SlideShare uma empresa Scribd logo
World Quality Day 2010
www.thecqi.org/worldqualityday
© The Chartered Quality Institute, 12 Grosvenor Crescent, London SW1X 7EE *** T: 020 7245 6722 E: info@thecqi.org W: www.thecqi.org
INTRODUÇÃO À QUALIDADE
O que é qualidade?
No seu sentido mais amplo, a qualidade é um grau de excelência: na medida em que algo é adequado ao
seu propósito.
No sentido estrito, a qualidade do produto ou serviço é definida como:
Conformidade com a exigência
Livre de defeitos ou contaminações ou
Simplesmente um grau de satisfação do cliente.
Na gestão da qualidade, a qualidade é definida como o conjunto das características de um produto ou
serviço que afectam a sua capacidade de exercer as suas funções explícitas e implícitas. A qualidade
também adopta rapidamente a natureza ou o grau de impacto que uma organização tem sobre seus
stakeholders ,ambiente e sociedade.
No entanto, as especificações são um meio de transporte impreciso de aspectos subjectivos - nem tudo
pode ser reduzido a imagens ou características mensuráveis. Por exemplo, as características de amizade
ou cortesia numa indústria de serviços são difíceis de medir de forma confiável e repetida. Portanto, o
atendimento aos requisitos não é necessariamente tudo o que existe para atingir a qualidade.
Qualidade é o resultado de uma comparação entre o que foi requerido e o que foi fornecido. Não é
avaliado pelo produtor, mas pelo receptor. A sentença pode ser feita de uma intenção, como é o caso da
selecção de fornecedores, ou uma saída, como é o caso de quando se compra um produto ou serviço.
A única medida verdadeira de qualidade aceitável é a satisfação do cliente, que leva em conta tanto as
interpretações objectivas e subjectivas das necessidades e expectativas dos clientes. Se os clientes estão
satisfeitos com os produtos e serviços oferecidos, a organização não só interpretou correctamente as
necessidades e expectativas dos clientes como também ofereceu produtos e serviços de qualidade
aceitável.
Mudar a percepção do cliente
As necessidades e as expectativas dos clientes mudam constantemente. A consciencização das novas
tecnologias, legislação, problemas, produtos competitivos ou serviços cria novas necessidades para os
clientes. “Quereres” transformam-se em exigências de clientes quando estes começam a sua nova
compra. Portanto, é vital para as organizações melhorar constantemente a qualidade, para que se
mantenham os clientes satisfeitos, bem como angariar novos.
Qualidade e valor
O valor não é um preço, mas uma medida dos benefícios derivados de um produto ou serviço para o que
é dado em troca. Um produto pode muito bem atender aos requisitos físicos e funcionais, mas ser super
facturado, quando comparado a outros da mesma classe e categoria. Alternativamente, o mesmo produto
pode ser oferecido noutra loja por menos 50%, indicando um muito bom valor para o dinheiro.
World Quality Day 2010
www.thecqi.org/worldqualityday
© The Chartered Quality Institute, 12 Grosvenor Crescent, London SW1X 7EE *** T: 020 7245 6722 E: info@thecqi.org W: www.thecqi.org
Num esforço para reduzir custos, algumas empresas esqueceram-se de que é a qualidade do conjunto da
transação que conta. Acertar a qualidade do produto, ignorando as relações humanas entre cliente e
fornecedor não vai levar a satisfação dos clientes.
A qualidade não é
A qualidade não é a perfeição, um padrão, um procedimento, uma medida ou um adjectivo. Nenhuma
quantidade de inspecção muda a qualidade de um produto ou serviço. A qualidade não existe
isoladamente - tem de haver uma entidade, a qualidade do que está a ser discutido. A qualidade não é
uma característica específica de uma entidade, mas a medida em que essa característica atende a
determinadas necessidades. O valor da característica não é importante - é como o seu valor compara as
necessidades dos clientes, que significa a sua qualidade.
Porquê que uma organização deve estar interessada na qualidade?
Nem todas as empresas existem para fazer um lucro, como muitos querem fazer crer, mas para criar e
manter os clientes satisfeitos. Uma empresa não teria lucro se não conseguisse criar e manter clientes
satisfeitos. Fornecer produtos e serviços que atendam às necessidades e expectativas do cliente cria
clientes satisfeitos. Antecipar as necessidades e expectativas futuras mantém clientes satisfeitos.
Portanto, a qualidade é vital para a sobrevivência de qualquer empresa.
A que se aplica a qualidade?
Em cada produto, serviço, processo, tarefa, recurso, a decisão pode ser aceitáveis ou inaceitáveis.
Portanto, há uma qualidade intrínseca em tudo o que uma organização faz. Todos devem prestar atenção
à qualidade, desde os altos até aos baixos cargos em todas as funções de uma empresa. É tão
importante para a equipe de apoio que preste atenção à qualidade como para a produção.
Quem é responsável pela qualidade?
Só se pode ser responsável por fazer algo relativo à qualidade. Assim, uma pessoa pode ser responsável
por:
• Especificar os requisitos de qualidade
• Alcançar os requisitos de qualidade
• Determinar a qualidade de algo
Atribuir a responsabilidade significa dar a uma pessoa que é responsável por uma produção de qualidade
especial o direito de fazer as coisas acontecerem. Com este direito deve ser delegada a autoridade para
controlar os processos a quem cumpra essa produção de qualidade.
Um gestor não pode ser responsável pela qualidade dentro de uma organização, a menos que o gerente
seja o CEO. Tanto os gestores de uma especialidade, como um gestor de qualidade, pode fornecer,
liderança, treino, ferramentas, técnicas e dados de desempenho para permitir que os outros alcancem a
qualidade. No entanto, é importante para alguém da empresa liderar os resultados sobre o desempenho
de qualidade e essa pessoa precisa de habilidades e conhecimentos específicos.
Como é que a qualidade pode ser alcançada?
Vários métodos têm evoluído para alcançar, manter e melhorar a qualidade. Eles são conhecidos como
control de qualidade, melhoria da qualidade e garantia da qualidade - conhecidos colectivamente como
gestão da qualidade. A gestão da qualidade não é a preservação de um gestor, mas de todos os
gestores. A qualidade é conseguida através de uma cadeia de processos, cada qual tem de estar sob
World Quality Day 2010
www.thecqi.org/worldqualityday
© The Chartered Quality Institute, 12 Grosvenor Crescent, London SW1X 7EE *** T: 020 7245 6722 E: info@thecqi.org W: www.thecqi.org
controlo e sujeitos à melhoria contínua. A cadeia começa com uma gestão de topo que expressa um firme
compromisso com a qualidade, então:
• Determinar as necessidades e expectativas dos clientes
• Desenvolver e manter um sistema de gestão que irá permitir a realização das necessidades e
expectativas dos clientes - de forma confiável, repetidamente e economicamente
• Conceber produtos e serviços com características que reflictam as necessidades dos clientes
• Produtos de construção e serviços, de modo a reproduzir fielmente o seu design
• Verificar antes da entrega que os produtos e serviços possuem os recursos necessários
• Evitar o fornecimento de produtos e serviços com características que tornam os clientes insatisfeitos
• Descobrir e eliminar características indesejáveis nos produtos e serviços
• Encontrar soluções menos dispendiosas para as necessidades do cliente
• Tornar as operações mais eficientes e eficazes
• Descobrir o que vai encantar os clientes e fornecer-lhes isso
• O mais importante, honrar os compromissos
Uma variedade de padrões, filosofias, metodologias, ferramentas, técnicas e medidas foram
desenvolvidos para ajudar as organizações a alcançar esses objectivos:
• Sistemas de gestão - ISO 9000 (Qualidade), ISO 14000 (Ambiente), OSHAS 18000 (HST), ISO 27000
(Segurança da Informação), SA 8000 / ISO 26000 (Responsabilidade Social).
• Filosofias - gestão da qualidade total
• As metodologias - Gestão de processos de negócios, a melhoria contínua
• Ferramentas e técnicas - gráficos de processo, em caso de falha e análise de efeitos, controle estatístico
do processo, desdobramento da função qualidade
• Medidas - prémios de qualidade, o melhor valor, ISO 9000 e investimento nas pesoas.
Tradução Livre Autorizada

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão da qualidade
Gestão da qualidade Gestão da qualidade
Gestão da qualidade
Filipa Andrade
 
Fluxograma & Layout
Fluxograma & LayoutFluxograma & Layout
Fluxograma & Layout
Marden Rodrigues
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
Carlos Sousa
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
Mayra de Souza
 
Eras da qualidade
Eras da qualidadeEras da qualidade
Eras da qualidade
Renato Bottini
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
Alexandre Porto Araujo
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
Adriano Pereira
 
Aula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da QualidadeAula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da Qualidade
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 
Conscientização e motivação qualidade
Conscientização e motivação qualidadeConscientização e motivação qualidade
Conscientização e motivação qualidade
Sergio Canossa
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
Virginia Gonçalves
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
Engenharia da qualidade
Engenharia da qualidadeEngenharia da qualidade
Engenharia da qualidade
Alexandre Oliveira
 
Slides controle de qualidade
Slides controle de qualidadeSlides controle de qualidade
Slides controle de qualidade
Ingrid Iasmyn Amin
 
Qualidade e Produtividade
Qualidade e ProdutividadeQualidade e Produtividade
Qualidade e Produtividade
Hyldon Herbert Dias Mendes
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
Mauro Sobrenome
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
Laura Inafuko
 
Planejamento e controle da produção
Planejamento e controle da produçãoPlanejamento e controle da produção
Planejamento e controle da produção
Luiza Mucida
 
Eras da Qualidade
Eras da QualidadeEras da Qualidade
Eras da Qualidade
Rubia Soraya Rabello
 
Procedimentos operacionais padrão pop´s
Procedimentos operacionais padrão   pop´sProcedimentos operacionais padrão   pop´s
Procedimentos operacionais padrão pop´s
papacampos
 
Gerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de QualidadeGerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de Qualidade
elliando dias
 

Mais procurados (20)

Gestão da qualidade
Gestão da qualidade Gestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Fluxograma & Layout
Fluxograma & LayoutFluxograma & Layout
Fluxograma & Layout
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
 
Eras da qualidade
Eras da qualidadeEras da qualidade
Eras da qualidade
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Aula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da QualidadeAula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da Qualidade
 
Conscientização e motivação qualidade
Conscientização e motivação qualidadeConscientização e motivação qualidade
Conscientização e motivação qualidade
 
7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade7 ferramentas da qualidade
7 ferramentas da qualidade
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
ISO 9001
 
Engenharia da qualidade
Engenharia da qualidadeEngenharia da qualidade
Engenharia da qualidade
 
Slides controle de qualidade
Slides controle de qualidadeSlides controle de qualidade
Slides controle de qualidade
 
Qualidade e Produtividade
Qualidade e ProdutividadeQualidade e Produtividade
Qualidade e Produtividade
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Planejamento e controle da produção
Planejamento e controle da produçãoPlanejamento e controle da produção
Planejamento e controle da produção
 
Eras da Qualidade
Eras da QualidadeEras da Qualidade
Eras da Qualidade
 
Procedimentos operacionais padrão pop´s
Procedimentos operacionais padrão   pop´sProcedimentos operacionais padrão   pop´s
Procedimentos operacionais padrão pop´s
 
Gerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de QualidadeGerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de Qualidade
 

Semelhante a Introdução à qualidade

1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
Giselle Lopes
 
FORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdf
FORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdfFORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdf
FORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdf
OdsorenMartins
 
Servico Pós Venda
Servico Pós VendaServico Pós Venda
Servico Pós Venda
Sara Gonçalves
 
1 gestao da qualidade(1)
1 gestao da qualidade(1)1 gestao da qualidade(1)
1 gestao da qualidade(1)
Thulio Cesar
 
Gestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas OrganizaçõesGestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas Organizações
Adeildo Caboclo
 
Qualidade e excelência organizacional
Qualidade e excelência organizacionalQualidade e excelência organizacional
Qualidade e excelência organizacional
daianadelima
 
06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total
Marcim Nogueira
 
Gestão da Qualidade
Gestão da QualidadeGestão da Qualidade
Gestão da Qualidade
ProfessorRogerioSant
 
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdfAula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
ANNECAROLINEALBUQUER
 
Qualidade
QualidadeQualidade
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
Tiberio Soares
 
Qualidade e produtividade
Qualidade e produtividadeQualidade e produtividade
Qualidade e produtividade
Joao Telles Corrêa Filho
 
Gestao da qualidade - unesav
Gestao da qualidade - unesavGestao da qualidade - unesav
Gestao da qualidade - unesav
casa
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
AnaCruz222982
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
AnaCruz222982
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
IsabelMaria77
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
Carla Silva
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
SusanaVieira65
 
KickOff ISO9001 Veleiro Litoral
KickOff ISO9001 Veleiro LitoralKickOff ISO9001 Veleiro Litoral
10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total
Luiza Claro
 

Semelhante a Introdução à qualidade (20)

1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual1122  noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
1122 noes-e_normas_da_qualidade_-_manual
 
FORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdf
FORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdfFORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdf
FORMAÇÃO_Módulo 1_Qualidade,Melhoria e Ética_2021.pdf
 
Servico Pós Venda
Servico Pós VendaServico Pós Venda
Servico Pós Venda
 
1 gestao da qualidade(1)
1 gestao da qualidade(1)1 gestao da qualidade(1)
1 gestao da qualidade(1)
 
Gestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas OrganizaçõesGestão da Qualidade nas Organizações
Gestão da Qualidade nas Organizações
 
Qualidade e excelência organizacional
Qualidade e excelência organizacionalQualidade e excelência organizacional
Qualidade e excelência organizacional
 
06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total06 Principios Qualidade Total
06 Principios Qualidade Total
 
Gestão da Qualidade
Gestão da QualidadeGestão da Qualidade
Gestão da Qualidade
 
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdfAula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
 
Qualidade
QualidadeQualidade
Qualidade
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
 
Qualidade e produtividade
Qualidade e produtividadeQualidade e produtividade
Qualidade e produtividade
 
Gestao da qualidade - unesav
Gestao da qualidade - unesavGestao da qualidade - unesav
Gestao da qualidade - unesav
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
KickOff ISO9001 Veleiro Litoral
KickOff ISO9001 Veleiro LitoralKickOff ISO9001 Veleiro Litoral
KickOff ISO9001 Veleiro Litoral
 
10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total
 

Mais de JM Consultores

Segurança na cadeia logistica aeo
Segurança na cadeia logistica  aeoSegurança na cadeia logistica  aeo
Segurança na cadeia logistica aeo
JM Consultores
 
A proposito da gripe hst
A proposito da gripe hstA proposito da gripe hst
A proposito da gripe hst
JM Consultores
 
Artigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinha
Artigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinhaArtigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinha
Artigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinha
JM Consultores
 
Folheto aeo despacante v4 10
Folheto aeo despacante v4 10Folheto aeo despacante v4 10
Folheto aeo despacante v4 10
JM Consultores
 
Folheto aeo transitarios v3 10
Folheto aeo transitarios v3 10Folheto aeo transitarios v3 10
Folheto aeo transitarios v3 10
JM Consultores
 
Iso22000
Iso22000Iso22000
Iso22000
JM Consultores
 

Mais de JM Consultores (6)

Segurança na cadeia logistica aeo
Segurança na cadeia logistica  aeoSegurança na cadeia logistica  aeo
Segurança na cadeia logistica aeo
 
A proposito da gripe hst
A proposito da gripe hstA proposito da gripe hst
A proposito da gripe hst
 
Artigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinha
Artigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinhaArtigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinha
Artigo apat57 tempo de oprtunidade e a certificação bandeirinha
 
Folheto aeo despacante v4 10
Folheto aeo despacante v4 10Folheto aeo despacante v4 10
Folheto aeo despacante v4 10
 
Folheto aeo transitarios v3 10
Folheto aeo transitarios v3 10Folheto aeo transitarios v3 10
Folheto aeo transitarios v3 10
 
Iso22000
Iso22000Iso22000
Iso22000
 

Introdução à qualidade

  • 1. World Quality Day 2010 www.thecqi.org/worldqualityday © The Chartered Quality Institute, 12 Grosvenor Crescent, London SW1X 7EE *** T: 020 7245 6722 E: info@thecqi.org W: www.thecqi.org INTRODUÇÃO À QUALIDADE O que é qualidade? No seu sentido mais amplo, a qualidade é um grau de excelência: na medida em que algo é adequado ao seu propósito. No sentido estrito, a qualidade do produto ou serviço é definida como: Conformidade com a exigência Livre de defeitos ou contaminações ou Simplesmente um grau de satisfação do cliente. Na gestão da qualidade, a qualidade é definida como o conjunto das características de um produto ou serviço que afectam a sua capacidade de exercer as suas funções explícitas e implícitas. A qualidade também adopta rapidamente a natureza ou o grau de impacto que uma organização tem sobre seus stakeholders ,ambiente e sociedade. No entanto, as especificações são um meio de transporte impreciso de aspectos subjectivos - nem tudo pode ser reduzido a imagens ou características mensuráveis. Por exemplo, as características de amizade ou cortesia numa indústria de serviços são difíceis de medir de forma confiável e repetida. Portanto, o atendimento aos requisitos não é necessariamente tudo o que existe para atingir a qualidade. Qualidade é o resultado de uma comparação entre o que foi requerido e o que foi fornecido. Não é avaliado pelo produtor, mas pelo receptor. A sentença pode ser feita de uma intenção, como é o caso da selecção de fornecedores, ou uma saída, como é o caso de quando se compra um produto ou serviço. A única medida verdadeira de qualidade aceitável é a satisfação do cliente, que leva em conta tanto as interpretações objectivas e subjectivas das necessidades e expectativas dos clientes. Se os clientes estão satisfeitos com os produtos e serviços oferecidos, a organização não só interpretou correctamente as necessidades e expectativas dos clientes como também ofereceu produtos e serviços de qualidade aceitável. Mudar a percepção do cliente As necessidades e as expectativas dos clientes mudam constantemente. A consciencização das novas tecnologias, legislação, problemas, produtos competitivos ou serviços cria novas necessidades para os clientes. “Quereres” transformam-se em exigências de clientes quando estes começam a sua nova compra. Portanto, é vital para as organizações melhorar constantemente a qualidade, para que se mantenham os clientes satisfeitos, bem como angariar novos. Qualidade e valor O valor não é um preço, mas uma medida dos benefícios derivados de um produto ou serviço para o que é dado em troca. Um produto pode muito bem atender aos requisitos físicos e funcionais, mas ser super facturado, quando comparado a outros da mesma classe e categoria. Alternativamente, o mesmo produto pode ser oferecido noutra loja por menos 50%, indicando um muito bom valor para o dinheiro.
  • 2. World Quality Day 2010 www.thecqi.org/worldqualityday © The Chartered Quality Institute, 12 Grosvenor Crescent, London SW1X 7EE *** T: 020 7245 6722 E: info@thecqi.org W: www.thecqi.org Num esforço para reduzir custos, algumas empresas esqueceram-se de que é a qualidade do conjunto da transação que conta. Acertar a qualidade do produto, ignorando as relações humanas entre cliente e fornecedor não vai levar a satisfação dos clientes. A qualidade não é A qualidade não é a perfeição, um padrão, um procedimento, uma medida ou um adjectivo. Nenhuma quantidade de inspecção muda a qualidade de um produto ou serviço. A qualidade não existe isoladamente - tem de haver uma entidade, a qualidade do que está a ser discutido. A qualidade não é uma característica específica de uma entidade, mas a medida em que essa característica atende a determinadas necessidades. O valor da característica não é importante - é como o seu valor compara as necessidades dos clientes, que significa a sua qualidade. Porquê que uma organização deve estar interessada na qualidade? Nem todas as empresas existem para fazer um lucro, como muitos querem fazer crer, mas para criar e manter os clientes satisfeitos. Uma empresa não teria lucro se não conseguisse criar e manter clientes satisfeitos. Fornecer produtos e serviços que atendam às necessidades e expectativas do cliente cria clientes satisfeitos. Antecipar as necessidades e expectativas futuras mantém clientes satisfeitos. Portanto, a qualidade é vital para a sobrevivência de qualquer empresa. A que se aplica a qualidade? Em cada produto, serviço, processo, tarefa, recurso, a decisão pode ser aceitáveis ou inaceitáveis. Portanto, há uma qualidade intrínseca em tudo o que uma organização faz. Todos devem prestar atenção à qualidade, desde os altos até aos baixos cargos em todas as funções de uma empresa. É tão importante para a equipe de apoio que preste atenção à qualidade como para a produção. Quem é responsável pela qualidade? Só se pode ser responsável por fazer algo relativo à qualidade. Assim, uma pessoa pode ser responsável por: • Especificar os requisitos de qualidade • Alcançar os requisitos de qualidade • Determinar a qualidade de algo Atribuir a responsabilidade significa dar a uma pessoa que é responsável por uma produção de qualidade especial o direito de fazer as coisas acontecerem. Com este direito deve ser delegada a autoridade para controlar os processos a quem cumpra essa produção de qualidade. Um gestor não pode ser responsável pela qualidade dentro de uma organização, a menos que o gerente seja o CEO. Tanto os gestores de uma especialidade, como um gestor de qualidade, pode fornecer, liderança, treino, ferramentas, técnicas e dados de desempenho para permitir que os outros alcancem a qualidade. No entanto, é importante para alguém da empresa liderar os resultados sobre o desempenho de qualidade e essa pessoa precisa de habilidades e conhecimentos específicos. Como é que a qualidade pode ser alcançada? Vários métodos têm evoluído para alcançar, manter e melhorar a qualidade. Eles são conhecidos como control de qualidade, melhoria da qualidade e garantia da qualidade - conhecidos colectivamente como gestão da qualidade. A gestão da qualidade não é a preservação de um gestor, mas de todos os gestores. A qualidade é conseguida através de uma cadeia de processos, cada qual tem de estar sob
  • 3. World Quality Day 2010 www.thecqi.org/worldqualityday © The Chartered Quality Institute, 12 Grosvenor Crescent, London SW1X 7EE *** T: 020 7245 6722 E: info@thecqi.org W: www.thecqi.org controlo e sujeitos à melhoria contínua. A cadeia começa com uma gestão de topo que expressa um firme compromisso com a qualidade, então: • Determinar as necessidades e expectativas dos clientes • Desenvolver e manter um sistema de gestão que irá permitir a realização das necessidades e expectativas dos clientes - de forma confiável, repetidamente e economicamente • Conceber produtos e serviços com características que reflictam as necessidades dos clientes • Produtos de construção e serviços, de modo a reproduzir fielmente o seu design • Verificar antes da entrega que os produtos e serviços possuem os recursos necessários • Evitar o fornecimento de produtos e serviços com características que tornam os clientes insatisfeitos • Descobrir e eliminar características indesejáveis nos produtos e serviços • Encontrar soluções menos dispendiosas para as necessidades do cliente • Tornar as operações mais eficientes e eficazes • Descobrir o que vai encantar os clientes e fornecer-lhes isso • O mais importante, honrar os compromissos Uma variedade de padrões, filosofias, metodologias, ferramentas, técnicas e medidas foram desenvolvidos para ajudar as organizações a alcançar esses objectivos: • Sistemas de gestão - ISO 9000 (Qualidade), ISO 14000 (Ambiente), OSHAS 18000 (HST), ISO 27000 (Segurança da Informação), SA 8000 / ISO 26000 (Responsabilidade Social). • Filosofias - gestão da qualidade total • As metodologias - Gestão de processos de negócios, a melhoria contínua • Ferramentas e técnicas - gráficos de processo, em caso de falha e análise de efeitos, controle estatístico do processo, desdobramento da função qualidade • Medidas - prémios de qualidade, o melhor valor, ISO 9000 e investimento nas pesoas. Tradução Livre Autorizada