SlideShare uma empresa Scribd logo

Câncer de Intestino

alinesantana1422
alinesantana1422
alinesantana1422Aluno na escola estadual vandelei cecatto

câncer de intestino, Introdução,diagnostico,tratamento,sintomas, estágios, prevenção, colonoscopia.

Câncer de Intestino

1 de 16
Baixar para ler offline
1
O intestino é formado por duas grandes regiões. A parte mais fina, chamada intestino
delgado, está relacionada com a digestão e a absorção dos alimentos. A parte mais grossa,
o intestino grosso, é a responsável pela absorção da água, armazenamento e eliminação
dos resíduos da digestão. É raro haver câncer no intestino delgado. No entanto, o câncer no
intestino grosso, também chamado de câncer de cólon ou colorretal, que ocorre quando o
tumor se localiza no reto ou no intestino grosso.
INTRODUÇÃOCÂNCER DE INTESTINO
2
Numero de mortes: 15.415
sendo 7.387 homens e 8.024 mulheres
Estimativa de novos casos: 36.360, sendo
17.380 homens e 18.980 mulheres
(2018 - INCA)
O câncer colorretal é o quinto tipo mais incidente no Brasil, atrás do câncer de próstata,
mama, colo do útero e pulmão. O câncer de intestino quando detectado precocemente, tem
grande chance de cura. A maioria dos casos se desenvolve a partir de pólipos que crescem
na superfície interna do intestino grosso, podendo invadir e se espalhar para outros órgãos.
A melhor maneira de preveni-lo, é a detecção e diagnóstico precoce e a remoção dos
pólipos antes que se transformem de fato num câncer.
3
O QUE É?
Pólipo: O pólipo intestinal é um
tumor benigno que surge por um
crescimento anormal das
próprias células da mucosa do
intestino.
4
ESTÁGIOS
O tumor invadiu a
camadas do intestino,
mas não se espalhou
fora da parede.
O câncer cresceu através
da camada muscular do
intestino e invalidou o
tecido adjacente. mas não
se espalhou para os
nódulos linfáticos.
O câncer se
espalhou para os
nódulos linfáticos
próximos, mas
não para outras
partes do corpo.
O câncer se espalhou para
outros órgãos do corpo
como o fígado, mas
também pode se disseminar
para outros órgãos como
pulmões, peritônio ou
gânglios linfáticos distantes.
Fase I Fase II Fase III Fase IV
5
SINTOMAS
OS SINTOMASVARIAM
DEPENDENDO DA LOCALIZAÇÃO DOTUMOR
• Diarreia
• Sangue nas fezes
• Perda de peso
• Fraqueza
• Obstrução
intestinal,
causando dor e
dificuldades para
evacuar.
Como o câncer colorretal é uma doença
silenciosa, os primeiros sintomas começam
a aparecer, em media, 10 anos depois que
o tumor se instalou. Por isso, é importante
fazer os exames preventivos.
6
SINTOMAS
Anúncio

Recomendados

Câncer de Intestino Delgado
Câncer de Intestino DelgadoCâncer de Intestino Delgado
Câncer de Intestino DelgadoOncoguia
 
Cancer de Estômago
Cancer de EstômagoCancer de Estômago
Cancer de EstômagoOncoguia
 
Câncer de Pulmão
Câncer de Pulmão Câncer de Pulmão
Câncer de Pulmão Oncoguia
 
Tudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataTudo Sobre Câncer de Próstata
Tudo Sobre Câncer de PróstataOncoguia
 
Câncer Colorretal
Câncer ColorretalCâncer Colorretal
Câncer ColorretalThiago Coss
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Câncer de cólo de útero
Câncer de cólo de úteroCâncer de cólo de útero
Câncer de cólo de úteroRoberta Araujo
 
Câncer de Mama
Câncer de MamaCâncer de Mama
Câncer de MamaOncoguia
 
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de MamaFolder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de MamaFarmacêutico Digital
 
Entendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretalEntendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretalOncoguia
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroOncoguia
 
Câncer de Estômago
Câncer de EstômagoCâncer de Estômago
Câncer de EstômagoOncoguia
 
Paciente oncológico - Assistência de Enfermagem
Paciente oncológico - Assistência de EnfermagemPaciente oncológico - Assistência de Enfermagem
Paciente oncológico - Assistência de EnfermagemBruna Guimarães
 
Ca colorretal completo
Ca colorretal   completoCa colorretal   completo
Ca colorretal completoPedro Moura
 
Câncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasCâncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasOncoguia
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOCUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOJonathan Sampaio
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstataDeivid Castro
 

Mais procurados (20)

Câncer de mama
 Câncer de mama Câncer de mama
Câncer de mama
 
Câncer de cólo de útero
Câncer de cólo de úteroCâncer de cólo de útero
Câncer de cólo de útero
 
Câncer de Mama
Câncer de MamaCâncer de Mama
Câncer de Mama
 
Oncologia básica
Oncologia básicaOncologia básica
Oncologia básica
 
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de MamaFolder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
Folder Prevenção e Tratamento do Câncer de colo de Utero e de Mama
 
Entendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretalEntendendo o câncer colorretal
Entendendo o câncer colorretal
 
Câncer de pulmão
Câncer de pulmãoCâncer de pulmão
Câncer de pulmão
 
Cancer de próstata
Cancer de próstata Cancer de próstata
Cancer de próstata
 
Câncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do ÚteroCâncer de Colo do Útero
Câncer de Colo do Útero
 
Câncer de Estômago
Câncer de EstômagoCâncer de Estômago
Câncer de Estômago
 
Paciente oncológico - Assistência de Enfermagem
Paciente oncológico - Assistência de EnfermagemPaciente oncológico - Assistência de Enfermagem
Paciente oncológico - Assistência de Enfermagem
 
Ca colorretal completo
Ca colorretal   completoCa colorretal   completo
Ca colorretal completo
 
Câncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasCâncer de Pâncreas
Câncer de Pâncreas
 
Cancer de Próstata
Cancer de PróstataCancer de Próstata
Cancer de Próstata
 
Câncer de pulmão
Câncer de pulmãoCâncer de pulmão
Câncer de pulmão
 
Oncologia Enfermagem
Oncologia EnfermagemOncologia Enfermagem
Oncologia Enfermagem
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOCUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
1 aula enfermagem em oncologia
1 aula enfermagem em oncologia1 aula enfermagem em oncologia
1 aula enfermagem em oncologia
 
Câncer de estômago
Câncer de estômagoCâncer de estômago
Câncer de estômago
 

Semelhante a Câncer de Intestino

O que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalO que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalTookmed
 
Cancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretalCancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretalFisioterapeuta
 
Câncer de Bexiga
Câncer de BexigaCâncer de Bexiga
Câncer de BexigaOncoguia
 
Saiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de FígadoSaiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de FígadoOncoguia
 
Distúrbios pancreáticos
Distúrbios pancreáticosDistúrbios pancreáticos
Distúrbios pancreáticosLaíz Coutinho
 
Câncer de Ovário
Câncer de OvárioCâncer de Ovário
Câncer de OvárioOncoguia
 
Câncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarCâncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarOncoguia
 
AULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptxAULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptxJessicaRamos80226
 
Tumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide GastrointestinalTumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide GastrointestinalOncoguia
 
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptxAULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptxVanessaAlvesDeSouza4
 
Tumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do Adulto
Tumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do AdultoTumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do Adulto
Tumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do AdultoEnfº Ícaro Araújo
 
O Cancro Da Mama
O Cancro Da MamaO Cancro Da Mama
O Cancro Da Mamavania19
 
Cancro da próstata
Cancro da próstataCancro da próstata
Cancro da próstataDiogo Alves
 

Semelhante a Câncer de Intestino (20)

O que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretalO que você precisa saber Câncer colorretal
O que você precisa saber Câncer colorretal
 
Cancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretalCancer estomago, coloretal
Cancer estomago, coloretal
 
Câncer de Bexiga
Câncer de BexigaCâncer de Bexiga
Câncer de Bexiga
 
Saiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de FígadoSaiba tudo sobre Câncer de Fígado
Saiba tudo sobre Câncer de Fígado
 
Distúrbios pancreáticos
Distúrbios pancreáticosDistúrbios pancreáticos
Distúrbios pancreáticos
 
Câncer de Ovário
Câncer de OvárioCâncer de Ovário
Câncer de Ovário
 
Câncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliarCâncer de Vesicula biliar
Câncer de Vesicula biliar
 
AULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptxAULA Câncer do colo do útero.pptx
AULA Câncer do colo do útero.pptx
 
Tumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide GastrointestinalTumor Carcinoide Gastrointestinal
Tumor Carcinoide Gastrointestinal
 
Aula de enema opaco
Aula de enema opacoAula de enema opaco
Aula de enema opaco
 
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptxAULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
AULA 08 - CÂNCER DE COLO DE ÚTERO E MAMA.pptx
 
Cancro colo rectal
Cancro colo rectal Cancro colo rectal
Cancro colo rectal
 
Câncer de fígado
Câncer de fígadoCâncer de fígado
Câncer de fígado
 
Tumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do Adulto
Tumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do AdultoTumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do Adulto
Tumores Estromas Gastrointestinais - Saúde do Adulto
 
Centro de intestino
Centro de intestinoCentro de intestino
Centro de intestino
 
Cancer de Mama
Cancer de MamaCancer de Mama
Cancer de Mama
 
Outubro rosa
Outubro rosaOutubro rosa
Outubro rosa
 
O Cancro Da Mama
O Cancro Da MamaO Cancro Da Mama
O Cancro Da Mama
 
Neoplasia de Estômago
Neoplasia de EstômagoNeoplasia de Estômago
Neoplasia de Estômago
 
Cancro da próstata
Cancro da próstataCancro da próstata
Cancro da próstata
 

Mais de alinesantana1422

Mais de alinesantana1422 (18)

Embriologia geral
Embriologia geralEmbriologia geral
Embriologia geral
 
Pilha e eletrolise
Pilha e eletrolisePilha e eletrolise
Pilha e eletrolise
 
Pós-modernismo
Pós-modernismoPós-modernismo
Pós-modernismo
 
Ética:por que e para que ?
Ética:por que e para que ?Ética:por que e para que ?
Ética:por que e para que ?
 
Isomeria Geométrica cis-trans
Isomeria Geométrica cis-trans Isomeria Geométrica cis-trans
Isomeria Geométrica cis-trans
 
O romance de 1930
O romance de 1930O romance de 1930
O romance de 1930
 
Segunda Guerra Mundial 1939-1945
Segunda Guerra Mundial 1939-1945Segunda Guerra Mundial 1939-1945
Segunda Guerra Mundial 1939-1945
 
Petróleo e Combustão
Petróleo e Combustão Petróleo e Combustão
Petróleo e Combustão
 
Movimentos sociais na Republica Oligárquica
Movimentos sociais na Republica Oligárquica Movimentos sociais na Republica Oligárquica
Movimentos sociais na Republica Oligárquica
 
Modernismo no Brasil
Modernismo no BrasilModernismo no Brasil
Modernismo no Brasil
 
O anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistasO anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistas
 
O estocismo e abusca da ataraxia
O estocismo e abusca da ataraxiaO estocismo e abusca da ataraxia
O estocismo e abusca da ataraxia
 
Morfologia das angiospermas
Morfologia das angiospermasMorfologia das angiospermas
Morfologia das angiospermas
 
segunda geração romântica
segunda geração românticasegunda geração romântica
segunda geração romântica
 
O mundo em conflito
O mundo em conflitoO mundo em conflito
O mundo em conflito
 
JAPAO
JAPAOJAPAO
JAPAO
 
Convecção
ConvecçãoConvecção
Convecção
 
Irradiação
IrradiaçãoIrradiação
Irradiação
 

Último

CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio  itineráriosDicas para o Enem 2024 ensino médio  itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itineráriosRonanDasFlores
 
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...Colaborar Educacional
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfssuser2af87a
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...LuizHenriquedeAlmeid6
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...Colaborar Educacional
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfPedroGual4
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEISCIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEISColaborar Educacional
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
Livro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfLivro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfDinisOliveira30
 

Último (20)

CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio  itineráriosDicas para o Enem 2024 ensino médio  itinerários
Dicas para o Enem 2024 ensino médio itinerários
 
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
A realização das atividades extensionistas do CST em Gestão Financeira, vincu...
 
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdfIntrodução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
Introdução à teoria do cinema - Robert Stam.pdf
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
SLIDES Lição 6, Recabitas, Exemplo de Obediência, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA ...
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
A extensão universitária do curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa...
 
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdfQ20 - Reações fotoquímicas.pdf
Q20 - Reações fotoquímicas.pdf
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEISCIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
CIÊNCIAS CONTÁBEIS - BACHARELADO/PROJETO DE EXTENSÃO I - CIÊNCIAS CONTÁBEIS
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
APOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdf
APOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdfAPOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdf
APOSTILA MATERNAL 2 ANOS PARTE 1.pdf
 
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
Slides Lição 7, BETEL, Família, os cuidados com a era digital a com os idosos...
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
Livro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdfLivro de Português- Santillana.pdf
Livro de Português- Santillana.pdf
 

Câncer de Intestino

  • 1. 1
  • 2. O intestino é formado por duas grandes regiões. A parte mais fina, chamada intestino delgado, está relacionada com a digestão e a absorção dos alimentos. A parte mais grossa, o intestino grosso, é a responsável pela absorção da água, armazenamento e eliminação dos resíduos da digestão. É raro haver câncer no intestino delgado. No entanto, o câncer no intestino grosso, também chamado de câncer de cólon ou colorretal, que ocorre quando o tumor se localiza no reto ou no intestino grosso. INTRODUÇÃOCÂNCER DE INTESTINO 2 Numero de mortes: 15.415 sendo 7.387 homens e 8.024 mulheres Estimativa de novos casos: 36.360, sendo 17.380 homens e 18.980 mulheres (2018 - INCA)
  • 3. O câncer colorretal é o quinto tipo mais incidente no Brasil, atrás do câncer de próstata, mama, colo do útero e pulmão. O câncer de intestino quando detectado precocemente, tem grande chance de cura. A maioria dos casos se desenvolve a partir de pólipos que crescem na superfície interna do intestino grosso, podendo invadir e se espalhar para outros órgãos. A melhor maneira de preveni-lo, é a detecção e diagnóstico precoce e a remoção dos pólipos antes que se transformem de fato num câncer. 3 O QUE É? Pólipo: O pólipo intestinal é um tumor benigno que surge por um crescimento anormal das próprias células da mucosa do intestino.
  • 4. 4 ESTÁGIOS O tumor invadiu a camadas do intestino, mas não se espalhou fora da parede. O câncer cresceu através da camada muscular do intestino e invalidou o tecido adjacente. mas não se espalhou para os nódulos linfáticos. O câncer se espalhou para os nódulos linfáticos próximos, mas não para outras partes do corpo. O câncer se espalhou para outros órgãos do corpo como o fígado, mas também pode se disseminar para outros órgãos como pulmões, peritônio ou gânglios linfáticos distantes. Fase I Fase II Fase III Fase IV
  • 5. 5 SINTOMAS OS SINTOMASVARIAM DEPENDENDO DA LOCALIZAÇÃO DOTUMOR • Diarreia • Sangue nas fezes • Perda de peso • Fraqueza • Obstrução intestinal, causando dor e dificuldades para evacuar. Como o câncer colorretal é uma doença silenciosa, os primeiros sintomas começam a aparecer, em media, 10 anos depois que o tumor se instalou. Por isso, é importante fazer os exames preventivos.
  • 7. • Aumento da idade • Comer muita carne vermelha ou processada • Existência de pólipos colorretais, • Sofrer de doença inflamatória intestinal • Há uma familiaridade de câncer do cólon • Sedentarismo • Tabagismo • Alcoolismo 7 FATORES O câncer colorretal resulta da interação de fatores genéticos, ambientais e dietéticos. Algumas síndromes genéticas são responsáveis por uma minoria dos casos, sendo a maioria dos casos ocorridos ao acaso devido a interação dos fatores de risco que seguem. Em caso de pólipos intestinais é importante consumir alimentos como verduras, legumes, frutas, leguminosas e cereais integrais porque são ricos em fibras e vão ajudar a diminuir o aparecimento de novos pólipos intestinais.
  • 8. 8 DIAGNÓSTICO A importância do diagnóstico precoce se deve a relação direta entre a extensão da lesão (profundidade no intestino e presença de gânglios acometidos) e as chances do tratamento ser bem sucedido. Colonoscopia Através de uma câmera de vídeo, o colonoscópio possibilita a visualização, por meio de um monitor, o interior do colón, além de permitir a biopsia em caso de alterações. Conoscopia Virtual Apesar de exigir o mesmo preparo da colonoscopia, é um método não invasivo que reproduz imagens tridimensionais e bidimensionais do colón para identificar a localização de pólipos ou canceres. Exame nas fezes Toque Retal: Realizado no consultório medico, o exame permite a avaliação das paredes do reto baixo. A partir de amostras de fezes, o exame identifica partículas de sangue oculto, caso o resultado seja positivo é necessário a realização de retossigmoidoscopia ou colonoscopia.
  • 9. 9 DIAGNÓSTICO Com o paciente sedado e deitado, o médico introduz um tubo de 1 metro de comprimento pelo ânus. Enquanto percorre as cinco primeiras curvas do cólon, uma minicâmera na ponteira transmite as imagens, aumentadas até 150 vezes, para a tela de um computador. Colonoscopia entenda o exame POLIPOS LUZ COLONOSCÓPIO LENTE IRRIGAÇÃO CANAL DE TRABALHO LUZ
  • 10. 10 DIAGNÓSTICO Detectar a presença de lesões no intestino, pólipos, sangue nas fezes, dores abdominais sem explicação, anemia, câncer etc. • Remover partículas prejudiciais • Estancar sangramentos da região • Biópsia de lesões suspeitas • Prevenir câncer do intestino e outros problemas Dessa forma, a colonoscopia não serve simplesmente para diagnosticar problemas, mas também como um procedimento cirúrgico, sendo capaz de evitar que o câncer de cólon apareça. O exame serve para:
  • 11. 11 TRATAMENTO O tratamento para câncer de intestino pode ser feito com cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou imunoterapia, dependendo da localização, tamanho e desenvolvimento do tumor. O câncer de intestino tem cura quando é diagnosticado no início da doença e o tratamento iniciado prontamente, mas quando o tumor colorretal é descoberto numa fase avançada as chances de cura diminuem.
  • 12. 12 TRATAMENTO A cirurgia é o principal e, normalmente, o primeiro método utilizado no tratamento, podendo ser realizada em câncer de grau I, II ou III. O objetivo é retirar o tumor, uma parte do intestino afetada e uma pequena parte do intestino saudável, para garantir que não restem células cancerígenas no local. Colostomia: é um procedimento cirúrgico para remover a totalidade ou parte do seu cólon. Mais conhecido como intestino grosso. A colectomia pode ser necessária para tratar ou prevenir doenças e condições que afetam o cólon. Antes Depois
  • 13. 13 TRATAMENTO A quimioterapia é recomendada para câncer de grau III, ou IV e consiste no uso de medicamentos que matam as células cancerígenas, podendo ser em forma de comprimidos ou injeção. A duração do tratamento pode variar de 6 meses a 1 ano. A radioterapia pode ser feita em vez da quimioterapia ou para completar o tratamento quimioterápico pois também ajuda a matar as células cancerígenas no local onde é aplicada, especialmente em pacientes com câncer de intestino grau III ou IV. A imunoterapia utiliza determinados anticorpos que são injetados no organismo para identificar e atacar as células cancerígenas, impedindo o crescimento do tumor e as chances de metástases.
  • 14. 14 PREVENÇÃO O exame de colonoscopia tem um papel importante na prevenção, e é indicado para todos a partir dos 45 anos, sendo que em casos específicos a prevenção pode começar antes. Caso do seu Barriga
  • 15. 15 PREVENÇÃO Dicas para a prevenção do câncer colorretal: • Praticar exercícios físicos regulares • Não fumar • Não ingerir bebidas alcoólicas • Dieta rica em frutas, vegetais e fibras em geral • Bons níveis de vitamina D • Boa ingestão de cálcio.