SlideShare uma empresa Scribd logo
Panorama do Novo Testamento
Introdução
Igreja Bíblica Luz do Mundo
Os 27 Livros do Novo Testamento
● (Biografia) 4 Evangelhos (Mt, Mc, Lc, Jo);
● (História) 1 histórico (At);
● (Doutrina) 21 epístolas, são elas:
● 13 epístolas de Paulo (Rm, 1 e 2 Co, Gl, Ef, Fp, Cl, 1 e 2 Ts, 1
e 2 Tm, Tt e Fm);
● 8 epístolas gerais (Hb, Tg, 1 e 2 Pe, 1, 2 e 3 Jo, Jd);
● (Profecia) 1 profético (Ap);
Os Evangelhos ou Biográficos
Mateus, Marcos, Lucas e João – Tratam do
nascimento, vida, obra, morte, ressurreição e
ascensão de Um Homem chamado Jesus, O
Filho de Deus, O Messias Prometido a Israel.
A questão central é a carreira terrena de
Jesus Cristo.
Histórico
Atos dos Apóstolos – Propagação do
Evangelho. Trata dos resultados da morte e
da ressurreição de Jesus Cristo, com a
propagação das “Boas Novas”, por impulso
e liderança do Espírito Santo, começando
em Jerusalém, Judéia, Samaria e até os
confins da Terra.
Epístolas
• Epístolas Paulinas
• 9 dirigidas a igrejas:
•Rm, 1 e 2 Co, Gl, Ef, Fp, Cl, 1 e 2 Ts;
• 4 dirigidas a indivíduos:
•1 e 2 Tm, Tt, Fm.
Epístolas
• Epístolas Gerais
• 1 dirigida a um povo:
•Hebreus;
• 7 universais:
•Tg, 1 e 2 Pe, 1, 2 e 3 Jo, Judas.
Profético
Apocalipse – Revelação, Consumação e Juízo de
Deus. Um novo Céu e uma nova Terra.
Obs: Cada livro da Bíblia deve ser estudado
convenientemente para que o seu ensino seja
aprendido, retido na mente e no coração, colocando
os princípios em prática.
As Línguas do Novo Testamento
• Jesus e seus discípulos falavam em
Aramaico.
• As expressões “Talitá cumi” (Mc 5.41);
“Eli, Eli, lamá sabactâmi” (Mt 27.46);
“Maranata” (1 Co 16.22); “Aba Pai” (Rm
8.15; Gl 4.6) são em Aramaico.
As Línguas do Novo Testamento
• No entanto, a língua em que se escreveu o NT foi o Grego.
• O Grego Koinê era a língua mais amplamente conhecida em todo o
mundo do século I.
• Grego: 25 letras, começando no Alfa e terminando no Ômega. Jesus
se identifica com o NT, que foi escrito em Grego, ao declarar: “Eu soi
o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro” Ap
22.13
Cânon do Novo Testamento
• O cânon do NT deu-se de forma progressiva;
• Desde o início, havia escritos falsos, não-apostólicos, em circulação (Lc 1.1-4;
2Ts 2.2, 3.17).
• Toda e qualquer palavra a respeito de Cristo era submetida ao ensino dos
apóstolos (1Jo 1.3; 2Pe 1.16).
• Os primeiros cristãos iam recebendo, lendo e colecionando as cartas
apostólicas, lançando assim o alicerce de uma coleção crescente de
documentos inspirados (1Ts 5.27; Cl 4.16; 1Pe 1.1-2; 2Pe 3.14-16; Ap 1.3).
Cânon do Novo Testamento
• Pelo final do século I, todos os 27 livros do NT
haviam sido recebidos e reconhecidos pelas igrejas
cristãs como divinamente inspirados.
• Logo após a primeira geração, passada a era
apostólica, quase todos os versíclos do NT haviam
sido citados em uma ou mais das mais de 36 mil
citações dos pais da igreja.
Cânon do Novo Testamento
• Critérios para se reconhecer a canonicidade de um livro:
• APOSTOLICIDADE: foi escrito por um apóstolo, ou, senão, tinha
o escritor do livro um relacionamento com um apóstolo.
• CONTEÚDO: o conteúdo de um dado livro deveria possuir
claramente uma natureza espiritual e que estivesse de acordo
com o conteúdo Bíblico.
• UNIVERSALIDADE: o livro deveria ter sido recebido
universalmente pela igreja.
• INSPIRAÇÃO: deveria possuir claras evidências de ter sido
divinamente inspirado. Este era o teste final.
Cânon do Novo Testamento
• O Novo Testamento é canônico porque:
• Foram escritos pelos apóstolos (ou suas segundas pessoas) Cl 1.1-2.
• Foram universal e espontaneamente aceitos 1Ts 2.13.
• Foram aceitos pelos pais da igreja (filhos ou netos espirituais dos
apóstolos, por quem foram ensinados diretamente. Exemplo: Policarpo,
filho na fé de João).
• Tem conteúdo evidentemente inspirado, edificante, espiritual e
harmônico com toda a Bíblia.
Cânon do Novo Testamento
• Em 397 d.C., o NT, tal qual o temos hoje, foi oficialmente
reconhecido no Concílio de Cartago.
• Desde os primeiros séculos e desde a Reforma
Protestante está definitiva e completamente fechado o
Cânon das exatas PALAVRAS das Escrituras, tanto
quanto está fechado o Cânon de quais são os 66 livros
que formam a Bíblia.
Classificação dos Livros do NT
• HOMOLOGOUMENA
• Significa: falar com um.
• São os livros bíblicos que foram aceitos por
todos.
• Em geral 20 dos 27 livros do NT foram
aceitos por todos. Exceto: Hb, Tg, 2 Pe, 2 e 3
Jo, Judas e Apocalipse.
Classificação dos Livros do NT
• ANTILEGOMENA
• Significa: falar contra.
• São os livros bíblicos que em certa ocasião foram questionados por alguns.
• Esses livros demoraram um pouco mais para serem reconhecidos como
canônicos, o problema básico não era sobre sua inspiração ou falta dela, mas
sim, a falta de comunicação entre as igrejas do Oriente e Ocidente.
• São eles: Hb, Tg, 2 Pe, 2 e 3 Jo, Judas e Apocalipse.
Classificação dos Livros do NT
• PSEUDEPÍGRAFOS
• Significa: falsos escritos.
• Livros não-bíblicos rejeitados por todos.
• Durante os séculos II e III, numerosos livros
heréticos surgiram.
• O número exato desses livros é difícil de apurar. Por
volta do século 19, haviam sido relacionados cerca
de 280 obras, depois apareceram outras.
Classificação dos Livros do NT
• APÓCRIFOS
• Significa: escondido ou duvidosos.
• Livros não-bíblicos aceitos por alguns, mas rejeitados por outros..
• Haviam sido aceitos por um número limitado de cristãos, durante um tempo limitado,
mas nunca receberam um reconhecimento amplo ou permanente.
• São eles: Epístola do Pseudo-Barnabé; Epístola aos conríntios; Segunda epístola de
Clemente; O pastor de Hermas; O Didaquê; Apocalipse de Pedro; Atos de Paulo e
de Tecla; Carta aos laodicenses; Evangelho segundo os hebreus; Epístola de
Policarpo aos filipenses; Sete epístolas de Inácio.
Introdução ao Novo Testamento
“Mas, quando chegou a plenitude do
tempo, Deus enviou seu Filho,
nascido de mulher, nascido debaixo
da lei,”
Gálatas 4.4

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Síntese do novo testamento I
Síntese do novo testamento ISíntese do novo testamento I
Síntese do novo testamento I
Francelia Carvalho Oliveira
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Atos
AtosAtos
Introdução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo TestamentoIntrodução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo Testamento
Viva a Igreja
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1TessalonicensesPanorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Atos
Panorama do NT - AtosPanorama do NT - Atos
Panorama do NT - Atos
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Marcos
Panorama do NT - MarcosPanorama do NT - Marcos
Panorama do NT - Marcos
Respirando Deus
 
Historia da igreja i aula 1
Historia da igreja i  aula 1Historia da igreja i  aula 1
Historia da igreja i aula 1
Moisés Sampaio
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Gesiel Oliveira
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
Sergio Silva
 
Panorama Bíblico Novo Testamento
Panorama Bíblico Novo TestamentoPanorama Bíblico Novo Testamento
Panorama Bíblico Novo Testamento
Dagmar Wendt
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
RODRIGO FERREIRA
 
5. O Evangelho de Lucas
5. O Evangelho de Lucas5. O Evangelho de Lucas
5. O Evangelho de Lucas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - GálatasPanorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - Gálatas
Respirando Deus
 
2. introdução ao novo testamento
2.  introdução ao novo testamento2.  introdução ao novo testamento
2. introdução ao novo testamento
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Introdução ao Novo testamento
Introdução ao Novo testamentoIntrodução ao Novo testamento
Introdução ao Novo testamento
João Áquila Lima Dos Santos
 
1º Aula do Pentateuco
1º Aula do Pentateuco1º Aula do Pentateuco
1º Aula do Pentateuco
Jefferson Evangelista
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
Respirando Deus
 

Mais procurados (20)

Síntese do novo testamento I
Síntese do novo testamento ISíntese do novo testamento I
Síntese do novo testamento I
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
Introdução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo TestamentoIntrodução ao Antigo Testamento
Introdução ao Antigo Testamento
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
 
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1TessalonicensesPanorama do NT - 1Tessalonicenses
Panorama do NT - 1Tessalonicenses
 
Panorama do NT - Atos
Panorama do NT - AtosPanorama do NT - Atos
Panorama do NT - Atos
 
Panorama do NT - Marcos
Panorama do NT - MarcosPanorama do NT - Marcos
Panorama do NT - Marcos
 
Historia da igreja i aula 1
Historia da igreja i  aula 1Historia da igreja i  aula 1
Historia da igreja i aula 1
 
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza OliveiraPentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
Pentateuco (lições 1 e 2) - EETAD - Pr Gesiel de Souza Oliveira
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
 
Panorama Bíblico Novo Testamento
Panorama Bíblico Novo TestamentoPanorama Bíblico Novo Testamento
Panorama Bíblico Novo Testamento
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
 
5. O Evangelho de Lucas
5. O Evangelho de Lucas5. O Evangelho de Lucas
5. O Evangelho de Lucas
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
 
Panorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - GálatasPanorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - Gálatas
 
2. introdução ao novo testamento
2.  introdução ao novo testamento2.  introdução ao novo testamento
2. introdução ao novo testamento
 
Introdução ao Novo testamento
Introdução ao Novo testamentoIntrodução ao Novo testamento
Introdução ao Novo testamento
 
1º Aula do Pentateuco
1º Aula do Pentateuco1º Aula do Pentateuco
1º Aula do Pentateuco
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
 

Destaque

Introdução á teologia
Introdução á teologiaIntrodução á teologia
Introdução á teologia
Adenildo Santos
 
Teologia simbolica apresentação1
Teologia simbolica apresentação1Teologia simbolica apresentação1
Teologia simbolica apresentação1
Adenildo Santos
 
É possível definir a religião?
É possível definir a religião?É possível definir a religião?
É possível definir a religião?
Milton de V. Lisboa Junior
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
rafael
 
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentesEbd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Joel Silva
 
Fundamentos de-teologia-pentecostal
Fundamentos de-teologia-pentecostalFundamentos de-teologia-pentecostal
Fundamentos de-teologia-pentecostal
ezrisantos29
 
Novo testamento 1 noite 2016.1
Novo testamento 1   noite 2016.1Novo testamento 1   noite 2016.1
Novo testamento 1 noite 2016.1
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
Slide
SlideSlide
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2TessalonicensesPanorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - FilipensesPanorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - Filipenses
Respirando Deus
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2CoríntiosPanorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2Coríntios
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Romanos
Panorama do NT - RomanosPanorama do NT - Romanos
Panorama do NT - Romanos
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
Respirando Deus
 
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDOPÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
Marcio Ferreira da Silva
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
Respirando Deus
 
Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892
Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892
Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892
Aniel Wagner Cruz
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Naum
Panorama do AT - NaumPanorama do AT - Naum
Panorama do AT - Naum
Respirando Deus
 

Destaque (20)

Introdução á teologia
Introdução á teologiaIntrodução á teologia
Introdução á teologia
 
Teologia simbolica apresentação1
Teologia simbolica apresentação1Teologia simbolica apresentação1
Teologia simbolica apresentação1
 
É possível definir a religião?
É possível definir a religião?É possível definir a religião?
É possível definir a religião?
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentesEbd   lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
Ebd lição 01 3ºtrimestre 2016 adolescentes
 
Fundamentos de-teologia-pentecostal
Fundamentos de-teologia-pentecostalFundamentos de-teologia-pentecostal
Fundamentos de-teologia-pentecostal
 
Novo testamento 1 noite 2016.1
Novo testamento 1   noite 2016.1Novo testamento 1   noite 2016.1
Novo testamento 1 noite 2016.1
 
Slide
SlideSlide
Slide
 
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2TessalonicensesPanorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
 
Panorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - FilipensesPanorama do NT - Filipenses
Panorama do NT - Filipenses
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
 
Panorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2CoríntiosPanorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2Coríntios
 
Panorama do NT - Romanos
Panorama do NT - RomanosPanorama do NT - Romanos
Panorama do NT - Romanos
 
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
 
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDOPÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
 
Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892
Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892
Introduoateologiaaula2 150821163210-lva1-app6892
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
 
Panorama do AT - Naum
Panorama do AT - NaumPanorama do AT - Naum
Panorama do AT - Naum
 

Semelhante a Panorama do NT - Introdução

Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Francelia Carvalho Oliveira
 
Aula 2 - Parte B
Aula 2 - Parte BAula 2 - Parte B
Aula 2 - Parte B
Darlene Cesar
 
A origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua HistóriaA origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua História
Robson Rocha
 
aorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptx
aorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptxaorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptx
aorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptx
Antonio Burnat
 
Estudo 01
Estudo 01 Estudo 01
Estudo 01
projetocriacao
 
0 a bíblia
0 a bíblia0 a bíblia
0 a bíblia
Pib Penha
 
Introdução Bíblica - atualizado
Introdução Bíblica - atualizadoIntrodução Bíblica - atualizado
Introdução Bíblica - atualizado
Viva a Igreja
 
SURGIMENTO DA BÍBLIA
SURGIMENTO DA BÍBLIASURGIMENTO DA BÍBLIA
SURGIMENTO DA BÍBLIA
DigenesSoares3
 
A bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidade
A bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidadeA bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidade
A bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidade
Nome Sobrenome
 
a origem da biblia e a sua história.pptx
a origem da biblia e a sua história.pptxa origem da biblia e a sua história.pptx
a origem da biblia e a sua história.pptx
bpclaudio11
 
Apostilavidanova
ApostilavidanovaApostilavidanova
Apostilavidanova
Waldecy Jose da Silva
 
Bibliologia. a doutrina da biblia pptx
Bibliologia. a doutrina da biblia   pptxBibliologia. a doutrina da biblia   pptx
Bibliologia. a doutrina da biblia pptx
bpclaudio11
 
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
CleomarCarvalho
 
Introdução Bíblica
Introdução BíblicaIntrodução Bíblica
Introdução Bíblica
Pastoral da Juventude
 
Aula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoAula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon Sagrado
Maxsuel Aquino
 
BIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdfBIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdf
Rossi Aguiar Aguiar
 
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Paulinho Silva
 
A bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhãoA bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhão
Alexandre Ribeiro
 
A bíblia
A bíbliaA bíblia
Aula 2 cânon bíblico
Aula 2   cânon bíblicoAula 2   cânon bíblico
Aula 2 cânon bíblico
npmscampos
 

Semelhante a Panorama do NT - Introdução (20)

Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
 
Aula 2 - Parte B
Aula 2 - Parte BAula 2 - Parte B
Aula 2 - Parte B
 
A origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua HistóriaA origem da Bíblia e a sua História
A origem da Bíblia e a sua História
 
aorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptx
aorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptxaorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptx
aorigemdabbliaeasuahistria-130619145412-phpapp01 (1).pptx
 
Estudo 01
Estudo 01 Estudo 01
Estudo 01
 
0 a bíblia
0 a bíblia0 a bíblia
0 a bíblia
 
Introdução Bíblica - atualizado
Introdução Bíblica - atualizadoIntrodução Bíblica - atualizado
Introdução Bíblica - atualizado
 
SURGIMENTO DA BÍBLIA
SURGIMENTO DA BÍBLIASURGIMENTO DA BÍBLIA
SURGIMENTO DA BÍBLIA
 
A bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidade
A bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidadeA bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidade
A bíblia: O surgimento e o impacto dela na vida da humanidade
 
a origem da biblia e a sua história.pptx
a origem da biblia e a sua história.pptxa origem da biblia e a sua história.pptx
a origem da biblia e a sua história.pptx
 
Apostilavidanova
ApostilavidanovaApostilavidanova
Apostilavidanova
 
Bibliologia. a doutrina da biblia pptx
Bibliologia. a doutrina da biblia   pptxBibliologia. a doutrina da biblia   pptx
Bibliologia. a doutrina da biblia pptx
 
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
1 Conhecendo a Bíblia 1.pptx
 
Introdução Bíblica
Introdução BíblicaIntrodução Bíblica
Introdução Bíblica
 
Aula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoAula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon Sagrado
 
BIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdfBIBLILOGIA rossi.pdf
BIBLILOGIA rossi.pdf
 
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02
 
A bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhãoA bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhão
 
A bíblia
A bíbliaA bíblia
A bíblia
 
Aula 2 cânon bíblico
Aula 2   cânon bíblicoAula 2   cânon bíblico
Aula 2 cânon bíblico
 

Mais de Respirando Deus

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Respirando Deus
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
Respirando Deus
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
Respirando Deus
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
Respirando Deus
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
Respirando Deus
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
Respirando Deus
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
Respirando Deus
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
Respirando Deus
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
Respirando Deus
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
Respirando Deus
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
Respirando Deus
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
Respirando Deus
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
Respirando Deus
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
Respirando Deus
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
Respirando Deus
 

Mais de Respirando Deus (20)

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
 

Último

4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
PIB Penha
 
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
OBrasilParaCristoRad
 
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.pptAngelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
mfixa3824
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
PIB Penha
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
Especialidade  Arqueologia  Bíblica.pptxEspecialidade  Arqueologia  Bíblica.pptx
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
AlexandreJr7
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
grabovoi apostila.pdf FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃO
grabovoi apostila.pdf  FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃOgrabovoi apostila.pdf  FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃO
grabovoi apostila.pdf FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃO
luartfelt
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
valneirocha
 
PALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.ppt
PALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.pptPALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.ppt
PALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.ppt
FranciscoAudisio2
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
PIB Penha
 
auxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdf
auxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdfauxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdf
auxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdf
EzeirAlvesdaSilva
 

Último (20)

4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
 
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
7 - Cristo Cura, Sim!.ppt HINO DDA HARPA
 
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.pptAngelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
Angelologia - Estudo sobre a Doutrina dos Anjos.ppt
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
1 - Jesus - O Mestre por Excelência. Mt 1,2 "Ao ver as multidões, Jesus subiu...
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
Especialidade  Arqueologia  Bíblica.pptxEspecialidade  Arqueologia  Bíblica.pptx
Especialidade Arqueologia Bíblica.pptx
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
grabovoi apostila.pdf FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃO
grabovoi apostila.pdf  FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃOgrabovoi apostila.pdf  FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃO
grabovoi apostila.pdf FORMA CORRETA DE UTILIZAÇÃO
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
 
PALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.ppt
PALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.pptPALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.ppt
PALESTRA SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO 09-09-2017 slides.ppt
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
 
auxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdf
auxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdfauxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdf
auxiliar- juvenis-1trimestre de 2024.pdf
 

Panorama do NT - Introdução

  • 1. Panorama do Novo Testamento Introdução Igreja Bíblica Luz do Mundo
  • 2. Os 27 Livros do Novo Testamento ● (Biografia) 4 Evangelhos (Mt, Mc, Lc, Jo); ● (História) 1 histórico (At); ● (Doutrina) 21 epístolas, são elas: ● 13 epístolas de Paulo (Rm, 1 e 2 Co, Gl, Ef, Fp, Cl, 1 e 2 Ts, 1 e 2 Tm, Tt e Fm); ● 8 epístolas gerais (Hb, Tg, 1 e 2 Pe, 1, 2 e 3 Jo, Jd); ● (Profecia) 1 profético (Ap);
  • 3. Os Evangelhos ou Biográficos Mateus, Marcos, Lucas e João – Tratam do nascimento, vida, obra, morte, ressurreição e ascensão de Um Homem chamado Jesus, O Filho de Deus, O Messias Prometido a Israel. A questão central é a carreira terrena de Jesus Cristo.
  • 4. Histórico Atos dos Apóstolos – Propagação do Evangelho. Trata dos resultados da morte e da ressurreição de Jesus Cristo, com a propagação das “Boas Novas”, por impulso e liderança do Espírito Santo, começando em Jerusalém, Judéia, Samaria e até os confins da Terra.
  • 5. Epístolas • Epístolas Paulinas • 9 dirigidas a igrejas: •Rm, 1 e 2 Co, Gl, Ef, Fp, Cl, 1 e 2 Ts; • 4 dirigidas a indivíduos: •1 e 2 Tm, Tt, Fm.
  • 6. Epístolas • Epístolas Gerais • 1 dirigida a um povo: •Hebreus; • 7 universais: •Tg, 1 e 2 Pe, 1, 2 e 3 Jo, Judas.
  • 7. Profético Apocalipse – Revelação, Consumação e Juízo de Deus. Um novo Céu e uma nova Terra. Obs: Cada livro da Bíblia deve ser estudado convenientemente para que o seu ensino seja aprendido, retido na mente e no coração, colocando os princípios em prática.
  • 8. As Línguas do Novo Testamento • Jesus e seus discípulos falavam em Aramaico. • As expressões “Talitá cumi” (Mc 5.41); “Eli, Eli, lamá sabactâmi” (Mt 27.46); “Maranata” (1 Co 16.22); “Aba Pai” (Rm 8.15; Gl 4.6) são em Aramaico.
  • 9. As Línguas do Novo Testamento • No entanto, a língua em que se escreveu o NT foi o Grego. • O Grego Koinê era a língua mais amplamente conhecida em todo o mundo do século I. • Grego: 25 letras, começando no Alfa e terminando no Ômega. Jesus se identifica com o NT, que foi escrito em Grego, ao declarar: “Eu soi o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro” Ap 22.13
  • 10. Cânon do Novo Testamento • O cânon do NT deu-se de forma progressiva; • Desde o início, havia escritos falsos, não-apostólicos, em circulação (Lc 1.1-4; 2Ts 2.2, 3.17). • Toda e qualquer palavra a respeito de Cristo era submetida ao ensino dos apóstolos (1Jo 1.3; 2Pe 1.16). • Os primeiros cristãos iam recebendo, lendo e colecionando as cartas apostólicas, lançando assim o alicerce de uma coleção crescente de documentos inspirados (1Ts 5.27; Cl 4.16; 1Pe 1.1-2; 2Pe 3.14-16; Ap 1.3).
  • 11. Cânon do Novo Testamento • Pelo final do século I, todos os 27 livros do NT haviam sido recebidos e reconhecidos pelas igrejas cristãs como divinamente inspirados. • Logo após a primeira geração, passada a era apostólica, quase todos os versíclos do NT haviam sido citados em uma ou mais das mais de 36 mil citações dos pais da igreja.
  • 12. Cânon do Novo Testamento • Critérios para se reconhecer a canonicidade de um livro: • APOSTOLICIDADE: foi escrito por um apóstolo, ou, senão, tinha o escritor do livro um relacionamento com um apóstolo. • CONTEÚDO: o conteúdo de um dado livro deveria possuir claramente uma natureza espiritual e que estivesse de acordo com o conteúdo Bíblico. • UNIVERSALIDADE: o livro deveria ter sido recebido universalmente pela igreja. • INSPIRAÇÃO: deveria possuir claras evidências de ter sido divinamente inspirado. Este era o teste final.
  • 13. Cânon do Novo Testamento • O Novo Testamento é canônico porque: • Foram escritos pelos apóstolos (ou suas segundas pessoas) Cl 1.1-2. • Foram universal e espontaneamente aceitos 1Ts 2.13. • Foram aceitos pelos pais da igreja (filhos ou netos espirituais dos apóstolos, por quem foram ensinados diretamente. Exemplo: Policarpo, filho na fé de João). • Tem conteúdo evidentemente inspirado, edificante, espiritual e harmônico com toda a Bíblia.
  • 14. Cânon do Novo Testamento • Em 397 d.C., o NT, tal qual o temos hoje, foi oficialmente reconhecido no Concílio de Cartago. • Desde os primeiros séculos e desde a Reforma Protestante está definitiva e completamente fechado o Cânon das exatas PALAVRAS das Escrituras, tanto quanto está fechado o Cânon de quais são os 66 livros que formam a Bíblia.
  • 15. Classificação dos Livros do NT • HOMOLOGOUMENA • Significa: falar com um. • São os livros bíblicos que foram aceitos por todos. • Em geral 20 dos 27 livros do NT foram aceitos por todos. Exceto: Hb, Tg, 2 Pe, 2 e 3 Jo, Judas e Apocalipse.
  • 16. Classificação dos Livros do NT • ANTILEGOMENA • Significa: falar contra. • São os livros bíblicos que em certa ocasião foram questionados por alguns. • Esses livros demoraram um pouco mais para serem reconhecidos como canônicos, o problema básico não era sobre sua inspiração ou falta dela, mas sim, a falta de comunicação entre as igrejas do Oriente e Ocidente. • São eles: Hb, Tg, 2 Pe, 2 e 3 Jo, Judas e Apocalipse.
  • 17. Classificação dos Livros do NT • PSEUDEPÍGRAFOS • Significa: falsos escritos. • Livros não-bíblicos rejeitados por todos. • Durante os séculos II e III, numerosos livros heréticos surgiram. • O número exato desses livros é difícil de apurar. Por volta do século 19, haviam sido relacionados cerca de 280 obras, depois apareceram outras.
  • 18. Classificação dos Livros do NT • APÓCRIFOS • Significa: escondido ou duvidosos. • Livros não-bíblicos aceitos por alguns, mas rejeitados por outros.. • Haviam sido aceitos por um número limitado de cristãos, durante um tempo limitado, mas nunca receberam um reconhecimento amplo ou permanente. • São eles: Epístola do Pseudo-Barnabé; Epístola aos conríntios; Segunda epístola de Clemente; O pastor de Hermas; O Didaquê; Apocalipse de Pedro; Atos de Paulo e de Tecla; Carta aos laodicenses; Evangelho segundo os hebreus; Epístola de Policarpo aos filipenses; Sete epístolas de Inácio.
  • 19. Introdução ao Novo Testamento “Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da lei,” Gálatas 4.4

Notas do Editor

  1. Mateus – Escrito para Judeus. Faz conexões com AT, revela Jesus como o Rei prometido no AT. Marcos – escrito para o povo Romano. Relata mais milagres, pois os romanos se interessavam mais por ações do que palavras. Lucas – Escrito para Gregos. Gregos gostavam de tudo detalhado, Lucas tem genealogia, mostra Jesus como o homem perfeito. João - foi escrito para todos, com o propósito de levar o homem a Cristo, enfatiza muito a graça de Deus
  2. Talitá Cumi – Menina, eu te mando, levanta-se! Eli, Eli lamá sabactâmi – Deus meu, Deus meu,por que me desamparaste? Maranata – Vem, Senhor Aba (apenas) – significa papai ou paizinho, transmite sentido de intimidade.
  3. Alpha – beta – gamma – delta – epsilon – zeta – eta – theta – iota – kappa – lambda – mu – nu – xi – omikron – pi – rho – sigma – tau – upsilon – phi – chi – psi - omega
  4. Pastor de Hermas - O livro é composto de cinco visões tidas por Hermas, um escravo liberto. A elas se seguem doze mandamentos e dez parábolas. “Deus fez habitar na carne que ele havia escolhido o Espírito Santo preexistente, que criou todas as coisas. Essa carne, em que o Espírito Santo habitou, serviu muito bem ao Espírito, andando no caminho da santidade e pureza, sem macular em nada o Espírito. Ela se portou digna e santamente, participou dos trabalhos do Espírito e colaborou com ele em todas as coisas. Comportou-se com firmeza e coragem e, por isso, Deus a escolheu como companheira do Espírito Santo. Com efeito, a conduta dessa carne agradou a Deus, pois ela não se maculou na terra, enquanto possuía o Espírito Santo.” Didaquê - Doutrina dos Doze Apóstolos é um escrito do século I que trata do catecismo cristão. É constituído de dezesseis capítulos, e apesar de ser uma obra pequena, é de grande valor histórico e teológico. “Que ninguém coma nem beba da Eucaristia sem antes ter sido batizado em nome do Senhor, pois sobre isso o Senhor [Jesus] disse: "Não dêem as coisas santas aos cães"”