Projeto Casa Sustentável

1.401 visualizações

Publicada em

Titulo: Projeto Casa Sustentável
Alunos:André Luiz Martins,Carlos Henrique André,Josifer Dias,Raphael Henrique Forastieri,Vitor Ferreira de Almeida,
Cidade: São Carlos
Disciplina: Aquisições
Turma: GP01
Data:03-09-2015
Hora:19:45
Comentarios:O integrante Bruno Henrique Silva não consta na lista.
Publico até ápos a correção

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.401
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Casa Sustentável

  1. 1. GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES EM PROJETOS Curso : Gerenciamento de Projetos. Turma: GP1 Cidade: São Carlos - SP
  2. 2. FORNECEDOR DO PROJETO LOGO DA EMPRESA
  3. 3. DEFINIÇÃO DA EMPRESA • A João de Barro construtora é uma empresa de médio porte do ramo de construção civil especializada em obras de casas residenciais, prédios e condomínios; • Presente no mercado há aproximadamente 10 anos, busca sempre soluções inovadores e sustentáveis mantando sempre a qualidade de seus produtos e satisfação do cliente.
  4. 4. PROJETO DE CONSTRUÇÃO “CASA SUSTENTÁVEL”
  5. 5. OBJETIVO DO TRABALHO Este Trabalho tem como objetivo, apresentar como será conduzido o processo de aquisições da empresa João de Barro Construtora no projeto de construção de uma “Casa Sustentável”.
  6. 6. INTEGRANTES DA EQUIPE Bruno Henrique da SilvaJosifer Francis Alves Dias André Luiz Martins Vitor Ferreira De Almeida Carlos Henrique André Raphael Henrique Forastieri
  7. 7. WBS DO PROJETO COM PACOTES “MAKE” E “BUY” PROJETO CASA SUSTENTÁVEL 1. INICIAÇÃO 1.1 Termo de abertura 1.2 Analise de viabilidade 1.3 Contrato 2.PLANEJAMENTO DO GERÊNCIAMENTO DO PROJETO 2.1 Plano de Escopo 2.2 Cronograma 2.3 Matriz de Responsabilid ade 2.4 Plano de Comunicação 3. DETALHAMENTO DO PROJETO 3.1 Projeto Fundação 3.2 Projeto Estrutural 3.3 Projeto Hidráulico 3.4 Projeto Elétrico 3.5 Projeto Arquitetônico 4. AQUISIÇÃO 4.1 Mão de Obra 4.2 Materiais 4.3 Terceiros 5.EXECUÇÃO DA OBRA 5.1 Licenças 5.2 Obra Fundação 5.3 Obra Estrutural 5.6 Instalação Hidraulica 5.6 Acabament o Interno 5.7Acabame nto Externo 5.8 Paisagismo 5.9 Sistema Reuso de àgua 5.10 Captação de Energia 6. MONITORAMENTO E CONTROLE DA OBRA 6.1 Relatório de Custo 6.2 Relatório de Tempo 6.3 Inspeção da Obra 6.4 Relatório de Qualidade 6.5 Relatório de Requisitos 7.ENCERRAMENTO DA OBRA 7.1 Habite-se 7.2 Entrega das Chaves 7.3 Lições Aprendidas Pacotes Buy Pacotes Make
  8. 8. CRITÉRIOS MAKE-or-BUY 1. Capacidade (Quantidade e qualidade) da equipe. 2. Necessidade de fornecimento especializado. 3. Necessidade de absorção da tecnologia. 4. Restrições de prazo. 5. Restrições de custo. 6. Restrições de subcontração. 7. Existência de fornecedores confiáveis. 8. O core business da empresa. 9. Compartilhamento de riscos. 10. Problemas legais ou de segurança da informação.
  9. 9. MAPA DE AQUISIÇÕES DO PROJETO. Concorrência ITEM A SER CONTRATADO Ref.W.B.S. VENDOR LIST ORÇAMENTO PRAZO CRITÉRIO MAKE OR BUY RFP 1 Materiais 4.2 Casa da contrução Dicico Ecoverde R$:70.000 1 Mês 2, 7 e 8 RFP 2 Terceiros 4.3 Wca Work Engeplan R$:80.000 3 Meses 1, 2, e 9 RFP 3 Licenças 5.1 Prefeitura Bombeiros R$:6000,00 1 Mês 10 RFP 4 Obra de Fundação 5.2 Engefunda Fundamax Engemix R$:30.000 2 Meses 1, 3, 4, 5 e 7 RFP 5 Acabamento Interno 5.6 RPS Centenco Linux Eng. R$:25.000 2 Meses 1, 4 e 9 RFP 6 Acabamento Externo 5.7 RPS Centenco Linux Eng. R$:17.000 3 Meses 1, 4 e 9 RFP 7 Paisagismo 5.8 Arte Flora Morro verde Verde flora R$:8.OOO 1 Mês 4, 5 e 8 RFP 8 Sistema Reuso de Água 5.9 Engemax Engeverde Água Azul R$:25.000 2 Meses 1, 2, 3 e 10 RFP 9 Captação de Energia 5.10 Engeluz Engeverde Energimax R$:30.000 2 Meses 1, 2, 3 e 10
  10. 10. REVISÃO – W.B.S PROJETO CASA SUSTENTÁVEL 1. INICIAÇÃO 1.1 Termo de abertura 1.2 Analise de viabilidade 1.3 Contrato 2.PLANEJAMENTO DO GER. DO PROJETO 2.1 Plano de Escopo 2.2 Cronogram a 2.3 Matriz de Responsabilid ade 2.4 Plano de Comunicaçã o 3. DETALHAMENTO DO PROJETO 3.1 Projeto Fundação 3.2 Projeto Estrutural 3.3 Projeto Hidráulico 3.4 Projeto Elétrico 3.5 Projeto Arquitetônico 4. AQUISIÇÃO 4.1 Mão de Obra 4.2 Materiais 4.3 Terceiros Eletricista Pedreiro Jardineiro Arquiteto Engenheiro 5.EXECUÇÃO DA OBRA 5.1 Licenças 5.2 Obra Fundação 5.3 Obra Estrutural 5.6 Instalação Hidraulica 5.6 Acabamento Interno 5.7 Acabamento Externo 5.8 Paisagismo 5.9 Sistema Reuso de àgua 5.10 Captação de Energia 6. MONITORAMENTO E CONTROLE DA OBRA 6.1 Relatório de Custo 6.2 Relatório de Tempo 6.3 Inspeção da Obra 6.4 Relatório de Qualidade 6.5 Relatório de Requisitos 7.ENCERRAMENTO DA OBRA 7.1 Habite-se 7.2 Entrega das Chaves 7.3 Lições Aprendidas Pacotes Buy Pacotes Make Itens Revisão
  11. 11. REVISÃO – REGISTRO DE RISCOS  Dado o mapa de aquisições do projeto e a revisão da W.B.S. revisou-se, também, o registro de risco do projeto para um dos itens dos pacotes Buy. Item W.B.S Evento de Risco Resposta ao Risco Momento da Resposta 5.2 Funcionamento inadequado dos equipamentos por falta de manutenção Exigir laudos de manutenção preventiva conforme legislação vigente SEL PQ ADM 5.2 Atraso na obra de fundação Ter reserva de recusos para manter o andamento no cronograma PLAN PQ SEL CONT
  12. 12. DECLARAÇÃO DE TRABALHO  A declaração de trabalho será feita na forma de forma a servir de uma declaração de escopo do projeto da contratada. Em forma de tabela, estão listados os itens da DT. Item EAP 5.2 Especificações Equipamento de estacas pré-fabricadas em concreto devido ao elevado nível freático do terreno. Qualidade Em 100% dos estaqueamentos do terreno deverão ser executados ensaios de néga de 1:10 com apresentação de relatório técnico devidamente assinado pelo responsável Prazos O equipamento deverá estar na obra até 01/09/2015 e o trabalho completo deverá estar finalizado até 5/10/2015 Suporte A contratada deverá disponibilizar a consultoria em engenharia de solos caso seja necessário Treinamentos A contratada deverá apresentar os certificados de treinamento dos funcionários os quais irão operar as máquinas Manutenção A contratada deverá apresentar laudo de manutenção preventiva segundo a legistação X vigente Garantia A contratada deverá ter recursos reservas para garantir que a obra seja executada conforme o requerimento Local de Entrega Local de execução da obra
  13. 13. DECLARAÇÃO DE TRABALHO  Na declaração de trabalho também constará os critérios de medição relativos aos aceites parciais de entregas. A seguir, tem-se os critérios de aceitação para a obra de fundação Fundação Mobilização 10% Relatório Manutenção 40% Recebimento Material 60% Mão de Obra 5% Documetação Trabalhista 30% Integração 70% Execução 70% Setor 1 40% Setor 2 60% Finalização 15% Vistoria e Aprovação 90% Retirada Material 10%
  14. 14. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO  Os critérios de avaliação são de possiveis fornecedores são eliminatórios e classificatórios.  Eliminatórios: Para ser aceita, deve ter sim em todos os itens Critérios / Concorrência A B C Tempo de uso do equipamento ≤ 15 anos SIM SIM NÃO Capital social ≥ 50% do valor do contrato SIM SIM SIM Acervo técnico com mais de dez obras similares SIM SIM NÃO Possui certificação ISO 9000 SIM SIM SIM Habilitação Jurídica SIM SIM SIM
  15. 15. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO  Critérios classificatório  Adequação Técnica;  Preço;  Prazo;  Qualidade;  Posicionamento no mercado;  Logística;  Back up;  Atendimento. Obs.: A política interna da Construtora João de Barro é não divulgar os critérios às empresas concorrentes.
  16. 16. SISTEMA DE PONTUAÇÃO Critério Peso Fornecedor A Fornecedor B Nota Média Nota Média Qualidade 20% 9 1,8 7 1,4 AdequaçãoTécnica 20% 9 1,8 7 1,4 Prazo 10% 8 0,8 9 0,8 Preço 15% 6 0,9 9 1,35 Posicionamento no mercado 10% 8 0,8 7 0,7 Logística 10% 7 0,7 9 0,9 Atendimento 10% 8 0,8 9 0,9 Back up 5% 8 0,4 8 0,4 Total 8 7,85
  17. 17. DOCUMENTOS DE AQUISIÇÃO  A empresa possui vários pacotes make or buy. No caso do item 5.2 da W.B.S., defido a probabilidade de imprevistos e mudanças de escopo devido ao terreno e fatores ambientais e possibilidade de diferentes soluções para o problema, a concorência será dada por meio de uma RFP (Request for Proposal);  A RFQ será constituida de uma carta de apresentação, um declaração de trabalho e um modelo do contrato seguido pela empresa.
  18. 18. DOCUMENTOS DE AQUISIÇÃO Nº Item a ser contratado Ref. EAP Documentos Adotados 1 Obra de Fundação 5.2 A RFQ é composta dos seguintes documentos: Carta de Introdução, DE, Modelo de contrato, espera-se que o contratado compreenda a DE e elabore sua Proposta Comercial.
  19. 19. MEIOS ADOTADOS  Os documentos que fazem parte da RFQ serão enviados por email para os possíveis fornecedores, e o Gerente do Projeto deve receber a comprovação do recebimento, bem como analisar as propostas elaboradas junto ao time do projeto.
  20. 20. TIPO DE CONTRATO • O tipo de contrato adotado será uma combinação entre custo reembolsável e tempo e material. • Justificativa: Em primeiro momento, escolheu-se o contrato de tempo e material por que o escopo da obra de fundação é estimado por premissas assumidas pela equipe. Caso o terreno possua imprevistos (pedras no terreno, ajuste de metragem, etc.) o valor será variável de acordo com os recursos gastos. Já o custo reembolsável será adotado para estimular a contratada a superar eventuais imprevistos e assim, não atrasar o projeto. Acredita-se que teremos um fornecedor mais engajado que prezará pela qualidade do serviço.
  21. 21. LICITAÇÃO PÚBLICA X CONCORRÊNCIA PRIVADA • A licitação pública é o processo no qual órgãos públicos abrem concorrência e selecionam possíveis candidatos para celebrar acordos. A João de Barro Construtora é uma empresa privada e negociará com outras empresas privadas. Logo, a concorrência será privada. Não haverá licitação pública.
  22. 22. FLUXOGRAMA DA EXECUÇÃO Divulgação RFP Esclarecer Dívidas? Av. / Eq. Propostas Contrato Execução Auditorias Visitas Periódicas Feedbacks Fiscal Realizar “kick–off Comunicar Vencedora Proposta Vencedora Assinatura do Contrato Execução WBS do Contrato Entrega Terminada Aceita Entrega Faturamento Entrega validada? Lições Aprendidas Sim Não SimNãoReuniões Relatórios treinamentos
  23. 23. ATITUDE E FISCALIZAÇÃO  ATITUDE  Respeito ao contrato por parte da Contratada  Respeito ao contrato por parte da Contratante  Comunicação Interna  FISCALIZAÇÃO  Autorização do Serviço (Ordem de Serviço)  Auditoria às normas vigentes no Contrato  Diligenciamento  Reunião Semanal de Acompanhamento  Garantia e Controle da Qualidade  Controle Integrado de Mudanças  Monitoramento e Controle de Riscos inerente a aquisição  Administração de Pleitos  Feedbacks  Carta de Notificações e Multas caso o não cumprimento do Contrato  Termo de Encerramento Contratual  Avaliação do fornecedor
  24. 24. RELATÓRIOS DE AQUISIÇÃO A Construtora João de Barro solicitará a Contratada um Cronograma físico-financeiro. Nas reuniões utilizaremos atas para registro de todas as pendências, informações relevantes e obrigações contratuais. Utilizaremos o Relatório Diário de Obras (RDO) para registro das condições de trabalho, pessoal mobilizado, verificando as atividades realizadas, bem como o progresso físico e fatos relevantes que serão utilizados para estabelecimento de metas diárias a fim de evitar possíveis atrasos na execução da obra. Através do Boletim de Medição (BM) a medição será realizada por entregas de acordo com o Contrato e exigidas na RFP, o objetivo é apresentar uma ferramenta de comunicação entre o tomador de serviços e o fornecedor. Neste relatório serão exibidos os dados relacionados à medição do contrato, tais como: código da medição, número do contrato, código do fornecedor, valor do contrato, vencimento do contrato, período da medição, itens da medição (produto, unidade, valor unitário, quantidade total, quantidade acumulada anterior, quantidade medida), data de recebimento, percentual de medição efetuada, total da medição, descontos, multas, valor bruto, retenção, impostos, etc. Outros relatórios serão utilizados por parte da Construtora João de Barro ao decorrer do projeto de Fundação a fim de monitorarmos e controlarmos esse contrato de aquisição.
  25. 25. FLUXOGRAMA CONTROLE DO CONTRATO
  26. 26. FLUXOGRAMA ENCERRAR O CONTRATO
  27. 27. PGA O Plano de Gerenciamento das Aquisições de nosso projeto estará organizado da seguinte maneira: 1. Definição do Projeto; 2. Objetivo do PGA; 3. Responsabilidades: a. Para elaboração do PGA; b. Para as aquisições; c. Para administração dos contratos; 4. WBS (Work Breackdown Structure) do projeto, destacando pacotes Make ou Buy; 5. Critérios Make or Buy; 6. Mapa de Aquisições; 7. Critérios de Avaliação das propostas: a. Critérios Eliminatórios; b. Critérios Classificatórios; 8. Documentações a encaminhar aos proponentes: a. Cartas Introdutórias; b. Declarações de Trabalho ou Declarações de Escopo; c. Modelos de Contratos; 9. Procedimentos para administração de contratos; 10. Procedimentos para análise de claims; 11. Procedimentos para encerramento de contratos;
  28. 28. FIM

×