Como formatar seu TCC

1.035 visualizações

Publicada em

Aprenda aspectos básicos de formatação que ajudarão você a organizar seu TCC (artigo científico ou monografia) da melhor forma de acordo com as normas da ABNT.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.035
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como formatar seu TCC

  1. 1. •  Dissemina o conhecimento científico Conhecimento científico é aquele obtido por meio de procedimentos metodológicos (ZANELLA, 2009)
  2. 2. Senso comum Conhecimento científico Já tomou a Vitamina C? Vai ficar doente!! Vitamina C melhora o sistema imunlógico, prevenindo doenças
  3. 3. Fundada  em  1940,  a  Associação  Brasileira  de   Normas  Técnicas  (ABNT)  é  o  órgão   responsável  pela  normalização  técnica  no   país,  sendo  representante  oficial  no  Brasil,   entre  outras  enAdades,  da  ISO  (InternaAonal   OrganizaAon  for  StandardizaAon)  e  da   COPANT  (Comissão  Panamericana  de  Normas   Técnicas).  
  4. 4. Elementos  pré-­‐textuais   Elementos  textuais   Elementos  pós-­‐textuais  
  5. 5. •  Capa  do  trabalho   •  Folha  de  rosto   •  Resumo  (NBR  6026:2003)   •  Sumário     Monografia  (TCC)   Listas  de   ilustrações,   tabelas,   siglas…   Folha  de   aprovação   Ficha  catalo-­‐ gráfica   Projeto  
  6. 6. •  Título  (e  subItulo,  se  houver),  diferenciados   Apograficamente   ou   separados   por   dois-­‐ pontos;   •  Nome   dos   autores,   seguido   de   breve   currículo  e  endereço  de  email   •  Resumo  na  língua  do  texto  e  em  mais  uma   ou   duas   línguas   estrangeiras   (conforme   exigênicas  da  insAtuição  ou  revista),  seguido   das    palavras-­‐chave  
  7. 7. LOGO  DA  INSTITUIÇÃO     Universidade/Faculdade XXXX (NOME DO ALUNO) TÍTULO DO PROJETO: subtítulo, se existir Brasília - DF ano
  8. 8. • Contextualização   • Problema/objeAvo   de  pesquisa   • JusAficaAva   Introdução   Desenvolvimento   • Síntese  dos   resultados   • Limitações  e   contribuições   • Agenda  de   pesquisa   Conclusão   •   Referencial  Teórico   •   Métodos  e   Técnicas   •   Resultados  
  9. 9. Problema, hipóteses e bases teórico-conceituais Cronograma de pesquisa Recursos Referencial bibliográfico O que? Por que? Para que? Quem disse? Com que? Quando? Como? Justificativa da escolha do problema Propósito, objetivos de pesquisa Procedimentos metodológicos
  10. 10. • Referências   • Anexos   • Apêndices  
  11. 11. •  Relação  das  fontes  uAlizadas  para  a   elaboração  do  projeto   – Elementos  essenciais:   •  Autor,  gtulo,  local,  editor  e  data   – Elementos  complementares  ou  facultaAvos:   •  Edição,  tradutor,  páginas   12   Devem  ser  elaboradas  e  formatadas  de   acordo  com  a  NBR  6023:2002  
  12. 12. •  Livros              VAVRA,  T.  MarkeUng  de  relacionamento:  como  manter  a  fidelidade   de  clientes  através  do  markeAng  de  relacionamento.  São  Paulo:  Atlas,   1993.   •  ArAgos              ROZZETT,  K.;  DEMO,  G.  Desenvolvimento  e  validação  da  Escala  de   Relacionamento  com  Clientes  (ERC).  Revista  Administração  de  Empresas,  São   Paulo,  v.  50,  n.  4,  out./dez.,  p.  383-­‐395,  2010.   •  Monografias,  dissertações  ou  teses              PERILLO,  R.  D.  Avaliando  a  relação  entre  saUsfação  e  lealdade  dos  clientes:  estudo   em  uma  população  formada  por  consumidores  de  produtos  e  serviços  bancários.   2007.  154  f.  Tese  (Doutorado  em  Psicologia)-­‐InsAtuto  de  Psicologia,  Universidade   de  Brasília,  2007.     13  
  13. 13. •  Informações   complementares   ao   texto   principal   do   trabalho.   Não   é   fundamental   ao   texto,  mas  que  lhe  pode  servir  de  apoio.   Prof.  Domingos  Spezia   14   Material  que  não  foi  elaborado  pelo   autor  do  trabalho  
  14. 14. •  Informações  complementares  ao  texto   principal  do  trabalho   Prof.  Domingos  Spezia   15   Material  elaborado  pelo  autor  do   trabalho  
  15. 15. Formatação   (NBR  14724)   Citações   (NBR  10520)     Seções     (NBR  6024)     Tabelas   (IBGE)  
  16. 16. Formatação   (NBR  14724)   •  Impressão:  papel  tamanho  A4  (2l,0  cm  x  29,7  cm)   •  Digitação:  em  fonte  Ames  new  roman  ou  arial,  corpo  12,  cor   preta   •  Parágrafos:  redigidos  com  espaçamento  1,5  entre  linhas,  com   alinhamento  jusAficado;   •  Margens:   3   cm   (superior   e   esquerdo)   e   de   2cm   (inferior   e   direito)   •  Numeração  das  páginas:  sequencial,  em  algarismos  arábicos,   no  canto  superior  direito  da  página,  começando  a  contagem   na   folha   de   rosto   mas   aparecendo   na   primeira   folha   da   Introdução  
  17. 17. •  Sistema  autor-­‐data   A  ironia  seria  assim  uma  forma  implícita  de   heterogeneidade  mostrada,  conforme  a  classificação   proposta  por  Authier-­‐Reiriz  (1982).     “Apesar  das  aparências,  a  desconstrução  do   logocentrismo  não  é  uma  psicanálise  da  filosofia   [...]”  (DERRIDA,  1967,  p.  293).   Citações   (NBR  10520)  
  18. 18.   Seções     (NBR  6024)     •   Os  gtulos  das  seções  devem  ser  em  algarismos                 arábicos  e  obedecer  a  seguinte  disposição:   1  CARACTERES  EM  NEGRITO  E  CAIXA  ALTA,  CORPO  14   1.1    Caracteres  em  Negrito  em  Caixa  Alta  e  Baixa,  Corpo  14   1.1.1    Caracteres  Normais  em  Caixa  Alta  e  Baixa,  Corpo  14  
  19. 19. •  Quadro  x  Tabela   –  Quadro   •  A  informação  principal  é  dada  por  texto   •  O  gtulo  vem  embaixo  do  quadro,  bem  como  a  referência,   em  fonte  menor  e  espaço  simples   •  É  uma  ilustração  (NBR  14724:2005)     –  Tabela   •  A  informação  principal  é  dada  por  números     •  O  gtulo  vem  acima  da  tabela  e  a  referência  abaixo,  em  fonte   menor  e  espaço  simples   •  Não  são  fechadas  lateralmente   Tabelas   (IBGE)  
  20. 20. •  Releia  a  norma.  A  escrita  não  é  simples  e   pode  não  ser  clara  pela  primeira  vez.   •  Consulte  sites  de  bibliotecas  universitárias.   Em  muitos  deles,  há  esclarecimento  sobre  as   normas.   •  Procure  ajuda  com  professores  e  colegas.  

×