SlideShare uma empresa Scribd logo
Proposta gênios educação infantil
VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil
NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes,
independentes, éticos e solidários
VALORES: Respeito, honestidade, boa moral e bons costumes
RESPONSABILIDADE SOCIAL: Interagir com o meio em que vive
respeitando as diferenças entre os indivíduos e o meio
ambiente.Construindo um mundo mais solidário e de paz.


A concepção de educação Infantil e Infância:
EDUCAÇÃO INFANTIL:
Sabendo que a Educação Infantil é a primeira etapa básica, temos
como objetivo geral do curso o desenvolvimento integral da criança
nos aspectos físico, emocional, afetivo, cognitivo,e social de forma
que nossos alunos se sintam acolhidos cercados de relações de
afeto, confiança e segurança.
INFÂNCIA:
A Infância é um período da vida do ser humano que vai do
nascimento a puberdade, destinado não só ao desenvolvimento
físico do indivíduo como também seu desenvolvimento intelectual e
social.É na infância que os sujeitos se aprimoram para a vida.
Segundo os Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação
Infantil ( volume I), desde que nasce a criança possui um papel
social embasado na dialética história X cultura da sociedade onde
encontra-se inserida: “A criança não é uma abstração, mas um ser
produtor e produtivo da história e da cultura”.
Dentro desta visão de infância, o Colégio Gênios do Futuro,
pretende proporcionar as crianças não somente cuidados
necessários ao desenvolvimento biológico, mas oportunizar um
espaço adequado e acolhedor para as crianças.




Objetivos Gerais

Organizamos as atividades escolares por meio dos projetos de
trabalho coletivo, projeto individual e módulos de aprendizagem .
Essa organização de trabalho tem garantido a possibilidade de
abordagens globalizadas dos diferentes conteúdos a participação
ativa das crianças no seu processo de aprendizagem.

Dentro desse contexto estamos cientes de que a criança, enquanto
sujeito social necessita fazer parte de grupos sociais, diferenciados
da sua família para se munir de instrumentos para o convívio em
sociedade do interagir com seus pares, crianças da mesma idade, e
com diferentes, como, professores e demais funcionários da
instituição, construindo subsídios para ativar em situações coletivas
de vida em grupo, diferentemente dos papéis que exerce em seu
núcleo familiar.
ASPECTOS FÍSICOS E EMOCIONAIS - Ao trabalhar com
crianças da educação Infantil, é preciso considera - lá enquanto ser
afetivo com necessidades físicas e emocionais de fortalecimento de
auto-estima d vínculos afetivos de toques corporais, e muita
atenção para que sinta-se especial e possa desenvolver sua
personalidade em toda sua plenitude.

ASPECTO PSICOLÓGICO - Tem a oportunidade de tornar-se
cada vez mais independente, segura capaz de tomar iniciativas
pertinentes a sua idade e construir gradativamente, a sua
autonomia.

ASPECTO COGNITIVO - Toma contato de forma organizada e
prazerosa com a cultura da qual faz parte tanto como produtora,
quanto como usuária, apropriando-se do patrimônio acumulado pela
humanidade.




O planejamento da Educação Infantil está estruturado de forma a
permitir:
- Explorar jogos simbólicos;
- Desenvolver a criatividade e a imaginação;
- Trabalhar com atividades para interatividade do grupo;
- Estimular a discriminação auditiva e visual;

- Estimular o gosto pela leitura;
- Compreender a necessidade de respeitar o ambiente e as
pessoas que nele convivem;
- Conviver com as diferenças e respeitá-las;
- Trabalhar com autonomia de forma a desenvolver segurança em
atos e atitudes;
- Estimular a linguagem oral e escrita;
- Conscientizar diariamente sobre a necessidade da ordem e
da organização.
Linguagem Oral e Escrita ( Língua Portuguesa)

A aprendizagem da linguagem ( falar, escutar, ler e escrever as
quatro competências lingüísticas básicas ) constitui um dos
elementos importantes para a formação das crianças na construção
de conhecimentos e desenvolvimento de pensamentos permitindo a
ampliação das suas possibilidades de inserção e de participação
nas diversas práticas sociais.
Na Educação Infantil esperamos que as crianças possam:

- participar de variadas situações de comunicação oral;
- familiarizar-se gradativamente com a escrita;

- relatar experiências vividas e narração de fatos em seqüência
temporal e casual;
- interessar-se pela leitura;

- ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e
expressão;
- participar de diversas situações de intercâmbio social, ouvir,
elaborar e responder a perguntas;

- reconhecer seu nome escrito, sabendo identificá-lo nas diversas
situações do cotidiano;

- interessar-se por escrever palavras e textos ainda que não de
forma convencional;
- valorizar a leitura como fonte de prazer e conhecimento;

- conhecer e reproduzir oralmente jogos verbais como trava-línguas,
parlendas, poemas, adivinhas, canções;
- identificar letras em diferentes palavras e nomeá-las.
Matemática

Desde o nascimento as crianças estão imersas em um universo no
qual os conhecimentos são parte integrante.
As crianças participam de uma série de situações envolvendo
números relações entre quantidades, noções sobre espaço.
O trabalho com a matemática é um processo contínuo de abstração
no qual as crianças atribuem significados e estabelecem relações
com bases nas observações que fazem:
- Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas;
- Observar e identificar a numeração em nosso cotidiano;
- Reconhecer os números as contagens orais e as noções espaciais
como ferramentas necessárias no seu cotidiano;
- Relacionar os números às suas respectivas quantidades;
- Seqüenciar os números corretamente;
- Comunicar idéias matemáticas, hipóteses, processos utilizados e
resultados encontrados em situações-problema;
- Utilizar de forma correta e gradativamente a linguagem
matemática;
- Ter confiança em suas próprias estratégias e na capacidade para
lidar com situações matemáticas
- Utiliza da contagem oral, de noções de quantidade, tempo e
espaço em jogos, brincadeiras e músicas;
- Manipular e explorar objetos e brinquedos em situações
organizadas de forma a existirem quantidades para que cada
criança possa descobrir as características e propriedades principais
e suas possibilidades associadas: empilhar, rolar, encaixar, etc;
- Marcar o tempo, por meio de calendários;

- Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas;
- Identificar pontos de referências para situar-se e deslocar-se no
espaço.
Natureza e Sociedade

O mundo em que as crianças vivem se constitui em um conjunto de
fenômenos naturais e sociais indissociáveis diante do qual elas se
mostram curiosas e investigativas.

A área da natureza e sociedade reúne temas pertinentes ao mundo
social e natural, que permite:
- Explorar o ambiente para que possa se relacionar com pessoas;

- Conhecer a função das pessoas e seus nomes;
- Estabelecer algumas relações entre o modo de vida característico
de seu grupo social e natural;

- Valorizar a vida nas situações em que impliquem cuidados
prestados a animais e plantas;
- Diferenciar os ambientes: escola e família

- Estabelecer relações entre diferentes espécies de seres vivos,
suas características e necessidades vitais;

- Conhecer os cuidados necessários para a preservação da vida e
do ambiente;
- Estabelecer relações entre os fenômenos da natureza e de
diferentes regiões e as formas de vida em que lá vivem.




Ritmo e Movimento
As crianças se movimentam desde que nascem, adquirindo, cada
vez mais maior controle sobre o seu próprio corpo e se apropriando
cada vez mais das possibilidades de interação com o mundo.
Assim, a Educação Infantil deve favorecer o ambiente físico e social
 onde as crianças se sintam protegidas e ao mesmo tempo seguras
 para arriscar e vencer desafios, onde possam desenvolver-se e:
 - Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;

 - Explorar as possibilidades de gestos e ritmos corporais para
 expressar-se nas brincadeiras e demais interações;
 - Deslocar-se com destreza progressiva no espaço do andar, correr,
 pular, entre outras habilidades motoras;

 - Explorar os mais diversos movimentos como fora, velocidade,
 resistência, flexibilidade, conhecendo os limites e as
 potencialidades de seu corpo.
Música
A música , no contexto da Educação Infantil, atende a vários objetivos,
como a formação de hábitos, atitudes, comportamento,
comemorações relativas ao calendário de eventos do ano letivo,
memorização de conteúdos.
A contribuição da música na Educação Infantil se dá na construção do
conhecimento de modo significativo:
- Brincar com a música, imitar, inventar e reproduzir criações musicais;
- Ouvir, perceber e discriminar eventos sonoros diversos;
- Explorar e identificar elementos da música para se expressar,
interagir com os outros e ampliar o seu conhecimento do mundo.


 Artes Visuais

 As Artes Visuais estão presentes no cotidiano da vida infantil.Ao
 rabiscar e desenhar seja no papel, seja no chão, na areia, ao pintar
 os objetos e até mesmo o próprio corpo, a criança está utilizando-se
 das artes Visuais para expressar experiências sensíveis.
 As Artes visuais por si só justifica a presença no contexto da
 educação infantil, particularmente em:
 - Ampliar o conhecimento;
 - Produzir trabalho de arte;
 - Valorizar suas próprias produções;
 - Leitura de obras de arte;
 - Compreender e conhecer a diversidade da produção artística.
CONCLUSÃO

Pensando na prática escolar e nas reflexões metodológicas que o
Colégio Gênios do Futuro adotou para nortear seu trabalho, que foi
registrada de maneira seqüencial todo seu trabalho pedagógico. E
ainda entende que seu trabalho esteja propondo ser:

-Questionador;
-Integrador;

-Crítico
-Impulsionador;

-Criativo

-Permanente.
Estando assim o corpo docente, administrativo e discente
interagindo entre si para que os ideais de democracia e cidadania
sejam plenamente alcançados.
                                          Colégio Gênios do Futuro

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brincadeiras e jogos na educação infantil 2
Brincadeiras e jogos na educação infantil 2Brincadeiras e jogos na educação infantil 2
Brincadeiras e jogos na educação infantil 2
Selma Regina Costa
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantil
VIROUCLIPTAQ
 
Estágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilEstágio Educação Infantil
Estágio Educação Infantil
Luúh Reis
 
Cartilha paz como se faz semeando cultura de paz nas escolas
Cartilha paz como se faz   semeando cultura de paz nas escolasCartilha paz como se faz   semeando cultura de paz nas escolas
Cartilha paz como se faz semeando cultura de paz nas escolas
Espaço Lazer Ovide Decroly Guararema
 
Avaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novoAvaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novo
Pedagogo Santos
 
Piaget,vygotsky e wallon
Piaget,vygotsky e wallonPiaget,vygotsky e wallon
Piaget,vygotsky e wallon
Luciana Almeida
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
IsauradeCarli
 
Planejamento Educação Infantil
Planejamento Educação InfantilPlanejamento Educação Infantil
Planejamento Educação Infantil
artemiselima
 
Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantil
keillacr
 
Power point importância do brincar
Power point   importância do brincarPower point   importância do brincar
Power point importância do brincar
inesaalexandra
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores Coordenadores
Giani de Cássia Santana
 
Unidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Unidade 4 - PNAIC - LudicidadeUnidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Unidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Elaine Cruz
 
Plano de Ação 2012
Plano de Ação 2012 Plano de Ação 2012
Plano de Ação 2012
EEB São José
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
Nathanry Araujo
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Edna Monteiro
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
FSBA
 
UMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEM
UMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEMUMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEM
UMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEM
Fatima Andreia Tamanini
 
Ciclo de alfabetização
Ciclo de alfabetizaçãoCiclo de alfabetização
Ciclo de alfabetização
Aprender com prazer
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
Capacitações Pedagógicas
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
pdescola
 

Mais procurados (20)

Brincadeiras e jogos na educação infantil 2
Brincadeiras e jogos na educação infantil 2Brincadeiras e jogos na educação infantil 2
Brincadeiras e jogos na educação infantil 2
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantil
 
Estágio Educação Infantil
Estágio Educação InfantilEstágio Educação Infantil
Estágio Educação Infantil
 
Cartilha paz como se faz semeando cultura de paz nas escolas
Cartilha paz como se faz   semeando cultura de paz nas escolasCartilha paz como se faz   semeando cultura de paz nas escolas
Cartilha paz como se faz semeando cultura de paz nas escolas
 
Avaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novoAvaliação na educação infantil novo
Avaliação na educação infantil novo
 
Piaget,vygotsky e wallon
Piaget,vygotsky e wallonPiaget,vygotsky e wallon
Piaget,vygotsky e wallon
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
 
Planejamento Educação Infantil
Planejamento Educação InfantilPlanejamento Educação Infantil
Planejamento Educação Infantil
 
Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantil
 
Power point importância do brincar
Power point   importância do brincarPower point   importância do brincar
Power point importância do brincar
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores Coordenadores
 
Unidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Unidade 4 - PNAIC - LudicidadeUnidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Unidade 4 - PNAIC - Ludicidade
 
Plano de Ação 2012
Plano de Ação 2012 Plano de Ação 2012
Plano de Ação 2012
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTOSlides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
Slides 1 ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
UMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEM
UMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEMUMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEM
UMA CONSCIÊNCIA SÓCIO-HISTÓRICA CONSTITUÍDA PELA LINGUAGEM
 
Ciclo de alfabetização
Ciclo de alfabetizaçãoCiclo de alfabetização
Ciclo de alfabetização
 
O uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantilO uso do lúdico na educação infantil
O uso do lúdico na educação infantil
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 

Semelhante a Proposta gênios educação infantil

Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431
Prefeitura de Cianorte
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
Magda Marques
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinar
gracabt2011
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
SimoneHelenDrumond
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
SimoneHelenDrumond
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumondInvestigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
PTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação Especial
PTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação EspecialPTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação Especial
PTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação Especial
Ivete Diniz
 
Educação infantil referencias curriculares.pptx
Educação infantil referencias curriculares.pptxEducação infantil referencias curriculares.pptx
Educação infantil referencias curriculares.pptx
AbimaelsonSantos
 
Aprendizagem na Educação Infantil
Aprendizagem na Educação InfantilAprendizagem na Educação Infantil
Aprendizagem na Educação Infantil
ntm.pedagogico
 
Proposta do infantil ll educação infantil
Proposta do infantil ll   educação infantilProposta do infantil ll   educação infantil
Proposta do infantil ll educação infantil
Rosemary Batista
 
BEBÊS 1.pdf
BEBÊS 1.pdfBEBÊS 1.pdf
BEBÊS 1.pdf
FlviaVeiga3
 
Eixos da educação infantil
Eixos da educação infantilEixos da educação infantil
Eixos da educação infantil
Hellen Mariano
 
RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014
Jacqueline Campos
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
CeimariaizabelCei
 
Apresentação GRUPO1
Apresentação GRUPO1Apresentação GRUPO1
Apresentação GRUPO1
JulianeFD
 
Eixos da educação infantil
Eixos da educação infantilEixos da educação infantil
Eixos da educação infantil
Carol Fialho
 
Planejamento Educação Infantil fase I
 Planejamento Educação Infantil fase I Planejamento Educação Infantil fase I
Planejamento Educação Infantil fase I
lucianoproenca21
 
Planejamento fase i
 Planejamento fase i Planejamento fase i
Planejamento fase i
lucianoproenca21
 
Planejamento Educação Infatil Fase II 2011
 Planejamento Educação Infatil Fase II 2011 Planejamento Educação Infatil Fase II 2011
Planejamento Educação Infatil Fase II 2011
lucianoproenca21
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptx
SocorroBrito12
 

Semelhante a Proposta gênios educação infantil (20)

Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431Educaoinfantilparaqu 170620120431
Educaoinfantilparaqu 170620120431
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
 
O que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinarO que a creche pode ensinar
O que a creche pode ensinar
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.Investigação do currículo na escola da educação infantil.
Investigação do currículo na escola da educação infantil.
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
Investigação do currículo na escola da educação infantil. 1
 
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumondInvestigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
Investigação do currículo na escola da educação infantil. simone helen drumond
 
PTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação Especial
PTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação EspecialPTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação Especial
PTD - Educação Infantil de 03/ 06 anos - Educação Especial
 
Educação infantil referencias curriculares.pptx
Educação infantil referencias curriculares.pptxEducação infantil referencias curriculares.pptx
Educação infantil referencias curriculares.pptx
 
Aprendizagem na Educação Infantil
Aprendizagem na Educação InfantilAprendizagem na Educação Infantil
Aprendizagem na Educação Infantil
 
Proposta do infantil ll educação infantil
Proposta do infantil ll   educação infantilProposta do infantil ll   educação infantil
Proposta do infantil ll educação infantil
 
BEBÊS 1.pdf
BEBÊS 1.pdfBEBÊS 1.pdf
BEBÊS 1.pdf
 
Eixos da educação infantil
Eixos da educação infantilEixos da educação infantil
Eixos da educação infantil
 
RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014RCNEI resumo eixos 2014
RCNEI resumo eixos 2014
 
Projeto Político Pedagógico
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
Projeto Político Pedagógico
 
Apresentação GRUPO1
Apresentação GRUPO1Apresentação GRUPO1
Apresentação GRUPO1
 
Eixos da educação infantil
Eixos da educação infantilEixos da educação infantil
Eixos da educação infantil
 
Planejamento Educação Infantil fase I
 Planejamento Educação Infantil fase I Planejamento Educação Infantil fase I
Planejamento Educação Infantil fase I
 
Planejamento fase i
 Planejamento fase i Planejamento fase i
Planejamento fase i
 
Planejamento Educação Infatil Fase II 2011
 Planejamento Educação Infatil Fase II 2011 Planejamento Educação Infatil Fase II 2011
Planejamento Educação Infatil Fase II 2011
 
Semana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptxSemana Pedagógica 2022.pptx
Semana Pedagógica 2022.pptx
 

Mais de Marcos Azevedo

Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade
Transtorno Déficit de Atenção e HiperatividadeTranstorno Déficit de Atenção e Hiperatividade
Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade
Marcos Azevedo
 
Psicomotricidade e o brincar
Psicomotricidade e o brincar   Psicomotricidade e o brincar
Psicomotricidade e o brincar
Marcos Azevedo
 
Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016
Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016
Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016
Marcos Azevedo
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
Marcos Azevedo
 
Resolução Prova de Geometria Analítica
Resolução Prova de Geometria AnalíticaResolução Prova de Geometria Analítica
Resolução Prova de Geometria Analítica
Marcos Azevedo
 
Exame Geometria Analítica 1° e 2° Semestres
Exame Geometria Analítica 1° e 2° SemestresExame Geometria Analítica 1° e 2° Semestres
Exame Geometria Analítica 1° e 2° Semestres
Marcos Azevedo
 
Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010
Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010
Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010
Marcos Azevedo
 
Pratica 4 -_sistemas_de_equacoes_lineares
Pratica 4 -_sistemas_de_equacoes_linearesPratica 4 -_sistemas_de_equacoes_lineares
Pratica 4 -_sistemas_de_equacoes_lineares
Marcos Azevedo
 
Lista recup
Lista recupLista recup
Lista recup
Marcos Azevedo
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
Marcos Azevedo
 
1º lista 2013
1º lista 20131º lista 2013
1º lista 2013
Marcos Azevedo
 
061 relatorio modelo
061 relatorio modelo061 relatorio modelo
061 relatorio modelo
Marcos Azevedo
 
Manual monografia graduação e pós fpd
Manual monografia graduação e pós fpdManual monografia graduação e pós fpd
Manual monografia graduação e pós fpd
Marcos Azevedo
 
Os elementos euclides
Os elementos euclidesOs elementos euclides
Os elementos euclides
Marcos Azevedo
 
Limites parte1
Limites parte1Limites parte1
Limites parte1
Marcos Azevedo
 
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Marcos Azevedo
 
Abnt 2011 FPD
Abnt 2011 FPDAbnt 2011 FPD
Abnt 2011 FPD
Marcos Azevedo
 
Newsletter licinia de campos 54 carambola
Newsletter licinia de campos 54   carambolaNewsletter licinia de campos 54   carambola
Newsletter licinia de campos 54 carambola
Marcos Azevedo
 
Classicismo rev
Classicismo revClassicismo rev
Classicismo rev
Marcos Azevedo
 
Newsletter licinia de campos 50 metodos de preservacao
Newsletter licinia de campos 50   metodos de preservacaoNewsletter licinia de campos 50   metodos de preservacao
Newsletter licinia de campos 50 metodos de preservacao
Marcos Azevedo
 

Mais de Marcos Azevedo (20)

Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade
Transtorno Déficit de Atenção e HiperatividadeTranstorno Déficit de Atenção e Hiperatividade
Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade
 
Psicomotricidade e o brincar
Psicomotricidade e o brincar   Psicomotricidade e o brincar
Psicomotricidade e o brincar
 
Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016
Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016
Filosofia e Sociologia - 2º bimestre 2016
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
 
Resolução Prova de Geometria Analítica
Resolução Prova de Geometria AnalíticaResolução Prova de Geometria Analítica
Resolução Prova de Geometria Analítica
 
Exame Geometria Analítica 1° e 2° Semestres
Exame Geometria Analítica 1° e 2° SemestresExame Geometria Analítica 1° e 2° Semestres
Exame Geometria Analítica 1° e 2° Semestres
 
Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010
Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010
Geometria analítica anotações de aula 1° semestre 2010
 
Pratica 4 -_sistemas_de_equacoes_lineares
Pratica 4 -_sistemas_de_equacoes_linearesPratica 4 -_sistemas_de_equacoes_lineares
Pratica 4 -_sistemas_de_equacoes_lineares
 
Lista recup
Lista recupLista recup
Lista recup
 
Modelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científicoModelo formatação artigo científico
Modelo formatação artigo científico
 
1º lista 2013
1º lista 20131º lista 2013
1º lista 2013
 
061 relatorio modelo
061 relatorio modelo061 relatorio modelo
061 relatorio modelo
 
Manual monografia graduação e pós fpd
Manual monografia graduação e pós fpdManual monografia graduação e pós fpd
Manual monografia graduação e pós fpd
 
Os elementos euclides
Os elementos euclidesOs elementos euclides
Os elementos euclides
 
Limites parte1
Limites parte1Limites parte1
Limites parte1
 
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
 
Abnt 2011 FPD
Abnt 2011 FPDAbnt 2011 FPD
Abnt 2011 FPD
 
Newsletter licinia de campos 54 carambola
Newsletter licinia de campos 54   carambolaNewsletter licinia de campos 54   carambola
Newsletter licinia de campos 54 carambola
 
Classicismo rev
Classicismo revClassicismo rev
Classicismo rev
 
Newsletter licinia de campos 50 metodos de preservacao
Newsletter licinia de campos 50   metodos de preservacaoNewsletter licinia de campos 50   metodos de preservacao
Newsletter licinia de campos 50 metodos de preservacao
 

Último

Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 

Último (20)

Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 

Proposta gênios educação infantil

  • 2. VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral e bons costumes RESPONSABILIDADE SOCIAL: Interagir com o meio em que vive respeitando as diferenças entre os indivíduos e o meio ambiente.Construindo um mundo mais solidário e de paz. A concepção de educação Infantil e Infância: EDUCAÇÃO INFANTIL: Sabendo que a Educação Infantil é a primeira etapa básica, temos como objetivo geral do curso o desenvolvimento integral da criança nos aspectos físico, emocional, afetivo, cognitivo,e social de forma que nossos alunos se sintam acolhidos cercados de relações de afeto, confiança e segurança. INFÂNCIA: A Infância é um período da vida do ser humano que vai do nascimento a puberdade, destinado não só ao desenvolvimento físico do indivíduo como também seu desenvolvimento intelectual e social.É na infância que os sujeitos se aprimoram para a vida. Segundo os Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil ( volume I), desde que nasce a criança possui um papel social embasado na dialética história X cultura da sociedade onde encontra-se inserida: “A criança não é uma abstração, mas um ser produtor e produtivo da história e da cultura”.
  • 3. Dentro desta visão de infância, o Colégio Gênios do Futuro, pretende proporcionar as crianças não somente cuidados necessários ao desenvolvimento biológico, mas oportunizar um espaço adequado e acolhedor para as crianças. Objetivos Gerais Organizamos as atividades escolares por meio dos projetos de trabalho coletivo, projeto individual e módulos de aprendizagem . Essa organização de trabalho tem garantido a possibilidade de abordagens globalizadas dos diferentes conteúdos a participação ativa das crianças no seu processo de aprendizagem. Dentro desse contexto estamos cientes de que a criança, enquanto sujeito social necessita fazer parte de grupos sociais, diferenciados da sua família para se munir de instrumentos para o convívio em sociedade do interagir com seus pares, crianças da mesma idade, e com diferentes, como, professores e demais funcionários da instituição, construindo subsídios para ativar em situações coletivas de vida em grupo, diferentemente dos papéis que exerce em seu núcleo familiar.
  • 4. ASPECTOS FÍSICOS E EMOCIONAIS - Ao trabalhar com crianças da educação Infantil, é preciso considera - lá enquanto ser afetivo com necessidades físicas e emocionais de fortalecimento de auto-estima d vínculos afetivos de toques corporais, e muita atenção para que sinta-se especial e possa desenvolver sua personalidade em toda sua plenitude. ASPECTO PSICOLÓGICO - Tem a oportunidade de tornar-se cada vez mais independente, segura capaz de tomar iniciativas pertinentes a sua idade e construir gradativamente, a sua autonomia. ASPECTO COGNITIVO - Toma contato de forma organizada e prazerosa com a cultura da qual faz parte tanto como produtora, quanto como usuária, apropriando-se do patrimônio acumulado pela humanidade. O planejamento da Educação Infantil está estruturado de forma a permitir: - Explorar jogos simbólicos; - Desenvolver a criatividade e a imaginação; - Trabalhar com atividades para interatividade do grupo; - Estimular a discriminação auditiva e visual; - Estimular o gosto pela leitura; - Compreender a necessidade de respeitar o ambiente e as pessoas que nele convivem; - Conviver com as diferenças e respeitá-las; - Trabalhar com autonomia de forma a desenvolver segurança em atos e atitudes; - Estimular a linguagem oral e escrita; - Conscientizar diariamente sobre a necessidade da ordem e da organização.
  • 5. Linguagem Oral e Escrita ( Língua Portuguesa) A aprendizagem da linguagem ( falar, escutar, ler e escrever as quatro competências lingüísticas básicas ) constitui um dos elementos importantes para a formação das crianças na construção de conhecimentos e desenvolvimento de pensamentos permitindo a ampliação das suas possibilidades de inserção e de participação nas diversas práticas sociais. Na Educação Infantil esperamos que as crianças possam: - participar de variadas situações de comunicação oral; - familiarizar-se gradativamente com a escrita; - relatar experiências vividas e narração de fatos em seqüência temporal e casual; - interessar-se pela leitura; - ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão; - participar de diversas situações de intercâmbio social, ouvir, elaborar e responder a perguntas; - reconhecer seu nome escrito, sabendo identificá-lo nas diversas situações do cotidiano; - interessar-se por escrever palavras e textos ainda que não de forma convencional; - valorizar a leitura como fonte de prazer e conhecimento; - conhecer e reproduzir oralmente jogos verbais como trava-línguas, parlendas, poemas, adivinhas, canções; - identificar letras em diferentes palavras e nomeá-las.
  • 6. Matemática Desde o nascimento as crianças estão imersas em um universo no qual os conhecimentos são parte integrante. As crianças participam de uma série de situações envolvendo números relações entre quantidades, noções sobre espaço. O trabalho com a matemática é um processo contínuo de abstração no qual as crianças atribuem significados e estabelecem relações com bases nas observações que fazem: - Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas; - Observar e identificar a numeração em nosso cotidiano; - Reconhecer os números as contagens orais e as noções espaciais como ferramentas necessárias no seu cotidiano; - Relacionar os números às suas respectivas quantidades; - Seqüenciar os números corretamente; - Comunicar idéias matemáticas, hipóteses, processos utilizados e resultados encontrados em situações-problema; - Utilizar de forma correta e gradativamente a linguagem matemática; - Ter confiança em suas próprias estratégias e na capacidade para lidar com situações matemáticas - Utiliza da contagem oral, de noções de quantidade, tempo e espaço em jogos, brincadeiras e músicas; - Manipular e explorar objetos e brinquedos em situações organizadas de forma a existirem quantidades para que cada criança possa descobrir as características e propriedades principais e suas possibilidades associadas: empilhar, rolar, encaixar, etc; - Marcar o tempo, por meio de calendários; - Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas; - Identificar pontos de referências para situar-se e deslocar-se no espaço.
  • 7. Natureza e Sociedade O mundo em que as crianças vivem se constitui em um conjunto de fenômenos naturais e sociais indissociáveis diante do qual elas se mostram curiosas e investigativas. A área da natureza e sociedade reúne temas pertinentes ao mundo social e natural, que permite: - Explorar o ambiente para que possa se relacionar com pessoas; - Conhecer a função das pessoas e seus nomes; - Estabelecer algumas relações entre o modo de vida característico de seu grupo social e natural; - Valorizar a vida nas situações em que impliquem cuidados prestados a animais e plantas; - Diferenciar os ambientes: escola e família - Estabelecer relações entre diferentes espécies de seres vivos, suas características e necessidades vitais; - Conhecer os cuidados necessários para a preservação da vida e do ambiente; - Estabelecer relações entre os fenômenos da natureza e de diferentes regiões e as formas de vida em que lá vivem. Ritmo e Movimento As crianças se movimentam desde que nascem, adquirindo, cada vez mais maior controle sobre o seu próprio corpo e se apropriando cada vez mais das possibilidades de interação com o mundo.
  • 8. Assim, a Educação Infantil deve favorecer o ambiente físico e social onde as crianças se sintam protegidas e ao mesmo tempo seguras para arriscar e vencer desafios, onde possam desenvolver-se e: - Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo; - Explorar as possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressar-se nas brincadeiras e demais interações; - Deslocar-se com destreza progressiva no espaço do andar, correr, pular, entre outras habilidades motoras; - Explorar os mais diversos movimentos como fora, velocidade, resistência, flexibilidade, conhecendo os limites e as potencialidades de seu corpo. Música A música , no contexto da Educação Infantil, atende a vários objetivos, como a formação de hábitos, atitudes, comportamento, comemorações relativas ao calendário de eventos do ano letivo, memorização de conteúdos. A contribuição da música na Educação Infantil se dá na construção do conhecimento de modo significativo: - Brincar com a música, imitar, inventar e reproduzir criações musicais; - Ouvir, perceber e discriminar eventos sonoros diversos; - Explorar e identificar elementos da música para se expressar, interagir com os outros e ampliar o seu conhecimento do mundo. Artes Visuais As Artes Visuais estão presentes no cotidiano da vida infantil.Ao rabiscar e desenhar seja no papel, seja no chão, na areia, ao pintar os objetos e até mesmo o próprio corpo, a criança está utilizando-se das artes Visuais para expressar experiências sensíveis. As Artes visuais por si só justifica a presença no contexto da educação infantil, particularmente em: - Ampliar o conhecimento; - Produzir trabalho de arte; - Valorizar suas próprias produções; - Leitura de obras de arte; - Compreender e conhecer a diversidade da produção artística.
  • 9. CONCLUSÃO Pensando na prática escolar e nas reflexões metodológicas que o Colégio Gênios do Futuro adotou para nortear seu trabalho, que foi registrada de maneira seqüencial todo seu trabalho pedagógico. E ainda entende que seu trabalho esteja propondo ser: -Questionador; -Integrador; -Crítico -Impulsionador; -Criativo -Permanente. Estando assim o corpo docente, administrativo e discente interagindo entre si para que os ideais de democracia e cidadania sejam plenamente alcançados. Colégio Gênios do Futuro