SlideShare uma empresa Scribd logo
Ligações ou
Interações
Químicas
Parte II: Unidade E - Cap: 13, 14 e 15 - Pág: 194 -234
Prof. Severino Araújo
 GEOMETRIA MOLECULAR
 POLARIDADE DAS MOLÉCULAS
SEVERINO ARAÚJO
 Para prevermos a forma molecular, supomos que os
elétrons de valência se repelem e, conseqüentemente, a
molécula assume qualquer geometria 3D que minimize
essa repulsão.
 A forma espacial de uma molécula é determinada por
seus ângulos de ligação entre os átomos.
GEOMETRIA MOLECULAR
2ª Nota
do
Bimestre
Parte II: Unidade F
Cap: 16 e 17
SEVERINO ARAÚJO
NÚMERO DE VALÊNCIA
Número de ligações covalentes normais e dativas que um átomo é
capaz de formar.
GEOMETRIA MOLECULAR
GEOMETRIA MOLECULAR
 Linear
 Angular
 Trigonal Plana
 Piramidal
 Tetraédrica
XY ou X2
XY2
XY3
XY3
XY4
XY2
Ex:
Ex:
Ex:
Ex:
Ex:
GEOMETRIA MOLECULAR E POLARIDADE DA MOLÉCULA
 Linear
 Angular
 Trigonal Plana
 Piramidal
 Tetraédrica
XY ou X2 → polar ou apolar
XY2 → Apolar
XY3 → Apolar
XY3 → polar
XY4 → Apolar
XY2 → polar
Ligações ou interações quimicas
SEVERINO ARAÚJO
 Ao considerarmos a geometria ao redor do átomo central,
consideramos todos os elétrons (pares solitários e pares
ligantes).
 Quando damos nome à geometria molecular, focalizamos
somente na posição dos átomos.
GEOMETRIA MOLECULAR
Ligações ou interações quimicas
Ligações ou interações quimicas
Ligações ou interações quimicas
Ligações ou interações quimicas
GEOMETRIA MOLECULAR
POLARIDADE DAS MOLECULAS
POLARIDADE DAS lIGAÇÕES
Revisão Revisão
Exercícios
1ª) Dados os compostos covalentes, com as respectivas
estruturas:
I. BeH2.
II. CH4.
III. H2O.
IV. BF3.
V. NH3.
Dê as geometrias moleculares e a polaridade de cada item
acima.
2ª) (Uniderp-MS) Para responder a essa questão, considere
aspectos, como geometria molecular, polaridade, forças
intermoleculares e as séries:
I. CH4, C2H6, C3H8, C4H10
II. HF, HCl, HBr, HI
III. NH3, PH3, AsH3, SbH3
IV. H2O, H2S, H2Se, H2Te
V. F2, Cl2, Br2, I2
A série de moléculas que apresenta geometria molecular do
tipo angular é:
a) I.
b) II.
c) III.
d) IV.
e) V.
3ª) Dados os compostos covalentes, com as respectivas
estruturas:
I. BeH2 - Linear.
II. CH4 - Tetraédrica.
III. H2O - Linear.
IV. BF3 - Piramidal.
V. NH3 - Trigonal plana.
Pode-se afirmar que estão corretas:
a) I e II.
b) II, IV e V.
c) II, III e IV.
d) I, III e V.
e) Todas.
4ª) As moléculas do SiH4 e PH3 apresentam, as seguintes
respectivamente, as seguintes geometrias:
a) Quadrada plana e Tetraédrica.
b) Piramidal e Angular.
c) Quadrada plana e Triangular plana.
d) Piramidal e Quadrada plana.
e) Tetraédrica e Piramidal.
5ª) As moléculas do CH4 e NH3 apresentam, as seguintes
respectivamente, as seguintes geometrias:
a) Quadrada plana e Tetraédrica.
b) Piramidal e Angular.
c) Quadrada plana e Triangular plana.
d) Piramidal e Quadrada plana.
e) Tetraédrica e Piramidal.
1ª) Um elemento X, com 6 elétrons na camada de valência, combina-se
com o hidrogênio (H). A fórmula do composto formado é:
2ª) Átomos do elemento X (Z = 20) e do elemento Y (Z = 7) unem-se por
ligações iônicas originando o composto de fórmula:
3ª) As moléculas do CH4 e NH3 apresentam, as seguintes respectivamente,
as seguintes geometrias:
4ª) Dados os compostos covalentes, com as respectivas estruturas:
•BeH2 - Linear.
•CH4 - Tetraédrica.
•H2O - Linear.
•BF3 - Piramidal.
•NH3 - Trigonal plana.
5ª) Para adquirir configuração eletrônica de um gás nobre, o átomo de
Enxofre (S) de número atômico (Z) igual a 16 deve:
Revisão
Ligações ou interações quimicas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ligacoes quimicas
Ligacoes quimicasLigacoes quimicas
Ligacoes quimicas
Estude Mais
 
Ligação covalente e geometria molecular
Ligação covalente e geometria molecularLigação covalente e geometria molecular
Ligação covalente e geometria molecular
António Gonçalves
 
Física química
Física químicaFísica química
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
Kátia Elias
 
Aulas 19 e 20 - Ligações Químicas
Aulas 19 e 20 - Ligações QuímicasAulas 19 e 20 - Ligações Químicas
Aulas 19 e 20 - Ligações Químicas
Felipe Ribeiro de Siqueira
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
Efraim Lima
 
Aula - Ligação Química
Aula - Ligação QuímicaAula - Ligação Química
Aula - Ligação Química
alisozinho
 
Ligações interatômicas
Ligações interatômicasLigações interatômicas
Ligações interatômicas
Bio Sem Limites
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
Vinny Silva
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
Roberto Bagatini
 
Ligações Covalenntes
Ligações CovalenntesLigações Covalenntes
Ligações Covalenntes
Telso M Ferreira Junior
 
Ligações quimicas exercicios
Ligações quimicas exerciciosLigações quimicas exercicios
Ligações quimicas exercicios
Estude Mais
 
O que é a notação de lewis
O que é a notação de lewisO que é a notação de lewis
O que é a notação de lewis
daniela_silva
 
Ligações químicas
Ligações químicas  Ligações químicas
Ligações químicas
Adrianne Mendonça
 
Ligações química
Ligações químicaLigações química
Ligações química
José Antonio Paniagua
 
Ligação iônica
Ligação iônicaLigação iônica
Ligação iônica
João Paulo Souza dos Santos
 
Ligações químicas (Resumo Geral)
Ligações químicas (Resumo Geral)Ligações químicas (Resumo Geral)
Ligações químicas (Resumo Geral)
Renata Gonçalves
 
Ligações químicas 2013 objetivo
Ligações químicas 2013   objetivoLigações químicas 2013   objetivo
Ligações químicas 2013 objetivo
José Marcelo Cangemi
 
Ligações iônicas gm 5
Ligações iônicas   gm 5Ligações iônicas   gm 5
Ligações iônicas gm 5
nathaliafpaiva
 
Exercícios - geometria molecular
Exercícios - geometria molecularExercícios - geometria molecular
Exercícios - geometria molecular
Isabella Silva
 

Mais procurados (20)

Ligacoes quimicas
Ligacoes quimicasLigacoes quimicas
Ligacoes quimicas
 
Ligação covalente e geometria molecular
Ligação covalente e geometria molecularLigação covalente e geometria molecular
Ligação covalente e geometria molecular
 
Física química
Física químicaFísica química
Física química
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Aulas 19 e 20 - Ligações Químicas
Aulas 19 e 20 - Ligações QuímicasAulas 19 e 20 - Ligações Químicas
Aulas 19 e 20 - Ligações Químicas
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
 
Aula - Ligação Química
Aula - Ligação QuímicaAula - Ligação Química
Aula - Ligação Química
 
Ligações interatômicas
Ligações interatômicasLigações interatômicas
Ligações interatômicas
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Ligações químicas
Ligações químicasLigações químicas
Ligações químicas
 
Ligações Covalenntes
Ligações CovalenntesLigações Covalenntes
Ligações Covalenntes
 
Ligações quimicas exercicios
Ligações quimicas exerciciosLigações quimicas exercicios
Ligações quimicas exercicios
 
O que é a notação de lewis
O que é a notação de lewisO que é a notação de lewis
O que é a notação de lewis
 
Ligações químicas
Ligações químicas  Ligações químicas
Ligações químicas
 
Ligações química
Ligações químicaLigações química
Ligações química
 
Ligação iônica
Ligação iônicaLigação iônica
Ligação iônica
 
Ligações químicas (Resumo Geral)
Ligações químicas (Resumo Geral)Ligações químicas (Resumo Geral)
Ligações químicas (Resumo Geral)
 
Ligações químicas 2013 objetivo
Ligações químicas 2013   objetivoLigações químicas 2013   objetivo
Ligações químicas 2013 objetivo
 
Ligações iônicas gm 5
Ligações iônicas   gm 5Ligações iônicas   gm 5
Ligações iônicas gm 5
 
Exercícios - geometria molecular
Exercícios - geometria molecularExercícios - geometria molecular
Exercícios - geometria molecular
 

Destaque

Aulas de filosofia
Aulas de filosofiaAulas de filosofia
Aulas de filosofia
Estude Mais
 
A dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosferaA dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosfera
Estude Mais
 
A formação dos solos
A formação dos solosA formação dos solos
A formação dos solos
Estude Mais
 
Revisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemRevisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enem
Estude Mais
 
Teoria da Evolução
Teoria da EvoluçãoTeoria da Evolução
Teoria da Evolução
Estude Mais
 
Revisão 2a fase
Revisão 2a fase  Revisão 2a fase
Revisão 2a fase
quimicajulio
 
Capitães da Areia: Resumo da Obra
Capitães da Areia: Resumo da ObraCapitães da Areia: Resumo da Obra
Capitães da Areia: Resumo da Obra
Estude Mais
 
Drummond
DrummondDrummond
Drummond
Erica Frau
 
Transformações Gasosas: Estudo dos Gases
Transformações Gasosas: Estudo dos GasesTransformações Gasosas: Estudo dos Gases
Transformações Gasosas: Estudo dos Gases
Estude Mais
 
Quimica: Exercicios de MOL
Quimica: Exercicios de MOLQuimica: Exercicios de MOL
Quimica: Exercicios de MOL
Estude Mais
 
Biomas - resumo
Biomas - resumoBiomas - resumo
Biomas - resumo
Estude Mais
 
4 Hume
4 Hume 4 Hume
4 Hume
Erica Frau
 
Lista de exercícios sobre matriz
Lista de exercícios sobre matrizLista de exercícios sobre matriz
Lista de exercícios sobre matriz
Estude Mais
 
Apuntes enlace
Apuntes enlaceApuntes enlace
Apuntes enlace
daaladier
 
Biomas Mundiais
Biomas MundiaisBiomas Mundiais
Biomas Mundiais
Estude Mais
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
Estude Mais
 
Exercicio de sociologia e filosofia
Exercicio de sociologia e filosofiaExercicio de sociologia e filosofia
Exercicio de sociologia e filosofia
Estude Mais
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
Real Madrid FC
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
fvarelaquimica
 
Exercícios de Química
Exercícios de QuímicaExercícios de Química
Exercícios de Química
Romeu Abdala
 

Destaque (20)

Aulas de filosofia
Aulas de filosofiaAulas de filosofia
Aulas de filosofia
 
A dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosferaA dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosfera
 
A formação dos solos
A formação dos solosA formação dos solos
A formação dos solos
 
Revisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enemRevisao de biologia para o enem
Revisao de biologia para o enem
 
Teoria da Evolução
Teoria da EvoluçãoTeoria da Evolução
Teoria da Evolução
 
Revisão 2a fase
Revisão 2a fase  Revisão 2a fase
Revisão 2a fase
 
Capitães da Areia: Resumo da Obra
Capitães da Areia: Resumo da ObraCapitães da Areia: Resumo da Obra
Capitães da Areia: Resumo da Obra
 
Drummond
DrummondDrummond
Drummond
 
Transformações Gasosas: Estudo dos Gases
Transformações Gasosas: Estudo dos GasesTransformações Gasosas: Estudo dos Gases
Transformações Gasosas: Estudo dos Gases
 
Quimica: Exercicios de MOL
Quimica: Exercicios de MOLQuimica: Exercicios de MOL
Quimica: Exercicios de MOL
 
Biomas - resumo
Biomas - resumoBiomas - resumo
Biomas - resumo
 
4 Hume
4 Hume 4 Hume
4 Hume
 
Lista de exercícios sobre matriz
Lista de exercícios sobre matrizLista de exercícios sobre matriz
Lista de exercícios sobre matriz
 
Apuntes enlace
Apuntes enlaceApuntes enlace
Apuntes enlace
 
Biomas Mundiais
Biomas MundiaisBiomas Mundiais
Biomas Mundiais
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Exercicio de sociologia e filosofia
Exercicio de sociologia e filosofiaExercicio de sociologia e filosofia
Exercicio de sociologia e filosofia
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
 
Exercícios de Química
Exercícios de QuímicaExercícios de Química
Exercícios de Química
 

Semelhante a Ligações ou interações quimicas

Exercícios Geometria Molecular
Exercícios Geometria MolecularExercícios Geometria Molecular
Exercícios Geometria Molecular
Giovani Araujo
 
Geometria e polaridade molecular
Geometria e polaridade molecularGeometria e polaridade molecular
Geometria e polaridade molecular
Isabella Silva
 
Caderno5
Caderno5Caderno5
27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia
27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia
27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia
Dias Manuel
 
1.6.2. Geometria Molecular
1.6.2. Geometria Molecular1.6.2. Geometria Molecular
1.6.2. Geometria Molecular
Lucas Schnorrenberger
 
1.introducao organica
1.introducao organica1.introducao organica
1.introducao organica
Everson Carabolante
 
1.introducao organica
1.introducao organica1.introducao organica
1.introducao organica
Maria Gleides
 
1.introducao organica
1.introducao organica1.introducao organica
1.introducao organica
Everson Carabolante
 
Lista - ligações químicas 2
Lista - ligações químicas 2Lista - ligações químicas 2
Lista - ligações químicas 2
quimicabare
 
Aulão - Química
Aulão - QuímicaAulão - Química
Aulão - Química
Paulo Alexandre
 
Aulão - química
Aulão - químicaAulão - química
Aulão - química
Paulo Alexandre
 
Bia revisao estrutura atomica
Bia revisao estrutura atomicaBia revisao estrutura atomica
Bia revisao estrutura atomica
Samara Machado
 
Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14
Quimia
 
Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14
Celestino Silva
 
Ligaçoes iônicas
Ligaçoes iônicasLigaçoes iônicas
Ligaçoes iônicas
suellem camillato
 
Química Geral Lista 03
Química Geral Lista 03Química Geral Lista 03
Química Geral Lista 03
Ednilsom Orestes
 
Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2
Fidel Fernandes Teixeira
 
0708 f01
0708 f010708 f01
0708 f01
Wesley de Paula
 
14abrianexo2fisiquipedia
14abrianexo2fisiquipedia14abrianexo2fisiquipedia
14abrianexo2fisiquipedia
Ricardo Fonseca
 
Férias com química 3º ano
Férias com química   3º anoFérias com química   3º ano
Férias com química 3º ano
profronaldopompeu
 

Semelhante a Ligações ou interações quimicas (20)

Exercícios Geometria Molecular
Exercícios Geometria MolecularExercícios Geometria Molecular
Exercícios Geometria Molecular
 
Geometria e polaridade molecular
Geometria e polaridade molecularGeometria e polaridade molecular
Geometria e polaridade molecular
 
Caderno5
Caderno5Caderno5
Caderno5
 
27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia
27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia
27624568 teoria-da-ligacao-de-valencia
 
1.6.2. Geometria Molecular
1.6.2. Geometria Molecular1.6.2. Geometria Molecular
1.6.2. Geometria Molecular
 
1.introducao organica
1.introducao organica1.introducao organica
1.introducao organica
 
1.introducao organica
1.introducao organica1.introducao organica
1.introducao organica
 
1.introducao organica
1.introducao organica1.introducao organica
1.introducao organica
 
Lista - ligações químicas 2
Lista - ligações químicas 2Lista - ligações químicas 2
Lista - ligações químicas 2
 
Aulão - Química
Aulão - QuímicaAulão - Química
Aulão - Química
 
Aulão - química
Aulão - químicaAulão - química
Aulão - química
 
Bia revisao estrutura atomica
Bia revisao estrutura atomicaBia revisao estrutura atomica
Bia revisao estrutura atomica
 
Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14
 
Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14Folha de exame quimica ii periode 14
Folha de exame quimica ii periode 14
 
Ligaçoes iônicas
Ligaçoes iônicasLigaçoes iônicas
Ligaçoes iônicas
 
Química Geral Lista 03
Química Geral Lista 03Química Geral Lista 03
Química Geral Lista 03
 
Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2
 
0708 f01
0708 f010708 f01
0708 f01
 
14abrianexo2fisiquipedia
14abrianexo2fisiquipedia14abrianexo2fisiquipedia
14abrianexo2fisiquipedia
 
Férias com química 3º ano
Férias com química   3º anoFérias com química   3º ano
Férias com química 3º ano
 

Mais de Estude Mais

Exercício sobre Evolução
Exercício sobre EvoluçãoExercício sobre Evolução
Exercício sobre Evolução
Estude Mais
 
Exercicios de estatistica
Exercicios de estatisticaExercicios de estatistica
Exercicios de estatistica
Estude Mais
 
O que é um seminario
O que é um seminarioO que é um seminario
O que é um seminario
Estude Mais
 
Guia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de semináriosGuia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de seminários
Estude Mais
 
Revisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enemRevisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enem
Estude Mais
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Estude Mais
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
Estude Mais
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
Estude Mais
 
Ecologia comunidades
Ecologia comunidadesEcologia comunidades
Ecologia comunidades
Estude Mais
 
Sucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomasSucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomas
Estude Mais
 
Melhoramento genetico
Melhoramento geneticoMelhoramento genetico
Melhoramento genetico
Estude Mais
 
Questoes do enem de portugues
Questoes do enem de portuguesQuestoes do enem de portugues
Questoes do enem de portugues
Estude Mais
 
Populacoes Biologicas
Populacoes BiologicasPopulacoes Biologicas
Populacoes Biologicas
Estude Mais
 
Exercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimicaExercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimica
Estude Mais
 
Regime liberal populista
Regime liberal populistaRegime liberal populista
Regime liberal populista
Estude Mais
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
Estude Mais
 
Exercicios de Matematica
Exercicios de MatematicaExercicios de Matematica
Exercicios de Matematica
Estude Mais
 
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Estude Mais
 
Energia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemasEnergia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemas
Estude Mais
 
Exercicio de polinomios
Exercicio de polinomiosExercicio de polinomios
Exercicio de polinomios
Estude Mais
 

Mais de Estude Mais (20)

Exercício sobre Evolução
Exercício sobre EvoluçãoExercício sobre Evolução
Exercício sobre Evolução
 
Exercicios de estatistica
Exercicios de estatisticaExercicios de estatistica
Exercicios de estatistica
 
O que é um seminario
O que é um seminarioO que é um seminario
O que é um seminario
 
Guia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de semináriosGuia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de seminários
 
Revisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enemRevisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enem
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
 
Ecologia comunidades
Ecologia comunidadesEcologia comunidades
Ecologia comunidades
 
Sucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomasSucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomas
 
Melhoramento genetico
Melhoramento geneticoMelhoramento genetico
Melhoramento genetico
 
Questoes do enem de portugues
Questoes do enem de portuguesQuestoes do enem de portugues
Questoes do enem de portugues
 
Populacoes Biologicas
Populacoes BiologicasPopulacoes Biologicas
Populacoes Biologicas
 
Exercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimicaExercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimica
 
Regime liberal populista
Regime liberal populistaRegime liberal populista
Regime liberal populista
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
Exercicios de Matematica
Exercicios de MatematicaExercicios de Matematica
Exercicios de Matematica
 
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
 
Energia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemasEnergia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemas
 
Exercicio de polinomios
Exercicio de polinomiosExercicio de polinomios
Exercicio de polinomios
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 

Ligações ou interações quimicas

  • 1. Ligações ou Interações Químicas Parte II: Unidade E - Cap: 13, 14 e 15 - Pág: 194 -234 Prof. Severino Araújo
  • 2.  GEOMETRIA MOLECULAR  POLARIDADE DAS MOLÉCULAS SEVERINO ARAÚJO  Para prevermos a forma molecular, supomos que os elétrons de valência se repelem e, conseqüentemente, a molécula assume qualquer geometria 3D que minimize essa repulsão.  A forma espacial de uma molécula é determinada por seus ângulos de ligação entre os átomos. GEOMETRIA MOLECULAR 2ª Nota do Bimestre Parte II: Unidade F Cap: 16 e 17
  • 3. SEVERINO ARAÚJO NÚMERO DE VALÊNCIA Número de ligações covalentes normais e dativas que um átomo é capaz de formar. GEOMETRIA MOLECULAR
  • 4. GEOMETRIA MOLECULAR  Linear  Angular  Trigonal Plana  Piramidal  Tetraédrica XY ou X2 XY2 XY3 XY3 XY4 XY2 Ex: Ex: Ex: Ex: Ex:
  • 5. GEOMETRIA MOLECULAR E POLARIDADE DA MOLÉCULA  Linear  Angular  Trigonal Plana  Piramidal  Tetraédrica XY ou X2 → polar ou apolar XY2 → Apolar XY3 → Apolar XY3 → polar XY4 → Apolar XY2 → polar
  • 8.  Ao considerarmos a geometria ao redor do átomo central, consideramos todos os elétrons (pares solitários e pares ligantes).  Quando damos nome à geometria molecular, focalizamos somente na posição dos átomos. GEOMETRIA MOLECULAR
  • 13. GEOMETRIA MOLECULAR POLARIDADE DAS MOLECULAS POLARIDADE DAS lIGAÇÕES Revisão Revisão
  • 14. Exercícios 1ª) Dados os compostos covalentes, com as respectivas estruturas: I. BeH2. II. CH4. III. H2O. IV. BF3. V. NH3. Dê as geometrias moleculares e a polaridade de cada item acima.
  • 15. 2ª) (Uniderp-MS) Para responder a essa questão, considere aspectos, como geometria molecular, polaridade, forças intermoleculares e as séries: I. CH4, C2H6, C3H8, C4H10 II. HF, HCl, HBr, HI III. NH3, PH3, AsH3, SbH3 IV. H2O, H2S, H2Se, H2Te V. F2, Cl2, Br2, I2 A série de moléculas que apresenta geometria molecular do tipo angular é: a) I. b) II. c) III. d) IV. e) V.
  • 16. 3ª) Dados os compostos covalentes, com as respectivas estruturas: I. BeH2 - Linear. II. CH4 - Tetraédrica. III. H2O - Linear. IV. BF3 - Piramidal. V. NH3 - Trigonal plana. Pode-se afirmar que estão corretas: a) I e II. b) II, IV e V. c) II, III e IV. d) I, III e V. e) Todas.
  • 17. 4ª) As moléculas do SiH4 e PH3 apresentam, as seguintes respectivamente, as seguintes geometrias: a) Quadrada plana e Tetraédrica. b) Piramidal e Angular. c) Quadrada plana e Triangular plana. d) Piramidal e Quadrada plana. e) Tetraédrica e Piramidal. 5ª) As moléculas do CH4 e NH3 apresentam, as seguintes respectivamente, as seguintes geometrias: a) Quadrada plana e Tetraédrica. b) Piramidal e Angular. c) Quadrada plana e Triangular plana. d) Piramidal e Quadrada plana. e) Tetraédrica e Piramidal.
  • 18. 1ª) Um elemento X, com 6 elétrons na camada de valência, combina-se com o hidrogênio (H). A fórmula do composto formado é: 2ª) Átomos do elemento X (Z = 20) e do elemento Y (Z = 7) unem-se por ligações iônicas originando o composto de fórmula: 3ª) As moléculas do CH4 e NH3 apresentam, as seguintes respectivamente, as seguintes geometrias: 4ª) Dados os compostos covalentes, com as respectivas estruturas: •BeH2 - Linear. •CH4 - Tetraédrica. •H2O - Linear. •BF3 - Piramidal. •NH3 - Trigonal plana. 5ª) Para adquirir configuração eletrônica de um gás nobre, o átomo de Enxofre (S) de número atômico (Z) igual a 16 deve: Revisão