SlideShare uma empresa Scribd logo

Entendendo o câncer colorretal

Oncoguia
Oncoguia
1 de 20
Baixar para ler offline
Entendendo o câncer colorretal
Entendendo o Câncer Colorretal


www.oncoguia.org.br
O que é o Câncer Colorretal?
 O câncer colorretal é o quinto tipo mais incidente no Brasil, atrás do câncer de
 próstata, mama, colo do útero e pulmão. O câncer de intestino quando detectado
 precocemente, tem grande chance de cura. A maioria dos casos se desenvolve a partir
 de pólipos que crescem na superfície interna do intestino grosso, podendo invadir e se
 espalhar para outros órgãos. A melhor maneira de preveni-lo, é a detecção e
 diagnóstico precoce e a remoção dos pólipos antes que se transformem de fato num
 câncer.

www.oncoguia.org.br
Como se inicia o Câncer Colorretal?
 O câncer colorretal muitas vezes se inicia como um pólipo - tumor benigno na
 superfície interior do cólon. Os dois tipos mais comuns de pólipos intestinais são os
 adenomas e os pólipos hiperplásicos. Eles se desenvolvem quando ocorrem erros na
 maneira como as células crescem e reparam o revestimento do cólon. A maioria dos
 pólipos permanece benigna, mas alguns têm o potencial de se tornarem cancerígenos.
 Removê-los precocemente é importante para prevenir o câncer colorretal.


www.oncoguia.org.br
Fatores de Risco não Controlados
 O risco de câncer colorretal depende da genética e do estilo de vida. Alguns fatores de
 risco não podem ser controlados, como:
     • Idade - a maioria dos pacientes têm mais de 50.
     • Pólipos ou doenças inflamatórias intestinais.
     • Histórico familiar de câncer colorretal.
     • Histórico de câncer de ovário ou de mama.


www.oncoguia.org.br
Fatores de Risco que Podem ser Evitados
 Alguns fatores que aumentam o risco de câncer colorretal podem ser controlados:
    • Dieta rica em carnes vermelhas ou processadas, ou carnes cozidas em altas
       temperaturas.
    • Estar acima do peso (excesso de gordura ao redor da cintura).
    • Praticar poucos exercícios físicos.
    • Tabagismo e alcoolismo.


www.oncoguia.org.br

Recomendados

Câncer colo retal
Câncer colo retalCâncer colo retal
Câncer colo retalkalinine
 
Cancer de Estômago
Cancer de EstômagoCancer de Estômago
Cancer de EstômagoOncoguia
 
Câncer de Mama
Câncer de MamaCâncer de Mama
Câncer de MamaOncoguia
 
Ca colorretal completo
Ca colorretal   completoCa colorretal   completo
Ca colorretal completoPedro Moura
 
Câncer de Ovário
Câncer de OvárioCâncer de Ovário
Câncer de OvárioOncoguia
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Tumores malignos de cólon e reto
Tumores malignos de cólon e retoTumores malignos de cólon e reto
Tumores malignos de cólon e reto
 
Câncer Colorretal
Câncer ColorretalCâncer Colorretal
Câncer Colorretal
 
Prevenção de câncer de colo do útero
Prevenção de câncer de colo do úteroPrevenção de câncer de colo do útero
Prevenção de câncer de colo do útero
 
Câncer de Intestino Delgado
Câncer de Intestino DelgadoCâncer de Intestino Delgado
Câncer de Intestino Delgado
 
Câncer de Estômago
Câncer de EstômagoCâncer de Estômago
Câncer de Estômago
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do Útero
 
Tudo sobre Câncer do Colo do Útero
Tudo sobre Câncer do Colo do ÚteroTudo sobre Câncer do Colo do Útero
Tudo sobre Câncer do Colo do Útero
 
Câncer colorretal
Câncer colorretalCâncer colorretal
Câncer colorretal
 
Conduta no carcinoma microinvasivo do colo uterino lpjn
Conduta no carcinoma microinvasivo do colo uterino   lpjnConduta no carcinoma microinvasivo do colo uterino   lpjn
Conduta no carcinoma microinvasivo do colo uterino lpjn
 
Cancer colorretal 18022013
Cancer colorretal 18022013Cancer colorretal 18022013
Cancer colorretal 18022013
 
Apresentação câncer de estômago
Apresentação câncer de estômagoApresentação câncer de estômago
Apresentação câncer de estômago
 
O Cancro do CóLon e Recto
O Cancro do CóLon e RectoO Cancro do CóLon e Recto
O Cancro do CóLon e Recto
 
cancer de mama
cancer de mamacancer de mama
cancer de mama
 
Câncer gástrico
Câncer gástrico Câncer gástrico
Câncer gástrico
 
PALESTRA SOBRE O CÂNCER DE MAMA - ESCOLAS DE ITAMBÉ-PE (25-10-2013)
PALESTRA SOBRE O CÂNCER DE MAMA - ESCOLAS DE ITAMBÉ-PE (25-10-2013)PALESTRA SOBRE O CÂNCER DE MAMA - ESCOLAS DE ITAMBÉ-PE (25-10-2013)
PALESTRA SOBRE O CÂNCER DE MAMA - ESCOLAS DE ITAMBÉ-PE (25-10-2013)
 
Aula Basica Oncologia
Aula Basica OncologiaAula Basica Oncologia
Aula Basica Oncologia
 
Cancer de colo do utero
Cancer de colo do utero Cancer de colo do utero
Cancer de colo do utero
 
Tumor do colon
Tumor do colonTumor do colon
Tumor do colon
 
Cancer
CancerCancer
Cancer
 
Câncer de mama
Câncer de mamaCâncer de mama
Câncer de mama
 

Destaque

Prevençao do Cancer Colorretal
Prevençao do Cancer ColorretalPrevençao do Cancer Colorretal
Prevençao do Cancer ColorretalOncoguia
 
Câncer de ânus
Câncer de ânusCâncer de ânus
Câncer de ânusElís Souza
 
O cancro do cólon e recto
O cancro do cólon e rectoO cancro do cólon e recto
O cancro do cólon e rectoOncologia
 
Cáncer Intestino Delgado
Cáncer Intestino Delgado  Cáncer Intestino Delgado
Cáncer Intestino Delgado Adria Rivas
 
Ficha nutrientes
Ficha nutrientesFicha nutrientes
Ficha nutrientesanokascris
 
Neoplasias primárias múltiplas
Neoplasias primárias múltiplasNeoplasias primárias múltiplas
Neoplasias primárias múltiplasNadine Sousa
 
Planejamento hsp campanha ama - ano da mastologia
Planejamento hsp   campanha ama - ano da mastologiaPlanejamento hsp   campanha ama - ano da mastologia
Planejamento hsp campanha ama - ano da mastologiaCampspaula
 
Protocolo de Colon
Protocolo de ColonProtocolo de Colon
Protocolo de Colonguest77650f
 
LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...
LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...
LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...Thiago Soares
 
Cirurgia da Obesidade Morbida
Cirurgia da Obesidade MorbidaCirurgia da Obesidade Morbida
Cirurgia da Obesidade MorbidaAdriana Rickli
 

Destaque (20)

Cancro colo rectal
Cancro colo rectal Cancro colo rectal
Cancro colo rectal
 
Prevençao do Cancer Colorretal
Prevençao do Cancer ColorretalPrevençao do Cancer Colorretal
Prevençao do Cancer Colorretal
 
Câncer de ânus
Câncer de ânusCâncer de ânus
Câncer de ânus
 
Cancro da mama final
Cancro da mama finalCancro da mama final
Cancro da mama final
 
O cancro do cólon e recto
O cancro do cólon e rectoO cancro do cólon e recto
O cancro do cólon e recto
 
Cáncer Intestino Delgado
Cáncer Intestino Delgado  Cáncer Intestino Delgado
Cáncer Intestino Delgado
 
Cancer de colon
Cancer de colonCancer de colon
Cancer de colon
 
câncer
câncercâncer
câncer
 
Cancer colo-rectal 2012
Cancer colo-rectal  2012Cancer colo-rectal  2012
Cancer colo-rectal 2012
 
Cáncer de Colon
Cáncer de ColonCáncer de Colon
Cáncer de Colon
 
Ficha nutrientes
Ficha nutrientesFicha nutrientes
Ficha nutrientes
 
Neoplasias primárias múltiplas
Neoplasias primárias múltiplasNeoplasias primárias múltiplas
Neoplasias primárias múltiplas
 
A vida é uma escola
A vida é uma escolaA vida é uma escola
A vida é uma escola
 
Planejamento hsp campanha ama - ano da mastologia
Planejamento hsp   campanha ama - ano da mastologiaPlanejamento hsp   campanha ama - ano da mastologia
Planejamento hsp campanha ama - ano da mastologia
 
Protocolo de Colon
Protocolo de ColonProtocolo de Colon
Protocolo de Colon
 
LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...
LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...
LAGECAD - Liga Acadêmica de Gastroenterologia e Cirurgia do Aparelho Digestiv...
 
Digestão no Intestino Delgado
Digestão no Intestino DelgadoDigestão no Intestino Delgado
Digestão no Intestino Delgado
 
12. tumores de intestino delgado
12.  tumores de intestino delgado12.  tumores de intestino delgado
12. tumores de intestino delgado
 
Trabalho neoplasia
Trabalho neoplasiaTrabalho neoplasia
Trabalho neoplasia
 
Cirurgia da Obesidade Morbida
Cirurgia da Obesidade MorbidaCirurgia da Obesidade Morbida
Cirurgia da Obesidade Morbida
 

Semelhante a Entendendo o câncer colorretal

O que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalO que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalTookmed
 
Câncer de Bexiga
Câncer de BexigaCâncer de Bexiga
Câncer de BexigaOncoguia
 
AULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptxAULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptxJessicaRamos80226
 
Câncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarCâncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarOncoguia
 
Saiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de FígadoSaiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de FígadoOncoguia
 
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptxAULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptxVanessaAlvesDeSouza4
 
Câncer de Via Biliar
Câncer de Via BiliarCâncer de Via Biliar
Câncer de Via BiliarOncoguia
 
Câncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasCâncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasOncoguia
 
Cancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretalCancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretalFisioterapeuta
 
Tumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide GastrointestinalTumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide GastrointestinalOncoguia
 
Cancro da próstata
Cancro da próstataCancro da próstata
Cancro da próstataDiogo Alves
 
Sarcoma Uterino
Sarcoma UterinoSarcoma Uterino
Sarcoma UterinoOncoguia
 
O cancro powerpoint
O cancro powerpointO cancro powerpoint
O cancro powerpointboaera
 
Rabdomiossarcoma
RabdomiossarcomaRabdomiossarcoma
RabdomiossarcomaOncoguia
 
Dia mundial da luta contra o cancro
Dia mundial da luta contra o cancroDia mundial da luta contra o cancro
Dia mundial da luta contra o cancropief2
 
Câncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / MamaCâncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / MamaAndressa Macena
 

Semelhante a Entendendo o câncer colorretal (20)

O que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalO que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretal
 
Câncer de Bexiga
Câncer de BexigaCâncer de Bexiga
Câncer de Bexiga
 
AULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptxAULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptx
 
Câncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarCâncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliar
 
Saiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de FígadoSaiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de Fígado
 
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptxAULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
 
Câncer de Via Biliar
Câncer de Via BiliarCâncer de Via Biliar
Câncer de Via Biliar
 
Câncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasCâncer de Pâncreas
Câncer de Pâncreas
 
Cancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretalCancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretal
 
Tumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide GastrointestinalTumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide Gastrointestinal
 
Câncer de intestino laeo (3)
Câncer de intestino   laeo (3)Câncer de intestino   laeo (3)
Câncer de intestino laeo (3)
 
Cancro da próstata
Cancro da próstataCancro da próstata
Cancro da próstata
 
Cancer de Mama
Cancer de MamaCancer de Mama
Cancer de Mama
 
Sarcoma Uterino
Sarcoma UterinoSarcoma Uterino
Sarcoma Uterino
 
O cancro powerpoint
O cancro powerpointO cancro powerpoint
O cancro powerpoint
 
Cancro da mama
Cancro da mamaCancro da mama
Cancro da mama
 
Rabdomiossarcoma
RabdomiossarcomaRabdomiossarcoma
Rabdomiossarcoma
 
Dia mundial da luta contra o cancro
Dia mundial da luta contra o cancroDia mundial da luta contra o cancro
Dia mundial da luta contra o cancro
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
 
Câncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / MamaCâncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / Mama
 

Mais de Oncoguia

Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveFeelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveOncoguia
 
Insights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupInsights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupOncoguia
 
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Oncoguia
 
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaPesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaOncoguia
 
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasPercepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasOncoguia
 
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Oncoguia
 
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresImpactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresOncoguia
 
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasCosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasOncoguia
 
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Oncoguia
 
Por uma oncologia mais atual e justa
 Por uma oncologia mais atual e justa Por uma oncologia mais atual e justa
Por uma oncologia mais atual e justaOncoguia
 
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerPercepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerOncoguia
 
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfDatafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfOncoguia
 
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecComo contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecOncoguia
 
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Oncoguia
 
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamStudy of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamOncoguia
 
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...Oncoguia
 
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Oncoguia
 
Cancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCCancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCOncoguia
 
Como contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da ConitecComo contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da ConitecOncoguia
 
Carta de Prioridades sobre Câncer de Rim
Carta de Prioridades sobre Câncer de RimCarta de Prioridades sobre Câncer de Rim
Carta de Prioridades sobre Câncer de RimOncoguia
 

Mais de Oncoguia (20)

Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' PerspectiveFeelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
Feelings about Radiotherapy: the Brazilian Cancer Patients' Perspective
 
Insights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient GroupInsights from a Brazilian Patient Group
Insights from a Brazilian Patient Group
 
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
Return to work after breast cancer: disparities among patients treated in pub...
 
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favelaPesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
Pesquisas do Oncoguia mostra visão sobre câncer por quem mora na favela
 
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileirasPercepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
Percepções e prioridades do câncer nas favelas brasileiras
 
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
Consultas Públicas do SUS / Paciente oncológico: informe-se e participe!
 
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadoresImpactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
Impactos do Câncer na vida dos familiares cuidadores
 
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicasCosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
Cosaúde e o processo de incorporação de tecnologias oncológicas
 
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
Relatório de atividades do Instituto Oncoguia / 2021
 
Por uma oncologia mais atual e justa
 Por uma oncologia mais atual e justa Por uma oncologia mais atual e justa
Por uma oncologia mais atual e justa
 
Percepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncerPercepções da população brasileira sobre o câncer
Percepções da população brasileira sobre o câncer
 
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdfDatafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
Datafolha_Oncoguia_PercepcoesSobreOCancer .pdf
 
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da ConitecComo contribuir em Consulta Pública da Conitec
Como contribuir em Consulta Pública da Conitec
 
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
Contribuição Oncoguia com a ATS na SS - 03.2022
 
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health teamStudy of cancer patient's communication of pain to the health team
Study of cancer patient's communication of pain to the health team
 
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
How can we help: The needs of those seeking breast cancer information and sup...
 
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
Caring for colorectal cancer patients: the perspective of informal caregivers...
 
Cancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNCCancer de fígado - ILNC
Cancer de fígado - ILNC
 
Como contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da ConitecComo contribuir em consulta pública da Conitec
Como contribuir em consulta pública da Conitec
 
Carta de Prioridades sobre Câncer de Rim
Carta de Prioridades sobre Câncer de RimCarta de Prioridades sobre Câncer de Rim
Carta de Prioridades sobre Câncer de Rim
 

Último

DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...
DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...
DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...bibygmachadodesouza
 
NR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdf
NR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdfNR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdf
NR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdfMariadeFtimaUchoas
 
Guia de Vigilância em Saúde 6 ed. vol.1
Guia de Vigilância em  Saúde 6 ed. vol.1Guia de Vigilância em  Saúde 6 ed. vol.1
Guia de Vigilância em Saúde 6 ed. vol.1MarciaFigueiredodeSo
 
Segurança com Explosivos na Mineração.ppt
Segurança com Explosivos na Mineração.pptSegurança com Explosivos na Mineração.ppt
Segurança com Explosivos na Mineração.pptRodineiGoncalves
 
FARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdf
FARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdfFARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdf
FARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdfnilsonmarques9
 

Último (6)

DH ASSESSORIA ACADEMICA 202444 (33).pdf
DH ASSESSORIA ACADEMICA  202444 (33).pdfDH ASSESSORIA ACADEMICA  202444 (33).pdf
DH ASSESSORIA ACADEMICA 202444 (33).pdf
 
DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...
DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...
DESCUBRA O SEGREDOE PARE DE VEZ DE FUMAR...
 
NR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdf
NR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdfNR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdf
NR-10-RECICLAGEM-de-Eletricidade-Basica-pptx.pdf
 
Guia de Vigilância em Saúde 6 ed. vol.1
Guia de Vigilância em  Saúde 6 ed. vol.1Guia de Vigilância em  Saúde 6 ed. vol.1
Guia de Vigilância em Saúde 6 ed. vol.1
 
Segurança com Explosivos na Mineração.ppt
Segurança com Explosivos na Mineração.pptSegurança com Explosivos na Mineração.ppt
Segurança com Explosivos na Mineração.ppt
 
FARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdf
FARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdfFARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdf
FARMACOLOGIA DA DOR E INFLAMAÇÃO PT1.pdf
 

Entendendo o câncer colorretal

  • 2. Entendendo o Câncer Colorretal www.oncoguia.org.br
  • 3. O que é o Câncer Colorretal? O câncer colorretal é o quinto tipo mais incidente no Brasil, atrás do câncer de próstata, mama, colo do útero e pulmão. O câncer de intestino quando detectado precocemente, tem grande chance de cura. A maioria dos casos se desenvolve a partir de pólipos que crescem na superfície interna do intestino grosso, podendo invadir e se espalhar para outros órgãos. A melhor maneira de preveni-lo, é a detecção e diagnóstico precoce e a remoção dos pólipos antes que se transformem de fato num câncer. www.oncoguia.org.br
  • 4. Como se inicia o Câncer Colorretal? O câncer colorretal muitas vezes se inicia como um pólipo - tumor benigno na superfície interior do cólon. Os dois tipos mais comuns de pólipos intestinais são os adenomas e os pólipos hiperplásicos. Eles se desenvolvem quando ocorrem erros na maneira como as células crescem e reparam o revestimento do cólon. A maioria dos pólipos permanece benigna, mas alguns têm o potencial de se tornarem cancerígenos. Removê-los precocemente é importante para prevenir o câncer colorretal. www.oncoguia.org.br
  • 5. Fatores de Risco não Controlados O risco de câncer colorretal depende da genética e do estilo de vida. Alguns fatores de risco não podem ser controlados, como: • Idade - a maioria dos pacientes têm mais de 50. • Pólipos ou doenças inflamatórias intestinais. • Histórico familiar de câncer colorretal. • Histórico de câncer de ovário ou de mama. www.oncoguia.org.br
  • 6. Fatores de Risco que Podem ser Evitados Alguns fatores que aumentam o risco de câncer colorretal podem ser controlados: • Dieta rica em carnes vermelhas ou processadas, ou carnes cozidas em altas temperaturas. • Estar acima do peso (excesso de gordura ao redor da cintura). • Praticar poucos exercícios físicos. • Tabagismo e alcoolismo. www.oncoguia.org.br
  • 7. Sinais de Alerta do Câncer Colorretal Geralmente, não há sinais de alerta específicos para o câncer colorretal. Por esta razão, é importante fazer o rastreamento. A detecção precoce da doença significa que ela pode ser curada. No entanto, conforme a doença progride, os pacientes podem observar sangue nas fezes, dor abdominal, alteração do hábito intestinal (prisão de ventre ou diarreia), perda de peso inexplicada ou fadiga. Quando esses sintomas estão presentes, geralmente os tumores já têm um tamanho considerável e são mais difíceis de tratar. É importante lembrar que esses sintomas podem ser de outras doenças que não câncer, por isso frente a seu aparecimento consulte imediatamente um médico. www.oncoguia.org.br
  • 8. Rastreamento do Câncer Colorretal Como o câncer colorretal é silencioso, o rastreamento é importante para a detecção precoce da doença. O rastreamento é recomendado a partir dos 50 anos e deve ser repetido a cada 10 anos. É realizada uma colonoscopia, procedimento que utiliza um tubo flexível com uma câmera na extremidade para examinar todo o cólon e reto. A colonoscopia não só encontra tumores precocemente, como pode realmente prevenir o câncer colorretal pela possibilidade de remoção de pólipos durante o exame. www.oncoguia.org.br
  • 9. Colonoscopia Virtual É um exame alternativo à colonoscopia, que utiliza imagens de tomografia computadorizada para construir imagens bidimensionais e tridimensionais do interior do cólon e do reto, permitindo a localização de pólipos e outras anormalidades. Este exame é útil para pessoas que não querem fazer exames invasivos como a colonoscopia e pode ser realizado rapidamente sem qualquer sedação. A principal desvantagem desta técnica é que, se pólipos ou outras áreas suspeitas forem visualizadas, será necessária a realização da colonoscopia para remoção dos pólipos e melhor visualização das áreas suspeitas. www.oncoguia.org.br
  • 10. Raios X do Cólon (Série Gastrointestinal Inferior) Este exame é realizado utilizando o contraste bário, que cobre o revestimento do intestino delgado, do cólon e do reto. Como os raios X não atravessam o bário, é possível delinear quaisquer anormalidades no revestimento destes órgãos. Assim como na colonoscopia virtual, qualquer anormalidade que seja detectada nos raios X será necessária a realização da colonoscopia para remoção dos pólipos e melhor visualização das áreas suspeitas. www.oncoguia.org.br
  • 11. Diagnóstico do Câncer Colorretal Se os exames realizados sugerirem a presença de um tumor, o próximo passo é a biópsia, para confirmação diagnóstica e estadiamento da doença. Durante a colonoscopia, serão retirados os pólipos e amostras de tecidos suspeitos que se encontrem em qualquer parte do cólon. A amostra removida durante a biópsia é analisada por um patologista, médico especializado na interpretação de exames laboratoriais e avaliação de células, tecidos e órgãos para diagnosticar a doença. Se células cancerosas estão presentes, o patologista determinará o tipo de câncer de intestino a que corresponde. www.oncoguia.org.br
  • 12. Estadiamento do Câncer Colorretal O estadiamento descreve aspectos do tumor, como localização, se disseminou, e se está afetando as funções de outros órgãos do corpo. Conhecer o estágio da doença ajuda na definição do tipo de tratamento a ser realizado e a prever o prognóstico do paciente. • Estágio 0 - A doença está localizada apenas na parte interna do cólon ou do reto • Estágio I - O câncer não se espalhou para além da parede interna do cólon ou do reto. Estágio II - O tumor cresceu dentro da parte interna do cólon ou reto, mas não atravessou a parede do intestino. • Estágio III - O tumor se disseminou para um ou mais linfonodos próximos. • Estágio IV - O tumor se disseminou para outras partes do corpo, como fígado, pulmão ou ossos. www.oncoguia.org.br
  • 13. Estadiamento e Taxa de Sobrevida As perspectivas da recuperação do paciente dependem do estadiamento da doença. A taxa de sobrevisa de cinco anos está relacionada ao percentual de pacientes que vivem pelo menos cinco anos após o diagnóstico. O estágio I tem uma taxa de 74% de sobrevida em cinco anos, enquanto o estágio IV tem uma taxa de sobrevida em cinco anos de 6%. O diagnóstico precoce e o estágio inicial da doença são muito importantes e determinam um bom prognóstico ao paciente. www.oncoguia.org.br
  • 14. Cirurgia do Câncer Colorretal O tratamento usual do câncer colorretal é a cirurgia para retirada do tumor e tecidos adjacentes. No caso de tumores grandes, pode ser necessário retirar uma seção inteira do cólon ou do reto. Para tumores em estágio inicial a cirurgia tem uma taxa de cura muito elevada. Se a doença se espalhou para o fígado, pulmões ou outros órgãos, a cirurgia não oferece uma chance de cura, mas a retirada dos tumores, quando possível, pode diminuir os sintomas. www.oncoguia.org.br
  • 15. Tratamento do Câncer Colorretal Avançado Quando a doença se disseminou para um ou mais nódulos linfáticos (estágio III), pode, em alguns casos, ainda ser curada. O tratamento geralmente envolve uma combinação de cirurgia, radioterapia e quimioterapia. Em casos de recidiva após o tratamento inicial ou disseminação para outros órgãos, se torna mais difícil obter a cura. Mas, ainda assim a radioterapia e a quimioterapia podem aliviar os sintomas e ajudar os pacientes a viverem melhor. www.oncoguia.org.br
  • 16. Gerenciando a Quimioterapia Muito tempo já se passou desde a época em que as náuseas e os vômitos eram efeitos colaterais inevitáveis da quimioterapia. As drogas utilizadas atualmente causam menos efeitos colaterais que no passado, além de já existirem disponíveis no mercado medicações para ajudar a prevenir esses efeitos tão desagradáveis. Os protocolos clínicos continuam a testar novos medicamentos que sejam mais eficazes e toleráveis​​. www.oncoguia.org.br
  • 17. Ablação por Radiofrequência A ablação por radiofrequência utiliza calor para destruir os tumores. Guiado por uma tomografia computadorizada, o médico insere um dispositivo em forma de agulha que libera calor diretamente no tumor e áreas adjacentes. Esta técnica é uma alternativa para os tumores que não podem ser retirados cirurgicamente. Em pacientes com metástases hepáticas que não podem ser removidas por cirurgia, a quimioterapia é às vezes combinada com a abalção por radiofrequência para a destruição dos tumores. www.oncoguia.org.br
  • 18. Prevenção do Câncer Colorretal e Dieta Existem algumas atitudes que você pode adotar para reduzir drasticamente suas chances de desenvolver câncer colorretal. Os pesquisadores estimam que ter uma dieta saudádel, fazer exercícios físicos e controlar a gordura corporal poderia evitar em 45% os casos de câncer colorretal. Recomenda-se uma dieta com baixo teor de gordura, que inclua muita fibra e pelo menos cinco porções de frutas e vegetais por dia. www.oncoguia.org.br
  • 19. Prevenção do Câncer e Exercícios Físicos A atividade física parece ser uma arma poderosa na defesa contra o câncer colorretal. Um estudo recente mostrou que as pessoas mais ativas são 24% menos propensas a ter um câncer do que as pessoas menos ativas. Independente da atividade física estar ligada ao trabalho ou ao lazer. Recomenda-se a prática de alguma atividade física cinco ou mais dias por semana, durante pelo menos 30 minutos por dia. www.oncoguia.org.br