SlideShare uma empresa Scribd logo
DISCIPLINA: CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I
Prof.: Esp. JESUS PAIXAO SILVA BANDEIRA
Whats: 086 9 8874 - 2331
E-mail: jesuspaixaobandeira@hotmail.com
Muito Obrigado!!
ESCRITURAÇÃO
CONTÁBIL
A escrituração contábil pode ser definida como um conjunto de
lançamentos das operações da empresa, feita de forma estruturada e
sistematizada.
É o procedimento contábil que registra nos livros contábeis da
empresa as movimentações ocorridas em seu patrimônio.
ESCRITURAÇÃO
ESCRITURAÇÃO E SUA UTILIZAÇÃO
Para cada operação há um débito e um crédito de igual
valor.
Não há débitos sem créditos correspondentes.
MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS
6
Os fatos administrativos devem ser registrados/lançados nos
livros, fichas e controles que permitirão ao final dos exercícios a
elaboração das demonstrações contábeis.
• diário geral
• razão
• conta T – razonete (didaticamente utilizado)
• balancete de verificação (para fins de conferência)
• relatórios contábeis ( baseados nos razonetes)
INSTRUMENTOS DE REGISTRO
Tem como características o registro em ordem cronológica dos
acontecimentos na empresa. Pode ser feito de forma informatizada ou
manual e deve contemplar informações básicas como:
•data;
•conta(as) debitada(as);
•conta(as) creditada(as);
•histórico e;
•valor.
O LIVRO DIÁRIO
8
No pagamento de uma fatura a um fornecedor pode-se
processar o registro no diário da seguinte forma
D – Fornecedores ............. 8.546,32
C – Banco Bradesco................................8.546,32
Fornecedores ............. 8.546,32
à Banco Bradesco................................8.546,32
OBS: Nos lançamentos de diário os débitos sempre antecedem
os créditos. Os créditos são identificados pela indicação “a”.
DIÁRIO GERAL (EXEMPLO DE LANÇAMENTO)
9
Exemplo completo:
Belo Horizonte, 25 de Março de 2009
D – Fornecedores ............. 8.546,32
C – Banco ................................8.546,32
Pelo pagamento de parcela 3/6 da Nota/fatura nr 3467, vencida n/
data conforme cheque 239.
Tem sua principal função como sendo o agrupamento dos
registros executados no livro diário por contas específicas.
Informações obrigatórias a constar no Razão:
 identificação da conta;
 data da operação;
 coluna para lançamento a débito;
 coluna para lançamento a crédito;
 saldo final da conta.
O LIVRO RAZÃO
PARA UTILIZAÇÃO DIDÁTICA, CONVENCIONOU-SE TRABALHAR AS
CONTAS DE RAZÃO EM FORMA DE RAZONETES.
saldo inicial 10,00 2.000,00 movimento
movimento 10.000,00
total do débito (a) 10.010,00 2.000,00 total do crédito (b)
saldo final (a-b) 8.010,00
D 1.1.01.001 C
Caixa
D - 1.1.01.001 Caixa 5.000,00
C - 2.4.01.001 Capital Social 5.000,00
PROCESSO DE ESCRITURAÇÃO
13
Conta Conta
Débitos CréditosDébitos Créditos
Como podemos notar na esquematização gráfica de uma conta,
os itens do ativo são sempre colocados no lado esquerdo e os do
passivo e patrimônio líquido no lado direito.
RAZÃO ( EXEMPLO DE CONTABILIZAÇÃO)
14
Caixa Contas a pagar
2.500,00500,00
Patrimônio Líquido – Capital
Imobilizado
7.000,00 5.000,00
RAZÃO ( EXEMPLO DE CONTABILIZAÇÃO)
Fiscais: exigidos pelas esferas governamentais, ou seja, livro de
apuração do lucro real; livro de apuração do IPI; livro de Registro de
entrada e saída de mercadorias; livro de registro de empregados; livro
de apuração do ICMS;
Facultativos: livro caixa e livro de controle de duplicatas;
Sociedades anônimas: livro de registro de ações nominativas;
livro de transferência de ações nominativas; livro de atas das
assembléias gerais; livro de presença dos acionistas.
OUTROS LIVROS CONTÁBEIS
16
Atos Administrativos - Acontecimentos que não alteram o
patrimônio de uma empresa.
Fatos Contábeis - Acontecimentos que provocam alterações
qualitativas e /ou quantitativas no patrimônio da empresa.
ATOS E FATOS CONTÁBEIS
Provocam alterações qualitativas, Representam permutações
entre os elementos patrimoniais.
Ex: Comprar à vista, comprar à prazo, pagamento de duplicatas,
pagamento do IR dos empregados, aumento do CS com uso de
reservas de capital.
FATOS CONTÁBEIS PERMUTATIVOS
Provocam alterações quantitativas.
DIMINUTIVO, Reduzem o valor do PL
Ex: Pagamento de despesas, Apropriação de salários e etc.
AUMENTATIVO, Aumentam o valor do PL
Ex: Recebimento de receitas, Prescrição de dívida e etc.
FATOS CONTÁBEIS MODIFICATIVO
Provocam alterações qualitativas e quantitativas.
• DIMINUTIVO, Reduzem o valor do PL.
Ex: Recebimento de duplicata com desconto, pagamento de
duplicata com juros, reforma de dívida com juros.
• AUMENTATIVO, Aumentam o valor do PL.
Ex: Recebimento de duplicata com juros, pagamento de duplicata
com desconto, reforma de dívida com desconto.
FATOS CONTÁBEIS MISTOS.
20
Cada empresa ou organizações deve relacionar e todas as
contas (rubricas) analíticas e sintéticas em um Plano de Contas
completo. Este Plano de Contas deve ser inserido no sistema
operacional de forma a permitir os registros contábeis.
PLANO DE CONTAS:
21
•Primeira Fórmula: Um débito e um crédito
•Segunda Fórmula: Um débito e um ou mais créditos
•Terceira Fórmula: Dois ou mais débitos e um crédito
•Quarta Fórmula: Dois ou mais débitos e dois ou mais créditos.
FÓRMULAS DE LANÇAMENTOS:
22
É o instrumento contábil que verifica se o método das partidas
dobradas foi aplicado de forma correta, ou seja, os lançamentos
contábeis de débito e de crédito, para cada operação, devem ser
sempre iguais.
BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
23
MODELO DE BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
Descrição das contas Débito Crédito Total
Total
24
Os relatórios contábeis são o resultado final do processo de
escrituração e de alguns julgamentos de valor que o contador efetua
com relação a eventos futuros.
Podemos chegar aos saldos das demonstrações apurando os
saldos dos razonetes em “T” ou pelo Balancete de Verificação.
RELATÓRIOS CONTÁBEIS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Principios contábeis
Principios contábeisPrincipios contábeis
Principios contábeis
Cássio Lima
 
Introdução à Contabilidade
Introdução à ContabilidadeIntrodução à Contabilidade
Introdução à Contabilidade
Eliseu Fortolan
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
Francine Manhabosco
 
Slides Introdução à Contabilidade
Slides  Introdução à ContabilidadeSlides  Introdução à Contabilidade
Slides Introdução à Contabilidade
Ana Paula Bevilacqua
 
Fluxo de caixa apresentação
Fluxo de caixa   apresentaçãoFluxo de caixa   apresentação
Fluxo de caixa apresentação
Ana Marques
 
Exercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e créditoExercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e crédito
Raimundo Filho
 
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetesCaderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Daniel Itabaiana
 
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas EmpresasA Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Orçamento
OrçamentoOrçamento
Contabilidade geral ppt
Contabilidade geral   pptContabilidade geral   ppt
Contabilidade geral ppt
simuladocontabil
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Rafael Gonçalves
 
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIALORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
Juliane Aparecida Alves
 
Administração Financeira
Administração FinanceiraAdministração Financeira
Administração Financeira
elliando dias
 
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade 1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
Bolivar Motta
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
Dayane Dias
 
DRE
DREDRE
Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)
Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)
Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)
Adriano Bruni
 
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidadeCap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
capitulocontabil
 
Aula 1 introdução a adm financeira
Aula 1   introdução a adm financeiraAula 1   introdução a adm financeira
Aula 1 introdução a adm financeira
sscutrim
 

Mais procurados (20)

Principios contábeis
Principios contábeisPrincipios contábeis
Principios contábeis
 
Introdução à Contabilidade
Introdução à ContabilidadeIntrodução à Contabilidade
Introdução à Contabilidade
 
Administração financeira
Administração financeiraAdministração financeira
Administração financeira
 
Slides Introdução à Contabilidade
Slides  Introdução à ContabilidadeSlides  Introdução à Contabilidade
Slides Introdução à Contabilidade
 
Fluxo de caixa apresentação
Fluxo de caixa   apresentaçãoFluxo de caixa   apresentação
Fluxo de caixa apresentação
 
Exercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e créditoExercício contabilidade débito e crédito
Exercício contabilidade débito e crédito
 
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetesCaderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
 
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas EmpresasA Importância da Gestão Financeira nas Empresas
A Importância da Gestão Financeira nas Empresas
 
Orçamento
OrçamentoOrçamento
Orçamento
 
Contabilidade geral ppt
Contabilidade geral   pptContabilidade geral   ppt
Contabilidade geral ppt
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
 
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIALORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
 
Administração Financeira
Administração FinanceiraAdministração Financeira
Administração Financeira
 
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade 1.b   Princípios Fundamentais de Contabilidade
1.b Princípios Fundamentais de Contabilidade
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
 
DRE
DREDRE
DRE
 
Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)
Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)
Aulas de Custos (Margem de Contribuicao)
 
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidadeCap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
Cap 06 apuracao.de.resultado.e.regime.de.contabilidade
 
Aula 1 introdução a adm financeira
Aula 1   introdução a adm financeiraAula 1   introdução a adm financeira
Aula 1 introdução a adm financeira
 

Semelhante a Escrituração ContÁbil

Contabilidade comercial
Contabilidade comercialContabilidade comercial
Contabilidade comercial
Natália Blenda Antunes
 
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Wandick Rocha de Aquino
 
Apostila contabilidade concursos
Apostila    contabilidade   concursosApostila    contabilidade   concursos
Apostila contabilidade concursos
apostilacontabil
 
Apostila contabilidade concursos
Apostila    contabilidade   concursosApostila    contabilidade   concursos
Apostila contabilidade concursos
apostilacontabil
 
Registro contabil
Registro contabilRegistro contabil
Registro contabil
razonetecontabil
 
Cont
ContCont
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
Geisiane16
 
Contabilidade 08
Contabilidade 08Contabilidade 08
Contabilidade 08
zeramento contabil
 
6222 codigo de contas FAD (2).pdf
6222 codigo de contas FAD (2).pdf6222 codigo de contas FAD (2).pdf
6222 codigo de contas FAD (2).pdf
JoanaGasparPinheiro
 
Apostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geral
Apostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geralApostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geral
Apostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geral
zeramento contabil
 
Apostila contabilidade3
Apostila contabilidade3Apostila contabilidade3
Apostila contabilidade3
Adenilson da Rocha
 
Slide importantes
Slide importantesSlide importantes
Slide importantes
acmartins9
 
Demonstracões e balanços
Demonstracões e balançosDemonstracões e balanços
Demonstracões e balanços
ctidigital
 
Dicas passos para se efetuar um lançamento
Dicas passos para se efetuar um lançamentoDicas passos para se efetuar um lançamento
Dicas passos para se efetuar um lançamento
apostilacontabil
 
Conceito contas contabeis
Conceito contas contabeisConceito contas contabeis
Conceito contas contabeis
apostilacontabil
 
Guiamutualidades 2
Guiamutualidades 2Guiamutualidades 2
Guiamutualidades 2
Heseltine David
 
Gp contabilidade unidade iv
Gp contabilidade  unidade ivGp contabilidade  unidade iv
Gp contabilidade unidade iv
Claudia Patricia
 
Balancete
BalanceteBalancete
Balancete
João Oliveira
 
Aula 4 debito e credito
Aula 4  debito e creditoAula 4  debito e credito
Aula 4 debito e credito
Elane Silva
 

Semelhante a Escrituração ContÁbil (20)

Contabilidade comercial
Contabilidade comercialContabilidade comercial
Contabilidade comercial
 
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
Práticas Financeiras e Contábeis - :Aulas 9 e 10
 
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8
 
Apostila contabilidade concursos
Apostila    contabilidade   concursosApostila    contabilidade   concursos
Apostila contabilidade concursos
 
Apostila contabilidade concursos
Apostila    contabilidade   concursosApostila    contabilidade   concursos
Apostila contabilidade concursos
 
Registro contabil
Registro contabilRegistro contabil
Registro contabil
 
Cont
ContCont
Cont
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Contabilidade 08
Contabilidade 08Contabilidade 08
Contabilidade 08
 
6222 codigo de contas FAD (2).pdf
6222 codigo de contas FAD (2).pdf6222 codigo de contas FAD (2).pdf
6222 codigo de contas FAD (2).pdf
 
Apostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geral
Apostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geralApostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geral
Apostila 04 variacoes do patrimonio liquido-c.geral
 
Apostila contabilidade3
Apostila contabilidade3Apostila contabilidade3
Apostila contabilidade3
 
Slide importantes
Slide importantesSlide importantes
Slide importantes
 
Demonstracões e balanços
Demonstracões e balançosDemonstracões e balanços
Demonstracões e balanços
 
Dicas passos para se efetuar um lançamento
Dicas passos para se efetuar um lançamentoDicas passos para se efetuar um lançamento
Dicas passos para se efetuar um lançamento
 
Conceito contas contabeis
Conceito contas contabeisConceito contas contabeis
Conceito contas contabeis
 
Guiamutualidades 2
Guiamutualidades 2Guiamutualidades 2
Guiamutualidades 2
 
Gp contabilidade unidade iv
Gp contabilidade  unidade ivGp contabilidade  unidade iv
Gp contabilidade unidade iv
 
Balancete
BalanceteBalancete
Balancete
 
Aula 4 debito e credito
Aula 4  debito e creditoAula 4  debito e credito
Aula 4 debito e credito
 

Escrituração ContÁbil

  • 1. DISCIPLINA: CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I Prof.: Esp. JESUS PAIXAO SILVA BANDEIRA Whats: 086 9 8874 - 2331 E-mail: jesuspaixaobandeira@hotmail.com Muito Obrigado!!
  • 3. A escrituração contábil pode ser definida como um conjunto de lançamentos das operações da empresa, feita de forma estruturada e sistematizada. É o procedimento contábil que registra nos livros contábeis da empresa as movimentações ocorridas em seu patrimônio. ESCRITURAÇÃO
  • 4. ESCRITURAÇÃO E SUA UTILIZAÇÃO
  • 5. Para cada operação há um débito e um crédito de igual valor. Não há débitos sem créditos correspondentes. MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS
  • 6. 6 Os fatos administrativos devem ser registrados/lançados nos livros, fichas e controles que permitirão ao final dos exercícios a elaboração das demonstrações contábeis. • diário geral • razão • conta T – razonete (didaticamente utilizado) • balancete de verificação (para fins de conferência) • relatórios contábeis ( baseados nos razonetes) INSTRUMENTOS DE REGISTRO
  • 7. Tem como características o registro em ordem cronológica dos acontecimentos na empresa. Pode ser feito de forma informatizada ou manual e deve contemplar informações básicas como: •data; •conta(as) debitada(as); •conta(as) creditada(as); •histórico e; •valor. O LIVRO DIÁRIO
  • 8. 8 No pagamento de uma fatura a um fornecedor pode-se processar o registro no diário da seguinte forma D – Fornecedores ............. 8.546,32 C – Banco Bradesco................................8.546,32 Fornecedores ............. 8.546,32 à Banco Bradesco................................8.546,32 OBS: Nos lançamentos de diário os débitos sempre antecedem os créditos. Os créditos são identificados pela indicação “a”. DIÁRIO GERAL (EXEMPLO DE LANÇAMENTO)
  • 9. 9 Exemplo completo: Belo Horizonte, 25 de Março de 2009 D – Fornecedores ............. 8.546,32 C – Banco ................................8.546,32 Pelo pagamento de parcela 3/6 da Nota/fatura nr 3467, vencida n/ data conforme cheque 239.
  • 10. Tem sua principal função como sendo o agrupamento dos registros executados no livro diário por contas específicas. Informações obrigatórias a constar no Razão:  identificação da conta;  data da operação;  coluna para lançamento a débito;  coluna para lançamento a crédito;  saldo final da conta. O LIVRO RAZÃO
  • 11. PARA UTILIZAÇÃO DIDÁTICA, CONVENCIONOU-SE TRABALHAR AS CONTAS DE RAZÃO EM FORMA DE RAZONETES. saldo inicial 10,00 2.000,00 movimento movimento 10.000,00 total do débito (a) 10.010,00 2.000,00 total do crédito (b) saldo final (a-b) 8.010,00 D 1.1.01.001 C Caixa
  • 12. D - 1.1.01.001 Caixa 5.000,00 C - 2.4.01.001 Capital Social 5.000,00 PROCESSO DE ESCRITURAÇÃO
  • 13. 13 Conta Conta Débitos CréditosDébitos Créditos Como podemos notar na esquematização gráfica de uma conta, os itens do ativo são sempre colocados no lado esquerdo e os do passivo e patrimônio líquido no lado direito. RAZÃO ( EXEMPLO DE CONTABILIZAÇÃO)
  • 14. 14 Caixa Contas a pagar 2.500,00500,00 Patrimônio Líquido – Capital Imobilizado 7.000,00 5.000,00 RAZÃO ( EXEMPLO DE CONTABILIZAÇÃO)
  • 15. Fiscais: exigidos pelas esferas governamentais, ou seja, livro de apuração do lucro real; livro de apuração do IPI; livro de Registro de entrada e saída de mercadorias; livro de registro de empregados; livro de apuração do ICMS; Facultativos: livro caixa e livro de controle de duplicatas; Sociedades anônimas: livro de registro de ações nominativas; livro de transferência de ações nominativas; livro de atas das assembléias gerais; livro de presença dos acionistas. OUTROS LIVROS CONTÁBEIS
  • 16. 16 Atos Administrativos - Acontecimentos que não alteram o patrimônio de uma empresa. Fatos Contábeis - Acontecimentos que provocam alterações qualitativas e /ou quantitativas no patrimônio da empresa. ATOS E FATOS CONTÁBEIS
  • 17. Provocam alterações qualitativas, Representam permutações entre os elementos patrimoniais. Ex: Comprar à vista, comprar à prazo, pagamento de duplicatas, pagamento do IR dos empregados, aumento do CS com uso de reservas de capital. FATOS CONTÁBEIS PERMUTATIVOS
  • 18. Provocam alterações quantitativas. DIMINUTIVO, Reduzem o valor do PL Ex: Pagamento de despesas, Apropriação de salários e etc. AUMENTATIVO, Aumentam o valor do PL Ex: Recebimento de receitas, Prescrição de dívida e etc. FATOS CONTÁBEIS MODIFICATIVO
  • 19. Provocam alterações qualitativas e quantitativas. • DIMINUTIVO, Reduzem o valor do PL. Ex: Recebimento de duplicata com desconto, pagamento de duplicata com juros, reforma de dívida com juros. • AUMENTATIVO, Aumentam o valor do PL. Ex: Recebimento de duplicata com juros, pagamento de duplicata com desconto, reforma de dívida com desconto. FATOS CONTÁBEIS MISTOS.
  • 20. 20 Cada empresa ou organizações deve relacionar e todas as contas (rubricas) analíticas e sintéticas em um Plano de Contas completo. Este Plano de Contas deve ser inserido no sistema operacional de forma a permitir os registros contábeis. PLANO DE CONTAS:
  • 21. 21 •Primeira Fórmula: Um débito e um crédito •Segunda Fórmula: Um débito e um ou mais créditos •Terceira Fórmula: Dois ou mais débitos e um crédito •Quarta Fórmula: Dois ou mais débitos e dois ou mais créditos. FÓRMULAS DE LANÇAMENTOS:
  • 22. 22 É o instrumento contábil que verifica se o método das partidas dobradas foi aplicado de forma correta, ou seja, os lançamentos contábeis de débito e de crédito, para cada operação, devem ser sempre iguais. BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
  • 23. 23 MODELO DE BALANCETE DE VERIFICAÇÃO Descrição das contas Débito Crédito Total Total
  • 24. 24 Os relatórios contábeis são o resultado final do processo de escrituração e de alguns julgamentos de valor que o contador efetua com relação a eventos futuros. Podemos chegar aos saldos das demonstrações apurando os saldos dos razonetes em “T” ou pelo Balancete de Verificação. RELATÓRIOS CONTÁBEIS