SlideShare uma empresa Scribd logo

Instituto Paranaense de Desenvolvimento da Educação
Departamento de Nutrição e Alimentação
Coordenação de Planejamento da Alimentação Escolar
Programa Estadual de
Alimentação Escolar
Alimentação Escolar no
Mundo
1º
India
2º
Brasil
3º
EUA
4º
China
1955
Camp
anha
1988
CF -
direito
2005
CFN
358
2006 RT
2009 AF
EM AEE
EJA +
Educ.
2010 CF
– DHAA
CFN 465
2013
RES. 26
– EAN
2015 AF
Evolução:
- Direito
- Atuação Nutricionista
- Agricultura Familiar
- EAN
- Ensino integral
50
anos
PNAE x Nutricionista
SAN
•4% domicílios
paranaenses –
insegurança
alimentar
moderada e
2,4%
insegurança
grave (PNAD-
IBGE 2009)
Condiçõesvida
•Índice Ipardes de
Desenvolvimento
Municipal – IPDM
- índices parciais
de renda e
emprego, de
educação e de
saúde
• 67 municípios
Paraná – baixo
desempenho
Necessidaealimentarespecial
•
Monitoramento
anual
•Semana
pedagógica,
formação em
ação
PNAE x Nutricionista
Perfilnutricionaldos
escolares
•25% alunos com
sobrepeso e obesidade
•Indices acima da média
nacional
•Melhores indices:
Pitanga, Irati, União da
Vitória
•Regiões com maiores
índices de obesidade:
Maringá, Cianorte, Ibaiti.
Diverisdadepopulacionale
culturaalimentar
•Indígena (37)
•Remanescente
quilombola (33
certificadas)
•Faxinalenses – centro sul
•Ilhéus – Rio Paraná
•Cipozeiros - litorânea
Evolução do número de
nutricionistas cadastrados no
PNAE/FNDE
Ano
Nº de nutricionistas
cadastrados no
PNAE/FNDE
% de municípios COM
nutricionistas
cadastrados no
PNAE/FNDE (n=5564)
Nº de municípios sem
nutricionistas
cadastrados no
PNAE/FNDE (n=5564)
% de municípios SEM
nutricionistas
cadastrados no
PNAE/FNDE (n=5564)
2003¹ 813 12 4897 88
2005¹ 1006 18 4562 82
2006¹ 2511 47 2949 53
2007¹ 3162 64 2003 36
2008¹ 3650 68 1780 32
2009/2010¹ 4479 82 1002 18
2011² 6266 - - -
2013² 8083 - - -
Fonte: Adaptado de Chaves (2009¹) e FNDE (2013²)
Dados PNAE - Paraná
Dependência
administrativa
nº estabelecimentos
de ensino¹
nº alunos¹ nº nutricionistas²
Relação alunos/
Nutricionista
Pública Estadual 2.147 1.167.797 3 333.000
Pública Municipal 5.065 1.008.902 497 2.030
Fontes:
¹ censo escolar 2013 e ²estaduais e municipais – SINUTRI/FNDE/MEC
Contextualização PNAE PR
▪ 1.000.000 refeições/dia
▪ 399 municípios
▪ 2.342 escolas e pontos alternativos
▪ 19 colégios agrícolas
▪ 62 escolas integrais
▪ 37 escolas indígenas
▪ 508 escolas com Mais Educação
Características da execução
do PEAEAquisições Centralizadas
• Pregão eletrônico (não perecíveis, carnes
congeladas, ovos)
• Chamada Pública para Agricultura
Familiar
• Embalagem Institucional
Qualidade alimentar e nutricional
• Garantia da Qualidade & Sanidade dos
alimentos
• Variedade de produtos
• Programações diferenciadas
• Kit de servimento em aço inox
Características da execução
do PEAEControles
• Controle eletrônico das etapas do processo
• Avaliações contínuas
• Monitoramento Nutricional
• Controle Social atuante
Educação alimentar e nutricional
Capacitação de merendeiras, professores, gestores
(presencial e EaD)
Produção de materiais (MBP, POP, livro de horta, livro de
receitas, livro sobre alimentação saudável e controle da
obesidade, necessidades alimentares especiais)
Diferenciais do PNAE PR
Isenção corantes, conservantes
e aromatizantes artificiais
Monitoramento nutricional -
NAE
Sistema Eletrônico de Gestão -
AF
Suprimento das escolas
ATENDIMENTO
DAS
ESCOLAS
ESTADUAIS
Congelados
(ponto a ponto
pelo fornecedor)
Outros gêneros
(ponto a ponto
pela SEED)
AF (ponto a
ponto pelo
fornecedor) Recurso
estadual
12
Grupos
Frutas in natura
Sucos/
Polpas
Feijões
Carnes
Cereal
Feijões
LácteosLeite
Legumes e
Tubérculos
Hortaliças e
semente
Temperos
Panificados
Complementos
Agricultura Familiar
Frutas(S)
• Abacate
• Abacaxi
• Ameixa
• Banana
• Caqui
• Goiaba
• Jabuticaba
• Kiwi
• Laranja
• Maçã
• Mamão
• Manga
• Melancia
• Pera
• Pêssego
• Tangerina
• Uva
HortaliçaseSemente(S)
• Acelga
• Agrião
• Alface
• Almeirão
• Couve
• Espinafre
• Pinhão
• Quiabo
• Rabanete
• Repolho
• Rúcula Temperos(S)
Alho
Cebola
Cebolinha
Limão
Molho
tomate
Pimentão
Salsinha
Legumesetubérculos(S)
•Abóbora*
•Abobrinha
•Batata doce
•Batata
inglesa
•Batata salsa
•Berinjela
•Beterraba
•Brócolis
•Cará
•Cenoura
•Chuchu
•Couve flor
•Inhame
•Mandioca*
•Milho verde
•Pepino
•Tomate
•Vagem
Leite(S)
•Leite pasteurizado
Lácteos(Q)
•Bebida láctea
•Iogurte
Carnes(M)
• Bisteca suína
congelada
• File de bagre,
pescada ou tilápia
congelado
Panificados(Q)
• Cuca/bolo
• Pão caseiro
(integral e/ou a
base de legumes)
Cereal(BM)
•Farinha de mandioca
Feijões(BM)
•Feijão cores
•Feijão preto
Sucos(M)
•Polpas
•Laranja integral
•Maçã integral
•Uva integral Complementos(M)
•Doce de frutas
•Mel
•Bolacha caseira
Atendimento da AF por Município e
Grupo de Alimentos - 2017
0
50
100
150
200
250
300
350
400
360 356 355 354 345 342 335
165
139
128
5 1
Evolução das aquisições
Ano
Base
Itens
Grupo
s
Assoc.
&
Cooper.
Valores R$
Quantidade
(toneladas)
Orgânicos %
Nº
Escolas
Nº
Município
s
Contratado
Milhões
Executad
o
Milhões
% do
recurso
Total
geral
Orgânicos Kg Valor
2011 39 5 46 3,09
2,8 MI 3,07 1.363 77 6% 9%
906 192
2012 71 7 95 23,67 I
12,8 MI 15,48 5.115 587 11% 17%
1.774 331
2013 83 12 132 31,94 21, 3 MI 29,42 8.053 816 10% 13% 2.368 374
2014 81 11 134 46,14 31,4 MI 51,15 11.209 1.341 12% 16% 2.254 390
2015 81 11 130 45,25 30,9 MI 41,31 10.176 1.393 14% 17% 2.521 386
2016 76 12 128 35,63 26,7 MI 30,03 7.166 342 5% 4% 2160 399
2017 74 12 117 32,47 8.175 1.775 22% 23% 393
43%
Educação alimentar e
nutricional
 Socialização saberes, riqueza cultura
alimentar
 Hortas escolares
 Monitoramento nutricional
x
 Tabus alimentares
 Perfil alimentar educadores, funcionários
(60 mil professores, 6 mil merendeiras)
 Ferramentas – palestra, folder, ...
Perfil alimentação servida
75%
25%
Refeição Lanche
5%
Ensino
Integral
Plano Estadual – Ensino
Integral
5 27 29 62 81
1163
0
200
400
600
800
1000
1200
1400
2012 2013 2016 2017 2018 2024
Desafios
 DHAA
 Nutricionista no PNAE x Estado mínimo
 Agricultura familiar - orgânico
 EAN – dimensão
 Ensino em tempo integral - ampliação
Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional
Andréa Bruginski
Coordenação de Planejamento da Alimentação Escolar
41- 3250-8232

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nutrição Cartilha Merendeira 2
Nutrição  Cartilha  Merendeira 2Nutrição  Cartilha  Merendeira 2
Nutrição Cartilha Merendeira 2
TomateVerdeFrito
 
Facul alimentação saudável para educação infantil
Facul   alimentação saudável para educação infantilFacul   alimentação saudável para educação infantil
Facul alimentação saudável para educação infantil
Jordana Avozani
 
Avaliação Nutricional de Idoso
 Avaliação Nutricional de Idoso Avaliação Nutricional de Idoso
Avaliação Nutricional de Idoso
Keylla Tayne
 
Relatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica NutriçãoRelatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica Nutrição
cristiane1981
 
Apostila senac
Apostila   senacApostila   senac
Apostila senac
Rayanethaynarasantos2
 
refeições transportadas
refeições transportadasrefeições transportadas
refeições transportadas
Dani Moreira
 
Alimentação escolar
Alimentação escolarAlimentação escolar
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Alvaro Galdos
 
PLANEJAMENTO FISICO DE UMA UAN
PLANEJAMENTO FISICO DE UMA UANPLANEJAMENTO FISICO DE UMA UAN
PLANEJAMENTO FISICO DE UMA UAN
At Helena11/A13/5 Helena
 
Slide do trabalho de introdução a nutrição
Slide do trabalho de introdução a nutriçãoSlide do trabalho de introdução a nutrição
Slide do trabalho de introdução a nutrição
Natiele Carvalho
 
Aproveitamento Integral dos Alimentos Mesa Brasil
Aproveitamento Integral dos Alimentos Mesa BrasilAproveitamento Integral dos Alimentos Mesa Brasil
Aproveitamento Integral dos Alimentos Mesa Brasil
Lidiane Martins
 
NUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSONUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSO
Rubens Junior
 
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOSALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
Jéssica Angelo
 
Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...
Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...
Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...
Dr. Benevenuto
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágio
cristiane1981
 
Sisvan
SisvanSisvan
Aula pesos e medidas
Aula pesos e medidasAula pesos e medidas
Aula pesos e medidas
katsan
 
Manual do Saneamento Básico
Manual do Saneamento BásicoManual do Saneamento Básico
Manual do Saneamento Básico
Instituto Trata Brasil
 
Alimentacao coletiva.p65
Alimentacao coletiva.p65Alimentacao coletiva.p65
Alimentacao coletiva.p65
Elineides Silva
 
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Natalia Martins
 

Mais procurados (20)

Nutrição Cartilha Merendeira 2
Nutrição  Cartilha  Merendeira 2Nutrição  Cartilha  Merendeira 2
Nutrição Cartilha Merendeira 2
 
Facul alimentação saudável para educação infantil
Facul   alimentação saudável para educação infantilFacul   alimentação saudável para educação infantil
Facul alimentação saudável para educação infantil
 
Avaliação Nutricional de Idoso
 Avaliação Nutricional de Idoso Avaliação Nutricional de Idoso
Avaliação Nutricional de Idoso
 
Relatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica NutriçãoRelatório Clinica Nutrição
Relatório Clinica Nutrição
 
Apostila senac
Apostila   senacApostila   senac
Apostila senac
 
refeições transportadas
refeições transportadasrefeições transportadas
refeições transportadas
 
Alimentação escolar
Alimentação escolarAlimentação escolar
Alimentação escolar
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
 
PLANEJAMENTO FISICO DE UMA UAN
PLANEJAMENTO FISICO DE UMA UANPLANEJAMENTO FISICO DE UMA UAN
PLANEJAMENTO FISICO DE UMA UAN
 
Slide do trabalho de introdução a nutrição
Slide do trabalho de introdução a nutriçãoSlide do trabalho de introdução a nutrição
Slide do trabalho de introdução a nutrição
 
Aproveitamento Integral dos Alimentos Mesa Brasil
Aproveitamento Integral dos Alimentos Mesa BrasilAproveitamento Integral dos Alimentos Mesa Brasil
Aproveitamento Integral dos Alimentos Mesa Brasil
 
NUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSONUTRIÇÃO NO IDOSO
NUTRIÇÃO NO IDOSO
 
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOSALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA HIPERTENSOS
 
Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...
Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...
Manual de orientação para a alimentação escolar na educação infantil, ensino ...
 
Relatório de estágio
Relatório de estágioRelatório de estágio
Relatório de estágio
 
Sisvan
SisvanSisvan
Sisvan
 
Aula pesos e medidas
Aula pesos e medidasAula pesos e medidas
Aula pesos e medidas
 
Manual do Saneamento Básico
Manual do Saneamento BásicoManual do Saneamento Básico
Manual do Saneamento Básico
 
Alimentacao coletiva.p65
Alimentacao coletiva.p65Alimentacao coletiva.p65
Alimentacao coletiva.p65
 
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
Projeto Alimentação saudável - Ensino Fundamental.
 

Semelhante a Programa Estadual de Alimentação Escolar

Programa Nacional de Alimentación Escolar - FNDE
Programa Nacional de Alimentación Escolar - FNDEPrograma Nacional de Alimentación Escolar - FNDE
Programa Nacional de Alimentación Escolar - FNDE
FAO
 
Relatório alimentação escolar
Relatório alimentação escolarRelatório alimentação escolar
Relatório alimentação escolar
Leticia Lopes
 
Merenda Escolar
Merenda EscolarMerenda Escolar
Merenda Escolar
CMEIManoelAntonio
 
Ass fatima
Ass fatimaAss fatima
Ass fatima
Fatima Macedo
 
Curso de personal diet
Curso de personal dietCurso de personal diet
Curso de personal diet
reginamarta1972
 
PAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentation
PAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentationPAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentation
PAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentation
World Food Programe - Centre of Excellence against Hunger
 
Resumo FENERC 2012 - Alvorada
Resumo FENERC 2012 - AlvoradaResumo FENERC 2012 - Alvorada
Resumo FENERC 2012 - Alvorada
forumdealimetacao
 
Mds diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...
Mds   diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...Mds   diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...
Mds diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...
comredesan
 
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Cre Educação
 
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Cre Educação
 
1º relatorio (1)
1º relatorio (1)1º relatorio (1)
1º relatorio (1)
Nay Barreto
 
Resumo Fenerc 2011 - Igarassu
Resumo Fenerc 2011 - IgarassuResumo Fenerc 2011 - Igarassu
Resumo Fenerc 2011 - Igarassu
forumdealimetacao
 
Diagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de Avaré
Diagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de AvaréDiagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de Avaré
Diagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de Avaré
Martinha Bevenut
 
2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt
2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt
2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt
DANIELLAGalego1
 
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Lucas Souza Santos
 
Desmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacaoDesmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacao
Ana Cristina Souza
 
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Comercialização de Hortaliças
Comercialização de Hortaliças Comercialização de Hortaliças
Comercialização de Hortaliças
equipeagroplus
 
Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]
slnascimento
 
Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]
slnascimento
 

Semelhante a Programa Estadual de Alimentação Escolar (20)

Programa Nacional de Alimentación Escolar - FNDE
Programa Nacional de Alimentación Escolar - FNDEPrograma Nacional de Alimentación Escolar - FNDE
Programa Nacional de Alimentación Escolar - FNDE
 
Relatório alimentação escolar
Relatório alimentação escolarRelatório alimentação escolar
Relatório alimentação escolar
 
Merenda Escolar
Merenda EscolarMerenda Escolar
Merenda Escolar
 
Ass fatima
Ass fatimaAss fatima
Ass fatima
 
Curso de personal diet
Curso de personal dietCurso de personal diet
Curso de personal diet
 
PAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentation
PAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentationPAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentation
PAA Africa Programme Inception Workshop - PNAE presentation
 
Resumo FENERC 2012 - Alvorada
Resumo FENERC 2012 - AlvoradaResumo FENERC 2012 - Alvorada
Resumo FENERC 2012 - Alvorada
 
Mds diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...
Mds   diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...Mds   diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...
Mds diagnóstico da qualidade e atenção dietética nos restaurantes populares...
 
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
 
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
 
1º relatorio (1)
1º relatorio (1)1º relatorio (1)
1º relatorio (1)
 
Resumo Fenerc 2011 - Igarassu
Resumo Fenerc 2011 - IgarassuResumo Fenerc 2011 - Igarassu
Resumo Fenerc 2011 - Igarassu
 
Diagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de Avaré
Diagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de AvaréDiagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de Avaré
Diagnostico do perfil de consumidor de produtos organicos da cidade de Avaré
 
2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt
2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt
2011SBANCintraApresentacaoORSafira.ppt
 
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
 
Desmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacaoDesmistificando duvidas alimentacao
Desmistificando duvidas alimentacao
 
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
ALIMENTAÇÃO & NUTRIÇÃO: DESMISTIFICANDO DÚVIDAS. Guia para profissionais de s...
 
Comercialização de Hortaliças
Comercialização de Hortaliças Comercialização de Hortaliças
Comercialização de Hortaliças
 
Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]
 
Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]Cardapio proeti mais_educacao[1]
Cardapio proeti mais_educacao[1]
 

Mais de crn8

Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...
Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...
Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...
crn8
 
Ficha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de PreparoFicha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de Preparo
crn8
 
O panorama da alimentação escolar no estado do Paraná
O panorama da alimentação escolar no estado do ParanáO panorama da alimentação escolar no estado do Paraná
O panorama da alimentação escolar no estado do Paraná
crn8
 
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de NutricionistasCFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
crn8
 
Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...
Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...
Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...
crn8
 
Nutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultório
Nutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultórioNutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultório
Nutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultório
crn8
 
Estratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPI
Estratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPIEstratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPI
Estratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPI
crn8
 
Aleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementarAleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementar
crn8
 

Mais de crn8 (8)

Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...
Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...
Novas tecnologias para o tratamento do diabetes e a importância da nutrição n...
 
Ficha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de PreparoFicha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de Preparo
 
O panorama da alimentação escolar no estado do Paraná
O panorama da alimentação escolar no estado do ParanáO panorama da alimentação escolar no estado do Paraná
O panorama da alimentação escolar no estado do Paraná
 
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de NutricionistasCFN - Conselho Federal de Nutricionistas
CFN - Conselho Federal de Nutricionistas
 
Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...
Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...
Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - Atuação do Nutricion...
 
Nutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultório
Nutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultórioNutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultório
Nutrição Esportiva: atuação do nutricionista em consultório
 
Estratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPI
Estratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPIEstratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPI
Estratégias no atendimento nutricional de idosos residentes em ILPI
 
Aleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementarAleitamento materno e alimentação complementar
Aleitamento materno e alimentação complementar
 

Último

higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
AdrianoPompiroCarval
 
TCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdf
TCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdfTCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdf
TCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdf
ozielgvsantos1
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de espaços    e equipamentoshigienização de espaços    e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
walterjose20
 
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Fabiano Pessanha
 
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasivaPrevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
ClarissaNiederuaer
 
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagemSistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
BarbaraKelle
 
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Lenilson Souza
 

Último (9)

higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdfmapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
mapas-mentais---calculo-de-medicacoes_1-3.pdf
 
TCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdf
TCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdfTCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdf
TCC - ALINE PEREIRA BENITES - ABSENTEISMO-E-COVID-19.pdf
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de espaços    e equipamentoshigienização de espaços    e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
 
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
Tecnicas-de-Instrumentacao-Cirurgica-Em-Cirurgia-Geral-e-Em-Videolaparoscopia...
 
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasivaPrevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
Prevenção/tratamento de Intercorrências na estética minimamente invasiva
 
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagemSistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
 
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
 

Programa Estadual de Alimentação Escolar

  • 1.  Instituto Paranaense de Desenvolvimento da Educação Departamento de Nutrição e Alimentação Coordenação de Planejamento da Alimentação Escolar Programa Estadual de Alimentação Escolar
  • 3. 1955 Camp anha 1988 CF - direito 2005 CFN 358 2006 RT 2009 AF EM AEE EJA + Educ. 2010 CF – DHAA CFN 465 2013 RES. 26 – EAN 2015 AF Evolução: - Direito - Atuação Nutricionista - Agricultura Familiar - EAN - Ensino integral 50 anos
  • 4. PNAE x Nutricionista SAN •4% domicílios paranaenses – insegurança alimentar moderada e 2,4% insegurança grave (PNAD- IBGE 2009) Condiçõesvida •Índice Ipardes de Desenvolvimento Municipal – IPDM - índices parciais de renda e emprego, de educação e de saúde • 67 municípios Paraná – baixo desempenho Necessidaealimentarespecial • Monitoramento anual •Semana pedagógica, formação em ação
  • 5. PNAE x Nutricionista Perfilnutricionaldos escolares •25% alunos com sobrepeso e obesidade •Indices acima da média nacional •Melhores indices: Pitanga, Irati, União da Vitória •Regiões com maiores índices de obesidade: Maringá, Cianorte, Ibaiti. Diverisdadepopulacionale culturaalimentar •Indígena (37) •Remanescente quilombola (33 certificadas) •Faxinalenses – centro sul •Ilhéus – Rio Paraná •Cipozeiros - litorânea
  • 6. Evolução do número de nutricionistas cadastrados no PNAE/FNDE Ano Nº de nutricionistas cadastrados no PNAE/FNDE % de municípios COM nutricionistas cadastrados no PNAE/FNDE (n=5564) Nº de municípios sem nutricionistas cadastrados no PNAE/FNDE (n=5564) % de municípios SEM nutricionistas cadastrados no PNAE/FNDE (n=5564) 2003¹ 813 12 4897 88 2005¹ 1006 18 4562 82 2006¹ 2511 47 2949 53 2007¹ 3162 64 2003 36 2008¹ 3650 68 1780 32 2009/2010¹ 4479 82 1002 18 2011² 6266 - - - 2013² 8083 - - - Fonte: Adaptado de Chaves (2009¹) e FNDE (2013²)
  • 7. Dados PNAE - Paraná Dependência administrativa nº estabelecimentos de ensino¹ nº alunos¹ nº nutricionistas² Relação alunos/ Nutricionista Pública Estadual 2.147 1.167.797 3 333.000 Pública Municipal 5.065 1.008.902 497 2.030 Fontes: ¹ censo escolar 2013 e ²estaduais e municipais – SINUTRI/FNDE/MEC
  • 8. Contextualização PNAE PR ▪ 1.000.000 refeições/dia ▪ 399 municípios ▪ 2.342 escolas e pontos alternativos ▪ 19 colégios agrícolas ▪ 62 escolas integrais ▪ 37 escolas indígenas ▪ 508 escolas com Mais Educação
  • 9. Características da execução do PEAEAquisições Centralizadas • Pregão eletrônico (não perecíveis, carnes congeladas, ovos) • Chamada Pública para Agricultura Familiar • Embalagem Institucional Qualidade alimentar e nutricional • Garantia da Qualidade & Sanidade dos alimentos • Variedade de produtos • Programações diferenciadas • Kit de servimento em aço inox
  • 10. Características da execução do PEAEControles • Controle eletrônico das etapas do processo • Avaliações contínuas • Monitoramento Nutricional • Controle Social atuante Educação alimentar e nutricional Capacitação de merendeiras, professores, gestores (presencial e EaD) Produção de materiais (MBP, POP, livro de horta, livro de receitas, livro sobre alimentação saudável e controle da obesidade, necessidades alimentares especiais)
  • 11. Diferenciais do PNAE PR Isenção corantes, conservantes e aromatizantes artificiais Monitoramento nutricional - NAE Sistema Eletrônico de Gestão - AF
  • 12. Suprimento das escolas ATENDIMENTO DAS ESCOLAS ESTADUAIS Congelados (ponto a ponto pelo fornecedor) Outros gêneros (ponto a ponto pela SEED) AF (ponto a ponto pelo fornecedor) Recurso estadual
  • 13. 12 Grupos Frutas in natura Sucos/ Polpas Feijões Carnes Cereal Feijões LácteosLeite Legumes e Tubérculos Hortaliças e semente Temperos Panificados Complementos Agricultura Familiar
  • 14. Frutas(S) • Abacate • Abacaxi • Ameixa • Banana • Caqui • Goiaba • Jabuticaba • Kiwi • Laranja • Maçã • Mamão • Manga • Melancia • Pera • Pêssego • Tangerina • Uva HortaliçaseSemente(S) • Acelga • Agrião • Alface • Almeirão • Couve • Espinafre • Pinhão • Quiabo • Rabanete • Repolho • Rúcula Temperos(S) Alho Cebola Cebolinha Limão Molho tomate Pimentão Salsinha Legumesetubérculos(S) •Abóbora* •Abobrinha •Batata doce •Batata inglesa •Batata salsa •Berinjela •Beterraba •Brócolis •Cará •Cenoura •Chuchu •Couve flor •Inhame •Mandioca* •Milho verde •Pepino •Tomate •Vagem
  • 15. Leite(S) •Leite pasteurizado Lácteos(Q) •Bebida láctea •Iogurte Carnes(M) • Bisteca suína congelada • File de bagre, pescada ou tilápia congelado Panificados(Q) • Cuca/bolo • Pão caseiro (integral e/ou a base de legumes)
  • 16. Cereal(BM) •Farinha de mandioca Feijões(BM) •Feijão cores •Feijão preto Sucos(M) •Polpas •Laranja integral •Maçã integral •Uva integral Complementos(M) •Doce de frutas •Mel •Bolacha caseira
  • 17. Atendimento da AF por Município e Grupo de Alimentos - 2017 0 50 100 150 200 250 300 350 400 360 356 355 354 345 342 335 165 139 128 5 1
  • 18. Evolução das aquisições Ano Base Itens Grupo s Assoc. & Cooper. Valores R$ Quantidade (toneladas) Orgânicos % Nº Escolas Nº Município s Contratado Milhões Executad o Milhões % do recurso Total geral Orgânicos Kg Valor 2011 39 5 46 3,09 2,8 MI 3,07 1.363 77 6% 9% 906 192 2012 71 7 95 23,67 I 12,8 MI 15,48 5.115 587 11% 17% 1.774 331 2013 83 12 132 31,94 21, 3 MI 29,42 8.053 816 10% 13% 2.368 374 2014 81 11 134 46,14 31,4 MI 51,15 11.209 1.341 12% 16% 2.254 390 2015 81 11 130 45,25 30,9 MI 41,31 10.176 1.393 14% 17% 2.521 386 2016 76 12 128 35,63 26,7 MI 30,03 7.166 342 5% 4% 2160 399 2017 74 12 117 32,47 8.175 1.775 22% 23% 393 43%
  • 19. Educação alimentar e nutricional  Socialização saberes, riqueza cultura alimentar  Hortas escolares  Monitoramento nutricional x  Tabus alimentares  Perfil alimentar educadores, funcionários (60 mil professores, 6 mil merendeiras)  Ferramentas – palestra, folder, ...
  • 21. Plano Estadual – Ensino Integral 5 27 29 62 81 1163 0 200 400 600 800 1000 1200 1400 2012 2013 2016 2017 2018 2024
  • 22. Desafios  DHAA  Nutricionista no PNAE x Estado mínimo  Agricultura familiar - orgânico  EAN – dimensão  Ensino em tempo integral - ampliação
  • 23. Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional Andréa Bruginski Coordenação de Planejamento da Alimentação Escolar 41- 3250-8232