SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
Ensino e aprendizagem com TIC na educação pré-escolar e no 1.º
                         ciclo do ensino básico



                                            Plano de aula

   Disciplina / Área Curricular não disciplinar       Data            Hora           Sala    Ano/ Turma

              Educação Sexual                     07/07/2010 14:30 às 15:30                       3º

                                                                                  
     UNIDADE DIDÁCTICA                        Reprodução sexual humana

     SUMÁRIO
                                              Apresentação em Powerpoint “Para onde foi o Zézinho?”     
     COMPETÊNCIA(S)                               •   Expressão oral
     ESPECÍFICA(S)                                •   Leitura
                                                  •   Escrita
                                                  •   Conhecer o corpo.
                                                  •   Distinguir as características primárias dos rapazes e
             DESCRITOR(ES) DE
                                                      raparigas.
             DESEMPENHO                           •   Falar, com progressiva autonomia e clareza, sobre o
                                                      assunto abordado.
                                                  •   Observar com progressiva autonomia e localizar a
                                                      informação pretendida.
     RECURSOS PEDAG”GICOS
                                              Folhas de registo, quadro, giz, computador, projector
                                              multimédia.
                                              Realizar actividades de forma autónoma, responsável e criativa.
 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS                      Cooperar com os outros em tarefas e projectos comuns.



     COMPETÊNCIA                              A fecundação.
     FOCALIZADA

                                              • Observar o Powerpoint.
                                              • Auscultar ideias e opiniões.
 DESENVOLVIMENTO DA AULA                      • Apoiar o aluno na descoberta das diversas formas de
                                              organização da sua aprendizagem e na construção da sua
                                              autonomia para aprender.
                                              A avaliação será feita através da observação directa do interesse
     AVALIAÇÃO                                manifestado, participação e através do registo escrito.


T2–G2

Carla Pedro
Leandro Bernardo
Maria José Oliveira
Sofia Correia
Valéria Freitas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfAdrianoSilvestre6
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Roseli Basellotto
 
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPPLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPwww.estagiosupervisionadofip.blogspot.com
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxMaxLuisEspinosa
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisarivanialeao
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervençãomoniquests
 
Ficha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminárioFicha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminárioRoberto Rorras Moura
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Giselle Coutinho
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDeisiane Cazaroto
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Ricardo Silva
 
Modelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordModelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordMister B
 

Mais procurados (20)

Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
 
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIPPLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
PLANO DE CURSO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 7° PERÍODO DE PEDAGOGIA DAS FIP
 
Autismo e educação
Autismo e educaçãoAutismo e educação
Autismo e educação
 
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docxPrograma-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
Programa-de-Acao-PEI 2022_MARIA EUGENIA_atualizado.docx
 
Competencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escolaCompetencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escola
 
Slide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisaSlide projeto de pesquisa
Slide projeto de pesquisa
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
 
Ficha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminárioFicha de avaliação de seminário
Ficha de avaliação de seminário
 
Mitos e verdades - setembro amarelo
Mitos e verdades  -  setembro amareloMitos e verdades  -  setembro amarelo
Mitos e verdades - setembro amarelo
 
Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio Relatorio de estágio do ensino médio
Relatorio de estágio do ensino médio
 
Palestra Autismo
Palestra AutismoPalestra Autismo
Palestra Autismo
 
Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!
 
Ppp slide
Ppp slidePpp slide
Ppp slide
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
 
Modelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em wordModelo de-fichamento em word
Modelo de-fichamento em word
 
Rotina escolar
Rotina escolarRotina escolar
Rotina escolar
 

Destaque

Sexualidade na Escola
Sexualidade na EscolaSexualidade na Escola
Sexualidade na EscolaLeandroFuzaro
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Alinebrauna Brauna
 
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?Thiago de Almeida
 
Educação sexual e prevenção slides
Educação sexual e prevenção   slidesEducação sexual e prevenção   slides
Educação sexual e prevenção slidesValentinacarvalho
 
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 20106° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010familiaestagio
 
Sexualidade na educação infantil
Sexualidade na educação infantilSexualidade na educação infantil
Sexualidade na educação infantilMary Lopes
 
O que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpoO que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpoVaMartins
 
A sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescênciaA sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescênciaLilia Braga
 
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...culturalmente
 
Planificação tic.lúcia
Planificação tic.lúciaPlanificação tic.lúcia
Planificação tic.lúciapaulasalvador
 
Ed sexual guiao de trabalho 7º ano
Ed sexual   guiao de trabalho 7º anoEd sexual   guiao de trabalho 7º ano
Ed sexual guiao de trabalho 7º anomariafernandes
 
Doenças sexualmente transmissíveis 1.ppsx
Doenças sexualmente transmissíveis 1.ppsxDoenças sexualmente transmissíveis 1.ppsx
Doenças sexualmente transmissíveis 1.ppsxmariafernandes
 
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento HumanoSexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento HumanoEduardo Lucas Andrade
 
Mutilação Genital Feminina e a UNIÃO EUROPÉIA
Mutilação Genital Feminina  e a UNIÃO EUROPÉIAMutilação Genital Feminina  e a UNIÃO EUROPÉIA
Mutilação Genital Feminina e a UNIÃO EUROPÉIANathália Camargo
 

Destaque (20)

Sexualidade na Escola
Sexualidade na EscolaSexualidade na Escola
Sexualidade na Escola
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
Slides sexualidade na adolescência (palestra infanto)
 
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
Como ensinar os conceitos de Sexo e de Sexualidade na escola?
 
Orientacao sexual
Orientacao sexualOrientacao sexual
Orientacao sexual
 
Educação sexual e prevenção slides
Educação sexual e prevenção   slidesEducação sexual e prevenção   slides
Educação sexual e prevenção slides
 
Orientação Sexual: Tema para ensinar Matemática?
Orientação Sexual: Tema para ensinar Matemática?Orientação Sexual: Tema para ensinar Matemática?
Orientação Sexual: Tema para ensinar Matemática?
 
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 20106° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
 
Sexualidade na educação infantil
Sexualidade na educação infantilSexualidade na educação infantil
Sexualidade na educação infantil
 
Sexualidade powerpoint
Sexualidade  powerpointSexualidade  powerpoint
Sexualidade powerpoint
 
O que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpoO que acontece com o seu corpo
O que acontece com o seu corpo
 
A sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescênciaA sexualidade na adolescência
A sexualidade na adolescência
 
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
Documento global - plano de ação da BE, descomplicar as TIC, relatório coorde...
 
Planificação tic.lúcia
Planificação tic.lúciaPlanificação tic.lúcia
Planificação tic.lúcia
 
Ed sexual guiao de trabalho 7º ano
Ed sexual   guiao de trabalho 7º anoEd sexual   guiao de trabalho 7º ano
Ed sexual guiao de trabalho 7º ano
 
Doenças sexualmente transmissíveis 1.ppsx
Doenças sexualmente transmissíveis 1.ppsxDoenças sexualmente transmissíveis 1.ppsx
Doenças sexualmente transmissíveis 1.ppsx
 
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento HumanoSexualidade e Desenvolvimento Humano
Sexualidade e Desenvolvimento Humano
 
Didatica projeto final
Didatica  projeto finalDidatica  projeto final
Didatica projeto final
 
OrientaçãO Sexual
OrientaçãO SexualOrientaçãO Sexual
OrientaçãO Sexual
 
Mutilação Genital Feminina e a UNIÃO EUROPÉIA
Mutilação Genital Feminina  e a UNIÃO EUROPÉIAMutilação Genital Feminina  e a UNIÃO EUROPÉIA
Mutilação Genital Feminina e a UNIÃO EUROPÉIA
 

Semelhante a Ensino e aprendizagem com TIC

Jornadas high scope elisaleandro
Jornadas high scope elisaleandroJornadas high scope elisaleandro
Jornadas high scope elisaleandroermelinda mestre
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertidoermelinda mestre
 
Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilkeillacr
 
sequencia didatica.pptx
sequencia didatica.pptxsequencia didatica.pptx
sequencia didatica.pptxEdnaRita2
 
Pip integracao-uma-urgencia-permanente-aaa
Pip integracao-uma-urgencia-permanente-aaaPip integracao-uma-urgencia-permanente-aaa
Pip integracao-uma-urgencia-permanente-aaaAlexandre Lopes
 
SôNia
SôNiaSôNia
SôNiaSônia
 
Recursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educaçãoRecursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educaçãoRenato Carvalho
 
Planificação acnd 3º ano 11-12
Planificação acnd   3º ano 11-12Planificação acnd   3º ano 11-12
Planificação acnd 3º ano 11-12Rogério Vara
 
Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)
Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)
Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)Terc Cre
 
Planejamento 2012
Planejamento 2012Planejamento 2012
Planejamento 2012keillacr
 
Situação de aprendizagem os cinco sentidos
Situação de aprendizagem os cinco sentidosSituação de aprendizagem os cinco sentidos
Situação de aprendizagem os cinco sentidosLeila Bolonhin
 
Apresentação projecto educativo creche
Apresentação projecto educativo crecheApresentação projecto educativo creche
Apresentação projecto educativo crecheGuida Sousa
 
Formação 07 junho Suam
Formação 07 junho SuamFormação 07 junho Suam
Formação 07 junho SuamDyone Andrade
 

Semelhante a Ensino e aprendizagem com TIC (20)

Jornadas high scope elisaleandro
Jornadas high scope elisaleandroJornadas high scope elisaleandro
Jornadas high scope elisaleandro
 
Modelo teacch
Modelo teacchModelo teacch
Modelo teacch
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
 
Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantil
 
Trabalho de projecto1
Trabalho de projecto1Trabalho de projecto1
Trabalho de projecto1
 
sequencia didatica.pptx
sequencia didatica.pptxsequencia didatica.pptx
sequencia didatica.pptx
 
Pip integracao-uma-urgencia-permanente-aaa
Pip integracao-uma-urgencia-permanente-aaaPip integracao-uma-urgencia-permanente-aaa
Pip integracao-uma-urgencia-permanente-aaa
 
SôNia
SôNiaSôNia
SôNia
 
Metacognição piauí 2011
Metacognição piauí 2011Metacognição piauí 2011
Metacognição piauí 2011
 
Aula conversa fiada
Aula conversa fiadaAula conversa fiada
Aula conversa fiada
 
Recursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educaçãoRecursos audiovisuais na educação
Recursos audiovisuais na educação
 
Planificação acnd 3º ano 11-12
Planificação acnd   3º ano 11-12Planificação acnd   3º ano 11-12
Planificação acnd 3º ano 11-12
 
Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)
Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)
Alfabetização não tem receita, mas tem princípios (patrícia corsino)
 
Planejamento 2012
Planejamento 2012Planejamento 2012
Planejamento 2012
 
6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno6 relacionamento professor aluno
6 relacionamento professor aluno
 
Ot curriculo[1]
Ot curriculo[1]Ot curriculo[1]
Ot curriculo[1]
 
Situação de aprendizagem os cinco sentidos
Situação de aprendizagem os cinco sentidosSituação de aprendizagem os cinco sentidos
Situação de aprendizagem os cinco sentidos
 
CRP-5215-0420-2014-06
CRP-5215-0420-2014-06CRP-5215-0420-2014-06
CRP-5215-0420-2014-06
 
Apresentação projecto educativo creche
Apresentação projecto educativo crecheApresentação projecto educativo creche
Apresentação projecto educativo creche
 
Formação 07 junho Suam
Formação 07 junho SuamFormação 07 junho Suam
Formação 07 junho Suam
 

Mais de Victor Martins

Como cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsComo cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsVictor Martins
 
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasRetas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasVictor Martins
 
Regras de operações com potências
Regras de operações com potênciasRegras de operações com potências
Regras de operações com potênciasVictor Martins
 
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoQual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoVictor Martins
 
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Victor Martins
 
áGua – o solvente nelson e pedro
áGua – o solvente   nelson e pedroáGua – o solvente   nelson e pedro
áGua – o solvente nelson e pedroVictor Martins
 
A farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarA farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarVictor Martins
 
dissolução da farinha
dissolução da farinhadissolução da farinha
dissolução da farinhaVictor Martins
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailVictor Martins
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailVictor Martins
 
Ficha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailFicha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailVictor Martins
 

Mais de Victor Martins (20)

Como cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docsComo cria e partilhar um documento em google docs
Como cria e partilhar um documento em google docs
 
Vt5 teste 1
Vt5  teste 1Vt5  teste 1
Vt5 teste 1
 
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retasRetas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
Retas semirretas-e-segmentos-de-reta- -posicao-relativa-de-2-retas
 
No ventre materno
No ventre maternoNo ventre materno
No ventre materno
 
No ventre-materno
No ventre-maternoNo ventre-materno
No ventre-materno
 
6 ano Matemática
6 ano Matemática6 ano Matemática
6 ano Matemática
 
Regras de operações com potências
Regras de operações com potênciasRegras de operações com potências
Regras de operações com potências
 
O desejo da bruxa
O desejo da bruxaO desejo da bruxa
O desejo da bruxa
 
Revisão 5º ano -mat
Revisão 5º ano -matRevisão 5º ano -mat
Revisão 5º ano -mat
 
Revisão do 5º ano
Revisão do 5º anoRevisão do 5º ano
Revisão do 5º ano
 
Problemas com fra es
Problemas com fra  esProblemas com fra  es
Problemas com fra es
 
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimentoQual a importância dos sais minerais no crescimento
Qual a importância dos sais minerais no crescimento
 
Rochas magnificas
Rochas magnificas Rochas magnificas
Rochas magnificas
 
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
Convites entrevistas notícias_projeto de escrita_02.05.12
 
áGua – o solvente nelson e pedro
áGua – o solvente   nelson e pedroáGua – o solvente   nelson e pedro
áGua – o solvente nelson e pedro
 
A farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcarA farinha será dissolvente como o açúcar
A farinha será dissolvente como o açúcar
 
dissolução da farinha
dissolução da farinhadissolução da farinha
dissolução da farinha
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
 
Ficha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmailFicha informativa1 gmail
Ficha informativa1 gmail
 
Ficha informativa - gmail
Ficha informativa - gmailFicha informativa - gmail
Ficha informativa - gmail
 

Último

O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 

Último (20)

O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 

Ensino e aprendizagem com TIC

  • 1. Ensino e aprendizagem com TIC na educação pré-escolar e no 1.º ciclo do ensino básico Plano de aula Disciplina / Área Curricular não disciplinar Data Hora Sala Ano/ Turma Educação Sexual 07/07/2010 14:30 às 15:30 3º       UNIDADE DIDÁCTICA Reprodução sexual humana SUMÁRIO Apresentação em Powerpoint “Para onde foi o Zézinho?”      COMPETÊNCIA(S) • Expressão oral ESPECÍFICA(S) • Leitura • Escrita • Conhecer o corpo. • Distinguir as características primárias dos rapazes e DESCRITOR(ES) DE raparigas. DESEMPENHO • Falar, com progressiva autonomia e clareza, sobre o assunto abordado. • Observar com progressiva autonomia e localizar a informação pretendida. RECURSOS PEDAG”GICOS Folhas de registo, quadro, giz, computador, projector multimédia. Realizar actividades de forma autónoma, responsável e criativa. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Cooperar com os outros em tarefas e projectos comuns. COMPETÊNCIA A fecundação. FOCALIZADA • Observar o Powerpoint. • Auscultar ideias e opiniões. DESENVOLVIMENTO DA AULA • Apoiar o aluno na descoberta das diversas formas de organização da sua aprendizagem e na construção da sua autonomia para aprender. A avaliação será feita através da observação directa do interesse AVALIAÇÃO manifestado, participação e através do registo escrito. T2–G2 Carla Pedro Leandro Bernardo Maria José Oliveira Sofia Correia Valéria Freitas