SlideShare uma empresa Scribd logo
Nutrição Cerebral Dr. Tsutomu Higashi Médico www.ortomoleculardrhigashi.med.br
PRECURSORES DE NEUROTRANSMISSORES 1)  AMINOÁCIDOS SIMPLES:  NH 2  C  C  O OH H R=H 2)  NEUROPEPTÍDEOS : 2 OU MAIS AMINOÁCIDOS  3)  MONO AMINAS  INDOLAMINA: SEROTONINA E MELATONINA CATECOLAMINAS: DOPAMINAS E  NOR EPINEFRINAS  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
INCIDÊNCIA A DEPRESSÃO  OMS 15% DA POPULAÇÃO  VARIÁVEL DE ACORDO COM LOCALIDADE ATÉ 25% ACIMA DE 60 ANOS INCIDÊNCIA AUMENTA 4 X Neurotransmissores  Dr. Tsutomu Higashi
AMINOÁCIDOS PRECURSORES DE  NEUROTRANSMISSORES E NEUROMODULADORES Aminoácidos Acetil Colina Oxido Nítrico Histamina Tirosina Dopamina Nor Epinefrina Dopamina Nor Epinefrina Serotonina  Melatonina Ac.Glutâmico Gaba  Ácido  Aspartico Ac. Glutâmico Glutamina Triptofano Tirosina Fenilalanina  * Cisteína Metionina  * Histidina  * L Arginina  * Colina Asparagina Taurina  * AA- ESSÊNCIAS (ORGANISMO NÃO SINTETIZA) Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
Moléculas inflamatórias são moduladas quando PG 2   é neutralizado por PG 1  e PG 3 PG 1 ,PG 3 OCl - PG= Prostaglandina PG1 e PG3= Antiinflamatório PG2= Inflamatório
Serotonina é baixa em 75% de depressivos Função da Serotonina : Sono  Humor Cognição  Percepção Sensitiva  Atividade Motora Comportamento Sexual  Secreção  Hormonal Bom Astral Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
Serotonina Baixa  Triste Melancólico Chora fácil Baixo Astral  Vê  “negro” em tudo Prefere ficar em casa  Não se sociabiliza Auto abandono  Falta de auto estima Repetitivo Obsessivo  Impaciente  Intolerante  Irritado.  Sintomas e sinais comuns: Crise de enxaqueca Avidez por carboidratos refinados, Doce -  mais doce e mais doce “Formigão” - Obesidade Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
Predominância da Serotonina no cérebro  (Lóbulo occipital)   - Vocação de artesão – Habilidade geral -  Medula Espinhal Cerebelo  Núcleo dorsal da rafe Hipocampo  Tálamo  Neo-Córtex Protuberância  Núcleo magno da rafe Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
ATIVIDADE SINAPSE NEURONAL E SEROTONINA  CEREBRAIS SEGUNDO MODELO MARTY HINZ M.D. Neurotransmissores Axônio  Receptor Pre-Sináptico Receptor  Pós-Sináptico Dendritos  Recaptação Dendritos  Axônio Estímulo Elétrico  Vesícula Pré – Sinapse Serotonina Dr. Tsutomu Higashi
Tabela de Antidepressivos Alopáticos  Neurotransmissores FARMACOS/ AA ANSIOLÍTICOS USUAIS  AÇÃO  BENZODIAZEPINICOS Flurazepam, Lorazepam, Clorazepam, Diazepam e outros. GABA  ↑ INIBIDORES DE RECAPTAÇÃO DE SEROTONINA Fluoxetina, Duloxetina, Paroxetina, Sertralina, Fluxamina, Citalopram. SEROTONINA  ↑ TRICICLICOS Doxepina, Nortriptilina, Amitriptilina, Amneptina, Imipramina, Sibultramina. SEROTONINA  ↑ NOR ADRENALINA  ↑ AMINOÁCIDOS Triptofano,  5-Hidroxitritofano SEROTONINA  ↑ AMINOÁCIDOS L-Fenil Alanina Tirosina  ADRENALINA  ↑ NOR ADRENALINA  ↑ DOPAMINA  ↑ Dr. Tsutomu Higashi
SÍNTESE DA SEROTONINA E MELATONINA,  A PARTIR DE LTRIPTOFANO  L Triptofano  Hidroxilase 5 OH - Triptofano  Triptamine 5-Hidroxitriptamine (Serotonina) MAO  Ácido 5 Hidroxindol – 3 Acético 5 NTN Acetilase (pineal) N – Acetil Seratonina 5- Hidroxiindol – O - Transferase Melatonina Descarboxilação B6-Mg B6-Mg B3 # Neurotransmissores # = Bloqueia Dr. Tsutomu Higashi
Receita segundo BDORT para  SEROTONINA Triptofano  5 OH - Triptofano  Serotonina Fosfaditil Inositol e Niacinamida  B6-Mg B6-Mg Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA CLÍNICA   P1  P2  P3  P4  Triptofano 100mg 200 mg 400 mg 800 mg 5 OH - Triptofano   (Sub-Lingual) 25mg 50 mg 75 mg 100 mg Inositol 20mg 40 mg 80 mg 100 mg Magnésio 100mg 200 mg 400 mg 600 mg Niacinamida (B3)  50mg 100 mg 200 mg 500 mg Vit. B6 50mg 100 mg 300 mg 500 mg Dr. Tsutomu Higashi
Baixa Catecolamina:  Dopamina, Epinefrina e Nor Epinefrina Dopamina- Ciclo de Prazer, Humor e Afetividade Sintomas e sinais:  Neurotransmissores  Depressivo  Anedonia Ansiedade Desanimado,  Flácido e obeso Dificuldade de concentração Diminuição do desejo sexual (  Feniletilamina) Necessidade de café e chocolate ( e outros   estimulante )  Deficiência de Nor-Epinefrina Gosta de comida salgada em excesso, déficit de  memória recente. Dr. Tsutomu Higashi
SÍNTESE DA DOPAMINA E AMINO CATECOIS A  PARTIR DA L FENILALANINA  L-Fenil Alanina  Tirosina Tiramina Tiroxina Dopa Dopamina Nor Epinefrina Adrenalina Feniletilamina (Amina do Amor) 5-6 Dihidroxiindol Melanina Neurotransmissores  Beta Hidroxilase (  ↑ com sono profundo e destruído pelo stress  oxidativo) Ação Nor Epinefrina: Armazena e seleciona informação Importante do dia anterior para administrar vida diária. É importante na cognição Excretado  MAO B Selegilina  # #= bloqueia Dr. Tsutomu Higashi
Dopamina predomina na região frontal do cérebro- Personalidade estrategista  Giro cingulado  Córtex frontal  Estriado  Núcleo accumbens  Hipófise Hipotálamo  Área tegmental ventral  Substância negra  Hipocampo  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
Receita segundo BDORT DOPAMINA E  N ORADRENALIA L Fenilalanina  LTirosina  L Dopa  Dopamina  Nor Adrenalina Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA  CLÍNICA   P1  P2  P3  P4  L Fenilalanina 100mg 200 mg 300 mg 500 mg L Tirosina  50mg 100 mg 200 mg 500 mg Vit. B6 50mg 100 mg 300 mg 500 mg Selegilina  (Transdérmico) 2,5 mg 5 mg 10 mg 20 mg Dr. Tsutomu Higashi
GABA (Gama  Amino Butirico) Diminuída  FUNÇÃO  : Zen –Tranqüilizar –Sono Profundo – Anticonvulsivante – Atenua neurotransmissores excitatório (Ácido Glutâmico e Catecolamina) Sintomas e Sinais  Tenso – Não consegue descontrair  Sente-se pressionado Corpo rígido Preocupação excessiva Frustrado Litigioso  Apressado  Sensível à luz  Não consegue ficar sem refeição  Para relaxar utiliza Benzodiazepinico  OBS : Sensível a Benzodiazepina  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
GABA predomina Lóbulo Temporal Personalidade – Tradicional – Mística- Esotérica   Giro cingulado  Córtex frontal  Estriado  Núcleo accumbens  Hipófise Hipotálamo  Substância negra  Hipocampo  Área tegmental ventral  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
SÍNTESE DA TAURINA  Ativa Gaba e Inibe Dopamina e Nor Adrenalina Cisteína – Metionina – Serina  CISTINA  (EXCITATÓRIO) AC. CISTÉICO TAURINA + B6 INIBE (O QUE EXCITA) ATIVA (O QUE TRANQÜILIZA) GABA ACETIL COLINA DOPAMINA NOR ADRENALINA Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
Receita segundo BDORT  GABA Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA CLÍNICA   P1 P2 P3 P4 TAURINA  (Sub-lingual) 25 mg 50 mg 100 mg 200 mg B6(Piridoxina) 50 mg 100 mg 300 mg 500 mg Dr. Tsutomu Higashi
Prevenção para evitar envelhecimento cerebral  Modular Neurotransmissores cerebrais: Acetil Colina, Ac. Glutâmico, Dopamina, Nor Adrenalina Suplementar nutrientes para ressuscitar mitocôndria neuronal Combater stress adrenal e oxidativo Nutrir endotélio vascular (modular inflamação e homocisteína) Reposição hormonal 4 R – Intestinal  Melhorar a Detoxificação  xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx 1.º  Controlar fator de risco de doença plurimetabólica (Disglicemia e hipertensão) 2.º  Eliminar xenobióticos: Alumínio, mercúrio, chumbo e  agrotóxicos. 3.º  Estratégia para preservar memória Dr. Tsutomu Higashi
↑ HOMOCISTEÍNA / ↓ B2, B6, B12, Ac. Fólico e Betaína Ácido homocistéico Fibrina de β   amilóide, Integrina ↑ Excitotoxicidade, Ac. Glutâmico, Nos-Brain ↓   Lítio Neurotoxidade  (Al, Pb, Hg, As) Disfunção Endotelial  Aterotrombose (  PAI -Agregação Plaquetária  ) Isquemia do SNC Hipoxia Neuronal ↓ Acetil Colina e Coez Q10 Radical Livre ↑ (  ↑  OH,  MDA, H 2 O 2  , HOCLColesterol LDL,  PCR-U, Integrina) Apoptose ↑   8-OH-dG, Nitrito  e Nitrato Neurotransmissores  POTENCIAL ISQUEMIA CEREBRAL : HOMOCISTEÍNA, STRESS OXIDATIVO E NEUROTOXIDADE Dr. Tsutomu Higashi
SINAPSE : AC. GLUTÂMICO( EXCITATÓRIO) E ÓXIDO NITRICO Glutamina NH3 (Excretado) Glutamina Sintetase  Stress Oxidativo # CA  ++ Receptor  NMDA Neurônio  Pré Sináptico  L ARGININA  ÓXIDO NÍTRICO Neurônio Pós Sinaptico Ácido Glutâmico ÓXIDO NÍTRICO Caminho Impulso Eletro Químico
Estado de Oxido Nítrico e sua função no organismo (estado de oxido nítrico e possível efeito sistêmico) Órgão Sistema Produção Normal Produção Excessiva Vascular Hipertensão Normotensão Hipotensão Neurológico Hipotonia Neurotransmissor normal Inatividade B12, injuria oxidativa e citocinas Imune Infecção oportunista Atividade macrófago Autoimunidade / excesso de inflamação Gastrointestinal Cândida, H.pylori, HIV sIgA e imunidade normal Inflamação Hepático Defesa imune reduzida Atividade de célula Kupffer Inatividade de P450s Muscular Perfusão reduzida Relaxação fisiológica das  fibras musculares de contração rápida Destruição das fibras de contração rápida / Fibromialgia Produção  Reduzida
ACUMULO DO AC. GLUTÂMICO E  DEGENERAÇÃO DOS NEURÔNIOS (EXCITATÓRIO) (TRANQUILIZANTE) Taurina  B6 Ativa  descarboxilação GABA Ativa abertura de  canal  Cl -  no Limbidico (Sedação  BZ Símile) AC. Glutâmico Ansiedade Monoaminas Acetilcolina Ativa transmissão Inibe Transmissão Acumulo de Ac. Glutâmico Toxidade Celular (Ac. Kaínico) NH3 (Excreção) Glutamina Sintetase Glutamina Stress Oxidativo Alz – Park- ELA Agravamento Doença de Huntigton #  =  Bloqueia # # Ocupa  receptor De GABA GLUTAMINA AC.GLUTÂMICO GABA
EXOTOXIDADE NEURONAL  LIGADO A DOENÇA DEGENERATIVA CEREBRAL  Receptor NMDA (N metil d-aspartato) Na + Mitocôndria   ATPase ATPase ATPase ATP CA 2+ NA + Glutamina  Glicina  + + ER PCP Ca 2+ Na + Ca 2+ AR NO*  O* H 2 O 2 sintetase NO Superoxido perioxinitrito ONOO * OH - NO 2 - e - O2* Célula Neuronal Polaminas Neurotransmissores Protease Fosfolipase Endonuclear   Dr. Tsutomu Higashi
MITOCONDRIOPATIAS T.C.A. COEZQ 10 ATP RADICAL  L I V R E CH 2 CH=CCH 2 CH 3 H 10 O CH 3 O CH 3 O O CH 3 FÓRMULA MOLECULAR  COEZ Q 10 Neurotransmissores Coez Q 10   120mg/dia diminui  45% da mortalidade. Mol. Cell Biochem 2003. Ellis et All 360mg/dia melhora parcial do  Parkinsom 1200 mg/dia melhora atividade motora do Parkinsom  Shuts Arch Neurology 2002 Dr. Tsutomu Higashi
VARIAÇÃO MÉDIA DA COEZ Q10  DE ACORDO COM IDADE Papel da COEZ Q 10 na (prevenção de oxidação celular) Concentração  COEZ Q 10 75% 20 40 80 50% Idade 100% Vit. E (Tocoferol) Vit. E (Tocoferoxil) Peróxido  lipídico-LOO Hidroperoxido  Lipidico -LOOH Ubiquinona (Coez Q 10) Radical Ubisequinona Ubiquinona Neurotransmissores  Dr. Tsutomu Higashi
INTERVENÇÃO NUTRICIONAL  EM DOENÇAS MITOCONDRIAIS  COMPLEXO  IV COMPLEXO II COMPLEXO I COMPLEXO III COMPLEXO V Produção  ATP CITOCROMO C Mg+Zn  Coenzima Q10 Coenzima Q10 Succinato VIT K3(Menandione)  VIT K (Filoquinona) VIT C B3 - NADH  NAD   +  succinato fumarato/ Ácido Málico Espaço Intermembrana Membrana Mitocôndrial Interna  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
PAPEL  DA NIACINAMIDA(VIT B3)  NA PROTEÇÃO DA NEUROFUNÇÃO  Radiações Xenobióticos Citocinas Peroxinitrito  Destruição do  DNA  Neuronal  Ativa Poli (ADP-Ribose) Polimerase (PARP) Ac. Nicotinico  Adenine Dinucleotides (NA) Niacinamida + Poli (ADD-Ribosilação de DNA) Depleção TP celular Apoptose celular  Nicotinamide Adenine Dinucleotides (NADH) B3 NADH Posologia NADH  –  2,5 mg sublingual 2 a 3 x/dia B3 – 50 mg até 1.5 g/dia  Nor Adrenalina  Dopamina  Dr. Tsutomu Higashi
Acetil Colina Baixa Relacionado com cognição  Sintomas e sinais comuns: Perda de memória recente Teimosia  Difícil entendimento da  indicação médica Deterioração cognitiva Esquecimento de objetos Repetir a mesma história  Perguntar para si mesmo: “ O que vim fazer aqui, qual o nome  daquela pessoa  ? ” Neurotransmissores *** #  $ ? ? ? ? Dr. Tsutomu Higashi
  BASE TERAPÉUTICA COM ANTIOXIDANTE (SINERGISMO ) INICIADOR DE RADICAL LIVRE (Radiação, Drogas  e  Alteração da atividade enzimática orgânica) Capturação  Direta  Enzimas Antioxidantes (Superoxido Dismutase requer  Zinco, Cobre e Manganês ) Capturado por Ascorbato Vitamina C Radical Ascorbil Radical Tocoferol 2O*2 +2H  H2O2 + O2 Glutation Peroxidase  Selênio H2O2 +2GSH  2H2O+GSSG Cisteína  Glutation (GSH) Glutation Disulfito (GSSG) Glutation Redutase  Vitamina B2 Carotenóides  Tocoferol Vitamina E Bioflavanóide  Quercetina Rutina  Hesperidina Ginko Biloba Picnogenol
ANTIOXIDANTE BÁSICO Neurotransmissores VITAMINA C SINERGISMO   BIOFLAVONÓIDES VITAMINA E SINERGISMO   BETA CAROTENO  COBRE  COFATORES PARA  FORMAR SUPERÓXIDO DISMUTASE ZINCO  MANGANÊS SELÊNIO  COFATORES PARA FORMAR GLUTATION PEROXIDASE CISTEÍNA (N Acetil) VITAMINA B2 Dr. Tsutomu Higashi
MELHORA A FUNÇÃO NEURONAL Neurotransmissores ANTIOXIDANTE VARIÁVEIS  1x  a  nx VITAMINA B3 25 mg VITAMINA B6 25 mg VITAMINA C 100 mg VITAMINA E 100 ui ALFA AC. LIPÓICO 20 mg N ACETIL CISTEÍNA 100 mg GINKO BILOBA 20 mg VITAMINA D 100ui MELATONINA  1 mg Dr. Tsutomu Higashi
ENERGÉTICO CELULAR Neurotransmissores NUTRIENTES PRODUTORES DE  ATP VARIÁVEIS  1x  a  nx COENZ Q10 15 mg NADH 2 mg FOSFATIDILSERINA 20 mg ACETIL L CARNITINA  100 mg MAGNÉSIO 100 mg ZINCO  5 mg Dr. Tsutomu Higashi
METABOLISMO DE HOMOCISTEÍNA (METILAÇÃO) Neurotransmissores VITAMINAS VARIÁVEIS  1x  a  nx ACIDO FÓLICO  800 mcg VITAMINA B3(NIACINAMIDA) 100 mg VITAMINA B6 (PIRIDOXINA) 100 mg VITAMINA B12 (COBALAMINA) 200 mcg Dr. Tsutomu Higashi
LISTA DE SUBSTÂNCIAS INIBIDORAS DE MOLÉCULAS INFLAMATÓRIAS NA CASCATA DE AC. ARAQUIDONICO                                   ENZIMAS INIBIDOR  NUTRICIONAL INIBIDOR  BOTANICA INIBIDOR  SINTÉTICO FOSFOLIPASE A2 VITAMINA E QUERCETINA ALCAÇUZ TURMÉRICO CORTICOESTEROIDES  CICLOXIGENASE EPA DHA GINGER TURMÉRICO SALGUEIRO PRETO ANTIFLAMATÓRIO NÃO  ESTERÓIDE (INDOMETACINA,  ASPIRINA,IBUPROFENO, SULFASALAZINA), ACETOAMINOFEN LIPOXIGENASE QUERCETINA VITAMINA E EPA TURMÉRICO CEBOLA ALHO BROSWELLIA SULFASALAZINA
ANTIINFLAMATÓRIO IMPORTANTE (PG 1  e PG 3 )  Neurotransmissores  Ácidos Graxos Essenciais precursor de PG 1  e PG 3  (Antiinflamatório) Gordura  de animal, Lácteos, Gordura Trans certos óleos vegetais  são precursores de PG 2. OBS: ACIDOS GRAXOS ESSENCIAIS VARIÁVEIS  1x  a  nx OMEGA 3  (ÓLEO  DE PEIXE) 3 a 12g OMEGA 6 (ÓLEO DE PRÍMULA  E  ÓLEO DE BORAGE ) 0,5g Dr. Tsutomu Higashi
Protocolo de PROCAÍNATERAPIA+VIT B12 B12 1000 ui (IM)  + 2ml PROCAÍNA ESTABILIZADA  Obs: 5 dose diárias e após 2 x/ semana  Intramuscular  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
HOOCCH 2  CH 2 COOH NCH 2 CH 2 N HOOCCH 2  CH 2 COOH NaOOCCH 2  CH 2 COONa CH 2 -CH 2 EDTA DE CÁLCIO –  QUELANTE DE METAL TÓXICO  N N Ca CH 2 CH 2 C O O C O O EDTA Ca, Na 2 EDTA VANÁDIO  +3 FERRO  +3 MERCÚRIO  +2   TITÂNIO  + 3 COBRE  +2 NIQUEL  +2 CHUMBO  +2 TITÂNIO  +4 CÁDMIO  +2 ZINCO  +2 COBALTO  +2 ALUMINIO  +3 FERRO  +2 MANGANÊS  +2 VANADIO  +2 SEQUÊNCIA DE QUELAÇÃO DE ACORDO COM VALENCIA CATIÔNICA  Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
A média do sistema circulatório consiste  acima de  60.000 milhas   de vasos sangüíneos. 1 milha = 1.609 metros  *1.609 metros X 600 milhas =96.540 Km Quelação melhora toda perfusão da  microcirculação ao longo dos 96.540 km Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
COMO QUELAR? Quelar= Agarrar EDTA DE CÁLCIO 15% 10 ML-  1,5g SULFATO DE MAGNÉSIO 10% 5 ML-  0,5g VITAMINA C  5ML –  1g COMPLEXO B  1 A -  2 ML SORO FISIOLÓGICO - 100 ML ENDOVENOSO ADMINISTRADO DE 15 A 20 MINUTOS  1 À 2 VEZES POR SEMANA. Objetivo :  Quelar  Metais Tóxicos  e  Optimizar  MICROCIRCULAÇÃO   ÚNICA PRECAUÇÃO QUALIDADE SORO FISIOLÓGICO, ISTO É, CHOQUE PIROGÉNICO Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
Neurotransmissores  Estratégia do uso do nutriente para evitar neurodegeneração  PADRÕES USADOS NA CLÍNICA P1  P2  P3  P4  LECITINA (SOJA, OVO) 5 G DE LECITINA = 1G COLINA  COLINA 0,5 g 1g 1,5g 3g ACETIL L CARNITINA  (AGROTÓXICO) 100 mg 200 mg 400 mg 800mg ZINCO  (MNDA RECEPTOR) 10 mg 20 mg 30 mg 50 mg MAGNÉSIO  (MNDA RECEPTOR) 100 mg 200 mg 400 mg 600mg OROTATO DE LÍTIO  (MNDA RECEPTOR) 50mg 100mg 200mg 400mg FOSFATIDILSERINA 50mg 100mg 200mg 400mg GINKO BILOBA 40mg 80mg 160mg 320mg GINSENG SIBERIANO 100mg 200mg 300mg 400mg QIAN CENG TAN  (HUPERZIA SERRATA) 50mcg 100mcg 200mcg 300mcg ÁCIDO LIPÓICO 10mg 20mg 40mg 80mg DHEA  (SUB-LINGUAL) 5 mg 10mg 20mg 40mg ESTRADIOL  (TRANSDÉRMICO) 0,1mg 0,2 mg 0,3 mg 0,5 mg TESTOSTERONA BÁSICA  (TRASNDÉRMICO) 2 mg 4 mg 8 mg 15mg PROGESTERONA NATURAL  (TRASNDÉRMICO) 5 mg 10 mg 15 mg 25mg ÓLEO DE LINHAÇA 0,5 g 1g 2g 3g OMEGA 3 1g 2g 3g 4g Dr. Tsutomu Higashi
MEDICAMENTOS NATURAIS USADOS PARA  REDUÇÃO DE COLESTEROL Neurotransmissores  PADRÃO USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 Monascus  Purpureus 1 cp= 350 mg 2cp 3cp 4cp 6 cp Policosanol 2,5 mg 5 mg 7,5 mg 10 mg Gugu lipídeos 50 mg 100 mg 200 mg 300 mg Ácido nicotínico  (Metri)   HDL   0,5g 1g 1,5 g 2g Vastatina Não indicamos porque extrai Ubiquinona da célula (ATP) Dr. Tsutomu Higashi
PREVENÇÃO DE ENXAQUECA  (MIGRÂNEA)= DISTÚRBIO ELETROQUIMICO E VASCULAR Baseado na Experiência pessoal  Cefaleátra  prof.º Dr. Abouch Valenty Krymchantowski (UFRJ) Neurotransmissores  PADRÕES USADOS NA CLÍNICA   P1 P2 P3 P4 Beta bloqueador  (Atenolol) 10 mg 20 mg 30 mg 50mg Antidepressivos Tricíclicos  (Nortriptilina)  10 mg 20 mg 30 mg 40mg Antagonista de canal de cálcio  (Flunarizina) 1 mg 2mg 3mg 4mg Dr. Tsutomu Higashi
ENXAQUECA AGUDA I- Receita Domiciliar (MAXALT) Rizatriptano  (5mg ou 10 mg) + AINES  - (IBUPRIL) Ibuprofeno  (300 mg-600mg) Ou - (CELEBRA) Celecoxib  (100mg -200mg) II-A. Uso Consultório  (SUMAX) Sumatriptana Comprimido(oral) Intra nasal(spray) Subcutânea  (Padrão *****) Emergências  –  Opções : II- B. Endovenoso 1- DOLAMIN (Cromoxinato de Lisina)  Aplicar  1A de Dolamin  diluída em 20 ml de S.F. ou diluir em um frasco de S.F. de 100 ml com scalp borboleta Obs: Deve ser administrada lenta. ou 2- PANCURON (Brometo de Pancurônio)  -Diluir 1A de Pancuron com um frasco de Xylocaína de 20ml à 2% sem vaso.  -15 ml a 20ml de Sulf. de Mg 10% com 2ml da PANCURON diluído, diluir em 1 frasco de S.F. de 100ml e aplicar com scalp borboleta. Obs:  Deve ser administrada de 15 à 20 minutos   Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
CASUÍSTICA N.º 1 Paciente : Z.  Idade : 54 anos  Profissão : Agropecuário Q.P: Tonturas, sinusite crônica, constipação intestinal crônica, dificuldade de administrar negócio (não consegue discernir a prioridade). Há 2 anos que faz tratamento multidisciplinar das seguintes especialidades: Gastro, Neuro, Cárdio, Otorrino, Clinico geral. MARCADORES BIOQUÍMICOS  DATA 28/09/04 13/10/04 09/11/04 06/12/04 13/05/2005 Integrina 34 27 12 6 28 PCR-U 35 31 22 10 13 Serotonina 26 27 29 30 22 Dopamina 31 33 34 35 18 GABA 29 19 29 30 22 Acetil Colina 470 450 500 500 410 Beta Amilóide 11 11 11 0,1 11 Malonil Aldeído 4 4 2 NR 3 Hidroxila 4 3 2 2 2 8-0H-Dg 7 7 3 2 4 Coez Q10 10 pg Ac. Glutâmico 5mg
FIM  www.ortomoleculardrhigashi.med.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula - SNC - Tratamento da Doença de Parkinson
Aula - SNC - Tratamento da Doença de ParkinsonAula - SNC - Tratamento da Doença de Parkinson
Aula - SNC - Tratamento da Doença de Parkinson
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Neurotransmissor cerebral na medicina ortomolecular
Neurotransmissor cerebral na medicina ortomolecularNeurotransmissor cerebral na medicina ortomolecular
Neurotransmissor cerebral na medicina ortomolecular
Clínica Higashi
 
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônioFisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Pedro Miguel
 
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores NeuromuscularesAula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Adrenergicos e colinergicos
Adrenergicos e colinergicosAdrenergicos e colinergicos
Adrenergicos e colinergicos
Rosangela Helena Sizilio
 
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso AutônomoAula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula - SNC - Tratamento da Doença de Alzheimer
Aula - SNC - Tratamento da Doença de AlzheimerAula - SNC - Tratamento da Doença de Alzheimer
Aula - SNC - Tratamento da Doença de Alzheimer
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Aula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e Simpatolíticos
Aula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e SimpatolíticosAula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e Simpatolíticos
Aula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e Simpatolíticos
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Ansioliticos
AnsioliticosAnsioliticos
Ansioliticos
Safia Naser
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
César Milani
 
Anatomia do diencéfalo
Anatomia do diencéfaloAnatomia do diencéfalo
Anatomia do diencéfalo
Caio Maximino
 
Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides
Safia Naser
 
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e HipnóticosAula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20
pauloalambert
 
Aula de Farmacologia sobre Antihistaminicos
Aula de Farmacologia sobre AntihistaminicosAula de Farmacologia sobre Antihistaminicos
Aula de Farmacologia sobre Antihistaminicos
Jaqueline Almeida
 
Aula - SNC - Anticonvulsivantes
Aula -  SNC - AnticonvulsivantesAula -  SNC - Anticonvulsivantes
Aula - SNC - Anticonvulsivantes
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
Potencial de ação das membranas
Potencial de ação das membranasPotencial de ação das membranas
Potencial de ação das membranas
Natha Fisioterapia
 
Convulsao
ConvulsaoConvulsao
Aula hipófise
Aula hipófiseAula hipófise
Agonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgicoAgonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgico
tatiany ferreira de oliveira
 

Mais procurados (20)

Aula - SNC - Tratamento da Doença de Parkinson
Aula - SNC - Tratamento da Doença de ParkinsonAula - SNC - Tratamento da Doença de Parkinson
Aula - SNC - Tratamento da Doença de Parkinson
 
Neurotransmissor cerebral na medicina ortomolecular
Neurotransmissor cerebral na medicina ortomolecularNeurotransmissor cerebral na medicina ortomolecular
Neurotransmissor cerebral na medicina ortomolecular
 
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônioFisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônio
 
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores NeuromuscularesAula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
Aula - SNA - Farmacologia Colinérgica - Bloqueadores Neuromusculares
 
Adrenergicos e colinergicos
Adrenergicos e colinergicosAdrenergicos e colinergicos
Adrenergicos e colinergicos
 
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso AutônomoAula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
 
Aula - SNC - Tratamento da Doença de Alzheimer
Aula - SNC - Tratamento da Doença de AlzheimerAula - SNC - Tratamento da Doença de Alzheimer
Aula - SNC - Tratamento da Doença de Alzheimer
 
Aula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e Simpatolíticos
Aula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e SimpatolíticosAula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e Simpatolíticos
Aula - SNA - Farmacologia Adrenérgica - Simpatomiméticos e Simpatolíticos
 
Ansioliticos
AnsioliticosAnsioliticos
Ansioliticos
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
 
Anatomia do diencéfalo
Anatomia do diencéfaloAnatomia do diencéfalo
Anatomia do diencéfalo
 
Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides Analgesicos Opioides
Analgesicos Opioides
 
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e HipnóticosAula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
Aula - SNC - Ansiolíticos e Hipnóticos
 
Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20
 
Aula de Farmacologia sobre Antihistaminicos
Aula de Farmacologia sobre AntihistaminicosAula de Farmacologia sobre Antihistaminicos
Aula de Farmacologia sobre Antihistaminicos
 
Aula - SNC - Anticonvulsivantes
Aula -  SNC - AnticonvulsivantesAula -  SNC - Anticonvulsivantes
Aula - SNC - Anticonvulsivantes
 
Potencial de ação das membranas
Potencial de ação das membranasPotencial de ação das membranas
Potencial de ação das membranas
 
Convulsao
ConvulsaoConvulsao
Convulsao
 
Aula hipófise
Aula hipófiseAula hipófise
Aula hipófise
 
Agonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgicoAgonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgico
 

Destaque

MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...
MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...
MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...
Clínica Higashi
 
Intoxicação por metais pesados e técnica do BDORT
Intoxicação por metais pesados e técnica do BDORTIntoxicação por metais pesados e técnica do BDORT
Intoxicação por metais pesados e técnica do BDORT
Clínica Higashi
 
Medicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambiente
Medicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambienteMedicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambiente
Medicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambiente
Clínica Higashi
 
Introdução ao Ortomolecular
Introdução ao OrtomolecularIntrodução ao Ortomolecular
Introdução ao Ortomolecular
Clínica Higashi
 
Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo
Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo
Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo
Clínica Higashi
 
Intoxicação por agrotóxicos e metais pesados
Intoxicação por agrotóxicos e metais pesadosIntoxicação por agrotóxicos e metais pesados
Intoxicação por agrotóxicos e metais pesados
Clínica Higashi
 
Medicina ortomolecular
Medicina ortomolecularMedicina ortomolecular
Medicina ortomolecular
Clínica Higashi
 
Ortomolecular para uma longevidade saudável
Ortomolecular para uma longevidade saudávelOrtomolecular para uma longevidade saudável
Ortomolecular para uma longevidade saudável
Clínica Higashi
 
Estudo da medicina Anti-Aging
Estudo da medicina Anti-AgingEstudo da medicina Anti-Aging
Estudo da medicina Anti-Aging
Clínica Higashi
 
Medicina Ortomolecular para uma Alimentação Saudável
Medicina Ortomolecular para uma Alimentação SaudávelMedicina Ortomolecular para uma Alimentação Saudável
Medicina Ortomolecular para uma Alimentação Saudável
Clínica Higashi
 
Clínica de Dor no Tratamento da Dor Muscular
Clínica de Dor no Tratamento da Dor MuscularClínica de Dor no Tratamento da Dor Muscular
Clínica de Dor no Tratamento da Dor Muscular
Clínica Higashi
 
Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular
Clínica Higashi
 
Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T
Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T
Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T
Clínica Higashi
 
Ortomolecular na Desintoxicação do Organismo
Ortomolecular na Desintoxicação do OrganismoOrtomolecular na Desintoxicação do Organismo
Ortomolecular na Desintoxicação do Organismo
Clínica Higashi
 
Células-Tronco brasil
Células-Tronco brasilCélulas-Tronco brasil
Células-Tronco brasil
Clínica Higashi
 
MECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXI
MECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXIMECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXI
MECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXI
Clínica Higashi
 
Aumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global Ortomolecular
Aumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global OrtomolecularAumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global Ortomolecular
Aumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global Ortomolecular
Clínica Higashi
 
Apresentação Fisiologia
Apresentação FisiologiaApresentação Fisiologia
Apresentação Fisiologia
gede31
 
5. sistema nervoso
5. sistema nervoso5. sistema nervoso
5. sistema nervoso
Luiz Gonçalves Mendes Jr
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Paulo Teixeira
 

Destaque (20)

MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...
MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...
MEDICINA ORTOMOLECULAR: O USO DE VITAMINAS, MINERAIS E DESINTOXICANTES PARA O...
 
Intoxicação por metais pesados e técnica do BDORT
Intoxicação por metais pesados e técnica do BDORTIntoxicação por metais pesados e técnica do BDORT
Intoxicação por metais pesados e técnica do BDORT
 
Medicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambiente
Medicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambienteMedicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambiente
Medicina Ortomolecular: agrotóxicos na alimentação e meio ambiente
 
Introdução ao Ortomolecular
Introdução ao OrtomolecularIntrodução ao Ortomolecular
Introdução ao Ortomolecular
 
Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo
Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo
Estudo da Medicina Antienvelhecimento no Mundo
 
Intoxicação por agrotóxicos e metais pesados
Intoxicação por agrotóxicos e metais pesadosIntoxicação por agrotóxicos e metais pesados
Intoxicação por agrotóxicos e metais pesados
 
Medicina ortomolecular
Medicina ortomolecularMedicina ortomolecular
Medicina ortomolecular
 
Ortomolecular para uma longevidade saudável
Ortomolecular para uma longevidade saudávelOrtomolecular para uma longevidade saudável
Ortomolecular para uma longevidade saudável
 
Estudo da medicina Anti-Aging
Estudo da medicina Anti-AgingEstudo da medicina Anti-Aging
Estudo da medicina Anti-Aging
 
Medicina Ortomolecular para uma Alimentação Saudável
Medicina Ortomolecular para uma Alimentação SaudávelMedicina Ortomolecular para uma Alimentação Saudável
Medicina Ortomolecular para uma Alimentação Saudável
 
Clínica de Dor no Tratamento da Dor Muscular
Clínica de Dor no Tratamento da Dor MuscularClínica de Dor no Tratamento da Dor Muscular
Clínica de Dor no Tratamento da Dor Muscular
 
Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular
 
Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T
Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T
Metais tóxicos, Agrotóxicos, Asbestos e conservantes pelo método B.DO.R.T
 
Ortomolecular na Desintoxicação do Organismo
Ortomolecular na Desintoxicação do OrganismoOrtomolecular na Desintoxicação do Organismo
Ortomolecular na Desintoxicação do Organismo
 
Células-Tronco brasil
Células-Tronco brasilCélulas-Tronco brasil
Células-Tronco brasil
 
MECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXI
MECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXIMECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXI
MECICINA ANTI AGING-CIÊNCIA DO SÉCULO XXI
 
Aumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global Ortomolecular
Aumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global OrtomolecularAumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global Ortomolecular
Aumento de peso : Principais Causas e Fatores na Visão Global Ortomolecular
 
Apresentação Fisiologia
Apresentação FisiologiaApresentação Fisiologia
Apresentação Fisiologia
 
5. sistema nervoso
5. sistema nervoso5. sistema nervoso
5. sistema nervoso
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 

Semelhante a Nutrição cerebral e neurotransmissores

Farmacologia_adrenergica.pdf
Farmacologia_adrenergica.pdfFarmacologia_adrenergica.pdf
Farmacologia_adrenergica.pdf
ProfYasminBlanco
 
Aula 8 Biomedicina
Aula 8 BiomedicinaAula 8 Biomedicina
Aula 8 Biomedicina
Caio Maximino
 
Aula 8 Biomedicina
Aula 8 BiomedicinaAula 8 Biomedicina
Aula 8 Biomedicina
Caio Maximino
 
aula-4-sinapse-bio2022.pdf
aula-4-sinapse-bio2022.pdfaula-4-sinapse-bio2022.pdf
aula-4-sinapse-bio2022.pdf
YuriSambeni
 
Aula defensivos agricolas
Aula defensivos agricolasAula defensivos agricolas
Aula defensivos agricolas
Adriana Madeira
 
Colinomiméticos e antimuscarinicos
Colinomiméticos e antimuscarinicosColinomiméticos e antimuscarinicos
Colinomiméticos e antimuscarinicos
Bernadete Soares
 
Revisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdf
Revisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdfRevisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdf
Revisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdf
AngelicaCostaMeirele2
 
Aula - SNA.ppt
Aula - SNA.pptAula - SNA.ppt
Aula - SNA.ppt
DanielleBraga22
 
Distúrbios da medula da suprarrenal
Distúrbios da medula da suprarrenalDistúrbios da medula da suprarrenal
Distúrbios da medula da suprarrenal
Gomes Cumbe
 
Simpatomimeticos E Simpaticoliticos
Simpatomimeticos E SimpaticoliticosSimpatomimeticos E Simpaticoliticos
Simpatomimeticos E Simpaticoliticos
lidypvh
 
Antihistaminicos
AntihistaminicosAntihistaminicos
Antihistaminicos
Marcelo Hiene
 
Farmacologia snc
Farmacologia sncFarmacologia snc
Farmacologia snc
Tiago Sampaio
 
Aula colinergicos 070515
Aula colinergicos 070515Aula colinergicos 070515
Aula colinergicos 070515
Juliette Borba
 
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.pptDisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
RoseanneBressan
 
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.pptDisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
GlaubersonFeu
 
Fi aula-5-farmacologia-sna-completo
Fi aula-5-farmacologia-sna-completoFi aula-5-farmacologia-sna-completo
Fi aula-5-farmacologia-sna-completo
Claudia Auditore
 
Doença de parkinson
Doença de parkinsonDoença de parkinson
Doença de parkinson
CaioUrsine
 
psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2
Aroldo Gavioli
 
Hipoglicemia e lesão cerebral neonatal
Hipoglicemia e lesão cerebral neonatalHipoglicemia e lesão cerebral neonatal
Hipoglicemia e lesão cerebral neonatal
Leandro Junior
 
Psicofarmacologia
PsicofarmacologiaPsicofarmacologia
Psicofarmacologia
Vilmar Barbosa
 

Semelhante a Nutrição cerebral e neurotransmissores (20)

Farmacologia_adrenergica.pdf
Farmacologia_adrenergica.pdfFarmacologia_adrenergica.pdf
Farmacologia_adrenergica.pdf
 
Aula 8 Biomedicina
Aula 8 BiomedicinaAula 8 Biomedicina
Aula 8 Biomedicina
 
Aula 8 Biomedicina
Aula 8 BiomedicinaAula 8 Biomedicina
Aula 8 Biomedicina
 
aula-4-sinapse-bio2022.pdf
aula-4-sinapse-bio2022.pdfaula-4-sinapse-bio2022.pdf
aula-4-sinapse-bio2022.pdf
 
Aula defensivos agricolas
Aula defensivos agricolasAula defensivos agricolas
Aula defensivos agricolas
 
Colinomiméticos e antimuscarinicos
Colinomiméticos e antimuscarinicosColinomiméticos e antimuscarinicos
Colinomiméticos e antimuscarinicos
 
Revisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdf
Revisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdfRevisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdf
Revisão-SNS-anti-adrenérgico- SCosta BMF-300-Odonto-2020-compacta.pdf
 
Aula - SNA.ppt
Aula - SNA.pptAula - SNA.ppt
Aula - SNA.ppt
 
Distúrbios da medula da suprarrenal
Distúrbios da medula da suprarrenalDistúrbios da medula da suprarrenal
Distúrbios da medula da suprarrenal
 
Simpatomimeticos E Simpaticoliticos
Simpatomimeticos E SimpaticoliticosSimpatomimeticos E Simpaticoliticos
Simpatomimeticos E Simpaticoliticos
 
Antihistaminicos
AntihistaminicosAntihistaminicos
Antihistaminicos
 
Farmacologia snc
Farmacologia sncFarmacologia snc
Farmacologia snc
 
Aula colinergicos 070515
Aula colinergicos 070515Aula colinergicos 070515
Aula colinergicos 070515
 
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.pptDisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
 
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.pptDisturbiosNeurodegenerativos.ppt
DisturbiosNeurodegenerativos.ppt
 
Fi aula-5-farmacologia-sna-completo
Fi aula-5-farmacologia-sna-completoFi aula-5-farmacologia-sna-completo
Fi aula-5-farmacologia-sna-completo
 
Doença de parkinson
Doença de parkinsonDoença de parkinson
Doença de parkinson
 
psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2
 
Hipoglicemia e lesão cerebral neonatal
Hipoglicemia e lesão cerebral neonatalHipoglicemia e lesão cerebral neonatal
Hipoglicemia e lesão cerebral neonatal
 
Psicofarmacologia
PsicofarmacologiaPsicofarmacologia
Psicofarmacologia
 

Nutrição cerebral e neurotransmissores

  • 1. Nutrição Cerebral Dr. Tsutomu Higashi Médico www.ortomoleculardrhigashi.med.br
  • 2. PRECURSORES DE NEUROTRANSMISSORES 1) AMINOÁCIDOS SIMPLES: NH 2 C C O OH H R=H 2) NEUROPEPTÍDEOS : 2 OU MAIS AMINOÁCIDOS 3) MONO AMINAS INDOLAMINA: SEROTONINA E MELATONINA CATECOLAMINAS: DOPAMINAS E NOR EPINEFRINAS Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 3. INCIDÊNCIA A DEPRESSÃO OMS 15% DA POPULAÇÃO VARIÁVEL DE ACORDO COM LOCALIDADE ATÉ 25% ACIMA DE 60 ANOS INCIDÊNCIA AUMENTA 4 X Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 4. AMINOÁCIDOS PRECURSORES DE NEUROTRANSMISSORES E NEUROMODULADORES Aminoácidos Acetil Colina Oxido Nítrico Histamina Tirosina Dopamina Nor Epinefrina Dopamina Nor Epinefrina Serotonina Melatonina Ac.Glutâmico Gaba Ácido Aspartico Ac. Glutâmico Glutamina Triptofano Tirosina Fenilalanina * Cisteína Metionina * Histidina * L Arginina * Colina Asparagina Taurina * AA- ESSÊNCIAS (ORGANISMO NÃO SINTETIZA) Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 5. Moléculas inflamatórias são moduladas quando PG 2 é neutralizado por PG 1 e PG 3 PG 1 ,PG 3 OCl - PG= Prostaglandina PG1 e PG3= Antiinflamatório PG2= Inflamatório
  • 6. Serotonina é baixa em 75% de depressivos Função da Serotonina : Sono Humor Cognição Percepção Sensitiva Atividade Motora Comportamento Sexual Secreção Hormonal Bom Astral Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 7. Serotonina Baixa Triste Melancólico Chora fácil Baixo Astral Vê “negro” em tudo Prefere ficar em casa Não se sociabiliza Auto abandono Falta de auto estima Repetitivo Obsessivo Impaciente Intolerante Irritado. Sintomas e sinais comuns: Crise de enxaqueca Avidez por carboidratos refinados, Doce - mais doce e mais doce “Formigão” - Obesidade Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 8. Predominância da Serotonina no cérebro (Lóbulo occipital) - Vocação de artesão – Habilidade geral - Medula Espinhal Cerebelo Núcleo dorsal da rafe Hipocampo Tálamo Neo-Córtex Protuberância Núcleo magno da rafe Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 9. ATIVIDADE SINAPSE NEURONAL E SEROTONINA CEREBRAIS SEGUNDO MODELO MARTY HINZ M.D. Neurotransmissores Axônio Receptor Pre-Sináptico Receptor Pós-Sináptico Dendritos Recaptação Dendritos Axônio Estímulo Elétrico Vesícula Pré – Sinapse Serotonina Dr. Tsutomu Higashi
  • 10. Tabela de Antidepressivos Alopáticos Neurotransmissores FARMACOS/ AA ANSIOLÍTICOS USUAIS AÇÃO BENZODIAZEPINICOS Flurazepam, Lorazepam, Clorazepam, Diazepam e outros. GABA ↑ INIBIDORES DE RECAPTAÇÃO DE SEROTONINA Fluoxetina, Duloxetina, Paroxetina, Sertralina, Fluxamina, Citalopram. SEROTONINA ↑ TRICICLICOS Doxepina, Nortriptilina, Amitriptilina, Amneptina, Imipramina, Sibultramina. SEROTONINA ↑ NOR ADRENALINA ↑ AMINOÁCIDOS Triptofano, 5-Hidroxitritofano SEROTONINA ↑ AMINOÁCIDOS L-Fenil Alanina Tirosina ADRENALINA ↑ NOR ADRENALINA ↑ DOPAMINA ↑ Dr. Tsutomu Higashi
  • 11. SÍNTESE DA SEROTONINA E MELATONINA, A PARTIR DE LTRIPTOFANO L Triptofano Hidroxilase 5 OH - Triptofano Triptamine 5-Hidroxitriptamine (Serotonina) MAO Ácido 5 Hidroxindol – 3 Acético 5 NTN Acetilase (pineal) N – Acetil Seratonina 5- Hidroxiindol – O - Transferase Melatonina Descarboxilação B6-Mg B6-Mg B3 # Neurotransmissores # = Bloqueia Dr. Tsutomu Higashi
  • 12. Receita segundo BDORT para SEROTONINA Triptofano 5 OH - Triptofano Serotonina Fosfaditil Inositol e Niacinamida B6-Mg B6-Mg Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 Triptofano 100mg 200 mg 400 mg 800 mg 5 OH - Triptofano (Sub-Lingual) 25mg 50 mg 75 mg 100 mg Inositol 20mg 40 mg 80 mg 100 mg Magnésio 100mg 200 mg 400 mg 600 mg Niacinamida (B3) 50mg 100 mg 200 mg 500 mg Vit. B6 50mg 100 mg 300 mg 500 mg Dr. Tsutomu Higashi
  • 13. Baixa Catecolamina: Dopamina, Epinefrina e Nor Epinefrina Dopamina- Ciclo de Prazer, Humor e Afetividade Sintomas e sinais: Neurotransmissores Depressivo Anedonia Ansiedade Desanimado, Flácido e obeso Dificuldade de concentração Diminuição do desejo sexual ( Feniletilamina) Necessidade de café e chocolate ( e outros estimulante ) Deficiência de Nor-Epinefrina Gosta de comida salgada em excesso, déficit de memória recente. Dr. Tsutomu Higashi
  • 14. SÍNTESE DA DOPAMINA E AMINO CATECOIS A PARTIR DA L FENILALANINA L-Fenil Alanina Tirosina Tiramina Tiroxina Dopa Dopamina Nor Epinefrina Adrenalina Feniletilamina (Amina do Amor) 5-6 Dihidroxiindol Melanina Neurotransmissores Beta Hidroxilase ( ↑ com sono profundo e destruído pelo stress oxidativo) Ação Nor Epinefrina: Armazena e seleciona informação Importante do dia anterior para administrar vida diária. É importante na cognição Excretado MAO B Selegilina # #= bloqueia Dr. Tsutomu Higashi
  • 15. Dopamina predomina na região frontal do cérebro- Personalidade estrategista Giro cingulado Córtex frontal Estriado Núcleo accumbens Hipófise Hipotálamo Área tegmental ventral Substância negra Hipocampo Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 16. Receita segundo BDORT DOPAMINA E N ORADRENALIA L Fenilalanina LTirosina L Dopa Dopamina Nor Adrenalina Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 L Fenilalanina 100mg 200 mg 300 mg 500 mg L Tirosina 50mg 100 mg 200 mg 500 mg Vit. B6 50mg 100 mg 300 mg 500 mg Selegilina (Transdérmico) 2,5 mg 5 mg 10 mg 20 mg Dr. Tsutomu Higashi
  • 17. GABA (Gama Amino Butirico) Diminuída FUNÇÃO : Zen –Tranqüilizar –Sono Profundo – Anticonvulsivante – Atenua neurotransmissores excitatório (Ácido Glutâmico e Catecolamina) Sintomas e Sinais Tenso – Não consegue descontrair Sente-se pressionado Corpo rígido Preocupação excessiva Frustrado Litigioso Apressado Sensível à luz Não consegue ficar sem refeição Para relaxar utiliza Benzodiazepinico OBS : Sensível a Benzodiazepina Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 18. GABA predomina Lóbulo Temporal Personalidade – Tradicional – Mística- Esotérica Giro cingulado Córtex frontal Estriado Núcleo accumbens Hipófise Hipotálamo Substância negra Hipocampo Área tegmental ventral Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 19. SÍNTESE DA TAURINA Ativa Gaba e Inibe Dopamina e Nor Adrenalina Cisteína – Metionina – Serina CISTINA (EXCITATÓRIO) AC. CISTÉICO TAURINA + B6 INIBE (O QUE EXCITA) ATIVA (O QUE TRANQÜILIZA) GABA ACETIL COLINA DOPAMINA NOR ADRENALINA Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 20. Receita segundo BDORT GABA Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 TAURINA (Sub-lingual) 25 mg 50 mg 100 mg 200 mg B6(Piridoxina) 50 mg 100 mg 300 mg 500 mg Dr. Tsutomu Higashi
  • 21. Prevenção para evitar envelhecimento cerebral Modular Neurotransmissores cerebrais: Acetil Colina, Ac. Glutâmico, Dopamina, Nor Adrenalina Suplementar nutrientes para ressuscitar mitocôndria neuronal Combater stress adrenal e oxidativo Nutrir endotélio vascular (modular inflamação e homocisteína) Reposição hormonal 4 R – Intestinal Melhorar a Detoxificação xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx xxxxxxxxx 1.º Controlar fator de risco de doença plurimetabólica (Disglicemia e hipertensão) 2.º Eliminar xenobióticos: Alumínio, mercúrio, chumbo e agrotóxicos. 3.º Estratégia para preservar memória Dr. Tsutomu Higashi
  • 22. ↑ HOMOCISTEÍNA / ↓ B2, B6, B12, Ac. Fólico e Betaína Ácido homocistéico Fibrina de β amilóide, Integrina ↑ Excitotoxicidade, Ac. Glutâmico, Nos-Brain ↓ Lítio Neurotoxidade (Al, Pb, Hg, As) Disfunção Endotelial Aterotrombose ( PAI -Agregação Plaquetária ) Isquemia do SNC Hipoxia Neuronal ↓ Acetil Colina e Coez Q10 Radical Livre ↑ ( ↑ OH, MDA, H 2 O 2 , HOCLColesterol LDL, PCR-U, Integrina) Apoptose ↑ 8-OH-dG, Nitrito e Nitrato Neurotransmissores POTENCIAL ISQUEMIA CEREBRAL : HOMOCISTEÍNA, STRESS OXIDATIVO E NEUROTOXIDADE Dr. Tsutomu Higashi
  • 23. SINAPSE : AC. GLUTÂMICO( EXCITATÓRIO) E ÓXIDO NITRICO Glutamina NH3 (Excretado) Glutamina Sintetase Stress Oxidativo # CA ++ Receptor NMDA Neurônio Pré Sináptico L ARGININA ÓXIDO NÍTRICO Neurônio Pós Sinaptico Ácido Glutâmico ÓXIDO NÍTRICO Caminho Impulso Eletro Químico
  • 24. Estado de Oxido Nítrico e sua função no organismo (estado de oxido nítrico e possível efeito sistêmico) Órgão Sistema Produção Normal Produção Excessiva Vascular Hipertensão Normotensão Hipotensão Neurológico Hipotonia Neurotransmissor normal Inatividade B12, injuria oxidativa e citocinas Imune Infecção oportunista Atividade macrófago Autoimunidade / excesso de inflamação Gastrointestinal Cândida, H.pylori, HIV sIgA e imunidade normal Inflamação Hepático Defesa imune reduzida Atividade de célula Kupffer Inatividade de P450s Muscular Perfusão reduzida Relaxação fisiológica das fibras musculares de contração rápida Destruição das fibras de contração rápida / Fibromialgia Produção Reduzida
  • 25. ACUMULO DO AC. GLUTÂMICO E DEGENERAÇÃO DOS NEURÔNIOS (EXCITATÓRIO) (TRANQUILIZANTE) Taurina B6 Ativa descarboxilação GABA Ativa abertura de canal Cl - no Limbidico (Sedação BZ Símile) AC. Glutâmico Ansiedade Monoaminas Acetilcolina Ativa transmissão Inibe Transmissão Acumulo de Ac. Glutâmico Toxidade Celular (Ac. Kaínico) NH3 (Excreção) Glutamina Sintetase Glutamina Stress Oxidativo Alz – Park- ELA Agravamento Doença de Huntigton # = Bloqueia # # Ocupa receptor De GABA GLUTAMINA AC.GLUTÂMICO GABA
  • 26. EXOTOXIDADE NEURONAL LIGADO A DOENÇA DEGENERATIVA CEREBRAL Receptor NMDA (N metil d-aspartato) Na + Mitocôndria ATPase ATPase ATPase ATP CA 2+ NA + Glutamina Glicina + + ER PCP Ca 2+ Na + Ca 2+ AR NO* O* H 2 O 2 sintetase NO Superoxido perioxinitrito ONOO * OH - NO 2 - e - O2* Célula Neuronal Polaminas Neurotransmissores Protease Fosfolipase Endonuclear Dr. Tsutomu Higashi
  • 27. MITOCONDRIOPATIAS T.C.A. COEZQ 10 ATP RADICAL L I V R E CH 2 CH=CCH 2 CH 3 H 10 O CH 3 O CH 3 O O CH 3 FÓRMULA MOLECULAR COEZ Q 10 Neurotransmissores Coez Q 10 120mg/dia diminui 45% da mortalidade. Mol. Cell Biochem 2003. Ellis et All 360mg/dia melhora parcial do Parkinsom 1200 mg/dia melhora atividade motora do Parkinsom Shuts Arch Neurology 2002 Dr. Tsutomu Higashi
  • 28. VARIAÇÃO MÉDIA DA COEZ Q10 DE ACORDO COM IDADE Papel da COEZ Q 10 na (prevenção de oxidação celular) Concentração COEZ Q 10 75% 20 40 80 50% Idade 100% Vit. E (Tocoferol) Vit. E (Tocoferoxil) Peróxido lipídico-LOO Hidroperoxido Lipidico -LOOH Ubiquinona (Coez Q 10) Radical Ubisequinona Ubiquinona Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 29. INTERVENÇÃO NUTRICIONAL EM DOENÇAS MITOCONDRIAIS COMPLEXO IV COMPLEXO II COMPLEXO I COMPLEXO III COMPLEXO V Produção ATP CITOCROMO C Mg+Zn Coenzima Q10 Coenzima Q10 Succinato VIT K3(Menandione) VIT K (Filoquinona) VIT C B3 - NADH NAD + succinato fumarato/ Ácido Málico Espaço Intermembrana Membrana Mitocôndrial Interna Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 30. PAPEL DA NIACINAMIDA(VIT B3) NA PROTEÇÃO DA NEUROFUNÇÃO Radiações Xenobióticos Citocinas Peroxinitrito Destruição do DNA Neuronal Ativa Poli (ADP-Ribose) Polimerase (PARP) Ac. Nicotinico Adenine Dinucleotides (NA) Niacinamida + Poli (ADD-Ribosilação de DNA) Depleção TP celular Apoptose celular Nicotinamide Adenine Dinucleotides (NADH) B3 NADH Posologia NADH – 2,5 mg sublingual 2 a 3 x/dia B3 – 50 mg até 1.5 g/dia Nor Adrenalina Dopamina Dr. Tsutomu Higashi
  • 31. Acetil Colina Baixa Relacionado com cognição Sintomas e sinais comuns: Perda de memória recente Teimosia Difícil entendimento da indicação médica Deterioração cognitiva Esquecimento de objetos Repetir a mesma história Perguntar para si mesmo: “ O que vim fazer aqui, qual o nome daquela pessoa ? ” Neurotransmissores *** # $ ? ? ? ? Dr. Tsutomu Higashi
  • 32.   BASE TERAPÉUTICA COM ANTIOXIDANTE (SINERGISMO ) INICIADOR DE RADICAL LIVRE (Radiação, Drogas e Alteração da atividade enzimática orgânica) Capturação Direta Enzimas Antioxidantes (Superoxido Dismutase requer Zinco, Cobre e Manganês ) Capturado por Ascorbato Vitamina C Radical Ascorbil Radical Tocoferol 2O*2 +2H H2O2 + O2 Glutation Peroxidase Selênio H2O2 +2GSH 2H2O+GSSG Cisteína Glutation (GSH) Glutation Disulfito (GSSG) Glutation Redutase Vitamina B2 Carotenóides Tocoferol Vitamina E Bioflavanóide Quercetina Rutina Hesperidina Ginko Biloba Picnogenol
  • 33. ANTIOXIDANTE BÁSICO Neurotransmissores VITAMINA C SINERGISMO BIOFLAVONÓIDES VITAMINA E SINERGISMO BETA CAROTENO COBRE COFATORES PARA FORMAR SUPERÓXIDO DISMUTASE ZINCO MANGANÊS SELÊNIO COFATORES PARA FORMAR GLUTATION PEROXIDASE CISTEÍNA (N Acetil) VITAMINA B2 Dr. Tsutomu Higashi
  • 34. MELHORA A FUNÇÃO NEURONAL Neurotransmissores ANTIOXIDANTE VARIÁVEIS 1x a nx VITAMINA B3 25 mg VITAMINA B6 25 mg VITAMINA C 100 mg VITAMINA E 100 ui ALFA AC. LIPÓICO 20 mg N ACETIL CISTEÍNA 100 mg GINKO BILOBA 20 mg VITAMINA D 100ui MELATONINA 1 mg Dr. Tsutomu Higashi
  • 35. ENERGÉTICO CELULAR Neurotransmissores NUTRIENTES PRODUTORES DE ATP VARIÁVEIS 1x a nx COENZ Q10 15 mg NADH 2 mg FOSFATIDILSERINA 20 mg ACETIL L CARNITINA 100 mg MAGNÉSIO 100 mg ZINCO 5 mg Dr. Tsutomu Higashi
  • 36. METABOLISMO DE HOMOCISTEÍNA (METILAÇÃO) Neurotransmissores VITAMINAS VARIÁVEIS 1x a nx ACIDO FÓLICO 800 mcg VITAMINA B3(NIACINAMIDA) 100 mg VITAMINA B6 (PIRIDOXINA) 100 mg VITAMINA B12 (COBALAMINA) 200 mcg Dr. Tsutomu Higashi
  • 37. LISTA DE SUBSTÂNCIAS INIBIDORAS DE MOLÉCULAS INFLAMATÓRIAS NA CASCATA DE AC. ARAQUIDONICO                                   ENZIMAS INIBIDOR NUTRICIONAL INIBIDOR BOTANICA INIBIDOR SINTÉTICO FOSFOLIPASE A2 VITAMINA E QUERCETINA ALCAÇUZ TURMÉRICO CORTICOESTEROIDES CICLOXIGENASE EPA DHA GINGER TURMÉRICO SALGUEIRO PRETO ANTIFLAMATÓRIO NÃO ESTERÓIDE (INDOMETACINA, ASPIRINA,IBUPROFENO, SULFASALAZINA), ACETOAMINOFEN LIPOXIGENASE QUERCETINA VITAMINA E EPA TURMÉRICO CEBOLA ALHO BROSWELLIA SULFASALAZINA
  • 38. ANTIINFLAMATÓRIO IMPORTANTE (PG 1 e PG 3 ) Neurotransmissores Ácidos Graxos Essenciais precursor de PG 1 e PG 3 (Antiinflamatório) Gordura de animal, Lácteos, Gordura Trans certos óleos vegetais são precursores de PG 2. OBS: ACIDOS GRAXOS ESSENCIAIS VARIÁVEIS 1x a nx OMEGA 3 (ÓLEO DE PEIXE) 3 a 12g OMEGA 6 (ÓLEO DE PRÍMULA E ÓLEO DE BORAGE ) 0,5g Dr. Tsutomu Higashi
  • 39. Protocolo de PROCAÍNATERAPIA+VIT B12 B12 1000 ui (IM) + 2ml PROCAÍNA ESTABILIZADA Obs: 5 dose diárias e após 2 x/ semana Intramuscular Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 40. HOOCCH 2 CH 2 COOH NCH 2 CH 2 N HOOCCH 2 CH 2 COOH NaOOCCH 2 CH 2 COONa CH 2 -CH 2 EDTA DE CÁLCIO – QUELANTE DE METAL TÓXICO N N Ca CH 2 CH 2 C O O C O O EDTA Ca, Na 2 EDTA VANÁDIO +3 FERRO +3 MERCÚRIO +2 TITÂNIO + 3 COBRE +2 NIQUEL +2 CHUMBO +2 TITÂNIO +4 CÁDMIO +2 ZINCO +2 COBALTO +2 ALUMINIO +3 FERRO +2 MANGANÊS +2 VANADIO +2 SEQUÊNCIA DE QUELAÇÃO DE ACORDO COM VALENCIA CATIÔNICA Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 41. A média do sistema circulatório consiste acima de 60.000 milhas de vasos sangüíneos. 1 milha = 1.609 metros *1.609 metros X 600 milhas =96.540 Km Quelação melhora toda perfusão da microcirculação ao longo dos 96.540 km Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 42. COMO QUELAR? Quelar= Agarrar EDTA DE CÁLCIO 15% 10 ML- 1,5g SULFATO DE MAGNÉSIO 10% 5 ML- 0,5g VITAMINA C 5ML – 1g COMPLEXO B 1 A - 2 ML SORO FISIOLÓGICO - 100 ML ENDOVENOSO ADMINISTRADO DE 15 A 20 MINUTOS 1 À 2 VEZES POR SEMANA. Objetivo : Quelar Metais Tóxicos e Optimizar MICROCIRCULAÇÃO ÚNICA PRECAUÇÃO QUALIDADE SORO FISIOLÓGICO, ISTO É, CHOQUE PIROGÉNICO Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 43. Neurotransmissores Estratégia do uso do nutriente para evitar neurodegeneração PADRÕES USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 LECITINA (SOJA, OVO) 5 G DE LECITINA = 1G COLINA COLINA 0,5 g 1g 1,5g 3g ACETIL L CARNITINA (AGROTÓXICO) 100 mg 200 mg 400 mg 800mg ZINCO (MNDA RECEPTOR) 10 mg 20 mg 30 mg 50 mg MAGNÉSIO (MNDA RECEPTOR) 100 mg 200 mg 400 mg 600mg OROTATO DE LÍTIO (MNDA RECEPTOR) 50mg 100mg 200mg 400mg FOSFATIDILSERINA 50mg 100mg 200mg 400mg GINKO BILOBA 40mg 80mg 160mg 320mg GINSENG SIBERIANO 100mg 200mg 300mg 400mg QIAN CENG TAN (HUPERZIA SERRATA) 50mcg 100mcg 200mcg 300mcg ÁCIDO LIPÓICO 10mg 20mg 40mg 80mg DHEA (SUB-LINGUAL) 5 mg 10mg 20mg 40mg ESTRADIOL (TRANSDÉRMICO) 0,1mg 0,2 mg 0,3 mg 0,5 mg TESTOSTERONA BÁSICA (TRASNDÉRMICO) 2 mg 4 mg 8 mg 15mg PROGESTERONA NATURAL (TRASNDÉRMICO) 5 mg 10 mg 15 mg 25mg ÓLEO DE LINHAÇA 0,5 g 1g 2g 3g OMEGA 3 1g 2g 3g 4g Dr. Tsutomu Higashi
  • 44. MEDICAMENTOS NATURAIS USADOS PARA REDUÇÃO DE COLESTEROL Neurotransmissores PADRÃO USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 Monascus Purpureus 1 cp= 350 mg 2cp 3cp 4cp 6 cp Policosanol 2,5 mg 5 mg 7,5 mg 10 mg Gugu lipídeos 50 mg 100 mg 200 mg 300 mg Ácido nicotínico (Metri) HDL 0,5g 1g 1,5 g 2g Vastatina Não indicamos porque extrai Ubiquinona da célula (ATP) Dr. Tsutomu Higashi
  • 45. PREVENÇÃO DE ENXAQUECA (MIGRÂNEA)= DISTÚRBIO ELETROQUIMICO E VASCULAR Baseado na Experiência pessoal Cefaleátra prof.º Dr. Abouch Valenty Krymchantowski (UFRJ) Neurotransmissores PADRÕES USADOS NA CLÍNICA P1 P2 P3 P4 Beta bloqueador (Atenolol) 10 mg 20 mg 30 mg 50mg Antidepressivos Tricíclicos (Nortriptilina) 10 mg 20 mg 30 mg 40mg Antagonista de canal de cálcio (Flunarizina) 1 mg 2mg 3mg 4mg Dr. Tsutomu Higashi
  • 46. ENXAQUECA AGUDA I- Receita Domiciliar (MAXALT) Rizatriptano (5mg ou 10 mg) + AINES - (IBUPRIL) Ibuprofeno (300 mg-600mg) Ou - (CELEBRA) Celecoxib (100mg -200mg) II-A. Uso Consultório (SUMAX) Sumatriptana Comprimido(oral) Intra nasal(spray) Subcutânea (Padrão *****) Emergências – Opções : II- B. Endovenoso 1- DOLAMIN (Cromoxinato de Lisina) Aplicar 1A de Dolamin diluída em 20 ml de S.F. ou diluir em um frasco de S.F. de 100 ml com scalp borboleta Obs: Deve ser administrada lenta. ou 2- PANCURON (Brometo de Pancurônio) -Diluir 1A de Pancuron com um frasco de Xylocaína de 20ml à 2% sem vaso. -15 ml a 20ml de Sulf. de Mg 10% com 2ml da PANCURON diluído, diluir em 1 frasco de S.F. de 100ml e aplicar com scalp borboleta. Obs: Deve ser administrada de 15 à 20 minutos Neurotransmissores Dr. Tsutomu Higashi
  • 47. CASUÍSTICA N.º 1 Paciente : Z. Idade : 54 anos Profissão : Agropecuário Q.P: Tonturas, sinusite crônica, constipação intestinal crônica, dificuldade de administrar negócio (não consegue discernir a prioridade). Há 2 anos que faz tratamento multidisciplinar das seguintes especialidades: Gastro, Neuro, Cárdio, Otorrino, Clinico geral. MARCADORES BIOQUÍMICOS DATA 28/09/04 13/10/04 09/11/04 06/12/04 13/05/2005 Integrina 34 27 12 6 28 PCR-U 35 31 22 10 13 Serotonina 26 27 29 30 22 Dopamina 31 33 34 35 18 GABA 29 19 29 30 22 Acetil Colina 470 450 500 500 410 Beta Amilóide 11 11 11 0,1 11 Malonil Aldeído 4 4 2 NR 3 Hidroxila 4 3 2 2 2 8-0H-Dg 7 7 3 2 4 Coez Q10 10 pg Ac. Glutâmico 5mg