SlideShare uma empresa Scribd logo
“A área de Linguagens trata dos
conhecimentos relativos à
atuação dos sujeitos em práticas
de linguagem, em variadas
esferas da comunicação humana,
das mais cotidianas às mais
formais e elaboradas.”
(Base Nacional Comum Curricular, p.29)
Linguagens
Na BNCC a área de linguagens
reúne quatro componentes
curriculares:
Língua Portuguesa
Língua Estrangeira Moderna
Arte
Educação Física
(Base Nacional Comum Curricular, p.29)
Componentes Curriculares
O termo Linguagens no plural
abrange:
Linguagem Verbal
Linguagem Musical
Linguagem Visual
Linguagem Corporal
(Base Nacional Comum Curricular, p.29)
O Termo Linguagens
Na Educação Básica cabe a área
de linguagens garantir o domínio
da escrita, que envolve a
alfabetização (...) e o domínio
progressivo das convenções da
escrita, para ler e produzir textos
em diferentes situações de
comunicação.
(Base Nacional Comum Curricular, p.29)
Educação Básica
Alfabetização X Letramento
“ (...) a pessoa que passa a fazer uso da
leitura e da escrita, a envolver-se nas
práticas sociais da leitura se torna letrada,
mesmo analfabeta. Ou, sabendo ler e
escrever,mas não faz uso da leitura e da
escrita, é alfabetizada, mas não é
letrada,pois vive na condição de quem sabe
ler e escrever e não pratica a leitura e a
escrita. Aprender a ler e escrever torna a
pessoa alfabetizada,porém, não letrada”.
Magda Soares
Dados do Analfabetismo no Brasil 2014
14 milhões de analfabetos absolutos
35 milhões de analfabetos funcionais
(Fonte IBGE)
Analfabetismo F. Entre Universitários
2012: 38%
(Fonte: Instituto Paulo Montenegro)
2013: 50%
(Fonte: Universidade de Brasília)
2014: Acima de 50%
(Fonte: Universidade de Brasília)
A conclusão é que muitos
entram na faculdade sem ter
o hábito de estudo,
aprendem o conteúdo de
forma superficial, decoram
ao invés de entender e
muitos são analfabetos
funcionais.
No Ensino Fundamental, o
desenvolvimento das Linguagens
permite às crianças a vivência de
situações e contextos para
compreender e reconstruir suas
ações e expressá-las, descrevê-las,
bem como planejá-las, habilidades
necessárias para novas
aprendizagens.
(Base Nacional Comum Curricular, p.31)
Ensino Fundamental
Cabe ao componente curricular Língua
Portuguesa, em articulação com os demais
componentes curriculares da Educação
Básica, proporcionar aos estudantes
experiências que ampliem possibilidades de
ações de linguagem que contribuam para seu
desenvolvimento discursivo.
Língua Portuguesa
(Base Nacional Comum Curricular, p.36)
Apropriação do sistema de escrita
alfabético / ortográfico e de
tecnologias da escrita
Oralidade
Leitura
Escrita
Análise Linguística
(Base Nacional Comum Curricular, p.36)
Língua Portuguesa : Eixos
Educação Física
É de responsabilidade da Educação
Física tratar das práticas corporais
na escola como fenômeno cultural
dinâmico, diversificado,
pluridimensional, singular e
contraditório, assegurando aos
estudantes a construção de um
conjunto de conhecimentos
necessários à formação plena do
cidadão.
(Base Nacional Comum Curricular, p.95)
Desse modo cabe a esse componente
curricular problematizar,
desnaturalizar e evidenciar a
multiplicidade de sentidos/
significados que os grupos sociais
conferem às diferentes
manifestações da cultura corporal de
movimento, não se limitando,
apenas, a reproduzi-las.
(Base Nacional Comum Curricular, p.95)
A arte articula diferentes formas
de cognição (...) constituindo um
universo conceitual e de práticas
singulares, que contribuem para
que o estudante possa lidar com a
complexidade do mundo.
(Base Nacional Comum Curricular, p.82)
Arte Arte : Subcomponentes
1. Artes Visuais
2. Dança
3. Teatro
4. Música
(Base Nacional Comum Curricular, p.82)
Dimensões do Conhecimento
OBJETIVO
A partir da obra “Os Retirantes” de
Cândido Portinari, temos por objetivo
ampliar a sensibilidade estética dos
alunos, tornando-os capazes de se
reconhecerem como parte de uma
cultura construída ao longo da história,
privilegiando a observação e a
reflexão.
1ª Aula: Levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos acerca de Portinari
2ª Aula: Informações de Portinari. Informações sobre o Modernismo.
3ª Aula: Visita virtual ao Museu Casa de Portinari e apresentar suas obras.
4ª Aula: Contextualizar as obras de Portinari no Modernismo.
5ª Aula: Apresentar a obra “Os Retirantes” e fazer sua identificação.
6ª Aula: Contextualizar a obra “Os Retirantes” e realizar sua análise.
7ª Aula: Interpretar e realizar o julgamento da obra “Os Retirantes”.
8ª Aula: Atividade de releitura da obra “Os Retirantes”.
Alunos do Ensino Fundamental : 5º ano
Todos os alunos serão avaliados de acordo
com sua participação, considerando a
capacidade crítica de forma individual e como
reagiram às situações propostas. Tudo o que
as crianças disserem será anotado para uma
análise posterior que poderá ser satisfatória ou
não. Caso esta análise seja insatisfatória o
assunto será novamente abordado através de
uma nova metodologia.
BNCC - LINGUAGENS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
Magda Marques
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
Adriana Pereira
 
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
 fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto) fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
Taty Cruz
 
LEITURA
LEITURALEITURA
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
Marcelo Assis
 
BNCC na prática
BNCC na práticaBNCC na prática
BNCC na prática
Grasiela Dourado
 
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxRECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
EsterLeite4
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
Magda Marques
 
Literatura Infantil Slides
Literatura Infantil   SlidesLiteratura Infantil   Slides
Literatura Infantil Slides
estercotrim
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
proletramentoalfa
 
Ensino da lingua portuguesa
Ensino da  lingua portuguesaEnsino da  lingua portuguesa
Ensino da lingua portuguesa
Gerdian Teixeira
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
PNAIC UFSCar
 
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aulaOficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Josilene Borges
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Vera Marlize Schröer
 
Pedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaPedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomia
Soares Junior
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
pnaicdertsis
 
Fundamentos metodologia língua portuguesa
Fundamentos metodologia língua portuguesaFundamentos metodologia língua portuguesa
Fundamentos metodologia língua portuguesa
Glacemi Loch
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
LianeMagnolia
 
O curriculo
O curriculoO curriculo
O curriculo
Germano Minezes
 
Procedimentos de leitura - ppt
Procedimentos de leitura - pptProcedimentos de leitura - ppt
Procedimentos de leitura - ppt
Jane Pereira
 

Mais procurados (20)

Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
 fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto) fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
 
LEITURA
LEITURALEITURA
LEITURA
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
BNCC na prática
BNCC na práticaBNCC na prática
BNCC na prática
 
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptxRECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
RECOMPOSIÇÃO DAS APRENDIZAGENS.pptx
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Literatura Infantil Slides
Literatura Infantil   SlidesLiteratura Infantil   Slides
Literatura Infantil Slides
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Ensino da lingua portuguesa
Ensino da  lingua portuguesaEnsino da  lingua portuguesa
Ensino da lingua portuguesa
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
 
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aulaOficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aula
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
 
Pedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaPedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomia
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
 
Fundamentos metodologia língua portuguesa
Fundamentos metodologia língua portuguesaFundamentos metodologia língua portuguesa
Fundamentos metodologia língua portuguesa
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
O curriculo
O curriculoO curriculo
O curriculo
 
Procedimentos de leitura - ppt
Procedimentos de leitura - pptProcedimentos de leitura - ppt
Procedimentos de leitura - ppt
 

Destaque

Direitos de aprendizagem oralidade
Direitos de aprendizagem   oralidadeDireitos de aprendizagem   oralidade
Direitos de aprendizagem oralidade
mariaelidias
 
Bncc apresentacao
Bncc apresentacaoBncc apresentacao
Bncc apresentacao
Reginaldo Nobrega
 
Anotações sobre base nacional curricular comum
Anotações sobre base nacional curricular comumAnotações sobre base nacional curricular comum
Anotações sobre base nacional curricular comum
Graded - The American School of São Paulo
 
Políticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPolíticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de Educação
Cleverson Sobrenome
 
Governo lança reforma do ensino médio
Governo lança reforma do ensino médioGoverno lança reforma do ensino médio
Governo lança reforma do ensino médio
Fabio Cruz
 
Base nacional comum curricular cepeja cópia
Base nacional  comum curricular cepeja   cópiaBase nacional  comum curricular cepeja   cópia
Base nacional comum curricular cepeja cópia
Sandra Maria Alves da Costa
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
Jose Wilson Melo
 
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph GomesBase Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Luciana
 
Novo Ensino Médio - Escolas em Tempo Integral
Novo Ensino Médio -  Escolas em Tempo IntegralNovo Ensino Médio -  Escolas em Tempo Integral
Novo Ensino Médio - Escolas em Tempo Integral
Palácio do Planalto
 

Destaque (9)

Direitos de aprendizagem oralidade
Direitos de aprendizagem   oralidadeDireitos de aprendizagem   oralidade
Direitos de aprendizagem oralidade
 
Bncc apresentacao
Bncc apresentacaoBncc apresentacao
Bncc apresentacao
 
Anotações sobre base nacional curricular comum
Anotações sobre base nacional curricular comumAnotações sobre base nacional curricular comum
Anotações sobre base nacional curricular comum
 
Políticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de EducaçãoPolíticas Públicas de Educação
Políticas Públicas de Educação
 
Governo lança reforma do ensino médio
Governo lança reforma do ensino médioGoverno lança reforma do ensino médio
Governo lança reforma do ensino médio
 
Base nacional comum curricular cepeja cópia
Base nacional  comum curricular cepeja   cópiaBase nacional  comum curricular cepeja   cópia
Base nacional comum curricular cepeja cópia
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
 
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph GomesBase Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
Base Nacional Comum Curricular_Raph Gomes
 
Novo Ensino Médio - Escolas em Tempo Integral
Novo Ensino Médio -  Escolas em Tempo IntegralNovo Ensino Médio -  Escolas em Tempo Integral
Novo Ensino Médio - Escolas em Tempo Integral
 

Semelhante a BNCC - LINGUAGENS

OCEM - Orientações Curriculares para o Ensino Médio
OCEM - Orientações Curriculares para o Ensino MédioOCEM - Orientações Curriculares para o Ensino Médio
OCEM - Orientações Curriculares para o Ensino Médio
Flávia Nascimento
 
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptxSlides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
LucasBrando77
 
Resumo Caderno IV
Resumo Caderno IVResumo Caderno IV
Resumo Caderno IV
Leonardo Ornellas Pena
 
A Literacia com as TIC no 1º ciclo
A Literacia com as TIC no 1º ciclo  A Literacia com as TIC no 1º ciclo
A Literacia com as TIC no 1º ciclo
Rosa Luisa Gaspar
 
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º anoCurrículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
tecnicossme
 
Português enceja
Português   encejaPortuguês   enceja
Português enceja
RODRIGO GERMANO DA SILVA
 
Memorial (1)
Memorial (1)Memorial (1)
Memorial (1)
Jucélia Da Hora
 
Universidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahiaUniversidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahia
Jucélia Da Hora
 
Projeto Gestar II
Projeto Gestar IIProjeto Gestar II
Projeto Gestar II
izoldaferreira
 
Universidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiroUniversidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiro
marta santos
 
anexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdf
anexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdfanexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdf
anexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdf
Alissondasilvarocha2
 
A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRASA PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
Paulo Alexandre
 
CORRADI Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...
CORRADI  Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...CORRADI  Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...
CORRADI Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...
fabriciosena9
 
Orientações Curricular de Mato Grosso- Área de Linguagens
Orientações Curricular de Mato Grosso- Área de LinguagensOrientações Curricular de Mato Grosso- Área de Linguagens
Orientações Curricular de Mato Grosso- Área de Linguagens
IRACI SARTORI
 
Relato de experiência kathia
Relato de experiência kathiaRelato de experiência kathia
Relato de experiência kathia
Kathia Canizares
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
Ewerton Gindri
 
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
Martha Lucía Salamanca Solis
 
Apresentação da unidade cinco
Apresentação da unidade cincoApresentação da unidade cinco
Apresentação da unidade cinco
Andreá Perez Leinat
 
Oralidae, escrita e mídia
Oralidae, escrita e mídiaOralidae, escrita e mídia
Oralidae, escrita e mídia
izoldaferreira
 
Linguas estrangeiras - Vera Hanna - Mackenzie
Linguas estrangeiras - Vera Hanna - MackenzieLinguas estrangeiras - Vera Hanna - Mackenzie
Linguas estrangeiras - Vera Hanna - Mackenzie
Camila Ferreira
 

Semelhante a BNCC - LINGUAGENS (20)

OCEM - Orientações Curriculares para o Ensino Médio
OCEM - Orientações Curriculares para o Ensino MédioOCEM - Orientações Curriculares para o Ensino Médio
OCEM - Orientações Curriculares para o Ensino Médio
 
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptxSlides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
 
Resumo Caderno IV
Resumo Caderno IVResumo Caderno IV
Resumo Caderno IV
 
A Literacia com as TIC no 1º ciclo
A Literacia com as TIC no 1º ciclo  A Literacia com as TIC no 1º ciclo
A Literacia com as TIC no 1º ciclo
 
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º anoCurrículo referência  língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
Currículo referência língua estragenria moderna 6º ao 9º ano
 
Português enceja
Português   encejaPortuguês   enceja
Português enceja
 
Memorial (1)
Memorial (1)Memorial (1)
Memorial (1)
 
Universidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahiaUniversidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahia
 
Projeto Gestar II
Projeto Gestar IIProjeto Gestar II
Projeto Gestar II
 
Universidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiroUniversidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiro
 
anexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdf
anexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdfanexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdf
anexo_sistematizacao_de_aprendizagens_de_linguagens_e_suas_tecnologiaspdf.pdf
 
A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRASA PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
A PERSPECTIVA INTERCULTURAL NO ENSINO DAS LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
 
CORRADI Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...
CORRADI  Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...CORRADI  Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...
CORRADI Síntese de clases. Profesorado para la educacion secundaria en port...
 
Orientações Curricular de Mato Grosso- Área de Linguagens
Orientações Curricular de Mato Grosso- Área de LinguagensOrientações Curricular de Mato Grosso- Área de Linguagens
Orientações Curricular de Mato Grosso- Área de Linguagens
 
Relato de experiência kathia
Relato de experiência kathiaRelato de experiência kathia
Relato de experiência kathia
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
 
Apresentação da unidade cinco
Apresentação da unidade cincoApresentação da unidade cinco
Apresentação da unidade cinco
 
Oralidae, escrita e mídia
Oralidae, escrita e mídiaOralidae, escrita e mídia
Oralidae, escrita e mídia
 
Linguas estrangeiras - Vera Hanna - Mackenzie
Linguas estrangeiras - Vera Hanna - MackenzieLinguas estrangeiras - Vera Hanna - Mackenzie
Linguas estrangeiras - Vera Hanna - Mackenzie
 

Mais de Sandra Lourenco

CARTILHA : ALFABETIZAÇÃO
CARTILHA : ALFABETIZAÇÃOCARTILHA : ALFABETIZAÇÃO
CARTILHA : ALFABETIZAÇÃO
Sandra Lourenco
 
O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇAO LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
Sandra Lourenco
 
SLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
SLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇASLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
SLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
Sandra Lourenco
 
PARODIA E ALUSAO
PARODIA E ALUSAOPARODIA E ALUSAO
PARODIA E ALUSAO
Sandra Lourenco
 
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORATENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
Sandra Lourenco
 
NASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO
NASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULONASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO
NASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO
Sandra Lourenco
 

Mais de Sandra Lourenco (6)

CARTILHA : ALFABETIZAÇÃO
CARTILHA : ALFABETIZAÇÃOCARTILHA : ALFABETIZAÇÃO
CARTILHA : ALFABETIZAÇÃO
 
O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇAO LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
 
SLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
SLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇASLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
SLIDE:O LÚDICO NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DA CRIANÇA
 
PARODIA E ALUSAO
PARODIA E ALUSAOPARODIA E ALUSAO
PARODIA E ALUSAO
 
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORATENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
TENDENCIA PROGRESSISTA LIBERTADORA
 
NASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO
NASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULONASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO
NASCEM OS ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO
 

Último

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 

Último (20)

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 

BNCC - LINGUAGENS

  • 1.
  • 2. “A área de Linguagens trata dos conhecimentos relativos à atuação dos sujeitos em práticas de linguagem, em variadas esferas da comunicação humana, das mais cotidianas às mais formais e elaboradas.” (Base Nacional Comum Curricular, p.29) Linguagens Na BNCC a área de linguagens reúne quatro componentes curriculares: Língua Portuguesa Língua Estrangeira Moderna Arte Educação Física (Base Nacional Comum Curricular, p.29) Componentes Curriculares
  • 3. O termo Linguagens no plural abrange: Linguagem Verbal Linguagem Musical Linguagem Visual Linguagem Corporal (Base Nacional Comum Curricular, p.29) O Termo Linguagens Na Educação Básica cabe a área de linguagens garantir o domínio da escrita, que envolve a alfabetização (...) e o domínio progressivo das convenções da escrita, para ler e produzir textos em diferentes situações de comunicação. (Base Nacional Comum Curricular, p.29) Educação Básica
  • 4. Alfabetização X Letramento “ (...) a pessoa que passa a fazer uso da leitura e da escrita, a envolver-se nas práticas sociais da leitura se torna letrada, mesmo analfabeta. Ou, sabendo ler e escrever,mas não faz uso da leitura e da escrita, é alfabetizada, mas não é letrada,pois vive na condição de quem sabe ler e escrever e não pratica a leitura e a escrita. Aprender a ler e escrever torna a pessoa alfabetizada,porém, não letrada”. Magda Soares
  • 5. Dados do Analfabetismo no Brasil 2014 14 milhões de analfabetos absolutos 35 milhões de analfabetos funcionais (Fonte IBGE) Analfabetismo F. Entre Universitários 2012: 38% (Fonte: Instituto Paulo Montenegro) 2013: 50% (Fonte: Universidade de Brasília) 2014: Acima de 50% (Fonte: Universidade de Brasília) A conclusão é que muitos entram na faculdade sem ter o hábito de estudo, aprendem o conteúdo de forma superficial, decoram ao invés de entender e muitos são analfabetos funcionais.
  • 6.
  • 7. No Ensino Fundamental, o desenvolvimento das Linguagens permite às crianças a vivência de situações e contextos para compreender e reconstruir suas ações e expressá-las, descrevê-las, bem como planejá-las, habilidades necessárias para novas aprendizagens. (Base Nacional Comum Curricular, p.31) Ensino Fundamental
  • 8. Cabe ao componente curricular Língua Portuguesa, em articulação com os demais componentes curriculares da Educação Básica, proporcionar aos estudantes experiências que ampliem possibilidades de ações de linguagem que contribuam para seu desenvolvimento discursivo. Língua Portuguesa (Base Nacional Comum Curricular, p.36) Apropriação do sistema de escrita alfabético / ortográfico e de tecnologias da escrita Oralidade Leitura Escrita Análise Linguística (Base Nacional Comum Curricular, p.36) Língua Portuguesa : Eixos
  • 9. Educação Física É de responsabilidade da Educação Física tratar das práticas corporais na escola como fenômeno cultural dinâmico, diversificado, pluridimensional, singular e contraditório, assegurando aos estudantes a construção de um conjunto de conhecimentos necessários à formação plena do cidadão. (Base Nacional Comum Curricular, p.95) Desse modo cabe a esse componente curricular problematizar, desnaturalizar e evidenciar a multiplicidade de sentidos/ significados que os grupos sociais conferem às diferentes manifestações da cultura corporal de movimento, não se limitando, apenas, a reproduzi-las. (Base Nacional Comum Curricular, p.95)
  • 10. A arte articula diferentes formas de cognição (...) constituindo um universo conceitual e de práticas singulares, que contribuem para que o estudante possa lidar com a complexidade do mundo. (Base Nacional Comum Curricular, p.82) Arte Arte : Subcomponentes 1. Artes Visuais 2. Dança 3. Teatro 4. Música (Base Nacional Comum Curricular, p.82) Dimensões do Conhecimento
  • 11. OBJETIVO A partir da obra “Os Retirantes” de Cândido Portinari, temos por objetivo ampliar a sensibilidade estética dos alunos, tornando-os capazes de se reconhecerem como parte de uma cultura construída ao longo da história, privilegiando a observação e a reflexão.
  • 12. 1ª Aula: Levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos acerca de Portinari 2ª Aula: Informações de Portinari. Informações sobre o Modernismo. 3ª Aula: Visita virtual ao Museu Casa de Portinari e apresentar suas obras. 4ª Aula: Contextualizar as obras de Portinari no Modernismo. 5ª Aula: Apresentar a obra “Os Retirantes” e fazer sua identificação. 6ª Aula: Contextualizar a obra “Os Retirantes” e realizar sua análise. 7ª Aula: Interpretar e realizar o julgamento da obra “Os Retirantes”. 8ª Aula: Atividade de releitura da obra “Os Retirantes”. Alunos do Ensino Fundamental : 5º ano
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Todos os alunos serão avaliados de acordo com sua participação, considerando a capacidade crítica de forma individual e como reagiram às situações propostas. Tudo o que as crianças disserem será anotado para uma análise posterior que poderá ser satisfatória ou não. Caso esta análise seja insatisfatória o assunto será novamente abordado através de uma nova metodologia.