Arte do renascimento - arquitetura

39.932 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • @Luara Pepper

    Olá Luara
    Onde é que foi buscar essa ideia que a Villa Rotonda é Maneirista?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Entretanto no slide 24 a foto apresentada da Villa Rotonda (ou Villa Capra) é considerada uma obra MANEIRISTA e não renascentista...
    É notavél a presenta de algum elementos que antecipam o barroco como a utilização de frontões sobre as janelas e a porta principal, colunas com capiteis mais ornamentados e uso de várias esculturas como ornamentos da fachada, além da elevação do piso. Apesar de possuir as quatro fachadas simétricas, bem como uma planta também simétrica, o uso de ornamentos 'desnecessários' ou 'exagerados' já caracteriza certo rompimento como equilíbrio e as regras proporção que norteiam as obras renascentistas...
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Adoro este powerpoint está simples e bem estruturado e de fácil entendimento! logo eu que sou aluno de História A
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Arte do renascimento - arquitetura

  1. 1. História AArte do Renascimento -ArquiteturaCarlos Jorge Canto VieiraVersão 1.0Maio 2013 1
  2. 2. Arquitetura do Renascimento• Surge na Itália– 1º Florença;– 2º Roma;– 3º Veneza;– Outras cidades…2
  3. 3. Arquitetura do Renascimento• Principais teóricosFilippo Brunelleschi(1377-1446)Leon Battista Alberti(1404-472)3
  4. 4. Arquitetura do Renascimento• Características– Simplificação e racionalização• matematização rigorosa do espaço arquitetónico a partir demúltiplos de uma unidade-padrão;• Relação proporcional:– Entre as várias partes do edifício (nave central, nave lateral,transepto, cruzeiro, capela-mor, capelas laterais);– Entre as medidas principais: altura, largura e profundidade.4
  5. 5. Arquitetura do RenascimentoPlanta típica da Igreja do renascimentoSanta Maria della Consolazione, início do séc. XVI, Todi, Itália 5
  6. 6. Arquitetura do Renascimento• Características• Simetria– Preferência pela plantacentralizada.Bramante, Tempietto, 15026
  7. 7. Arquitetura do RenascimentoBramante, Tempietto, 1502 7Rafael, O casamento da Virgem, 1504
  8. 8. Templo de Vesta, Roma8
  9. 9. Arquitetura do RenascimentoBramante e Miguel Ângelo, Planta da Basílica de S. Pedro do Vaticano e Praça de S. Pedro9
  10. 10. Arquitetura do Renascimento• Características• Perspetiva linear– os edifícios ou o espaço assemelham-se a uma pirâmide visual;– Sucessão de cubos VisuaisA perspetiva de Brunelleschi 10
  11. 11. Arquitetura do RenascimentoFilippo Brunelleschi,Pórtico do Hospital dos Inocentes, Florença, c. 142011
  12. 12. Filippo Brunelleschi, Igreja de S. Lourenço, Florença, c. 1425 12
  13. 13. Arquitectura Renascentista13BrunelleschiBasílica de S. LourençoInterior e plantaFlorença, 1419-60
  14. 14. Arquitetura do Renascimento• Características• Utilização de linhas e os ângulos retos:– Retorno à estética clássica;– predomínio da horizontalidade dos edifícios.Filippo Brunelleschi, Capela dos Pazzi, Igreja de Santa Cruz, Florença, 1430-3314
  15. 15. 15
  16. 16. Arquitetura do Renascimento• Características• Utilização de abóbadas de berço e de arestas;16
  17. 17. 17
  18. 18. Arquitetura do Renascimento• Características• Utilização da cúpula– A cúpula do Panteão de Roma torna-se a fonte de inspiração .Filippo Brunelleschi, Cúpula da catedral de Florença18
  19. 19. Filippo Brunelleschi, Cúpula da catedral de Florença, 143419
  20. 20. Arquitetura do RenascimentoMiguel Ângelo, Cúpula da Basílica de São Pedro do Vaticano. Ant. 156420
  21. 21. Arquitetura do Renascimento• Características• Utilização do arco de volta perfeita.Filippo Brunelleschi, Hospital dos Inocentes, pormenor, Florença 21
  22. 22. Filippo Brunelleschi, Hospital dos Inocentes, Florença22
  23. 23. Arquitetura do Renascimento• Gramática decorativa greco-romana– Utilização:• das colunas (base, fuste e capitel) eentablamentos (arquitrave, friso,cornija) das ordens clássicas;• preferência pelas coríntia ecompósita.23
  24. 24. Arquitetura do Renascimento• Gramática decorativa greco-romana– Utilização:• dos frontões triangulares, a coroar fachadas ou janelas.Andrea Palladio, Villa Rotonda, Vicenza, Itália24
  25. 25. Arquitetura do Renascimento• Gramática decorativa greco-romana– Utilização:• dos grotescos– ornamentação parietal inspirada na de monumentos da época imperialromana;– aplicava-se nas pilastras, sob a forma de frescos ou de baixos-relevos;– formas decorativas -> formas vegetais, volutas e carrancas, associadas afigurinhas humanas e animais.Filippo Brunelleschi, Hospitaldos Inocentes, pormenor,Florença25
  26. 26. Grotescos. Antonio Tempesta. Uffizi.1579-80. Pormenor26
  27. 27. Grotta Grande, Florença27
  28. 28. EXEMPLO – CAPELA PAZZI28
  29. 29. Arquitetura do Renascimento29• Capela Pazzi• Localiza-se no claustro da Basílica daSanta Cruz, em Florença;• Mandada construir por Andrea Pazzi, em1429;• Início das obras -> 1441;• Fim das obras -> 1460;• Obra de Filippo Bruneleschi(esquematização da planta-baixa e dafachada);• O interior foi decorado por Luca dellaRobbia.
  30. 30. Arquitetura do Renascimento30Filippo Brunelleschi, Capella Pazzi, Florença, c. 1441plantaFilippo Brunelleschi, Capella Pazzi, Florença, c. 1441Corte transversal
  31. 31. 31Filippo Brunelleschi, Capella Pazzi, Florença, c. 1441Esquema em Corte
  32. 32. Arquitetura do Renascimento32
  33. 33. 35
  34. 34. 36Filippo Brunelleschi, Capella Pazzi,interior, Florença, c. 1441planta
  35. 35. 37Luca della Robbia, S. Lucas,Luca della Robbia, S. Tiago
  36. 36. ARQUITETURA CIVIL38
  37. 37. PALÁCIO39
  38. 38. Arquitetura do Renascimento• Palácio– Planta• Planta quadrangular;• 3 / 4 pisos de altura;• Insere-se no meio do casario;• Ocupa um quarteirão;– Exterior• 3 /4 fachadas• Feito em pedra emparelhada com grossos almofadados;• Aspecto compacto exterior fechado e maciço;• Poucas janelas no rés-do-chão;40
  39. 39. Arquitetura do Renascimento• Palácio– Interior• Pátio interior;• Com loggias;• Com arcos redondos decorados com medalhões;• O pátio ordena a organização do edifício:– Rés-do-chão - zona de serviços– 1º andar. – dependências nobres e sociais– 2º andar – zonas privadas41
  40. 40. Arquitetura do Renascimento42Palácio Medici RiccardiMichelozzo di Bartolomeo1444-1460Florença, Itália
  41. 41. O Palácio43Palácio Medici RiccardiPátio Interior com loggia
  42. 42. Arquitetura do Renascimento44Palácio PittiFilippo Brunelleschi1444-1460Florença, Itália
  43. 43. O Palácio45Palácio FarneseAntónio da Sangallo, o jovemRoma, Itália
  44. 44. Arquitetura do Renascimento46Palácio FarnesepormenoresAntónio da Sangallo, o jovemRoma, Itália
  45. 45. Arquitetura do Renascimento47Palácio FarnesepormenoresAntónio da Sangallo, o jovemRoma, Itália
  46. 46. 48Palácio Farnese, vista aéreaAntónio da Sangallo, o jovemRoma, Itália
  47. 47. VILLAE49
  48. 48. Arquitetura do Renascimento•As villae ou palácios rurais:– estruturas mais livres e inovadoras;– persistia a simetria;– o rigor geométrico;– a imitação das fachadas clássicas– ideal das plantas centradas.– os jardins eram organizados simetricamente à volta defontes e repuxos.50
  49. 49. Arquitetura do Renascimento• Palladio– nasceu em Pádua;– Trabalha como cortador depedra;– Ficou famoso pelas suasvillae;– Escreveu um tratado dearquitetura, “I quattro libridellarchitettura”51Andrea di Pietro della Gondola1508 - 1580)
  50. 50. Arquitetura do Renascimento• Os quatro livros daarquitetura– baseado nas concepções daarquitetura clássica greco-romana;– tem a obra de Vitrúvio comoreferência;– O sistema de proporçõesapresentado no livro foi omais coerente doRenascimento.52
  51. 51. Arquitectura Renascentista53Andrea PalladioVilla Rotonda ou Vila CapraVicenza, séc. XVI
  52. 52. 54
  53. 53. Arquitectura Renascentista55
  54. 54. 56Andrea PalladioVilla Barbaro, Treviso, Itália, 1554 - 1560
  55. 55. 57Andrea PalladioVilla Valmarana, Vicenza, 1563
  56. 56. 58
  57. 57. 59Andrea PalladioVilla Chiericati, 1550-1584
  58. 58. URBANISMO60
  59. 59. Arquitetura do Renascimento• Leone Battista Alberti– De re aedificatoria – 1452:• dez volumes• traduzida em1565 para oitaliano.• Baseou-se em manuscritos deVitrúvio;• Propôs uma estética deharmonia e proporção, quetivesse como ponto de partidaas contribuições e técnicas jádominadas pelos gregos eromanos.61
  60. 60. Arquitetura do Renascimento• Urbanismo– A nova ordem do desenho renascentista ampliou, emalguns centros urbanos a beleza da cidade medieval.– As principais marcas do desenho da cidade noRenascimento são:• ruas rectas;• ininterrupta linha horizontal dos tectos;• utilização do arco volta perfeita;• repetição de elementos uniformes (cornija, janelas, colunas,fachadas).62
  61. 61. Arquitetura do Renascimento63Piero della FrancescaCitta ideal1470. Óleo sobre Madeira.60 x 200 cm.Galería Nacional de las Marcas.Urbino, Itália.
  62. 62. 64Piero della FrancescaCitta ideal1470. Óleo sobre Madeira.60 x 200 cm.Galería Nacional de las Marcas.Urbino, Itália.
  63. 63. 65Miguel ÂngeloCampidoglio1536-1546, Roma
  64. 64. Arquitetura do Renascimento66Miguel ÂngeloCampidoglio1536-1546, Roma
  65. 65. Arquitectura Renascentista67Miguel ÂngeloCampidoglio1536-1546, Roma
  66. 66. Arquitetura do Renascimento• 3 Palácios:– Palácio dos Conservadores (Giacomo della Porta) - 1564 a1568);– Museus Capitolinos: Palazzo Nuovo e do Palazzo deiConservatori68
  67. 67. 69
  68. 68. Arquitectura Renascentista70
  69. 69. Arquitectura Renascentista71Ludovico il MoroPraça Ducale1492-1493, Vigevano
  70. 70. 72
  71. 71. Arquitetura do Renascimento73Bernardo RossellinoPraça Pio II, Siena, Itália
  72. 72. Arquitetura do Renascimento74Bernardo Rossellino - Catedral e Palácio PiccolominiPraça Pio II, Siena, Itália
  73. 73. Arquitetura do Renascimento75Bernardo Rossellino - Palácio do PalácioPraça Pio II, Siena, Itália

×