SlideShare uma empresa Scribd logo
Conceito da
Contabilidad
e
É Uma Ciência Que Tem o Objetivo de
Conhecer a Situação Patrimonial das
Pessoas e Suas Mutações
Ela Também Estuda (e Controla) o Patrimônio das
Entidades, Mediante o Registro, a Demonstração e
a Interpretação dos Fatos Econômicos
A Finalidade da Contabilidade é Proporcionar
Planejamento e Controle às Organizações
TÉCNICAS CONTÁBEIS
ESCRITURAÇÃO
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
AUDITORIA
ANÁLISE de BALANÇO
ESCRITURAÇÃO:É a Técnica Que Registra as Ocorrências
Com Efeitos no Patrimônio das Empresas
É o Meio Que Possibilita Agregar os
Fatos Ocorridos e Elaborar
Demonstrativos Capazes de Informar o
Patrimônio da Entidade
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS
Destacam-se o Balanço Patrimonial, o Demonstrativo
de Resultados do Exercício e o Inventário
ANÁLISE
de
BALANÇO
Interpreta as Contas da Empresa, Sua Capacidade
de Pagamentos, o Grau de Solvência e Se Houve (ou
Não) Evolução no Patrimônio
AUDITORIA
Verifica a Qualidade da Informação,
Confirmando (ou Não) Se os Demonstrativos
Representam a Situação Patrimonial
QUEM SÃO OS INTERESSADOS nas INFORMAÇÕES
CONTÁBEIS?
1) As Pessoas em Geral: Todos Somos
Investidores de Recursos, Conciliando
Nossas Rendas e Gastos
2) Sócios e Acionistas: Têm Interesse
no Retorno do “Capital Inicial”
Investido
3) Empregados: A Empresa é a Sua
Fonte de Recursos e a responsável
Pela Manutenção da Sua Família
4) Administradores e
Gestores: Necessitam de
Informações Para Melhor
Decidirem Sobre os Caminhos
Tomados 5) Fornecedores e
Investidores: Objetivam o
Retorno dos Recursos
Investidos (em
Mercadorias ou Outros
Investimentos)
6) Governos: Necessitam de
Informações (Sob Forma de
Impostos) e Sobre o
Desenvolvimento de Áreas
Geográficas e Segmentos de
Princípios Contábeis Geralmente Aceitos (PCGA)
1) ENTIDADE: É a Empresa Que a Contabilidade Servirá
e, Por Isso, Não Devemos Misturar o Patrimônio dos
Sócios Com o da Entidade
2) COMPETÊNCIAS: É o Espaço de Tempo Entre Um
Balanço e Outro. Ou Seja, é o Período Contábil
3) REALIZAÇÃO: Considera-se “Receita” em Uma
Empresa Quando se Realiza a Troca de Um Produto
(ou Serviço) Por Outro Bem (Dinheiro)
5) Custo Como
Base de Valor: O
Valor da Compra
de Um Bem (ou
Seu Custo de
Fabricação) Deve
Ser Constar Como
ATIVO da Empresa
4) Denominador Comum Monetário: A
Contabilidade Mede a Situação Patrimonial,
Usando a MOEDA Como Denominador Comum
6) CONTINUIDADE: Supõe-se Que as
Empresas Operem Indefinidamente e, Se as
Suas Atividades São Paralisadas, Atribui-se
Valores ao Patrimônio
TRIBUTOS A) FEDERAIS: Contribuição Sobre o
Lucro Líquido (CSLL), PIS, COFINS,
INSS, IPI e IRPJ
B) ESTADUAIS: O Principal Imposto Estadual
é o ICMS Que, no Estado do RJ, é de 19%
(em Média)
C) MUNICIPAIS: O Principal Imposto Municipal
é o ISS Que, na Cidade do RJ, é de 5%
PATRIMÔNI
O
É o Conjunto de Bens, Direitos e
Obrigações de Uma Empresa, os Quais
Podem Ser Avaliados em Dinheiro
Componentes
do Patrimônio
BENS
DIREITOS
OBRIGAÇÕES
BENS: Imóveis, Caixa, Mercadorias,
Máquinas, Equipamentos, Dinheiro
em Bancos, Móveis e Veículos
DIREITOS: Cheques , Títulos,
Duplicatas e Impostos a Receber
OBRIGAÇÕES: Duplicatas, Salários e Impostos a Pagar
Os Bens e os
Direitos São os
Elementos
Positivos da
Estrutura
Patrimonial de
Uma Empresa e,
as Obrigações, os
Elementos
Negativos
Dessa Forma, o Patrimônio de Uma
Empresa é Representado Pela Igualdade
Entre os Elementos (Positivos e
Negativos), Havendo a Necessidade de Um
“Equilíbrio” da Equação Patrimonial
BENS + DIREITOS – OBRIGAÇÕES = S. Líquida
Ao Confrontar os Valores Positivos e Negativos Podemos
Encontrar Três (3) Situações:
1) Os Ativos São Maiores Que o
Passivo
Nesse Caso os Bens e os Direitos (Valores
Positivos) São Maiores do Que as Obrigações
(Valores Negativos), Resultando em Superávit
2) Os Ativos São Iguais ao Passivo
Nesse Caso os Bens e os Direitos São Suficientes Apenas
Para Honrar as Obrigações da Empresa, Caracterizando-
se Uma Situação de Liquidez Nula
3) Os Ativos
São Menores
Que o
Passivo
Nesse Caso Haveria Insuficiência de Bens e
Direitos Para Pagar as Obrigações,
Caracterizando-se Uma Situação Deficitária
(Déficit ou Situação Líquida Passiva)
Os ATIVOS São a Soma
Dos Elementos Positivos
(BENS e DIREITOS) ; Ou
Seja, é Para Onde São
Destinados os Recursos
da Empresa
Esses Recursos São Aplicados na
Compra de Mercadorias (Para
Revenda ou Consumo), Máquinas,
Veículos, Móveis, Equipamentos, Etc.
De Forma Contrária, o PASSIVO Representa
Todas as Obrigações da Empresa a Serem
Pagas Sobre Empréstimos, Dívidas,
Pagamentos a Fornecedores, Impostos, Etc.
PATRIMÔNIO LÍQUIDO é o Investimento
Inicial Que os Proprietários Fizeram na
Empresa, Que Pode Ter Sido Sob a
Forma de Dinheiro ou Outros Ativos
Como Imóveis, Veículos, Etc.
Sendo Assim, Pode-se Afirmar Que o PATRIMÔNIO
LÍQUIDO de Uma Empresa é Formado Por Uma Série de
Operações, Onde Cada Uma Existe a Origem e a Aplicação
dos Recursos. E, Por Estar Sempre Envolvendo Dois (2)
Elementos, Garante-se a Igualdade do Patrimônio e o
Equilíbrio das Contas da Empresa
A EQUAÇÃO CONTÁBIL FUNDAMENTAL:
ATIVO (A) = PASSIVO (P) + PATRIMÔNIO LÍQUIDO (PL)
Ou Seja: O Que Uma
Empresa Possui
(Ativo) é Igual Ao Total
do Que Ela Deve a
Terceiros (Passivo),
Mais o Que Foi
Investido Para a
Abertura da Empresa
(Patrimônio Líquido)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Principios contábeis
Principios contábeisPrincipios contábeis
Principios contábeis
Cássio Lima
 
1000 exercicios resolvidos contabilidade
1000 exercicios resolvidos contabilidade1000 exercicios resolvidos contabilidade
1000 exercicios resolvidos contabilidade
razonetecontabil
 
Contabilidade Modulo 1
Contabilidade   Modulo 1Contabilidade   Modulo 1
Contabilidade Modulo 1
Hilda Pinto Gonçalves
 
Contabilidade geral ppt
Contabilidade geral   pptContabilidade geral   ppt
Contabilidade geral ppt
simuladocontabil
 
Contabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO ContadoresContabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO Contadores
Leonardo Novaes
 
Contabilidade geral conceitos
Contabilidade geral conceitosContabilidade geral conceitos
Contabilidade geral conceitos
apostilacontabil
 
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORESCONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
Cássio Lima
 
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo PiresConceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Danilo Pires
 
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração  do Resultado do ExercícioDRE - Demonstração  do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
Wandick Rocha de Aquino
 
Exercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e créditoExercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e crédito
Raimundo Filho
 
Escrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbilEscrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbil
Jesus Bandeira
 
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade 1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
Bolivar Motta
 
Ativo, passivo e patrimônio liquido
Ativo, passivo e patrimônio liquidoAtivo, passivo e patrimônio liquido
Ativo, passivo e patrimônio liquido
Home Office Oxe!
 
A história da contabilidade!
A história da contabilidade!A história da contabilidade!
A história da contabilidade!
wrssantos
 
Análise das Demonstrações Financeiras
Análise das Demonstrações FinanceirasAnálise das Demonstrações Financeiras
Análise das Demonstrações Financeiras
Milton Henrique do Couto Neto
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Contabilidade razonetes resolvidos
Contabilidade razonetes resolvidosContabilidade razonetes resolvidos
Contabilidade razonetes resolvidos
razonetecontabil
 
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Livro de exercício   - contabilidade introdutóriaLivro de exercício   - contabilidade introdutória
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Lylian Vieira
 
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIALORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
Juliane Aparecida Alves
 
Plano de contas contabil
Plano de contas contabilPlano de contas contabil
Plano de contas contabil
simuladocontabil
 

Mais procurados (20)

Principios contábeis
Principios contábeisPrincipios contábeis
Principios contábeis
 
1000 exercicios resolvidos contabilidade
1000 exercicios resolvidos contabilidade1000 exercicios resolvidos contabilidade
1000 exercicios resolvidos contabilidade
 
Contabilidade Modulo 1
Contabilidade   Modulo 1Contabilidade   Modulo 1
Contabilidade Modulo 1
 
Contabilidade geral ppt
Contabilidade geral   pptContabilidade geral   ppt
Contabilidade geral ppt
 
Contabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO ContadoresContabilidade Para NãO Contadores
Contabilidade Para NãO Contadores
 
Contabilidade geral conceitos
Contabilidade geral conceitosContabilidade geral conceitos
Contabilidade geral conceitos
 
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORESCONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
CONTABILIDADE PARA NÃO CONTADORES
 
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo PiresConceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
 
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração  do Resultado do ExercícioDRE - Demonstração  do Resultado do Exercício
DRE - Demonstração do Resultado do Exercício
 
Exercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e créditoExercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e crédito
 
Escrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbilEscrituração ContÁbil
Escrituração ContÁbil
 
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade 1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
 
Ativo, passivo e patrimônio liquido
Ativo, passivo e patrimônio liquidoAtivo, passivo e patrimônio liquido
Ativo, passivo e patrimônio liquido
 
A história da contabilidade!
A história da contabilidade!A história da contabilidade!
A história da contabilidade!
 
Análise das Demonstrações Financeiras
Análise das Demonstrações FinanceirasAnálise das Demonstrações Financeiras
Análise das Demonstrações Financeiras
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
 
Contabilidade razonetes resolvidos
Contabilidade razonetes resolvidosContabilidade razonetes resolvidos
Contabilidade razonetes resolvidos
 
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Livro de exercício   - contabilidade introdutóriaLivro de exercício   - contabilidade introdutória
Livro de exercício - contabilidade introdutória
 
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIALORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
 
Plano de contas contabil
Plano de contas contabilPlano de contas contabil
Plano de contas contabil
 

Semelhante a Noções Básicas de Contabilidade

Resumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade BásicaResumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade Básica
eadrede
 
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpocCustos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
Geraldo Luis Araujo
 
Apostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concursoApostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concurso
Bruna Pedroso
 
Principios contabeis
Principios contabeisPrincipios contabeis
Principios contabeis
Ernani Nascimento
 
Pos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contab
Pos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contabPos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contab
Pos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contab
zeramento contabil
 
Contabilidade fundamentos
Contabilidade fundamentosContabilidade fundamentos
Contabilidade fundamentos
apostilacontabil
 
Aula 09 secretariado
Aula 09 secretariadoAula 09 secretariado
Aula 09 secretariado
Homero Alves de Lima
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
Celso Frederico Lago
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
Canal Maktub
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
Canal Maktub
 
Apostila contabilidade geral pronta
Apostila contabilidade geral prontaApostila contabilidade geral pronta
Apostila contabilidade geral pronta
ALEXANDRE SOUZA DA PAZ DAMASO
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
zeramento contabil
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
zeramento contabil
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
capitulocontabil
 
Apostila contabilidade1
Apostila contabilidade1Apostila contabilidade1
Apostila contabilidade1
Letícia Melo
 
Contabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumãoContabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumão
contacontabil
 
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 Módulo 1   Contabilidade Gerencial Módulo 1   Contabilidade Gerencial
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
PUC Minas
 
Administracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILAAdministracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILA
Roger Guimarães
 
Oque e contabilidade
Oque e contabilidadeOque e contabilidade
Oque e contabilidade
razonetecontabil
 
Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10
Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10
Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 

Semelhante a Noções Básicas de Contabilidade (20)

Resumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade BásicaResumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade Básica
 
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpocCustos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
 
Apostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concursoApostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concurso
 
Principios contabeis
Principios contabeisPrincipios contabeis
Principios contabeis
 
Pos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contab
Pos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contabPos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contab
Pos 4 audi_fisc_trib_apostila_fund_contab
 
Contabilidade fundamentos
Contabilidade fundamentosContabilidade fundamentos
Contabilidade fundamentos
 
Aula 09 secretariado
Aula 09 secretariadoAula 09 secretariado
Aula 09 secretariado
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Apostila contabilidade geral pronta
Apostila contabilidade geral prontaApostila contabilidade geral pronta
Apostila contabilidade geral pronta
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00Contabilidade respostas 00
Contabilidade respostas 00
 
Apostila contabilidade1
Apostila contabilidade1Apostila contabilidade1
Apostila contabilidade1
 
Contabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumãoContabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumão
 
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 Módulo 1   Contabilidade Gerencial Módulo 1   Contabilidade Gerencial
Módulo 1 Contabilidade Gerencial
 
Administracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILAAdministracao financeira - APOSTILA
Administracao financeira - APOSTILA
 
Oque e contabilidade
Oque e contabilidadeOque e contabilidade
Oque e contabilidade
 
Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10
Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10
Práticas financeiras e contábeis - Aulas 9 e 10
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 

Mais de PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas (20)

Comportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de TrabalhoComportamento em Ambientes de Trabalho
Comportamento em Ambientes de Trabalho
 
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes SociaisComo Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
Como Utilizar o Marketing nas Redes Sociais
 
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
Ambiente Empreendedor nas Corporações e a Proposta de Um Modelo de Inovação P...
 
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes CorporativosPostura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
Postura e Imagem Profissional em Ambientes Corporativos
 
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
Psicologia do Trabalho (Uma Introdução ao Estudo do Comportamento e da Person...
 
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptxO Processo de Transporte de Cargas.pptx
O Processo de Transporte de Cargas.pptx
 
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptxConceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
Conceitos, Evolução e Processos Logísticos.pptx
 
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas OrganizacõesA Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
A Criatividade Como Estratégia Competitiva Nas Organizacões
 
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
A Ciência Política e as Implicações Filosóficas, Sociológicas e Jurídicas no ...
 
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptxTécnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
Técnicas de Relacionamentos Interpessoais.pptx
 
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptxA Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
A Identidade Visual na Criação de Uma Marca.pptx
 
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptxGestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
Gestão Financeira Para Pequenas Empresas.pptx
 
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptxA Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
A Contabilidade Como Instrumento Gerencial.pptx
 
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptxProgramação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
Programação Neurolinguística – História, Competências e Pressupostos.pptx
 
DINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptxDINÂMICA de GRUPO.pptx
DINÂMICA de GRUPO.pptx
 
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptxAUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO.pptx
 
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptxDESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
DESENVOLVIMENTO PESSOAL no TRABALHO.pptx
 
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptxINTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
INTELIGÊNCIA de NEGÓCIOS.pptx
 
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptxA Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
A Controladoria Voltada a Avaliação de Desempenho nas Empresas.pptx
 
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
Psicologia Organizacional (Histórico, Conceitos e Clima)
 

Noções Básicas de Contabilidade

  • 1. Conceito da Contabilidad e É Uma Ciência Que Tem o Objetivo de Conhecer a Situação Patrimonial das Pessoas e Suas Mutações Ela Também Estuda (e Controla) o Patrimônio das Entidades, Mediante o Registro, a Demonstração e a Interpretação dos Fatos Econômicos A Finalidade da Contabilidade é Proporcionar Planejamento e Controle às Organizações TÉCNICAS CONTÁBEIS ESCRITURAÇÃO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AUDITORIA ANÁLISE de BALANÇO
  • 2. ESCRITURAÇÃO:É a Técnica Que Registra as Ocorrências Com Efeitos no Patrimônio das Empresas É o Meio Que Possibilita Agregar os Fatos Ocorridos e Elaborar Demonstrativos Capazes de Informar o Patrimônio da Entidade DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Destacam-se o Balanço Patrimonial, o Demonstrativo de Resultados do Exercício e o Inventário ANÁLISE de BALANÇO Interpreta as Contas da Empresa, Sua Capacidade de Pagamentos, o Grau de Solvência e Se Houve (ou Não) Evolução no Patrimônio AUDITORIA Verifica a Qualidade da Informação, Confirmando (ou Não) Se os Demonstrativos Representam a Situação Patrimonial
  • 3. QUEM SÃO OS INTERESSADOS nas INFORMAÇÕES CONTÁBEIS? 1) As Pessoas em Geral: Todos Somos Investidores de Recursos, Conciliando Nossas Rendas e Gastos 2) Sócios e Acionistas: Têm Interesse no Retorno do “Capital Inicial” Investido 3) Empregados: A Empresa é a Sua Fonte de Recursos e a responsável Pela Manutenção da Sua Família 4) Administradores e Gestores: Necessitam de Informações Para Melhor Decidirem Sobre os Caminhos Tomados 5) Fornecedores e Investidores: Objetivam o Retorno dos Recursos Investidos (em Mercadorias ou Outros Investimentos) 6) Governos: Necessitam de Informações (Sob Forma de Impostos) e Sobre o Desenvolvimento de Áreas Geográficas e Segmentos de
  • 4. Princípios Contábeis Geralmente Aceitos (PCGA) 1) ENTIDADE: É a Empresa Que a Contabilidade Servirá e, Por Isso, Não Devemos Misturar o Patrimônio dos Sócios Com o da Entidade 2) COMPETÊNCIAS: É o Espaço de Tempo Entre Um Balanço e Outro. Ou Seja, é o Período Contábil 3) REALIZAÇÃO: Considera-se “Receita” em Uma Empresa Quando se Realiza a Troca de Um Produto (ou Serviço) Por Outro Bem (Dinheiro) 5) Custo Como Base de Valor: O Valor da Compra de Um Bem (ou Seu Custo de Fabricação) Deve Ser Constar Como ATIVO da Empresa 4) Denominador Comum Monetário: A Contabilidade Mede a Situação Patrimonial, Usando a MOEDA Como Denominador Comum 6) CONTINUIDADE: Supõe-se Que as Empresas Operem Indefinidamente e, Se as Suas Atividades São Paralisadas, Atribui-se Valores ao Patrimônio
  • 5. TRIBUTOS A) FEDERAIS: Contribuição Sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS, COFINS, INSS, IPI e IRPJ B) ESTADUAIS: O Principal Imposto Estadual é o ICMS Que, no Estado do RJ, é de 19% (em Média) C) MUNICIPAIS: O Principal Imposto Municipal é o ISS Que, na Cidade do RJ, é de 5% PATRIMÔNI O É o Conjunto de Bens, Direitos e Obrigações de Uma Empresa, os Quais Podem Ser Avaliados em Dinheiro Componentes do Patrimônio BENS DIREITOS OBRIGAÇÕES
  • 6. BENS: Imóveis, Caixa, Mercadorias, Máquinas, Equipamentos, Dinheiro em Bancos, Móveis e Veículos DIREITOS: Cheques , Títulos, Duplicatas e Impostos a Receber OBRIGAÇÕES: Duplicatas, Salários e Impostos a Pagar Os Bens e os Direitos São os Elementos Positivos da Estrutura Patrimonial de Uma Empresa e, as Obrigações, os Elementos Negativos Dessa Forma, o Patrimônio de Uma Empresa é Representado Pela Igualdade Entre os Elementos (Positivos e Negativos), Havendo a Necessidade de Um “Equilíbrio” da Equação Patrimonial BENS + DIREITOS – OBRIGAÇÕES = S. Líquida
  • 7. Ao Confrontar os Valores Positivos e Negativos Podemos Encontrar Três (3) Situações: 1) Os Ativos São Maiores Que o Passivo Nesse Caso os Bens e os Direitos (Valores Positivos) São Maiores do Que as Obrigações (Valores Negativos), Resultando em Superávit 2) Os Ativos São Iguais ao Passivo Nesse Caso os Bens e os Direitos São Suficientes Apenas Para Honrar as Obrigações da Empresa, Caracterizando- se Uma Situação de Liquidez Nula 3) Os Ativos São Menores Que o Passivo Nesse Caso Haveria Insuficiência de Bens e Direitos Para Pagar as Obrigações, Caracterizando-se Uma Situação Deficitária (Déficit ou Situação Líquida Passiva)
  • 8. Os ATIVOS São a Soma Dos Elementos Positivos (BENS e DIREITOS) ; Ou Seja, é Para Onde São Destinados os Recursos da Empresa Esses Recursos São Aplicados na Compra de Mercadorias (Para Revenda ou Consumo), Máquinas, Veículos, Móveis, Equipamentos, Etc. De Forma Contrária, o PASSIVO Representa Todas as Obrigações da Empresa a Serem Pagas Sobre Empréstimos, Dívidas, Pagamentos a Fornecedores, Impostos, Etc. PATRIMÔNIO LÍQUIDO é o Investimento Inicial Que os Proprietários Fizeram na Empresa, Que Pode Ter Sido Sob a Forma de Dinheiro ou Outros Ativos Como Imóveis, Veículos, Etc. Sendo Assim, Pode-se Afirmar Que o PATRIMÔNIO LÍQUIDO de Uma Empresa é Formado Por Uma Série de Operações, Onde Cada Uma Existe a Origem e a Aplicação dos Recursos. E, Por Estar Sempre Envolvendo Dois (2) Elementos, Garante-se a Igualdade do Patrimônio e o Equilíbrio das Contas da Empresa
  • 9. A EQUAÇÃO CONTÁBIL FUNDAMENTAL: ATIVO (A) = PASSIVO (P) + PATRIMÔNIO LÍQUIDO (PL) Ou Seja: O Que Uma Empresa Possui (Ativo) é Igual Ao Total do Que Ela Deve a Terceiros (Passivo), Mais o Que Foi Investido Para a Abertura da Empresa (Patrimônio Líquido)