SlideShare uma empresa Scribd logo
Diferenciação e classificação
         de átomos
Prótons (p)

Nêutrons (n)
Elétrons (e)
Indica a quantidade de prótons
 existentes no núcleo de um átomo.
     É representado pela letra Z.



Z = número de prótons
(caracteriza cada
elemento)                  Z
                            X
É a soma do número de prótons (Z) com o
  número de nêutrons (N) presentes no
núcleo do átomo, determina o número de
massa do átomo (A), pois os elétrons tem
           massa desprezível.



                                               A
 A = Z + N
Expressa em u.m.a (unidade de massa atômica)   Z
                                                   XN
É o conjunto de átomos que possuem o
  mesmo número de prótons, isto é, o
      mesmo número atômico (Z).


                       Carga
                  A
                      XN
                       elétrica
   Simbologia:
                  Z
Átomos
1. Isótopos    3. Isótonos


      Semelhanças
        Atômicas

                    4.
2. Isóbaros
              Isoeletrônicos
Átomos que apresentam o mesmo
número atômico (Z), mas diferentes
     números de massa (A).
   12         13          14

   6
        C      6
                   C       6   C
   16          17          18

   8
       O       8
                   O        8
                                O
   39         40           41

   19
        K     19
                   K       19
                                K
Átomos que apresentam o mesmo
número de massa (A), mas diferentes
      números atômicos (Z).

    40           40

    20
      Ca   20
                 18   Ar22


   A=Z+N         A=Z+N
   40 = 20 + N   40 = 18 + N
   N = 40 - 20   N = 40 - 18
    N = 20       N = 22
Átomos que apresentam o mesmo número
 de nêutrons (N), mas diferentes números
       atômicos (Z) e de massa (A).

       26             28

       12
            Mg   14
                      14   Si   14



       A=Z+N          A=Z+N
       26 = 12 + N    28 = 14 + N
       N = 26 - 12    N = 28 - 14
       N = 14         N = 14
Átomos que apresentam a mesma
    quantidade de elétrons.


 23    +    16   2-   20

 11   Na    8    O     10   Ne
É aquele átomo em que o
número de prótons é igual ao
     número de elétrons.



        nº P = nº é
             ou
           P=é
Os átomos tem a capacidade de ganhar ou
  perder elétrons, ficando eletricamente
      carregados, denominados íons.
                                           b+



* Íon positivo –                  X
        O átomo perde elétrons.

                   p>e
                                      3+
                    +
            Ex: 11Na        13   Al
Átomos
b-




O átomo ganha elétrons.

       p<e
              _       2-

     Ex: 9F       O
                  8
Átomos
56
7. A representação 26 Fe indica que o átomo do elemento químico
     ferro apresenta a seguinte composição nuclear:
a) 26 prótons, 20 elétrons e 30 nêutrons.
b) 26 elétrons e 30 nêutrons.
c) 26 prótons, 26 elétrons e 56 nêutrons.
d) 26 prótons, 26 elétrons e 30 nêutrons.
e) 26 prótons e 30 nêutrons.

1.    Determine o número de prótons, elétrons e nêutrons dos
      seguintes íons:
     a) Fe(CN)6     d) Cr2O7     g) H3O
     b) NO3         e) H3C-COO h) Sn
     c) SO4         f) NH4        i) Fe
37
 8. O átomo 17 Cl tem igual número de nêutrons
   que o átomo xCa. O número de massa x do
                  20
   átomo de Ca é igual a:
a) 10 b) 17 c) 20 d) 37 e) 40



Para o Cl:              Para o Ca:
A=Z+N                   A=Z+N
37 = 17 + N             x = 20 + 20
N = 37 – 17             N = 40
N = 20
18. São dadas as seguintes informações relativas
     aos átomos X, Y e Z.
I. X é isóbaro de Y e isótono de Z.
II. Y tem número atômico 56, número de massa
     137 e é isótopo de Z.
III. O número de massa de Z é 138.

O número atômico de X é:

a) 53     b) 54     c) 55     d) 56      e) 57
24. O elemento químico B possui 20 nêutrons, é
  isótopo do elemento químico A, que possui 18
  prótons, e isóbaro do elemento químico C, que
  tem 16 nêutrons. Com base nessas informações,
  pode-se afirmar que os elementos químicos A, B
  e C apresentam, respectivamente, números
  atômicos iguais a:
a) 16, 16 e 20
b) 16, 18 e 20
c) 16, 20 e 21
d) 18, 16 e 22
e) 18, 18 e 22
80
 30. Quando um átomo neutro de bromo 35 Br
  recebe um elétron, transforma-se em um íon
  negativo chamado de ânion, e possui em sua
  estrutura, prótons, elétrons e nêutrons em
  número igual a:
a) 35-35-46
b) 35-36-45
c) 35-80-80
d) 35-115-80
e) 36-35-115
33. Um isótopo de um elemento metálico tem
  número de massa 65 e 35 nêutrons no núcleo. O
  cátion derivado desse isótopo tem 28 elétrons.
  A carga desse cátion é:
a) – 1   b) + 3    c) 0   d) +1   e) +2

 36.Um isótopo de um elemento metálico tem 25
  nêutrons e número de massa 50. A carga do
  cátion derivado desse isótopo é +2. O número de
  elétrons desse cátion é:
a) 24    b) 23    c) 50    d) 25    e) 10
Átomos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Genética
GenéticaGenética
Genética
Rebeca Vale
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
João Paulo Luna
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
Rubao1E
 
Estrutura Atomica
Estrutura AtomicaEstrutura Atomica
Estrutura Atomica
José Miguel Dos Santos
 
Modelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9anoModelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9ano
joana bolsi
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
Marilena Meira
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
Kátia Elias
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
7 de Setembro
 
A Evolução do Átomo
A Evolução do ÁtomoA Evolução do Átomo
A Evolução do Átomo
V
 
Íons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicosÍons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicos
Carlos Priante
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
fisicaatual
 
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria  prof Ivanise MeyerEstrutura da matéria  prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
Joanna de Paoli
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Aula 2 O Atomo
Aula 2   O AtomoAula 2   O Atomo
Aula 2 O Atomo
José Vitor Alves
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
Sandra Peixoto
 
Radiações- tipos de radiação e suas aplicações
Radiações- tipos de radiação e suas aplicaçõesRadiações- tipos de radiação e suas aplicações
Radiações- tipos de radiação e suas aplicações
Marco Casquinha
 
Energia Cinética e Potencial
Energia Cinética e PotencialEnergia Cinética e Potencial
Energia Cinética e Potencial
Denise Marinho
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
Rebeca Vale
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Juliana Mendes
 

Mais procurados (20)

Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
Estrutura Atomica
Estrutura AtomicaEstrutura Atomica
Estrutura Atomica
 
Modelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9anoModelos atomicos 9ano
Modelos atomicos 9ano
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 
A Evolução do Átomo
A Evolução do ÁtomoA Evolução do Átomo
A Evolução do Átomo
 
Íons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicosÍons e Elementos químicos
Íons e Elementos químicos
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria  prof Ivanise MeyerEstrutura da matéria  prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
 
Radioatividade
RadioatividadeRadioatividade
Radioatividade
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Leis ponderais
 
Aula 2 O Atomo
Aula 2   O AtomoAula 2   O Atomo
Aula 2 O Atomo
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
 
Radiações- tipos de radiação e suas aplicações
Radiações- tipos de radiação e suas aplicaçõesRadiações- tipos de radiação e suas aplicações
Radiações- tipos de radiação e suas aplicações
 
Energia Cinética e Potencial
Energia Cinética e PotencialEnergia Cinética e Potencial
Energia Cinética e Potencial
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 

Semelhante a Átomos

Atomistica
AtomisticaAtomistica
Ciências - 9º Ano
Ciências - 9º AnoCiências - 9º Ano
Ciências - 9º Ano
PROFESSORLUCASALVESB
 
Aula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomoAula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomo
Colegio CMC
 
Lista 6 2014
Lista 6   2014Lista 6   2014
Lista 6 2014
profNICODEMOS
 
Aula 02 - partículas subatômicas
Aula 02 -  partículas subatômicasAula 02 -  partículas subatômicas
Aula 02 - partículas subatômicas
Helena Aragão De Sá Martins
 
exercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.doc
exercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.docexercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.doc
exercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.doc
Nivea Neves
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
Hugo Cruz Rangel
 
Aula 6 átomos e suas semelhanças
Aula 6   átomos e suas semelhançasAula 6   átomos e suas semelhanças
Aula 6 átomos e suas semelhanças
profNICODEMOS
 
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônicaLista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Profª Alda Ernestina
 
Atividade de ciências cálculo do número atômico e número de massa.
Atividade de ciências   cálculo do número atômico e número de massa.Atividade de ciências   cálculo do número atômico e número de massa.
Atividade de ciências cálculo do número atômico e número de massa.
Deivison Silva
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
Hugo Cruz Rangel
 
Atividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íons
Atividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íonsAtividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íons
Atividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íons
Escola Pública/Particular
 
Resumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônica
Resumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônicaResumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônica
Resumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônica
Profª Alda Ernestina
 
Atomística
AtomísticaAtomística
Atomística
Vinny Silva
 
Atividade 4° bim 1°e quím
Atividade  4° bim 1°e químAtividade  4° bim 1°e quím
Atividade 4° bim 1°e quím
Regina de Castro
 
Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3
Katia Venancio
 
Substâncias puras e misturas
  Substâncias puras e misturas  Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
blogprofbento
 
Exercicios 1º
Exercicios 1ºExercicios 1º
Atv 1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)
Atv   1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)Atv   1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)
Atv 1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)
Analynne Almeida
 

Semelhante a Átomos (20)

Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
 
Ciências - 9º Ano
Ciências - 9º AnoCiências - 9º Ano
Ciências - 9º Ano
 
Aula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomoAula 03 estudo do àtomo
Aula 03 estudo do àtomo
 
Lista 6 2014
Lista 6   2014Lista 6   2014
Lista 6 2014
 
Aula 02 - partículas subatômicas
Aula 02 -  partículas subatômicasAula 02 -  partículas subatômicas
Aula 02 - partículas subatômicas
 
exercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.doc
exercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.docexercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.doc
exercc3adcios-atomc3adstica-correc3a7c3a3o.doc
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
 
Aula 6 átomos e suas semelhanças
Aula 6   átomos e suas semelhançasAula 6   átomos e suas semelhanças
Aula 6 átomos e suas semelhanças
 
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônicaLista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
Lista de exercícios - estrutura atômica e distribuição eletrônica
 
Atividade de ciências cálculo do número atômico e número de massa.
Atividade de ciências   cálculo do número atômico e número de massa.Atividade de ciências   cálculo do número atômico e número de massa.
Atividade de ciências cálculo do número atômico e número de massa.
 
Atomistica
AtomisticaAtomistica
Atomistica
 
Atividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íons
Atividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íonsAtividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íons
Atividade 1º ano do ensino médio átomos neutros e íons
 
Resumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônica
Resumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônicaResumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônica
Resumo - Estrutura atômica e distribuição eletrônica
 
Atomística
AtomísticaAtomística
Atomística
 
Atividade 4° bim 1°e quím
Atividade  4° bim 1°e químAtividade  4° bim 1°e quím
Atividade 4° bim 1°e quím
 
Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3Estrutura atômica aula 3
Estrutura atômica aula 3
 
Substâncias puras e misturas
  Substâncias puras e misturas  Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
 
Exercicios 1º
Exercicios 1ºExercicios 1º
Exercicios 1º
 
Atv 1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)
Atv   1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)Atv   1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)
Atv 1º b.c (átomo, íon e distribuição eletronica)
 

Mais de Estude Mais

Teoria da Evolução
Teoria da EvoluçãoTeoria da Evolução
Teoria da Evolução
Estude Mais
 
Exercício sobre Evolução
Exercício sobre EvoluçãoExercício sobre Evolução
Exercício sobre Evolução
Estude Mais
 
Exercicios de estatistica
Exercicios de estatisticaExercicios de estatistica
Exercicios de estatistica
Estude Mais
 
O que é um seminario
O que é um seminarioO que é um seminario
O que é um seminario
Estude Mais
 
Guia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de semináriosGuia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de seminários
Estude Mais
 
Revisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enemRevisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enem
Estude Mais
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Estude Mais
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
Estude Mais
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
Estude Mais
 
Ecologia comunidades
Ecologia comunidadesEcologia comunidades
Ecologia comunidades
Estude Mais
 
Sucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomasSucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomas
Estude Mais
 
Melhoramento genetico
Melhoramento geneticoMelhoramento genetico
Melhoramento genetico
Estude Mais
 
Questoes do enem de portugues
Questoes do enem de portuguesQuestoes do enem de portugues
Questoes do enem de portugues
Estude Mais
 
Populacoes Biologicas
Populacoes BiologicasPopulacoes Biologicas
Populacoes Biologicas
Estude Mais
 
Exercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimicaExercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimica
Estude Mais
 
Regime liberal populista
Regime liberal populistaRegime liberal populista
Regime liberal populista
Estude Mais
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
Estude Mais
 
Exercicios de Matematica
Exercicios de MatematicaExercicios de Matematica
Exercicios de Matematica
Estude Mais
 
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Estude Mais
 
Energia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemasEnergia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemas
Estude Mais
 

Mais de Estude Mais (20)

Teoria da Evolução
Teoria da EvoluçãoTeoria da Evolução
Teoria da Evolução
 
Exercício sobre Evolução
Exercício sobre EvoluçãoExercício sobre Evolução
Exercício sobre Evolução
 
Exercicios de estatistica
Exercicios de estatisticaExercicios de estatistica
Exercicios de estatistica
 
O que é um seminario
O que é um seminarioO que é um seminario
O que é um seminario
 
Guia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de semináriosGuia de apresentação de seminários
Guia de apresentação de seminários
 
Revisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enemRevisao de ecologia para o enem
Revisao de ecologia para o enem
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
 
Funcoes da linguagem enem
Funcoes da linguagem   enemFuncoes da linguagem   enem
Funcoes da linguagem enem
 
Ecologia comunidades
Ecologia comunidadesEcologia comunidades
Ecologia comunidades
 
Sucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomasSucessao ecologica e biomas
Sucessao ecologica e biomas
 
Melhoramento genetico
Melhoramento geneticoMelhoramento genetico
Melhoramento genetico
 
Questoes do enem de portugues
Questoes do enem de portuguesQuestoes do enem de portugues
Questoes do enem de portugues
 
Populacoes Biologicas
Populacoes BiologicasPopulacoes Biologicas
Populacoes Biologicas
 
Exercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimicaExercicio de eletroquimica
Exercicio de eletroquimica
 
Regime liberal populista
Regime liberal populistaRegime liberal populista
Regime liberal populista
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
Exercicios de Matematica
Exercicios de MatematicaExercicios de Matematica
Exercicios de Matematica
 
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2Revisao do 3 bimestre de biologia 2
Revisao do 3 bimestre de biologia 2
 
Energia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemasEnergia e materia nos ecossistemas
Energia e materia nos ecossistemas
 

Último

Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 

Átomos

  • 3. Indica a quantidade de prótons existentes no núcleo de um átomo. É representado pela letra Z. Z = número de prótons (caracteriza cada elemento) Z X
  • 4. É a soma do número de prótons (Z) com o número de nêutrons (N) presentes no núcleo do átomo, determina o número de massa do átomo (A), pois os elétrons tem massa desprezível. A A = Z + N Expressa em u.m.a (unidade de massa atômica) Z XN
  • 5. É o conjunto de átomos que possuem o mesmo número de prótons, isto é, o mesmo número atômico (Z). Carga A XN elétrica Simbologia: Z
  • 7. 1. Isótopos 3. Isótonos Semelhanças Atômicas 4. 2. Isóbaros Isoeletrônicos
  • 8. Átomos que apresentam o mesmo número atômico (Z), mas diferentes números de massa (A). 12 13 14 6 C 6 C 6 C 16 17 18 8 O 8 O 8 O 39 40 41 19 K 19 K 19 K
  • 9. Átomos que apresentam o mesmo número de massa (A), mas diferentes números atômicos (Z). 40 40 20 Ca 20 18 Ar22 A=Z+N A=Z+N 40 = 20 + N 40 = 18 + N N = 40 - 20 N = 40 - 18 N = 20 N = 22
  • 10. Átomos que apresentam o mesmo número de nêutrons (N), mas diferentes números atômicos (Z) e de massa (A). 26 28 12 Mg 14 14 Si 14 A=Z+N A=Z+N 26 = 12 + N 28 = 14 + N N = 26 - 12 N = 28 - 14 N = 14 N = 14
  • 11. Átomos que apresentam a mesma quantidade de elétrons. 23 + 16 2- 20 11 Na 8 O 10 Ne
  • 12. É aquele átomo em que o número de prótons é igual ao número de elétrons. nº P = nº é ou P=é
  • 13. Os átomos tem a capacidade de ganhar ou perder elétrons, ficando eletricamente carregados, denominados íons. b+ * Íon positivo – X O átomo perde elétrons. p>e 3+ + Ex: 11Na 13 Al
  • 15. b- O átomo ganha elétrons. p<e _ 2- Ex: 9F O 8
  • 17. 56 7. A representação 26 Fe indica que o átomo do elemento químico ferro apresenta a seguinte composição nuclear: a) 26 prótons, 20 elétrons e 30 nêutrons. b) 26 elétrons e 30 nêutrons. c) 26 prótons, 26 elétrons e 56 nêutrons. d) 26 prótons, 26 elétrons e 30 nêutrons. e) 26 prótons e 30 nêutrons. 1. Determine o número de prótons, elétrons e nêutrons dos seguintes íons: a) Fe(CN)6 d) Cr2O7 g) H3O b) NO3 e) H3C-COO h) Sn c) SO4 f) NH4 i) Fe
  • 18. 37 8. O átomo 17 Cl tem igual número de nêutrons que o átomo xCa. O número de massa x do 20 átomo de Ca é igual a: a) 10 b) 17 c) 20 d) 37 e) 40 Para o Cl: Para o Ca: A=Z+N A=Z+N 37 = 17 + N x = 20 + 20 N = 37 – 17 N = 40 N = 20
  • 19. 18. São dadas as seguintes informações relativas aos átomos X, Y e Z. I. X é isóbaro de Y e isótono de Z. II. Y tem número atômico 56, número de massa 137 e é isótopo de Z. III. O número de massa de Z é 138. O número atômico de X é: a) 53 b) 54 c) 55 d) 56 e) 57
  • 20. 24. O elemento químico B possui 20 nêutrons, é isótopo do elemento químico A, que possui 18 prótons, e isóbaro do elemento químico C, que tem 16 nêutrons. Com base nessas informações, pode-se afirmar que os elementos químicos A, B e C apresentam, respectivamente, números atômicos iguais a: a) 16, 16 e 20 b) 16, 18 e 20 c) 16, 20 e 21 d) 18, 16 e 22 e) 18, 18 e 22
  • 21. 80 30. Quando um átomo neutro de bromo 35 Br recebe um elétron, transforma-se em um íon negativo chamado de ânion, e possui em sua estrutura, prótons, elétrons e nêutrons em número igual a: a) 35-35-46 b) 35-36-45 c) 35-80-80 d) 35-115-80 e) 36-35-115
  • 22. 33. Um isótopo de um elemento metálico tem número de massa 65 e 35 nêutrons no núcleo. O cátion derivado desse isótopo tem 28 elétrons. A carga desse cátion é: a) – 1 b) + 3 c) 0 d) +1 e) +2 36.Um isótopo de um elemento metálico tem 25 nêutrons e número de massa 50. A carga do cátion derivado desse isótopo é +2. O número de elétrons desse cátion é: a) 24 b) 23 c) 50 d) 25 e) 10