SlideShare uma empresa Scribd logo
Formação Regional de
Matemática 4º e 5º ano
Sejam bem-
vindos(as)!
Módulo
Iguatu, 05 de OUtubro de 2022
Agenda
Tema: Priorização Curricular e Acompanhamento Pedagógico para Resultados
de Aprendizagem.
Objetivo Geral: Priorizar o currículo e acompanhar nossa prática pedagógica
de recomposição das aprendizagens em sala, conduzida pelo professor para
bons resultados de aprendizagens.
Objetivos específicos:
Sugerir estratégias didáticos-pedagógicas para desenvolvimento progressivo
das habilidades sugeridas;
Compreender quais são as dificuldades dos alunos e propor orientações
pedagógica que possam fortalecer o processo de superação dessas
dificuldades e, dessa forma, contribuir para o desenvolvimento pleno e
integral dos estudantes.
Elaborar planejamento com destaque para construção de uma determinada
habilidade em diferentes níveis de acordo com o currículo do 4º e 5º ano.
Acolhida: Caixa de segredos
Protocolos MAIS PAIC: como intervir?
Apresentação dos resultados do Protocolo MAIS PAIC 2022
Refletindo pedagogicamente sobre descritores
Oficina de intervenções
Almoço
Um resgate enigmático
Experiências exitosas
Vivenciando Jogos
Baladinha do Voando Mais Alto
Sugestões e encaminhamentos
Avaliação e encerramento
ACOLHIDA
“Caixa de Segredos”
 Protocolo MAIS PAIC
2022: como intervir?
Cronograma
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Correção de rotas Detecção das principais dificuldades
Avaliação externa, censitária e
universal
Finalidade exclusiva de diagnóstico
Intervenção imediata no processo formativo
Cronograma
O Protocolo MAIS PAIC insere-se, em 2022, em um contexto
intermediário do ano letivo, no qual já foram empreendidos esforços e
aplicadas ações interventivas objetivando a recuperação e
recomposição das aprendizagens. Diante disso, observa-se que em
relação ao SPAECE Diagnóstico, o Protocolo MAISPAIC pode assumir
as premissas de:
Aprofundar
habilidades
Reavaliar
habilidades
Itens com
gradação em nível
de complexidade
dos processos
cognitivos.
Itens com mesmo
nível de
complexidade para
avaliar o processo
de aprendizagem.
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Cronograma
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
CONTEXTO – RESULTADOS PROTOCOLOS 5º ANO MT
PERCENTUAL
ACERTO*
D2
UTILIZAR PROCEDIMENTOS DE CÁLCULO PARA OBTENÇÃO DE RESULTADOS NA RESOLUÇÃO DE
ADIÇÃO E/OU SUBTRAÇÃO ENVOLVENDO NÚMEROS NATURAIS
79,56
D3
UTILIZAR PROCEDIMENTOS DE CÁLCULO PARA OBTENÇÃO DE RESULTADOS NA RESOLUÇÃO DE
MULTIPLICAÇÃO E/OU DIVISÃO ENVOLVENDO NÚMEROS NATURAIS
65,12
D4
RESOLVER SITUAÇÃO PROBLEMA QUE ENVOLVA A OPERAÇÃO DE ADIÇÃO OU SUBTRAÇÃO COM OS
NÚMEROS NATURAIS
46,94
D5
RESOLVER SITUAÇÃO PROBLEMA QUE ENVOLVA A OPERAÇÃO DE MULTIPLICAÇÃO OU DIVISÃO COM
OS NÚMEROS NATURAIS
40,13
D14 COMPARAR NÚMEROS RACIONAIS NA FORMA FRACIONÁRIA OU DECIMAL 23,65
D45
IDENTIFICAR A LOCALIZAÇÃO/MOVIMENTAÇÃO DE OBJETOS EM MAPAS, CROQUIS E OUTRAS
REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS
71,78
D47
IDENTIFICAR E CLASSIFICAR FIGURAS PLANAS: QUADRADO, RETÂNGULO, TRIÂNGULO DESTACANDO
ALGUMAS DE SUAS CARACTERÍSTICAS (NÚMERO DE LADOS E TIPO DE ÂNGULO
23,43
D52 IDENTIFICAR PLANIFICAÇÕES DE ALGUNS POLIEDROS E/OU CORPOS REDONDOS 54,04
D60
RESOLVER PROBLEMA QUE ENVOLVA O CÁLCULO DO PERÍMETRO DE POLÍGONOS, USANDO MALHA
QUADRICULADA OU NÃO
36,85
D66
RESOLVER PROBLEMA ENVOLVENDO O CÁLCULO DE ÁREA DE FIGURAS PLANAS, DESENHADAS EM
MALHAS QUADRICULADAS OU NÃO
39,49
D73 LER INFORMAÇÕES APRESENTADAS EM TABELA 72,42
D74 LER INFORMAÇÕES APRESENTADAS EM GRÁFICOS DE BARRAS OU COLUNAS 80,52
D0120 RECONHECER CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL. 69,25
DESCRITOR
orrelação: Matriz SPAECE/ SPAECE Diagnóstico/Protocolos – 5º Ano MT
Matriz SPAECE SPAECE Diagnóstico Protocolo 2022
D1 - Reconhecer e utilizar característictas do sistema de numeração decimal. 59% 69,25
D2 - Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção de resultados na resolução de adição e/ou subtração envolvendo números naturais. 47% 79,56
D3 - Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção de resultados na resolução de multiplicação e/ou divisão envolvendo números naturais. 35% 65,12
D4 - Resolver situação-problema que envolva a operação de adição ou subtração com os números naturais. 49% 46,94
D5 - Resolver situação-problema que envolva a operação de multiplicação ou divisão com os números naturais. 38% 40,13
D6 - Resolver situação-problema que envolva mais de uma operação com os números naturais. 32% NÃO
D9 - Resolver situação-problema que envolva cálculos simples de porcentagem (25%, 50% e 100%). NÃO NÃO
D13 - Reconhecer diferentes representações de um mesmo número racional, em situação-problema. NÃO NÃO
D14 - Comparar números racionais na forma fracionária ou decimal. NÃO 23,65
D15 - Resolver problema utilizando a adição ou subtração com números racionais representados na forma fracionária (mesmo denominador ou denominadores
diferentes) ou na forma decimal.
NÃO NÃO
D45 - Identificar a localização/movimentação de objetos em mapas, croquis e outras representações gráficas. 52% 71,78
D46 - Identificar o número de faces, arestas e vértices de figuras geométricas tridimensionais representadas por desenhos. 36% NÃO
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo destacando algumas de suas características (número de lados e tipo de ângulos). 55% 23,43
D52 - Identificar planificações de alguns poliedros e/ou corpos redondos. 57% 54,04
D59 - Resolver problema utilizando unidades de medidas padronizadas como: km/m/ cm/mm, kg/g/mg, L/mL. 30% NÃO
D60 - Resolver problema que envolva o cálculo do perímetro de polígonos, usando malha quadriculada ou não. 28% 36,85
D61 - Identificar as horas em relógios digitais ou de ponteiros, em situação-problema. 48% NÃO
D62 - Estabelecer relações entre: dia e semana, hora e dia, dia e mês, mês e ano, hora e minuto, minuto e segundo, em situação-problema. 40% NÃO
D63 - Resolver problema utilizando a escrita decimal de cédulas e moedas do Sistema Monetário Brasileiro. 36% NÃO
D66 - Resolver problema envolvendo o cálculo de área de figuras planas, desenhadas em malhas quadriculadas ou não. 39% 39,49
D73 - Ler informações apresentadas em tabela. 64% 72,42
D74 - Ler informações apresentadas em gráficos de barras ou colunas. 60% 80,52
Cronograma
É válido ressaltar que as Matrizes de
Referência já são recortes dos
currículos, portanto, nas intervenções
pedagógicas, precisamos contemplar
todos os descritores, independente se
foram ou não contemplados no
Protocolo MAIS PAIC.
Os descritores da Matriz de Referência do SPAECE não foram avaliados,
em sua totalidade, no Protocolo MAIS PAIC.
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Cronograma
É importante emitir no sistema todos
os relatórios do Protocolo de cada
escola para que o professor possa
planejar levando em consideração
esses resultados.
RELATÓRIO PERCENTUAL DE
ACERTO POR DESCRITOR
RELATÓRIO DE ACERTO
POR TURMA
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Cronograma
A partir da análise dos percentuais de acerto das avaliações diagnósticas, são
apontados descritores críticos que geralmente são priorizados nas
intervenções pedagógicas.
Porém, devido ao contexto de recomposição,
o Projeto Voando Mais Alto (Anos Iniciais)
está desconstruindo essa ideia e trabalhando
com os formadores numa perspectiva de
progressão de aprendizagens:
dos basilares aos críticos.
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Cronograma
É comum, no segundo
semestre, as intervenções
pedagógicas se darem
através da resolução
massiva de itens. Apesar
de ser um momento
importante de preparação
dos alunos para o teste, ele
precisa ser finalístico na
sequência didática.
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Cronograma
Antes de entrar no item, é interessante que o
professor faça uso de outras metodologias que
levem os alunos a terem uma visão concreta
das habilidades do percurso construído, como
jogos e manipulação/reflexão de textos,
situações e materiais concretos, sem a
interferência de gabaritos e distratores.
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Cronograma
Para trabalhar com itens
(principalmente os críticos):
PERCURSO DE
HABILIDADES
ENUNCIADO X
DESCRITOR
FOCO NOS
DISTRATORES
Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
Refletindo
pedagogicamente
sobre descritores
Geralmente, como os
descritores são
escolhidos e
trabalhados no
segundo semestre?
Principalmente através
da resolução de itens
que avaliam os
descritores críticos
apontados em uma
avaliação
diagnóstica.
No contexto
prioritário, essa é
uma estratégia
assertiva? Por quê?
Não, porque um
item crítico demanda a
recomposição de
aprendizagens necessárias
para que os alunos
executem o processo
cognitivo exigido pelo
descritor crítico.
Que tal trabalharmos
com esse descritor
numa perspectiva de
recomposição de
aprendizagens!?
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo,
destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando
algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
• Compreender no enunciado 11 formas
geométricas.
• Conseguir visualizar diferentes tipos de
triângulos.
• Conseguir visualizar a distribuições dos
triângulos no suporte.
• Diferentes disposições.
• A maneira como as figuras são apresentadas
em sala fazem com que o aluno só consiga
visualizá-las de maneira isolada, resultando na
dificuldade em assimilar as diferentes
disposições das figuras em uma completar,
como o suporte apresentado no enunciado.
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando
algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
Progressão das aprendizagens
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando
algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
EF01MA14 - Identificar e nomear figuras planas (círculo, quadrado,
retângulo e triângulo) em desenhos apresentados em diferentes disposições
ou em contornos de faces de sólidos geométricos.
EF02MA15 - Reconhecer, comparar e nomear figuras planas (círculo,
quadrado, retângulo e triângulo), por meio de características comuns, em
desenhos apresentados em diferentes disposições ou em sólidos
geométricos.
EF02MA15 - Reconhecer, comparar e nomear figuras planas (círculo,
quadrado, retângulo e triângulo), por meio de características comuns, em
desenhos apresentados em diferentes disposições ou em sólidos
geométricos.
EF01MA14 - Identificar e nomear figuras planas (círculo, quadrado,
retângulo e triângulo) em desenhos apresentados em diferentes disposições
ou em contornos de faces de sólidos geométricos.
Estratégias pedagógicas
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando
algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
Novo Material Estruturado
do 5º ano - 3º bimestre
Caderno Fortalecendo
Aprendizagens - 4º e 5º
anos - Volume 2
Jogo do Tangram: Recurso
didatico concreto, motivador
de aprendizagem. Nível 2 - Volume 3 - Atividades
5 a 8:
trabalham habilidades
relacionadas a figuras
geométricas.
Nível 1 - Volume 4 - Atividade
3:
Trabalha o D47
OFICINA DE INTERVENÇÕES
Em grupos, vocês irão construir um fluxograma da
progressão das aprendizagens para o descritor
selecionado. Depois, irão analisar as atividades dos
Cadernos Voando Mais Alto, Novo Material Estruturado
e demais materiais do Mais Paic para propor outras
estratégias pedagógicas para o trabalho com o
desenvolvimento dos conhecimentos relacionados ao
descritor.
D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando
algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
D46 Identificar o número de faces, arestas e vértices de figuras
geométricas tridimensionais representadas por desenhos.
D52 Identificar planificações de alguns poliedros e/ou
corpos redondos.
D60 Resolver problema que envolva o cálculo do perímetro de
polígonos, usando malha quadriculada ou não.
D66 Resolver problema envolvendo o cálculo de área de
Figuras planas, usando malha quadriculada ou não.
D14 Comparar números racionais na forma fracionária ou decimal.
Almoço
Experiências exitosas
Vivenciando Jogos
Baladinha do Voando
Mais Alto
Dengo - João Gomes
Lá-laiá-laiê, na pegada de vaqueiro
Oi!Quando cê vai perceber
Que eu lutei pra te ter e te quero ao meu lado
Eu sei que a minha fama não é boa
E o povo me chama de beijo safado
Mas eu não quero mais essa vida de farra
Quando é que cê vai perceber
Que eu lutei pra te ter e te quero ao meu lado
Eu sei que a minha fama não é boa
E o povo me chama de beijo safado
Mas eu não quero mais essa vida de farra
Tô precisando de dengo, não vê?
Tô nem aí pra rolê, tô nem aí pra rolê
Só tô querendo você
Eu só tô querendo você
Tô precisando de dengo, não vê?
Tô nem aí pra rolê, tô nem aí pra rolê
Só tô querendo você
Eu só tô querendo você
Larga tudo e vem me ver
Questão 01
Nessa música qual trecho nos remete a uma ideia de tempo?
A) que eu lutei pra te ter;
B) eu sei que a minha fama não é boa;
C) E o povo me chama de beijo safado;
D) Quando é que chega vai perceber
Questão 01
Nessa música qual trecho nos remete a uma ideia de tempo?
A) que eu lutei pra te ter;
B) eu sei que a minha fama não é boa;
C) E o povo me chama de beijo safado;
D) Quando é que chega vai perceber.
Questão 02
João Gomes arrependido da vida de farra e de uma fama não
muito boa, resolveu lutar por seu amor. Ligou para sua amada,
pedindo para largar tudo e ir vê-lo. Seu dengo mora a 5km de
distância da cidade que João mora. Quantos metros João
Gomes percorreu da sua cidade para a cidade de seu amor?
A) 5 metros
B) 50 metros
C) 500 metros
D) 5000 metros
Questão 02
João Gomes arrependido da vida de farra e de uma fama não
muito boa, resolveu lutar por seu amor. Ligou para sua amada,
pedindo para largar tudo e ir vê-lo. Seu dengo mora a 5km de
distância da cidade que João mora. Quantos metros João
Gomes percorreu da sua cidade para a cidade de seu amor?
A) 5 metros
B) 50 metros
C) 500 metros
D) 5 000 metros
Questão 03
Nessa música, o eu lírico demonstrou:
A) ser amigo;
B) estar apaixonado;
C) ser safado;
D) estar feliz.
Questão 03
Nessa música, o eu lírico demonstrou:
A) ser amigo;
B) estar apaixonado;
C) ser safado;
D) estar feliz.
Acorda Pedrinho – Jovem Dionísio
Não sei mais pra onde ir
Já que a noite foi...
Acorda, Pedrinho
Que hoje tem campeonato
Vem dançar comigo
Vai ver que eu te esculacho
Sei que não dá pra ver
Mas cê vai ver que hoje não tem chocolate
Nem de segunda a sexta-feira
Não adianta treinar
Cê pode vir, mas vem agora
Não enrola, rebola
Na hora de ir embora, cê chora
Não sei mais pra onde ir
Já que a noite foi longa
Não sei mais pra onde ir
Já que a noite foi longa
Longa, longa
Questão 04
Na expressão “Mas cê vai ver que hoje não tem chocolate”, a
palavra destacada demonstra uma circunstância de
A) oposição.
B) adição.
C) comparação.
D) alternativa.
Questão 04
Na expressão “Mas cê vai ver que hoje não tem chocolate”, a
palavra destacada demonstra uma circunstância de
A) oposição.
B) adição.
C) comparação.
D) alternativa.
Questão 05
Pedrinho acordou e logo foi para escola jogar o campeonato de futebol
amador. Na escola em que Pedrinho estuda, 50% dos alunos participarão
do campeonato. Sabendo que esta escola tem no total 250 estudantes,
quantos alunos estarão participando do campeonato de futebol?
A) 25 alunos.
B) 50 alunos.
C) 100 alunos.
D) 125 alunos.
Questão 05
Pedrinho acordou e logo foi para escola jogar o campeonato de futebol
amador. Na escola em que Pedrinho estuda, 50% dos alunos participarão
do campeonato. Sabendo que esta escola tem no total 250 estudantes,
quantos alunos estarão participando do campeonato de futebol?
A) 25 alunos.
B) 50 alunos.
C) 100 alunos.
D) 125 alunos.
Questão 06
Segundo o texto, pelo qual motivo Pedrinho é acordado?
A) Porque acabou o chocolate.
B) Porque tem campeonato.
C) Porque é segunda-feira.
D) Porque ele chora na hora de ir.
Questão 06
Segundo o texto, pelo qual motivo Pedrinho é acordado?
A) Porque acabou o chocolate.
B) Porque tem campeonato.
C) Porque é segunda-feira.
D) Porque ele chora na hora de ir.
Questão 07
Ansioso para jogar a final do campeonato de futebol amador da
escola, Pedrinho dormiu na noite anterior em média 3h30min. De
acordo com a informação, quantos minutos Pedrinho dormiu
nesta noite?
A)180 minutos.
B) 210 minutos.
C) 330 minutos.
D) 240 minutos.
Questão 07
Ansioso para jogar a final do campeonato de futebol amador da
escola, Pedrinho dormiu na noite anterior em média 3h30min. De
acordo com a informação, quantos minutos Pedrinho dormiu
nesta noite?
A)180 minutos.
B) 210 minutos.
C) 330 minutos.
D) 240 minutos.
Questão 08
No verso “Que hoje tem campeonato” a palavra destacada se
refere a:
a) advérbio de lugar.
b) advérbio de tempo.
c) advérbio de negação.
d) advérbio de modo.
Questão 08
No verso “Que hoje tem campeonato” a palavra destacada se
refere a:
a) advérbio de lugar.
b) advérbio de tempo.
c) advérbio de negação.
d) advérbio de modo.
Questão 09
Na música acorda Pedrinho, um fato curioso em destaque é que
ele está dormindo. Sabendo que o garoto gosta muito de dormir,
e dorme em média 8h por dia, quantas horas semanalmente
Pedrinho dorme?
A) 15 horas
B) 40 horas
C) 56 horas
D) 64 horas
Questão 09
Na música acorda Pedrinho, um fato curioso em destaque é que
ele está dormindo. Sabendo que o garoto gosta muito de dormir,
e dorme em média 8h por dia, quantas horas semanalmente
Pedrinho dorme?
A) 15 horas
B) 40 horas
C) 56 horas
D) 64 horas
Intuição – Mary Fernandez
A minha intuição não falha
É claro que eu não “tava” errada
O beijo esfriou, a cama congelou
Se eu fui prioridade, hoje em dia eu não sou
Sai da minha vida e boa sorte com seu novo amor
Vai, me troca
Beija outra boca só pra ver que eu sou mais foda
Vai, me deixa
Deita em outra cama só pra você ter certeza
Que eu sou a mulher mais foda do planeta
Questão 10
No verso "Que eu sou a mulher mais foda do planeta!", a palavra
grifada significa
A) errada.
B) demais.
C) boba.
D) ruim.
Questão 10
No verso "Que eu sou a mulher mais foda do planeta!", a palavra
grifada significa
A) errada.
B) demais.
C) boba.
D) ruim.
Questão 11
Mary Fernadez com sua intuição percebeu que seu relacionamento
acabou e deseja boa sorte ao seu ex pelo um possível novo
relacionamento. Afim de reconquistar Mary, o rapaz comprou um buquê
de flores que custou R$ 62,00 reais e uma caixa de chocolate que
custou R$ 25,00. Ele pagou com uma cédula de R$ 100,00. Quanto ele
recebeu de troco?
A) R$13,00
B) R$38,00
C) R$75,00
D) R$87,00
Questão 11
Mary Fernadez com sua intuição percebeu que seu relacionamento
acabou e deseja boa sorte ao seu ex pelo um possível novo
relacionamento. Afim de reconquistar Mary, o rapaz comprou um buquê
de flores que custou R$ 62,00 reais e uma caixa de chocolate que
custou R$ 25,00. Ele pagou com uma cédula de R$ 100,00. Quanto ele
recebeu de troco?
A) R$13,00
B) R$38,00
C) R$75,00
D) R$87,00
Questão 12
No verso "A minha intuição não falha" a palavra grifada pode ser
substituída sem perder o sentido por
A) amor.
B) pressentimento.
C) obrigação.
D) beijo.
Questão 12
No verso "A minha intuição não falha" a palavra grifada pode ser
substituída sem perder o sentido por
A) amor.
B) pressentimento.
C) obrigação.
D) beijo.
Questão 13
No texto, qual trecho abaixo traz ideia de lugar?
A) Se eu fui prioridade, hoje em dia eu não sou;
B) Beija outra boca só pra ver que eu sou mais foda;
C) Deita em outra cama só pra você ter certeza;
D) Que eu sou a mulher mais fofa do planeta!
Questão 13
No texto, qual trecho abaixo traz ideia de lugar?
A) Se eu fui prioridade, hoje em dia eu não sou;
B) Beija outra boca só pra ver que eu sou mais foda;
C) Deita em outra cama só pra você ter certeza;
D) Que eu sou a mulher mais fofa do planeta!
Planejamento de replicação da formação
Planejamento da
Formação Municipal
Encaminhamentos e
Sugestões
SUGESTÃO DE CRONOGRAMA PARA O MÓDULO 04
• Formação Regional
29/09 a 06 de outubro
• Formação Municipal
17 a 28 de outubro
Aspectos importantes a serem contemplados nas formações
 Utilizar metodologias diversas na formação (exposição, discussão orientada, estudo de caso,
vivência, estudo em grupo, etc.);
 Acolhimento;
 Propiciar momentos de compartilhamentos de experiências;
 Importância do acompanhamento periódico às escolas, professores e gestores;
 Apresentar materiais disponíveis e site do Paic e Coeps
(https://www.seduc.ce.gov.br/coeps/);
 Reforçar leituras importantes: documentos orientadores, Pareceres, etc. (Gestão da
Educação Infantil e Gestão do Ensino Fundamenal);
 Agradecimento pela caminhada ao longo do processo formativo.
Avaliação e
Encerramento

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicAlfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaic
Magda Marques
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
Magda Marques
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamento
familiaestagio
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
Joao Balbi
 
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e  ensinar Matemática no Ensino FundamentalAprender e  ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
valdivina
 
Formação para os professores Premissa Formação Continuada
Formação para os professores Premissa Formação ContinuadaFormação para os professores Premissa Formação Continuada
Formação para os professores Premissa Formação Continuada
SandraRombi
 
Aula nota 10
Aula nota 10Aula nota 10
Aula nota 10
zanelato
 
MPEMC AULA 2: Matemática na BNCC
MPEMC AULA 2: Matemática na BNCCMPEMC AULA 2: Matemática na BNCC
MPEMC AULA 2: Matemática na BNCC
profamiriamnavarro
 
Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2
Jorge Antonio Fernandes
 
Seminário de Letramento Matemático
Seminário de Letramento MatemáticoSeminário de Letramento Matemático
Seminário de Letramento Matemático
Andréa Thees
 
Alfabetização Matemática ll PNAIC
Alfabetização Matemática ll PNAIC Alfabetização Matemática ll PNAIC
Alfabetização Matemática ll PNAIC
Marlene de Fátima Gonçalves
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
Editora Moderna
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Gerdian Teixeira
 
2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática
PNAIC UFSCar
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
veracruzgabriela
 
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papelAlfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Cecilia Pinheiro
 
Oficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacaoOficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacao
pipatcleopoldina
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
SMEdeItabaianinha
 
OFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEM
OFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEMOFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEM
OFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEM
Margarete Nogueira
 
Pauta 23 de maio
Pauta 23 de maioPauta 23 de maio
Pauta 23 de maio
adridaleffi121212
 

Mais procurados (20)

Alfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicAlfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaic
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamento
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
 
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e  ensinar Matemática no Ensino FundamentalAprender e  ensinar Matemática no Ensino Fundamental
Aprender e ensinar Matemática no Ensino Fundamental
 
Formação para os professores Premissa Formação Continuada
Formação para os professores Premissa Formação ContinuadaFormação para os professores Premissa Formação Continuada
Formação para os professores Premissa Formação Continuada
 
Aula nota 10
Aula nota 10Aula nota 10
Aula nota 10
 
MPEMC AULA 2: Matemática na BNCC
MPEMC AULA 2: Matemática na BNCCMPEMC AULA 2: Matemática na BNCC
MPEMC AULA 2: Matemática na BNCC
 
Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2
 
Seminário de Letramento Matemático
Seminário de Letramento MatemáticoSeminário de Letramento Matemático
Seminário de Letramento Matemático
 
Alfabetização Matemática ll PNAIC
Alfabetização Matemática ll PNAIC Alfabetização Matemática ll PNAIC
Alfabetização Matemática ll PNAIC
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática2ª formação - Matemática
2ª formação - Matemática
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
 
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papelAlfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
 
Oficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacaoOficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacao
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
OFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEM
OFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEMOFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEM
OFICINA: O LÚDICO COMO REFORÇO NA APRENDIZAGEM
 
Pauta 23 de maio
Pauta 23 de maioPauta 23 de maio
Pauta 23 de maio
 

Semelhante a 4ª Formação MT.pptx

xxx
xxxxxx
ccc
cccccc
Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017
DiedNuenf
 
Professor lucas
Professor lucasProfessor lucas
Professor lucas
NadsonCarvalho2
 
Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017
DiedNuenf
 
Descritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médio
Descritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médioDescritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médio
Descritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médio
Gabriel Angelo Oliveira
 
Plano anual 6º ano
Plano anual   6º anoPlano anual   6º ano
Plano anual 6º ano
cleiciacandida
 
Rp mat 7_ef (1)
Rp mat 7_ef (1)Rp mat 7_ef (1)
Rp mat 7_ef (1)
CNT_2013
 
caderno de matematica com as atividade e refrnciais de matematica ara o fu...
caderno de matematica  com  as atividade  e refrnciais de matematica ara o fu...caderno de matematica  com  as atividade  e refrnciais de matematica ara o fu...
caderno de matematica com as atividade e refrnciais de matematica ara o fu...
EvandroAlvesAlves1
 
9º ano do e. f. jordão souza
9º ano do e. f. jordão souza9º ano do e. f. jordão souza
9º ano do e. f. jordão souza
Aug33
 
Matriz referencia saeb ensino médio
Matriz referencia saeb ensino médioMatriz referencia saeb ensino médio
Matriz referencia saeb ensino médio
toninhogrande16
 
Homotetia espacial
Homotetia espacialHomotetia espacial
Homotetia espacial
DiedNuenf
 
Orientações _Pedagógicas_Matemática .pdf
Orientações _Pedagógicas_Matemática .pdfOrientações _Pedagógicas_Matemática .pdf
Orientações _Pedagógicas_Matemática .pdf
LucicleiaBarbosa
 
4ª série e.f. matemática
4ª série e.f.   matemática4ª série e.f.   matemática
4ª série e.f. matemática
Romelho Contreiro
 
Rp mat 8_ef
Rp mat 8_efRp mat 8_ef
Rp mat 8_ef
CNT_2013
 
Rp mat 9_ef
Rp mat 9_efRp mat 9_ef
Rp mat 9_ef
CNT_2013
 
Homotetia e circunferencia
Homotetia e circunferenciaHomotetia e circunferencia
Homotetia e circunferencia
DiedNuenf
 
Rp mat 6_ef
Rp mat 6_efRp mat 6_ef
Rp mat 6_ef
CNT_2013
 
Noname
NonameNoname
Metas de aprendizagem
Metas de aprendizagemMetas de aprendizagem
Metas de aprendizagem
mariacferreira
 

Semelhante a 4ª Formação MT.pptx (20)

xxx
xxxxxx
xxx
 
ccc
cccccc
ccc
 
Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017
 
Professor lucas
Professor lucasProfessor lucas
Professor lucas
 
Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017Oficinas gerais 23.08.2017
Oficinas gerais 23.08.2017
 
Descritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médio
Descritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médioDescritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médio
Descritores de matematica do 5º ao 3º ano do ensino médio
 
Plano anual 6º ano
Plano anual   6º anoPlano anual   6º ano
Plano anual 6º ano
 
Rp mat 7_ef (1)
Rp mat 7_ef (1)Rp mat 7_ef (1)
Rp mat 7_ef (1)
 
caderno de matematica com as atividade e refrnciais de matematica ara o fu...
caderno de matematica  com  as atividade  e refrnciais de matematica ara o fu...caderno de matematica  com  as atividade  e refrnciais de matematica ara o fu...
caderno de matematica com as atividade e refrnciais de matematica ara o fu...
 
9º ano do e. f. jordão souza
9º ano do e. f. jordão souza9º ano do e. f. jordão souza
9º ano do e. f. jordão souza
 
Matriz referencia saeb ensino médio
Matriz referencia saeb ensino médioMatriz referencia saeb ensino médio
Matriz referencia saeb ensino médio
 
Homotetia espacial
Homotetia espacialHomotetia espacial
Homotetia espacial
 
Orientações _Pedagógicas_Matemática .pdf
Orientações _Pedagógicas_Matemática .pdfOrientações _Pedagógicas_Matemática .pdf
Orientações _Pedagógicas_Matemática .pdf
 
4ª série e.f. matemática
4ª série e.f.   matemática4ª série e.f.   matemática
4ª série e.f. matemática
 
Rp mat 8_ef
Rp mat 8_efRp mat 8_ef
Rp mat 8_ef
 
Rp mat 9_ef
Rp mat 9_efRp mat 9_ef
Rp mat 9_ef
 
Homotetia e circunferencia
Homotetia e circunferenciaHomotetia e circunferencia
Homotetia e circunferencia
 
Rp mat 6_ef
Rp mat 6_efRp mat 6_ef
Rp mat 6_ef
 
Noname
NonameNoname
Noname
 
Metas de aprendizagem
Metas de aprendizagemMetas de aprendizagem
Metas de aprendizagem
 

Último

Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 

Último (20)

Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 

4ª Formação MT.pptx

  • 1. Formação Regional de Matemática 4º e 5º ano Sejam bem- vindos(as)! Módulo Iguatu, 05 de OUtubro de 2022
  • 2. Agenda Tema: Priorização Curricular e Acompanhamento Pedagógico para Resultados de Aprendizagem. Objetivo Geral: Priorizar o currículo e acompanhar nossa prática pedagógica de recomposição das aprendizagens em sala, conduzida pelo professor para bons resultados de aprendizagens. Objetivos específicos: Sugerir estratégias didáticos-pedagógicas para desenvolvimento progressivo das habilidades sugeridas; Compreender quais são as dificuldades dos alunos e propor orientações pedagógica que possam fortalecer o processo de superação dessas dificuldades e, dessa forma, contribuir para o desenvolvimento pleno e integral dos estudantes. Elaborar planejamento com destaque para construção de uma determinada habilidade em diferentes níveis de acordo com o currículo do 4º e 5º ano.
  • 3. Acolhida: Caixa de segredos Protocolos MAIS PAIC: como intervir? Apresentação dos resultados do Protocolo MAIS PAIC 2022 Refletindo pedagogicamente sobre descritores Oficina de intervenções Almoço Um resgate enigmático Experiências exitosas Vivenciando Jogos Baladinha do Voando Mais Alto Sugestões e encaminhamentos Avaliação e encerramento
  • 5.  Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 6. Cronograma Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir? Correção de rotas Detecção das principais dificuldades Avaliação externa, censitária e universal Finalidade exclusiva de diagnóstico Intervenção imediata no processo formativo
  • 7. Cronograma O Protocolo MAIS PAIC insere-se, em 2022, em um contexto intermediário do ano letivo, no qual já foram empreendidos esforços e aplicadas ações interventivas objetivando a recuperação e recomposição das aprendizagens. Diante disso, observa-se que em relação ao SPAECE Diagnóstico, o Protocolo MAISPAIC pode assumir as premissas de: Aprofundar habilidades Reavaliar habilidades Itens com gradação em nível de complexidade dos processos cognitivos. Itens com mesmo nível de complexidade para avaliar o processo de aprendizagem. Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 8. Cronograma Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 9. CONTEXTO – RESULTADOS PROTOCOLOS 5º ANO MT PERCENTUAL ACERTO* D2 UTILIZAR PROCEDIMENTOS DE CÁLCULO PARA OBTENÇÃO DE RESULTADOS NA RESOLUÇÃO DE ADIÇÃO E/OU SUBTRAÇÃO ENVOLVENDO NÚMEROS NATURAIS 79,56 D3 UTILIZAR PROCEDIMENTOS DE CÁLCULO PARA OBTENÇÃO DE RESULTADOS NA RESOLUÇÃO DE MULTIPLICAÇÃO E/OU DIVISÃO ENVOLVENDO NÚMEROS NATURAIS 65,12 D4 RESOLVER SITUAÇÃO PROBLEMA QUE ENVOLVA A OPERAÇÃO DE ADIÇÃO OU SUBTRAÇÃO COM OS NÚMEROS NATURAIS 46,94 D5 RESOLVER SITUAÇÃO PROBLEMA QUE ENVOLVA A OPERAÇÃO DE MULTIPLICAÇÃO OU DIVISÃO COM OS NÚMEROS NATURAIS 40,13 D14 COMPARAR NÚMEROS RACIONAIS NA FORMA FRACIONÁRIA OU DECIMAL 23,65 D45 IDENTIFICAR A LOCALIZAÇÃO/MOVIMENTAÇÃO DE OBJETOS EM MAPAS, CROQUIS E OUTRAS REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS 71,78 D47 IDENTIFICAR E CLASSIFICAR FIGURAS PLANAS: QUADRADO, RETÂNGULO, TRIÂNGULO DESTACANDO ALGUMAS DE SUAS CARACTERÍSTICAS (NÚMERO DE LADOS E TIPO DE ÂNGULO 23,43 D52 IDENTIFICAR PLANIFICAÇÕES DE ALGUNS POLIEDROS E/OU CORPOS REDONDOS 54,04 D60 RESOLVER PROBLEMA QUE ENVOLVA O CÁLCULO DO PERÍMETRO DE POLÍGONOS, USANDO MALHA QUADRICULADA OU NÃO 36,85 D66 RESOLVER PROBLEMA ENVOLVENDO O CÁLCULO DE ÁREA DE FIGURAS PLANAS, DESENHADAS EM MALHAS QUADRICULADAS OU NÃO 39,49 D73 LER INFORMAÇÕES APRESENTADAS EM TABELA 72,42 D74 LER INFORMAÇÕES APRESENTADAS EM GRÁFICOS DE BARRAS OU COLUNAS 80,52 D0120 RECONHECER CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL. 69,25 DESCRITOR
  • 10. orrelação: Matriz SPAECE/ SPAECE Diagnóstico/Protocolos – 5º Ano MT Matriz SPAECE SPAECE Diagnóstico Protocolo 2022 D1 - Reconhecer e utilizar característictas do sistema de numeração decimal. 59% 69,25 D2 - Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção de resultados na resolução de adição e/ou subtração envolvendo números naturais. 47% 79,56 D3 - Utilizar procedimentos de cálculo para obtenção de resultados na resolução de multiplicação e/ou divisão envolvendo números naturais. 35% 65,12 D4 - Resolver situação-problema que envolva a operação de adição ou subtração com os números naturais. 49% 46,94 D5 - Resolver situação-problema que envolva a operação de multiplicação ou divisão com os números naturais. 38% 40,13 D6 - Resolver situação-problema que envolva mais de uma operação com os números naturais. 32% NÃO D9 - Resolver situação-problema que envolva cálculos simples de porcentagem (25%, 50% e 100%). NÃO NÃO D13 - Reconhecer diferentes representações de um mesmo número racional, em situação-problema. NÃO NÃO D14 - Comparar números racionais na forma fracionária ou decimal. NÃO 23,65 D15 - Resolver problema utilizando a adição ou subtração com números racionais representados na forma fracionária (mesmo denominador ou denominadores diferentes) ou na forma decimal. NÃO NÃO D45 - Identificar a localização/movimentação de objetos em mapas, croquis e outras representações gráficas. 52% 71,78 D46 - Identificar o número de faces, arestas e vértices de figuras geométricas tridimensionais representadas por desenhos. 36% NÃO D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo destacando algumas de suas características (número de lados e tipo de ângulos). 55% 23,43 D52 - Identificar planificações de alguns poliedros e/ou corpos redondos. 57% 54,04 D59 - Resolver problema utilizando unidades de medidas padronizadas como: km/m/ cm/mm, kg/g/mg, L/mL. 30% NÃO D60 - Resolver problema que envolva o cálculo do perímetro de polígonos, usando malha quadriculada ou não. 28% 36,85 D61 - Identificar as horas em relógios digitais ou de ponteiros, em situação-problema. 48% NÃO D62 - Estabelecer relações entre: dia e semana, hora e dia, dia e mês, mês e ano, hora e minuto, minuto e segundo, em situação-problema. 40% NÃO D63 - Resolver problema utilizando a escrita decimal de cédulas e moedas do Sistema Monetário Brasileiro. 36% NÃO D66 - Resolver problema envolvendo o cálculo de área de figuras planas, desenhadas em malhas quadriculadas ou não. 39% 39,49 D73 - Ler informações apresentadas em tabela. 64% 72,42 D74 - Ler informações apresentadas em gráficos de barras ou colunas. 60% 80,52
  • 11. Cronograma É válido ressaltar que as Matrizes de Referência já são recortes dos currículos, portanto, nas intervenções pedagógicas, precisamos contemplar todos os descritores, independente se foram ou não contemplados no Protocolo MAIS PAIC. Os descritores da Matriz de Referência do SPAECE não foram avaliados, em sua totalidade, no Protocolo MAIS PAIC. Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 12. Cronograma É importante emitir no sistema todos os relatórios do Protocolo de cada escola para que o professor possa planejar levando em consideração esses resultados. RELATÓRIO PERCENTUAL DE ACERTO POR DESCRITOR RELATÓRIO DE ACERTO POR TURMA Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 13. Cronograma A partir da análise dos percentuais de acerto das avaliações diagnósticas, são apontados descritores críticos que geralmente são priorizados nas intervenções pedagógicas. Porém, devido ao contexto de recomposição, o Projeto Voando Mais Alto (Anos Iniciais) está desconstruindo essa ideia e trabalhando com os formadores numa perspectiva de progressão de aprendizagens: dos basilares aos críticos. Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 14. Cronograma É comum, no segundo semestre, as intervenções pedagógicas se darem através da resolução massiva de itens. Apesar de ser um momento importante de preparação dos alunos para o teste, ele precisa ser finalístico na sequência didática. Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 15. Cronograma Antes de entrar no item, é interessante que o professor faça uso de outras metodologias que levem os alunos a terem uma visão concreta das habilidades do percurso construído, como jogos e manipulação/reflexão de textos, situações e materiais concretos, sem a interferência de gabaritos e distratores. Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 16. Cronograma Para trabalhar com itens (principalmente os críticos): PERCURSO DE HABILIDADES ENUNCIADO X DESCRITOR FOCO NOS DISTRATORES Protocolo MAIS PAIC 2022: como intervir?
  • 18. Geralmente, como os descritores são escolhidos e trabalhados no segundo semestre?
  • 19. Principalmente através da resolução de itens que avaliam os descritores críticos apontados em uma avaliação diagnóstica.
  • 20. No contexto prioritário, essa é uma estratégia assertiva? Por quê?
  • 21. Não, porque um item crítico demanda a recomposição de aprendizagens necessárias para que os alunos executem o processo cognitivo exigido pelo descritor crítico.
  • 22. Que tal trabalharmos com esse descritor numa perspectiva de recomposição de aprendizagens!? D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
  • 23. D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos). • Compreender no enunciado 11 formas geométricas. • Conseguir visualizar diferentes tipos de triângulos. • Conseguir visualizar a distribuições dos triângulos no suporte. • Diferentes disposições. • A maneira como as figuras são apresentadas em sala fazem com que o aluno só consiga visualizá-las de maneira isolada, resultando na dificuldade em assimilar as diferentes disposições das figuras em uma completar, como o suporte apresentado no enunciado.
  • 24. D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
  • 25. Progressão das aprendizagens D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos). EF01MA14 - Identificar e nomear figuras planas (círculo, quadrado, retângulo e triângulo) em desenhos apresentados em diferentes disposições ou em contornos de faces de sólidos geométricos. EF02MA15 - Reconhecer, comparar e nomear figuras planas (círculo, quadrado, retângulo e triângulo), por meio de características comuns, em desenhos apresentados em diferentes disposições ou em sólidos geométricos. EF02MA15 - Reconhecer, comparar e nomear figuras planas (círculo, quadrado, retângulo e triângulo), por meio de características comuns, em desenhos apresentados em diferentes disposições ou em sólidos geométricos. EF01MA14 - Identificar e nomear figuras planas (círculo, quadrado, retângulo e triângulo) em desenhos apresentados em diferentes disposições ou em contornos de faces de sólidos geométricos.
  • 26. Estratégias pedagógicas D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos). Novo Material Estruturado do 5º ano - 3º bimestre Caderno Fortalecendo Aprendizagens - 4º e 5º anos - Volume 2 Jogo do Tangram: Recurso didatico concreto, motivador de aprendizagem. Nível 2 - Volume 3 - Atividades 5 a 8: trabalham habilidades relacionadas a figuras geométricas. Nível 1 - Volume 4 - Atividade 3: Trabalha o D47
  • 27. OFICINA DE INTERVENÇÕES Em grupos, vocês irão construir um fluxograma da progressão das aprendizagens para o descritor selecionado. Depois, irão analisar as atividades dos Cadernos Voando Mais Alto, Novo Material Estruturado e demais materiais do Mais Paic para propor outras estratégias pedagógicas para o trabalho com o desenvolvimento dos conhecimentos relacionados ao descritor.
  • 28. D47 - Identificar e classificar figuras planas: quadrado, retângulo e triângulo, destacando algumas de suas caracteristicas (números de lados e tipos de ângulos).
  • 29. D46 Identificar o número de faces, arestas e vértices de figuras geométricas tridimensionais representadas por desenhos.
  • 30. D52 Identificar planificações de alguns poliedros e/ou corpos redondos.
  • 31. D60 Resolver problema que envolva o cálculo do perímetro de polígonos, usando malha quadriculada ou não.
  • 32. D66 Resolver problema envolvendo o cálculo de área de Figuras planas, usando malha quadriculada ou não.
  • 33. D14 Comparar números racionais na forma fracionária ou decimal.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.
  • 65.
  • 66. Dengo - João Gomes Lá-laiá-laiê, na pegada de vaqueiro Oi!Quando cê vai perceber Que eu lutei pra te ter e te quero ao meu lado Eu sei que a minha fama não é boa E o povo me chama de beijo safado Mas eu não quero mais essa vida de farra Quando é que cê vai perceber Que eu lutei pra te ter e te quero ao meu lado Eu sei que a minha fama não é boa E o povo me chama de beijo safado Mas eu não quero mais essa vida de farra Tô precisando de dengo, não vê? Tô nem aí pra rolê, tô nem aí pra rolê Só tô querendo você Eu só tô querendo você Tô precisando de dengo, não vê? Tô nem aí pra rolê, tô nem aí pra rolê Só tô querendo você Eu só tô querendo você Larga tudo e vem me ver
  • 67. Questão 01 Nessa música qual trecho nos remete a uma ideia de tempo? A) que eu lutei pra te ter; B) eu sei que a minha fama não é boa; C) E o povo me chama de beijo safado; D) Quando é que chega vai perceber
  • 68. Questão 01 Nessa música qual trecho nos remete a uma ideia de tempo? A) que eu lutei pra te ter; B) eu sei que a minha fama não é boa; C) E o povo me chama de beijo safado; D) Quando é que chega vai perceber.
  • 69. Questão 02 João Gomes arrependido da vida de farra e de uma fama não muito boa, resolveu lutar por seu amor. Ligou para sua amada, pedindo para largar tudo e ir vê-lo. Seu dengo mora a 5km de distância da cidade que João mora. Quantos metros João Gomes percorreu da sua cidade para a cidade de seu amor? A) 5 metros B) 50 metros C) 500 metros D) 5000 metros
  • 70. Questão 02 João Gomes arrependido da vida de farra e de uma fama não muito boa, resolveu lutar por seu amor. Ligou para sua amada, pedindo para largar tudo e ir vê-lo. Seu dengo mora a 5km de distância da cidade que João mora. Quantos metros João Gomes percorreu da sua cidade para a cidade de seu amor? A) 5 metros B) 50 metros C) 500 metros D) 5 000 metros
  • 71. Questão 03 Nessa música, o eu lírico demonstrou: A) ser amigo; B) estar apaixonado; C) ser safado; D) estar feliz.
  • 72. Questão 03 Nessa música, o eu lírico demonstrou: A) ser amigo; B) estar apaixonado; C) ser safado; D) estar feliz.
  • 73. Acorda Pedrinho – Jovem Dionísio Não sei mais pra onde ir Já que a noite foi... Acorda, Pedrinho Que hoje tem campeonato Vem dançar comigo Vai ver que eu te esculacho Sei que não dá pra ver Mas cê vai ver que hoje não tem chocolate Nem de segunda a sexta-feira Não adianta treinar Cê pode vir, mas vem agora Não enrola, rebola Na hora de ir embora, cê chora Não sei mais pra onde ir Já que a noite foi longa Não sei mais pra onde ir Já que a noite foi longa Longa, longa
  • 74. Questão 04 Na expressão “Mas cê vai ver que hoje não tem chocolate”, a palavra destacada demonstra uma circunstância de A) oposição. B) adição. C) comparação. D) alternativa.
  • 75. Questão 04 Na expressão “Mas cê vai ver que hoje não tem chocolate”, a palavra destacada demonstra uma circunstância de A) oposição. B) adição. C) comparação. D) alternativa.
  • 76. Questão 05 Pedrinho acordou e logo foi para escola jogar o campeonato de futebol amador. Na escola em que Pedrinho estuda, 50% dos alunos participarão do campeonato. Sabendo que esta escola tem no total 250 estudantes, quantos alunos estarão participando do campeonato de futebol? A) 25 alunos. B) 50 alunos. C) 100 alunos. D) 125 alunos.
  • 77. Questão 05 Pedrinho acordou e logo foi para escola jogar o campeonato de futebol amador. Na escola em que Pedrinho estuda, 50% dos alunos participarão do campeonato. Sabendo que esta escola tem no total 250 estudantes, quantos alunos estarão participando do campeonato de futebol? A) 25 alunos. B) 50 alunos. C) 100 alunos. D) 125 alunos.
  • 78. Questão 06 Segundo o texto, pelo qual motivo Pedrinho é acordado? A) Porque acabou o chocolate. B) Porque tem campeonato. C) Porque é segunda-feira. D) Porque ele chora na hora de ir.
  • 79. Questão 06 Segundo o texto, pelo qual motivo Pedrinho é acordado? A) Porque acabou o chocolate. B) Porque tem campeonato. C) Porque é segunda-feira. D) Porque ele chora na hora de ir.
  • 80. Questão 07 Ansioso para jogar a final do campeonato de futebol amador da escola, Pedrinho dormiu na noite anterior em média 3h30min. De acordo com a informação, quantos minutos Pedrinho dormiu nesta noite? A)180 minutos. B) 210 minutos. C) 330 minutos. D) 240 minutos.
  • 81. Questão 07 Ansioso para jogar a final do campeonato de futebol amador da escola, Pedrinho dormiu na noite anterior em média 3h30min. De acordo com a informação, quantos minutos Pedrinho dormiu nesta noite? A)180 minutos. B) 210 minutos. C) 330 minutos. D) 240 minutos.
  • 82. Questão 08 No verso “Que hoje tem campeonato” a palavra destacada se refere a: a) advérbio de lugar. b) advérbio de tempo. c) advérbio de negação. d) advérbio de modo.
  • 83. Questão 08 No verso “Que hoje tem campeonato” a palavra destacada se refere a: a) advérbio de lugar. b) advérbio de tempo. c) advérbio de negação. d) advérbio de modo.
  • 84. Questão 09 Na música acorda Pedrinho, um fato curioso em destaque é que ele está dormindo. Sabendo que o garoto gosta muito de dormir, e dorme em média 8h por dia, quantas horas semanalmente Pedrinho dorme? A) 15 horas B) 40 horas C) 56 horas D) 64 horas
  • 85. Questão 09 Na música acorda Pedrinho, um fato curioso em destaque é que ele está dormindo. Sabendo que o garoto gosta muito de dormir, e dorme em média 8h por dia, quantas horas semanalmente Pedrinho dorme? A) 15 horas B) 40 horas C) 56 horas D) 64 horas
  • 86. Intuição – Mary Fernandez A minha intuição não falha É claro que eu não “tava” errada O beijo esfriou, a cama congelou Se eu fui prioridade, hoje em dia eu não sou Sai da minha vida e boa sorte com seu novo amor Vai, me troca Beija outra boca só pra ver que eu sou mais foda Vai, me deixa Deita em outra cama só pra você ter certeza Que eu sou a mulher mais foda do planeta
  • 87. Questão 10 No verso "Que eu sou a mulher mais foda do planeta!", a palavra grifada significa A) errada. B) demais. C) boba. D) ruim.
  • 88. Questão 10 No verso "Que eu sou a mulher mais foda do planeta!", a palavra grifada significa A) errada. B) demais. C) boba. D) ruim.
  • 89. Questão 11 Mary Fernadez com sua intuição percebeu que seu relacionamento acabou e deseja boa sorte ao seu ex pelo um possível novo relacionamento. Afim de reconquistar Mary, o rapaz comprou um buquê de flores que custou R$ 62,00 reais e uma caixa de chocolate que custou R$ 25,00. Ele pagou com uma cédula de R$ 100,00. Quanto ele recebeu de troco? A) R$13,00 B) R$38,00 C) R$75,00 D) R$87,00
  • 90. Questão 11 Mary Fernadez com sua intuição percebeu que seu relacionamento acabou e deseja boa sorte ao seu ex pelo um possível novo relacionamento. Afim de reconquistar Mary, o rapaz comprou um buquê de flores que custou R$ 62,00 reais e uma caixa de chocolate que custou R$ 25,00. Ele pagou com uma cédula de R$ 100,00. Quanto ele recebeu de troco? A) R$13,00 B) R$38,00 C) R$75,00 D) R$87,00
  • 91. Questão 12 No verso "A minha intuição não falha" a palavra grifada pode ser substituída sem perder o sentido por A) amor. B) pressentimento. C) obrigação. D) beijo.
  • 92. Questão 12 No verso "A minha intuição não falha" a palavra grifada pode ser substituída sem perder o sentido por A) amor. B) pressentimento. C) obrigação. D) beijo.
  • 93. Questão 13 No texto, qual trecho abaixo traz ideia de lugar? A) Se eu fui prioridade, hoje em dia eu não sou; B) Beija outra boca só pra ver que eu sou mais foda; C) Deita em outra cama só pra você ter certeza; D) Que eu sou a mulher mais fofa do planeta!
  • 94. Questão 13 No texto, qual trecho abaixo traz ideia de lugar? A) Se eu fui prioridade, hoje em dia eu não sou; B) Beija outra boca só pra ver que eu sou mais foda; C) Deita em outra cama só pra você ter certeza; D) Que eu sou a mulher mais fofa do planeta!
  • 98. SUGESTÃO DE CRONOGRAMA PARA O MÓDULO 04 • Formação Regional 29/09 a 06 de outubro • Formação Municipal 17 a 28 de outubro
  • 99. Aspectos importantes a serem contemplados nas formações  Utilizar metodologias diversas na formação (exposição, discussão orientada, estudo de caso, vivência, estudo em grupo, etc.);  Acolhimento;  Propiciar momentos de compartilhamentos de experiências;  Importância do acompanhamento periódico às escolas, professores e gestores;  Apresentar materiais disponíveis e site do Paic e Coeps (https://www.seduc.ce.gov.br/coeps/);  Reforçar leituras importantes: documentos orientadores, Pareceres, etc. (Gestão da Educação Infantil e Gestão do Ensino Fundamenal);  Agradecimento pela caminhada ao longo do processo formativo.