SlideShare uma empresa Scribd logo
1 
1. Leia com atenção o texto seguinte: 
A Natureza põe-nos à disposição um conjunto de materiais sem os quais, em alguns casos, seria impensável viver, mas que o Homem nem sempre sabe preservar. Um desses materiais é o ar que respiramos, que é constituído essencialmente por azoto, oxigénio e outros componentes em quantidades menores. Se o Homem quer sobreviver e ter qualidade de vida, tem de preservar o ambiente e lutar contra a poluição. Assim, torna-se necessário construir estações de purificação de efluentes gasosos e de fumos e colocar recipientes para a recolha e seleção de lixos (depósitos para vidro, papel, plásticos, pilhas, etc.), permitindo, em muitos casos, a reciclagem. É importante também diminuir a utilização dos combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo na produção de energia elétrica, pois são responsáveis pelo agravamento do efeito de estufa no nosso planeta. Como medida de prevenção, algumas cidades italianas estão a proibir o uso de viaturas privadas, aos domingos, na tentativa de baixar a emissão de dióxido de carbono e dióxido de enxofre, devido à queima da gasolina e gasóleo pelos motores dos veículos. É urgente que se tomem medidas para evitar situações nocivas para o Homem e para o seu meio ambiente. 
Vamos estar atentos e lutar pelo mundo em que vivemos! 
A. Recorrendo ao texto, dê dois exemplos de materiais naturais e materiais sintéticos. 
B. Indique, dos materiais destacados, os que se referem a substâncias e a misturas de substâncias. 
C. Classifique as substâncias indicadas na alínea anterior como elementares ou compostas. 
D. Das misturas destacadas no texto alguma pode ser classificada como coloidal? Justifique a sua resposta. 
E. Escreva a fórmula química do dióxido de carbono e do dióxido de enxofre. 
2. Considere os seguintes grupos de materiais designados pelas letras de A a E. 
Grupo A – ouro, cloreto de potássio, água Grupo D – vinho, água, cobre 
Grupo B – prata, oxigénio, diamante Grupo E – cloreto de sódio, água, nitrato de cálcio 
Grupo C – água do mar, latão, areia 
A. De entre os materiais indicados nos vários grupos, escolha uma mistura homogénea e uma mistura heterogénea. 
B. Indique as unidades estruturais que formam as substâncias mencionadas no grupo A. 
3. Aqueceu-se gradualmente um objeto sólido. As variações de 
temperatura e o tempo que demorou o aquecimento estão 
representados no gráfico. 
A. A que corresponderá a temperatura dos ramos 2-3 e 4-5? 
B. O objeto analisado é constituído por uma mistura ou por uma 
substância única? 
C. Em que estados físicos está o objeto nos ramos 1-2 e 3-4? 
10º Ano FÍSICA E QUÍMICA A 2014/2015 
FICHA DE TRABALHO Nº 1: MATERIAIS
2 
4. Considere onde se indicam valores do ponto de fusão e do ponto de ebulição de alguns materiais. 
4.1. Quais os materiais que pensa serem misturas? Justifique a resposta. 
4.2. Indique duas substâncias líquidas à temperatura de 20oC. 
4.3. À temperatura de 100oC, qual o estado físico do benzeno? Justifique. 
4.4. Indique quais as substâncias sólidas à temperatura de 50oC. 
4.5. Indique quais as substâncias gasosas à temperatura de 0oC. 
4.6. De entre o álcool etílico, o éter etílico e a água, qual é a 
substância que se vaporiza mais facilmente. Porquê? 
4.7. De todas as substâncias indicadas no quadro, qual a que existe no estado líquido num menor intervalo de temperaturas? 
5. Observe atentamente os gráficos A, B, C e D. 
5.1. Indique, pela respetiva letra, o gráfico que se refere… 
- ao aquecimento de um líquido; _____________ - ao arrefecimento de um líquido; ____________ 
- ao arrefecimento de um gás; _____________ -ao aquecimento de um sólido. ______________ 
5.2. Para o gráfico B, indique os estados físicos correspondentes aos ramos I e II. 
5.3. Indique o nome atribuído à temperatura de 60oC para B e à temperatura de -15oC para D. 
6. Em três tubos de ensaio, A, B e C encontram-se 
líquidos incolores e pretende-se saber se são 
substâncias puras ou misturas de substâncias. 
Para isso, colocaram-se os tubos numa mistura 
refrigerante e traçaram-se os correspondentes 
gráficos da temperatura em função do tempo. 
6.1. Indique o nome da mudança de estado 
que ocorre nos tubos de ensaio. 
6.2. Indique, justificando: 
em que tubo(s) se encontra uma substância líquida. ____ 
em que tubo(s) o líquido é uma mistura. ____ 
MATERIAL 
p.f. (OC) 
p.e. (OC) 
Oxigénio 
Álcool etílico 
Benzeno 
Leite 
Dióxido de Carbono 
Sódio 
Vinagre 
Cloreto de Sódio 
Mercúrio 
Éter etílico 
Água 
-218 
-117 
5 
variável 
-78 
98 
variável 
808 
-39 
-116 
0 
-183 
78 
80 
variável 
-56 
883 
variável 
1517 
357 
35 
100

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliaçãoGabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliação
professoraludmila
 
Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2
Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2
Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2
Paula Ribeiro
 

Mais procurados (20)

Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria
Lista de exercícios   classificação, propriedades e transformações da matériaLista de exercícios   classificação, propriedades e transformações da matéria
Lista de exercícios classificação, propriedades e transformações da matéria
 
Gabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliaçãoGabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliação
 
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e SaisQuímica Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
Lista 2 2014
Lista 2   2014Lista 2   2014
Lista 2 2014
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
Relatorio Óxidos
Relatorio ÓxidosRelatorio Óxidos
Relatorio Óxidos
 
Simulado ENEM Química
Simulado ENEM QuímicaSimulado ENEM Química
Simulado ENEM Química
 
Simulado01share
Simulado01shareSimulado01share
Simulado01share
 
Apoio 1ªsuplementar resolução
Apoio 1ªsuplementar resoluçãoApoio 1ªsuplementar resolução
Apoio 1ªsuplementar resolução
 
Revisão 1ano
Revisão 1anoRevisão 1ano
Revisão 1ano
 
Oxirredução
OxirreduçãoOxirredução
Oxirredução
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
 
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesLista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2
Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2
Ficha de preparação para o teste de cfq 8º ano2
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
 
Inor parte 1
Inor parte 1Inor parte 1
Inor parte 1
 

Semelhante a Ficha1 materiais

1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - uno
Oswaldo Stanziola
 
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICAEXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
primaquim
 
Ficha1 resolução
Ficha1  resoluçãoFicha1  resolução
Ficha1 resolução
anajaneca
 

Semelhante a Ficha1 materiais (20)

Ciências - 9º ano
Ciências -  9º anoCiências -  9º ano
Ciências - 9º ano
 
Ficha de-avaliacao cfq7
Ficha de-avaliacao cfq7Ficha de-avaliacao cfq7
Ficha de-avaliacao cfq7
 
Aula ENEM
Aula ENEMAula ENEM
Aula ENEM
 
1ª lista química - revisão geral - uno
1ª lista   química - revisão geral - uno1ª lista   química - revisão geral - uno
1ª lista química - revisão geral - uno
 
Exercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e misturaExercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e mistura
 
Sais II
Sais IISais II
Sais II
 
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICAEXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
 
Aspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matériaAspectos macroscópicos da matéria
Aspectos macroscópicos da matéria
 
Parcial química
Parcial químicaParcial química
Parcial química
 
Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2
 
Ômega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdfÔmega - Módulo 1.pdf
Ômega - Módulo 1.pdf
 
Exercícios rec. (1)
Exercícios rec. (1)Exercícios rec. (1)
Exercícios rec. (1)
 
Reações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisãoReações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisão
 
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1fase
 
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdfEXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
 
Ficha1 resolução
Ficha1  resoluçãoFicha1  resolução
Ficha1 resolução
 
Ficha de trabalho lei da conservaão da massa e acerto de equaçoes
Ficha de trabalho lei da conservaão da massa e acerto de equaçoesFicha de trabalho lei da conservaão da massa e acerto de equaçoes
Ficha de trabalho lei da conservaão da massa e acerto de equaçoes
 
Exercíciosfundamentais propriedades xconstituição
Exercíciosfundamentais propriedades xconstituiçãoExercíciosfundamentais propriedades xconstituição
Exercíciosfundamentais propriedades xconstituição
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
 
Puc verão 2015
Puc verão 2015Puc verão 2015
Puc verão 2015
 

Mais de anajaneca (20)

Comunicações a curta distância
Comunicações a curta distânciaComunicações a curta distância
Comunicações a curta distância
 
Coordenadas cartesianas, deslocamento, distância e velocidade média
Coordenadas cartesianas, deslocamento, distância e velocidade médiaCoordenadas cartesianas, deslocamento, distância e velocidade média
Coordenadas cartesianas, deslocamento, distância e velocidade média
 
Movimentos à superfície da terra
Movimentos à superfície da terraMovimentos à superfície da terra
Movimentos à superfície da terra
 
Viagens com gps
Viagens com gpsViagens com gps
Viagens com gps
 
Ficha4 resolução
Ficha4 resoluçãoFicha4 resolução
Ficha4 resolução
 
Ficha3 resolução
Ficha3 resoluçãoFicha3 resolução
Ficha3 resolução
 
Ficha3 resolução
Ficha3 resoluçãoFicha3 resolução
Ficha3 resolução
 
Ficha3 elementos químicos
Ficha3 elementos químicosFicha3 elementos químicos
Ficha3 elementos químicos
 
Ficha2 resolução
Ficha2 resoluçãoFicha2 resolução
Ficha2 resolução
 
Ficha2 soluções
Ficha2 soluçõesFicha2 soluções
Ficha2 soluções
 
Nucleossintese
NucleossinteseNucleossintese
Nucleossintese
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
 
Reações nucleares
Reações nuclearesReações nucleares
Reações nucleares
 
Materiais
MateriaisMateriais
Materiais
 
Isótopos
IsótoposIsótopos
Isótopos
 
Elementos químicos
Elementos químicosElementos químicos
Elementos químicos
 
Materiais
MateriaisMateriais
Materiais
 
Planetas do sistema solar
Planetas do sistema solarPlanetas do sistema solar
Planetas do sistema solar
 
Astros do sistema solar
Astros do sistema solarAstros do sistema solar
Astros do sistema solar
 
F. trab
F. trabF. trab
F. trab
 

Último

clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

Ficha1 materiais

  • 1. 1 1. Leia com atenção o texto seguinte: A Natureza põe-nos à disposição um conjunto de materiais sem os quais, em alguns casos, seria impensável viver, mas que o Homem nem sempre sabe preservar. Um desses materiais é o ar que respiramos, que é constituído essencialmente por azoto, oxigénio e outros componentes em quantidades menores. Se o Homem quer sobreviver e ter qualidade de vida, tem de preservar o ambiente e lutar contra a poluição. Assim, torna-se necessário construir estações de purificação de efluentes gasosos e de fumos e colocar recipientes para a recolha e seleção de lixos (depósitos para vidro, papel, plásticos, pilhas, etc.), permitindo, em muitos casos, a reciclagem. É importante também diminuir a utilização dos combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo na produção de energia elétrica, pois são responsáveis pelo agravamento do efeito de estufa no nosso planeta. Como medida de prevenção, algumas cidades italianas estão a proibir o uso de viaturas privadas, aos domingos, na tentativa de baixar a emissão de dióxido de carbono e dióxido de enxofre, devido à queima da gasolina e gasóleo pelos motores dos veículos. É urgente que se tomem medidas para evitar situações nocivas para o Homem e para o seu meio ambiente. Vamos estar atentos e lutar pelo mundo em que vivemos! A. Recorrendo ao texto, dê dois exemplos de materiais naturais e materiais sintéticos. B. Indique, dos materiais destacados, os que se referem a substâncias e a misturas de substâncias. C. Classifique as substâncias indicadas na alínea anterior como elementares ou compostas. D. Das misturas destacadas no texto alguma pode ser classificada como coloidal? Justifique a sua resposta. E. Escreva a fórmula química do dióxido de carbono e do dióxido de enxofre. 2. Considere os seguintes grupos de materiais designados pelas letras de A a E. Grupo A – ouro, cloreto de potássio, água Grupo D – vinho, água, cobre Grupo B – prata, oxigénio, diamante Grupo E – cloreto de sódio, água, nitrato de cálcio Grupo C – água do mar, latão, areia A. De entre os materiais indicados nos vários grupos, escolha uma mistura homogénea e uma mistura heterogénea. B. Indique as unidades estruturais que formam as substâncias mencionadas no grupo A. 3. Aqueceu-se gradualmente um objeto sólido. As variações de temperatura e o tempo que demorou o aquecimento estão representados no gráfico. A. A que corresponderá a temperatura dos ramos 2-3 e 4-5? B. O objeto analisado é constituído por uma mistura ou por uma substância única? C. Em que estados físicos está o objeto nos ramos 1-2 e 3-4? 10º Ano FÍSICA E QUÍMICA A 2014/2015 FICHA DE TRABALHO Nº 1: MATERIAIS
  • 2. 2 4. Considere onde se indicam valores do ponto de fusão e do ponto de ebulição de alguns materiais. 4.1. Quais os materiais que pensa serem misturas? Justifique a resposta. 4.2. Indique duas substâncias líquidas à temperatura de 20oC. 4.3. À temperatura de 100oC, qual o estado físico do benzeno? Justifique. 4.4. Indique quais as substâncias sólidas à temperatura de 50oC. 4.5. Indique quais as substâncias gasosas à temperatura de 0oC. 4.6. De entre o álcool etílico, o éter etílico e a água, qual é a substância que se vaporiza mais facilmente. Porquê? 4.7. De todas as substâncias indicadas no quadro, qual a que existe no estado líquido num menor intervalo de temperaturas? 5. Observe atentamente os gráficos A, B, C e D. 5.1. Indique, pela respetiva letra, o gráfico que se refere… - ao aquecimento de um líquido; _____________ - ao arrefecimento de um líquido; ____________ - ao arrefecimento de um gás; _____________ -ao aquecimento de um sólido. ______________ 5.2. Para o gráfico B, indique os estados físicos correspondentes aos ramos I e II. 5.3. Indique o nome atribuído à temperatura de 60oC para B e à temperatura de -15oC para D. 6. Em três tubos de ensaio, A, B e C encontram-se líquidos incolores e pretende-se saber se são substâncias puras ou misturas de substâncias. Para isso, colocaram-se os tubos numa mistura refrigerante e traçaram-se os correspondentes gráficos da temperatura em função do tempo. 6.1. Indique o nome da mudança de estado que ocorre nos tubos de ensaio. 6.2. Indique, justificando: em que tubo(s) se encontra uma substância líquida. ____ em que tubo(s) o líquido é uma mistura. ____ MATERIAL p.f. (OC) p.e. (OC) Oxigénio Álcool etílico Benzeno Leite Dióxido de Carbono Sódio Vinagre Cloreto de Sódio Mercúrio Éter etílico Água -218 -117 5 variável -78 98 variável 808 -39 -116 0 -183 78 80 variável -56 883 variável 1517 357 35 100