SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
O DEBATE
QUE BALANÇA A PALAVRA NA
REDE
Hélia Coelho Mello
Aline Marcelino dos Santos Silva
 SEABRA(2012) diz que “O uso da internet e das
redes sociais apenas permite maior integração e
transparência das relações entre os alunos e deles
com assuntos e temas de seu interesse. Cabe aos
educadores aproveitar a possibilidade aberta por
essas tecnologias para acompanhar mais de perto
os jovens e construir, em conjunto com eles,
novos processos integradores da formação crítica
de cidadãos, de artistas, cientistas, profissionais,
de seres humanos na mais plena acepção”.
SEABRA , Carlos. Redes sociais e tecnologias no contexto escolar
Artigo publicado em novembro de 2012 no “Aula Aberta” da Scientific
American Brasil. Disponível em:https://cseabra.wordpress.com/2012/07/
25/redes-sociais-e-tecnologias-no-contexto-escolar/
OBJETIVO:
Demonstrar a importância dos debates
que ocorrem entre os jovens nas redes
sociais, alertando os profissionais de
educação a utilizarem mais esta
ferramenta com seus alunos.
NOSSA PROPOSTA
O professor pode propor a discussão de um
tema polêmico em uma rede social (facebook) e
depois, em suas aulas, junto com os alunos,
analisar a argumentação de todos.
Outra alternativa seria analisar, em sala de
aula, debates polêmicos ocorridos em redes
sociais de outras pessoas desconhecidas dos
alunos.
QUESTÕES A SEREM ANALISADAS NA
ARGUMENTAÇÃO OCORRIDA EM DEBATES NAS
REDES SOCIAIS COM OS ALUNOS NA ESCOLA:
 Necessidade de a discussão proposta partir de uma
única delimitação e única tese.
 Relevância e suficiência dos argumentos.
 Tipos de argumentos.
 Recursos retóricos.
 Falácias e sofismas.
 Refutação dos argumentos.
 Importância de um argumento sólido para a
conclusão de um debate polêmico.
PARADA GAY 2015- SÃO PAULO
PARADA GAY 2015- SÃO PAULO
PARADA GAY 2015- SÃO PAULO
Esta foto representa o protesto da modelo transexual
Viviany Beleboni, 26, que se vestiu como Jesus Cristo
e encenou a própria crucificação durante a 19ª Parada
do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais,
Travestis e Transexuais) de São Paulo em 07 de junho
de 2015. No alto da cruz, ela afixou uma placa com a
mensagem "Basta de homofobia com GLBT".
A modelo escreveu em rede social que "Jesus
morreu por todos e foi humilhado, motivo de
chacotas, agredido e morto, que é o que vem
acontecendo diariamente com GLBTs, por não termos
leis".
 DEBATE OCORRIDO EM PÁGINA PESSOAL DO
FACEBOOK DE UMA JOVEM E SEUS AMIGOS EM 08
DE JUNHO DE 2015 SOBRE ESTE FATO
POLÊMICO OCORRIDO DURANTE A PARADA GAY
DE SÃO PAULO :
COMPARTILHOU A FOTO DE POPLÂNDIA.
8 DE JUNHO ÀS 14:02
 POPlândia
 Fatos da sociedade hipócrita de
cada dia.. Nada de novo sob o sol..
 Já olhou pra si mesmo e se
perguntou o porquê de sua repulsa
à uma imagem enquanto a outra
não faz diferença pra você?
 É porque é uma mulher
crucificada? Porque a última vez
que alguém crucificado foi motivo
de tanto alarde foi porque
Madonna também se pôs na cruz..
 Vocês tem algum problema em ver
o nosso senhor salvador em uma
estética feminina? Soa degradante
pra você? Então você tem alguns
probleminhas e precisa rever seus
conceitos parça..
INÍCIO DO DEBATE: PROVOCAÇÃO DE IDEIAS
Vamos parar com a palhaçada? Essa
mulher não está representando Cristo, ela
APENAS está representando como a comunidade
LGBT vem sendo crucificada sem chance de
defesa, sem amor, sem compaixão, sem nada.
CURIOSAMENTE, Cristo foi morto da mesma
forma...
TESES
Defesa da analogia criada pela
comunidade LGBT?
Defesa da mulher?
Pra mim, ambas imagens são profanação do símbolo da
minha fé... TESE
Curtir · Responder · 3 · 8 de junho às 14:08
A A cruz não deveria ser o símbolo da nossa fé, uma vez que
acreditamos que Cristo ressuscitou dos mortos. A
crucificação era e ainda é em alguns lugares uma pena de
morte das piores, tendo em vista o sofrimento do crucificado
até que morra. Acima da cabeça da moça não está escrito
"INRI", logo ela não fez apologia e não tentou se comparar a
Cristo, mas usou uma figura de linguagem que não poderia
ser ignorada: A crucificação REFUTAÇÃO 1
Curtir · 8 · 8 de junho às 14:11
Fora que, só citando uma coisa, mais de 5000 pessoas
foram crucificadas e expostas em uma estrada que levava a
Roma. Então, não necessariamente a imagem é uma ofensa.
É um modo de mostrar, com uma situação conhecida, que
gays e transexuais morrem nas ruas por gente ignorante.
Curtir · 3 · 8 de junho às 14:16 REFUTAÇÃO 2
Eu não acho q ela se comparou a Cristo... O Cristo e a
Cruz são coisas separadas (por assim dizer), pois Ele
ressuscitou. A Cruz é o sinal da nossa salvação. Do sacrifício
feito para a liberdade de quem crer. Eu entendo a mensagem
que ela quis passar, mas acho que poderia ser feito de outra
forma. Custo muito a crer que não tem intolerância ai... Mas
como só quem "sofre" disso são os gays, paciência!
Curtir · 8 de junho às 14:19
A questão é que a maior intolerância que eles sofrem vem
de fontes religiosas. As fontes religiosas Brasileiras
respaldam muito a homofobia.
Curtir · 2 · 8 de junho às 14:20 · Editado
A imagem quer cantar o seguinte: "Assim como Jesus
morreu crucificado por não ser entendido, apesar de ser
gentil e amoroso, e vocês lamentam isso, por que deixam
pessoas morrerem da mesma forma?"
Curtir · 2 · 8 de junho às 14:23 · Editado
Ontem, uma moça bisexual foi executada com
12 tiros a caminho da parada. Eu acho que essa cruz tá
sendo pouco ainda. Tá tendo boicote ao comercial que
mostra casais do mesmo sexo se ABRAÇANDO e
trocando presentes, mas o comercial de cerveja
esfrega uma bunda na tela ao meio dia, e tá tudo de
boas com isso, afinal o que tem de errado numa mulher
seminua que só está ali pra fazer vender a cerveja?
Curtir · 4 · 8 de junho às 14:23 ARGUMENTO
IRRELEVANTE?
A questão é que o povo justifica a propaganda do
boticário comparando com a de cervejas e bundas. A
propaganda do Boticário é algo normal porque,
independente do sexo, somos seres humanos. Dito
isso, todos os seres humanos tem o direito da vida e da
expressão.
Curtir · 8 de junho às 14:25
Disso eu não tenho dúvidas... Infelizmente os religiosos não
aceitam que a sociedade vive de leis e não da Bíblia, nem que
segue a Bíblia quem quer... Pra mim qualquer forma de
intolerância é errada... Só que ainda acho profanação a imagem.
Curtir · 8 de junho às 14:26
Boticário nem comento.. Maior babaquice que ouvi nos
últimos tempos foi esse boicote!!
Curtir · 1 · 8 de junho às 14:28
Isso aí! Mandou bem. (OBSERVADOR)
Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 14:11
ninguém reclama dos filmes e eventos tipo "paixão de cristo"
que na prática são a mesma coisa desses exemplos aí.no final das
contas, ainda não aprendemos o que significou o evento da
crucificação. ARGUMENTO IRRELEVANTE
Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 14:15

Pra mim ta tudo errado ai, pra que mexer
com os outros? E to falando dos dois lados, tanto
quem desrespeita lgbt quanto gente que desrespeita
religiao. E nao, nao foi curiosamente, pq ta bem claro
que ela ta com uma coroa de espinhos e isso nao
fazia parte da pena da crucificaçao, cristo foi o unico
que recebeu isso pq os guardas que tavam la
queriam zoar com ele. Nao to dizendo que eles nao
tem que buscar o respeito que merecem, mas a partir
do momento que desrespeitam os outros, nao têm o
direito de exigir algo (nao to generalizando, to
falando de quem desrespeita, tanto de um lado
quanto do outro. So pra deixar claro)
Curtir · Responder · 4 · 8 de junho às 14:23 · Editado

Movimento ridículo. Falta de respeito sim. Esse
tipo de coisa não representa a comunidade LGBT. Nem
todo gay é retardado como esse da foto.
Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 14:35 · Editado
Mas todo gay está fadado a ser crucificado como
essa da foto. Logo, pelo bem de um todo, nós
precisamos que mais "retardados" se manifestem
(GENERALIZAÇÃO)
Curtir · 7 · 8 de junho às 14:41
Tá errado. Retardados desse tipo são do mesmo
tipo do "je suis Charlie" ou os "gays" que se
manifestaram enfiando crucifixo no ... e pondo fogo
depois. Quer conseguir o que fazendo isso? É coisa de
retardado mesmo. Ter que explicar a parada é deprimente
Curtir · Responder · 1 · 8 de junho às 14:54

Um amigo meu,xxxxxxxx, disse o seguinte em um
comentário seu: "Se o protesto for do jeitinho que a maioria
acharia meiguinho (na verdade a maioria nem quer a existência
da parada LGBT), a mídia nos trataria como seres invisíveis.
Acho que essa polêmica - e é lamentável ver que isso é
encarado como polêmica - traz a discussão e a reflexão. Claro,
sei que muita gente não tem a capacidade de pensar, mas não
é como se houvesse um caminho certo para fazer essas
pessoas entenderem. O ódio delas vem de uma fé que não
questiona. É difícil lidar com algo assim."
A analogia é clara. Só não entendeu quem é burro. Se valer de
simbolismos anacrônicos para proporcionar reflexões sobre
compreensão das diversidades é simplesmente a forma mais
eficaz de se fazer. Religiosa ou não, a cruz é um símbolo
culturalmente estabelecido e a mensagem final tá ali, crystal
clear, e só ofende quem não entendeu nem a própria
mensagem original de Jesus Cristo. Lembram da vaca
crucificada no M do McDonnalds? Comparação meio tensa de
significações, mas a estrutura do impacto é a mesma. Como
dizia aquela página: Pense, é grátis.
Curtir · Responder · 3 · 8 de junho às 15:08 · Editado
E parem com a bobagem do "falta de
respeito". Faltar ao respeito é menosprezar, é
reduzir. A imagem reduz? A imagem EXPANDE.
Expande nossas noções dogmáticas de
certo/errado. Refletir sobre a dimensão da
diversidade humana usando figuras de linguagem
que erroneamente são propagadas por aí através
das nossas queridas genéricas filosofias cristãs é
nada mais que uma ideia genial de protesto. Por
favor, coloquem o ego de lado. Isso aqui não é uma
questão de "minha opinião/sua opinião" Isso aqui é
a questão da ascenção social e cultural da PORRA
DA MINHA EXISTÊNCIA COMO SER HUMANO!
Curtir · Responder · 6 · 8 de junho às 15:02 · Editado
Falta de respeito é um ser humano apanhar, ser
EXECUTADO por causa do relacionamento dele. Falta de respeito
é eu ter que ouvir que "não quero vc muito com esses gays", falta
de respeito é ELES terem que ouvir que são aberrações todos os
dias por nada.
Curtir · 4 · 8 de junho às 15:05
Dizer que os gays que apoiam a imagem são 'retardados' (e
ainda usando a forma de expressão retrógrada de que 'retardado'
é em algum nível uma ofensa e não apenas um rótulo
inapropriado para outra condição humana) sem provavelmente
nunca ter lido nada a respeito é que é menosprezar, reduzir,
encaixotar, ou melhor: "faltar com o respeito". Coerência,
amigos. Bjs gente senão eu vicio nessa discussão e ficarei aqui o
dia inteiro
Curtir · 1 · 8 de junho às 15:06 · Editado
, vem aqui em casa tomar um chá e comer bolo. Beijos
 Curtir · 1 · 8 de junho às 15:07

 Vou ter que compartilhar. (OBSERVADOR)
 Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 16:30
Sou ateu. Mas não acho legal o um simbolo de qualquer
religião como forma de expressar um ponto. E claro que para
um evangélico que não adora imagens não tem sentido reclamar
disso porque a representação deveria ser ignorada ou além dos
católicos e ortodoxos alguma outra corrente do cristianismo
adora imagens?
 Curtir · Responder · 8 de junho às 18:04 · Editado
Justamente pela crucificação ser um ato tão simbólico é
que essa representação ficou tão boa! Da mesma maneira
que Jesus foi crucificado, e hj nós não conseguimos nem
imaginar a dor que ele passou, a sociedade LGBT vem sendo
atacada de graça por falsos moralistas e distribuídores de
ódio que preferem cometer crime de assassinato a permitir
diferentes formas de amor. Odeio fazer textão, me empolguei.
 Curtir · 8 de junho às 18:04
Então, , morrem muito mais pessoas de
baixa renda em comunidades do Rio e periferia de SP
do que todos os GAYS assassinados no mundo
inteiro e não vi ninguém usando isso como
referência. Não está certo por se tratar de um
simbolo religioso. (REFUTAÇÃO)
 Curtir · 8 de junho às 18:13
Pessoas morrer por causa da violência o
tempo inteiro, e isso realmnete é uma merda. Vc não
poder ir na padaria tranquilo é uma droga, vc pode
ser assaltado, violentado, sei lá. Mas acho que
executar uma pessoa só pq ela é gay/trans/bi, seja lá
o que for é igualmente preocupante
 Curtir · 8 de junho às 18:16
E outra coisa. Jesus (na possibilidade de ter
existido) era Judeu. Extremamente
preconceituoso.(GENERALIZAÇÃO) Com certeza
desaprovava Gays e etc...mesmo porque seria
logicamente um contraponto. O dominador Romano
aceitava o homossexualismo com total liberdade. Mas . eu
não vejo ninguém fantasiado de Imperador Adriano e
Antinoo. Gregos e Espartanos também e eram
conquistadores. Alexandre o Grande era uma louca e nem
por isso menos impiedoso...
 Curtir · 8 de junho às 18:26
Precisaria existir um estudo extremamente
profundo para determinar qual percentual de
homossexuais realmente são mortos por sua opção
sexual e quantos estavam em situação de risco onde
qualquer pessoa poderia ter sido morta. (bom!)
 Curtir · 8 de junho às 18:27
, NA NOSSA CULTURA homosessuais são
mortos por serem quem são! Vc nunca ouviu falar de
grupinho que se junta pra "bater no viadinho"?
Curtir · 8 de junho às 18:28
E aqui estamos falando com adultos. Geral
sabe como e a noite para gays e héteros. Se você se
colocar numa situação de risco pode sim se colocar
em perigo. (REFUTAÇÃO)
Curtir · 8 de junho às 18:29
, nada justifica usar um simbolo religioso.
Curtir · 8 de junho às 18:31
Bom, eu aprendi a não sair sozinha tarde da noite
sendo moça, pq pode me acontecer alguma coisa. Mas e o
casal homosessual, consistente de dois rapazes, adultos
que não podem sair de mão dadas a qualquer momento
do dia pois estão arriscando serem mortos JUSTAMENTE
por serem gays?
Curtir · 8 de junho às 18:31
,continua não justificando a utilização de um
simbolo religioso. Se eu que sou Ateu achei errado. O que
você está discutindo? Você e evangélica não tem
simbologia para você. Mas mesmo assim não deveria ser
usado.
Curtir · 8 de junho às 18:33
O ISIS mata homossexuais abertamente. Porque
ninguèm usa a bandeira deles?
Curtir · 8 de junho às 18:34
Olha, eu acho que chegamos num ponto da
humanidade em que qualquer coisa justifica. Estamos
simplesmente nos matando em nome de Deus
 Curtir · 8 de junho às 18:34
, conflitos étnicos, assaltos, drogas, etc...matam
gente por violência, religião pouco. O tráfico e o crime
organizado matam mais gente nos últimos dez anos no
Brasil do que as guerras dos últimos 500 anos no Oriente
médio. E os alvos dos crimes no Brasil com certeza não
são nem 1% gays. Isso continua não justificando o uso da
cruz.
Curtir · 8 de junho às 18:37
A revista Placar fez uso indevido também.(SÓ AQUI
HÁ REFERÊNCIA À REVISTA)
Curtir · 8 de junho às 18:39
Por exemplo. Ortodoxos Russos e Judeus são
muito mais intolerantes do que Católicos com relação
ao LGBT, mas não vejo ninguém se manifestando
contra, a Igreja Ortodoxa Grega então nem se fala e o
que dizer do ISIS? então, não vi ninguém sacaneando
a bandeira preta deles, ou melhor vi, um tal de Charlie
alguma coisa lá na França. Não são todos os
católicos ou todos os evangélicos que são
preconceituosos. Sim. E uma falta de respeito.
Curtir · Responder · 8 de junho às 18:05
nenhuma dessas religiões citadas é a crença
dominante no Brasil há mais de 500 anos (NÃO
ESTAVA NA CONVERSA... SÓ OBSERVAVA...)
Curtir · 8 de junho às 18:12
A mesma pergunta eu faço agora, porque as
meninas do Femen vão no Vaticano e colocam o peito
de fora, hardcore ativista seria fazer a mesma coisa
indo para o norte da Siria numa cidade dominada pelo
ISIS, ai sim eu respeitava.
Curtir · Responder · 8 de junho às 18:43
Acabar com preconceito não e isso. E empregar
o travesti e pouco se fala nisso. O gay tem emprego o
traveco não tem.
Curtir · Responder · 8 de junho às 18:51
Acabar com o preconceito e ensinar a criança a
tratar todos igualmente. Nem melhor e nem pior.
Curtir · Responder · 8 de junho às 18:52
Todo os 2 são blasfêmea do msm jeito. Mas o
problema não foi só o ato de "crucificação", foi a
pornografia e os deboches a fé alheia.
Curtir · Responder · 9 de junho às 05:42
Clodovil tinha razão em falar desse grupo LBT
https://www.youtube.com/watch?v=U2SvVzsu-zI
Clodovil desagrada lobby gay e é vaiado pelos gayzistas
CONSIDERAÇÕES FINAIS
 O facebook é uma rede social na qual o
conhecimento pode ser tecido com vários fios
pessoais. Se o entrelaçamento dos fios tiver um
orientador no espaço escolar, os alunos poderão
tecer, na interação com os outros, nos debates
provocados pelos fatos da atualidade, seus
argumentos que serão tão fortes e consistentes
que “balançarão” a rede.
REFERÊNCIAS
 Dolz, J. & Schneuwly, B. (1999, maio-agosto). Os gêneros
escolares: das práticas de linguagem aos objetos de ensino.
Revista Brasileira de Educação, (11), 5-16. Recuperado em 30
abril, 2016, de http://www.academia. edu/ 1595337/ Os_
g%C3%AAneros_escolares_Das_pr%C3%A1ticas_de_linguage
m_aos_objetos_de_ensino
 Garcia, O. M. (1997). Comunicação em Prosa Moderna: aprenda
a escrever, aprendendo a pensar (19a. ed.). Rio de Janeiro:
Editora Fundação Getúlio Vargas.
 Lévy, P. (1999). As tecnologias da Inteligência: o futuro do
pensamento na era da informática (1a ed.). (C. I. da Costa,
Trad.). Rio de Janeiro: Editora 34. (Obra original publicada em
1992).
 Maffesoli, M. (1995). A contemplação do mundo. Porto Alegre:
Artes e Ofícios.
REFERÊNCIAS
 Santi, A. de (2015, junho). O Lado Negro do Facebook (348ª.
ed.). Revista Superinteressante, p.30.
 Seabra, C. (2012). Redes sociais e tecnologias no
contexto escolar. Revista Scientific American Brasil - Aula Aberta,
13 (ano II), pp. 14-15. Editora Moderna.
 Souza, D. A. (2012). Desenvolvimento da produção
argumentativa: Um estudo de transformações na estrutura da
argumentação de estudantes universitários em situação de
“Debate Crítico”. Dissertação de Mestrado, Psicologia Cognitiva.
Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, Brasil.
CONTATOS
Hélia Coelho Mello
heliacoelho14@gmail.com
hcunha@iff.edu.br
Aline Marcelino dos Santos Silva
alinemarcelino_cefet@yahoo.com.br
alinemarcelino@zipmail.com
Facebook: LINGUA AFI(N)ADA

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a O debate que balança a palavra na rede

GEICAI - Documentos Google.pdf
GEICAI - Documentos Google.pdfGEICAI - Documentos Google.pdf
GEICAI - Documentos Google.pdfPriscilaGualberto1
 
Afinal, existe racismo no Brasil?
Afinal, existe racismo no Brasil?Afinal, existe racismo no Brasil?
Afinal, existe racismo no Brasil?André Santos Luigi
 
Paper o que é cultura parte i - documentos google
Paper  o que é cultura  parte i - documentos googlePaper  o que é cultura  parte i - documentos google
Paper o que é cultura parte i - documentos googleJosé Sanches Cruz
 
A Intolerância e fanatismo no Brasil.pptx
A Intolerância e fanatismo no Brasil.pptxA Intolerância e fanatismo no Brasil.pptx
A Intolerância e fanatismo no Brasil.pptxAbdalaRIMECA
 
Palavras D.Policarpo
Palavras D.PolicarpoPalavras D.Policarpo
Palavras D.PolicarpoCarlos Barata
 
Denuncia de orkut
Denuncia de orkutDenuncia de orkut
Denuncia de orkutLuana Jacob
 
CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docx
CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docxCARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docx
CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docxNelson Pereira
 
Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica
Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica
Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica Deisiane Cazaroto
 
Debate cristão x neo ateu parte 2
Debate cristão x neo ateu   parte 2Debate cristão x neo ateu   parte 2
Debate cristão x neo ateu parte 2logosapologetica
 
Preconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdf
Preconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdfPreconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdf
Preconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdfVIEIRA RESENDE
 
Aula inaugural de marcelo barros ciências da religião unicap
Aula inaugural de marcelo barros   ciências da religião unicapAula inaugural de marcelo barros   ciências da religião unicap
Aula inaugural de marcelo barros ciências da religião unicapGilbraz Aragão
 
Fratelli Tutti capítulo III e IV.pptx
Fratelli Tutti capítulo III e IV.pptxFratelli Tutti capítulo III e IV.pptx
Fratelli Tutti capítulo III e IV.pptxLuizHonorio4
 
O fim da fé - Sam Harris
O fim da fé - Sam HarrisO fim da fé - Sam Harris
O fim da fé - Sam HarrisWallace Roque
 

Semelhante a O debate que balança a palavra na rede (20)

Dizjornal141
Dizjornal141Dizjornal141
Dizjornal141
 
GEICAI - Documentos Google.pdf
GEICAI - Documentos Google.pdfGEICAI - Documentos Google.pdf
GEICAI - Documentos Google.pdf
 
Afinal, existe racismo no Brasil?
Afinal, existe racismo no Brasil?Afinal, existe racismo no Brasil?
Afinal, existe racismo no Brasil?
 
Paper o que é cultura parte i - documentos google
Paper  o que é cultura  parte i - documentos googlePaper  o que é cultura  parte i - documentos google
Paper o que é cultura parte i - documentos google
 
A Intolerância e fanatismo no Brasil.pptx
A Intolerância e fanatismo no Brasil.pptxA Intolerância e fanatismo no Brasil.pptx
A Intolerância e fanatismo no Brasil.pptx
 
Homofobia e homossexualidade
Homofobia e homossexualidade Homofobia e homossexualidade
Homofobia e homossexualidade
 
Palavras D.Policarpo
Palavras D.PolicarpoPalavras D.Policarpo
Palavras D.Policarpo
 
Denuncia de orkut
Denuncia de orkutDenuncia de orkut
Denuncia de orkut
 
CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docx
CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docxCARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docx
CARTA ABERTA ÀS FAMÍLIAS BRASILEIRAS (2).docx
 
Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica
Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica
Sexualidade na velhice - Abordagem sócio-histórica
 
Debate cristão x neo ateu parte 2
Debate cristão x neo ateu   parte 2Debate cristão x neo ateu   parte 2
Debate cristão x neo ateu parte 2
 
Preconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdf
Preconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdfPreconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdf
Preconceito Contra Homossexualidades - Marco Aurélio Máximo Prado.pdf
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 
Aula inaugural de marcelo barros ciências da religião unicap
Aula inaugural de marcelo barros   ciências da religião unicapAula inaugural de marcelo barros   ciências da religião unicap
Aula inaugural de marcelo barros ciências da religião unicap
 
Trabalho Interdiciplinar De Geo
Trabalho Interdiciplinar De GeoTrabalho Interdiciplinar De Geo
Trabalho Interdiciplinar De Geo
 
Preconceito
PreconceitoPreconceito
Preconceito
 
Fratelli Tutti capítulo III e IV.pptx
Fratelli Tutti capítulo III e IV.pptxFratelli Tutti capítulo III e IV.pptx
Fratelli Tutti capítulo III e IV.pptx
 
Preconceituoso
PreconceituosoPreconceituoso
Preconceituoso
 
Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)Trabalho de português (brasil)
Trabalho de português (brasil)
 
O fim da fé - Sam Harris
O fim da fé - Sam HarrisO fim da fé - Sam Harris
O fim da fé - Sam Harris
 

Mais de Helia Coelho Mello

Progymnasmata um presente dos gregos
Progymnasmata   um presente dos gregosProgymnasmata   um presente dos gregos
Progymnasmata um presente dos gregosHelia Coelho Mello
 
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de RetóricaIV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de RetóricaHelia Coelho Mello
 
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom BrilA Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom BrilHelia Coelho Mello
 
A Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o DiscursoA Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o DiscursoHelia Coelho Mello
 
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.Helia Coelho Mello
 
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTADIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTAHelia Coelho Mello
 
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃOARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃOHelia Coelho Mello
 
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?Helia Coelho Mello
 
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOSRETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOSHelia Coelho Mello
 
Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimos
Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimosSinônimos, antônimos, parônimos, homônimos
Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimosHelia Coelho Mello
 

Mais de Helia Coelho Mello (20)

Progymnasmata um presente dos gregos
Progymnasmata   um presente dos gregosProgymnasmata   um presente dos gregos
Progymnasmata um presente dos gregos
 
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de RetóricaIV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
IV Congresso da Sociedade Brasileira de Retórica
 
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom BrilA Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
A Retórica das Mil e Uma Utilidades da Bom Bril
 
O discurso é a estrela
O discurso é a estrelaO discurso é a estrela
O discurso é a estrela
 
A Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o DiscursoA Retórica Desmascara o Discurso
A Retórica Desmascara o Discurso
 
Minicurso Enletrarte 2015
Minicurso Enletrarte 2015Minicurso Enletrarte 2015
Minicurso Enletrarte 2015
 
Minicurso Enletrate 2015
Minicurso Enletrate 2015Minicurso Enletrate 2015
Minicurso Enletrate 2015
 
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
DISSERTAÇÃO NÃO É PSICOGRAFIA. É PRECISO PLANEJAR.
 
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTADIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
DIMINUTIVO: O GRAU QUE AFAGA OU AFASTA
 
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃOARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
ARGUMENTAÇÃO COM DISPOSIÇÃO
 
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
FIGURA RETÓRICA: FLOR OU ESPADA?
 
SOFISMAS DA ATUALIDADE
SOFISMAS DA ATUALIDADESOFISMAS DA ATUALIDADE
SOFISMAS DA ATUALIDADE
 
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOSRETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
RETÓRICA: CHAVE DA LEITURA DE TEXTOS ARGUMENTATIVOS
 
Falácias
FaláciasFalácias
Falácias
 
Estratégias argumentativas1
Estratégias argumentativas1Estratégias argumentativas1
Estratégias argumentativas1
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
 
Coerência textual
Coerência textualCoerência textual
Coerência textual
 
Recursos retóricos
Recursos retóricosRecursos retóricos
Recursos retóricos
 
Acordo Ortográfico
Acordo OrtográficoAcordo Ortográfico
Acordo Ortográfico
 
Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimos
Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimosSinônimos, antônimos, parônimos, homônimos
Sinônimos, antônimos, parônimos, homônimos
 

Último

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 

Último (20)

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 

O debate que balança a palavra na rede

  • 1. O DEBATE QUE BALANÇA A PALAVRA NA REDE Hélia Coelho Mello Aline Marcelino dos Santos Silva
  • 2.  SEABRA(2012) diz que “O uso da internet e das redes sociais apenas permite maior integração e transparência das relações entre os alunos e deles com assuntos e temas de seu interesse. Cabe aos educadores aproveitar a possibilidade aberta por essas tecnologias para acompanhar mais de perto os jovens e construir, em conjunto com eles, novos processos integradores da formação crítica de cidadãos, de artistas, cientistas, profissionais, de seres humanos na mais plena acepção”. SEABRA , Carlos. Redes sociais e tecnologias no contexto escolar Artigo publicado em novembro de 2012 no “Aula Aberta” da Scientific American Brasil. Disponível em:https://cseabra.wordpress.com/2012/07/ 25/redes-sociais-e-tecnologias-no-contexto-escolar/
  • 3. OBJETIVO: Demonstrar a importância dos debates que ocorrem entre os jovens nas redes sociais, alertando os profissionais de educação a utilizarem mais esta ferramenta com seus alunos.
  • 4. NOSSA PROPOSTA O professor pode propor a discussão de um tema polêmico em uma rede social (facebook) e depois, em suas aulas, junto com os alunos, analisar a argumentação de todos. Outra alternativa seria analisar, em sala de aula, debates polêmicos ocorridos em redes sociais de outras pessoas desconhecidas dos alunos.
  • 5. QUESTÕES A SEREM ANALISADAS NA ARGUMENTAÇÃO OCORRIDA EM DEBATES NAS REDES SOCIAIS COM OS ALUNOS NA ESCOLA:  Necessidade de a discussão proposta partir de uma única delimitação e única tese.  Relevância e suficiência dos argumentos.  Tipos de argumentos.  Recursos retóricos.  Falácias e sofismas.  Refutação dos argumentos.  Importância de um argumento sólido para a conclusão de um debate polêmico.
  • 6. PARADA GAY 2015- SÃO PAULO
  • 7. PARADA GAY 2015- SÃO PAULO
  • 8. PARADA GAY 2015- SÃO PAULO Esta foto representa o protesto da modelo transexual Viviany Beleboni, 26, que se vestiu como Jesus Cristo e encenou a própria crucificação durante a 19ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) de São Paulo em 07 de junho de 2015. No alto da cruz, ela afixou uma placa com a mensagem "Basta de homofobia com GLBT". A modelo escreveu em rede social que "Jesus morreu por todos e foi humilhado, motivo de chacotas, agredido e morto, que é o que vem acontecendo diariamente com GLBTs, por não termos leis".
  • 9.  DEBATE OCORRIDO EM PÁGINA PESSOAL DO FACEBOOK DE UMA JOVEM E SEUS AMIGOS EM 08 DE JUNHO DE 2015 SOBRE ESTE FATO POLÊMICO OCORRIDO DURANTE A PARADA GAY DE SÃO PAULO :
  • 10. COMPARTILHOU A FOTO DE POPLÂNDIA. 8 DE JUNHO ÀS 14:02  POPlândia  Fatos da sociedade hipócrita de cada dia.. Nada de novo sob o sol..  Já olhou pra si mesmo e se perguntou o porquê de sua repulsa à uma imagem enquanto a outra não faz diferença pra você?  É porque é uma mulher crucificada? Porque a última vez que alguém crucificado foi motivo de tanto alarde foi porque Madonna também se pôs na cruz..  Vocês tem algum problema em ver o nosso senhor salvador em uma estética feminina? Soa degradante pra você? Então você tem alguns probleminhas e precisa rever seus conceitos parça..
  • 11. INÍCIO DO DEBATE: PROVOCAÇÃO DE IDEIAS Vamos parar com a palhaçada? Essa mulher não está representando Cristo, ela APENAS está representando como a comunidade LGBT vem sendo crucificada sem chance de defesa, sem amor, sem compaixão, sem nada. CURIOSAMENTE, Cristo foi morto da mesma forma...
  • 12. TESES Defesa da analogia criada pela comunidade LGBT? Defesa da mulher?
  • 13. Pra mim, ambas imagens são profanação do símbolo da minha fé... TESE Curtir · Responder · 3 · 8 de junho às 14:08 A A cruz não deveria ser o símbolo da nossa fé, uma vez que acreditamos que Cristo ressuscitou dos mortos. A crucificação era e ainda é em alguns lugares uma pena de morte das piores, tendo em vista o sofrimento do crucificado até que morra. Acima da cabeça da moça não está escrito "INRI", logo ela não fez apologia e não tentou se comparar a Cristo, mas usou uma figura de linguagem que não poderia ser ignorada: A crucificação REFUTAÇÃO 1 Curtir · 8 · 8 de junho às 14:11 Fora que, só citando uma coisa, mais de 5000 pessoas foram crucificadas e expostas em uma estrada que levava a Roma. Então, não necessariamente a imagem é uma ofensa. É um modo de mostrar, com uma situação conhecida, que gays e transexuais morrem nas ruas por gente ignorante. Curtir · 3 · 8 de junho às 14:16 REFUTAÇÃO 2
  • 14. Eu não acho q ela se comparou a Cristo... O Cristo e a Cruz são coisas separadas (por assim dizer), pois Ele ressuscitou. A Cruz é o sinal da nossa salvação. Do sacrifício feito para a liberdade de quem crer. Eu entendo a mensagem que ela quis passar, mas acho que poderia ser feito de outra forma. Custo muito a crer que não tem intolerância ai... Mas como só quem "sofre" disso são os gays, paciência! Curtir · 8 de junho às 14:19 A questão é que a maior intolerância que eles sofrem vem de fontes religiosas. As fontes religiosas Brasileiras respaldam muito a homofobia. Curtir · 2 · 8 de junho às 14:20 · Editado A imagem quer cantar o seguinte: "Assim como Jesus morreu crucificado por não ser entendido, apesar de ser gentil e amoroso, e vocês lamentam isso, por que deixam pessoas morrerem da mesma forma?" Curtir · 2 · 8 de junho às 14:23 · Editado
  • 15. Ontem, uma moça bisexual foi executada com 12 tiros a caminho da parada. Eu acho que essa cruz tá sendo pouco ainda. Tá tendo boicote ao comercial que mostra casais do mesmo sexo se ABRAÇANDO e trocando presentes, mas o comercial de cerveja esfrega uma bunda na tela ao meio dia, e tá tudo de boas com isso, afinal o que tem de errado numa mulher seminua que só está ali pra fazer vender a cerveja? Curtir · 4 · 8 de junho às 14:23 ARGUMENTO IRRELEVANTE? A questão é que o povo justifica a propaganda do boticário comparando com a de cervejas e bundas. A propaganda do Boticário é algo normal porque, independente do sexo, somos seres humanos. Dito isso, todos os seres humanos tem o direito da vida e da expressão. Curtir · 8 de junho às 14:25
  • 16. Disso eu não tenho dúvidas... Infelizmente os religiosos não aceitam que a sociedade vive de leis e não da Bíblia, nem que segue a Bíblia quem quer... Pra mim qualquer forma de intolerância é errada... Só que ainda acho profanação a imagem. Curtir · 8 de junho às 14:26 Boticário nem comento.. Maior babaquice que ouvi nos últimos tempos foi esse boicote!! Curtir · 1 · 8 de junho às 14:28 Isso aí! Mandou bem. (OBSERVADOR) Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 14:11 ninguém reclama dos filmes e eventos tipo "paixão de cristo" que na prática são a mesma coisa desses exemplos aí.no final das contas, ainda não aprendemos o que significou o evento da crucificação. ARGUMENTO IRRELEVANTE Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 14:15
  • 17.  Pra mim ta tudo errado ai, pra que mexer com os outros? E to falando dos dois lados, tanto quem desrespeita lgbt quanto gente que desrespeita religiao. E nao, nao foi curiosamente, pq ta bem claro que ela ta com uma coroa de espinhos e isso nao fazia parte da pena da crucificaçao, cristo foi o unico que recebeu isso pq os guardas que tavam la queriam zoar com ele. Nao to dizendo que eles nao tem que buscar o respeito que merecem, mas a partir do momento que desrespeitam os outros, nao têm o direito de exigir algo (nao to generalizando, to falando de quem desrespeita, tanto de um lado quanto do outro. So pra deixar claro) Curtir · Responder · 4 · 8 de junho às 14:23 · Editado
  • 18.  Movimento ridículo. Falta de respeito sim. Esse tipo de coisa não representa a comunidade LGBT. Nem todo gay é retardado como esse da foto. Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 14:35 · Editado Mas todo gay está fadado a ser crucificado como essa da foto. Logo, pelo bem de um todo, nós precisamos que mais "retardados" se manifestem (GENERALIZAÇÃO) Curtir · 7 · 8 de junho às 14:41 Tá errado. Retardados desse tipo são do mesmo tipo do "je suis Charlie" ou os "gays" que se manifestaram enfiando crucifixo no ... e pondo fogo depois. Quer conseguir o que fazendo isso? É coisa de retardado mesmo. Ter que explicar a parada é deprimente Curtir · Responder · 1 · 8 de junho às 14:54
  • 19.  Um amigo meu,xxxxxxxx, disse o seguinte em um comentário seu: "Se o protesto for do jeitinho que a maioria acharia meiguinho (na verdade a maioria nem quer a existência da parada LGBT), a mídia nos trataria como seres invisíveis. Acho que essa polêmica - e é lamentável ver que isso é encarado como polêmica - traz a discussão e a reflexão. Claro, sei que muita gente não tem a capacidade de pensar, mas não é como se houvesse um caminho certo para fazer essas pessoas entenderem. O ódio delas vem de uma fé que não questiona. É difícil lidar com algo assim." A analogia é clara. Só não entendeu quem é burro. Se valer de simbolismos anacrônicos para proporcionar reflexões sobre compreensão das diversidades é simplesmente a forma mais eficaz de se fazer. Religiosa ou não, a cruz é um símbolo culturalmente estabelecido e a mensagem final tá ali, crystal clear, e só ofende quem não entendeu nem a própria mensagem original de Jesus Cristo. Lembram da vaca crucificada no M do McDonnalds? Comparação meio tensa de significações, mas a estrutura do impacto é a mesma. Como dizia aquela página: Pense, é grátis. Curtir · Responder · 3 · 8 de junho às 15:08 · Editado
  • 20. E parem com a bobagem do "falta de respeito". Faltar ao respeito é menosprezar, é reduzir. A imagem reduz? A imagem EXPANDE. Expande nossas noções dogmáticas de certo/errado. Refletir sobre a dimensão da diversidade humana usando figuras de linguagem que erroneamente são propagadas por aí através das nossas queridas genéricas filosofias cristãs é nada mais que uma ideia genial de protesto. Por favor, coloquem o ego de lado. Isso aqui não é uma questão de "minha opinião/sua opinião" Isso aqui é a questão da ascenção social e cultural da PORRA DA MINHA EXISTÊNCIA COMO SER HUMANO! Curtir · Responder · 6 · 8 de junho às 15:02 · Editado
  • 21. Falta de respeito é um ser humano apanhar, ser EXECUTADO por causa do relacionamento dele. Falta de respeito é eu ter que ouvir que "não quero vc muito com esses gays", falta de respeito é ELES terem que ouvir que são aberrações todos os dias por nada. Curtir · 4 · 8 de junho às 15:05 Dizer que os gays que apoiam a imagem são 'retardados' (e ainda usando a forma de expressão retrógrada de que 'retardado' é em algum nível uma ofensa e não apenas um rótulo inapropriado para outra condição humana) sem provavelmente nunca ter lido nada a respeito é que é menosprezar, reduzir, encaixotar, ou melhor: "faltar com o respeito". Coerência, amigos. Bjs gente senão eu vicio nessa discussão e ficarei aqui o dia inteiro Curtir · 1 · 8 de junho às 15:06 · Editado , vem aqui em casa tomar um chá e comer bolo. Beijos  Curtir · 1 · 8 de junho às 15:07
  • 22.   Vou ter que compartilhar. (OBSERVADOR)  Curtir · Responder · 2 · 8 de junho às 16:30 Sou ateu. Mas não acho legal o um simbolo de qualquer religião como forma de expressar um ponto. E claro que para um evangélico que não adora imagens não tem sentido reclamar disso porque a representação deveria ser ignorada ou além dos católicos e ortodoxos alguma outra corrente do cristianismo adora imagens?  Curtir · Responder · 8 de junho às 18:04 · Editado Justamente pela crucificação ser um ato tão simbólico é que essa representação ficou tão boa! Da mesma maneira que Jesus foi crucificado, e hj nós não conseguimos nem imaginar a dor que ele passou, a sociedade LGBT vem sendo atacada de graça por falsos moralistas e distribuídores de ódio que preferem cometer crime de assassinato a permitir diferentes formas de amor. Odeio fazer textão, me empolguei.  Curtir · 8 de junho às 18:04
  • 23. Então, , morrem muito mais pessoas de baixa renda em comunidades do Rio e periferia de SP do que todos os GAYS assassinados no mundo inteiro e não vi ninguém usando isso como referência. Não está certo por se tratar de um simbolo religioso. (REFUTAÇÃO)  Curtir · 8 de junho às 18:13 Pessoas morrer por causa da violência o tempo inteiro, e isso realmnete é uma merda. Vc não poder ir na padaria tranquilo é uma droga, vc pode ser assaltado, violentado, sei lá. Mas acho que executar uma pessoa só pq ela é gay/trans/bi, seja lá o que for é igualmente preocupante  Curtir · 8 de junho às 18:16
  • 24. E outra coisa. Jesus (na possibilidade de ter existido) era Judeu. Extremamente preconceituoso.(GENERALIZAÇÃO) Com certeza desaprovava Gays e etc...mesmo porque seria logicamente um contraponto. O dominador Romano aceitava o homossexualismo com total liberdade. Mas . eu não vejo ninguém fantasiado de Imperador Adriano e Antinoo. Gregos e Espartanos também e eram conquistadores. Alexandre o Grande era uma louca e nem por isso menos impiedoso...  Curtir · 8 de junho às 18:26 Precisaria existir um estudo extremamente profundo para determinar qual percentual de homossexuais realmente são mortos por sua opção sexual e quantos estavam em situação de risco onde qualquer pessoa poderia ter sido morta. (bom!)  Curtir · 8 de junho às 18:27
  • 25. , NA NOSSA CULTURA homosessuais são mortos por serem quem são! Vc nunca ouviu falar de grupinho que se junta pra "bater no viadinho"? Curtir · 8 de junho às 18:28 E aqui estamos falando com adultos. Geral sabe como e a noite para gays e héteros. Se você se colocar numa situação de risco pode sim se colocar em perigo. (REFUTAÇÃO) Curtir · 8 de junho às 18:29 , nada justifica usar um simbolo religioso. Curtir · 8 de junho às 18:31
  • 26. Bom, eu aprendi a não sair sozinha tarde da noite sendo moça, pq pode me acontecer alguma coisa. Mas e o casal homosessual, consistente de dois rapazes, adultos que não podem sair de mão dadas a qualquer momento do dia pois estão arriscando serem mortos JUSTAMENTE por serem gays? Curtir · 8 de junho às 18:31 ,continua não justificando a utilização de um simbolo religioso. Se eu que sou Ateu achei errado. O que você está discutindo? Você e evangélica não tem simbologia para você. Mas mesmo assim não deveria ser usado. Curtir · 8 de junho às 18:33 O ISIS mata homossexuais abertamente. Porque ninguèm usa a bandeira deles? Curtir · 8 de junho às 18:34
  • 27. Olha, eu acho que chegamos num ponto da humanidade em que qualquer coisa justifica. Estamos simplesmente nos matando em nome de Deus  Curtir · 8 de junho às 18:34 , conflitos étnicos, assaltos, drogas, etc...matam gente por violência, religião pouco. O tráfico e o crime organizado matam mais gente nos últimos dez anos no Brasil do que as guerras dos últimos 500 anos no Oriente médio. E os alvos dos crimes no Brasil com certeza não são nem 1% gays. Isso continua não justificando o uso da cruz. Curtir · 8 de junho às 18:37 A revista Placar fez uso indevido também.(SÓ AQUI HÁ REFERÊNCIA À REVISTA) Curtir · 8 de junho às 18:39
  • 28. Por exemplo. Ortodoxos Russos e Judeus são muito mais intolerantes do que Católicos com relação ao LGBT, mas não vejo ninguém se manifestando contra, a Igreja Ortodoxa Grega então nem se fala e o que dizer do ISIS? então, não vi ninguém sacaneando a bandeira preta deles, ou melhor vi, um tal de Charlie alguma coisa lá na França. Não são todos os católicos ou todos os evangélicos que são preconceituosos. Sim. E uma falta de respeito. Curtir · Responder · 8 de junho às 18:05 nenhuma dessas religiões citadas é a crença dominante no Brasil há mais de 500 anos (NÃO ESTAVA NA CONVERSA... SÓ OBSERVAVA...) Curtir · 8 de junho às 18:12
  • 29. A mesma pergunta eu faço agora, porque as meninas do Femen vão no Vaticano e colocam o peito de fora, hardcore ativista seria fazer a mesma coisa indo para o norte da Siria numa cidade dominada pelo ISIS, ai sim eu respeitava. Curtir · Responder · 8 de junho às 18:43 Acabar com preconceito não e isso. E empregar o travesti e pouco se fala nisso. O gay tem emprego o traveco não tem. Curtir · Responder · 8 de junho às 18:51 Acabar com o preconceito e ensinar a criança a tratar todos igualmente. Nem melhor e nem pior. Curtir · Responder · 8 de junho às 18:52
  • 30. Todo os 2 são blasfêmea do msm jeito. Mas o problema não foi só o ato de "crucificação", foi a pornografia e os deboches a fé alheia. Curtir · Responder · 9 de junho às 05:42 Clodovil tinha razão em falar desse grupo LBT https://www.youtube.com/watch?v=U2SvVzsu-zI Clodovil desagrada lobby gay e é vaiado pelos gayzistas
  • 31. CONSIDERAÇÕES FINAIS  O facebook é uma rede social na qual o conhecimento pode ser tecido com vários fios pessoais. Se o entrelaçamento dos fios tiver um orientador no espaço escolar, os alunos poderão tecer, na interação com os outros, nos debates provocados pelos fatos da atualidade, seus argumentos que serão tão fortes e consistentes que “balançarão” a rede.
  • 32. REFERÊNCIAS  Dolz, J. & Schneuwly, B. (1999, maio-agosto). Os gêneros escolares: das práticas de linguagem aos objetos de ensino. Revista Brasileira de Educação, (11), 5-16. Recuperado em 30 abril, 2016, de http://www.academia. edu/ 1595337/ Os_ g%C3%AAneros_escolares_Das_pr%C3%A1ticas_de_linguage m_aos_objetos_de_ensino  Garcia, O. M. (1997). Comunicação em Prosa Moderna: aprenda a escrever, aprendendo a pensar (19a. ed.). Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas.  Lévy, P. (1999). As tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática (1a ed.). (C. I. da Costa, Trad.). Rio de Janeiro: Editora 34. (Obra original publicada em 1992).  Maffesoli, M. (1995). A contemplação do mundo. Porto Alegre: Artes e Ofícios.
  • 33. REFERÊNCIAS  Santi, A. de (2015, junho). O Lado Negro do Facebook (348ª. ed.). Revista Superinteressante, p.30.  Seabra, C. (2012). Redes sociais e tecnologias no contexto escolar. Revista Scientific American Brasil - Aula Aberta, 13 (ano II), pp. 14-15. Editora Moderna.  Souza, D. A. (2012). Desenvolvimento da produção argumentativa: Um estudo de transformações na estrutura da argumentação de estudantes universitários em situação de “Debate Crítico”. Dissertação de Mestrado, Psicologia Cognitiva. Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, Brasil.
  • 34. CONTATOS Hélia Coelho Mello heliacoelho14@gmail.com hcunha@iff.edu.br Aline Marcelino dos Santos Silva alinemarcelino_cefet@yahoo.com.br alinemarcelino@zipmail.com Facebook: LINGUA AFI(N)ADA