SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
SOFISMAS DA ATUALIDADE 
Hélia Coelho Mello Cunha 
Instituto Federal de Educação, 
Ciência e Tecnologia Fluminense
“Lá pelo século V, sofismas eram as teses 
defendidas pelos sofistas. Naquela época, 
os sofistas atuavam como professores, 
ensinando aos filhos das famílias nobres, 
e estavam preparados, como os 
advogados modernos, para mostrar de 
que maneira se argumenta contra ou a 
favor de qualquer opinião. Os sofistas 
seguiam um argumento aonde quer que 
ele os levasse, sem se preocuparem com 
considerações pessoais, morais, cívicas 
ou religiosas.(...)”
“(...) Por conta dessa prática de 
pensamento livre, talvez livre demais, 
com o tempo o termo “sofisma” foi 
adquirindo uma conotação pejorativa, 
passando a significar um argumento 
usado para enganar e não para 
esclarecer ou chegar à verdade”. 
(Gustavo Bernardo, 2009)
O objetivo deste trabalho é conscientizar 
professores de escolas brasileiras, através 
de alguns exemplos atuais, sobre a 
importância da abordagem dos tipos de 
sofismas nas aulas de leitura a fim de que 
os alunos possam, através desse 
conhecimento, evitar armadilhas lógicas 
na própria argumentação e analisar a 
argumentação alheia, evitando serem 
manipulados por “sofistas” da atualidade.
Para Bastos e Keller (1994:28) os 
sofismas podem ser reunidos em dois 
grupos: o lógico e o linguístico. No 
grupo lógico, estão relacionados com a 
transferência para o plano psicológico. 
No segundo caso, isto é, no grupo 
linguístico, “trata-se da transferência do 
plano lógico para o plano das funções 
dialógicas da linguagem”.
SOFISMAS DO GRUPO LÓGICO 
• Conclusão irrelevante. 
• Petição de principio. 
• Círculo vicioso. 
• Falsa causa. 
• Causa comum ou omissão de provas. 
• Generalização apressada. 
• Acidente. 
• Apelo à força. 
• Apelo à ignorância. 
• Apelo à piedade. 
• Apelo ao povo. 
• Apelo à autoridade. 
• Pergunta complexa.
SOFISMAS DO GRUPO LINGUÍSTICO 
• Equívoco. 
• Ênfase. 
• Anfibiologia. 
• Composição. 
• Divisão.
SOFISMAS LÓGICOS 
SOFISMA DA EXPLICAÇÃO / 
ÂMBITO LIMITADO 
O ex-presidente do Brasil Fernando 
Henrique Cardoso, sobre a proibição de 
drogas, declarou: “Eu diria às mães: o 
fato de o fruto ser proibido é que dá mais 
vontade no seu filho de experimentá-lo. E 
diria que elas têm de falar que a droga 
pode fazer mal, mas sem demonizá-la”. 
(Veja 07/10/2010)
DEPOIS DO FATO, PORTANTO 
DEVIDO A ELE 
Veja, 17/12/2008
CONCLUSÃO IRRELEVANTE 
Dilma Rousseff Outubro/2010
ATAQUE PESSOAL 
Em setembro de 2010, durante um 
comício na cidade de Campinas, o então 
presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da 
Silva, ao responder a acusação dos 
candidatos tucanos (do PSDB) à Dilma 
Rousseff, candidata à sua sucessão, de 
que ela estaria envolvida em escândalos 
no governo, declarou: 
“Os tucanos têm bico grande para 
falar e bico pequeno para fazer. Eles são 
tão sabidos que acham que nasceram 
sabendo das coisas”.
FALSA ANALOGIA 
Revista Época, 9/07/2008
GENERALIZAÇÃO APRESSADA 
“No país da fofoca, opinião é tabu" 
(Lobão - Janeiro 2010)
APELO AO MEDO 
Dia 3 de maio. Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. 
Dia de alerta para que isso não volte a acontecer.
APELO À FORÇA
APELO À PIEDADE
APELO À AUTORIDADE
APELO À TRADIÇÃO 
BOHEMIA – A 1ª CERVEJA DO BRASIL
SOFISMA DE ESTATÍSTICA 
Primeira página do jornal O GLOBO em 2011
 Se considerarmos que, em 2011, 
existiam 17 UPPs localizadas na área 
de 38 bairros do Rio de Janeiro (a 
maioria na zona Sul) em um universo 
de 160 bairros na capital, 90 em São 
Gonçalo, 48 em Niterói e 91 em Nova 
Iguaçu, podemos perceber que estes 
dados são utilizados, de forma 
indevida, para apresentar uma 
realidade falsa, já que, só nestas 
regiões citadas, teríamos um total de 
229 bairros sem UPPs.
LADEIRA ESCORREGADIA
FALSO DILEMA
SOFISMAS LINGUÍSTICOS 
SOFISMA DA ÊNFASE 
(ISTOE, 06/04/2008)
SOFISMA DA ANFIBIOLOGIA 
(Primeira página do jornal HORA DE NOTÍCIAS, 02/12/2011)
EQUÍVOCO: 
“Os assassinos de crianças são 
desumanos. Portanto, os humanos não 
matam crianças”.
SOFISMA DA COMPOSIÇÃO 
“Este caminhão é composto apenas por 
componentes leves, logo ele é leve 
também”.
SOFISMA DA DIVISÃO: 
“Você deve ser rico, pois estuda em um 
colégio de ricos.”
CONSIDERAÇÕES FINAIS 
Através da apresentação e análise dos 
vários sofismas em textos publicitários e 
declarações da atualidade veiculados em 
jornais, revistas, televisão, internet, 
ilustramos, neste trabalho, a importância 
deste assunto nas aulas de leitura das 
escolas brasileiras. Através da abordagem 
deste assunto, cremos que os alunos 
poderão argumentar melhor e desenvolver 
senso crítico; capacidades essenciais para 
serem cidadãos participantes na 
sociedade pluralista em que vivemos.
REFERÊNCIAS: 
ANDRADE, José Rogério de Pinho. Falácias ou Sofismas. Disponível 
em http://jrparoge.blogspot.com.br/2011/11/falacias-ou-sofismas.html 
Acesso 23/11/2014. 
BASTOS, Cleverson L & KELLER, Vicente. Aprendendo Lógica. Vozes, 
1994. 
BERNARDO, Gustavo. Um sofisma é um sofisma? Disponível em 
http://www.revista.vestibular.uerj.br/ coluna/coluna.php?seq_coluna=25 
Ano 2, n. 4, 2009. Acesso em 20/11/2014 
______Redação Inquieta. 5ª ed. Belo Horizonte: Formato Editorial, 
2000. 
SAMEIRO, Julio (tradução e adaptação) Guia das falácias de Stephen 
Downes in http://criticanarede.com/falacias.htm 
GARCIA,Othon. Comunicação em prosa moderna. 7. ed. rev. Rio de 
Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1978.
Hélia Coelho Mello Cunha 
heliacoelho14@gmail.com 
hcunha@iff.edu.br 
Facebook: LINGUA AFI(N)ADA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O dualismo cartesiano
O dualismo cartesianoO dualismo cartesiano
O dualismo cartesianoCaio Maximino
 
Experiências de hershey e chase
Experiências de hershey e chaseExperiências de hershey e chase
Experiências de hershey e chaseCecilferreira
 
Textos expositivos
Textos expositivosTextos expositivos
Textos expositivosCarla Souto
 
Teste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º ccTeste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º ccJosé Luís Alves
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaJoana Maria
 
Valores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosValores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosAndré Ximenes
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoSinara Lustosa
 
Experiência de griffith e avery
Experiência de griffith e averyExperiência de griffith e avery
Experiência de griffith e averyCecilferreira
 
AL 1.1 queda livre- Física 11º
AL 1.1 queda livre- Física 11ºAL 1.1 queda livre- Física 11º
AL 1.1 queda livre- Física 11ºGoreti Cachide
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalRebeca Kaus
 
Diferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentoDiferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentocristina resende
 
Verbos transitivos e intransitivos
Verbos transitivos e intransitivosVerbos transitivos e intransitivos
Verbos transitivos e intransitivosBia Marques
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brProf Palmito Rocha
 
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opiniãoDiferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opiniãoElaine Maia
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textualISJ
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoSEEDUC
 
8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal
8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal
8º ano E. F. II - Regência verbal e nominalAngélica Manenti
 

Mais procurados (20)

O dualismo cartesiano
O dualismo cartesianoO dualismo cartesiano
O dualismo cartesiano
 
Experiências de hershey e chase
Experiências de hershey e chaseExperiências de hershey e chase
Experiências de hershey e chase
 
Textos expositivos
Textos expositivosTextos expositivos
Textos expositivos
 
Teste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º ccTeste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º cc
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologia
 
Valores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosValores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivos
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redação
 
Experiência de griffith e avery
Experiência de griffith e averyExperiência de griffith e avery
Experiência de griffith e avery
 
AL 1.1 queda livre- Física 11º
AL 1.1 queda livre- Física 11ºAL 1.1 queda livre- Física 11º
AL 1.1 queda livre- Física 11º
 
A falácia do boneco de palha
A falácia do boneco de palhaA falácia do boneco de palha
A falácia do boneco de palha
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Diferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumentoDiferença entre tese e argumento
Diferença entre tese e argumento
 
Verbos transitivos e intransitivos
Verbos transitivos e intransitivosVerbos transitivos e intransitivos
Verbos transitivos e intransitivos
 
Advérbios 7 ano
Advérbios 7 anoAdvérbios 7 ano
Advérbios 7 ano
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.br
 
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opiniãoDiferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
Diferenças entre texto dissertativo argumentativo e artigo de opinião
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Termos essenciais da oração
Termos essenciais da oraçãoTermos essenciais da oração
Termos essenciais da oração
 
Vozes verbais
Vozes verbaisVozes verbais
Vozes verbais
 
8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal
8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal
8º ano E. F. II - Regência verbal e nominal
 

Semelhante a Sofismas da atualidade: análise de argumentos enganosos

Folheto5 politicamente incorreto_prova
Folheto5 politicamente incorreto_provaFolheto5 politicamente incorreto_prova
Folheto5 politicamente incorreto_provaFernando Santos
 
Slide Literatura Distópica, conceitos.pptx
Slide Literatura Distópica, conceitos.pptxSlide Literatura Distópica, conceitos.pptx
Slide Literatura Distópica, conceitos.pptxalmeidaluana280
 
Afinal, quem é mesmo pedófilo
Afinal, quem é mesmo pedófiloAfinal, quem é mesmo pedófilo
Afinal, quem é mesmo pedófiloJack Ramos
 
Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015Elisangela Zati
 
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOGisele Souza
 
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOGisele Souza
 
Curso Básico de Redação - Fernanda Braga
Curso Básico de Redação - Fernanda BragaCurso Básico de Redação - Fernanda Braga
Curso Básico de Redação - Fernanda BragaProfFernandaBraga
 
Conhecendo paulo freire uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...
Conhecendo paulo freire   uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...Conhecendo paulo freire   uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...
Conhecendo paulo freire uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...Priscila Aristimunha
 
18 formas de começar um texto
18 formas de começar um texto18 formas de começar um texto
18 formas de começar um textoFabio Dos Santos
 
Exercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - AntropologiaExercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - AntropologiaPsicologia_2015
 
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano efAlex Santos
 
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano efPaulaBranca
 
Afinal, quem é o pedófilo
Afinal, quem é o pedófiloAfinal, quem é o pedófilo
Afinal, quem é o pedófiloRosane Domingues
 
Livro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação InfantilLivro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação InfantilPatrícia Éderson Dias
 
CILP 2014 - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014
CILP 2014  - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014CILP 2014  - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014
CILP 2014 - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014jasonrplima
 
Artigo pelotas (1)
Artigo pelotas (1)Artigo pelotas (1)
Artigo pelotas (1)LALLi
 

Semelhante a Sofismas da atualidade: análise de argumentos enganosos (20)

Minicurso Enletrarte 2015
Minicurso Enletrarte 2015Minicurso Enletrarte 2015
Minicurso Enletrarte 2015
 
Folheto5 politicamente incorreto_prova
Folheto5 politicamente incorreto_provaFolheto5 politicamente incorreto_prova
Folheto5 politicamente incorreto_prova
 
Slide Literatura Distópica, conceitos.pptx
Slide Literatura Distópica, conceitos.pptxSlide Literatura Distópica, conceitos.pptx
Slide Literatura Distópica, conceitos.pptx
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
 
Afinal, quem é mesmo pedófilo
Afinal, quem é mesmo pedófiloAfinal, quem é mesmo pedófilo
Afinal, quem é mesmo pedófilo
 
Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015
 
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
 
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDOA REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
A REPRESENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO NAS CHARGES VIRTUAIS DE MAURÍCIO RICARDO
 
Curso Básico de Redação - Fernanda Braga
Curso Básico de Redação - Fernanda BragaCurso Básico de Redação - Fernanda Braga
Curso Básico de Redação - Fernanda Braga
 
Conhecendo paulo freire uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...
Conhecendo paulo freire   uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...Conhecendo paulo freire   uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...
Conhecendo paulo freire uma introdução à vida e à obra do patrono da educaç...
 
18 formas de começar um texto
18 formas de começar um texto18 formas de começar um texto
18 formas de começar um texto
 
Exercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - AntropologiaExercícios de Etnocentrismo - Antropologia
Exercícios de Etnocentrismo - Antropologia
 
Paulo freire final
Paulo freire   finalPaulo freire   final
Paulo freire final
 
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
 
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef7 ano   caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
7 ano caderno do aluno - volume 1 - 7 ano ef
 
Afinal, quem é o pedófilo
Afinal, quem é o pedófiloAfinal, quem é o pedófilo
Afinal, quem é o pedófilo
 
anglo-redacao-temas
anglo-redacao-temasanglo-redacao-temas
anglo-redacao-temas
 
Livro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação InfantilLivro Fundamentos da Educação Infantil
Livro Fundamentos da Educação Infantil
 
CILP 2014 - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014
CILP 2014  - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014CILP 2014  - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014
CILP 2014 - slides 5 - Redação - aula 12/04/2014
 
Artigo pelotas (1)
Artigo pelotas (1)Artigo pelotas (1)
Artigo pelotas (1)
 

Mais de Helia Coelho Mello

Progymnasmata um presente dos gregos
Progymnasmata   um presente dos gregosProgymnasmata   um presente dos gregos
Progymnasmata um presente dos gregosHelia Coelho Mello
 
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de RetóricaIV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de RetóricaHelia Coelho Mello
 
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom BrilA Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom BrilHelia Coelho Mello
 
O debate que balança a palavra na rede
O debate que balança a palavra na redeO debate que balança a palavra na rede
O debate que balança a palavra na redeHelia Coelho Mello
 
A Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o DiscursoA Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o DiscursoHelia Coelho Mello
 
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.Helia Coelho Mello
 
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTADIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTAHelia Coelho Mello
 
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃOARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃOHelia Coelho Mello
 
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?Helia Coelho Mello
 
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOSRETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOSHelia Coelho Mello
 

Mais de Helia Coelho Mello (20)

Progymnasmata um presente dos gregos
Progymnasmata   um presente dos gregosProgymnasmata   um presente dos gregos
Progymnasmata um presente dos gregos
 
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de RetóricaIV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
 
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom BrilA Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
 
Sofismas
SofismasSofismas
Sofismas
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
O debate que balança a palavra na rede
O debate que balança a palavra na redeO debate que balança a palavra na rede
O debate que balança a palavra na rede
 
O discurso é a estrela
O discurso é a estrelaO discurso é a estrela
O discurso é a estrela
 
A Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o DiscursoA Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o Discurso
 
Minicurso Enletrate 2015
Minicurso Enletrate 2015Minicurso Enletrate 2015
Minicurso Enletrate 2015
 
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
 
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTADIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
 
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃOARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
 
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
 
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOSRETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
 
Falácias
FaláciasFalácias
Falácias
 
Estratégias argumentativas1
Estratégias argumentativas1Estratégias argumentativas1
Estratégias argumentativas1
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
 
Coerência textual
Coerência textualCoerência textual
Coerência textual
 
Recursos retóricos
Recursos retóricosRecursos retóricos
Recursos retóricos
 
Acordo Ortográfico
Acordo OrtográficoAcordo Ortográfico
Acordo Ortográfico
 

Último

Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 

Sofismas da atualidade: análise de argumentos enganosos

  • 1. SOFISMAS DA ATUALIDADE Hélia Coelho Mello Cunha Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense
  • 2. “Lá pelo século V, sofismas eram as teses defendidas pelos sofistas. Naquela época, os sofistas atuavam como professores, ensinando aos filhos das famílias nobres, e estavam preparados, como os advogados modernos, para mostrar de que maneira se argumenta contra ou a favor de qualquer opinião. Os sofistas seguiam um argumento aonde quer que ele os levasse, sem se preocuparem com considerações pessoais, morais, cívicas ou religiosas.(...)”
  • 3. “(...) Por conta dessa prática de pensamento livre, talvez livre demais, com o tempo o termo “sofisma” foi adquirindo uma conotação pejorativa, passando a significar um argumento usado para enganar e não para esclarecer ou chegar à verdade”. (Gustavo Bernardo, 2009)
  • 4. O objetivo deste trabalho é conscientizar professores de escolas brasileiras, através de alguns exemplos atuais, sobre a importância da abordagem dos tipos de sofismas nas aulas de leitura a fim de que os alunos possam, através desse conhecimento, evitar armadilhas lógicas na própria argumentação e analisar a argumentação alheia, evitando serem manipulados por “sofistas” da atualidade.
  • 5. Para Bastos e Keller (1994:28) os sofismas podem ser reunidos em dois grupos: o lógico e o linguístico. No grupo lógico, estão relacionados com a transferência para o plano psicológico. No segundo caso, isto é, no grupo linguístico, “trata-se da transferência do plano lógico para o plano das funções dialógicas da linguagem”.
  • 6. SOFISMAS DO GRUPO LÓGICO • Conclusão irrelevante. • Petição de principio. • Círculo vicioso. • Falsa causa. • Causa comum ou omissão de provas. • Generalização apressada. • Acidente. • Apelo à força. • Apelo à ignorância. • Apelo à piedade. • Apelo ao povo. • Apelo à autoridade. • Pergunta complexa.
  • 7. SOFISMAS DO GRUPO LINGUÍSTICO • Equívoco. • Ênfase. • Anfibiologia. • Composição. • Divisão.
  • 8. SOFISMAS LÓGICOS SOFISMA DA EXPLICAÇÃO / ÂMBITO LIMITADO O ex-presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso, sobre a proibição de drogas, declarou: “Eu diria às mães: o fato de o fruto ser proibido é que dá mais vontade no seu filho de experimentá-lo. E diria que elas têm de falar que a droga pode fazer mal, mas sem demonizá-la”. (Veja 07/10/2010)
  • 9. DEPOIS DO FATO, PORTANTO DEVIDO A ELE Veja, 17/12/2008
  • 10. CONCLUSÃO IRRELEVANTE Dilma Rousseff Outubro/2010
  • 11. ATAQUE PESSOAL Em setembro de 2010, durante um comício na cidade de Campinas, o então presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, ao responder a acusação dos candidatos tucanos (do PSDB) à Dilma Rousseff, candidata à sua sucessão, de que ela estaria envolvida em escândalos no governo, declarou: “Os tucanos têm bico grande para falar e bico pequeno para fazer. Eles são tão sabidos que acham que nasceram sabendo das coisas”.
  • 12. FALSA ANALOGIA Revista Época, 9/07/2008
  • 13. GENERALIZAÇÃO APRESSADA “No país da fofoca, opinião é tabu" (Lobão - Janeiro 2010)
  • 14. APELO AO MEDO Dia 3 de maio. Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Dia de alerta para que isso não volte a acontecer.
  • 18. APELO À TRADIÇÃO BOHEMIA – A 1ª CERVEJA DO BRASIL
  • 19. SOFISMA DE ESTATÍSTICA Primeira página do jornal O GLOBO em 2011
  • 20.  Se considerarmos que, em 2011, existiam 17 UPPs localizadas na área de 38 bairros do Rio de Janeiro (a maioria na zona Sul) em um universo de 160 bairros na capital, 90 em São Gonçalo, 48 em Niterói e 91 em Nova Iguaçu, podemos perceber que estes dados são utilizados, de forma indevida, para apresentar uma realidade falsa, já que, só nestas regiões citadas, teríamos um total de 229 bairros sem UPPs.
  • 23. SOFISMAS LINGUÍSTICOS SOFISMA DA ÊNFASE (ISTOE, 06/04/2008)
  • 24. SOFISMA DA ANFIBIOLOGIA (Primeira página do jornal HORA DE NOTÍCIAS, 02/12/2011)
  • 25. EQUÍVOCO: “Os assassinos de crianças são desumanos. Portanto, os humanos não matam crianças”.
  • 26. SOFISMA DA COMPOSIÇÃO “Este caminhão é composto apenas por componentes leves, logo ele é leve também”.
  • 27. SOFISMA DA DIVISÃO: “Você deve ser rico, pois estuda em um colégio de ricos.”
  • 28. CONSIDERAÇÕES FINAIS Através da apresentação e análise dos vários sofismas em textos publicitários e declarações da atualidade veiculados em jornais, revistas, televisão, internet, ilustramos, neste trabalho, a importância deste assunto nas aulas de leitura das escolas brasileiras. Através da abordagem deste assunto, cremos que os alunos poderão argumentar melhor e desenvolver senso crítico; capacidades essenciais para serem cidadãos participantes na sociedade pluralista em que vivemos.
  • 29. REFERÊNCIAS: ANDRADE, José Rogério de Pinho. Falácias ou Sofismas. Disponível em http://jrparoge.blogspot.com.br/2011/11/falacias-ou-sofismas.html Acesso 23/11/2014. BASTOS, Cleverson L & KELLER, Vicente. Aprendendo Lógica. Vozes, 1994. BERNARDO, Gustavo. Um sofisma é um sofisma? Disponível em http://www.revista.vestibular.uerj.br/ coluna/coluna.php?seq_coluna=25 Ano 2, n. 4, 2009. Acesso em 20/11/2014 ______Redação Inquieta. 5ª ed. Belo Horizonte: Formato Editorial, 2000. SAMEIRO, Julio (tradução e adaptação) Guia das falácias de Stephen Downes in http://criticanarede.com/falacias.htm GARCIA,Othon. Comunicação em prosa moderna. 7. ed. rev. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1978.
  • 30. Hélia Coelho Mello Cunha heliacoelho14@gmail.com hcunha@iff.edu.br Facebook: LINGUA AFI(N)ADA