Interdisciplinaridade, Ciencia e Sociedade

193 visualizações

Publicada em

Aula 3. Interdisciplinaridade, Transdisciplinaridade, Ciencia e Sociedade

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Interdisciplinaridade, Ciencia e Sociedade

  1. 1. INTERDISCIPLINARIDADE, CIÊNCIA E SOCIEDADE Junho de 2016 © Prof. Simone Athayde, 2016
  2. 2. Conhecimento Científico Ciência - do latim scientia, que significa "conhecimento" é um sistema que constrói e organiza o conhecimento sobre o universo de forma sistemática. [Com base em explicações e previsões "testáveis​​“]. Conhecimento científico - conhecimento acumulado pelo estudo sistemático e organizado por princípios gerais dentro de cada campo disciplinar. Adquirido por uma síntese progressiva de informações a partir de experiências diferentes, por vários pesquisadores, em diferentes domínios da ciência (Stanovich, 2007). Filosofia da ciência: análise (e crítica) do conhecimento e método científico. © Prof. Simone Athayde, 2016
  3. 3. Epistemologia Teoria do conhecimento - Modos de conhecer e como nós sabemos o que sabemos. Estuda a natureza e o alcance do conhecimento. Epistemologia da ciência: como o conhecimento científico é produzido, qual é o seu alcance? Como o conhecimento disciplinar é gerado e desenvolvido? • O que é conhecimento e como ele é adquirido e transmitido? • Como ele é validado? • Qual é a fonte de conhecimento? • Qual é o âmbito do conhecimento e suas limitações? © Prof. Simone Athayde, 2016
  4. 4. Entendendo as Disciplinas Perspectiva disciplinar: a visão de cada disciplina e seu modo de ordenar e apreeder a realidade. Lentes que filtram fenômenos. Capacidade de ver as coisas em sua relação e importância a outras coisas. Disciplinas são heterogêneas e dinâmicas. [Uma perspectiva dominante é inexistente em todas as disciplinas nas ciências sociais e humanas. ] © Prof. Simone Athayde, 2016
  5. 5. Orientações Disciplinares Orientações disciplinares: modos pelos quais uma determinada comunidade epistêmica pode adquirir conhecimento e como ele é valorizado e validado (Lee 1993). Divisão entre grandes blocos disciplinares (ciências naturais e sociais) é grande e multidimensional. ‘‘The mundo tem problemas, mas universidades tem departmentos” (Brewer, 1999) © Prof. Simone Athayde, 2016
  6. 6. Conhecimento acadêmico Biofisicas - Biologicas - Terra - Fisica - Quimica Ciências Sociais - Anthropologia -Sociologia -Economia - Ciencias Politicas - Psicologia Ciências Formais - Matematica - Logica - Computacao Ciências Aplicadas - Pedagogia Engenharia - Tecnologia Humanidades - Literaturea - Religiao - Artes - Historia Campos Interdisciplinares Estudos de genero Biotecnologia Estudos Ambientais Psicologia Social Desenvolvimento Regional ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO ACADÊMICO PS: o conhecimento tradicional é nao-acadêmico e não-disciplinar © Prof. Simone Athayde, 2016
  7. 7. Ciência Integrativa, Interdisciplinar e Transdiciplinar • Ciência integrativa: Reconhecimento de que qualquer maneira única de conhecer é insuficiente para compreender a complexidade do mundo. • Multi-, pluri-, inter-, inter-, e transdisciplinaridade e referem-se a vários níveis de coordenação no âmbito dos sistemas de educação, ciência e inovação (Jantsch, 1972) usada para expressar as formas de construção de pesquisa e geração que atravessam as fronteiras disciplinares (Tress et al., 2008 ). • Atual falta de entendimento comum dos conceitos de pesquisa integrativa, como a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade (Tress et al., 2008). © Prof. Simone Athayde, 2016
  8. 8. Disciplinaridade • Dentro de uma disciplina acadêmica • Estabelecimento de metas disciplinares • Fraca cooperação com outras disciplinas "fora da grade" • Desenvolvimento de conhecimento e teoria disciplinar © Prof. Simone Athayde, 2016
  9. 9. Multidisciplinaridade •Várias disciplinas • Definição de metas multidisciplinares sob uma temática guarda-chuva • Cooperação solta de disciplinas para a troca de conhecimento • Desenvolvimento de teoria disciplinar © Prof. Simone Athayde, 2016
  10. 10. Interdisciplinaridade • Cruzamento de fronteiras disciplinares • Definição de objetivos comuns • Integração de disciplinas • Desenvolvimento de conhecimento, metodos e teoria integrados © Prof. Simone Athayde, 2016
  11. 11. Daniel Hill Robin Hill John Aslanidis© Prof. Simone Athayde, 2016
  12. 12. O que é Conhecimento Transdisciplinar? “IR ALÉM” • Conceito em construção/ “saber inacabado” • Cruzamento de fronteiras disciplinares e limites científicos / acadêmicos • Integração de disciplinas e participantes não-acadêmicos na resolução de problemas da sociedade • Desenvolvimento de conhecimento e teoria integrados entre academia e sociedade
  13. 13. Tendências Transdisciplinares (Klein, 2010)  Unidade do conhecimento - abrangendo desde os gregos ate a física moderna, incluindo complexidade e abordagens sistêmicas para o estudo e o manejo de ecossistemas. Concentra-se na pluralidade e diversidade: “o todo é maior do que as partes”. Teoria da Consiliencia (Wilson 1988; Morin 2008).  Transdisciplinaridade crítica - inclui movimentos anti-disciplinares, e empurra os limites para avaliação crítica de termos, conceitos e métodos que transgridem as fronteiras disciplinares, levantando questões de poder e justiça socio-política e epistemológica (Santos 2009).  Paradigmas globais sintéticos ou quadros/arcabouços conceituais articulados, transcendendo a pesquisa interdisciplinar – dentro da academia (ex. saúde pública).  Resolução de problemas - problemas do "mundo real " orientam as pesquisas e práticas, e não as disciplinas. Acadêmicos e não-acadêmicos contribuem com os seus conhecimentos, experiências e habilidades para resolução de problemas e aprendizagem mútua (Athayde et al. 2013; Tress et al. 2005).
  14. 14. Participantes Acadêmicos Tress et al. 2006
  15. 15. ASPECTOS POLÍTICOS Surgimento de Estudos Interdisciplinares • Processo natural ao longo da história e produção de conhecimento - o todo e as partes - e o todo outra vez? • Após a Primeira Guerra Mundial 1 - "movimento geral da educação": a necessidade de unificar o país (artes, valores , inter-disciplinar). • Era da guerra “fria”- educação baseada nos ideais de liberdade e democracia - em oposição ao comunismo. Reação e críticas às disciplinas como mecanismos para regular a conduta humana e as relações sociais (por exemplo, Foucault e Nietzche), Pós-modernistas. Disciplinas exercendo o poder por "permitir certas maneiras de pensar e de operar e excluindo outras." ( Moran 2010:13 ). © Prof. Simone Athayde, 2016
  16. 16. 1970 - A ordem indica-me a razão como critério de conhecimento e a lógica formal como sustentáculo da objetividade. Quanto mais se disseca a parte, melhor se conhece. Progresso e desenvolvimento sao sinônimos de técnica avancada. A ordem gera a ordem, que detém o poder, o poder de conhecer e o poder de ser (e questionar!). Disciplinaridade como controle social e de possibilidades de “ser”. Reação à patologia do saber. Busca de paradigmas filosóficos. Busca de uma definição. 1980 - Revolução política e epistêmica - re-democratização do país, da ciência, da sociedade. Em busca de uma diretriz sociológica. Tentativa de explicitar métodos. Enquanto estudo o objeto, mudo o objeto. Objetividade- Subjetividade. 1990 – Construção de uma teoria da interdisciplinaridade. Aspectos históricos, epistêmicos e políticos. Ivani Fazenda, Hilton Japiassú, Paulo Freire. NO BRASIL (Fazenda, 2012) © Prof. Simone Athayde, 2016
  17. 17. Interdisciplinaridade (Ivani Fazenda, 2012) • Síntese – imaginativa, reflexiva, dialógica. • Requer a ação – emprender esforço para conhecer “o outro”. • Conduz a um exercício de conhecimento: perguntar e duvidar/questionar. • Arte do tecido que mantém os seus elementos trançados. • Se desenvolve a partir do desenvolvimento das próprias disciplinas.© Prof. Simone Athayde, 2016
  18. 18. DEFINIÇÃO DE REPKO (Epistêmica): Interdisciplinaridade envolve um processo de responder a uma pergunta, resolver um problema ou abordar um tema que é muito amplo ou complexo para ser tratado por uma única disciplina. Inspira-se nas disciplinas com o objetivo de integrar conhecimentos para a construção de uma compreensão mais abrangente. © Prof. Simone Athayde, 2016
  19. 19. Interdisciplinaridade = Diálogo Entre disciplinas, formas de conhecer, identidades, paradigmas, métodos, objetividades e subjetividades Ivani Fazenda, 2012 © Prof. Simone Athayde, 2016
  20. 20. Não sou apenas objeto da história mas seu sujeito igualmente. No mundo da história, da cultura, da política, constato não para me adaptar, mas para mudar. Paulo Freire, 2000 © Prof. Simone Athayde, 2016

×