SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Caro(a) aluno (a),
 FAÇA a lápis as questões objetivas e ao final, marque a caneta sua resposta. Rasuras não serão aceitas.
 RESPONDA aos itens de acordo com o padrão da norma culta da língua portuguesa e da linguagem
científica.
 NÃO use corretivo.
 O critério de correção leva em consideração o que você escreveu e não o que você pensou em escrever.
 ESCREVA a resposta nos espaços correspondentes. Só será corrigido o que estiver dentro desses
espaços. Não há, porém, obrigatoriedade de preenchimento total desses espaços.
Boa prova!
Nome: N
o
:
Ano: 8º - Tarde Turma: Ensino Fundamental Data: 08/04/2014
2ª AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS - 1ª Etapa Valor Nota
Professora: Ludmila Olandim de Souza 8,0
2
QUESTÃO 1 (0,8)
O esquema representa observações feitas por um aluno, quando uma chapa de alumínio foi
colocada em um tubo de ensaio, contendo solução aquosa de HC (ácido clorídrico). Nesse
experimento, ocorre o desprendimento de um gás e a formação de um sal.
Considerando-se o experimento descrito, e outros conhecimentos é CORRETO afirmar que:
A) a velocidade da reação não se altera substituindo a chapa pelo pó de alumínio.
B) a reação é acelerada quando o sistema é aquecido.
C) o aumento da concentração de ácido diminui o número de bolhas do sistema.
D) o sal formado, durante a reação, é insolúvel.
QUESTÃO 2 (0,8) - D
Uma mistura de hidrogênio, H2(g) e iodo, l2(g) reage, num recipiente fechado, em presença de
catalisador, produzindo o gás iodeto de hidrogênio, Hl. O desenho representa a mistura, antes
da reação.
Supondo que a reação seja completa e considerando a quantidade de moléculas
representadas no estado inicial, qual dos desenhos representa o estado final do sistema?
3
QUESTÃO 3 (0,8)
LEIA o texto a seguir com bastante atenção.
Holanda quer deixar de ser um país baixo.
Cientistas estão pesquisando a viabilidade de se elevar o litoral holandês – que é muito baixo e
há séculos vem sendo ameaçado por enchentes – através de injeção de substâncias químicas
na terra. Os pesquisadores acreditam poder elevar o litoral injetando ácido sulfúrico
(H2SO4) numa camada de rocha calcária a 1,5 km abaixo da superfície. A reação química
resultante produziria gipsita, que ocupa o dobro do espaço do calcário e que empurraria a
superfície terrestre para cima.
(Folha de S. Paulo, outubro de 1992)
Sabendo que a gipsita é sulfato de cálcio hidratado (CaSO4 .H20) e que o calcário é o
carbonato de cálcio (CaCO3), a reação citada produz também:
A) NaC
B) CO2
C) HC
D) NH3
QUESTÃO 4 (0,8)
Desde a pré-história, quando aprendeu a manipular o fogo para cozinhar seus alimentos e se
aquecer, o homem vem percebendo sua
dependência cada vez maior das várias
formas de energia. A energia é importante
para uso industrial e doméstico, nos
transportes, etc. Existem reações químicas
que ocorrem com liberação ou absorção de
energia sob a forma de calor, denominadas,
respectivamente, como exotérmicas e
endotérmicas. Elas podem ser graficamente
representadas (gráfico 1.) GRÁFICO 1
4
ANALISE o gráfico e assinale a alternativa correta.
A) A energia dos produtos é maior que a dos reagentes.
B) A energia dos reagentes é menor que a dos produtos.
C) O gráfico representa uma reação endotérmica.
D) O gráfico representa uma reação que libera calor.
QUESTÃO 5 (0,8)
No engarrafamento de refrigerantes, o gás carbônico, sob alta pressão, é
forçado a se dissolver no líquido. Quando uma garrafa de refrigerante é
aberta, formam-se bolhas de gás carbônico.
INDIQUE se aquele borbulhamento constitui um fenômeno físico ou
químico. JUSTIFIQUE, considerando a constituição inicial e final dos sistemas.
Fenômeno físico, pois nenhuma nova substância foi formada. O gás
liberado é o gás carbônico e que já existia no sistema.
QUESTÃO 6 (0,8)
O gráfico a seguir representa a variação das
concentrações das substâncias X, Y e Z durante a
reação em que elas participam.
RESPONDA as questões propostas com base na
análise do gráfico e em outros conhecimentos.
A) INDIQUE, utilizando X, Y e Z, o(s) produto(s) e o(s)
reagente(s). (0,3)
Reagente: Z
Produto: X, Y
B)ESCREVA, utilizando X, Y e Z, a equação que representa a reação química representada no
gráfico acima. (0,3)
Z→X+Y
5
QUESTÃO 7 (0,8)
ANALISE com bastante atenção a campanha publicitária a seguir e a equação da reação
química entre o bicarbonato de sódio e o ácido clorídrico.
Disponível em http://blogs.estadao.com.br/reclames-do-estadao/tag/1945/page/2
EQUAÇÃO DA REAÇÃO: NaHCO3 + HC → NaC(s) + H2O() + CO2(g)
A) EXPLIQUE, utilizando os termos químicos adequados, o motivo das pessoas “arrotarem”
após o uso do sal de fruta. (0,4)
A liberação do gás carbônico causa o arroto.
B) As antigas campanhas publicitárias do Sal de Fruta Eno indicavam o uso periódico deste
medicamento. DISCUTA o possível dano causado à saúde das pessoas que fazem o uso diário
deste medicamento, considerando um dos produtos da reação química. (0,4)
Elevação da pressão sanguínea. Pacientes com pressão alta devem evitar o
consumo excessivo de eno, pois um dos produtos da reação é o cloreto de
sódio, substancia que eleva a pressão.
QUESTÃO 8 (0,8)
A tabela a seguir fornece os pontos de fusão e de ebulição (sob pressão de 1atm) de algumas
substâncias.
6
Considere essas substâncias na Antártida (temperatura de –35Cº), em Porto Alegre
(temperatura de 25Cº) e no deserto do Saara (temperatura de 55Cº).
INDIQUE os estados físicos das substâncias em questão nos três locais indicados.
SUBSTÂNCIA
ESTADO FÍSICO NA
ANTÁRTIDA
ESTADO FÍSICO EM
PORTO ALEGRE
ESTADO FÍSICO NO
DESERTO DO
SAARA
FENOL Sólido Sólido líquido
PENTANO líquido líquido gasoso
CLOROFÓRMIO líquido líquido líquido
QUESTÃO 9 (0,8)
LEIA o texto a seguir.
“Os peixes estão morrendo porque a água do rio está sem oxigênio, mas nos trechos de maior
corredeira a quantidade de oxigênio aumenta”. Ao ouvir esta informação de um técnico do meio
ambiente, um estudante que passava pela margem do rio ficou confuso e fez a seguinte
reflexão: “Estou vendo a água no rio e sei que a água contém, em suas moléculas, oxigênio;
então como pode ter acabado o oxigênio do rio?”.
A) ESCREVA as fórmulas das substâncias mencionadas pelo técnico. (0,2)
H2O – ÁGUA O2 –OXIGÊNIO
B) RELACIONE a confusão cometida pelo estudante em sua reflexão com a definição e
aplicação dos termos substância e elemento químico. (0,6)
O oxigênio responsável pela vida dos peixes é o gás oxigênio (O2)
dissolvido nas águas dos rios. A água contém o elemento oxigênio (O),
constituinte de suas moléculas (H2O). O estudante confundiu a substância
oxigênio com o elemento oxigênio. O oxigênio dissolvido nas águas pode
acabar, mas o oxigênio da água faz parte de sua constituição.
7
QUESTÃO 10 (0,8)
O chumbo metálico (Pb) e os compostos de chumbo são obtidos a partir da galena, material
rico em sulfeto de chumbo II (PbS). Outras substâncias como nitrato de chumbo II - (Pb(NO3)2,
brometo de chumbo II e cloreto de chumbo II (PbC2), podem ser obtidas a partir do principal
componente de seu minério.
Ao passar uma corrente elétrica pelo brometo de chumbo II, ele se decompõe em gás bromo e
chumbo metálico.
A) INDIQUE se o brometo de chumbo é substância simples, substância composta ou mistura.
(0,3)
Brometo de chumbo é uma substância composta.
B) O processo de obtenção do chumbo metálico é físico ou químico? (0,2)
Químico
C) QUAL a evidência da reação química durante a decomposição do brometo de chumbo II?
(0,3)
Liberação de um gás – gás bromo.
8
A)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Calcário
CalcárioCalcário
Calcário
Gonçalo Fernandes
 
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservaçãoSolos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Rodrigo Pavesi
 
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosReações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Luís Rita
 
Aula tabela periódica
Aula tabela periódicaAula tabela periódica
Aula tabela periódica
dandias5
 
Condições da Terra que permitem existência de Vida
Condições da Terra que permitem existência de VidaCondições da Terra que permitem existência de Vida
Condições da Terra que permitem existência de Vida
Gabriela Bruno
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
Márcia Dutra
 
Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos
Aula Prática - Granulometria  e Morfoscópia dos SedimentosAula Prática - Granulometria  e Morfoscópia dos Sedimentos
Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos
Yago Matos
 
Gravimetria
GravimetriaGravimetria
Gravimetria
Wilson Xavier
 
Tratamento da água
Tratamento da águaTratamento da água
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Cláudia Moura
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
Augusto Sérgio Costa Souza
 
Extracao acido-base
Extracao acido-baseExtracao acido-base
Extracao acido-base
Lucas Valente
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Jessica Amaral
 
Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04
Fabiane Sousa Bento
 
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Dhion Meyg Fernandes
 
Geomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvialGeomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvial
Pedro Wallace
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
João Paulo Luna
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
Gabriela Bruno
 
Geomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvialGeomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvial
Achansen
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 

Mais procurados (20)

Calcário
CalcárioCalcário
Calcário
 
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservaçãoSolos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
 
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosReações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
 
Aula tabela periódica
Aula tabela periódicaAula tabela periódica
Aula tabela periódica
 
Condições da Terra que permitem existência de Vida
Condições da Terra que permitem existência de VidaCondições da Terra que permitem existência de Vida
Condições da Terra que permitem existência de Vida
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
 
Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos
Aula Prática - Granulometria  e Morfoscópia dos SedimentosAula Prática - Granulometria  e Morfoscópia dos Sedimentos
Aula Prática - Granulometria e Morfoscópia dos Sedimentos
 
Gravimetria
GravimetriaGravimetria
Gravimetria
 
Tratamento da água
Tratamento da águaTratamento da água
Tratamento da água
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Extracao acido-base
Extracao acido-baseExtracao acido-base
Extracao acido-base
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
 
Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04
 
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
 
Geomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvialGeomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvial
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Geomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvialGeomorfologia fluvial
Geomorfologia fluvial
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
 

Destaque

Lista de Exercícios de Atomística
Lista de Exercícios de AtomísticaLista de Exercícios de Atomística
Lista de Exercícios de Atomística
Hebertty Dantas
 
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesGabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Hebertty Dantas
 
Apostila trabalho de recupera -o 1_ ano
Apostila   trabalho de recupera -o 1_ anoApostila   trabalho de recupera -o 1_ ano
Apostila trabalho de recupera -o 1_ ano
Sérgio Carlos
 
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Material do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resoluçãoMaterial do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resolução
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesLista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Hebertty Dantas
 
VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA
VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA
VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA
Isaquel Silva
 
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. alunoQuimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
KATIA CAVALCANTI
 
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTARGABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
Claudia Cinara Braga
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
Ricardo Araujo
 
Lista 2 2014
Lista 2   2014Lista 2   2014
Lista 2 2014
profNICODEMOS
 
Exercícios sobre cinética química
Exercícios sobre cinética químicaExercícios sobre cinética química
Exercícios sobre cinética química
Juliane Vieira
 
Exercicio reagente limitante
Exercicio reagente limitanteExercicio reagente limitante
Exercicio reagente limitante
Rogerio Andrade
 
Tf e te pressão
Tf e te   pressãoTf e te   pressão
Tf e te pressão
Vínicius Gabriel
 
Exercícis mudanças de estado físico
Exercícis mudanças de estado físicoExercícis mudanças de estado físico
Exercícis mudanças de estado físico
alexgrandi
 
Exercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e misturaExercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e mistura
Universidade Tecnológica Federal do Paraná
 
Banco de questões SARESP
Banco de questões SARESPBanco de questões SARESP
Banco de questões SARESP
Dani Pimenta
 
Correção de avaliação 1º ano eja
Correção de avaliação 1º ano ejaCorreção de avaliação 1º ano eja
Correção de avaliação 1º ano eja
Escola Pública/Particular
 
Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...
Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...
Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...
Cristina Ramos
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
Rafael Nishikawa
 

Destaque (20)

Lista de Exercícios de Atomística
Lista de Exercícios de AtomísticaLista de Exercícios de Atomística
Lista de Exercícios de Atomística
 
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesGabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Gabarito da Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
 
Apostila trabalho de recupera -o 1_ ano
Apostila   trabalho de recupera -o 1_ anoApostila   trabalho de recupera -o 1_ ano
Apostila trabalho de recupera -o 1_ ano
 
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
Exercícios complementares densidade_solubilidade_mudança de estado físico_mod...
 
Material do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resoluçãoMaterial do 1º plantão de quimica resolução
Material do 1º plantão de quimica resolução
 
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafasesLista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
Lista qui-1-geral-fenomenosmudancafases
 
VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA
VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA
VESTIBULAR UPE SSA 1 - PROVAS DO 2º DIA
 
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. alunoQuimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
Quimica.1. recuperação paralela.doc. aluno
 
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTARGABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
 
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
17117212 lista-exercicios-separacao-de-misturas-1-ano
 
Lista 2 2014
Lista 2   2014Lista 2   2014
Lista 2 2014
 
Exercícios sobre cinética química
Exercícios sobre cinética químicaExercícios sobre cinética química
Exercícios sobre cinética química
 
Exercicio reagente limitante
Exercicio reagente limitanteExercicio reagente limitante
Exercicio reagente limitante
 
Tf e te pressão
Tf e te   pressãoTf e te   pressão
Tf e te pressão
 
Exercícis mudanças de estado físico
Exercícis mudanças de estado físicoExercícis mudanças de estado físico
Exercícis mudanças de estado físico
 
Exercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e misturaExercícios de química sbts pura e mistura
Exercícios de química sbts pura e mistura
 
Banco de questões SARESP
Banco de questões SARESPBanco de questões SARESP
Banco de questões SARESP
 
Correção de avaliação 1º ano eja
Correção de avaliação 1º ano ejaCorreção de avaliação 1º ano eja
Correção de avaliação 1º ano eja
 
Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...
Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...
Slides sobre Gêneros do Discurso, Gêneros Literários e Linguagem, Comunicação...
 
Balanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicasBalanceamento de equações químicas
Balanceamento de equações químicas
 

Semelhante a Gabarito da segunda avaliação

Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
professoraludmila
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
professoraludmila
 
Revisão 2a fase
Revisão 2a fase  Revisão 2a fase
Revisão 2a fase
quimicajulio
 
Gabarito luciana - segunda avaliação
Gabarito   luciana - segunda avaliaçãoGabarito   luciana - segunda avaliação
Gabarito luciana - segunda avaliação
professoraludmila
 
Gabarito luciana - segunda avaliação
Gabarito   luciana - segunda avaliaçãoGabarito   luciana - segunda avaliação
Gabarito luciana - segunda avaliação
professoraludmila
 
Gab
GabGab
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1fase
Bruna Karen
 
Apostila de quimica
Apostila de quimicaApostila de quimica
Apostila de quimica
Lino Nascimento
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
professoraludmila
 
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48   coeficciente de solubilidadeLista de exercícios 48   coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Colegio CMC
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
blogprofbento
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
Rodrigo Sampaio
 
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICAEXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
primaquim
 
Química
QuímicaQuímica
Química
cavip
 
Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
blogprofbento
 
Obtenção de hidrogenio
Obtenção de hidrogenioObtenção de hidrogenio
Obtenção de hidrogenio
Mila Dé Zacché
 
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e SaisQuímica Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Lucas Valente
 
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdfEXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
HyderaldoPachelly1
 

Semelhante a Gabarito da segunda avaliação (20)

Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
Luciana avaliação 06.05.14 - versão final (3)
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
Revisão 2a fase
Revisão 2a fase  Revisão 2a fase
Revisão 2a fase
 
Gabarito luciana - segunda avaliação
Gabarito   luciana - segunda avaliaçãoGabarito   luciana - segunda avaliação
Gabarito luciana - segunda avaliação
 
Gabarito luciana - segunda avaliação
Gabarito   luciana - segunda avaliaçãoGabarito   luciana - segunda avaliação
Gabarito luciana - segunda avaliação
 
Gab
GabGab
Gab
 
Prova fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1faseProva fuv2013 1fase
Prova fuv2013 1fase
 
Apostila de quimica
Apostila de quimicaApostila de quimica
Apostila de quimica
 
Lista de exercícios 02 2014
Lista de exercícios 02   2014Lista de exercícios 02   2014
Lista de exercícios 02 2014
 
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48   coeficciente de solubilidadeLista de exercícios 48   coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
 
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
Unidade4 2012 csa_gabarit_op129a136
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
 
Gases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabaritoGases ideais - Questões com gabarito
Gases ideais - Questões com gabarito
 
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICAEXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
EXERCICIOS DE QUÍMICA INORGÂNICA
 
Química
QuímicaQuímica
Química
 
Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
 
Obtenção de hidrogenio
Obtenção de hidrogenioObtenção de hidrogenio
Obtenção de hidrogenio
 
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e SaisQuímica Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
 
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdfEXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
EXERCICIOS DE QUIMICA.pdf
 

Mais de professoraludmila

A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
professoraludmila
 
A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
professoraludmila
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodosLudmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
professoraludmila
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
professoraludmila
 
Correção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visãoCorreção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visão
professoraludmila
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Visão
VisãoVisão
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
professoraludmila
 
Avaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabaritoAvaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabarito
professoraludmila
 
Desafio 4
Desafio 4Desafio 4
Desafio 2 gabarito
Desafio 2   gabaritoDesafio 2   gabarito
Desafio 2 gabarito
professoraludmila
 
Desafio 3
Desafio 3Desafio 3
A sexualidade humana
A sexualidade humanaA sexualidade humana
A sexualidade humana
professoraludmila
 
O controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpóreaO controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpórea
professoraludmila
 
Desafio 2
Desafio 2Desafio 2
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3
professoraludmila
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1

Mais de professoraludmila (20)

A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
 
A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Desafio 7
 
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodosLudmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
 
Correção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visãoCorreção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visão
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Desafio 7
 
Visão
VisãoVisão
Visão
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
 
Avaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabaritoAvaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabarito
 
Desafio 4
Desafio 4Desafio 4
Desafio 4
 
Desafio 2 gabarito
Desafio 2   gabaritoDesafio 2   gabarito
Desafio 2 gabarito
 
Desafio 3
Desafio 3Desafio 3
Desafio 3
 
A sexualidade humana
A sexualidade humanaA sexualidade humana
A sexualidade humana
 
O controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpóreaO controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpórea
 
Desafio 2
Desafio 2Desafio 2
Desafio 2
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 
Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 

Último

TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 

Último (20)

TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 

Gabarito da segunda avaliação

  • 1. 1 Caro(a) aluno (a),  FAÇA a lápis as questões objetivas e ao final, marque a caneta sua resposta. Rasuras não serão aceitas.  RESPONDA aos itens de acordo com o padrão da norma culta da língua portuguesa e da linguagem científica.  NÃO use corretivo.  O critério de correção leva em consideração o que você escreveu e não o que você pensou em escrever.  ESCREVA a resposta nos espaços correspondentes. Só será corrigido o que estiver dentro desses espaços. Não há, porém, obrigatoriedade de preenchimento total desses espaços. Boa prova! Nome: N o : Ano: 8º - Tarde Turma: Ensino Fundamental Data: 08/04/2014 2ª AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS - 1ª Etapa Valor Nota Professora: Ludmila Olandim de Souza 8,0
  • 2. 2 QUESTÃO 1 (0,8) O esquema representa observações feitas por um aluno, quando uma chapa de alumínio foi colocada em um tubo de ensaio, contendo solução aquosa de HC (ácido clorídrico). Nesse experimento, ocorre o desprendimento de um gás e a formação de um sal. Considerando-se o experimento descrito, e outros conhecimentos é CORRETO afirmar que: A) a velocidade da reação não se altera substituindo a chapa pelo pó de alumínio. B) a reação é acelerada quando o sistema é aquecido. C) o aumento da concentração de ácido diminui o número de bolhas do sistema. D) o sal formado, durante a reação, é insolúvel. QUESTÃO 2 (0,8) - D Uma mistura de hidrogênio, H2(g) e iodo, l2(g) reage, num recipiente fechado, em presença de catalisador, produzindo o gás iodeto de hidrogênio, Hl. O desenho representa a mistura, antes da reação. Supondo que a reação seja completa e considerando a quantidade de moléculas representadas no estado inicial, qual dos desenhos representa o estado final do sistema?
  • 3. 3 QUESTÃO 3 (0,8) LEIA o texto a seguir com bastante atenção. Holanda quer deixar de ser um país baixo. Cientistas estão pesquisando a viabilidade de se elevar o litoral holandês – que é muito baixo e há séculos vem sendo ameaçado por enchentes – através de injeção de substâncias químicas na terra. Os pesquisadores acreditam poder elevar o litoral injetando ácido sulfúrico (H2SO4) numa camada de rocha calcária a 1,5 km abaixo da superfície. A reação química resultante produziria gipsita, que ocupa o dobro do espaço do calcário e que empurraria a superfície terrestre para cima. (Folha de S. Paulo, outubro de 1992) Sabendo que a gipsita é sulfato de cálcio hidratado (CaSO4 .H20) e que o calcário é o carbonato de cálcio (CaCO3), a reação citada produz também: A) NaC B) CO2 C) HC D) NH3 QUESTÃO 4 (0,8) Desde a pré-história, quando aprendeu a manipular o fogo para cozinhar seus alimentos e se aquecer, o homem vem percebendo sua dependência cada vez maior das várias formas de energia. A energia é importante para uso industrial e doméstico, nos transportes, etc. Existem reações químicas que ocorrem com liberação ou absorção de energia sob a forma de calor, denominadas, respectivamente, como exotérmicas e endotérmicas. Elas podem ser graficamente representadas (gráfico 1.) GRÁFICO 1
  • 4. 4 ANALISE o gráfico e assinale a alternativa correta. A) A energia dos produtos é maior que a dos reagentes. B) A energia dos reagentes é menor que a dos produtos. C) O gráfico representa uma reação endotérmica. D) O gráfico representa uma reação que libera calor. QUESTÃO 5 (0,8) No engarrafamento de refrigerantes, o gás carbônico, sob alta pressão, é forçado a se dissolver no líquido. Quando uma garrafa de refrigerante é aberta, formam-se bolhas de gás carbônico. INDIQUE se aquele borbulhamento constitui um fenômeno físico ou químico. JUSTIFIQUE, considerando a constituição inicial e final dos sistemas. Fenômeno físico, pois nenhuma nova substância foi formada. O gás liberado é o gás carbônico e que já existia no sistema. QUESTÃO 6 (0,8) O gráfico a seguir representa a variação das concentrações das substâncias X, Y e Z durante a reação em que elas participam. RESPONDA as questões propostas com base na análise do gráfico e em outros conhecimentos. A) INDIQUE, utilizando X, Y e Z, o(s) produto(s) e o(s) reagente(s). (0,3) Reagente: Z Produto: X, Y B)ESCREVA, utilizando X, Y e Z, a equação que representa a reação química representada no gráfico acima. (0,3) Z→X+Y
  • 5. 5 QUESTÃO 7 (0,8) ANALISE com bastante atenção a campanha publicitária a seguir e a equação da reação química entre o bicarbonato de sódio e o ácido clorídrico. Disponível em http://blogs.estadao.com.br/reclames-do-estadao/tag/1945/page/2 EQUAÇÃO DA REAÇÃO: NaHCO3 + HC → NaC(s) + H2O() + CO2(g) A) EXPLIQUE, utilizando os termos químicos adequados, o motivo das pessoas “arrotarem” após o uso do sal de fruta. (0,4) A liberação do gás carbônico causa o arroto. B) As antigas campanhas publicitárias do Sal de Fruta Eno indicavam o uso periódico deste medicamento. DISCUTA o possível dano causado à saúde das pessoas que fazem o uso diário deste medicamento, considerando um dos produtos da reação química. (0,4) Elevação da pressão sanguínea. Pacientes com pressão alta devem evitar o consumo excessivo de eno, pois um dos produtos da reação é o cloreto de sódio, substancia que eleva a pressão. QUESTÃO 8 (0,8) A tabela a seguir fornece os pontos de fusão e de ebulição (sob pressão de 1atm) de algumas substâncias.
  • 6. 6 Considere essas substâncias na Antártida (temperatura de –35Cº), em Porto Alegre (temperatura de 25Cº) e no deserto do Saara (temperatura de 55Cº). INDIQUE os estados físicos das substâncias em questão nos três locais indicados. SUBSTÂNCIA ESTADO FÍSICO NA ANTÁRTIDA ESTADO FÍSICO EM PORTO ALEGRE ESTADO FÍSICO NO DESERTO DO SAARA FENOL Sólido Sólido líquido PENTANO líquido líquido gasoso CLOROFÓRMIO líquido líquido líquido QUESTÃO 9 (0,8) LEIA o texto a seguir. “Os peixes estão morrendo porque a água do rio está sem oxigênio, mas nos trechos de maior corredeira a quantidade de oxigênio aumenta”. Ao ouvir esta informação de um técnico do meio ambiente, um estudante que passava pela margem do rio ficou confuso e fez a seguinte reflexão: “Estou vendo a água no rio e sei que a água contém, em suas moléculas, oxigênio; então como pode ter acabado o oxigênio do rio?”. A) ESCREVA as fórmulas das substâncias mencionadas pelo técnico. (0,2) H2O – ÁGUA O2 –OXIGÊNIO B) RELACIONE a confusão cometida pelo estudante em sua reflexão com a definição e aplicação dos termos substância e elemento químico. (0,6) O oxigênio responsável pela vida dos peixes é o gás oxigênio (O2) dissolvido nas águas dos rios. A água contém o elemento oxigênio (O), constituinte de suas moléculas (H2O). O estudante confundiu a substância oxigênio com o elemento oxigênio. O oxigênio dissolvido nas águas pode acabar, mas o oxigênio da água faz parte de sua constituição.
  • 7. 7 QUESTÃO 10 (0,8) O chumbo metálico (Pb) e os compostos de chumbo são obtidos a partir da galena, material rico em sulfeto de chumbo II (PbS). Outras substâncias como nitrato de chumbo II - (Pb(NO3)2, brometo de chumbo II e cloreto de chumbo II (PbC2), podem ser obtidas a partir do principal componente de seu minério. Ao passar uma corrente elétrica pelo brometo de chumbo II, ele se decompõe em gás bromo e chumbo metálico. A) INDIQUE se o brometo de chumbo é substância simples, substância composta ou mistura. (0,3) Brometo de chumbo é uma substância composta. B) O processo de obtenção do chumbo metálico é físico ou químico? (0,2) Químico C) QUAL a evidência da reação química durante a decomposição do brometo de chumbo II? (0,3) Liberação de um gás – gás bromo.