SlideShare uma empresa Scribd logo
A CULTURA DO HOMEM
Cultura Popular e Erudita;
Choque de Cultura
Os meios de Comunicação de Massa;
Consumismo;
O QUE É CULTURA
 Cultura é o conjunto de manifestações artísticas,
sociais, lingüísticas e comportamentais de um povo
ou civilização.
 Portanto, fazem parte da cultura de um povo as
seguintes atividades e manifestações: música,
teatro, rituais religiosos, língua falada e escrita,
mitos, hábitos alimentares, danças, arquitetura,
invenções, pensamentos, formas de
organização social, etc.
 Uma das capacidades que diferenciam o ser
humano dos animais irracionais é a capacidade de
produção de cultura.
“Vivemos em
plena cultura da
aparência:
o contrato de
casamento importa
mais que o amor, o
funeral mais que o
morto, as roupas
mais do que o
corpo e a missa
mais do que
Deus.”
CULTURA POPULAR
 Cultura Popular pode ser definida como qualquer
manifestação cultural (dança, música, festas,
literatura, folclore, arte, etc) em que o povo produz
e participa de forma ativa.
 Ao contrário da cultura de elite, a cultura popular
surge das tradições e costumes e é transmitida de
geração para geração, principalmente, de forma
oral.
 Exemplos de manifestações da cultura popular:
carnaval, danças e festas folclóricas, literatura de
cordel, provérbios, samba, frevo, capoeira,
artesanato, cantigas de roda, contos e
fábulas, lendas urbanas, superstições, etc.
Carnaval
Festa Folclórica
Literatura de Cordel
Samba
Frevo
Capoeira
Superstições
CULTURA ERUDITA
 Cultura erudita é aquela proveniente de estudos,
produzida através de pesquisas, análises teóricas,
experimentação. É a principal responsável pela
evolução intelectual da sociedade, já que está
diretamente ligada a produção de conhecimento.
 A ela se deve os avanços tecnológicos, da
medicina, da antropologia, da informática entre
outros.
 Por ser uma cultura adquirida através de esforços
educacionais não é democrática como a popular, o
que torna pequeno o número de eruditos.
CULTURA ERUDITA
 A cultura erudita pode ser observada também nas
artes, sendo o fator determinante para sua
classificação o nível de estudo e complexidade por
trás da produção cultural.
 A cultura erudita está ligada à elite, ou seja, está
subordinada ao capital pelo fator de viabilizar esta
cultura.
 É uma cultura em que a sociedade valoriza como
superior ou dominante.
Beethoven
Michelangelo
Capela Sistina
Orquestra
Ópera
Balé Clássico
CULTURA ERUDITA X CULTURA POPULAR
 A separação entre cultura popular e erudita, com a
atribuição de maior valor à segunda, está
relacionado à divisão da sociedade em classes, ou
seja, é resultado e manifestação das diferenças
sociais.
 A cultura erudita abrangeria expressões artísticas
como a música clássica de padrão europeu, as
artes plásticas - escultura e pintura -, o teatro e a
literatura de cunho universal.
CHOQUE CULTURAL
 Choque cultural refere-se
à ansiedade e sentimentos (de surpresa,
desorientação, incerteza, confusão mental, etc)
sentidos quando as pessoas têm de conviver
dentro de uma diferente e desconhecida cultura
ou ambiente social.
 A partir daí, nascem as dificuldades de assimilar a
nova cultura, causando dificuldades em saber o
que é adequado e o que não é. Muitas vezes
combinada com uma aversão ou
mesmo nojo (moral ou estético) com certos
aspectos da nova cultura.
CHOQUE CULTURAL: ETNOCENTRISMO
 Etnocentrismo é um conceito da antropológia, que
ocorre quando um determinado individuo ou grupo
de pessoas, que têm os mesmos hábitos e caráter
social, discrimina outro, julgando-se melhor ou pior,
seja por causa de sua condição social, pelos
diferentes hábitos ou manias, por sua forma de se
vestir, ou até mesmo pela sua cultura.
 Essa avaliação é, por definição, preconceituosa,
feita a partir de um ponto de vista específico.
Bíblia
Alcorão
Mulheres Mulçumanas
Freiras Católicas
Ritual Indígena
Sessão de Tatuagem
Culto Evangélico
Culto Afro
COMUNICAÇÃO EM MASSA
 Entende-se como comunicação de massa a
disseminação de informações através de jornais,
televisão, rádios, cinema e também pela Internet,
os quais se reúnem em um sistema denominado
mídia.
 A comunicação humana pode ser classificada em
dois aspectos distintos, sendo desenvolvida em
vários campos de naturezas diferentes: a
comunicação em pequena escala e a comunicação
de massa.
 Nos dois casos, o ser humano começou a lidar com
utensílios para auxiliar e tornar potente o processo
de produzir, enviar e receber mensagens.
 A tecnologia se tornou aliada de tal comunicação
humana, além de passar a participar da rotina da
humanidade ao longo de seu desenvolvimento.
COMUNICAÇÃO EM MASSA
COMUNICAÇÃO EM MASSA:
SEUS VEÍCULOS
 Apesar da comunicação autêntica ser a que se
assenta sobre um esquema de relações simétricas,
os meios de comunicação de massa são veículos,
sistemas de comunicação num único sentido.
 Esta característica distingue-os da comunicação
pessoal, na qual o comunicador conta com
imediato e contínuo feedback da audiência,
intencional ou não, afirmando que aquilo que
obtemos mediante os meios de comunicação de
massa não é comunicação, e sim veículos de
massa.
COMUNICAÇÃO EM MASSA:
SEUS VEÍCULOS
 A divulgação em grande escala de mensagens, a
rapidez com que elas são absorvidas, a amplitude
que atingem todo tipo de público, cuja própria
sociedade através da indústria cultural criou e se
alimenta, gera um enorme interesse e abre espaço
para o estudo de nosso comportamento.
 É possível afirmar que as modalidades de
comunicação que nos meios de cultura de massa e
com eles aparecem, só foram possíveis na medida
em que a tecnologia materializou mudanças que, a
partir da vida social, dão sentido a novas relações
e novos usos.
COMUNICAÇÃO EM MASSA:
TIPOS DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO
 Podemos citar os meios de comunicação de massa
mais comuns:
 Televisão, Rádio, Revistas, Internet, Livros,
Cinema.
 Todos eles têm como principal função informar,
educar e entreter de diferentes formas, com
conteúdos selecionados e desenvolvidos para seus
determinados públicos.
 No entanto, as pessoas passam maior parte do
tempo ocupando-se com esses meios de
comunicação, pois estes de certa forma
proporcionam o prazer humano referente ao seu
lazer, entretenimento, aprendizado, ensino, entre
outros e a partir desses disseminam as
informações que consideram relevantes e que de
certa forma despertam interesses no público,
ouvinte, leitor, telespectador ou internauta.
 Os meios de comunicação de massa podem ser
usados tanto para fornecer informações úteis e
importantes para a população, como para alienar,
determinar um modo de pensar, induzindo certos
comportamentos e aquisição de certos produtos,
COMUNICAÇÃO EM MASSA:
TIPOS DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO
Rádio Antigo
Rádio Novo
TV Antiga
TV Nova
Telefone Antigo
Telefone Novo
Telefone Novo
Maquina de Escrever
Computador Antigo
Computador Novo
Tablet
 Por se tratar de diversas idades, com diferentes
interesses procurando esses meios para suprir
seus desejos momentâneos. Os meios de
comunicação em massa é a principal ferramenta
para a indústria do marketing, são neles que as
propagandas, as campanhas publicitárias chegam
ao público, a população.
 O consumismo tem se tornado um grande inimigo
do Meio Ambiente. O lixo e outros resíduos
gerados pelas embalagens e produtos descartados
tem causado grandes problemas ambientais,
principalmente nos grandes centros urbanos.
CONSUMISMO DESENFREADO
CONSUMISMO DESENFREADO
 O consumismo é o ato de consumir (comprar)
produtos de forma exagerada. As pessoas
consumistas adquirem produtos (roupas, produtos
eletrônicos, jóias, carros, imóveis) sem ter a
necessidade destes.
 O consumismo é típico das sociedades capitalistas
e é estimulado pelas campanhas
publicitárias vinculadas, principalmente na TV,
cinema e meios de comunicação (revistas, jornais,
rádios).
 Em alguns casos o consumismo pode se tornar
uma doença (espécie de vício). Neste caso, a
pessoa consumista só consegue obter prazer na
vida ao comprar coisas. Em situações como esta, é
necessário um tratamento profissional de um
psicólogo.
 Por outro lado existe também o consumo
consciente, que é aquele em que as pessoas
compram produtos que estão precisando
verdadeiramente. Pesquisam os melhores preços e
buscam produtos que não prejudicam a natureza.
CONSUMISMO DESENFREADO
A cultura do homem
Tablet
A cultura do homem
A cultura do homem
A cultura do homem
A cultura do homem
A cultura do homem

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart HallAula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Elizeu Nascimento Silva
 
Cultura erudita
Cultura eruditaCultura erudita
Cultura erudita
suelyfurio
 
A emergência da cultura de massas
A emergência da cultura de massasA emergência da cultura de massas
A emergência da cultura de massas
Vera Oliveira
 
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais InglesesAula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Elizeu Nascimento Silva
 
SOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURAL
SOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURALSOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURAL
SOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURAL
Carlos Benjoino Bidu
 
Indústria cultural e cultura de massa
Indústria cultural e cultura de massaIndústria cultural e cultura de massa
Indústria cultural e cultura de massa
kelli homeniuk
 
Cultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcial
Cultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcialCultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcial
Cultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcial
EEEP MCVM - Secretariado 3'
 
Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3
Emerson Ribeiro
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
Luis Mello Reis
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
Luci Bonini
 
Cultura de massa: que cultura? E que massa?
Cultura de massa: que cultura? E que massa?Cultura de massa: que cultura? E que massa?
Cultura de massa: que cultura? E que massa?
Poliana Lopes
 
TC - Estudos Culturais
TC - Estudos CulturaisTC - Estudos Culturais
TC - Estudos Culturais
UNIP. Universidade Paulista
 
Indústria cultural cultura de massa pdf
Indústria cultural cultura de massa   pdfIndústria cultural cultura de massa   pdf
Indústria cultural cultura de massa pdf
Celso Firmino Sociologia/Filosofia
 
Estudos Culturais
Estudos CulturaisEstudos Culturais
Estudos Culturais
Luciana Piovezan
 
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva CulturológicaAula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Elizeu Nascimento Silva
 
A Sociedade de Massas
A Sociedade de MassasA Sociedade de Massas
A Sociedade de Massas
Jairo Felipe
 
Estudos culturais
Estudos culturaisEstudos culturais
Estudos culturais
João moreira
 
Aula 20 cultura, conhecimento e poder
Aula 20   cultura, conhecimento e poderAula 20   cultura, conhecimento e poder
Aula 20 cultura, conhecimento e poder
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Industria cultural
Industria culturalIndustria cultural
Industria cultural
pacobr
 
Teocom 17marçO10 Cultural Studies
Teocom 17marçO10 Cultural StudiesTeocom 17marçO10 Cultural Studies
Teocom 17marçO10 Cultural Studies
Omec
 

Mais procurados (20)

Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart HallAula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
 
Cultura erudita
Cultura eruditaCultura erudita
Cultura erudita
 
A emergência da cultura de massas
A emergência da cultura de massasA emergência da cultura de massas
A emergência da cultura de massas
 
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais InglesesAula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
 
SOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURAL
SOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURALSOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURAL
SOCIEDADE DE MASSAS E INDÚSTRIA CULTURAL
 
Indústria cultural e cultura de massa
Indústria cultural e cultura de massaIndústria cultural e cultura de massa
Indústria cultural e cultura de massa
 
Cultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcial
Cultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcialCultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcial
Cultura sociologia. 3 ano 1 semestre parcial
 
Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3Noção de massa e cultura de massa 3
Noção de massa e cultura de massa 3
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 
Cultura de massa: que cultura? E que massa?
Cultura de massa: que cultura? E que massa?Cultura de massa: que cultura? E que massa?
Cultura de massa: que cultura? E que massa?
 
TC - Estudos Culturais
TC - Estudos CulturaisTC - Estudos Culturais
TC - Estudos Culturais
 
Indústria cultural cultura de massa pdf
Indústria cultural cultura de massa   pdfIndústria cultural cultura de massa   pdf
Indústria cultural cultura de massa pdf
 
Estudos Culturais
Estudos CulturaisEstudos Culturais
Estudos Culturais
 
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva CulturológicaAula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
 
A Sociedade de Massas
A Sociedade de MassasA Sociedade de Massas
A Sociedade de Massas
 
Estudos culturais
Estudos culturaisEstudos culturais
Estudos culturais
 
Aula 20 cultura, conhecimento e poder
Aula 20   cultura, conhecimento e poderAula 20   cultura, conhecimento e poder
Aula 20 cultura, conhecimento e poder
 
Industria cultural
Industria culturalIndustria cultural
Industria cultural
 
Teocom 17marçO10 Cultural Studies
Teocom 17marçO10 Cultural StudiesTeocom 17marçO10 Cultural Studies
Teocom 17marçO10 Cultural Studies
 

Destaque

Cultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinema
Cultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinemaCultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinema
Cultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinema
Christian Danniel
 
A cultura condiciona a visão de mundo do homem
A cultura condiciona a visão de mundo do homemA cultura condiciona a visão de mundo do homem
A cultura condiciona a visão de mundo do homem
Sobre Letras
 
Poster meios cultura definitivo
Poster meios cultura definitivoPoster meios cultura definitivo
Poster meios cultura definitivo
TCQA_ESAG
 
Douriedson
DouriedsonDouriedson
Douriedson
Sergio Mendonça
 
Os meios de comunicação e o massacre da cultura
Os meios de comunicação e o massacre da culturaOs meios de comunicação e o massacre da cultura
Os meios de comunicação e o massacre da cultura
Alanna Alexandre
 
Aula 3 - M
Aula 3 - MAula 3 - M
Meios de cultura
Meios de culturaMeios de cultura
Meios de cultura
Cam J
 
Cultura popular portuguesa
Cultura popular portuguesaCultura popular portuguesa
Cultura popular portuguesa
Cristina Alves
 
A intervenção no poder local
A intervenção no poder localA intervenção no poder local
A intervenção no poder local
Karina Bastos
 
Cultura, Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Cultura, Meio ambiente e Desenvolvimento SustentávelCultura, Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Cultura, Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Elisabeth Dudziak
 
Dos meios às mediações - Jesús Martin-Barbeiro
Dos meios às mediações - Jesús Martin-BarbeiroDos meios às mediações - Jesús Martin-Barbeiro
Dos meios às mediações - Jesús Martin-Barbeiro
Andréia Pisco
 
HistóRia De Portugal
HistóRia De PortugalHistóRia De Portugal
HistóRia De Portugal
apresentacao2008
 
A vida quotidiana da sociedade medieval
A vida quotidiana da sociedade medievalA vida quotidiana da sociedade medieval
A vida quotidiana da sociedade medieval
Sara Marques
 
Cultura e informação roque laraia
Cultura e informação   roque laraiaCultura e informação   roque laraia
Cultura e informação roque laraia
Portal do Vestibulando
 
Os Senhorios Cs Ja En
Os Senhorios Cs Ja EnOs Senhorios Cs Ja En
Os Senhorios Cs Ja En
AEDFL
 
Conceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de MicrogiologiaConceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de Microgiologia
Ivson Cassiano
 
A reconquista cristã 1
A reconquista cristã 1A reconquista cristã 1
A reconquista cristã 1
Carla Teixeira
 
Os Meios de Comunicação e a Cultura de Massa
Os Meios de Comunicação e a Cultura de MassaOs Meios de Comunicação e a Cultura de Massa
Os Meios de Comunicação e a Cultura de Massa
Jailson Lima
 
CULTURA ERUDITA
CULTURA ERUDITA CULTURA ERUDITA
CULTURA ERUDITA
Isabelle Lacerda
 
Cultura de Massas
Cultura de MassasCultura de Massas
Cultura de Massas
Margarida Moreira
 

Destaque (20)

Cultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinema
Cultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinemaCultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinema
Cultura de massa / Cultura erudita: Literatura e cinema
 
A cultura condiciona a visão de mundo do homem
A cultura condiciona a visão de mundo do homemA cultura condiciona a visão de mundo do homem
A cultura condiciona a visão de mundo do homem
 
Poster meios cultura definitivo
Poster meios cultura definitivoPoster meios cultura definitivo
Poster meios cultura definitivo
 
Douriedson
DouriedsonDouriedson
Douriedson
 
Os meios de comunicação e o massacre da cultura
Os meios de comunicação e o massacre da culturaOs meios de comunicação e o massacre da cultura
Os meios de comunicação e o massacre da cultura
 
Aula 3 - M
Aula 3 - MAula 3 - M
Aula 3 - M
 
Meios de cultura
Meios de culturaMeios de cultura
Meios de cultura
 
Cultura popular portuguesa
Cultura popular portuguesaCultura popular portuguesa
Cultura popular portuguesa
 
A intervenção no poder local
A intervenção no poder localA intervenção no poder local
A intervenção no poder local
 
Cultura, Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Cultura, Meio ambiente e Desenvolvimento SustentávelCultura, Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Cultura, Meio ambiente e Desenvolvimento Sustentável
 
Dos meios às mediações - Jesús Martin-Barbeiro
Dos meios às mediações - Jesús Martin-BarbeiroDos meios às mediações - Jesús Martin-Barbeiro
Dos meios às mediações - Jesús Martin-Barbeiro
 
HistóRia De Portugal
HistóRia De PortugalHistóRia De Portugal
HistóRia De Portugal
 
A vida quotidiana da sociedade medieval
A vida quotidiana da sociedade medievalA vida quotidiana da sociedade medieval
A vida quotidiana da sociedade medieval
 
Cultura e informação roque laraia
Cultura e informação   roque laraiaCultura e informação   roque laraia
Cultura e informação roque laraia
 
Os Senhorios Cs Ja En
Os Senhorios Cs Ja EnOs Senhorios Cs Ja En
Os Senhorios Cs Ja En
 
Conceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de MicrogiologiaConceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de Microgiologia
 
A reconquista cristã 1
A reconquista cristã 1A reconquista cristã 1
A reconquista cristã 1
 
Os Meios de Comunicação e a Cultura de Massa
Os Meios de Comunicação e a Cultura de MassaOs Meios de Comunicação e a Cultura de Massa
Os Meios de Comunicação e a Cultura de Massa
 
CULTURA ERUDITA
CULTURA ERUDITA CULTURA ERUDITA
CULTURA ERUDITA
 
Cultura de Massas
Cultura de MassasCultura de Massas
Cultura de Massas
 

Semelhante a A cultura do homem

Design gráfico
Design  gráficoDesign  gráfico
Design gráfico
Unip e Uniplan
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
aulasgege
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
Aline Corso
 
A cultura e a sociedade
A cultura e a sociedadeA cultura e a sociedade
A cultura e a sociedade
Danusy Déia
 
Cultura de Massa.pptx
Cultura de Massa.pptxCultura de Massa.pptx
Cultura de Massa.pptx
EDUARDOSOARESGUIA1
 
2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx
2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx
2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx
EdsonYouTube
 
Atividade 1
Atividade 1Atividade 1
Atividade 1
Mara Ribeiro
 
cultura digital.pptx
cultura digital.pptxcultura digital.pptx
cultura digital.pptx
FabioAssisDarski
 
Cultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptx
Cultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptxCultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptx
Cultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptx
NiltonCsarFerreira
 
Aula 16 Indústria Cultural I .pptx
Aula 16  Indústria Cultural I .pptxAula 16  Indústria Cultural I .pptx
Aula 16 Indústria Cultural I .pptx
PAULOCEZARSILVAHILAR
 
Sociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e Sociedadetx
Sociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e SociedadetxSociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e Sociedadetx
Sociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e Sociedadetx
marioaraujorosas1
 
Cultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade culturalCultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade cultural
Antonio Tavares
 
produção simbólica
produção simbólicaprodução simbólica
CCM. CULTURA E IDENTIDADE
CCM. CULTURA E IDENTIDADECCM. CULTURA E IDENTIDADE
CCM. CULTURA E IDENTIDADE
UNIP. Universidade Paulista
 
Meios de comunicação
Meios de comunicaçãoMeios de comunicação
Meios de comunicação
Odair Cavichioli
 
Conceito de cultura
Conceito de culturaConceito de cultura
Conceito de cultura
licasoler
 
Aula II- História e Cultura.pptx
Aula II- História e Cultura.pptxAula II- História e Cultura.pptx
Aula II- História e Cultura.pptx
IsaacAugustoAlvesdeF
 
A CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASS
A CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASSA CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASS
A CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASS
DomingosJunior22
 
Sociologia v
Sociologia vSociologia v
Sociologia v
andrea almeida
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
Jornal Ovale
 

Semelhante a A cultura do homem (20)

Design gráfico
Design  gráficoDesign  gráfico
Design gráfico
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
A cultura e a sociedade
A cultura e a sociedadeA cultura e a sociedade
A cultura e a sociedade
 
Cultura de Massa.pptx
Cultura de Massa.pptxCultura de Massa.pptx
Cultura de Massa.pptx
 
2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx
2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx
2-01-sociologia-definicao-de-cultura-em13chs103-2024-1-30-14-33-26.pptx
 
Atividade 1
Atividade 1Atividade 1
Atividade 1
 
cultura digital.pptx
cultura digital.pptxcultura digital.pptx
cultura digital.pptx
 
Cultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptx
Cultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptxCultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptx
Cultura e Cultura de Massa e Comunicação de Massa.pptx
 
Aula 16 Indústria Cultural I .pptx
Aula 16  Indústria Cultural I .pptxAula 16  Indústria Cultural I .pptx
Aula 16 Indústria Cultural I .pptx
 
Sociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e Sociedadetx
Sociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e SociedadetxSociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e Sociedadetx
Sociologia, Cultura e Sociedade.ppSociologia, Cultura e Sociedadetx
 
Cultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade culturalCultura e diversidade cultural
Cultura e diversidade cultural
 
produção simbólica
produção simbólicaprodução simbólica
produção simbólica
 
CCM. CULTURA E IDENTIDADE
CCM. CULTURA E IDENTIDADECCM. CULTURA E IDENTIDADE
CCM. CULTURA E IDENTIDADE
 
Meios de comunicação
Meios de comunicaçãoMeios de comunicação
Meios de comunicação
 
Conceito de cultura
Conceito de culturaConceito de cultura
Conceito de cultura
 
Aula II- História e Cultura.pptx
Aula II- História e Cultura.pptxAula II- História e Cultura.pptx
Aula II- História e Cultura.pptx
 
A CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASS
A CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASSA CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASS
A CRÍTICA DE NIETZSCHE À CULTURA DE MASS
 
Sociologia v
Sociologia vSociologia v
Sociologia v
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 

Mais de dinicmax

Símbolos blog
Símbolos   blogSímbolos   blog
Símbolos blog
dinicmax
 
O que nos une blog
O que nos une   blogO que nos une   blog
O que nos une blog
dinicmax
 
Estado e governo blog
Estado e governo   blogEstado e governo   blog
Estado e governo blog
dinicmax
 
O trabalho nas nossas vidas blog
O trabalho nas nossas vidas   blogO trabalho nas nossas vidas   blog
O trabalho nas nossas vidas blog
dinicmax
 
O povo e suas manifestações
O povo e suas manifestaçõesO povo e suas manifestações
O povo e suas manifestações
dinicmax
 
O jovem na sociedade
O jovem na sociedadeO jovem na sociedade
O jovem na sociedade
dinicmax
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
dinicmax
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadania
dinicmax
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
dinicmax
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
dinicmax
 
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasilReforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
dinicmax
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
dinicmax
 
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditaduraManifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
dinicmax
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
dinicmax
 
História
HistóriaHistória
História
dinicmax
 
Ditadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanosDitadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanos
dinicmax
 
Década de 60
Década de 60Década de 60
Década de 60
dinicmax
 
História 2º ano 3º
História   2º ano 3ºHistória   2º ano 3º
História 2º ano 3º
dinicmax
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
dinicmax
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
dinicmax
 

Mais de dinicmax (20)

Símbolos blog
Símbolos   blogSímbolos   blog
Símbolos blog
 
O que nos une blog
O que nos une   blogO que nos une   blog
O que nos une blog
 
Estado e governo blog
Estado e governo   blogEstado e governo   blog
Estado e governo blog
 
O trabalho nas nossas vidas blog
O trabalho nas nossas vidas   blogO trabalho nas nossas vidas   blog
O trabalho nas nossas vidas blog
 
O povo e suas manifestações
O povo e suas manifestaçõesO povo e suas manifestações
O povo e suas manifestações
 
O jovem na sociedade
O jovem na sociedadeO jovem na sociedade
O jovem na sociedade
 
A sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedadeA sociologia e a sociedade
A sociologia e a sociedade
 
Cidadão e cidadania
Cidadão e cidadaniaCidadão e cidadania
Cidadão e cidadania
 
Diversidades no brasil
Diversidades no brasilDiversidades no brasil
Diversidades no brasil
 
Redemocratização e neoliberalismo
Redemocratização e  neoliberalismoRedemocratização e  neoliberalismo
Redemocratização e neoliberalismo
 
Reforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasilReforma agrária no brasil
Reforma agrária no brasil
 
Redemocratização
RedemocratizaçãoRedemocratização
Redemocratização
 
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditaduraManifestações culturais no brasil durante a ditadura
Manifestações culturais no brasil durante a ditadura
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
História
HistóriaHistória
História
 
Ditadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanosDitadura militar e direitos humanos
Ditadura militar e direitos humanos
 
Década de 60
Década de 60Década de 60
Década de 60
 
História 2º ano 3º
História   2º ano 3ºHistória   2º ano 3º
História 2º ano 3º
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
 

A cultura do homem

  • 1. A CULTURA DO HOMEM Cultura Popular e Erudita; Choque de Cultura Os meios de Comunicação de Massa; Consumismo;
  • 2. O QUE É CULTURA  Cultura é o conjunto de manifestações artísticas, sociais, lingüísticas e comportamentais de um povo ou civilização.  Portanto, fazem parte da cultura de um povo as seguintes atividades e manifestações: música, teatro, rituais religiosos, língua falada e escrita, mitos, hábitos alimentares, danças, arquitetura, invenções, pensamentos, formas de organização social, etc.  Uma das capacidades que diferenciam o ser humano dos animais irracionais é a capacidade de produção de cultura.
  • 3. “Vivemos em plena cultura da aparência: o contrato de casamento importa mais que o amor, o funeral mais que o morto, as roupas mais do que o corpo e a missa mais do que Deus.”
  • 4. CULTURA POPULAR  Cultura Popular pode ser definida como qualquer manifestação cultural (dança, música, festas, literatura, folclore, arte, etc) em que o povo produz e participa de forma ativa.  Ao contrário da cultura de elite, a cultura popular surge das tradições e costumes e é transmitida de geração para geração, principalmente, de forma oral.  Exemplos de manifestações da cultura popular: carnaval, danças e festas folclóricas, literatura de cordel, provérbios, samba, frevo, capoeira, artesanato, cantigas de roda, contos e fábulas, lendas urbanas, superstições, etc.
  • 12. CULTURA ERUDITA  Cultura erudita é aquela proveniente de estudos, produzida através de pesquisas, análises teóricas, experimentação. É a principal responsável pela evolução intelectual da sociedade, já que está diretamente ligada a produção de conhecimento.  A ela se deve os avanços tecnológicos, da medicina, da antropologia, da informática entre outros.  Por ser uma cultura adquirida através de esforços educacionais não é democrática como a popular, o que torna pequeno o número de eruditos.
  • 13. CULTURA ERUDITA  A cultura erudita pode ser observada também nas artes, sendo o fator determinante para sua classificação o nível de estudo e complexidade por trás da produção cultural.  A cultura erudita está ligada à elite, ou seja, está subordinada ao capital pelo fator de viabilizar esta cultura.  É uma cultura em que a sociedade valoriza como superior ou dominante.
  • 20. CULTURA ERUDITA X CULTURA POPULAR  A separação entre cultura popular e erudita, com a atribuição de maior valor à segunda, está relacionado à divisão da sociedade em classes, ou seja, é resultado e manifestação das diferenças sociais.  A cultura erudita abrangeria expressões artísticas como a música clássica de padrão europeu, as artes plásticas - escultura e pintura -, o teatro e a literatura de cunho universal.
  • 21. CHOQUE CULTURAL  Choque cultural refere-se à ansiedade e sentimentos (de surpresa, desorientação, incerteza, confusão mental, etc) sentidos quando as pessoas têm de conviver dentro de uma diferente e desconhecida cultura ou ambiente social.  A partir daí, nascem as dificuldades de assimilar a nova cultura, causando dificuldades em saber o que é adequado e o que não é. Muitas vezes combinada com uma aversão ou mesmo nojo (moral ou estético) com certos aspectos da nova cultura.
  • 22. CHOQUE CULTURAL: ETNOCENTRISMO  Etnocentrismo é um conceito da antropológia, que ocorre quando um determinado individuo ou grupo de pessoas, que têm os mesmos hábitos e caráter social, discrimina outro, julgando-se melhor ou pior, seja por causa de sua condição social, pelos diferentes hábitos ou manias, por sua forma de se vestir, ou até mesmo pela sua cultura.  Essa avaliação é, por definição, preconceituosa, feita a partir de um ponto de vista específico.
  • 31. COMUNICAÇÃO EM MASSA  Entende-se como comunicação de massa a disseminação de informações através de jornais, televisão, rádios, cinema e também pela Internet, os quais se reúnem em um sistema denominado mídia.  A comunicação humana pode ser classificada em dois aspectos distintos, sendo desenvolvida em vários campos de naturezas diferentes: a comunicação em pequena escala e a comunicação de massa.
  • 32.  Nos dois casos, o ser humano começou a lidar com utensílios para auxiliar e tornar potente o processo de produzir, enviar e receber mensagens.  A tecnologia se tornou aliada de tal comunicação humana, além de passar a participar da rotina da humanidade ao longo de seu desenvolvimento. COMUNICAÇÃO EM MASSA
  • 33. COMUNICAÇÃO EM MASSA: SEUS VEÍCULOS  Apesar da comunicação autêntica ser a que se assenta sobre um esquema de relações simétricas, os meios de comunicação de massa são veículos, sistemas de comunicação num único sentido.  Esta característica distingue-os da comunicação pessoal, na qual o comunicador conta com imediato e contínuo feedback da audiência, intencional ou não, afirmando que aquilo que obtemos mediante os meios de comunicação de massa não é comunicação, e sim veículos de massa.
  • 34. COMUNICAÇÃO EM MASSA: SEUS VEÍCULOS  A divulgação em grande escala de mensagens, a rapidez com que elas são absorvidas, a amplitude que atingem todo tipo de público, cuja própria sociedade através da indústria cultural criou e se alimenta, gera um enorme interesse e abre espaço para o estudo de nosso comportamento.  É possível afirmar que as modalidades de comunicação que nos meios de cultura de massa e com eles aparecem, só foram possíveis na medida em que a tecnologia materializou mudanças que, a partir da vida social, dão sentido a novas relações e novos usos.
  • 35. COMUNICAÇÃO EM MASSA: TIPOS DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO  Podemos citar os meios de comunicação de massa mais comuns:  Televisão, Rádio, Revistas, Internet, Livros, Cinema.  Todos eles têm como principal função informar, educar e entreter de diferentes formas, com conteúdos selecionados e desenvolvidos para seus determinados públicos.
  • 36.  No entanto, as pessoas passam maior parte do tempo ocupando-se com esses meios de comunicação, pois estes de certa forma proporcionam o prazer humano referente ao seu lazer, entretenimento, aprendizado, ensino, entre outros e a partir desses disseminam as informações que consideram relevantes e que de certa forma despertam interesses no público, ouvinte, leitor, telespectador ou internauta.  Os meios de comunicação de massa podem ser usados tanto para fornecer informações úteis e importantes para a população, como para alienar, determinar um modo de pensar, induzindo certos comportamentos e aquisição de certos produtos, COMUNICAÇÃO EM MASSA: TIPOS DE MEIOS DE COMUNICAÇÃO
  • 48.  Por se tratar de diversas idades, com diferentes interesses procurando esses meios para suprir seus desejos momentâneos. Os meios de comunicação em massa é a principal ferramenta para a indústria do marketing, são neles que as propagandas, as campanhas publicitárias chegam ao público, a população.  O consumismo tem se tornado um grande inimigo do Meio Ambiente. O lixo e outros resíduos gerados pelas embalagens e produtos descartados tem causado grandes problemas ambientais, principalmente nos grandes centros urbanos. CONSUMISMO DESENFREADO
  • 49. CONSUMISMO DESENFREADO  O consumismo é o ato de consumir (comprar) produtos de forma exagerada. As pessoas consumistas adquirem produtos (roupas, produtos eletrônicos, jóias, carros, imóveis) sem ter a necessidade destes.  O consumismo é típico das sociedades capitalistas e é estimulado pelas campanhas publicitárias vinculadas, principalmente na TV, cinema e meios de comunicação (revistas, jornais, rádios).
  • 50.  Em alguns casos o consumismo pode se tornar uma doença (espécie de vício). Neste caso, a pessoa consumista só consegue obter prazer na vida ao comprar coisas. Em situações como esta, é necessário um tratamento profissional de um psicólogo.  Por outro lado existe também o consumo consciente, que é aquele em que as pessoas compram produtos que estão precisando verdadeiramente. Pesquisam os melhores preços e buscam produtos que não prejudicam a natureza. CONSUMISMO DESENFREADO