LLAAVVAAGGEEMM IINNTTEESSTTIINNAALL 
((EENNTTEERROOCCLLIISSMMAA,,CCLLÍÍSSTTEERR EE EENNEEMMAA)).. 
AALLUUNNOOSS;; 
DDEEIIV...
• INTRODUÇÃO 
Anatomia e fisiologia 
Lavagem Intestina(Enteroclisma) e Clister 
o que é? 
• OBJETIVO 
Indicações e tipos d...
ANATOMIA E FISIOLOGIA DO 
INTESTINO
LAVAGEM INTESTINAL; 
É UMA TÉCNICA QUE CONSISTE NA 
INTRODUÇÃO DE UMA SONDA POR 
VIA RETAL PODENDO SER 
MEDICAMENTOSA OU N...
OBJETIVOS 
• ALIVIAR O DESCONFORTO 
CAUSADO PELA CONSTIPAÇÃO 
INTESTINAL,DISTENSÃO,FLATULÊN 
CIA E REMOÇÃO DE FEZES 
IMPAC...
•TIPOS DE ENEMA: 
•OS ENEMAS DE LIMPEZA PROMOVEM UMA COMPLETA 
EVACUAÇÃO DAS FEZES DO CÓLON.ELES AGEM PELA 
ESTIMULAÇÃO DA...
MATERIAL E 
PROCEDIMENTO 
• COMADRE,SACO PLÁSTICO PARA 
LIXO,SOLUÇÃO PRESCRITA COM 
EQUIPO,VASELINA 
LÍQUIDA,PAPEL 
HIGIÊN...
• EXPLICAR O PROCEDIMENTO PARA O PACIENTE; 
• LAVAR AS MÃOS E REUNIR O MATERIAL; 
• PREPARAR O MATERIAL DA SEGUINTE 
MANEI...
• RETIRAR A SONDA APERTANDO A 
SUA EXTREMIDADE PRÓXIMO AO 
ÂNUS ; 
• ORIENTAR O PACIENTE MANTER-SE 
NA MESMA POSIÇÃO E RET...
RESULTADOS 
E 
CONCLUSÃO 
”OFERECER AO PACIENTE 
CUIDADO,CARINHO E DEDICAÇÃO 
É UM FATOR PRIMORDIAL NA SUA 
REABILITAÇÃO.....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lavagem intestinal

9.410 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.410
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
165
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lavagem intestinal

  1. 1. LLAAVVAAGGEEMM IINNTTEESSTTIINNAALL ((EENNTTEERROOCCLLIISSMMAA,,CCLLÍÍSSTTEERR EE EENNEEMMAA)).. AALLUUNNOOSS;; DDEEIIVVIISSOOMM IISSAABBEELLAA LLAAÍÍSS MMAARRGGOOTT SSTTEELLLLAA VVIIVVIIAANNEE FFOORRMMIIGGAA--MMGG SSEETTEEMMBBRROO//22000099
  2. 2. • INTRODUÇÃO Anatomia e fisiologia Lavagem Intestina(Enteroclisma) e Clister o que é? • OBJETIVO Indicações e tipos de enema formas de administração material e procedimentos • RESULTADOS • Aspectos positivos e negativos relacionados a lavagem intestinal. • CONCLUSÃO
  3. 3. ANATOMIA E FISIOLOGIA DO INTESTINO
  4. 4. LAVAGEM INTESTINAL; É UMA TÉCNICA QUE CONSISTE NA INTRODUÇÃO DE UMA SONDA POR VIA RETAL PODENDO SER MEDICAMENTOSA OU NÃO CHAMADA ENEMA , PARA DESOBSTRUIR O CÓLON ELIMINANDO AS FEZES.
  5. 5. OBJETIVOS • ALIVIAR O DESCONFORTO CAUSADO PELA CONSTIPAÇÃO INTESTINAL,DISTENSÃO,FLATULÊN CIA E REMOÇÃO DE FEZES IMPACTADAS. • PREPARAR O PACIENTE PARA EXAMES,CIRURGIAS INTESTINAIS E PARTO. • PROMOVER O BOM FUNCIONAMENTO DO TUBO DIGESTIVO.
  6. 6. •TIPOS DE ENEMA: •OS ENEMAS DE LIMPEZA PROMOVEM UMA COMPLETA EVACUAÇÃO DAS FEZES DO CÓLON.ELES AGEM PELA ESTIMULAÇÃO DA PERISTALSE,POR MEIO INFUSÃO DE UM GRANDE VOLUME DE SOLUÇÃO,OU ATRAVÉS DA IRRITAÇÃO LOCAL DA MUCOSA. •OS ENEMAS OLEOSOS DE RETENÇÃO LUBRIFICAM O RETO E O CÓLON.AS FEZES ABSORVEM O ÓLEO E TORNAM-SE MACIAS E MAIS FÁCEIS DE PASSAR. •OS ENEMAS CARMINATIVOS PROPORCIONAM ALÍVIO DA DISTENSÃO GASOSA.ELES FACILITAM A CAPACIDADE DE PASSAR FLATOS. •OS ENEMAS DE MEDICAMENTOS UTILIZADO PARA REDUZIR AS BACTÉRIAS DO CÓLON ANTES DA CIRURGIA INTESTINAL. •ENEMA DE BÁRIO AUXILIA NO DIAGNÓSTICO DE INFLAMAÇÕES NO INTESTINO.
  7. 7. MATERIAL E PROCEDIMENTO • COMADRE,SACO PLÁSTICO PARA LIXO,SOLUÇÃO PRESCRITA COM EQUIPO,VASELINA LÍQUIDA,PAPEL HIGIÊNICO,SONDA RETAL nº14 a 30,GAZE,LUVAS DE PROCEDIMENTO,BIOMBO E SUPORTE DE SORO.
  8. 8. • EXPLICAR O PROCEDIMENTO PARA O PACIENTE; • LAVAR AS MÃOS E REUNIR O MATERIAL; • PREPARAR O MATERIAL DA SEGUINTE MANEIRA;CONECTAR A SONDA RETAL NO EQUIPO DA SOLUÇÃO ,PRESCRITA PREENCHER COM O LÍQUIDO E FECHAR O CLAMP; • ISOLAR O LEITO COM BIOMBO ; • COLOCAR O PACIENTE NA POSIÇÃO DE SIM´S E CALÇAR AS LUVAS DE PROCEDIMENTO;E MARCAR A SONDA COM ESPARADRAPO ATÉ A ALTURA INDICADA. • LUBRIFICAR A SONDA RETAL COM VASELINA LÍQUIDA E INTRODUZIR LENTAMENTE 10 A 13CM NO ÂNUS; • COLOCAR A SOLUÇÃO PRESCRITA NO SUPORTE DE SORO E SOLTAR O CLAMP; • INTERROMPER O FLUXO DO LÍQUIDO E SOLICITAR AO PACIENTE QUE RESPIRE PROFUNDAMENTE QUANDO ESTIVER COM VONTADE DE EVACUAR;
  9. 9. • RETIRAR A SONDA APERTANDO A SUA EXTREMIDADE PRÓXIMO AO ÂNUS ; • ORIENTAR O PACIENTE MANTER-SE NA MESMA POSIÇÃO E RETER A SOLUÇÃO POR ALGUNS MINUTOS OU O TEMPO QUE SUPORTAR; • AJUDAR O PACIENTE A IR AO BANHEIRO OU OFERECER COMADRE E PAPEL HIGIÊNICO,ELEVANDO A CABECEIRA DA CAMA,DEIXANDO-O CONFORTÁVEL; • RETIRAR O MATERIAL E FAZER AS ANOTAÇÕES DE ENFERMAGEM PERTINENTES.
  10. 10. RESULTADOS E CONCLUSÃO ”OFERECER AO PACIENTE CUIDADO,CARINHO E DEDICAÇÃO É UM FATOR PRIMORDIAL NA SUA REABILITAÇÃO...” OBRIGADO!!!

×