrestres
Palestra penas e gozos terrestresPalestra penas e gozos terrestres
Palestra penas e gozos terrestres
Suely Anjos
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira).
Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira). Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira).
Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
A felicidade existe
A felicidade existeA felicidade existe
A felicidade existe
Humberto E. Hasegawa
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
Fórum Espírita
 
EM BUSCA DA FELICIDADE
EM BUSCA DA FELICIDADE EM BUSCA DA FELICIDADE
EM BUSCA DA FELICIDADE
Carlos Steigleder
 
Filosofia 3ª série - felicidade
Filosofia   3ª série - felicidadeFilosofia   3ª série - felicidade
Filosofia 3ª série - felicidade
Karoline Rodrigues de Melo
 
Causas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshareCausas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshare
Almir Silva
 
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligentePalestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Taisy Silva
 
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
Departamento de Comunicação - DECOM | FEEES
 
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Danilo Galvão
 
Senhor, Senhor
Senhor, SenhorSenhor, Senhor
Senhor, Senhor
igmateus
 
Marcos 007
Marcos   007Marcos   007
Marcos 007
Marcos Nori
 

Destaque (20)

Felicidade!! slide
Felicidade!! slideFelicidade!! slide
Felicidade!! slide
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
 
O Mapa da Felicidade
O Mapa da FelicidadeO Mapa da Felicidade
O Mapa da Felicidade
 
A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!
 
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
 
Em busca da felicidade - Capítulo 7 - Filosofando
Em busca da felicidade - Capítulo 7 -  FilosofandoEm busca da felicidade - Capítulo 7 -  Filosofando
Em busca da felicidade - Capítulo 7 - Filosofando
 
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira). Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
 
Palestra penas e gozos terrestres
Palestra penas e gozos terrestresPalestra penas e gozos terrestres
Palestra penas e gozos terrestres
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
 
Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira).
Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira). Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira).
Das penas e gozos Terrestres (Leonardo Pereira).
 
A felicidade existe
A felicidade existeA felicidade existe
A felicidade existe
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
EM BUSCA DA FELICIDADE
EM BUSCA DA FELICIDADE EM BUSCA DA FELICIDADE
EM BUSCA DA FELICIDADE
 
Filosofia 3ª série - felicidade
Filosofia   3ª série - felicidadeFilosofia   3ª série - felicidade
Filosofia 3ª série - felicidade
 
Causas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshareCausas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshare
 
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligentePalestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
 
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
 
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
 
Senhor, Senhor
Senhor, SenhorSenhor, Senhor
Senhor, Senhor
 
Marcos 007
Marcos   007Marcos   007
Marcos 007
 

Semelhante a A felicidade na visão espírita

A felicidade na visão espirita
A felicidade na visão espiritaA felicidade na visão espirita
A felicidade na visão espirita
carlos freire
 
A felicidade nao e deste mundo.
A felicidade nao e deste mundo.A felicidade nao e deste mundo.
A felicidade nao e deste mundo.
LUCAS CANAVARRO
 
Servidores do alem
Servidores do alemServidores do alem
O Sucesso Espiritual
O Sucesso EspiritualO Sucesso Espiritual
O Sucesso Espiritual
Fórum Espírita
 
Felicidade Richard Simoneti 1
Felicidade Richard Simoneti 1Felicidade Richard Simoneti 1
Felicidade Richard Simoneti 1
Izabel Cristina Fonseca
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
Ponte de Luz ASEC
 
Beume julho16 pdf
Beume julho16 pdfBeume julho16 pdf
Beume julho16 pdf
Ume Maria
 
O Que Faz Você Feliz
O Que Faz Você FelizO Que Faz Você Feliz
O Que Faz Você Feliz
Cris Araújo
 
Boletim o pae dezembro 2019
Boletim o pae   dezembro 2019 Boletim o pae   dezembro 2019
Boletim o pae dezembro 2019
O PAE PAE
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
Ceile Maria Bernardo
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
Ceile Bernardo
 
O caminho para a felicidade!
O caminho para a felicidade! O caminho para a felicidade!
O caminho para a felicidade!
Ponte de Luz ASEC
 
Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154
MRS
 
Huberto rohden - O Caminho da Felicidade
Huberto rohden - O Caminho da FelicidadeHuberto rohden - O Caminho da Felicidade
Huberto rohden - O Caminho da Felicidade
Universalismo Cultura
 
Um jeito de ser feliz (richard simonetti)
Um jeito de ser feliz (richard simonetti)Um jeito de ser feliz (richard simonetti)
Um jeito de ser feliz (richard simonetti)
Helio Cruz
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Jose Luiz Maio
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
Marcos Accioly
 
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy GrahamO Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
anindarea
 
Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...
Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...
Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...
cak_sacramento
 
Livro 2006 figuras
Livro 2006 figurasLivro 2006 figuras
Livro 2006 figuras
Cacá Couto
 

Semelhante a A felicidade na visão espírita (20)

A felicidade na visão espirita
A felicidade na visão espiritaA felicidade na visão espirita
A felicidade na visão espirita
 
A felicidade nao e deste mundo.
A felicidade nao e deste mundo.A felicidade nao e deste mundo.
A felicidade nao e deste mundo.
 
Servidores do alem
Servidores do alemServidores do alem
Servidores do alem
 
O Sucesso Espiritual
O Sucesso EspiritualO Sucesso Espiritual
O Sucesso Espiritual
 
Felicidade Richard Simoneti 1
Felicidade Richard Simoneti 1Felicidade Richard Simoneti 1
Felicidade Richard Simoneti 1
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
Beume julho16 pdf
Beume julho16 pdfBeume julho16 pdf
Beume julho16 pdf
 
O Que Faz Você Feliz
O Que Faz Você FelizO Que Faz Você Feliz
O Que Faz Você Feliz
 
Boletim o pae dezembro 2019
Boletim o pae   dezembro 2019 Boletim o pae   dezembro 2019
Boletim o pae dezembro 2019
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 
O caminho para a felicidade!
O caminho para a felicidade! O caminho para a felicidade!
O caminho para a felicidade!
 
Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154
 
Huberto rohden - O Caminho da Felicidade
Huberto rohden - O Caminho da FelicidadeHuberto rohden - O Caminho da Felicidade
Huberto rohden - O Caminho da Felicidade
 
Um jeito de ser feliz (richard simonetti)
Um jeito de ser feliz (richard simonetti)Um jeito de ser feliz (richard simonetti)
Um jeito de ser feliz (richard simonetti)
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 RenovaçãoEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 01 Renovação
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 01 Renovação
 
A vida futura
A vida futuraA vida futura
A vida futura
 
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy GrahamO Segredo da Felicidade - Billy Graham
O Segredo da Felicidade - Billy Graham
 
Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...
Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...
Seminário - 52º Encontro de Evangelhização de Espíritos (Julho 2015) - Sac...
 
Livro 2006 figuras
Livro 2006 figurasLivro 2006 figuras
Livro 2006 figuras
 

Mais de grupodepaisceb

ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espíritoESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
grupodepaisceb
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
grupodepaisceb
 
O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do EspriritismoO significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
grupodepaisceb
 
Capítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo ConsoladorCapítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo Consolador
grupodepaisceb
 
Chegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no BrasilChegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no Brasil
grupodepaisceb
 
Maria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de JesusMaria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de Jesus
grupodepaisceb
 
Depressão na visão espírita
Depressão na visão espíritaDepressão na visão espírita
Depressão na visão espírita
grupodepaisceb
 
Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16
grupodepaisceb
 
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
grupodepaisceb
 
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
grupodepaisceb
 
Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas
grupodepaisceb
 
Francisco de Assis
Francisco de AssisFrancisco de Assis
Francisco de Assis
grupodepaisceb
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
grupodepaisceb
 
Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)
grupodepaisceb
 
Histórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulasHistórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulas
grupodepaisceb
 
Afeição
AfeiçãoAfeição
Afeição
grupodepaisceb
 
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
grupodepaisceb
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
grupodepaisceb
 
Emoção e razão
Emoção e razãoEmoção e razão
Emoção e razão
grupodepaisceb
 
Eficácia da prece
Eficácia da prece Eficácia da prece
Eficácia da prece
grupodepaisceb
 

Mais de grupodepaisceb (20)

ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espíritoESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
ESE - Capítulo VII - Bem-aventurados os pobres de espírito
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
 
O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do EspriritismoO significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
O significado espiritual das uniões humanas à luz do Espriritismo
 
Capítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo ConsoladorCapítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo Consolador
 
Chegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no BrasilChegada do Espiritismo no Brasil
Chegada do Espiritismo no Brasil
 
Maria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de JesusMaria - Mãe de Jesus
Maria - Mãe de Jesus
 
Depressão na visão espírita
Depressão na visão espíritaDepressão na visão espírita
Depressão na visão espírita
 
Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16Educação no lar_9abr16
Educação no lar_9abr16
 
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
Grupo Auta de Souza - Acompanhamento das Famílias 2015.2016
 
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
Atividades da comunhão espírita de brasília 2016
 
Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas Ideias sociais espíritas
Ideias sociais espíritas
 
Francisco de Assis
Francisco de AssisFrancisco de Assis
Francisco de Assis
 
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece Pedi e obtereis  - O poder transformador da prece
Pedi e obtereis - O poder transformador da prece
 
Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)
 
Histórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulasHistórias parábolas fábulas
Histórias parábolas fábulas
 
Afeição
AfeiçãoAfeição
Afeição
 
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)Leis morais  (geral e trabalho, reprodução)
Leis morais (geral e trabalho, reprodução)
 
Buscai e achareis
Buscai e achareisBuscai e achareis
Buscai e achareis
 
Emoção e razão
Emoção e razãoEmoção e razão
Emoção e razão
 
Eficácia da prece
Eficácia da prece Eficácia da prece
Eficácia da prece
 

A felicidade na visão espírita

  • 1. A felicidade na visão Espírita
  • 2. Para muitos a conquista da felicidade esta associada à aquisição de bens materiais Quando eu tiver uma casa na praia ou um carro importado, ou ganhar na loteria eu serei feliz Conseguem e percebem que aquilo não lhes trouxe felicidade
  • 3. Muitas pessoas acreditam que a felicidade está na satisfação do prazer. Por isso, a roupa de grife, a cirurgia plástica e o carro do ano são tão valorizados
  • 4. Para outros a felicidade está na busca da fama, do sucesso, do poder Certa feita ouviu-se um cantor famoso dizer que seu maior desejo era poder ir a praia como uma pessoa comum
  • 5. Temos momentos alegres e tentamos ser felizes por meio de realizações ambiciosas ou da conquista de bens materiais. Muitos, até, aceitam imensos sacrifícios e correm riscos para chegar ao topo. Mas, quem conseguiu atingir suas metas, em geral, constataram que a felicidade não se encontra lá.
  • 6. Para outros ainda a felicidade esta condicionada a inexistência de problemas Mas existirá alguém na face da terra que não tenha problemas?
  • 7. Mas, afinal, o que é a felicidade? A felicidade varia de pessoa para pessoa, e em cada momento da nossa vida, ela pode assumir aspectos diferentes A felicidade tem tantas faces quanto os anseios de cada criatura, variando de acordo com as circunstâncias.
  • 8. Quando estamos enfermos, a recuperação da saúde seria a nossa felicidade. E envidamos todos os esforços para conquistá-la.
  • 9. Se estamos desempregados, um emprego se constituiria em felicidade, por algum tempo.
  • 10. Se somos solteiros e desejamos unir-nos a alguém, nossa felicidade seria encontrar a pessoa certa, para compartilhar do nosso afeto.
  • 11. Para o torcedor, a explosão de felicidade se dá quando a bola atinge o fundo da rede do time adversário
  • 12. Os que padecem fome e frio, encontrariam a felicidade num agasalho e na alimentação que refaz
  • 13. Construiu grandes celeiros, guardou neles toda a sua produção e proclamou para si mesmo : – Tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regalate…
  • 14. Mas Deus lhe disse: – Insensato, esta noite pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? (Lucas, 12:18-20)
  • 16. A felicidade é um estado durável de plenitude, satisfação e equilíbrio físico e psíquico, em que o sofrimento e a inquietude são transformados em emoções ou sentimentos que vai desde o contentamento até a alegria intensa ou júbilo. A felicidade tem, ainda, o significado de bem-estar espiritual ou paz interior - Wikipédia
  • 17. Kardec indaga aos Espíritos se "Pode o homem gozar de completa felicidade na Terra.” Os Benfeitores respondem: “Não, por isso que a vida lhe foi dada como prova ou expiação. Dele, porém, depende a suavização de seus males e o ser tão feliz quanto possível na Terra."
  • 18. Sendo a Terra um planeta de expiações, é natural que não encontremos aqui a felicidade suprema, mas alguns momentos de alegria que se alternarão com outros de tristezas e decepções. Ocorre que muitas pessoas insistem em se ver como ser material, ignorando ou fingindo ignorar que o objetivo final das experiências encarnatórias é a evolução espiritual, razão de nossa passagem por este planeta. (site batuiranet – autor Roberto de Carvalho)
  • 19. Dentro da nossa capacidade de auto-projeção, erguem-se os nossos limites. Ninguém pode viver em situação que ainda não concebe. O índio desencarnado dificilmente ultrapassa o âmbito da floresta que lhe acariciou a existência. Demoramo-nos onde supomos o centro de nossos interesses. A escravidão ou a liberdade residem no imo de nosso próprio ser. EMMANUEL (Do livro “Roteiro”, Francisco Cândido Xavier
  • 20. Nossas imperfeições são resquícios da nossa natureza primitiva São condicionamentos que desenvolvemos ao longo das encarnações e, para Corrigi-las, teremos de passar por um recondicionamento. E isto só se consegue com ação, uma ação programada e permanente.
  • 21. A existência terrestre não é mais que uma página do grande livro da vida, uma breve passagem que liga duas imensidades - a do passado e a do futuro..
  • 22. Confiai-vos à Suprema sabedoria; desempenhai a tarefa que ela vos distribui e que, livremente, antes de nascerdes, haveis aceitado... Léon Denis
  • 23. Segundo Joanna de Angelis, depois da Segunda Guerra Mundial o existencialismo reconduziu o homem à caverna, fazendo-o mergulhar nos subterrâneos das grandes metrópoles e ali entregando-se à fuga da consciência e da razão pelo prazer, numa atitude de desconsideração pela vida, alucinado pelo gozo imediato..
  • 24. Nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida juventude são condições essenciais à felicidade. Digo mais: nem mesmo reunidas essas três condições tão desejadas, porquanto incessantemente se ouvem, no seio das classes mais privilegiadas, pessoas de todas as idades se queixarem amargamente da situação em que se encontram (ESSE cap. V - François-Nicolas-Madeleine, cardeal Morlot. Paris, 1863.)
  • 25. Perdão e auto-perdão Aquele que perdoa, alcança a paz na consciência, a luz no Espírito, o consolo no coração. Podemos enganar o mundo, ludibriar o nosso semelhante, esconder-nos por traz das aparências, mais jamais conseguiremos enganar, ludibriar ou nos esconder da nossa consciência.... perdoar é amar a vida, amar a si mesmo, amar o próximo, pois nossa origem é simplesmente o amor. (Mauro Falaster – novaera.org)
  • 26. O seu otimismo vai atrair mais otimismo Deixe que o poder do Espírito brilhe em você e através de você, criando na sua volta um mundo de beleza, paz e harmonia. Você pode sim criar um mundo exatamente assim a você mesmo e a todos que se aproximarem de sua pessoa! Dê seu exemplo de esperança, fé e crença na vida.
  • 27. "Durante muitos anos esperei encontrar alguém que me compreenda, alguém que me aceite como sou, capaz de me oferecer felicidade apesar das duras provas... Apenas ontem descobri que esse mágico alguém é o rosto que vi no espelho“ (Mensagem de Luis Carlos Mazzini)
  • 28. A felicidade depende, exclusivamente, de cada criatura. Brota da sua intimidade, depende de seu interior, como ensinou o doce Mestre Galileu: “o reino dos céus está dentro de vós.”
  • 29. Buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mateus 6:33 O reino de Deus é o conjunto de energias e faculdades que jazem latentes em nossa alma. É o reino da vida, da imortalidade e do poder, do qual só nos apercebemos depois que começamos a sentir em nós as vibrações da vida espiritual, cuja atividade se exerce através do amor e da justiça, empolgando nosso ser. Que é, de fato, o reino da força que tudo vence.. Pedro de Camargo, livro Em Torno do Mestre
  • 30. Lembremo-nos de que o homem interior se renova sempre. A luta enriquece-o de experiência, a dor aprimora-lhe as emoções e o sacrifício tempera-lhe o caráter. O Espírito encarnado sofre constantes transformações por fora, a fim de acrisolar-se e engrandecer-se por dentro.
  • 32. A alegria espontânea, que decorre de uma conduta digna, é geradora de saúde e bem-estar. O homem que executa com prazer os seus deveres e sabe transformar as situações difíceis, dando-lhes cor e beleza, supera os impedimentos e facilita a realização de qualquer empresa.
  • 33. A alegria, desse modo, resulta de uma visão positiva da vida, que se enriquece de inestimáveis tesouros de paz interior.
  • 34. Qualquer ação, inspirada pela alegria torna-se mais fácil de executada e aureola-se da mirífica luz do bem. Nem sempre é o fato, em si, o grande problema, mas o estado de ânimo e a forma de o encarar por aquele que o deve enfrentar.
  • 35. Coloca o toque de alegria nas tuas realizações, e elas brilharão, atraindo outras pessoas, que se sentirão comprazidas em poder ajudar-te, estar contigo, participar das tuas tarefas. Viver, deve ser um hino de júbilo para todos quantos se movimentam na Terra. Joanna de Ângelis
  • 36. Não é feliz o homem em possuir ou deixar de possuir, mas pela forma como possui ou como encara a falta de posse.
  • 37. O ter ou deixar de ter é consequência natural de como usou ontem a posse e de como usará hoje os patrimônios da vida
  • 38. A felicidade reside na paz da consciência tranquila, do dever cumprido e, amando indistintamente o próximo, sem qualquer expectativa de recompensa pelo bem praticado..
  • 39. A felicidade não é pessoal. Se só a encontrasse em si mesmo, se não pudesse fazer que outros a partilhassem, seria egoísta e triste; ela está na comunhão de pensamentos que unem Espíritos simpáticos.
  • 40. Mahatma Gandhi Os Espíritos felizes, atraídos uns para os outros pela similitude de idéias, gostos, sentimentos, formam vastos grupos ou famílias homogêneas.
  • 41. A felicidade dos Espíritos bem-aventurados não é a ociosidade contemplativa, que seria, como muitas vezes já foi dito, uma eterna e fastidiosa inutilidade. Em todos os graus, a vida espiritual é, ao contrário, uma atividade constante, mas isenta de fadigas.
  • 42. A suprema felicidade consiste no gozo de todos os esplendores da criação, que nenhuma linguagem poderia pintar, que a mais fecunda imaginação poderia conceber;
  • 43. ...no conhecimento e na penetração de todas as coisas; na ausência de todo cansaço físico e moral; numa satisfação íntima, numa serenidade de alma, que nada altera; no amor que une todos os seres, devido à ausência de todo atrito pelo contato dos maus e acima de tudo pela visão de Deus e a compreensão de seus mistérios, revelados aos mais dignos.
  • 44. O espiritismo nos convida a uma atitude passiva- dinâmica aceitando as vicissitudes, mas trabalhando por superá-las
  • 45. O Espiritismo não prega uma resignação/Estagnação tipo, porque esta é a vontade de Deus... ...e sim que a vontade de Deus é a nossa FELICIDADE.
  • 46. A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...
  • 47. TUDO BEM! O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.
  • 48. o lar é o sagrado vértice onde o homem e a mulher se encontram para o entendimento indispensável. Entendemos, então, que, quando a família consegue se entender, chega-se à felicidade - aprender com os outros; - tolerância; - respeito; - harmonia entre os familiares; - compreensão; - ajuda mútua
  • 49. Estude a si mesmo, observando que o autoconhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz. Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é a usina geradora da felicidade.
  • 50. A felicidade está nas coisas mais simples da vida, coisas que ninguém precisa comprar. Por estarmos nesse mundo juntos, já temos que ser felizes
  • 51. Vamos começar procurar a verdadeira felicidade em nos mesmos, no nosso lar, na natureza, assim a cada dia que passa você vai encontrar um “pedacinho” dela. Obrigado…