SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 54
Reforma Agrária no Brasil
História, Hoje, Principais Grupos
Reforma Agrária no Brasil: História






A história da reforma agrária brasileira se inicia
tardiamente, no final dos anos 50 e início dos anos
60, quando a reivindicação pelas “reformas de base”
(agrária, urbana, bancária e estudantil) tomou corpo
e passou a fazer parte das discussões populares.
Se destacando em meio às demais, a reivindicação
pela reforma agrária, exigia a extinção
do latifúndio existente desde a época de colonização
do Brasil e a melhoria das condições de vida no
campo.
Dia 30 de novembro é como o Dia da Reforma
Agrária.
Reforma Agrária no Brasil: História
Reforma Agrária no Brasil: História
Reforma Agrária no Brasil: Definição






Podemos definir reforma agrária como um sistema
em que ocorre a divisão de terras, ou seja,
propriedades particulares (latifúndios improdutivos)
são compradas pelo governo a fim de lotear e
distribuir para famílias que não possuem terras para
plantar.
Dentro deste sistema, as famílias que recebem os
lotes, ganham também condições para desenvolver
o cultivo: sementes, implantação de irrigação e
eletrificação, financiamentos, infra-estrutura,
assistência social e consultoria.
Tudo isso oferecido pelo governo.
Reforma Agrária no Brasil: História
Reforma Agrária no Brasil: Antes





A reforma agrária se faz necessária no Brasil, pois a
estrutura fundiária em nosso país é muito injusta.
Durante os dois primeiros séculos da colonização
portuguesa, a metrópole dividiu e distribui as terras
da colônia de forma injusta.
No sistema de Capitanias Hereditárias, poucos
donatários receberam faixas enormes de terra
(pedaços comparados a alguns estados atuais) para
explorar e colonizar.
Reforma Agrária no Brasil: Hoje





Desde então, o acesso a terra foi dificultado para
grande parte dos brasileiros.
O latifúndio (grande propriedade rural improdutivo)
tornou-se padrão, gerando um sistema injusto de
distribuição da terra.
Para termos uma idéia desta desigualdade, basta
observarmos o seguinte dado: quase metade das
terras brasileiras está nas mãos de 1% da
população.
Reforma Agrária no Brasil: História
Reforma Agrária no Brasil: Ações Atuais





Para corrigir esta distorção, nas últimas décadas
vem sendo desenvolvido em nosso país o sistema
de reforma agrária.
Embora lento, já tem demonstrado bons resultados.
Os trabalhadores rurais organizaram o MST
(Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra)
que pressiona o governo, através de manifestações
e ocupações, para conseguir acelerar a reforma
agrária e garantir o acesso à terra para milhares de
trabalhadores rurais.
Reforma Agrária no Brasil: Ações Atuais






Cabe ao governo todo o processo de reforma
agrária através de um órgão federal chamado
INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma
Agrária).
Ao contrário do que muitos pensam, a reforma
agrária é realizada em nosso país dentro das leis
vigentes, respeitando a propriedade privada e os
direitos constituídos.
Não visa apenas distribuir terras, mas sim garantir,
aos pequenos agricultores, condições de
desenvolvimento agrário e produtividade, gerando
renda e melhores condições de vidas para as
famílias assentadas.
Reforma Agrária no Brasil: História
MST: História




29 anos do Movimento Sem Terra Há 29 anos, em
Cascavel (PR), centenas de trabalhadores rurais
decidiram fundar um movimento social camponês,
autônomo, que lutasse pela terra, pela Reforma
Agrária e pelas transformações sociais necessárias
para o nosso país.
Eram posseiros, atingidos por barragens, migrantes,
meeiros, parceiros, pequenos agricultores, em fim,
trabalhadores rurais sem terras, que estavam
desprovidos do seu direito de produzir alimentos.
Expulsos por um projeto autoritário para o campo
brasileiro, capitaneado pela ditadura militar, que
então cerceava direitos e liberdades de toda a
sociedade.
MST: História
MST: História





Desde cedo, conhecem o atraso, a raiva e a
violência do latifúndio.
Uma ira que ceifou a vida de mais de mil
trabalhadores e defensores da Reforma Agrária nos
últimos dez anos.
E assim, nos levaram valorosos companheiros e
companheiras... Padre Josimo, Dorcelina Folador,
Roseli Nunes, Charles Trocante.
MST: História

Padre Josimo
MST: História

Dorcelina Folador
MST: História

Roseli Nunes
MST: História

Charles Trocante
MST: História




Um latifúndio que não se envergonhou de aparecer
publicamente e oficialmente como União
Democrática Ruralista (UDR) defendendo a violência
armada contra a Reforma Agrária e à todas e todos
aqueles que lutavam por ela.
Ao mesmo tempo em que fincava seus interesses
no Congresso com a bancada ruralista.
MST: História







Nos 29 anos se tornaram o mais antigo movimento
camponês já existente na História do Brasil.
Reafirmando os valores de solidariedade, do
compromisso com uma sociedade mais justa e
igualitária.
Mantiveram aceso o legado de milhares de
lutadores e lutadoras do povo, exercendo
cotidianamente a capacidade de se indignar e agir
para transformar;
Não perderam o valor do estudo e aprender sempre;
MST: História
MST: História



E, fundamentalmente, reafirmaram nosso
compromisso em organizar os pobres do campo.
Mesmo que muito já foi feito, há muito a se fazer, até
que uma verdadeira e efetiva Reforma Agrária seja
realizada em nosso país e que todos os seres
humanos possam ter uma vida digna.
Reforma Agrária no Brasil: História
MST: Objetivo





Desde a nossa fundação, o Movimento Sem Terra
se organiza em torno de três objetivos principais:
Lutar pela terra;
Lutar por Reforma Agrária;
Lutar por uma sociedade mais justa e fraterna.
MST: Objetivo
MST: Hino


Vem teçamos a nossa liberdade
braços fortes que rasgam o chão
sob a sombra de nossa valentia
desfraldemos a nossa rebeldia
e plantemos nesta terra como
irmãos!



Braços Erguidos ditemos nossa
história
sufocando com força os
opressores
hasteemos a bandeira colorida
despertemos esta pátria
adormecida
o amanhã pertence a nós
trabalhadores !



Refrão:
Vem, lutemos punho erguido
Nossa Força nos leva a edificar
Nossa Pátria livre e forte
Construída pelo poder popular







Refrão:
Vem, lutemos punho erguido
Nossa Força nos leva a edificar
Nossa Pátria livre e forte
Construída pelo poder popular
Nossa Força regatada pela
chama
da esperança no triunfo que
virá
forjaremos desta luta com
certeza
pátria livre operária camponesa
nossa estrela enfim triunfará!
Refrão:
Vem, lutemos punho erguido
Nossa Força nos leva a edificar
Nossa Pátria livre e forte
Construída pelo poder popular
MST: Bandeira



A bandeira tornou-se símbolo do MST em 1987,
durante o 3º Encontro Nacional.
Ela está presente nos acampamentos e
assentamentos, em todas as mobilizações e lutas,
nas comemorações e festas, nas casas dos que tem
paixão pelo Movimento.
MST: Bandeira
INCRA: História





O Instituto Nacional de Colonização e Reforma
Agrária (INCRA) é uma autarquia federal criada pelo
Decreto nº 1.110, de 9 de julho de 1970, com a
missão prioritária de realizar a reforma agrária,
manter o cadastro nacional de imóveis rurais e
administrar as terras públicas da União.
Está implantado em todo o território nacional por
meio de 30 Superintendências Regionais.
Nos últimos anos, o INCRA incorporou entre suas
prioridades a implantação de um modelo de
assentamento com a concepção de
desenvolvimento territorial.
INCRA: História




O objetivo é implantar modelos compatíveis com as
potencialidades e biomas de cada região do País e
fomentar a integração espacial dos projetos.
Outra tarefa importante no trabalho da autarquia é o
equacionamento do passivo ambiental existente, a
recuperação da infraestrutura e o desenvolvimento
sustentável dos mais de oito mil assentamentos
existentes no País.
INCRA: Objetivo e Futura




Implementar a política de reforma agrária e realizar
o ordenamento fundiário nacional, contribuindo para
o desenvolvimento rural sustentável.
Ser referência internacional de soluções de inclusão
social.
INCRA
Pessoas que aponham o MST


Chico Buarque, cantor e compositor; Zack de La
Rocha, Tom Morello, Tom Commenford e Brad Wilk,
músicos e integrantes do RATM (Rage Against the
Machine) (1); Noam Chomsky, intelectual e lingüista;
Wagner Moura, Benício Del Toro e Osmar Prado,
atores; Dom Pedro Casaldáliga, bispo; André Singer,
cientista político; o que essas pessoas têm em
comum?
Pessoas que aponham o MST




Elas apóiam o MST (Movimento dos Trabalhadores
Rurais Sem-terra). Quando fazemos essa pergunta,
estamos pensando na conotação política do
discurso e na expressão do pensamento dessas
personalidades que tem visibilidade social (capital
social).
E com o simples ato de dizerem “eu apóio o MST”,
estão espacializando a luta pela terra e fortalecendo
o território imaterial do campesinato.
Pessoas que aponham o MST

Chico Buarque
Pessoas que aponham o MST

Zack de La Rocha
Pessoas que aponham o MST

Tom Morello
Pessoas que aponham o MST

Tom Commenford
Pessoas que aponham o MST

Brad Wilk
Pessoas que aponham o MST

RATM (Rage Against the Machine)
Pessoas que aponham o MST
Pessoas que aponham o MST

Noam Chomsky
Pessoas que aponham o MST

Wagner Moura
Pessoas que aponham o MST

Benício Del Toro
Pessoas que aponham o MST

Osmar Prado
Pessoas que aponham o MST

Dom Pedro Casaldáliga
Pessoas que aponham o MST

André Singer
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
Carminha
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
Professor
 
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIROmovimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
Rogerio Gomes
 
Cap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileiraCap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileira
profacacio
 

Mais procurados (20)

Introdução A Geografia
Introdução A GeografiaIntrodução A Geografia
Introdução A Geografia
 
Geografia da População
Geografia da PopulaçãoGeografia da População
Geografia da População
 
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasil
 
Espaço Agrário Brasileiro
Espaço Agrário BrasileiroEspaço Agrário Brasileiro
Espaço Agrário Brasileiro
 
Espaço geográfico
Espaço geográficoEspaço geográfico
Espaço geográfico
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
 
O espaço rural no Brasil (Reforma Agrária) -7º ANO (2016)
O espaço rural no Brasil (Reforma Agrária) -7º ANO (2016)O espaço rural no Brasil (Reforma Agrária) -7º ANO (2016)
O espaço rural no Brasil (Reforma Agrária) -7º ANO (2016)
 
O espaço rural
O espaço ruralO espaço rural
O espaço rural
 
Agronegócio
AgronegócioAgronegócio
Agronegócio
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
Agricultura mundial
Agricultura mundialAgricultura mundial
Agricultura mundial
 
Território
TerritórioTerritório
Território
 
Setores da Economia
Setores da EconomiaSetores da Economia
Setores da Economia
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIROmovimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
movimentos sociais NO CAMPO BRASILEIRO
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
 
Cap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileiraCap. 4 - A industrialização brasileira
Cap. 4 - A industrialização brasileira
 

Destaque

Revolução verde, transgênico e agronegócio
Revolução verde, transgênico e agronegócioRevolução verde, transgênico e agronegócio
Revolução verde, transgênico e agronegócio
João José Ferreira Tojal
 
Agropecuária brasileira
Agropecuária brasileiraAgropecuária brasileira
Agropecuária brasileira
Dhebora Menezes
 
Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
Almir
 

Destaque (14)

Reforma AgráRia No Brasil
Reforma AgráRia No BrasilReforma AgráRia No Brasil
Reforma AgráRia No Brasil
 
Reforma Agrária Brasileira/Assuntos Possíveis para Enem!
Reforma Agrária Brasileira/Assuntos Possíveis para Enem!Reforma Agrária Brasileira/Assuntos Possíveis para Enem!
Reforma Agrária Brasileira/Assuntos Possíveis para Enem!
 
Reforma AgráRia Mst
Reforma AgráRia MstReforma AgráRia Mst
Reforma AgráRia Mst
 
Reforma agraria
Reforma agrariaReforma agraria
Reforma agraria
 
Prof Demétrio Melo- Brasil: Estrutura Fundiária e Reforma Agrária
Prof Demétrio Melo- Brasil: Estrutura Fundiária e Reforma AgráriaProf Demétrio Melo- Brasil: Estrutura Fundiária e Reforma Agrária
Prof Demétrio Melo- Brasil: Estrutura Fundiária e Reforma Agrária
 
Espaco agrario
Espaco agrarioEspaco agrario
Espaco agrario
 
Revolução verde, transgênico e agronegócio
Revolução verde, transgênico e agronegócioRevolução verde, transgênico e agronegócio
Revolução verde, transgênico e agronegócio
 
Revolução verde
Revolução verdeRevolução verde
Revolução verde
 
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
 
Agropecuária brasileira
Agropecuária brasileiraAgropecuária brasileira
Agropecuária brasileira
 
Origem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verdeOrigem da agricultura e revolução verde
Origem da agricultura e revolução verde
 
Espaço Urbano e Espaço Rural
Espaço Urbano e Espaço  Rural Espaço Urbano e Espaço  Rural
Espaço Urbano e Espaço Rural
 
Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
 
Agropecuária brasileira
Agropecuária brasileira Agropecuária brasileira
Agropecuária brasileira
 

Semelhante a Reforma agrária no brasil

O povo e suas manifestações
O povo e suas manifestaçõesO povo e suas manifestações
O povo e suas manifestações
dinicmax
 
3 ano plano de aula movimentos sociais
3 ano   plano de aula movimentos sociais3 ano   plano de aula movimentos sociais
3 ano plano de aula movimentos sociais
Alessandra Nascimento
 
TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...
TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...
TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...
FelipeVargas431259
 
Movimentos sociais e ruarais no brasil
Movimentos sociais e ruarais no brasilMovimentos sociais e ruarais no brasil
Movimentos sociais e ruarais no brasil
Tiago Manoel Carlos
 
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
UNEB
 
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
UNEB
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
Os movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasilOs movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasil
Shirlayne
 
Questo Fundiria 1
Questo Fundiria 1Questo Fundiria 1
Questo Fundiria 1
lucas
 

Semelhante a Reforma agrária no brasil (20)

O povo e suas manifestações
O povo e suas manifestaçõesO povo e suas manifestações
O povo e suas manifestações
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do BrasilTrabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
Trabalho de geografia - Movimentos sociais rurais do Brasil
 
Movimentos-sociais, como acontecem na sociedade-2.pdf
Movimentos-sociais, como acontecem na sociedade-2.pdfMovimentos-sociais, como acontecem na sociedade-2.pdf
Movimentos-sociais, como acontecem na sociedade-2.pdf
 
História do mst
História do mstHistória do mst
História do mst
 
MST
MSTMST
MST
 
Mst 2
Mst 2Mst 2
Mst 2
 
3 ano plano de aula movimentos sociais
3 ano   plano de aula movimentos sociais3 ano   plano de aula movimentos sociais
3 ano plano de aula movimentos sociais
 
reforma agraria-.ppt
reforma agraria-.pptreforma agraria-.ppt
reforma agraria-.ppt
 
TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...
TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...
TERRA, PODER E LUTAS SOCIAIS NO CAMPOBRASILEIRO DO GOLPE À APOTEOSE DO AGRONE...
 
Movimentos sociais e ruarais no brasil
Movimentos sociais e ruarais no brasilMovimentos sociais e ruarais no brasil
Movimentos sociais e ruarais no brasil
 
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
 
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
Formato organizacional e desenvolvimento econômico no assentamento rose após ...
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
MST
MSTMST
MST
 
Modulo 14 historia
Modulo 14 historiaModulo 14 historia
Modulo 14 historia
 
A LUTA PELA POSSE DA TERRA NO MARANHÃO: CASO DE CAXIAS/MA
A LUTA PELA POSSE DA TERRA NO MARANHÃO: CASO DE CAXIAS/MAA LUTA PELA POSSE DA TERRA NO MARANHÃO: CASO DE CAXIAS/MA
A LUTA PELA POSSE DA TERRA NO MARANHÃO: CASO DE CAXIAS/MA
 
Capítulo 13 - A Sociedade Diante do Estado
Capítulo 13 - A Sociedade Diante do EstadoCapítulo 13 - A Sociedade Diante do Estado
Capítulo 13 - A Sociedade Diante do Estado
 
Os movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasilOs movimentos sociais no brasil
Os movimentos sociais no brasil
 
Questo Fundiria 1
Questo Fundiria 1Questo Fundiria 1
Questo Fundiria 1
 

Mais de dinicmax

Símbolos blog
Símbolos   blogSímbolos   blog
Símbolos blog
dinicmax
 
O que nos une blog
O que nos une   blogO que nos une   blog
O que nos une blog
dinicmax
 
Estado e governo blog
Estado e governo   blogEstado e governo   blog
Estado e governo blog
dinicmax
 
O trabalho nas nossas vidas blog
O trabalho nas nossas vidas   blogO trabalho nas nossas vidas   blog
O trabalho nas nossas vidas blog
dinicmax
 
A cultura do homem
A cultura do homemA cultura do homem
A cultura do homem
dinicmax
 
O jovem na sociedade
O jovem na sociedadeO jovem na sociedade
O jovem na sociedade
dinicmax
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
dinicmax
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadania
dinicmax
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
dinicmax
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
dinicmax
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
dinicmax
 
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditaduraManifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
dinicmax
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
dinicmax
 
Ditadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanosDitadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanos
dinicmax
 
Década de 60
Década de 60Década de 60
Década de 60
dinicmax
 
História 2º ano 3º
História   2º ano 3ºHistória   2º ano 3º
História 2º ano 3º
dinicmax
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
dinicmax
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
dinicmax
 
Pós 2ª guerra
Pós 2ª guerraPós 2ª guerra
Pós 2ª guerra
dinicmax
 

Mais de dinicmax (20)

Símbolos blog
Símbolos   blogSímbolos   blog
Símbolos blog
 
O que nos une blog
O que nos une   blogO que nos une   blog
O que nos une blog
 
Estado e governo blog
Estado e governo   blogEstado e governo   blog
Estado e governo blog
 
O trabalho nas nossas vidas blog
O trabalho nas nossas vidas   blogO trabalho nas nossas vidas   blog
O trabalho nas nossas vidas blog
 
A cultura do homem
A cultura do homemA cultura do homem
A cultura do homem
 
O jovem na sociedade
O jovem na sociedadeO jovem na sociedade
O jovem na sociedade
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadania
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
 
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditaduraManifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
História
HistóriaHistória
História
 
Ditadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanosDitadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanos
 
Década de 60
Década de 60Década de 60
Década de 60
 
História 2º ano 3º
História   2º ano 3ºHistória   2º ano 3º
História 2º ano 3º
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
 
Pós 2ª guerra
Pós 2ª guerraPós 2ª guerra
Pós 2ª guerra
 

Reforma agrária no brasil

  • 1. Reforma Agrária no Brasil História, Hoje, Principais Grupos
  • 2. Reforma Agrária no Brasil: História    A história da reforma agrária brasileira se inicia tardiamente, no final dos anos 50 e início dos anos 60, quando a reivindicação pelas “reformas de base” (agrária, urbana, bancária e estudantil) tomou corpo e passou a fazer parte das discussões populares. Se destacando em meio às demais, a reivindicação pela reforma agrária, exigia a extinção do latifúndio existente desde a época de colonização do Brasil e a melhoria das condições de vida no campo. Dia 30 de novembro é como o Dia da Reforma Agrária.
  • 3. Reforma Agrária no Brasil: História
  • 4. Reforma Agrária no Brasil: História
  • 5. Reforma Agrária no Brasil: Definição    Podemos definir reforma agrária como um sistema em que ocorre a divisão de terras, ou seja, propriedades particulares (latifúndios improdutivos) são compradas pelo governo a fim de lotear e distribuir para famílias que não possuem terras para plantar. Dentro deste sistema, as famílias que recebem os lotes, ganham também condições para desenvolver o cultivo: sementes, implantação de irrigação e eletrificação, financiamentos, infra-estrutura, assistência social e consultoria. Tudo isso oferecido pelo governo.
  • 6. Reforma Agrária no Brasil: História
  • 7. Reforma Agrária no Brasil: Antes    A reforma agrária se faz necessária no Brasil, pois a estrutura fundiária em nosso país é muito injusta. Durante os dois primeiros séculos da colonização portuguesa, a metrópole dividiu e distribui as terras da colônia de forma injusta. No sistema de Capitanias Hereditárias, poucos donatários receberam faixas enormes de terra (pedaços comparados a alguns estados atuais) para explorar e colonizar.
  • 8. Reforma Agrária no Brasil: Hoje    Desde então, o acesso a terra foi dificultado para grande parte dos brasileiros. O latifúndio (grande propriedade rural improdutivo) tornou-se padrão, gerando um sistema injusto de distribuição da terra. Para termos uma idéia desta desigualdade, basta observarmos o seguinte dado: quase metade das terras brasileiras está nas mãos de 1% da população.
  • 9. Reforma Agrária no Brasil: História
  • 10. Reforma Agrária no Brasil: Ações Atuais    Para corrigir esta distorção, nas últimas décadas vem sendo desenvolvido em nosso país o sistema de reforma agrária. Embora lento, já tem demonstrado bons resultados. Os trabalhadores rurais organizaram o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) que pressiona o governo, através de manifestações e ocupações, para conseguir acelerar a reforma agrária e garantir o acesso à terra para milhares de trabalhadores rurais.
  • 11. Reforma Agrária no Brasil: Ações Atuais    Cabe ao governo todo o processo de reforma agrária através de um órgão federal chamado INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). Ao contrário do que muitos pensam, a reforma agrária é realizada em nosso país dentro das leis vigentes, respeitando a propriedade privada e os direitos constituídos. Não visa apenas distribuir terras, mas sim garantir, aos pequenos agricultores, condições de desenvolvimento agrário e produtividade, gerando renda e melhores condições de vidas para as famílias assentadas.
  • 12. Reforma Agrária no Brasil: História
  • 13. MST: História   29 anos do Movimento Sem Terra Há 29 anos, em Cascavel (PR), centenas de trabalhadores rurais decidiram fundar um movimento social camponês, autônomo, que lutasse pela terra, pela Reforma Agrária e pelas transformações sociais necessárias para o nosso país. Eram posseiros, atingidos por barragens, migrantes, meeiros, parceiros, pequenos agricultores, em fim, trabalhadores rurais sem terras, que estavam desprovidos do seu direito de produzir alimentos. Expulsos por um projeto autoritário para o campo brasileiro, capitaneado pela ditadura militar, que então cerceava direitos e liberdades de toda a sociedade.
  • 15. MST: História    Desde cedo, conhecem o atraso, a raiva e a violência do latifúndio. Uma ira que ceifou a vida de mais de mil trabalhadores e defensores da Reforma Agrária nos últimos dez anos. E assim, nos levaram valorosos companheiros e companheiras... Padre Josimo, Dorcelina Folador, Roseli Nunes, Charles Trocante.
  • 20. MST: História   Um latifúndio que não se envergonhou de aparecer publicamente e oficialmente como União Democrática Ruralista (UDR) defendendo a violência armada contra a Reforma Agrária e à todas e todos aqueles que lutavam por ela. Ao mesmo tempo em que fincava seus interesses no Congresso com a bancada ruralista.
  • 21. MST: História     Nos 29 anos se tornaram o mais antigo movimento camponês já existente na História do Brasil. Reafirmando os valores de solidariedade, do compromisso com uma sociedade mais justa e igualitária. Mantiveram aceso o legado de milhares de lutadores e lutadoras do povo, exercendo cotidianamente a capacidade de se indignar e agir para transformar; Não perderam o valor do estudo e aprender sempre;
  • 23. MST: História   E, fundamentalmente, reafirmaram nosso compromisso em organizar os pobres do campo. Mesmo que muito já foi feito, há muito a se fazer, até que uma verdadeira e efetiva Reforma Agrária seja realizada em nosso país e que todos os seres humanos possam ter uma vida digna.
  • 24. Reforma Agrária no Brasil: História
  • 25. MST: Objetivo     Desde a nossa fundação, o Movimento Sem Terra se organiza em torno de três objetivos principais: Lutar pela terra; Lutar por Reforma Agrária; Lutar por uma sociedade mais justa e fraterna.
  • 27. MST: Hino  Vem teçamos a nossa liberdade braços fortes que rasgam o chão sob a sombra de nossa valentia desfraldemos a nossa rebeldia e plantemos nesta terra como irmãos!  Braços Erguidos ditemos nossa história sufocando com força os opressores hasteemos a bandeira colorida despertemos esta pátria adormecida o amanhã pertence a nós trabalhadores !  Refrão: Vem, lutemos punho erguido Nossa Força nos leva a edificar Nossa Pátria livre e forte Construída pelo poder popular    Refrão: Vem, lutemos punho erguido Nossa Força nos leva a edificar Nossa Pátria livre e forte Construída pelo poder popular Nossa Força regatada pela chama da esperança no triunfo que virá forjaremos desta luta com certeza pátria livre operária camponesa nossa estrela enfim triunfará! Refrão: Vem, lutemos punho erguido Nossa Força nos leva a edificar Nossa Pátria livre e forte Construída pelo poder popular
  • 28. MST: Bandeira   A bandeira tornou-se símbolo do MST em 1987, durante o 3º Encontro Nacional. Ela está presente nos acampamentos e assentamentos, em todas as mobilizações e lutas, nas comemorações e festas, nas casas dos que tem paixão pelo Movimento.
  • 30. INCRA: História    O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) é uma autarquia federal criada pelo Decreto nº 1.110, de 9 de julho de 1970, com a missão prioritária de realizar a reforma agrária, manter o cadastro nacional de imóveis rurais e administrar as terras públicas da União. Está implantado em todo o território nacional por meio de 30 Superintendências Regionais. Nos últimos anos, o INCRA incorporou entre suas prioridades a implantação de um modelo de assentamento com a concepção de desenvolvimento territorial.
  • 31. INCRA: História   O objetivo é implantar modelos compatíveis com as potencialidades e biomas de cada região do País e fomentar a integração espacial dos projetos. Outra tarefa importante no trabalho da autarquia é o equacionamento do passivo ambiental existente, a recuperação da infraestrutura e o desenvolvimento sustentável dos mais de oito mil assentamentos existentes no País.
  • 32. INCRA: Objetivo e Futura   Implementar a política de reforma agrária e realizar o ordenamento fundiário nacional, contribuindo para o desenvolvimento rural sustentável. Ser referência internacional de soluções de inclusão social.
  • 33. INCRA
  • 34. Pessoas que aponham o MST  Chico Buarque, cantor e compositor; Zack de La Rocha, Tom Morello, Tom Commenford e Brad Wilk, músicos e integrantes do RATM (Rage Against the Machine) (1); Noam Chomsky, intelectual e lingüista; Wagner Moura, Benício Del Toro e Osmar Prado, atores; Dom Pedro Casaldáliga, bispo; André Singer, cientista político; o que essas pessoas têm em comum?
  • 35. Pessoas que aponham o MST   Elas apóiam o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra). Quando fazemos essa pergunta, estamos pensando na conotação política do discurso e na expressão do pensamento dessas personalidades que tem visibilidade social (capital social). E com o simples ato de dizerem “eu apóio o MST”, estão espacializando a luta pela terra e fortalecendo o território imaterial do campesinato.
  • 36. Pessoas que aponham o MST Chico Buarque
  • 37. Pessoas que aponham o MST Zack de La Rocha
  • 38. Pessoas que aponham o MST Tom Morello
  • 39. Pessoas que aponham o MST Tom Commenford
  • 40. Pessoas que aponham o MST Brad Wilk
  • 41. Pessoas que aponham o MST RATM (Rage Against the Machine)
  • 43.
  • 44. Pessoas que aponham o MST Noam Chomsky
  • 45. Pessoas que aponham o MST Wagner Moura
  • 46. Pessoas que aponham o MST Benício Del Toro
  • 47. Pessoas que aponham o MST Osmar Prado
  • 48. Pessoas que aponham o MST Dom Pedro Casaldáliga
  • 49. Pessoas que aponham o MST André Singer