SlideShare uma empresa Scribd logo
PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO
2TESSALONICENSES
Introdução
O espaço de tempo que separa as duas epístolas aos
tessalonicenses é menor que um ano. Isso ocorreu porque a
comunidade local não assimilou corretamente as
orientações da primeira epístola, especialmente em relação
à volta de Cristo. Havia na igreja alguns falsos mestres que
insistiam em dizer que o “Dia de Cristo” já havia chegado. A
igreja estava contaminada e precisava ser reorientada sobre
vários aspectos futuros. Por isso, Paulo escreveu
2Tessalonicenes, que é o segundo volume do manual de fé
escrito à igreja em Tessalônica.
Informações Básicas
a) Grupo: Epístolas paulinas eclesiásticas
b) Autor: Paulo
c) Data: 52 a.C.
d) Local: Corinto
e) Alvo: Crentes de Tessalônica
f) Versículo-chave: 2Ts 2.1-2
g) Expressão-chave: Dia do Senhor
Propósito
A igreja de Tessalônica ainda tinha alguns
equívocos sobre o Dia do Senhor. Eles achavam
que já tinha acontecido, então pararam de
trabalhar. Eles estavam sendo gravemente
perseguidos. Paulo escreveu para esclarecer os
mal-entendidos e confortá-los.
Esboço
Encorajamento (1) Esclarecimento (2) Exortação (3)
Gratidão Instrução Correção
Desânimo Doutrina Desobediência
1) Desencorajados pela perseguição e necessitados de incentivo para
perseverar
2) Ludibriados pelos falsos mestres, os quais os estavam confundindo a respeito
da volta do Senhor
3) Desobedientes aos mandamentos divinos, particularmente pela recusa de
trabalhar
Principais Personagens
Paulo: escreveu para dar orientações sobre
como manter uma igreja saudável com um
testemunho efetivo (1.1 – 3.18).
Silas: viajou com Paulo como missionário
(1.1).
Timóteo: viajou com Paulo como missionário
(1.1).
O Caráter de Deus
Deus é bom – 1.11
Deus é amoroso – 2.16
Deus é justo – 1.6
Deus se ira – 1.8
Comparação Entre as Epístolas
Não é difícil perceber que as duas epístolas são
similares. Aproximadamente um terço da
primeira é reafirmado na segunda. Em
2Tessalonicenses, Paulo é mais formal e
objetivo que em 1Tessalonicenses. Isso é
explicado pelas circunstâncias um pouco mais
conturbadas naquele momento.
Comparação Entre as Epístolas
1TESSALONICENSES
Trata de como os tessalonicenses
eram evangelizados à medida que
recebiam a Palavra de Deus
A iminência e a importância do
retorno do Senhor são enfatizadas
Os santos são consolados e
encorajados
2TESSALONICENSES
Trata de como os tessalonicenses
estão sendo edificados, observando o
progresso deles na fé, no amor e na
paciência
Mal-entendidos a respeito do retorno
do Senhor são corrigidos
Os santos são assegurados do juízo
de Deus sobre seus inimigos
Comparação Entre as Epístolas
1TESSALONICENSES
Consolação
Encorajamento
Escatologia
Volta de Cristo
2TESSALONICENSES
Correção
Exortação
Escatologia
Dia do Senhor
O Problema Escatológico da Igreja
A segunda epístola aos Tessalonicenses
apresenta também o tema da “segunda vinda
de Jesus”. Havia crentes naquela igreja que
agiam como se o Dia do Senhor já houvesse
chegado. Paulo exorta veementemente os que,
provavelmente, usando o pretexto da imediata
volta de Jesus, não queriam trabalhar (2Ts 3.8;
3.10-11).
A Escatologia Reafirmada
À medida que Paulo exorta aquela igreja, ele
também reafirma a doutrina da volta de Cristo
apresentando seus principais elementos.
Perspectivas
Convicção de recompensa para os santos (2Ts 1.10)
Convicção de vitória final de Cristo (2Ts 2.8)
A Escatologia Reafirmada
Propósitos
Justiça sobre os perseguidores (2Ts 1.6)
Descanso para os atribulados (2Ts 1.7)
Castigo aos que rejeitaram o Evangelho (2Ts 1.8-9)
Louvor do nome de Cristo (2Ts 1.10)
Reunião dos santos (2Ts 2.1)
Destruição final do iníquo (2Ts 2.8)
A Escatologia Reafirmada
Plano (ordem)
Operosidade do ministério da iniquidade (2Ts 2.6-7)
Remoção do que detém o ministério da iniquidade (2Ts 2.7)
Revelação do ministério da iniquidade (2Ts 2.8)
Oposição do ministério da iniquidade a tudo o que se
relaciona a Deus (2Ts 2.9-10)
Engano generalizado na terra (2Ts 2.11-12)
Volta de Jesus Cristo (2Ts 2.8)
Destruição total do ministério da iniquidade (2Ts 2.8)
Enigmas da Epístola
Alguns textos não foram explicados em detalhes pelo apóstolo Paulo.
 “homem da iniquidade”: Mais conhecido como anticristo, o
homem da iniquidade é visto em toda a bíblia, mas de maneiras
distintas. Ele aparece desde o Gênesis como a semente definitiva da
serpente (Gn 3.15), foi profetizado por Daniel (Dn 9.7; 12.11),
confirmado por Jesus (Mt 24.15) e derrotado no Apocalipse (Ap
19.19-20; 20.10).
“Aquele que detém”: A teoria mais aceita é que seja o Espírito
Santo em Seu ministério na Igreja de Cristo na proclamação do
evangelho. O fato é que não é prudente afirmar com certeza qual é a
teoria correta.
Orações na Epístola
Petição Propósito Passagem
Cumprir com poder os propósito de
Deus
Glorificar a Cristo 2Ts 1.11-12
Consolar corações Confirmar os crentes
em toda boa obra e
boa palavra
2Ts 2.16-17
Conduzir corações Estar constante em
Cristo
2Ts 3.5
Ter contínua paz em todas as
circunstâncias
Ter comunhão com
Cristo
2Ts 3.16
Aceitação no Cânon
2Tessolonicenses é atestada por Policarpo e
possivelmente Inácio e Justino. Está incluída no
Cânon de Marcião e no Fragmento Muratoriano.
Irineu cita 2Tessalonicenses nominalmente. As duas
cartas foram aceitas em épocas bem remotas; parece
que não houve dúvidas na igreja primitiva sobre seu
lugar no cânon.
2Tessalonicenses na Prática
O livro de 2 Tessalonicenses é cheio de
informações sobre o fim dos tempos. Ele
também nos exorta a não sermos ociosos e a
trabalharmos pelo que temos. Existem também
algumas grandes orações em 2 Tessalonicenses
que podem nos servir de exemplo sobre como
orar pelos outros crentes de hoje.
Conclusão
Essa carta se encaixa na narrativa bíblica como
parte da garantia de Deus a seu povo de que
apenas Cristo detém a chave para o futuro, e
que eles podem confiar nele para derrotar o
inimigo de uma vez por todas no tempo
apropriado; enquanto isso, o amor uns aos
outros também significa não abusar da
generosidade alheia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama do NT - Filemom
Panorama do NT - FilemomPanorama do NT - Filemom
Panorama do NT - Filemom
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1JoãoPanorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1João
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2JoãoPanorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2João
Respirando Deus
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - Tiago
Panorama do NT - TiagoPanorama do NT - Tiago
Panorama do NT - Tiago
Respirando Deus
 
Atos
AtosAtos
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - Efésios
Respirando Deus
 
1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)
Daniel Junior
 
Panorama do NT - Romanos
Panorama do NT - RomanosPanorama do NT - Romanos
Panorama do NT - Romanos
Respirando Deus
 
As cartas pastorais
As cartas pastoraisAs cartas pastorais
As cartas pastorais
guest1671d3
 
Panorama do NT - Introdução
Panorama do NT - IntroduçãoPanorama do NT - Introdução
Panorama do NT - Introdução
Respirando Deus
 
10. 2a. epístola de paulo aos corintios
10. 2a. epístola de paulo aos corintios10. 2a. epístola de paulo aos corintios
10. 2a. epístola de paulo aos corintios
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
Respirando Deus
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
RODRIGO FERREIRA
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
UEPB
 

Mais procurados (20)

Panorama do NT - Filemom
Panorama do NT - FilemomPanorama do NT - Filemom
Panorama do NT - Filemom
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
 
Panorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1JoãoPanorama do NT - 1João
Panorama do NT - 1João
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
 
Panorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2JoãoPanorama do NT - 2João
Panorama do NT - 2João
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
 
Panorama do NT - Tiago
Panorama do NT - TiagoPanorama do NT - Tiago
Panorama do NT - Tiago
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos7. atos dos apóstolos
7. atos dos apóstolos
 
Panorama do NT - Efésios
Panorama do NT - EfésiosPanorama do NT - Efésios
Panorama do NT - Efésios
 
1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)
 
Panorama do NT - Romanos
Panorama do NT - RomanosPanorama do NT - Romanos
Panorama do NT - Romanos
 
As cartas pastorais
As cartas pastoraisAs cartas pastorais
As cartas pastorais
 
Panorama do NT - Introdução
Panorama do NT - IntroduçãoPanorama do NT - Introdução
Panorama do NT - Introdução
 
10. 2a. epístola de paulo aos corintios
10. 2a. epístola de paulo aos corintios10. 2a. epístola de paulo aos corintios
10. 2a. epístola de paulo aos corintios
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
 
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
Epístolas Gerais - I e II Pedro, I II e III João, Judas.
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
 

Destaque

Slide
SlideSlide
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
Respirando Deus
 
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDOPÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
Marcio Ferreira da Silva
 
Panorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - GálatasPanorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - Gálatas
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Naum
Panorama do AT - NaumPanorama do AT - Naum
Panorama do AT - Naum
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
Respirando Deus
 
O Propósito do Casamento
O Propósito do CasamentoO Propósito do Casamento
O Propósito do Casamento
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Atos
Panorama do NT - AtosPanorama do NT - Atos
Panorama do NT - Atos
Respirando Deus
 
Panorama do NT - A Plenitude dos Tempos
Panorama do NT - A Plenitude dos TemposPanorama do NT - A Plenitude dos Tempos
Panorama do NT - A Plenitude dos Tempos
Respirando Deus
 
Carta à Igreja de Éfeso no Apocalipse
Carta à Igreja de Éfeso no ApocalipseCarta à Igreja de Éfeso no Apocalipse
Carta à Igreja de Éfeso no Apocalipse
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Panorama do AT - Obadias
Panorama do AT - ObadiasPanorama do AT - Obadias
Panorama do AT - Obadias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
Respirando Deus
 
Curso de diacono 01
Curso de diacono 01Curso de diacono 01
Curso de diacono 01
Joao Franca
 
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosPanorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - MalaquiasPanorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - Malaquias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - EclesiastesPanorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - Eclesiastes
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
Respirando Deus
 
6. O Êxodo: no Monte Sinai
6. O Êxodo:  no Monte Sinai6. O Êxodo:  no Monte Sinai
6. O Êxodo: no Monte Sinai
Igreja Presbiteriana de Dourados
 

Destaque (19)

Slide
SlideSlide
Slide
 
Panorama do NT - Mateus
Panorama do NT - MateusPanorama do NT - Mateus
Panorama do NT - Mateus
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
 
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDOPÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
PÉRGAMO UMA IGREJA CASADA COM O MUNDO
 
Panorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - GálatasPanorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - Gálatas
 
Panorama do AT - Naum
Panorama do AT - NaumPanorama do AT - Naum
Panorama do AT - Naum
 
Panorama do AT - Daniel
Panorama do AT - DanielPanorama do AT - Daniel
Panorama do AT - Daniel
 
O Propósito do Casamento
O Propósito do CasamentoO Propósito do Casamento
O Propósito do Casamento
 
Panorama do NT - Atos
Panorama do NT - AtosPanorama do NT - Atos
Panorama do NT - Atos
 
Panorama do NT - A Plenitude dos Tempos
Panorama do NT - A Plenitude dos TemposPanorama do NT - A Plenitude dos Tempos
Panorama do NT - A Plenitude dos Tempos
 
Carta à Igreja de Éfeso no Apocalipse
Carta à Igreja de Éfeso no ApocalipseCarta à Igreja de Éfeso no Apocalipse
Carta à Igreja de Éfeso no Apocalipse
 
Panorama do AT - Obadias
Panorama do AT - ObadiasPanorama do AT - Obadias
Panorama do AT - Obadias
 
Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
 
Curso de diacono 01
Curso de diacono 01Curso de diacono 01
Curso de diacono 01
 
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos CânticosPanorama do AT - Cântico dos Cânticos
Panorama do AT - Cântico dos Cânticos
 
Panorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - MalaquiasPanorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - Malaquias
 
Panorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - EclesiastesPanorama do AT - Eclesiastes
Panorama do AT - Eclesiastes
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
 
6. O Êxodo: no Monte Sinai
6. O Êxodo:  no Monte Sinai6. O Êxodo:  no Monte Sinai
6. O Êxodo: no Monte Sinai
 

Semelhante a Panorama do NT - 2Tessalonicenses

comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
leniogravacoes
 
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
ibpcursos
 
012 tessalonicenses 1º
012 tessalonicenses 1º012 tessalonicenses 1º
012 tessalonicenses 1º
Diógenes Gimenes
 
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
Rubens Sohn
 
37 1 e 2 tessalonicenses
37  1 e 2 tessalonicenses37  1 e 2 tessalonicenses
37 1 e 2 tessalonicenses
PIB Penha
 
COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)
COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)
COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)
leniogravacoes
 
PPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptx
PPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptxPPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptx
PPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptx
ssuserbf334e
 
2 tessalonicenses (moody)
2 tessalonicenses (moody)2 tessalonicenses (moody)
2 tessalonicenses (moody)
Shirley Militão
 
1tessalonicenses traduzido
1tessalonicenses traduzido1tessalonicenses traduzido
1tessalonicenses traduzido
CETEPOL CENTRO TEOLOGICO
 
013 tessalonicenses 2º
013 tessalonicenses 2º013 tessalonicenses 2º
013 tessalonicenses 2º
Diógenes Gimenes
 
NT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdfNT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdf
robsonferreirapintos
 
As cartas paulinas
As cartas paulinasAs cartas paulinas
As cartas paulinas
Marilene Rangel Rangel
 
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6   O consolo de Deus em meio à afliçãoLição 6   O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Wander Sousa
 
2 epístolas paulinas
2 epístolas paulinas2 epístolas paulinas
2 epístolas paulinas
José Santos
 
IBADEP BASICO - EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS AULA2 - 1 e 2 CORINTIOS
IBADEP BASICO -  EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS  AULA2 - 1 e 2 CORINTIOSIBADEP BASICO -  EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS  AULA2 - 1 e 2 CORINTIOS
IBADEP BASICO - EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS AULA2 - 1 e 2 CORINTIOS
Rubens Sohn
 
10 1 e 2 tessalonicenses.pptx
10  1 e 2 tessalonicenses.pptx10  1 e 2 tessalonicenses.pptx
10 1 e 2 tessalonicenses.pptx
PIB Penha - SP
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Daniel de Carvalho Luz
 
Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.
Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.
Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.
Nehemias Santos
 
EPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdf
EPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdfEPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdf
EPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdf
EdesioSilva3
 
2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx
PIB Penha - SP
 

Semelhante a Panorama do NT - 2Tessalonicenses (20)

comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
 
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
 
012 tessalonicenses 1º
012 tessalonicenses 1º012 tessalonicenses 1º
012 tessalonicenses 1º
 
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
IBADEP BÁSICO AULA 3 - FILIPENSES, COLOSSENSES 1 E 2 TESSALONICENSES, 1 E TIM...
 
37 1 e 2 tessalonicenses
37  1 e 2 tessalonicenses37  1 e 2 tessalonicenses
37 1 e 2 tessalonicenses
 
COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)
COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)
COMENTARIO BIBLICO-2 tessalonicenses (moody)
 
PPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptx
PPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptxPPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptx
PPT TBNT REVISÃO ESCRITOS PAULINOS 1.pptx
 
2 tessalonicenses (moody)
2 tessalonicenses (moody)2 tessalonicenses (moody)
2 tessalonicenses (moody)
 
1tessalonicenses traduzido
1tessalonicenses traduzido1tessalonicenses traduzido
1tessalonicenses traduzido
 
013 tessalonicenses 2º
013 tessalonicenses 2º013 tessalonicenses 2º
013 tessalonicenses 2º
 
NT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdfNT III EPISTOLA.pdf
NT III EPISTOLA.pdf
 
As cartas paulinas
As cartas paulinasAs cartas paulinas
As cartas paulinas
 
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6   O consolo de Deus em meio à afliçãoLição 6   O consolo de Deus em meio à aflição
Lição 6 O consolo de Deus em meio à aflição
 
2 epístolas paulinas
2 epístolas paulinas2 epístolas paulinas
2 epístolas paulinas
 
IBADEP BASICO - EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS AULA2 - 1 e 2 CORINTIOS
IBADEP BASICO -  EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS  AULA2 - 1 e 2 CORINTIOSIBADEP BASICO -  EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS  AULA2 - 1 e 2 CORINTIOS
IBADEP BASICO - EPISTOLAS PAULINAS E GERAIS AULA2 - 1 e 2 CORINTIOS
 
10 1 e 2 tessalonicenses.pptx
10  1 e 2 tessalonicenses.pptx10  1 e 2 tessalonicenses.pptx
10 1 e 2 tessalonicenses.pptx
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
 
Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.
Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.
Lição 9 - Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses.
 
EPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdf
EPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdfEPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdf
EPISTOLAS PAULINA Aula 4.pdf
 
2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx
 

Mais de Respirando Deus

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Respirando Deus
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
Respirando Deus
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
Respirando Deus
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
Respirando Deus
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
Respirando Deus
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
Respirando Deus
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
Respirando Deus
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
Respirando Deus
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
Respirando Deus
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
Respirando Deus
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
Respirando Deus
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
Respirando Deus
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
Respirando Deus
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
Respirando Deus
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
Respirando Deus
 

Mais de Respirando Deus (20)

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 

Último (10)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 

Panorama do NT - 2Tessalonicenses

  • 1. PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO 2TESSALONICENSES
  • 2. Introdução O espaço de tempo que separa as duas epístolas aos tessalonicenses é menor que um ano. Isso ocorreu porque a comunidade local não assimilou corretamente as orientações da primeira epístola, especialmente em relação à volta de Cristo. Havia na igreja alguns falsos mestres que insistiam em dizer que o “Dia de Cristo” já havia chegado. A igreja estava contaminada e precisava ser reorientada sobre vários aspectos futuros. Por isso, Paulo escreveu 2Tessalonicenes, que é o segundo volume do manual de fé escrito à igreja em Tessalônica.
  • 3. Informações Básicas a) Grupo: Epístolas paulinas eclesiásticas b) Autor: Paulo c) Data: 52 a.C. d) Local: Corinto e) Alvo: Crentes de Tessalônica f) Versículo-chave: 2Ts 2.1-2 g) Expressão-chave: Dia do Senhor
  • 4. Propósito A igreja de Tessalônica ainda tinha alguns equívocos sobre o Dia do Senhor. Eles achavam que já tinha acontecido, então pararam de trabalhar. Eles estavam sendo gravemente perseguidos. Paulo escreveu para esclarecer os mal-entendidos e confortá-los.
  • 5. Esboço Encorajamento (1) Esclarecimento (2) Exortação (3) Gratidão Instrução Correção Desânimo Doutrina Desobediência 1) Desencorajados pela perseguição e necessitados de incentivo para perseverar 2) Ludibriados pelos falsos mestres, os quais os estavam confundindo a respeito da volta do Senhor 3) Desobedientes aos mandamentos divinos, particularmente pela recusa de trabalhar
  • 6. Principais Personagens Paulo: escreveu para dar orientações sobre como manter uma igreja saudável com um testemunho efetivo (1.1 – 3.18). Silas: viajou com Paulo como missionário (1.1). Timóteo: viajou com Paulo como missionário (1.1).
  • 7. O Caráter de Deus Deus é bom – 1.11 Deus é amoroso – 2.16 Deus é justo – 1.6 Deus se ira – 1.8
  • 8. Comparação Entre as Epístolas Não é difícil perceber que as duas epístolas são similares. Aproximadamente um terço da primeira é reafirmado na segunda. Em 2Tessalonicenses, Paulo é mais formal e objetivo que em 1Tessalonicenses. Isso é explicado pelas circunstâncias um pouco mais conturbadas naquele momento.
  • 9. Comparação Entre as Epístolas 1TESSALONICENSES Trata de como os tessalonicenses eram evangelizados à medida que recebiam a Palavra de Deus A iminência e a importância do retorno do Senhor são enfatizadas Os santos são consolados e encorajados 2TESSALONICENSES Trata de como os tessalonicenses estão sendo edificados, observando o progresso deles na fé, no amor e na paciência Mal-entendidos a respeito do retorno do Senhor são corrigidos Os santos são assegurados do juízo de Deus sobre seus inimigos
  • 10. Comparação Entre as Epístolas 1TESSALONICENSES Consolação Encorajamento Escatologia Volta de Cristo 2TESSALONICENSES Correção Exortação Escatologia Dia do Senhor
  • 11. O Problema Escatológico da Igreja A segunda epístola aos Tessalonicenses apresenta também o tema da “segunda vinda de Jesus”. Havia crentes naquela igreja que agiam como se o Dia do Senhor já houvesse chegado. Paulo exorta veementemente os que, provavelmente, usando o pretexto da imediata volta de Jesus, não queriam trabalhar (2Ts 3.8; 3.10-11).
  • 12. A Escatologia Reafirmada À medida que Paulo exorta aquela igreja, ele também reafirma a doutrina da volta de Cristo apresentando seus principais elementos. Perspectivas Convicção de recompensa para os santos (2Ts 1.10) Convicção de vitória final de Cristo (2Ts 2.8)
  • 13. A Escatologia Reafirmada Propósitos Justiça sobre os perseguidores (2Ts 1.6) Descanso para os atribulados (2Ts 1.7) Castigo aos que rejeitaram o Evangelho (2Ts 1.8-9) Louvor do nome de Cristo (2Ts 1.10) Reunião dos santos (2Ts 2.1) Destruição final do iníquo (2Ts 2.8)
  • 14. A Escatologia Reafirmada Plano (ordem) Operosidade do ministério da iniquidade (2Ts 2.6-7) Remoção do que detém o ministério da iniquidade (2Ts 2.7) Revelação do ministério da iniquidade (2Ts 2.8) Oposição do ministério da iniquidade a tudo o que se relaciona a Deus (2Ts 2.9-10) Engano generalizado na terra (2Ts 2.11-12) Volta de Jesus Cristo (2Ts 2.8) Destruição total do ministério da iniquidade (2Ts 2.8)
  • 15. Enigmas da Epístola Alguns textos não foram explicados em detalhes pelo apóstolo Paulo.  “homem da iniquidade”: Mais conhecido como anticristo, o homem da iniquidade é visto em toda a bíblia, mas de maneiras distintas. Ele aparece desde o Gênesis como a semente definitiva da serpente (Gn 3.15), foi profetizado por Daniel (Dn 9.7; 12.11), confirmado por Jesus (Mt 24.15) e derrotado no Apocalipse (Ap 19.19-20; 20.10). “Aquele que detém”: A teoria mais aceita é que seja o Espírito Santo em Seu ministério na Igreja de Cristo na proclamação do evangelho. O fato é que não é prudente afirmar com certeza qual é a teoria correta.
  • 16. Orações na Epístola Petição Propósito Passagem Cumprir com poder os propósito de Deus Glorificar a Cristo 2Ts 1.11-12 Consolar corações Confirmar os crentes em toda boa obra e boa palavra 2Ts 2.16-17 Conduzir corações Estar constante em Cristo 2Ts 3.5 Ter contínua paz em todas as circunstâncias Ter comunhão com Cristo 2Ts 3.16
  • 17. Aceitação no Cânon 2Tessolonicenses é atestada por Policarpo e possivelmente Inácio e Justino. Está incluída no Cânon de Marcião e no Fragmento Muratoriano. Irineu cita 2Tessalonicenses nominalmente. As duas cartas foram aceitas em épocas bem remotas; parece que não houve dúvidas na igreja primitiva sobre seu lugar no cânon.
  • 18. 2Tessalonicenses na Prática O livro de 2 Tessalonicenses é cheio de informações sobre o fim dos tempos. Ele também nos exorta a não sermos ociosos e a trabalharmos pelo que temos. Existem também algumas grandes orações em 2 Tessalonicenses que podem nos servir de exemplo sobre como orar pelos outros crentes de hoje.
  • 19. Conclusão Essa carta se encaixa na narrativa bíblica como parte da garantia de Deus a seu povo de que apenas Cristo detém a chave para o futuro, e que eles podem confiar nele para derrotar o inimigo de uma vez por todas no tempo apropriado; enquanto isso, o amor uns aos outros também significa não abusar da generosidade alheia.

Notas do Editor

  1. Posições sobre aquele que detém: Império Romano (estado) – como uma força que contribui para a lei e a ordem. Judaísmo – cristianismo era considerado uma seita judaica, quando o judaísmo acabasse Roma não teria mais os judeus para se preocuparem e colocariam toda a força contra os cristãos. Deus – o Espírito Santo aqui está em mente, aquele que detém é simplesmente o ES retardando o retorno de Cristo Homem da iniquidade seria um líder específico que estava enganando os irmãos da igreja e que eles deveriam expulsá-lo antes que algo pior acontecesse que era a destruição dessa pessoa pelo Senhor. Igreja – como sal da terra ela conserva o mundo do mal Já foi cumprida – os preteristas afirmam que essa profecia se cumpriu no ano 70, que o homem da iniquidade era Nero e os tessalonicenses sabiam o que estava detendo Nero. Arcanjo Miguel Satanás – que teria um plano secreto e que revelaria o anticristo apenas no momento determinado