SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Guia de
Implantação da
ISO 9001:2015
Orientaçõesnodesenvolvimentoe implantação
do Sistema de Gestão da Qualidade para a
certificaçãonanovaISO9001:2015.
Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370
Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: qualieng@qualieng.com - Site: www.qualieng.com
Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento
Introdução
A ISO que é conhecida como Organização Internacional de Normalização (International
Organization for Standardization) e sua missão é desenvolver normas que facilitam o
intercâmbio internacional de bens e serviços, apoiam o crescimento econômico sustentável e
promovem a inovação. A norma ISO 9001 tem obtido um grande sucesso internacional, com
maisde1milhãodeorganizaçõescertificadas(fonte:www.iso.org).
A normaISO 9001, quetrata aGestãodaQualidade,foiemitidapelaprimeiravezem1987 e
depois vieram as versões 1994 e 2000. Recentemente, em 15 de setembro de 2015, foi
publicadaanovanorma.Essaversãopassouporumamudançasignificativa,gerandoimpacto
diretonasorganizaçõesqueaseguem.
AISO9001éhojereconhecidacomouminstrumentorelevanteparaasatisfaçãodosclientese
a melhoria contínua de organizações de todas as dimensões e setores e, consequentemente,
para a promoção da confiança nas relações comerciais e, agora também, para a sociedade,
governoedemaispartesinteressadas.
Um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) bem implementado, leva naturalmente à redução
decustoscomcombateadesperdícioseaumentodaprodutividade,bemcomoelevasatisfação
doclientepormeiodeprodutoseserviçoscommaisqualidade.
Essa nova norma veio com uma nova estrutura, permitindo, assim, desenvolver um SGQ sem
burocracias desnecessárias e voltado ao um direcionamento estratégico e de processos para
promovermelhoresresultadosorganizacionais.
Dessa forma, espera-se que esta norma ganhe maior apelo pelos empresários por ser um
modelo de gestão internacional de sucesso que possibilita a eficácia dos processos
organizacionaisemelhorgestãodonegócio.
Transição para a
ISO 9001:2015
Haverá um período de transição de três anos a partir de 15 de setembro de 2015, data da
publicação internacional da ISO 9001:2015. Durante esse período (até 15/09/2018), os
certificadosemitidosnaversão2008permanecerãoválidos.
Oscertificadosdanovanormaserãoemitidosapósaaprovaçãonaauditoriadetransição.Para
uma validade continuada, os certificados emitidos pela versão 2008 precisam ser atualizados
pelanovaversão2015antesdoprazodevalidade.
Atransiçãopodeserrealizadadurantequalquerauditoriaprogramadanesseperíodo.
Entretanto,apesardeque,emtese,sejapossívelrealizaraauditoriadetransiçãoatésetembro
de 2018, se faz necessário consultar previamente o Organismo de Certificação de sua
organização, pois há um determinação dos órgãos internacionais de que a partir de setembro
de2017todasasauditoriasdeverãosernaversão2015daISO9001.
Recomendamos às organizações certificadas ISO 9001:2008 que iniciem desde já a
adequaçãodoSistemacommetaparaacertificaçãoISO9001:2015noanode2016ou2017.
Assim, haverá tempo suficiente para um bom planejamento, desenvolvimento e
implementaçãodoSistemadeGestãodaQualidade.
15
SET
PUBLICAÇÃO
INTERNACIONAL
DA ISO 9001:2015
PUBLICAÇÃO
NACIONAL DA
NBR ISO 9001:2015
2015 2015
VALIDADE DOS
CERTIFICADOS
ISO 9001:2008
2018
30
SET
15
SET
PERÍODO PARA A AUDITORIA DE
TRANSIÇÃO DA ISO 9001:2015
Planejamento do
Desenvolvimento e
Implementação do SGQ
Sugerimos que desenvolva um cronograma de
atividades envolvidas no projeto de transição do
SGQparaaISO9001:2015.
O cronograma pode conter as seguintes
atividades:
Ÿ Treinamentos;
Ÿ Mapeamentodosprocessos;
Ÿ Ferramentasgerenciais;
Ÿ Informaçõesdocumentadas;
Ÿ Reuniões;
Ÿ Auditorias;
Ÿ Correçõesemelhorias.
1
Contexto Estratégico
Estruture uma ferramenta eficaz para determinar
questões externas e internas que sejam
pertinentes para o propósito da organização e
paraoseudirecionamentoestratégico.
Apesar na norma não especificar quais
ferramentas podem ser aplicáveis, sugerimos
desenvolver um Planejamento Estratégico,
aplicandoaMatrizSWOT.
2
PONTOS FORTES
AMBIENTEINTERNO
OPORTUNIDADES
AMBIENTEEXTERNO
PONTOS FRACOS
AMEAÇAS
Partes Interessadas
e Escopo
Sua organização deve considerar as partes
interessadasquepodemimpactarseuSGQ.
Os requisitos pertinentes às partes interessadas
deverão ser identificados e abordados no
Sistema. Assim, o SGQ passa a ter um foco mais
amplo para proporcionar uma harmonia na
relaçãocomaspartesinteressadas.
Podem ser consideradas partes interessadas:
clientes, acionistas, colaboradores, fornecedores,
governos,sociedade,parceiros,entreoutros.
A próxima etapa é determinar os limites e a
aplicabilidade do SGQ, isto é, definir o seu
escopo, considerando o direcionamento
estratégico, as partes interessadas, os produtos e
serviçosdaorganização.
3
!
!
!
Mapeamento
dos Processos
Ao estabelecer o novo Sistema de Gestão da
Qualidade, é preciso em primeiro lugar que
identifique e revise os processos de modo a
garantir a eficácia e o atendimento aos novos
requisitosdaISO9001:2015.
Indicamos utilizar fluxogramas para melhor
identificação do alinhamento e interação entre
osprocessos.
Essa etapa é fundamental para o sucesso do
Sistema, fazendo com que o mesmo possa ser
implementado de acordo com as reais
necessidades da empresa e sem burocracias
desnecessárias.
4
€F
)Li
Riscos e
Oportunidades
Ao estruturar os processos, deve identificar e monitorar os riscos e oportunidades
inerentesosprocessos,aconformidadedoprodutoeasatisfaçãodocliente.
Apesar da norma não exigir informação documentada, sugerimos aplicar
ferramentasdesuporteaoscontroles,taiscomoaprópriaMatrizSWOTeoFMEA-
FailureModeandEffectAnalysis,queéusadoparaaumentaraconfiabilidadedo
produtoouprocesso.
5
!
PROCESSO/PRODUTO RISCOS GRAVIDADE EFEITO PLANO DE AÇÃO ACOMPANHAMENTO
Procedimentos e
Controles
Com o mapeamento dos processos, os
manuais, procedimentos, instruções,
formulários, planilhas e sistemas
informatizados devem ser adequados aos
novos processos e aos requisitos da ISO
9001:2015.
Apesar da nova norma não exigir mais o
manual da qualidade e procedimentos,
para garantir o conhecimento necessário e
o controle sobre os processos, em
determinadas situações é importante
manterainformaçãodocumentada.
6
Implantação do Sistema
de Gestão da Qualidade
Após desenvolver o SGQ com base na ISO
9001:2015,chegouahoradeimplantá-lo
naprática.
Sigaospassos:
Ÿ Reúna com os gestores e responsáveis
pelos processos e setores para repassar
osnovosprocedimentos;
Ÿ Treineoscolaboradores;
Ÿ Monitore as atividades do dia-a-dia
paraidentificarpossíveisdesvios;
Ÿ Realize uma Auditoria Interna para
avaliaroSGQcomoumtodo;
Ÿ Implemente as melhorias necessárias
aoSGQ.
7
Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370
Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: qualieng@qualieng.com - Site: www.qualieng.com
Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento
A sua parceira na certificação.
qualieng.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineInterpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineGAC CURSOS ONLINE
 
Sistema de gestão da Qualidade
Sistema de gestão da QualidadeSistema de gestão da Qualidade
Sistema de gestão da QualidadeSergio Dias
 
Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001Rogério Souza
 
Presentation iso17025new
Presentation iso17025newPresentation iso17025new
Presentation iso17025newMariana Luabo
 
Interpretação da Norma ISO 9001:2008
Interpretação da Norma ISO 9001:2008Interpretação da Norma ISO 9001:2008
Interpretação da Norma ISO 9001:2008Jean Israel B. Feijó
 
ISO 9001:2015 - O que vem por aí?
ISO 9001:2015 - O que vem por aí?ISO 9001:2015 - O que vem por aí?
ISO 9001:2015 - O que vem por aí?Q2 Management
 
Modelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidadeModelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidadeSandra Silva
 
Formação de Auditores Internos
Formação de Auditores InternosFormação de Auditores Internos
Formação de Auditores InternosRogério Souza
 
Apresentação qualidade
Apresentação qualidadeApresentação qualidade
Apresentação qualidadeGuilmour Rossi
 
Introdução à norma iso 9001 estrategica
Introdução à norma iso 9001   estrategicaIntrodução à norma iso 9001   estrategica
Introdução à norma iso 9001 estrategicaMeire Yumi Yamada
 
ISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para Manufatura
ISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para ManufaturaISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para Manufatura
ISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para ManufaturaRogério Souza
 
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Amanda Fraga
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidadeTiberio Soares
 

Mais procurados (20)

Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
Aula 01 Introdução – SGQ ISO 9001:2015
 
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
 
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineInterpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Interpretação e Transição da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
 
Sistema de gestão da Qualidade
Sistema de gestão da QualidadeSistema de gestão da Qualidade
Sistema de gestão da Qualidade
 
O que é ISO
O que é ISOO que é ISO
O que é ISO
 
Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001Revisão geral ISO 9001
Revisão geral ISO 9001
 
Presentation iso17025new
Presentation iso17025newPresentation iso17025new
Presentation iso17025new
 
Interpretação da Norma ISO 9001:2008
Interpretação da Norma ISO 9001:2008Interpretação da Norma ISO 9001:2008
Interpretação da Norma ISO 9001:2008
 
ISO 9001:2015 - O que vem por aí?
ISO 9001:2015 - O que vem por aí?ISO 9001:2015 - O que vem por aí?
ISO 9001:2015 - O que vem por aí?
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
ISO 9001
 
Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Aula 01 SGQ - Introdução
Aula 01 SGQ - IntroduçãoAula 01 SGQ - Introdução
Aula 01 SGQ - Introdução
 
Modelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidadeModelo de manual da qualidade
Modelo de manual da qualidade
 
Formação de Auditores Internos
Formação de Auditores InternosFormação de Auditores Internos
Formação de Auditores Internos
 
Guia de utilização iso9001 2015
Guia de utilização iso9001 2015Guia de utilização iso9001 2015
Guia de utilização iso9001 2015
 
Apresentação qualidade
Apresentação qualidadeApresentação qualidade
Apresentação qualidade
 
Introdução à norma iso 9001 estrategica
Introdução à norma iso 9001   estrategicaIntrodução à norma iso 9001   estrategica
Introdução à norma iso 9001 estrategica
 
ISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para Manufatura
ISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para ManufaturaISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para Manufatura
ISO 9001 2000 Apresentação dos Requisitos para Manufatura
 
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
 

Semelhante a Guia de Implantação da ISO 9001:2015

Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidadeCit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidadesobrinhop
 
Normas iso de qualidade laboratório
Normas iso de qualidade   laboratórioNormas iso de qualidade   laboratório
Normas iso de qualidade laboratórioLuiz Messano
 
Aula 02 - Qualidade e as Iso.pdf
Aula 02 - Qualidade e as Iso.pdfAula 02 - Qualidade e as Iso.pdf
Aula 02 - Qualidade e as Iso.pdfJulio Iacia
 
Iso9000..
Iso9000..Iso9000..
Iso9000..rehcah
 
Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01
Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01
Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01SERGIO DE MELLO QUEIROZ
 
Visao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptx
Visao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptxVisao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptx
Visao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptxAntônio Lino
 
Curso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Curso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineCurso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Curso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineGAC CURSOS ONLINE
 
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008Claudio Cardozo
 
Engenharia de qualidade
Engenharia de qualidadeEngenharia de qualidade
Engenharia de qualidadePaulo Henrique
 
Conseguimos o certificado. e agora, o que fazer
Conseguimos o certificado. e agora, o que fazerConseguimos o certificado. e agora, o que fazer
Conseguimos o certificado. e agora, o que fazerMectrol HIWIN do Brasil
 
Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1
Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1
Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1Tatiana Santos
 
ISO 9001 Modelo de Diagnóstico
ISO 9001 Modelo de DiagnósticoISO 9001 Modelo de Diagnóstico
ISO 9001 Modelo de DiagnósticoFernanda Marinho
 

Semelhante a Guia de Implantação da ISO 9001:2015 (20)

Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidadeCit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
 
Normas iso de qualidade laboratório
Normas iso de qualidade   laboratórioNormas iso de qualidade   laboratório
Normas iso de qualidade laboratório
 
Aula 02 - Qualidade e as Iso.pdf
Aula 02 - Qualidade e as Iso.pdfAula 02 - Qualidade e as Iso.pdf
Aula 02 - Qualidade e as Iso.pdf
 
Portfolio 9001:2015
Portfolio 9001:2015Portfolio 9001:2015
Portfolio 9001:2015
 
Bíblia ISO - 9001
Bíblia   ISO - 9001Bíblia   ISO - 9001
Bíblia ISO - 9001
 
Iso9000..
Iso9000..Iso9000..
Iso9000..
 
Iso 9001
Iso 9001Iso 9001
Iso 9001
 
Iso 9001
Iso 9001Iso 9001
Iso 9001
 
Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01
Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01
Gestodaqualidadeiso9001 140212102456-phpapp01
 
Tcc Qualidade Implantação ISO 9001
Tcc Qualidade Implantação ISO 9001Tcc Qualidade Implantação ISO 9001
Tcc Qualidade Implantação ISO 9001
 
Visao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptx
Visao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptxVisao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptx
Visao Geral - PALESTRA ISO 9001 EJRos.pptx
 
ISO
ISOISO
ISO
 
A iso 9001 para iniciantes formatado
A iso 9001 para iniciantes formatadoA iso 9001 para iniciantes formatado
A iso 9001 para iniciantes formatado
 
Iso 9001-2015
Iso 9001-2015Iso 9001-2015
Iso 9001-2015
 
Curso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Curso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso onlineCurso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
Curso UP Grade da Norma IS0 9001:2015 – Nova Versão - Curso online
 
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
Apresentação Fábrica de Softwares baseado em ISO 9001:2008
 
Engenharia de qualidade
Engenharia de qualidadeEngenharia de qualidade
Engenharia de qualidade
 
Conseguimos o certificado. e agora, o que fazer
Conseguimos o certificado. e agora, o que fazerConseguimos o certificado. e agora, o que fazer
Conseguimos o certificado. e agora, o que fazer
 
Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1
Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1
Aula edgardo sobre normas 9000 parte 1
 
ISO 9001 Modelo de Diagnóstico
ISO 9001 Modelo de DiagnósticoISO 9001 Modelo de Diagnóstico
ISO 9001 Modelo de Diagnóstico
 

Último

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...E-Commerce Brasil
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...E-Commerce Brasil
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfReinerModro
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxEduardoRodriguesOliv2
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...E-Commerce Brasil
 

Último (7)

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 

Guia de Implantação da ISO 9001:2015

  • 1. Guia de Implantação da ISO 9001:2015 Orientaçõesnodesenvolvimentoe implantação do Sistema de Gestão da Qualidade para a certificaçãonanovaISO9001:2015. Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370 Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: qualieng@qualieng.com - Site: www.qualieng.com Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento
  • 2. Introdução A ISO que é conhecida como Organização Internacional de Normalização (International Organization for Standardization) e sua missão é desenvolver normas que facilitam o intercâmbio internacional de bens e serviços, apoiam o crescimento econômico sustentável e promovem a inovação. A norma ISO 9001 tem obtido um grande sucesso internacional, com maisde1milhãodeorganizaçõescertificadas(fonte:www.iso.org). A normaISO 9001, quetrata aGestãodaQualidade,foiemitidapelaprimeiravezem1987 e depois vieram as versões 1994 e 2000. Recentemente, em 15 de setembro de 2015, foi publicadaanovanorma.Essaversãopassouporumamudançasignificativa,gerandoimpacto diretonasorganizaçõesqueaseguem. AISO9001éhojereconhecidacomouminstrumentorelevanteparaasatisfaçãodosclientese a melhoria contínua de organizações de todas as dimensões e setores e, consequentemente, para a promoção da confiança nas relações comerciais e, agora também, para a sociedade, governoedemaispartesinteressadas. Um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) bem implementado, leva naturalmente à redução decustoscomcombateadesperdícioseaumentodaprodutividade,bemcomoelevasatisfação doclientepormeiodeprodutoseserviçoscommaisqualidade. Essa nova norma veio com uma nova estrutura, permitindo, assim, desenvolver um SGQ sem burocracias desnecessárias e voltado ao um direcionamento estratégico e de processos para promovermelhoresresultadosorganizacionais. Dessa forma, espera-se que esta norma ganhe maior apelo pelos empresários por ser um modelo de gestão internacional de sucesso que possibilita a eficácia dos processos organizacionaisemelhorgestãodonegócio.
  • 3. Transição para a ISO 9001:2015 Haverá um período de transição de três anos a partir de 15 de setembro de 2015, data da publicação internacional da ISO 9001:2015. Durante esse período (até 15/09/2018), os certificadosemitidosnaversão2008permanecerãoválidos. Oscertificadosdanovanormaserãoemitidosapósaaprovaçãonaauditoriadetransição.Para uma validade continuada, os certificados emitidos pela versão 2008 precisam ser atualizados pelanovaversão2015antesdoprazodevalidade. Atransiçãopodeserrealizadadurantequalquerauditoriaprogramadanesseperíodo. Entretanto,apesardeque,emtese,sejapossívelrealizaraauditoriadetransiçãoatésetembro de 2018, se faz necessário consultar previamente o Organismo de Certificação de sua organização, pois há um determinação dos órgãos internacionais de que a partir de setembro de2017todasasauditoriasdeverãosernaversão2015daISO9001. Recomendamos às organizações certificadas ISO 9001:2008 que iniciem desde já a adequaçãodoSistemacommetaparaacertificaçãoISO9001:2015noanode2016ou2017. Assim, haverá tempo suficiente para um bom planejamento, desenvolvimento e implementaçãodoSistemadeGestãodaQualidade. 15 SET PUBLICAÇÃO INTERNACIONAL DA ISO 9001:2015 PUBLICAÇÃO NACIONAL DA NBR ISO 9001:2015 2015 2015 VALIDADE DOS CERTIFICADOS ISO 9001:2008 2018 30 SET 15 SET PERÍODO PARA A AUDITORIA DE TRANSIÇÃO DA ISO 9001:2015
  • 4. Planejamento do Desenvolvimento e Implementação do SGQ Sugerimos que desenvolva um cronograma de atividades envolvidas no projeto de transição do SGQparaaISO9001:2015. O cronograma pode conter as seguintes atividades: Ÿ Treinamentos; Ÿ Mapeamentodosprocessos; Ÿ Ferramentasgerenciais; Ÿ Informaçõesdocumentadas; Ÿ Reuniões; Ÿ Auditorias; Ÿ Correçõesemelhorias. 1
  • 5. Contexto Estratégico Estruture uma ferramenta eficaz para determinar questões externas e internas que sejam pertinentes para o propósito da organização e paraoseudirecionamentoestratégico. Apesar na norma não especificar quais ferramentas podem ser aplicáveis, sugerimos desenvolver um Planejamento Estratégico, aplicandoaMatrizSWOT. 2 PONTOS FORTES AMBIENTEINTERNO OPORTUNIDADES AMBIENTEEXTERNO PONTOS FRACOS AMEAÇAS
  • 6. Partes Interessadas e Escopo Sua organização deve considerar as partes interessadasquepodemimpactarseuSGQ. Os requisitos pertinentes às partes interessadas deverão ser identificados e abordados no Sistema. Assim, o SGQ passa a ter um foco mais amplo para proporcionar uma harmonia na relaçãocomaspartesinteressadas. Podem ser consideradas partes interessadas: clientes, acionistas, colaboradores, fornecedores, governos,sociedade,parceiros,entreoutros. A próxima etapa é determinar os limites e a aplicabilidade do SGQ, isto é, definir o seu escopo, considerando o direcionamento estratégico, as partes interessadas, os produtos e serviçosdaorganização. 3 ! ! !
  • 7. Mapeamento dos Processos Ao estabelecer o novo Sistema de Gestão da Qualidade, é preciso em primeiro lugar que identifique e revise os processos de modo a garantir a eficácia e o atendimento aos novos requisitosdaISO9001:2015. Indicamos utilizar fluxogramas para melhor identificação do alinhamento e interação entre osprocessos. Essa etapa é fundamental para o sucesso do Sistema, fazendo com que o mesmo possa ser implementado de acordo com as reais necessidades da empresa e sem burocracias desnecessárias. 4 €F )Li
  • 8. Riscos e Oportunidades Ao estruturar os processos, deve identificar e monitorar os riscos e oportunidades inerentesosprocessos,aconformidadedoprodutoeasatisfaçãodocliente. Apesar da norma não exigir informação documentada, sugerimos aplicar ferramentasdesuporteaoscontroles,taiscomoaprópriaMatrizSWOTeoFMEA- FailureModeandEffectAnalysis,queéusadoparaaumentaraconfiabilidadedo produtoouprocesso. 5 ! PROCESSO/PRODUTO RISCOS GRAVIDADE EFEITO PLANO DE AÇÃO ACOMPANHAMENTO
  • 9. Procedimentos e Controles Com o mapeamento dos processos, os manuais, procedimentos, instruções, formulários, planilhas e sistemas informatizados devem ser adequados aos novos processos e aos requisitos da ISO 9001:2015. Apesar da nova norma não exigir mais o manual da qualidade e procedimentos, para garantir o conhecimento necessário e o controle sobre os processos, em determinadas situações é importante manterainformaçãodocumentada. 6
  • 10. Implantação do Sistema de Gestão da Qualidade Após desenvolver o SGQ com base na ISO 9001:2015,chegouahoradeimplantá-lo naprática. Sigaospassos: Ÿ Reúna com os gestores e responsáveis pelos processos e setores para repassar osnovosprocedimentos; Ÿ Treineoscolaboradores; Ÿ Monitore as atividades do dia-a-dia paraidentificarpossíveisdesvios; Ÿ Realize uma Auditoria Interna para avaliaroSGQcomoumtodo; Ÿ Implemente as melhorias necessárias aoSGQ. 7
  • 11. Av. Adalberto Simão Nader, 425, sala 106, Ed. Milano - Mata da Praia - Vitória-ES. CEP 29066-370 Tel/fax: (27) 3315-9001 - E-mail: qualieng@qualieng.com - Site: www.qualieng.com Qualieng Consultoria, Auditoria e Treinamento A sua parceira na certificação. qualieng.com