SlideShare uma empresa Scribd logo
Diretos contra a Tortura
 Os direitos humanos são
os direitos e liberdades básicos de todos os seres
humanos.
 Normalmente o conceito de direitos humanos tem a
idéia também de liberdade de pensamento e
de expressão, e a igualdade perante a lei.
 As idéias de direitos humanos tem origem no
conceito filosófico de direitos naturais que seriam
atribuídos por Deus;
 A Declaração Universal dos Direitos
Humanos da Organização das Nações Unidas afirma
que :
 “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em
dignidade e em direitos. Dotados de razão e de
consciência, devem agir uns para com os outros em
espírito de fraternidade.”
O Cilindro de Ciro hoje no British Museum, a primeira declaração dos direitos humanos
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de 1789
 Existe um importante debate sobre a origem cultural
dos direitos humanos
 Geralmente se considera que tenham sua raiz na
cultura ocidental moderna
 Existe também quem considere que o Ocidente não
criou a ideia nem o conceito do direitos
humanos, ainda que tenha encontrado uma maneira
concreta de sistematizá-los
 As teorias que defendem o universalismo dos direitos
humanos se contrapõem ao relativismo cultural, que
afirma a validez de todos os sistemas culturais e a
impossibilidade de qualquer valorização absoluta
desde um marco externo, que, neste caso, seriam os
direitos humanos universais.
 Muitas declarações de direitos humanos emitidas por
organizações internacionais regionais põem um acento
maior ou menor no aspecto cultural e dão mais
importância a determinados direitos de acordo com
sua trajetória histórica
 A Organização da Unidade Africana proclamou
em 1981 a Carta Africana de Direitos Humanos e de
Povos , que reconhecia princípios da Declaração
Universal dos Direitos Humanos de 1948 e adicionava
outros que tradicionalmente se tinham negado na
África, como o direito de livre determinação
 Mais tarde, os Estados africanos que acordaram a
Declaração de Túnez, em 6 de
novembro de 1992, afirmaram que não se pode
prescrever um modelo determinado a nível
universal, já que não podem se desvincular as
realidades históricas e culturais de cada nação e as
tradições, normas e valores de cada povo.
 Também a visão ocidental-capitalista dos direitos
humanos, centrada nos direitos civis e políticos, como
a liberdade de opinião, de expressão e de voto, se opôs
durante a Guerra Fria, o bloco socialista, que
privilegiava a satisfação das necessidades
elementares, porém era suprimida a propriedade
privada, a possibilidade de discordar, e de eleger os
representantes com eleições livres de múltipla escolha
Guia da Carta Africana de Direitos Humanos e de Povos
 A Declaração Universal dos Direitos Humanos, que
delineia os direitos humanos básicos, foi adotada
pela Organização das Nações Unidas em 10 de
dezembro de 1948.
 Esboçada principalmente por John Peters
Humphrey, do Canadá, mas também com a ajuda de
várias pessoas de todo o mundo
 Abalados pela barbaridade recente e com o intuito de
construir um mundo sob novos alicerces ideológicos,
os dirigentes das nações que emergiram como
potências no período pós-guerra, liderados
por URSS e Estados Unidos estabeleceram na
Conferência de Yalta, na Ucrânia, em 1945.
 Para evitar guerras e promover a paz e a democracia, e
fortalecer os Direitos Humanos.
 Embora não seja um documento que representa
obrigatoriedade legal, serviu como base para os dois
tratados sobre direitos humanos da ONU, de força
legal,
 Continua a ser amplamente citado por
acadêmicos, advogados e cortes constitucionais.
Eleanor Roosevelt exibe cartaz contendo a Declaração Universal dos Direitos Humanos
 Anna Eleanor
Roosevelt foi primeira-
dama dos Estados
Unidos de 1933 a 1945.
 Apoiou a política do New
Deal, criada por seu
marido, o
presidente Franklin
Delano Roosevelt, e
tornou-se grande
defensora dos direitos
humanos.
 Todos nascemos livres e somos iguais em dignidade e direitos.
 Todos temos direitos à vida, à liberdade e à segurança pessoal e
social.
 Todos temos direito de resguardar a casa, a família e a honra.
 Todos temos direito ao trabalho digno e bem remunerado.
 Todos temos direito ao descanso, ao lazer e às férias.
 Todos temos à saúde e assistência médica e hospitalar.
 Todos temos direito à instrução, à escola, à arte e à cultura.
 Todos temos direito ao amparo social na infância e na velhice.
 Todos temos direito à organização popular, sindical e política.
 Todos temos direito de eleger e ser eleito às funções de governo.
 Todos temos direito à informação verdadeira e correta.
 Todos temos direito de ir e vir, mudar de cidade, de Estado ou país.
 Todos temos direito de não sofrer nenhum tipo de discriminação.
 Ninguém pode ser torturado ou linchado. Todos somos iguais perante a
lei.
 Ninguém pode ser arbitrariamente preso ou privado do direito de
defesa.
 Toda pessoa é inocente até que a justiça, baseada na lei, prove a
contrário.
 Todos temos liberdade de pensar, de nos manifestar, de nos reunir e de
crer.
 Todos temos direito ao amor e aos frutos do amor.
 Todos temos o dever de respeitar e proteger os direitos da comunidade.
 Todos temos o dever de lutar pela conquista e ampliação destes direitos.
Versão Popular Frei Beto
Versão Popular de Frei Beto da Declaração dos Direitos Humanos.
Frei Beto.
 Carlos Alberto Libânio
Christo, o Frei Betto, é
um escritor e religioso
dominicano brasileiro,
filho do jornalista
Antônio Carlos Vieira
Christo e da escritora e
culinarista Maria Stella
Libanio
Bíblia
Alcorão
Mulheres do Oriente
Mulheres do Ocidente
Freiras do Mundo Ocidental
Musica Erudita
Musica Popular
Ritual Indígena
Atleta fazendo Tatuagem
Atleta fazendo Tatuagem
Atleta fazendo Tatuagem
Atleta fazendo Tatuagem
Atleta fazendo Tatuagem
Atleta fazendo Tatuagem
 Estátuas e cofres e paredes pintadas
Ninguém sabe o que aconteceu.
Ela se jogou da janela do quinto andar
Nada é fácil de entender.
 Dorme agora,
é só o vento lá fora.
 Quero colo! Vou fugir de casa!
Posso dormir aqui com vocês?
Estou com medo, tive um pesadelo
Só vou voltar depois das três.
 Meu filho vai ter nome de santo
Quero o nome mais bonito.
 É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Porque se você parar pra pensar
Na verdade não há.
 Me diz, por que que o céu é azul?
Explica a grande fúria do mundo
São meus filhos
Que tomam conta de mim.
 Eu moro com a minha mãe
Mas meu pai vem me visitar
Eu moro na rua, não tenho ninguém
Eu moro em qualquer lugar.
 Já morei em tanta casa
Que nem me lembro mais
Eu moro com os meus pais.
 É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Porque se você parar pra pensar
Na verdade não há.
 Sou uma gota d'água,
sou um grão de areia
Você me diz que seus pais não te
entendem,
Mas você não entende seus pais.
 Você culpa seus pais por tudo, isso é
absurdo
São crianças como você
O que você vai ser,
Quando você crescer?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Filosofia e o Filosofar
Filosofia e o FilosofarFilosofia e o Filosofar
Filosofia e o Filosofar
MatildeGodinho
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Darlan Campos
 
Avaliação de filosofia 2 b
Avaliação de filosofia 2 bAvaliação de filosofia 2 b
Avaliação de filosofia 2 b
Marcia Oliveira
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
Curso Letrados
 
Filosofia da Arte: Arte e estética
Filosofia da Arte: Arte e estéticaFilosofia da Arte: Arte e estética
Filosofia da Arte: Arte e estética
Raphael Lanzillotte
 
O sorriso de monalisa
O sorriso de monalisaO sorriso de monalisa
O sorriso de monalisa
Silvilene Oliveira
 
Estetica (atividade II)
Estetica   (atividade II)Estetica   (atividade II)
Estetica (atividade II)
Mary Alvarenga
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
IF - Baiano
 
Aula de Pintura
Aula de PinturaAula de Pintura
Aula de Pintura
pibidchampagnat
 
Arte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no BrasilArte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no Brasil
pagodes
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
Erica Frau
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)
graduartes
 
Avaliação diagnostica filosofia
Avaliação diagnostica filosofiaAvaliação diagnostica filosofia
Avaliação diagnostica filosofia
Atividades Diversas Cláudia
 
Técnicas de pintura e desenho
Técnicas de pintura e desenhoTécnicas de pintura e desenho
Técnicas de pintura e desenho
Isabella Silva
 
Elementos visuais I
Elementos visuais IElementos visuais I
Elementos visuais I
Helena Romero
 
Filosofia II bimestre -1º ano
Filosofia II  bimestre -1º anoFilosofia II  bimestre -1º ano
Filosofia II bimestre -1º ano
Mary Alvarenga
 
Introdução antropologia cultural
Introdução antropologia culturalIntrodução antropologia cultural
Introdução antropologia cultural
MNTB / Instituto Antropos
 
História da Filosofia
História da FilosofiaHistória da Filosofia
História da Filosofia
Paulo Alexandre
 
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 

Mais procurados (20)

Filosofia e o Filosofar
Filosofia e o FilosofarFilosofia e o Filosofar
Filosofia e o Filosofar
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
Avaliação de filosofia 2 b
Avaliação de filosofia 2 bAvaliação de filosofia 2 b
Avaliação de filosofia 2 b
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
 
Filosofia da Arte: Arte e estética
Filosofia da Arte: Arte e estéticaFilosofia da Arte: Arte e estética
Filosofia da Arte: Arte e estética
 
O sorriso de monalisa
O sorriso de monalisaO sorriso de monalisa
O sorriso de monalisa
 
Estetica (atividade II)
Estetica   (atividade II)Estetica   (atividade II)
Estetica (atividade II)
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Aula de Pintura
Aula de PinturaAula de Pintura
Aula de Pintura
 
Arte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no BrasilArte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no Brasil
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)
 
Avaliação diagnostica filosofia
Avaliação diagnostica filosofiaAvaliação diagnostica filosofia
Avaliação diagnostica filosofia
 
Técnicas de pintura e desenho
Técnicas de pintura e desenhoTécnicas de pintura e desenho
Técnicas de pintura e desenho
 
Elementos visuais I
Elementos visuais IElementos visuais I
Elementos visuais I
 
Filosofia II bimestre -1º ano
Filosofia II  bimestre -1º anoFilosofia II  bimestre -1º ano
Filosofia II bimestre -1º ano
 
Introdução antropologia cultural
Introdução antropologia culturalIntrodução antropologia cultural
Introdução antropologia cultural
 
História da Filosofia
História da FilosofiaHistória da Filosofia
História da Filosofia
 
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe AssunçãoAula 1   Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
Aula 1 Participação política e cidadania - 3º Sociologia - Prof. Noe Assunção
 

Destaque

Declaração Universal dos Direitos Humanos
 Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos Humanos
UzumakiRenato
 
Declaração dos direitos humanos
Declaração dos direitos humanosDeclaração dos direitos humanos
Declaração dos direitos humanos
biaraujo
 
DeclaraçãO Universal Dos Direitos
DeclaraçãO Universal Dos DireitosDeclaraçãO Universal Dos Direitos
DeclaraçãO Universal Dos Direitos
Vânia de Aguiar Santos
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
Denise A.
 
Etica Politicas E Ambiental 2010
Etica Politicas  E Ambiental 2010Etica Politicas  E Ambiental 2010
Etica Politicas E Ambiental 2010
jhony
 
Declaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos HumanosDeclaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos Humanos
Atami Santos
 
Declaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanosDeclaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanos
Blog da Criançada
 
Claudio Porto
Claudio PortoClaudio Porto
Claudio Porto
Sobragen-VIIIEnenge
 
Declaração dos Direitos do Homem
Declaração dos Direitos do HomemDeclaração dos Direitos do Homem
Declaração dos Direitos do Homem
MINV
 
Las mejores Conejitas
Las mejores ConejitasLas mejores Conejitas
Las mejores Conejitas
Liss Martinez
 
Valvopatias
ValvopatiasValvopatias
Valvopatias
Erick Bragato
 
éTica e enfermagem
éTica e enfermageméTica e enfermagem
éTica e enfermagem
Maria Clara Figueiredo
 
Declaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanosDeclaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanos
Nilberte
 
Cardiopatias i valvulopatias
Cardiopatias i  valvulopatiasCardiopatias i  valvulopatias
Cardiopatias i valvulopatias
Carlos Zapattel
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
MINV
 
Valvopatia
ValvopatiaValvopatia
Valvopatia
dapab
 
VALVULOPATIAS CARDIACAS
VALVULOPATIAS CARDIACASVALVULOPATIAS CARDIACAS
VALVULOPATIAS CARDIACAS
Ozkr Iacôno
 
Doação de Orgãos e Transplante
Doação de Orgãos e TransplanteDoação de Orgãos e Transplante
Doação de Orgãos e Transplante
Juninho Almeida
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
fnanda
 
Valvulopatias
ValvulopatiasValvulopatias
Valvulopatias
Erika Diaz
 

Destaque (20)

Declaração Universal dos Direitos Humanos
 Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos Humanos
 
Declaração dos direitos humanos
Declaração dos direitos humanosDeclaração dos direitos humanos
Declaração dos direitos humanos
 
DeclaraçãO Universal Dos Direitos
DeclaraçãO Universal Dos DireitosDeclaraçãO Universal Dos Direitos
DeclaraçãO Universal Dos Direitos
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Etica Politicas E Ambiental 2010
Etica Politicas  E Ambiental 2010Etica Politicas  E Ambiental 2010
Etica Politicas E Ambiental 2010
 
Declaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos HumanosDeclaração Universal dos Direitos Humanos
Declaração Universal dos Direitos Humanos
 
Declaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanosDeclaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanos
 
Claudio Porto
Claudio PortoClaudio Porto
Claudio Porto
 
Declaração dos Direitos do Homem
Declaração dos Direitos do HomemDeclaração dos Direitos do Homem
Declaração dos Direitos do Homem
 
Las mejores Conejitas
Las mejores ConejitasLas mejores Conejitas
Las mejores Conejitas
 
Valvopatias
ValvopatiasValvopatias
Valvopatias
 
éTica e enfermagem
éTica e enfermageméTica e enfermagem
éTica e enfermagem
 
Declaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanosDeclaração universal dos direitos humanos
Declaração universal dos direitos humanos
 
Cardiopatias i valvulopatias
Cardiopatias i  valvulopatiasCardiopatias i  valvulopatias
Cardiopatias i valvulopatias
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Valvopatia
ValvopatiaValvopatia
Valvopatia
 
VALVULOPATIAS CARDIACAS
VALVULOPATIAS CARDIACASVALVULOPATIAS CARDIACAS
VALVULOPATIAS CARDIACAS
 
Doação de Orgãos e Transplante
Doação de Orgãos e TransplanteDoação de Orgãos e Transplante
Doação de Orgãos e Transplante
 
Ética Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagemÉtica Profissional de enfermagem
Ética Profissional de enfermagem
 
Valvulopatias
ValvulopatiasValvulopatias
Valvulopatias
 

Semelhante a Direitos humanos

Trabalho de direitos humanos
Trabalho de direitos humanosTrabalho de direitos humanos
Trabalho de direitos humanos
Luana Portela
 
Direitos humanos Concurso SEE/MG
Direitos humanos Concurso SEE/MGDireitos humanos Concurso SEE/MG
Direitos humanos Concurso SEE/MG
Moacyr Anício
 
Direitos Humanos - Sociologia
Direitos Humanos - SociologiaDireitos Humanos - Sociologia
Direitos Humanos - Sociologia
Kely Cristina Metzker
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
Mário Aniceto
 
Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7
Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7
Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7
Rayanne Vasconcelo
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
Rafaelsoares
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
MINV
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
MicaelaPiedade
 
Sociologia 3as-cidadania-direitos
Sociologia 3as-cidadania-direitosSociologia 3as-cidadania-direitos
Sociologia 3as-cidadania-direitos
gisele75
 
Introdução aos direitos humanos (1)
Introdução aos direitos humanos (1)Introdução aos direitos humanos (1)
Introdução aos direitos humanos (1)
ProfessorRogerioSant
 
Aula apresentação de_slides
Aula apresentação de_slidesAula apresentação de_slides
Aula apresentação de_slides
Escola Municipal
 
Os Direitos Humanos e a Cidadania.ppt
Os Direitos Humanos e a Cidadania.pptOs Direitos Humanos e a Cidadania.ppt
Os Direitos Humanos e a Cidadania.ppt
RafaelyLeite1
 
O que são os direitos humanos atualizado
O que são os direitos humanos atualizadoO que são os direitos humanos atualizado
O que são os direitos humanos atualizado
Lena Marques
 
Direitos humanos
Direitos humanos Direitos humanos
Direitos humanos
Luis De Sousa Rodrigues
 
Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
DeclaraçãO Dos Direitos Humanos
DeclaraçãO Dos Direitos HumanosDeclaraçãO Dos Direitos Humanos
DeclaraçãO Dos Direitos Humanos
Luci Bonini
 
19631086 apostila-de-direitos-humanos
19631086 apostila-de-direitos-humanos19631086 apostila-de-direitos-humanos
19631086 apostila-de-direitos-humanos
José Anderson
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
1256445
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
Humberto Muax
 
Aula 02 ética e legislação
Aula 02   ética e legislaçãoAula 02   ética e legislação
Aula 02 ética e legislação
Elizeu Nascimento Silva
 

Semelhante a Direitos humanos (20)

Trabalho de direitos humanos
Trabalho de direitos humanosTrabalho de direitos humanos
Trabalho de direitos humanos
 
Direitos humanos Concurso SEE/MG
Direitos humanos Concurso SEE/MGDireitos humanos Concurso SEE/MG
Direitos humanos Concurso SEE/MG
 
Direitos Humanos - Sociologia
Direitos Humanos - SociologiaDireitos Humanos - Sociologia
Direitos Humanos - Sociologia
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7
Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7
Direitos humanos-e-gerao-da-paz-fascculo-7
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Sociologia 3as-cidadania-direitos
Sociologia 3as-cidadania-direitosSociologia 3as-cidadania-direitos
Sociologia 3as-cidadania-direitos
 
Introdução aos direitos humanos (1)
Introdução aos direitos humanos (1)Introdução aos direitos humanos (1)
Introdução aos direitos humanos (1)
 
Aula apresentação de_slides
Aula apresentação de_slidesAula apresentação de_slides
Aula apresentação de_slides
 
Os Direitos Humanos e a Cidadania.ppt
Os Direitos Humanos e a Cidadania.pptOs Direitos Humanos e a Cidadania.ppt
Os Direitos Humanos e a Cidadania.ppt
 
O que são os direitos humanos atualizado
O que são os direitos humanos atualizadoO que são os direitos humanos atualizado
O que são os direitos humanos atualizado
 
Direitos humanos
Direitos humanos Direitos humanos
Direitos humanos
 
Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021Cidadania e direitos humanos 2021
Cidadania e direitos humanos 2021
 
DeclaraçãO Dos Direitos Humanos
DeclaraçãO Dos Direitos HumanosDeclaraçãO Dos Direitos Humanos
DeclaraçãO Dos Direitos Humanos
 
19631086 apostila-de-direitos-humanos
19631086 apostila-de-direitos-humanos19631086 apostila-de-direitos-humanos
19631086 apostila-de-direitos-humanos
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Aula 02 ética e legislação
Aula 02   ética e legislaçãoAula 02   ética e legislação
Aula 02 ética e legislação
 

Mais de dinicmax

Símbolos blog
Símbolos   blogSímbolos   blog
Símbolos blog
dinicmax
 
O que nos une blog
O que nos une   blogO que nos une   blog
O que nos une blog
dinicmax
 
Estado e governo blog
Estado e governo   blogEstado e governo   blog
Estado e governo blog
dinicmax
 
O trabalho nas nossas vidas blog
O trabalho nas nossas vidas   blogO trabalho nas nossas vidas   blog
O trabalho nas nossas vidas blog
dinicmax
 
O povo e suas manifestações
O povo e suas manifestaçõesO povo e suas manifestações
O povo e suas manifestações
dinicmax
 
A cultura do homem
A cultura do homemA cultura do homem
A cultura do homem
dinicmax
 
O jovem na sociedade
O jovem na sociedadeO jovem na sociedade
O jovem na sociedade
dinicmax
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
dinicmax
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniadinicmax
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
dinicmax
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
dinicmax
 
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasilReforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
dinicmax
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
dinicmax
 
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditaduraManifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
dinicmax
 
História
HistóriaHistória
História
dinicmax
 
Ditadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanosDitadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanos
dinicmax
 
Década de 60
Década de 60Década de 60
Década de 60
dinicmax
 
História 2º ano 3º
História   2º ano 3ºHistória   2º ano 3º
História 2º ano 3º
dinicmax
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
dinicmax
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
dinicmax
 

Mais de dinicmax (20)

Símbolos blog
Símbolos   blogSímbolos   blog
Símbolos blog
 
O que nos une blog
O que nos une   blogO que nos une   blog
O que nos une blog
 
Estado e governo blog
Estado e governo   blogEstado e governo   blog
Estado e governo blog
 
O trabalho nas nossas vidas blog
O trabalho nas nossas vidas   blogO trabalho nas nossas vidas   blog
O trabalho nas nossas vidas blog
 
O povo e suas manifestações
O povo e suas manifestaçõesO povo e suas manifestações
O povo e suas manifestações
 
A cultura do homem
A cultura do homemA cultura do homem
A cultura do homem
 
O jovem na sociedade
O jovem na sociedadeO jovem na sociedade
O jovem na sociedade
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadania
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
 
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasilReforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
 
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditaduraManifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
 
História
HistóriaHistória
História
 
Ditadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanosDitadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanos
 
Década de 60
Década de 60Década de 60
Década de 60
 
História 2º ano 3º
História   2º ano 3ºHistória   2º ano 3º
História 2º ano 3º
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
 

Direitos humanos

  • 2.  Os direitos humanos são os direitos e liberdades básicos de todos os seres humanos.  Normalmente o conceito de direitos humanos tem a idéia também de liberdade de pensamento e de expressão, e a igualdade perante a lei.  As idéias de direitos humanos tem origem no conceito filosófico de direitos naturais que seriam atribuídos por Deus;
  • 3.  A Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas afirma que :  “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.”
  • 4. O Cilindro de Ciro hoje no British Museum, a primeira declaração dos direitos humanos
  • 5. Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de 1789
  • 6.  Existe um importante debate sobre a origem cultural dos direitos humanos  Geralmente se considera que tenham sua raiz na cultura ocidental moderna  Existe também quem considere que o Ocidente não criou a ideia nem o conceito do direitos humanos, ainda que tenha encontrado uma maneira concreta de sistematizá-los
  • 7.  As teorias que defendem o universalismo dos direitos humanos se contrapõem ao relativismo cultural, que afirma a validez de todos os sistemas culturais e a impossibilidade de qualquer valorização absoluta desde um marco externo, que, neste caso, seriam os direitos humanos universais.  Muitas declarações de direitos humanos emitidas por organizações internacionais regionais põem um acento maior ou menor no aspecto cultural e dão mais importância a determinados direitos de acordo com sua trajetória histórica
  • 8.  A Organização da Unidade Africana proclamou em 1981 a Carta Africana de Direitos Humanos e de Povos , que reconhecia princípios da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 e adicionava outros que tradicionalmente se tinham negado na África, como o direito de livre determinação
  • 9.  Mais tarde, os Estados africanos que acordaram a Declaração de Túnez, em 6 de novembro de 1992, afirmaram que não se pode prescrever um modelo determinado a nível universal, já que não podem se desvincular as realidades históricas e culturais de cada nação e as tradições, normas e valores de cada povo.
  • 10.  Também a visão ocidental-capitalista dos direitos humanos, centrada nos direitos civis e políticos, como a liberdade de opinião, de expressão e de voto, se opôs durante a Guerra Fria, o bloco socialista, que privilegiava a satisfação das necessidades elementares, porém era suprimida a propriedade privada, a possibilidade de discordar, e de eleger os representantes com eleições livres de múltipla escolha
  • 11. Guia da Carta Africana de Direitos Humanos e de Povos
  • 12.  A Declaração Universal dos Direitos Humanos, que delineia os direitos humanos básicos, foi adotada pela Organização das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948.  Esboçada principalmente por John Peters Humphrey, do Canadá, mas também com a ajuda de várias pessoas de todo o mundo
  • 13.  Abalados pela barbaridade recente e com o intuito de construir um mundo sob novos alicerces ideológicos, os dirigentes das nações que emergiram como potências no período pós-guerra, liderados por URSS e Estados Unidos estabeleceram na Conferência de Yalta, na Ucrânia, em 1945.  Para evitar guerras e promover a paz e a democracia, e fortalecer os Direitos Humanos.
  • 14.  Embora não seja um documento que representa obrigatoriedade legal, serviu como base para os dois tratados sobre direitos humanos da ONU, de força legal,  Continua a ser amplamente citado por acadêmicos, advogados e cortes constitucionais.
  • 15. Eleanor Roosevelt exibe cartaz contendo a Declaração Universal dos Direitos Humanos
  • 16.  Anna Eleanor Roosevelt foi primeira- dama dos Estados Unidos de 1933 a 1945.  Apoiou a política do New Deal, criada por seu marido, o presidente Franklin Delano Roosevelt, e tornou-se grande defensora dos direitos humanos.
  • 17.  Todos nascemos livres e somos iguais em dignidade e direitos.  Todos temos direitos à vida, à liberdade e à segurança pessoal e social.  Todos temos direito de resguardar a casa, a família e a honra.  Todos temos direito ao trabalho digno e bem remunerado.  Todos temos direito ao descanso, ao lazer e às férias.  Todos temos à saúde e assistência médica e hospitalar.  Todos temos direito à instrução, à escola, à arte e à cultura.  Todos temos direito ao amparo social na infância e na velhice.  Todos temos direito à organização popular, sindical e política.  Todos temos direito de eleger e ser eleito às funções de governo.
  • 18.  Todos temos direito à informação verdadeira e correta.  Todos temos direito de ir e vir, mudar de cidade, de Estado ou país.  Todos temos direito de não sofrer nenhum tipo de discriminação.  Ninguém pode ser torturado ou linchado. Todos somos iguais perante a lei.  Ninguém pode ser arbitrariamente preso ou privado do direito de defesa.  Toda pessoa é inocente até que a justiça, baseada na lei, prove a contrário.  Todos temos liberdade de pensar, de nos manifestar, de nos reunir e de crer.  Todos temos direito ao amor e aos frutos do amor.  Todos temos o dever de respeitar e proteger os direitos da comunidade.  Todos temos o dever de lutar pela conquista e ampliação destes direitos. Versão Popular Frei Beto
  • 19. Versão Popular de Frei Beto da Declaração dos Direitos Humanos.
  • 21.  Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, é um escritor e religioso dominicano brasileiro, filho do jornalista Antônio Carlos Vieira Christo e da escritora e culinarista Maria Stella Libanio
  • 26. Freiras do Mundo Ocidental
  • 36.  Estátuas e cofres e paredes pintadas Ninguém sabe o que aconteceu. Ela se jogou da janela do quinto andar Nada é fácil de entender.  Dorme agora, é só o vento lá fora.  Quero colo! Vou fugir de casa! Posso dormir aqui com vocês? Estou com medo, tive um pesadelo Só vou voltar depois das três.  Meu filho vai ter nome de santo Quero o nome mais bonito.  É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Porque se você parar pra pensar Na verdade não há.  Me diz, por que que o céu é azul? Explica a grande fúria do mundo São meus filhos Que tomam conta de mim.  Eu moro com a minha mãe Mas meu pai vem me visitar Eu moro na rua, não tenho ninguém Eu moro em qualquer lugar.  Já morei em tanta casa Que nem me lembro mais Eu moro com os meus pais.  É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Porque se você parar pra pensar Na verdade não há.  Sou uma gota d'água, sou um grão de areia Você me diz que seus pais não te entendem, Mas você não entende seus pais.  Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo São crianças como você O que você vai ser, Quando você crescer?