SlideShare uma empresa Scribd logo

Cancro da próstata

Tive boa nota.

1 de 14
Baixar para ler offline
Trabalho realizado por: 
 Diogo Alves- 11ºC nº6 
 Ricardo Matos – 11ºC nº15 
Escola Secundária da Mealhada 
No âmbito da disciplina Biologia e Geologia 
Ano letivo:20142015
INTRODUÇÃO 
• Escolhemos o tema IV: diferenciação e erros: cancro, mais especificamente o 
cancro da Próstata, por este ser um cancro que afeta mais de 5000 Homens por 
ano só em Portugal. 
• Além disso, desejamos conhecer um pouco mais sobre este tema, como se 
desenvolve e afeta o ser humano.
A PRÓSTATA 
• Glândula do sistema genital masculino que se localiza próxima da bexiga. 
• Tem como função a secreção do fluido prostático, que faz parte do esperma e que 
ajuda a proteger e nutrir os espermatozoides. 
• É também responsável pela produção do antigénio específico da próstata (PSA) – 
uma enzima coagulase importante, sintetizada quase exclusivamente na próstata, e 
que torna o sémen líquido. 
Imagem 2 –A próstata 
Imagem1- Localização da próstata
O QUE É UM CANCRO? 
• O cancro resulta de uma produção descontrolada de células que não sofreram 
diferenciação, devido a causas naturais ou causas externas como a radiação e o 
tabaco. 
• https://www.youtube.com/watch?v=IOWzwZUfesk#t=8 
Imagem 4- imagem do Cancro da próstata em 
computador
O CANCRO DA PRÓSTATA 
É o mais comum nos homens com mais de 50 anos. 
O cancro pode ser latente ou agressivo. 
Para crescer e se disseminar, o cancro da próstata tem que ser estimulado por 
substâncias químicas presentes no organismo que se designam por androgénios, 
como por exemplo a testosterona. 
Numa fase inicial do cancro é possível trata-lo através de medicamentos com o 
objetivo de inibir a produção de androgénios. 
Imagem 5 - Os cancros mais frequentes
• Mas as glândulas suprarrenais e o próprio tumor 
têm a capacidade de produzir estas substancias 
químicas, tornando assim o medicamento 
ineficaz. 
• O cancro da próstata que progride define-se 
como cancro da próstata resistente à castração 
(CRPC). 
Imagem 6- Produção de androgénios

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Oncoguia
 
Tudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataTudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataOncoguia
 
Câncer de Pênis
Câncer de PênisCâncer de Pênis
Câncer de PênisOncoguia
 
Câncer de Bexiga
Câncer de BexigaCâncer de Bexiga
Câncer de BexigaOncoguia
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostataDCRDANYLA
 
Cancer de-prostata
Cancer de-prostataCancer de-prostata
Cancer de-prostataEdna Luiza
 
Miomatose Uterina
Miomatose UterinaMiomatose Uterina
Miomatose Uterinabubuzinhapj
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroOncoguia
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstataAmália Beims
 
Folder: Câncer de útero
Folder: Câncer de úteroFolder: Câncer de útero
Folder: Câncer de úteroLuana Dias
 
Câncer de pênis
Câncer de pênis  Câncer de pênis
Câncer de pênis MariliaLayse
 
Prevenção Primária
Prevenção PrimáriaPrevenção Primária
Prevenção PrimáriaOncoguia
 
Câncer de Rim
Câncer de RimCâncer de Rim
Câncer de RimOncoguia
 

Mais procurados (20)

Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
Novembro Azul: Faça parte desse movimento!
 
Prostata
ProstataProstata
Prostata
 
Tudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataTudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de Próstata
 
Câncer de Pênis
Câncer de PênisCâncer de Pênis
Câncer de Pênis
 
Câncer de Bexiga
Câncer de BexigaCâncer de Bexiga
Câncer de Bexiga
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
 
Novembro azul (3)
Novembro azul (3)Novembro azul (3)
Novembro azul (3)
 
Prostata
ProstataProstata
Prostata
 
Cancer de-prostata
Cancer de-prostataCancer de-prostata
Cancer de-prostata
 
Melanoma Maligno
Melanoma MalignoMelanoma Maligno
Melanoma Maligno
 
Cancer
CancerCancer
Cancer
 
App PISC4-Cancer Prostata
App PISC4-Cancer ProstataApp PISC4-Cancer Prostata
App PISC4-Cancer Prostata
 
Miomatose Uterina
Miomatose UterinaMiomatose Uterina
Miomatose Uterina
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do Útero
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Folder: Câncer de útero
Folder: Câncer de úteroFolder: Câncer de útero
Folder: Câncer de útero
 
Câncer de pênis
Câncer de pênis  Câncer de pênis
Câncer de pênis
 
Tumores do estômago
Tumores do estômagoTumores do estômago
Tumores do estômago
 
Prevenção Primária
Prevenção PrimáriaPrevenção Primária
Prevenção Primária
 
Câncer de Rim
Câncer de RimCâncer de Rim
Câncer de Rim
 

Destaque (20)

CÂNCER DE PRÓSTATA
CÂNCER DE PRÓSTATACÂNCER DE PRÓSTATA
CÂNCER DE PRÓSTATA
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
 
Cáncer de Próstata
Cáncer de PróstataCáncer de Próstata
Cáncer de Próstata
 
Cáncer de prostata
Cáncer de prostataCáncer de prostata
Cáncer de prostata
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Sobrafo 2009 cancer de prostata - carlos f pinto
Sobrafo 2009   cancer de prostata - carlos f pintoSobrafo 2009   cancer de prostata - carlos f pinto
Sobrafo 2009 cancer de prostata - carlos f pinto
 
Saúde do homem e câncer de próstata
Saúde do homem e câncer de próstataSaúde do homem e câncer de próstata
Saúde do homem e câncer de próstata
 
Cáncer de próstata
Cáncer de próstataCáncer de próstata
Cáncer de próstata
 
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
Cáncer de próstata
Cáncer de próstataCáncer de próstata
Cáncer de próstata
 
Tumores da próstata
Tumores da próstataTumores da próstata
Tumores da próstata
 
Glaucoma expo
Glaucoma expoGlaucoma expo
Glaucoma expo
 
Cancer de prostata
Cancer de prostataCancer de prostata
Cancer de prostata
 
Cancer da prostata
Cancer da prostataCancer da prostata
Cancer da prostata
 
Glaucoma
GlaucomaGlaucoma
Glaucoma
 
Glaucoma primário de ângulo fechado - Oftalmologia - CEPOA - Dr. Michel Bitte...
Glaucoma primário de ângulo fechado - Oftalmologia - CEPOA - Dr. Michel Bitte...Glaucoma primário de ângulo fechado - Oftalmologia - CEPOA - Dr. Michel Bitte...
Glaucoma primário de ângulo fechado - Oftalmologia - CEPOA - Dr. Michel Bitte...
 
Glaucoma
GlaucomaGlaucoma
Glaucoma
 
Diretrizes SBU - Câncer de Próstata
Diretrizes SBU - Câncer de PróstataDiretrizes SBU - Câncer de Próstata
Diretrizes SBU - Câncer de Próstata
 
Diabetes e glaucoma hiperdia
Diabetes e glaucoma  hiperdiaDiabetes e glaucoma  hiperdia
Diabetes e glaucoma hiperdia
 
Saúde do Homem
Saúde do HomemSaúde do Homem
Saúde do Homem
 

Semelhante a Cancro da próstata

Neoplasia de próstata 25.04.pdf
Neoplasia de próstata 25.04.pdfNeoplasia de próstata 25.04.pdf
Neoplasia de próstata 25.04.pdfValeria146201
 
Apresentação-cancer de prostata.pptx
Apresentação-cancer de prostata.pptxApresentação-cancer de prostata.pptx
Apresentação-cancer de prostata.pptxMayaraKaroliny1
 
antonio inacio ferraz-câncer de prostata
antonio inacio ferraz-câncer de prostataantonio inacio ferraz-câncer de prostata
antonio inacio ferraz-câncer de prostataANTONIO INACIO FERRAZ
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azulraquel400
 
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptxApresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptxCristian Briet
 
Entendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretalEntendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretalOncoguia
 
Câncer de Ovário
Câncer de OvárioCâncer de Ovário
Câncer de OvárioOncoguia
 
O que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalO que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalTookmed
 
Previna o cancer de prostata
Previna o cancer de prostataPrevina o cancer de prostata
Previna o cancer de prostataCLESIOANDRADE
 
Câncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarCâncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarOncoguia
 
Câncer de Glândula Suprarrenal
Câncer de Glândula SuprarrenalCâncer de Glândula Suprarrenal
Câncer de Glândula SuprarrenalOncoguia
 
Tecnologias educacionais para o ensino de ciências e
Tecnologias educacionais para o ensino de ciências eTecnologias educacionais para o ensino de ciências e
Tecnologias educacionais para o ensino de ciências eadriana
 
Câncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / MamaCâncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / MamaAndressa Macena
 

Semelhante a Cancro da próstata (20)

Neoplasia de próstata 25.04.pdf
Neoplasia de próstata 25.04.pdfNeoplasia de próstata 25.04.pdf
Neoplasia de próstata 25.04.pdf
 
Trabalho de biologia
Trabalho de biologiaTrabalho de biologia
Trabalho de biologia
 
Apresentação-cancer de prostata.pptx
Apresentação-cancer de prostata.pptxApresentação-cancer de prostata.pptx
Apresentação-cancer de prostata.pptx
 
antonio inacio ferraz-câncer de prostata
antonio inacio ferraz-câncer de prostataantonio inacio ferraz-câncer de prostata
antonio inacio ferraz-câncer de prostata
 
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
Novembro azul
Novembro azulNovembro azul
Novembro azul
 
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptxApresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
 
Entendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretalEntendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretal
 
NOVEMBRO AZUL.pptx
NOVEMBRO AZUL.pptxNOVEMBRO AZUL.pptx
NOVEMBRO AZUL.pptx
 
Câncer de Ovário
Câncer de OvárioCâncer de Ovário
Câncer de Ovário
 
O que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalO que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretal
 
SAÚDE DO HOMEM.pptx
SAÚDE DO HOMEM.pptxSAÚDE DO HOMEM.pptx
SAÚDE DO HOMEM.pptx
 
novembro azul.pptx
novembro azul.pptxnovembro azul.pptx
novembro azul.pptx
 
outubro-rosa 1.pptx
outubro-rosa 1.pptxoutubro-rosa 1.pptx
outubro-rosa 1.pptx
 
Previna o cancer de prostata
Previna o cancer de prostataPrevina o cancer de prostata
Previna o cancer de prostata
 
Câncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarCâncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliar
 
Trab. cancro
Trab. cancroTrab. cancro
Trab. cancro
 
Câncer de Glândula Suprarrenal
Câncer de Glândula SuprarrenalCâncer de Glândula Suprarrenal
Câncer de Glândula Suprarrenal
 
Tecnologias educacionais para o ensino de ciências e
Tecnologias educacionais para o ensino de ciências eTecnologias educacionais para o ensino de ciências e
Tecnologias educacionais para o ensino de ciências e
 
Câncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / MamaCâncer Útero / Próstata / Mama
Câncer Útero / Próstata / Mama
 

Mais de Diogo Alves

A helping habitat for bumblebee
A helping habitat  for bumblebeeA helping habitat  for bumblebee
A helping habitat for bumblebeeDiogo Alves
 
Biofísica do olho humano
Biofísica do olho humanoBiofísica do olho humano
Biofísica do olho humanoDiogo Alves
 
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºanoCrescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºanoDiogo Alves
 
People who fought for freedom
People who fought for freedomPeople who fought for freedom
People who fought for freedomDiogo Alves
 
A Importancia da água
A Importancia da águaA Importancia da água
A Importancia da águaDiogo Alves
 
Animais de circo
Animais de circoAnimais de circo
Animais de circoDiogo Alves
 
Trabalho tabela periodica
Trabalho   tabela periodicaTrabalho   tabela periodica
Trabalho tabela periodicaDiogo Alves
 
Preservação do Património natural
Preservação do Património naturalPreservação do Património natural
Preservação do Património naturalDiogo Alves
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade culturalDiogo Alves
 
Grandezas eléctricas
Grandezas eléctricasGrandezas eléctricas
Grandezas eléctricasDiogo Alves
 
Censura em Portugal
Censura em PortugalCensura em Portugal
Censura em PortugalDiogo Alves
 

Mais de Diogo Alves (13)

A helping habitat for bumblebee
A helping habitat  for bumblebeeA helping habitat  for bumblebee
A helping habitat for bumblebee
 
Biofísica do olho humano
Biofísica do olho humanoBiofísica do olho humano
Biofísica do olho humano
 
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºanoCrescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
 
People who fought for freedom
People who fought for freedomPeople who fought for freedom
People who fought for freedom
 
A Importancia da água
A Importancia da águaA Importancia da água
A Importancia da água
 
Animais de circo
Animais de circoAnimais de circo
Animais de circo
 
Trabalho tabela periodica
Trabalho   tabela periodicaTrabalho   tabela periodica
Trabalho tabela periodica
 
Preservação do Património natural
Preservação do Património naturalPreservação do Património natural
Preservação do Património natural
 
Rodoviária
RodoviáriaRodoviária
Rodoviária
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
Grandezas eléctricas
Grandezas eléctricasGrandezas eléctricas
Grandezas eléctricas
 
Censura em Portugal
Censura em PortugalCensura em Portugal
Censura em Portugal
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
 

Último

3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 

Último (20)

3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 

Cancro da próstata

  • 1. Trabalho realizado por:  Diogo Alves- 11ºC nº6  Ricardo Matos – 11ºC nº15 Escola Secundária da Mealhada No âmbito da disciplina Biologia e Geologia Ano letivo:20142015
  • 2. INTRODUÇÃO • Escolhemos o tema IV: diferenciação e erros: cancro, mais especificamente o cancro da Próstata, por este ser um cancro que afeta mais de 5000 Homens por ano só em Portugal. • Além disso, desejamos conhecer um pouco mais sobre este tema, como se desenvolve e afeta o ser humano.
  • 3. A PRÓSTATA • Glândula do sistema genital masculino que se localiza próxima da bexiga. • Tem como função a secreção do fluido prostático, que faz parte do esperma e que ajuda a proteger e nutrir os espermatozoides. • É também responsável pela produção do antigénio específico da próstata (PSA) – uma enzima coagulase importante, sintetizada quase exclusivamente na próstata, e que torna o sémen líquido. Imagem 2 –A próstata Imagem1- Localização da próstata
  • 4. O QUE É UM CANCRO? • O cancro resulta de uma produção descontrolada de células que não sofreram diferenciação, devido a causas naturais ou causas externas como a radiação e o tabaco. • https://www.youtube.com/watch?v=IOWzwZUfesk#t=8 Imagem 4- imagem do Cancro da próstata em computador
  • 5. O CANCRO DA PRÓSTATA É o mais comum nos homens com mais de 50 anos. O cancro pode ser latente ou agressivo. Para crescer e se disseminar, o cancro da próstata tem que ser estimulado por substâncias químicas presentes no organismo que se designam por androgénios, como por exemplo a testosterona. Numa fase inicial do cancro é possível trata-lo através de medicamentos com o objetivo de inibir a produção de androgénios. Imagem 5 - Os cancros mais frequentes
  • 6. • Mas as glândulas suprarrenais e o próprio tumor têm a capacidade de produzir estas substancias químicas, tornando assim o medicamento ineficaz. • O cancro da próstata que progride define-se como cancro da próstata resistente à castração (CRPC). Imagem 6- Produção de androgénios
  • 7. FATORES DE RISCO Imagem 7 – Alteração na próstata Idade: a idade é o fator de risco mais importante para o cancro da próstata. A probabilidade de o ter aumenta progressivamente com a idade. História familiar: Se um pai ou avô tiver a doença, há maior probabilidade de ter cancro da próstata. Etnia: O cancro tem maior incidência nos homens de etnia africana do que nos homens de etnia caucasiana Alterações na próstata: como apresentar células Neoplásicas intra-epiteliais, ( PIN ) de grau elevado, pode aumentar o risco de cancro da próstata.
  • 8. SINTOMAS • Primeiros sintomas:  Dificuldade em urinar Noctúria (necessidade de acordar durante a noite para urinar); Dor ao urinar ou ejacular; Hematúria (sangue na urina). • O cancro da próstata avançado que se tenha espalhado para os gânglios linfáticos ou metastizado para outras partes do corpo pode produzir sintomas adicionais, como: Impotência (incapacidade em obter ou manter uma ereção); Cansaço; Sensação geral de desconforto; Perda de apetite (anorexia) ou perda de peso.
  • 9. DIAGNÓSTICO • O cancro de próstata é frequentemente descoberto através de exame físico, toque retal, ou por monitorização de análises ao sangue, como a análise do "PSA" (sigla em inglês para antígeno prostático específico). • Os principais exames físicos são: • Ecografia trans-rectal: • Cistoscopia • Biópsia Imagem 8 - Biopsia á Próstata
  • 10. DIAGNÓSTICO- ESCALA DE GLEASON • Utiliza-se esta escala para se estimar o grau de agressividade do cancro da próstata. A escala de Gleason classifica as células cancerígenas em graus: -Graus de 2 a 6* indicam uma baixa agressividade das células cancerígenas. -Grau 7 indica agressividade intermédia; -Graus de 8 a 10 indicam uma agressividade elevada dado que as células - cancerígenas são muito diferentes das normais. • Esta escala permite avaliar qual o tratamento mais eficaz. Imagem 9 – Escala de Gleason
  • 11. TRATAMENTO Depende do estado do cancro. - Se o cancro restringe-se apenas á próstata utiliza-se: • Cirurgia - (O médico pode remover toda a próstata ou apenas uma parte) • Radioterapia - (Utilização de radiação ultravioleta para “ matar” o cancro) • Quimioterapia - (Utilização de fármacos com vista a reduzir o cancro) - Se o cancro já sofreu metastização utiliza-se: • Hormonoterapia ( Impossibilita a produção de androgénios) • Crioterapia ( Utilização de gelo para estagnar o cancro)
  • 12. PÓS-TRATAMENTO • O acompanhamento do doente após o tratamento é fundamental, uma vez que é a melhor forma de detetar possíveis alterações na evolução da doença. Normalmente realizam-se vários exames de controlo após o tratamento do cancro da próstata mas o mais utilizado é: • Os níveis de PSA que são detetados através do sangue;
  • 13. CONCLUSÃO • Sendo o cancro da próstata um cancro que não afeta só a parte física mas também a parte psicológica do Homem, pretendemos com este trabalho sensibilizar para a prevenção atempada e trazer mais algum conhecimento do funcionamento do cancro e das técnicas usadas para o tratamento deste.
  • 14. NETGRAFIA • http://www.roche.pt/sites-tematicos/infocancro/index.cfm/tipos/cancro-da-prostata/ cdp-diagnostico • http://www.institutodaprostata.com/Tratamento%20do%20Cancro%20da%20Prstata .html • http://www.sponcologia.pt/wp-content/ uploads/2013/01/LivroCancroProstataSpreed.pdf